Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Nós teremos o maior prazer em recebê-lo no fórum e se precisar de qualquer ajuda, temos muitos membros e nossa equipe para ajudá-lo! Lembrando que você pode postar sua fanfic, seus desenhos ou edição de imagens, seu vídeo-detonado ou gameplay, participar de um RPG, postar e ler notícias do mundo Pokémon, tirar todas as suas dúvidas sobre todos os jogos de Pokémon, comentar sobre o desenho do momento ou apenas jogar um papo fora. Além de fazer amigos!
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!
[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Pikalove

[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ir em baixo

[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Empty Re: [FINALIZADO] Best Comment of the Round V2

Mensagem por Ari Tasarov em Qui 28 Fev 2013 - 12:25

E o resultado ficou:

3 Murilo X 0 Akateru


Então, vamos seguindo com o concurso! O próximo round será Black vs. Perry e eles terão até o dia 03/03 para me entregarem o comentário. Mandarei a MP com a shot a ser comentada pelos dois o mais breve possível. É isso aí! o/
Ari Tasarov
Ari Tasarov
Membro
Membro

Feminino Idade : 20
Alerta Alerta :
[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Right_bar_bleue

Data de inscrição : 05/03/2012

Frase pessoal : paradise


Voltar ao Topo Ir em baixo

[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Empty Re: [FINALIZADO] Best Comment of the Round V2

Mensagem por Ari Tasarov em Qui 28 Fev 2013 - 20:55

Aproveitando que ambos já entregaram o comentário, vamos iniciar com votação! o/ Será até o dia 03/03. Aqui a OS a ser comentada:



Mr.Perry escreveu:Olá, amigo. Confesso que, de início, gostei bastante de sua descrição. Não reparei muitos erros, apenas algumas repetições (como a do "Não Havia" na terceira linha e a de "sombra" na quinta) e a falta de uma ou outra letra - típicos erros de digitação. Bem, serei breve quanto a erros de português, afinal, eles não são muito interessantes.
Com muita honestidade, todo o início estava correndo magicamente bem. O problema, na minha opinião, apareceu junto d'aquela personagem feminina desconhecida. Eu perfeitamente compreendo que você simplesmente desejou ocultar a verdadeira natureza da tal, mas você o fez de forma muito rápida e muito desajeitada.

Acho que - assim como qualquer outra pessoa - eu nunca ficaria parado no meio do nada vendo uma garota desconhecida surgir do nada. Primeiro porque acharia [palavra censurada] estranho uma sombra se mexendo no meio do mato, no mínimo acharia que se trata de um animal querendo me comer, segundo porque... Poutz, eu to no meio do nada d'um local que nem conheço com uma garota que nunca vi na vida o_Õ

O que vem abaixo, porém - tirando novamente algum certo vocabulário limitado, usando por exemplo a palavra incógnita muitas vezes - ficou até de certa forma legal, mas sinto que não foi muito explorado o tema romântico. Você sabe... Não teve um grande calor que geralmente costuma me chamar a atenção nessas histórias.
Ficou até bem bonitinho o menino esquecer o nome depois de conhecer a menina, mas acabou ficando um romance... Meio sem sentido. Você não explorou o amor, mas sim o existir ou não das personagens - o que eu acho que foi justamente contrário a proposta de sua One Shot.

Então, é isso. Acho que, se o objetivo era ser romântico e ignorar a existência, você não conseguiu - fez justamente ao contrário. Mas ainda sim, não ficou ruim. Tirando toda a velocidade com que você descreveu e narrou, é uma boa estória - poderia ter sido melhor desenvolvida e talz, mas bem... Cá já moiro por vós, e aí!

Peço desculpas se fui rude.

VS.


@Black~ escreveu:Bom, vamos lá.

Histórias de romance não sei porquê, mas já têm a natureza de serem chatas e melosas, ou talvez eu ache isso -q, mas enfim.

Mas a sua não me agradou muito não, acho que ela ficou um tanto quanto vaga, mais coisas poderiam ter sido anexadas à ela.

Outra coisa foi o tamanho dela, não que o tamanho seja um problema, mas como é uma One-Shot, que no caso é uma história colocada em um único capítulo, deveria ter um capítulo um pouco maior, pra adicionar algumas informações a mais, como eu disse anteriormente.

Sua narração começou até legalzinha, mas com o passar do capítulo foi piorando e quando chegou no final... Bom, ficou um tanto confusa essa parte final, mas acho que o seu problema que deixou o final "estranho" foi que você toda hora cortava as frases, chegava em uma parte e a última palavra era cortada, mesmo que nós sabemos qual era a palavra, acho que poderia ter deixado-as, porque como já disse, ficou meio confusa na parte final.

Eu não vi erros, mas uma parte ficou meio "estranha", que foi essa:

-Garota, você pode me dizer o seu nome? – Disse eu.

"Disse eu" soa estranho, portanto seria mais adequado colocar "Falei".

