Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Nós teremos o maior prazer em recebê-lo no fórum e se precisar de qualquer ajuda, temos muitos membros e nossa equipe para ajudá-lo! Lembrando que você pode postar sua fanfic, seus desenhos ou edição de imagens, seu vídeo-detonado ou gameplay, participar de um RPG, postar e ler notícias do mundo Pokémon, tirar todas as suas dúvidas sobre todos os jogos de Pokémon, comentar sobre o desenho do momento ou apenas jogar um papo fora. Além de fazer amigos!
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!
[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Pikalove

[Cancelado]Concurso Inspired Imagens

Ir em baixo

[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Empty [Cancelado]Concurso Inspired Imagens

Mensagem por -Murilo em Sab 23 Fev 2013 - 21:23

Olá! Aqui está mais um concurso de one shot da PM. Espero que tenham gostado da ideia do concurso e participem ^^



Inspiring Images



[Cancelado]Concurso Inspired Imagens 3X2Cs


O que é:

Inspiring Images (Imagens Inspiradoras) é um concurso de one shots muito simples! Vocês não irão escrever shots sobre um tema especifico, mas sim sobre uma imagem! Eu postarei uma imagem, e os concorrentes da rodada vão escrever inspirados nessa imagem. Pode ser sobre qualquer gênero, ou tema, o importante é o texto ter a ver com a imagem. As imagens postadas serão nesse estilo:

http://images4.fanpop.com/image/photos/23500000/Fantasy-fantasy-23586966-1280-960.jpg

http://farm6.staticflickr.com/5135/5474261145_39c57b7d3a_z.jpg

http://topwalls.net/wp-content/uploads/2012/07/joy-of-love-HD.jpg

São imagens simples de paisagens que (ao meu ver) remetem algum sentimento. Ou seja, se a imagem te dá uma sensação de tristeza, você faz um texto triste. Se a imagem transmite algo alegre, romântico, etc, é tudo uma questão de percepção e inspiração.

Como funciona:

Serão oito vagas, mais as reservas. Vocês se inscrevem, e eu divido as chaves, quem vai enfrentar quem. Eu então postarei uma imagem no tópico, e os concorrentes da vez vão observar a imagem, e escrever uma one shot baseando-se nessa imagem. Isso não é difícil! Vou tentar trazer imagens simples, como uma paisagem, representando tranquilidade, ou um cenário de destruição, que mostra o drama e violência. Tudo vai ser uma questão de ponto do escritor e sua criatividade.

Regras:

As regras Gerais dos Concursos valem aqui, bem como o Alerta Fujão.

Qualquer membro pode participar, independente do número de alertas.

O participante só pode escrever sobre a imagem que eu postar. Outras imagens, mesmo semelhantes, não serão aceitas.

O participante não pode votar em sua rodada.

Os textos deverão ter no máximo 4(quatro) páginas.

O participante terá 3 (três) dias para enviar o texto. Caso não entregue é desclassificação automática.

Ao votar, favor justificar o voto, mesmo que seja uma linha.

Vagas:
1.
2.
3.
4.
5.
6.
7.
8.

Reservas:
1.[...]



Última edição por -Murilo em Seg 18 Mar 2013 - 18:46, editado 1 vez(es)
-Murilo
-Murilo
Membro
Membro

Masculino Idade : 25
Alerta Alerta :
[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Left_bar_bleue0 / 100 / 10[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Right_bar_bleue

Data de inscrição : 01/03/2011

Frase pessoal : Pq ñ podemos fugir da realidade se ela é uma droga


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Empty Re: [Cancelado]Concurso Inspired Imagens

Mensagem por RRDemétrio em Sab 23 Fev 2013 - 22:15

1. RRDemétrio
2.
3.
4.
5.
6.
7.
8.



Spoiler:

Tentando ser participativo no fórum e evoluir como escritor ao mesmo tempo.
RRDemétrio
RRDemétrio
Membro
Membro

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Left_bar_bleue0 / 100 / 10[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Right_bar_bleue

Data de inscrição : 27/07/2012


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Empty Re: [Cancelado]Concurso Inspired Imagens