Enfim, acho que só.
Ari Tasarov
Ari Tasarov
Membro
Membro

Feminino Idade : 20
Alerta Alerta :
[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Right_bar_bleue

Data de inscrição : 05/03/2012

Frase pessoal : paradise


Voltar ao Topo Ir em baixo

[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Empty Re: [FINALIZADO] Best Comment of the Round V2

Mensagem por Nivans em Sex 1 Mar 2013 - 5:03

Voto no Perry, acho que ele conseguiu se aprofundar mais no comentário e mostrar sua visão sobre o mesmo.

Edit: Ice, apenas poste quando for votar em alguém.
avatar
Nivans
Membro
Membro

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Right_bar_bleue

Data de inscrição : 18/11/2012


Voltar ao Topo Ir em baixo

[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Empty Re: [FINALIZADO] Best Comment of the Round V2

Mensagem por Akateru em Sex 1 Mar 2013 - 13:43

Gostei bastante dos dois comentarios, mas voto no Perry pelo mesmo motivo do Kabeyama.
Akateru
Akateru
Membro
Membro

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Right_bar_bleue

Data de inscrição : 05/09/2012


Voltar ao Topo Ir em baixo

[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Empty Re: [FINALIZADO] Best Comment of the Round V2

Mensagem por Ari Tasarov em Seg 4 Mar 2013 - 6:11

E o resultado ficou:

Black 0x2 Perry



Então, vamos seguindo com o concurso! O próximo round da semifinal será Charge vs. Ice e eles terão até o dia 12/03 para me entregarem o comentário. Mandarei a MP com a shot a ser comentada pelos dois o mais breve possível. É isso aí! o/

Ari Tasarov
Ari Tasarov
Membro
Membro

Feminino Idade : 20
Alerta Alerta :
[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Right_bar_bleue

Data de inscrição : 05/03/2012

Frase pessoal : paradise


Voltar ao Topo Ir em baixo

[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Empty Re: [FINALIZADO] Best Comment of the Round V2

Mensagem por Ari Tasarov em Sex 22 Mar 2013 - 21:42

Pois bem, pessoal, infelizmente tivemos mais um W.O inesperado... ;/ Dei bastante chances pro Charge, que não me mandou o comentário. A vitória então é do Ice... Abaixo a shot a ser comentada e o comentário dele:

Spoiler:
O Carteiro


Lá vinha ele na sua bicicleta, uma beleza só.

A boina. A bicicleta. A bolsa. O rosto sem emoção.
Tudo de acordo com as outras vezes que ele saia. Só uma coisa mudara.
O conteúdo dá sua entrega.S e ele não a entregasse, os cientistas confirmavam, o mundo poderia ser melhor. Mas isso seria impossível desde que o mundo é mundo, ele está lá. Sempre com a sua boina,a bicicleta,a bolsa.

Mas como sempre as entregas eram diferentes. Uma vez ele trouxe para um certo senhor uma teoria sobre fatos nucleares. Esse senhor escreveu sobre isso, ficou famoso e a teoria acabou sendo usada para fins muitos bons e alguns ainda mais nefastos.
Um dia ele entregou para um homem da Inglaterra, letras de músicas sobre um dia qualquer na vida. Justamente num dia qualquer desses, esse homem foi morto a tiros por um grande fã. Uma mulher outra vez soube por meio do carteiro, que o marido à traia com uma moça mais jovem. Essa mulher se separou dele e nunca mais se casou. O marido acabou virando um alcoólatra e os dois deixaram tudo para traz.

O engraçado é que se o carteiro nunca tivesse trazido essas notícias, eles nunca teriam modos de saber sobre isso.
Mas a sina do carteiro tinha que continuar. Ninguém nunca viu seu rosto. Tudo que se sabia sobre ele era por meio de lendas. Alguns dizem que ele se parece com uma criança brincalhona, outros rebatem dizendo que é com um velho ranzinza.

A razão pelo qual ele faz isso também é muito discutida. Existe a reflexão de que ele é um anjo do Senhor incumbido de trazer a verdade e notícias para o gênero humano. Outros pensam que ele é apenas um agente do caos espalhado o que nunca deveria ser dito. Finalmente tudo deve ser esclarecido.

Há muitos e muitos anos, existiam duas pequenas cidades interligadas. Isoladas das outras e perdidas num deserto sem fim, ninguém sabia da existência delas. Elas se davam bem entre si, o único problema é que ficava há uma distância considerável uma da outra, sendo necessário um tipo de carteiro para trocar as notícias entre as duas.Um lindo jovem de cabelos castanhos como a madeira mais pura e sempre com a sua boina carmim era incumbido desse papel. Ele havia feito um juramento de que nunca iria deixar a verdade na mão. Toda semana ia e voltava de bicicleta com novidades, piadas e o seu pagamento.
Assim continuou sua boa vida com namoradas indo e vindo.

Pois é.

Como as coisas mudam tanto de uma hora para outra.

Depois de semanas e semanas minerando e trabalhando arduamente,os habitantes de uma das cidades acharam ouro. A outra não soube disso, pois fora mantida em segredo. Agora que estavam ricos e podres acharam uma boa ideia contar para a sua vizinha.O carteiro foi incumbido de trazer a notícia. O engraçado é que foi nesse mesmo dia que ele engatou um relacionamento interessante, com uma moça interessante, de dotes interessantes.

Os cidadãos concordaram que o jovem necessitava de um descanso e notícia poderia ser levada depois.Foi lhe dado o prazo de duas semanas para ir embora. Assim uma semana se passou como duas foram voando, assim como a décima que ninguém notou a presença de tão rápida. O carteiro sempre embromava os seus superiores dizendo para eles aproveitarem o ouro e não dividir tão cedo.
Mas chegou o dia em que ele se cansou disso.

Despediu-se da moça, deu um beijo na mão do prefeito e falou que não podia ser mais adiado e que em voltava em uma semana.
Sua bolsa pesava ouro e ele pensava em uma forma de contar a notícia a outra cidade. Sua mente jovem e arteira confabulou uma forma dele ficar mais rico e conseguir ainda mais moças. É claro que ele não chegou a pensar nas consequências naquela hora. O que ele se arrependeu muito pelo resto da eternidade. Chegando na outra cidade, foi direto para o escritório do prefeito. Antes disso ele fez questão de se jogar na lama, rasgar suas belas roupas e arranhar toda a sua pela exposta. Além é claro de esconder sua bolsa com o ouro.

Todos os habitantes que o viram se perguntaram quem foi capaz de cometer tamanha atrocidade com um jovem tão belo e bonzinho.
Aquela foi a primeira vez que ele chegou a pensar em arrepender, para logo esquecer e começar a se deliciar com as suas futuras vantagens.

O prefeito o vendo naquele estado lhe encheu com uma torrente de perguntas sobre ladrões e cães assassinos. O carteiro usou de todo seu talento teatral e aparência para contar uma história absurda para todos os presentes. Contou sobre a descoberta do ouro, os preparativos para a viagem para a outra vila, como foi duramente repreendido e encarcerado.As verdades que lhe foram ditas, como a vila nutria um ódio eterno para com a sua vizinha.

Na sua cabeça tudo ia dar certo.

Ele ia ser declarado um herói por escapar de tamanho sofrimento e trazer os fatos a visão de todos. Era claro que uma guerra começaria e ele teria que fugir antes que a verdade viesse a tona. "Mais vai tudo dar certo, é só eu roubar o ouro e fugir", ele pensava quando uma faísca de culpa lhe passava pela mente.

Ah se ele soubesse...

A guerra começou e muitos morreram. O ouro forjou as espadas de um povo que pensou que poderia confiar nos seus semelhantes. Depois de muito tempo realmente souberam da verdade. Tarde demais.

Nesse meio tempo o carteiro fugiu com uma bela quantidade de ouro e preciosidades.Planejava encontrar outra cidade e recomeçar sua vida. Fugiu sem rumo durante vários dias. Mas desde de quando contara a mentira ele nunca mais ficou sozinho.

Vozes o atormentavam dia e noite sussurrando palavras como verdade, mentiroso, guerra, calúnia entre outros. Ele conseguiu aguentar até certo ponto quando percebeu que elas não parariam enquanto não tomasse uma decisão. Ele gritou aos céus no meio de uma forte tempestade,uma súplica se desculpando por tudo e pedindo uma forma de se redimir.

Um raio caiu em sua cabeça. Quando acordou percebeu que as vozes tinham desaparecido. Mas em seu lugar havia outras, que falavam sobre fatos e acontecimentos. Ele viu que eram sobre pessoas e coisas reais. Decidiu por uma vez de todas se redimir com o mundo, usando a coisa que fora a ruína de sua vida: A verdade.

Conseguiu achar a saída do deserto e chegou numa cidade muito povoada. Usou o ouro que lhe restava para comprar roupas,papel e tinta.
Desse dia em diante passou a andar pelas ruas de todo o mundo, (mesmo que as ruas ainda não existissem em todos os lugares) sempre parando em uma porta qualquer e entregando uma carta com conteúdo feito do que as vozes lhe contavam sobre a tal pessoa que habitava a casa. O conteúdo podia variar uma verdade escondida, uma descoberta, um poema ou letra de música, uma ideia que poderia dar certo...

O fato é que todas as pessoas que recebiam tal carta nunca tinham um final feliz como nos contos de fadas. Existiam exceções é claro, poucos que continuaram sua vida feliz sem utilizar o conteúdo da carta. Os outros usavam e abusavam. O carteiro nunca mais precisou comer ou beber e também parou de envelhecer. Distribuir a verdade lhe supria todas as suas necessidades.

O tempo passou, o mundo deu voltas e ele virou lenda.

Quase todo mundo se perguntava sobre um carteiro de cabelos cor de madeira e de boina que deixava cartas para pessoas aleatórias. Virou matéria de programas de TV e revistas de ufologia. Nunca encontraram uma prova concreta da sua existência, pois quem recebia as cartas as guardava em silêncio e nunca mais dizia uma palavra sobre o fato.

A história das duas cidades se perdeu com o tempo. Sua existência também. Mas ele continua mesmo que sem motivo. Pois a verdade sempre precisa ser dita. Por mais que doa e faça sofrer.O mundo não seria mundo sem ela.

Até hoje ele continua com a sua triste sina.

Fazendo o mundo dar voltas.