Mensagem por Pokaabu em Dom 24 Fev 2013 - 0:02

1. RRDemétrio
2. Pokaabu
3.
4.
5.
6.
7.
8.
Pokaabu
Pokaabu
Membro
Membro

Masculino Idade : 24
Alerta Alerta :
[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Left_bar_bleue0 / 100 / 10[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Right_bar_bleue

Data de inscrição : 02/07/2011


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Empty Re: [Cancelado]Concurso Inspired Imagens

Mensagem por JulietdoTsu em Dom 24 Fev 2013 - 0:05

1. RRDemétrio
2. Pokaabu
3. JulietdoTsu
4.
5.
6.
7.
8.
JulietdoTsu
JulietdoTsu
Usuário Banido
Usuário Banido

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Left_bar_bleue1 / 101 / 10[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Right_bar_bleue

Data de inscrição : 10/02/2013

Frase pessoal : JuninhoHacker me pegou


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Empty Re: [Cancelado]Concurso Inspired Imagens

Mensagem por Yoshihime em Dom 24 Fev 2013 - 20:51

1. RRDemétrio
2. Pokaabu
3. JulietdoTsu
4. Guillerjo
5.
6.
7.
8.
Yoshihime
Yoshihime
Membro
Membro

Feminino Idade : 24
Alerta Alerta :
[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Left_bar_bleue0 / 100 / 10[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Right_bar_bleue

Data de inscrição : 05/09/2009

Frase pessoal : Oi, sou travesti. Você sabe?


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Empty Re: [Cancelado]Concurso Inspired Imagens

Mensagem por Mag em Seg 25 Fev 2013 - 18:17

1. RRDemétrio
2. Pokaabu
3. JulietdoTsu
4. Guillerjo
5. MaGmorTar
6.
7.
8.

Com medo de levar alerta...
Mag
Mag
Membro
Membro

Masculino Idade : 24
Alerta Alerta :
[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Left_bar_bleue0 / 100 / 10[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Right_bar_bleue

Data de inscrição : 15/07/2009

Frase pessoal : Big Mac em Tebas


http://instintodeler.blogspot.com.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Empty Re: [Cancelado]Concurso Inspired Imagens

Mensagem por Caio. em Ter 26 Fev 2013 - 8:52

1. RRDemétrio
2. Pokaabu
3. JulietdoTsu
4. Guillerjo
5. MaGmorTar
6. Mr. Perry
7.
8.
Caio.
Caio.
Membro
Membro

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Left_bar_bleue0 / 100 / 10[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Right_bar_bleue

Data de inscrição : 27/06/2010

Frase pessoal : A noir. E blanc. I rouge. U vert. O bleu.


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Empty Re: [Cancelado]Concurso Inspired Imagens

Mensagem por Löwen em Ter 26 Fev 2013 - 14:16

1. RRDemétrio
2. Pokaabu
3. JulietdoTsu
4. Guillerjo
5. MaGmorTar
6. Mr. Perry
7. Löwen
8.
Löwen
Löwen
Membro
Membro

Masculino Alerta Alerta :
[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Left_bar_bleue0 / 100 / 10[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Right_bar_bleue

Data de inscrição : 02/06/2011


http://lowenthal.deviantart.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Empty Re: [Cancelado]Concurso Inspired Imagens

Mensagem por Colt em Ter 26 Fev 2013 - 17:06

1. RRDemétrio
2. Pokaabu
3. JulietdoTsu
4. Guillerjo
5. MaGmorTar
6. Mr. Perry
7. Löwen
8. Colt
Colt
Colt
Membro
Membro

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Left_bar_bleue0 / 100 / 10[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Right_bar_bleue

Data de inscrição : 19/03/2012

Frase pessoal : ba dum tss


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Empty Re: [Cancelado]Concurso Inspired Imagens

Mensagem por -Murilo em Ter 26 Fev 2013 - 19:39

Olá! Vamos começar o nosso concurso de shots. Pra começar, vamos ver como ficaram as chaves.