Fim

@-Ice escreveu: OS boa, é realmente o tipo de história que me interessa, eu gostei bastante mas vi alguns erros espalhados por aí, eu acredito que a maioria seja proposital para testar os participantes do concurso, já que o trabalho de um "comentador" é mostrar os erros, além de citar os pontos altos e baixos da história. O primeiro erro que eu achei foi um bem bobo, na verdade, foi escrito a palavra "Se" com um espaço entre o "s" e o "e", nada demais, mas é bom comentar. Teve esses outros também:

Tudo de acordo com as outras vezes que ele saia

Eu já falei uma coisa parecida em sua fanfic, a palavra "saia" é o verbo no modo imperativo, como se fosse uma ordem sendo dada (Ex: Saia daí!), você está falando sobre o passado, então o certo é ter um acento agudo no "i", pois estamos falamndo sobre um fato que já aconteceu (Ex: Eu saía de cada, Nós saíamos da escola às dezessete horas, etc).

que o marido à traia

Aqui é a mesma coisa do que eu escrevi acima, traia é uma ordem sendo feita, se formos falar do passado o certo é traía.

e os dois deixaram tudo para traz

Outro erro, "traz" vem do verbo "trazer", o que siginifica o mesmo que trazer ou trouxe. O certo é "deixar para trás", mas eu acho que o erro foi proposital para testar os participantes do concurso, pois você escreveu certo nessa parte:

incumbido de trazer

Agora falamos que ele trazia as cartas, então está certo :>

Houve também outros erros como quando você não deu um espaço depois do ponto várias vezes, o que pode ser comum para quem escreve rápido.
Erros com vírgula eu não achei nenhum, mas isso porque eu estou com sono mesmo.

O round agora é do Perry vs. Murilo , espero que não tenha nenhum W.O dessa vez, por favor pessoal, passem a levar o concurso mais a sério, na boa... :3 Ambos terão até o dia 25/03 pra me entregar por MP. Em breve mandarei a OS a ser comentada por MP. Boa sorte! õ/
Ari Tasarov
Ari Tasarov
Membro
Membro

Feminino Idade : 20
Alerta Alerta :
[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Right_bar_bleue

Data de inscrição : 05/03/2012

Frase pessoal : paradise


Voltar ao Topo Ir em baixo

[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Empty Re: [FINALIZADO] Best Comment of the Round V2

Mensagem por Ari Tasarov em Sab 23 Mar 2013 - 17:38

Os dois concorrentes já mandaram os seus comentários! o/ Então moços (e moças -q), terão até o dia 26 pra votar. Abaixo a OS a ser comentada:

Monstro Branco


Eu não nasci há muito tempo, porém já conheci a morte. Esse terrível acontecimento vem até nos raramente, e leva vários de meus irmãos e amigos, dando lugar a desconhecidos. Eu sempre estive escondido, então nunca fui pego pela coisa branca. Meus pais foram destruídos há um tempo, me forçando a ter um ódio sobre o inimigo.

Hoje ele voltou, estou com medo. Vários morrem, ele é horrível... Explora toda a nossa moradia! Mas é estranho: logo atrás do desconhecido temos algo parecido conosco, porém pode se mover e é bem grande. Ele não é atacado.

O monstro começou a enfraquecer, o nosso suposto semelhante bate partes de seu corpo contra a coisa, ele quer nos ajudar! A força com que pressionava seu corpo contra ele era tão grande que me dava algo que os mais velhos chamam de ´´ luz no fim do túnel ´´

Minhas esperanças de alguma possível salvação foram destruídas depois que a coisa voltou com força total. Aquilo destruiu tudo, meus amigos, companheiros... Mas tudo bem, sei que tudo vai acabar agora. Nunca foi dito a mim como seria o final de minha vida, talvez sentir a revelação do fim seja algo bom.

Meu último desejo poderia ser saber o que nosso amigo quis dizer com ´´ Funcione, lanterna maldita!´´

@-Murilo escreveu:Achei essa OS bem legal e simples. Não sei se foi minha mente suja que imaginou que se trata da luta de um espermatozoide, mas pode ser outra coisa também. Como não to muito inspirado (nem com vontade) só posso dizer que sua escrita é ótima e que faltou o acento em nós, antes do raramente.

VS.


Mr.Perry escreveu: Olá, amigo(a)! Bem, primeiramente peço desculpas se serei rude, mas não consegui compreender o que seu texto quis dizer. Parece-me como uma Creepypasta, mas não tive medo ou coisa do tipo, nem me despertou alguma inquietação. Eu juro que tentei, de todas as formas, entender o que seria o monstro branco. Pensei na morte, na peste negra, em Deus, no Diabo, nos Aliens, e pensei até mesmo numa relação sexual com um feto descrevendo, literalmente a noite foi longa. Mas mesmo assim, não consegui descobrir o que é esse monstro branco (perdoe-me a ignorância, não consegui, realmente).

Bem, como não entendi o objetivo, limitarei-me a falar sobre a sua narração... Achei-a muito simples, e em momentos você falhou bastante, IMO. Você não explorou muito bem o conceito de ter a vida destruída por algo branco, por exemplo; acho que ficou muito ruim aquela parte do "acho que ele voltou". Foi tudo muito rápido, sabe? Deveria ter falado mais dos sentimentos do personagem, de todo o trama, dar um tchan na estória em si. Outra parte que achei meio fail foi a da coisa que bate em tudo, não entendi muito bem e sua participação foi muita rápida e nonsense.

Fora isso, acho que não há mais nada a ser falado se não a falta de acentos - como, por exemplo, em nos ao invés de nós, os dois são bem diferentes na visão linguística.

É, é isso. Desculpe, mas não gostei desse texto. Talvez se eu pudesse compreendê-lo melhor... Desculpe.
Ari Tasarov
Ari Tasarov
Membro
Membro

Feminino Idade : 20
Alerta Alerta :
[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Right_bar_bleue

Data de inscrição : 05/03/2012

Frase pessoal : paradise


Voltar ao Topo Ir em baixo

[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Empty Re: [FINALIZADO] Best Comment of the Round V2

Mensagem por Akateru em Sab 23 Mar 2013 - 17:52

Nossa, W.O de novo com o Ice, coitado.

Bem, sobre a OS, eu ri do comentario do Murilo, dizendo que imaginou um espermatozoide, mas o comentario dele foi muito pequeno, enquanto o do Perry foi um comentario bastante complexo, achei bem exigente tambem, mesmo um pouco rude. Meu voto vai pro Perry.
Akateru
Akateru
Membro
Membro

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Right_bar_bleue

Data de inscrição : 05/09/2012


Voltar ao Topo Ir em baixo

[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Empty Re: [FINALIZADO] Best Comment of the Round V2

Mensagem por Pikachuzinha em Sab 23 Mar 2013 - 17:54

Voto no Perry. :3 O Murilo fez um comentário um tanto simples, e que não cobriu tudo que poderia ter sido cobrido. Já o Perry abordou mais a questão do enigma, que foi como o corpo da One-Shot. Assim como ele, também não entendi o que era esse tal monstro. Sem mais, como já disse, meu voto vai para o Mr. Perry.
Pikachuzinha
Pikachuzinha
Membro
Membro

Feminino Idade : 19
Alerta Alerta :
[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Right_bar_bleue

Data de inscrição : 21/07/2012


Voltar ao Topo Ir em baixo

[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Empty Re: [FINALIZADO] Best Comment of the Round V2

Mensagem por -Ice em Sab 23 Mar 2013 - 18:19

@Akateru escreveu:Nossa, W.O de novo com o Ice, coitado.

Disse tudo, meu chapa. O comentário ficou tão bonitinho :'(

Bom, acho que o texto do Murilo não ficou muito elaborado, sei lá, foi só ele falar do que achou e talz, se bem que o texto não nos dá muita coisa para falar, né? Eu, por exemplo, imaginei um garoto em uma casa da árvore, daí chega um bicho tipo o 'Pé Grande' que já matou todos da família dele e destrói toda a casa -q
Bom, o Perry já disse tudo que eu falaria e um pouco mais, então o meu voto vai para ele.

Consegui chegar no final só com W.O Rolling Eyes Agora eu perco do Perry/Murilo e ganho uma bar de prata Razz
-Ice
-Ice
Membro
Membro

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Right_bar_bleue

Data de inscrição : 03/02/2010

Frase pessoal : </∆>


Voltar ao Topo Ir em baixo

[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Empty Re: [FINALIZADO] Best Comment of the Round V2

Mensagem por Black~ em Sab 23 Mar 2013 - 18:26

Bom, voto no Perry. Sem muito pra falar, apenas que o comentário dele foi mais complexo e talz, portanto voto nele.
Black~
Black~
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Right_bar_bleue

Data de inscrição : 27/02/2011

Frase pessoal : The winter has come


http://pokemonblackrpgforum.forumeiros.com./

Voltar ao Topo Ir em baixo

[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Empty Re: [FINALIZADO] Best Comment of the Round V2

Mensagem por Nivans em Sab 23 Mar 2013 - 21:14

Voto no Perry, já que o comentário dele foi mais bem elaborado e construído, apenas isso.
avatar
Nivans
Membro
Membro

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Right_bar_bleue

Data de inscrição : 18/11/2012


Voltar ao Topo Ir em baixo

[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Empty Re: [FINALIZADO] Best Comment of the Round V2

Mensagem por Ari Tasarov em Ter 26 Mar 2013 - 13:28

Perry 5x0 Murilo


Então, enfim, o Best Comment está chegando ao final! Espero que tenham gostado desse concurso e é muit bom mesmo ver ele chegando ao seu fim!