[Cancelado]Concurso Inspired Imagens C5dM7j7

Por sorteio elas ficaram assim:

Colt x MaGmorTar
JulietdoTsu x Pokaabu
Guillerjo x RRDemétrio
Löwen x Mr. Perry



Então, o primeiro confronto será entre Colt x MaGmorTar. A imagem a ser inspirada é essa:

http://confessionsofhope.files.wordpress.com/2011/05/cropped-there-is-always-hope-2516881.jpg (clique no link para visualizar)

Os participantes irão receber uma MP com o link também. Vocês tem até o dia 01 de Março. Boa sorte aos dois e até.
-Murilo
-Murilo
Membro
Membro

Masculino Idade : 25
Alerta Alerta :
[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Left_bar_bleue0 / 100 / 10[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Right_bar_bleue

Data de inscrição : 01/03/2011

Frase pessoal : Pq ñ podemos fugir da realidade se ela é uma droga


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Empty Re: [Cancelado]Concurso Inspired Imagens

Mensagem por -Murilo em Dom 3 Mar 2013 - 10:53

Bem, desculpe a demora para iniciar o concurso. Fiquei sem internet sexta durante a tarde e a noite, e ontem fiquei mais fora de casa do que dentro. Enfim, vamos logo ao que interessa. A imagem a ser inspirada foi essa:


http://confessionsofhope.files.wordpress.com/2011/05/cropped-there-is-always-hope-2516881.jpg (clique no link para visualizar)



MaGmorTar escreveu:
Ab imo corde*

Tons incolores de cinza. A inexistência da coloração divergia da derradeira cor, a mais pungente delas. Delineando-se desde o seu princípio por uma base insolúvel, crescendo em desalinho até o ápice intragável. O cume era a cor que descolorava. Aquela que se mantinha imponente, subjugando aos seus cúmplices um emaranhado indizível de compreensões e emoções.

A menina... A menina prendia-se a paisagem num fiapo de real cor. Assistia-a entorpecido, enquanto seu coração, de um vermelho escarlate, pulsava e causava o efeito descolorante no cenário ao redor. Nada se comparava àquela cor.

***

Com os últimos centavos que ganhara balançando ritmicamente em seu bolso, a menina caminhava pela rua de paralelepípedos, devaneando sobre a vã filosofia, que hora propunha-se a duvidar, hora afirmava sem hesitar.

A menina, ainda muito nova, dedicou-se sumariamente aos estudos da filosofia, sociologia, antropologia e literatura. Não que ela tivesse real intenção em se considerar a diferente em meio às outras pessoas da sua idade. Mas sair para brincar na rua, divertir-se com amigos e interagir com os outros de forma geral, invariavelmente nos leva a ter parte de nossos segredos revelados, mesmo que involuntariamente, segundo seu pai. E ela não queria isso. Fechou-se para a vida, voltou-se para os estudos.

“Mas não com tanta eficácia”, pensava a menina enquanto continuava a fazer sua trajetória. Na escola, costumava excluir-se de grupinhos e observar os outros com atenção. Foi dessa forma que se deparou com outra menina que fazia exatamente o mesmo que ela. Tímida e quieta, evitava o contato com os outros e os observava, faminta por vivacidade. Trocaram olhares, mas não se assustaram de imediato. Só quando perscrutaram os olhos uma da outra foi que um súbito de compreensão tocou-as, irreverente.

Eram iguais. E souberam, naquele instante, a característica que as igualava. Não era a aparência, nem o que toca no quesito personalidade, mas outra coisa. A reação de reconhecimento fora inteiramente incomum, perceberam, mas contundente e irrevogável. No entanto, nunca tiveram coragem de conversar. Aquele olhar fora o único contato que tiveram.

Mas agora a menina decidira. Caminhava em direção a escola e estava preparada para conversar com a outra. Com certeza, ela também se sentiria confortável com alguém igual. Afinal, aquilo as uniria. Quem pensaria que algo como aquilo provocaria alguma união agradável?

Chegou a sala, sentou-se em seu lugar e sorriu para a outra. O sorriso assustou a si própria. Há tempos não esboçava um sorriso em sua face. Parecia estar errado, desconcertado em seu rosto. Desaprendera a sorrir? Pensou que sim, mas não teve certeza.