Enfim, vamos acabando logo... -q A final ficou Perry vs. -Ice e os dois terão até o dia 29/03 para me entregarem o comentário. Já estarei mandando a shot da final a ser comentada pelos dois.
Ari Tasarov
Ari Tasarov
Membro
Membro

Feminino Idade : 20
Alerta Alerta :
[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Right_bar_bleue

Data de inscrição : 05/03/2012

Frase pessoal : paradise


Voltar ao Topo Ir em baixo

[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Empty Re: [FINALIZADO] Best Comment of the Round V2

Mensagem por Ari Tasarov em Sex 29 Mar 2013 - 17:27

Chegamos a nossa grande final! o/ Enfim, espero que tenham gostado... Terão até o dia 31/03 pra votar! Boa sorte! õ/

Sonho


Era inverno na cidade Mahogany. O manto negro noturno cobria os céus, mas deixava pairar sobre a atmosfera frívola, pálidas migalhas reluzentes destinados a encontrar seus irmãos no chão, que já atingiam cerca de 20 cm de altura. As mesmas também tocavam as telhas de madeira daqueles lares humildes que abrigavam uma família cada, as deixando com volume daquele gelo natural. As árvores parecíam esculturas de porcelana fina, mas sua beleza era ainda maior quando seus imensos galhos seguía o Ballet dos ventos sem rumo. A rota 44, localizada na saída leste da cidade, estava encoberto por aqueles cristais encantados agrupados, sem contarmos o lago local, que virara um rinque de patinação artística merecedor dos mais poderosos deuses.Mas, apesar daquela beleza eminente, era mortal.

Tentando esconder-se do frio, um jovem de medeixas capilares negras rolava de um lado a outro em sua cama, escondendo a face cada vez mais dentro de sua cobertura acolchoada de algodão sintético, até conseguir dormir.

- Odeio inverno! Nunca me deixa dormir em paz... - Exclamou o mesmo,erguendo-se de sua cama.

O jovem perambulou até o espelho para fitar sua face amassada e seus cabelos desajeitados; bocejou e espreguiçou-se até suas costelas emitirem aquele som familiar de estralo e, em seguida, fora consuido pelo silêncio de seus pensamentos. Sentou-se na beira da cama, retirando um par de calçados debaixo da mesma, os colocando; seu objetivo era caminhar pelas redondeza até que o sono viesse lhe fazer uma visita.

Descia as escadas devagar para que a sola de seus sapatos não fizessem um barulho alto o suficiente para acordar seus pais. Passando pela lareira, retirava o sobretudo do cabideiro e o jogava sobre o corpo. Saiu sem dar notícias.

Seus passos penetravam aquele tapete de neve, deixando pegadas que identificasse sua localização. O jovem caminhava com as mãos nos bolsos, fitando os céus escuros e deixando que os cristais gélidos caíssem e se alojassem pela sua face; suas órbeas parecíam um pote de própolis retirado na hora devido a coloração do mesmo, e estes ficavam mais belos com o brihar de adimiração que emanjavam com tanta beleza que era o inverno. Não demorava muito para que suas roupas ficassem cobertas por bolinhas de algodão gelado.

Desviáva-se para o leste da cidade, curioso para ver como ficara o lago depois perante este teatro congelante. Suas espectativas estavam corretas: o lago estava petrificado. Sua expressão era de desprezo, aparentemente o lago não lhe chamou muita atenção, era como se já esperasse por aquilo, nada além daquilo.

- Tédio... - Suspirou ao sentar-se na beira do lago cristalino.

Rabiscava o gelo com um graveto, pensando em algo para fugir do tédio sacrificante, mas logo se levantou e resolveu voltar para seu lar. Todavia, ao dar o primeiro passo,algo lhe aconteceu: um som magnifico soava pelos seus ouvidos repentinamente, um som que nunca havia escutado antes! Parecia o som das maresias ao passar por uma flauta afinada pelas mãos dos artesões mais poderosos da dinastía. Aquele som... Ah! Aquele som... Era tão relaxante. Aquela música causa um impacto de, ao passar pelo moreno, mente e alma lavada; não se era possível pensar em mais nada. O jovem fechava as pálpebras para ter uma sensação de estar sendo levado por aquelas cordas vocais desconhecidas; mas, tudo que é bom, dura pouco. Quando o som parava, o jovem sentia que alguém lhe tirasse algo, sentia como se sua alma fosse uma mesa de superfície limpa com um objeto no centro e que, ao retirar o mesmo, deixava um vácuo e a percepção de que, em volta do local, estava empoeirado. Ele queria aquele objeto de volta. Queria aquele som de volta.

Olhou para trás e vira que não tinha mais ninguém além de si próprio, mas suas órbeas não olhava para nenhum outro lugar a não ser a entrada de uma caverna: a Ice Path. Não hesitou.

Adentrando a caverna, vê aquelas pedras azuis trasnparente esculpidas com o destino de jamais deixar o teto desabar. Ficava encantado. Continuava sua exploração sem pensar nas consequencias que poderiam vir ao invadir um território de criaturas selvagens denominadas "Pokémons". Não ligava. Permanecia sua busca do item que lhe fazia falta. Porém, quanto mais invadia a caverna de gelo, mais se despistava da entrada, e isso era muito prejudicial; quando deu por si, estava no centro da caverna com a mente estorvada.

- AHH! DROGA! - Gritava de fúria. - COMO FAREI PARA SAIR DAQUI AGORA?!

Chutava a terra e as pedrinhas congeladas menores, tentanto descontar sua raiva, mas de nada adiantava. Logo tentava recobrar seus passos, mas era difícil; em cada passo dado, sua mente só pertencia a aquele som belíssimo. Não desistia. Ao virar-se para o lado oposto, sua mente era invadida por aquele som estupendo novamente; ele não poderia deixar escapar dessa vez: virou-se rapidamente para trás, se deparando com algo nunca visto antes em sua vida! Uma espécie de serpente marinha com uma pele bege com a aparência maciça e reluzente, com duas gigantescas medeixas vermelho vivo, uma em cada lado de sua cabeça; sua cauda mais parecia um quadro de mosaíco feito pelo mesmo artesão criador de suas cordas vocais, com um leque de quatro escamas de design impecável. Aquela criatura divina aproximáva-se lentamente do jovem, como se saboreasse a admiração que ele alojava por sua face. Não se contendo com a aproximação repentina, o moreno recua um passo arrastado no gelo, fazendo seu calcanhar bater com força em um apendice do solo, resultando em uma queda. O corpo da criatura dançava diante o solo frívolo da caverna, chegando ao seu destino. A serpente encurvava seu corpo para que sua face ficasse próxima da do garoto caído de costas, o fitando olho no olho. O rapaz não conseguia se mover, parecia ter tomado um anestésico, apenas ficava a visualizar aquelas órbeas negras que mais pareciam pedras preciosas de tão fluorescentes. Ele queria tocar! Queria apalpar! Quaria "aquilo" só para si e mais ninguém. Era algo que nunca mais encontraria em sua vida, nunca mais! A vista do jovem começa a embaçar e escurecer, só se via borrão de cores sendo consumidos por um lençol negro. Não! Não agora! Ele precisava ficar com aquele ser estupendo! A cada mísero centímetro que sua visão apagava, seu coração começava a acelerar e a se apertar até, finalmente, não sentir mais nada...

Uma serpentina colorida ficava vagando por sua mente durante aquele momento que não durara muito. Seu sentido do tato voltava ao normal e dava-se para sentir leves esbofeteadas em suas bochechas; espremia os olhos e arriscava abrí-los lentamente até que sua vista se acostumasse com a clareza do dia. Espere! Do dia?

- AH! - Levantava rapidamente a parte de cima do tronco corporal, ficando sentado. - O que... - Olhava em sua volta e notava que estava em seu quarto.

Parava um instante, será que tudo aquilo fora um insignificante sonho? Não podi ser! Era tão real... Tão... Tão... Mágico! Não poderia ser um sonho. Enquanto tentava recobrar sua consiência, sua mãe empurra a porta semi-aberta com uma das pernas enquanto segurava uma bandeja com um café da manhã espetácular!

- Que bom que acordou, Hisoka-kun. - Dizia sua mãe, sentando-se na beira da cama e deixando a bandeja sobre as pernas de seu filho.

- M-Mãe? O que... - Antes que pudesse criticar, sua mãe interrompe.

- Encontramos você caído no chão em frente a entrada do Ice Path, essa manhã.

- Me... Encontraram?

- Sim. Seu pai e eu ficamos muito preocupados com você... Mas, graças a Deus, não ouve nada. - Dava um sorriso amável ao seu filho, se levantando em seguida.

- Mas eu não... Ah, esquece... - Nem ousava explicar o que houvera, não iria acreditar.

- Se alimente bem, daqui a pouco eu volto para ver se está tudo bem. - Citava essas palavras já do outro lado la porta, a encostando de leve, sem fechar.

Por um lado, o jovem Hisoka estava triste por,talvez, nunca mais ter a chance de encontrar aquela criatura novamente; mas, por outro lado, estava satisfeito por aquilo não ter sido um sonho... Um simples sonho. Empurrava a bandeija com os alimentos levemente para o lado, erguendo-se a ponto de ficar de joelhos sobre a cama e apoiar seus braços no parapeito da janela, olhando o Sol derreter, sem piedade, os pobres cristais gélidos que emanjaram tanta beleza na noite anterior. Não retirava a criatura, por um instante se quer, de sua mente.

A imagem que nunca saía de seu cérebro parecia ocupar um espaço em branco, um espaço branco que,a muito tempo, não era ocupado.

- Quem sabe um dia eu te reecontro... - Falava sozinho, desabafando consigo. - Um dia...

@-Ice escreveu:

Então, a OS ficou realmente maravilhosa, com aquela narração que você pode imaginar quase que perfeitamente onde o personagem está, ainda mais com gelo no cenário (Ba dum tsss)

Erros eu quase não vi, realmente, apenas dois deles:

Mas, graças a Deus, não ouve nada

Esse é o velho casa de palavras quase idênticas mas com significados totalmente diferentes. Você, na verdade, quis dizer houve, que vem de haver (aconteceu), mas escreveu ouve, que vem de ouvir (escutar), não é muita coisa, na verdade.

Desviáva-se para o leste da cidade, curioso para ver como ficara o lago depois perante este teatro congelante.

Novamente não é nenhum erro digno de pena de morte, apenas que "Desviáva-se" não tem acento. Eu também vi uma certa repetição da palavra lago no meio do texto, nada grave.

Eu acho que é só, o One-Shot foi realmente a melhor até agora, digna para um final de concurso. Até.

Vs.