No intervalo escolar, já havia decorado para onde a outra ia. Era sempre o mesmo lugar, propício para isolar-se. Correu à calçada da escola, onde o moço que vendia balões a gás hélio ficava, e gastou o resto do dinheiro que tinha comprando um balão. Escolheu um que tinha o formato de um coração, com delineação delicada, e era de um lindo vermelho. Considerou-o um bom presente.

Retornou para a escola e foi ao lugar em que a outra estava. Ficou temerosa, mas seguiu em frente. Já havia começado, que terminasse agora. Enquanto aproximava-se devagar, viu algo escrito numa das paredes desbotadas da escola, próximo ao lugar em que a outra estava. “There is always hope”. Num átimo de compreensões, tudo interligou-se em sua mente. O coração acelerou-se com a ansiedade e ela começou a tremer. Mas estava confiante; nunca se sentira assim. Até mensagens em inglês escritas anonimamente nas paredes pareciam confabular para o seu bem.

Chegou ao seu alvo. A outra encontrava-se sentada no chão, encostada à parede da escola, comendo o seu lanche. Quando a sombra da menina projetou-se sobre ela, a outra olhou para cima e sentiu-se extasiada.

– Oi – disse a menina, com delicadeza.

Sorriu novamente e pareceu mais confortável. Achou que se continuasse a praticar, logo poderia fazer como as crianças que gargalhavam estridentemente.

A outra menina continuou fitando-a, indecisa.

– Não quer caminhar comigo? – Prosseguiu, com o sorriso que perdurava em seu rosto.

Olharam-se com mais intensidade. A menina estendeu a mão que segurava o lindo balão, oferecendo-o para a outra. Pareceu uma oferta cobiçável, a outra hesitou por alguns segundos e sua face expressou o desejo que sentia de levantar-se e conversar.

O desejo incontido, no entanto, não demorou a ser domado. Ela sabia no que isso daria. Seria errado e causaria prejuízos para as duas. Não, doeria, mas faria o correto. Levantou e fitou, pela última vez, os olhos da menina que pareceu o seu reflexo. Balançou a cabeça, negando o contato.

Para a menina, aquele movimento pareceu um sonoro “não”. Ficou estática, enquanto a outra saía da sua frente lentamente. Vultos irreconhecíveis passaram por sua mente, lembranças do seu pai fazendo as atrocidades com ela e o momento em que, num súbito de coragem, contara tudo para sua mãe, que depois de inicialmente desesperada, tornou-se enraivecida e mandara que a menina nunca mais voltasse a falar daquilo. A imaginação do que deveria acontecer com a outra também a invadiu, mas a curiosidade já se fora. Antes, pensara que aquele contato poderia ser sua salvação. Pensara que, de alguma forma, se as duas se tornassem amigas, poderiam ter uma ideia do que fazer.

Então lembrou-se da frase na parede e a achou ridícula. Devia ter sido uma pessoa iludida por uma utopia momentânea que a escrevera. Imbecil, imbecil. Qual a esperança? Talvez fosse a de encontrar alguém com quem partilhar sua dor, e nesse instante esperar que ela corresponda às suas expectativas. Mentira. Nunca corresponde. E nisso há reciprocidade. Você também não corresponde ao que o outro espera.

Sentiu tanto ódio da criatura que escrevera a frase, que deixou escapar uma lágrima por seus olhos. Fora traída e enganada. Quando pensou que sua raiva não poderia mais aumentar, outra possibilidade passou por sua mente. Talvez a pessoa que escrevera a frase tivesse esquecido que a sentença deveria ser interrogativa, e não afirmativa. “Is there always hope?”. Esse é o tipo de regra que geralmente as pessoas esquecem. E o ponto de interrogação perdeu-se na parede com o tempo. Não faz mal, pois a menina perdoou, do fundo do seu coração, a falha da criatura vândala.

Olhou para o céu nebuloso, que predizia uma chuva gélida. Uma radiação iridescente de luz solar ultrapassou as nuvens e refletiu, frágil, na face da menina, secando a única lágrima que escorreu. Levantou a mão e soltou o balão. Enquanto subia os seus primeiros centímetros no ar, em