Mr.Perry escreveu: Ai, ai!, Kameyo! Quanto tempo, hã? Bem, eu ainda me lembro de quando li essa OS pela primeira vez - e de como o Zaki (foi ele?) brigou com você a respeito da palavra frívola no início da linha. Mesmo que, com quase toda a certeza você utilizou a palavra de forma errada, o texto não fica errado. Estaria qualificando a atmosfera como leviana, irrelevante. Isso é algo pessoal meu e algo que sempre quis dizer... Essa é minha chance. E ah, mais pra baixo você fala solo frívolo, lá tá errado mesmo, tchia :c

Sobre seus erros... Há vários ao longo da OS, um r adicional aqui, uma falta de plural ali, um q trocado por g, uma vírgula ou um ponto colado com a letra que segue... Mas quem se importa? Não me incomodam tanto assim, e sua descrição é tão perfeccionista que a magia mal consegue perder-se nos olhos de quem lê.

Pessoalmente, eu adoro a cidade de Mahogany. Um local frio, pequeno e aconchegante no topo das montanhas. Sempre me perguntei o que era aquela criatura na caverna, que despertou a vontade de viver do personagem novamente... E você nunca me disse. Eu sempre o imagino como um Dragonair, mas nah... Mesmo que seja outro poké, ele será sempre um Dragonair para mim xD

De toda forma, é uma bela OS, principalmente por ressaltar as belezas do inverno. O seu personagem principal também de certa forma me cativa, principalmente no que diz respeito à insônia, hehe. Bem, é isso. Eu AMO o seu jeito de escrever, com várias palavras, buscando sempre relatar uma magia que paira no ar.

É, é isso.

Would I see ya?


Última edição por iSally em Dom 31 Mar 2013 - 18:01, editado 1 vez(es)
Ari Tasarov
Ari Tasarov
Membro
Membro

Feminino Idade : 20
Alerta Alerta :
[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Right_bar_bleue

Data de inscrição : 05/03/2012

Frase pessoal : paradise


Voltar ao Topo Ir em baixo

[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Empty Re: [FINALIZADO] Best Comment of the Round V2

Mensagem por Nivans em Sex 29 Mar 2013 - 21:05

Fico muito feliz de ver outro concurso sendo finalizado na área, Sally! Só tenho a agradecer a você por colaborar bastante com a área e seus concursos, que são muito bons. Mas enfim, vamos ao que interessa!

Os dois comentários ficaram bem legais para essa final, sendo que o Ice fez um leve comentário sobre a narração e fez questão de citar alguns erros, focando-se principalmente nesses no comentário. Ainda assim, alguns não foram citados... Enfim, gostei bastante do comment dele, mas acho que poderia haver um aprofundamento maior.

Perry também fez um ótimo comentário, dando sua opinião sobre a história, citando alguns erros, assim como destacando o que gostou na OS. Tive a impressão do comment dele ter ficado mais completo que o do Ice, por isso, meu voto é no Perry.

avatar
Nivans
Membro
Membro

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Right_bar_bleue

Data de inscrição : 18/11/2012


Voltar ao Topo Ir em baixo

[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Empty Re: [FINALIZADO] Best Comment of the Round V2

Mensagem por Black~ em Sex 29 Mar 2013 - 21:32

Bom, vamos lá.

O Ice fez um comentário apenas citando os erros, basicamente, um comentário não é feito apenas citando o que há de errado com a ortografia, creio que comenta-se a história, o personagem e tudo mais. O Perry disse bem mais sobre o capítulo em si e disse um pouquinho dos erros, mas sem dar tanto ênfase a eles, ele preocupou-se mais em comentar sobre a história e talz, e seu comentário ficou mais completo. Portanto, voto no Perry
Black~
Black~
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Right_bar_bleue

Data de inscrição : 27/02/2011

Frase pessoal : The winter has come


http://pokemonblackrpgforum.forumeiros.com./

Voltar ao Topo Ir em baixo

[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Empty Re: [FINALIZADO] Best Comment of the Round V2

Mensagem por Akateru em Sab 30 Mar 2013 - 19:19

Eu gostei dos dois comentários, como já falaram, o Ice se preocupou mais em corrigir os erros da OS, enquanto o Perry, alem de corrigir alguns erros, deu uma opinião mais complexa de detalhada da historia. Por esse motivo voto no Perry.
Akateru
Akateru
Membro
Membro

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Right_bar_bleue

Data de inscrição : 05/09/2012


Voltar ao Topo Ir em baixo

[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Empty Re: [FINALIZADO] Best Comment of the Round V2

Mensagem por Ari Tasarov em Dom 31 Mar 2013 - 18:06

Resultado:

3 Perry X 0 Ice


Parabéns ao Ice pela participação e novamente parabéns ao Perry por ter vencido, ele mereceu! Bem, estarei te devendo outro prêmio (não esqueci do antigo -q) e te mandarei o mais breve possível por MP. Obrigada a todos que participaram e votaram, é ótimo poder contar com pessoas que ainda se interessam por essa área maravilhosa.

Até o próximo õ/


Kabe
: Desfixado e trancado.
Ari Tasarov
Ari Tasarov
Membro
Membro

Feminino Idade : 20
Alerta Alerta :
[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Right_bar_bleue

Data de inscrição : 05/03/2012

Frase pessoal : paradise


Voltar ao Topo Ir em baixo

[FINALIZADO] Best Comment of the Round V2 - Página 2 Empty Re: [FINALIZADO] Best Comment of the Round V2

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum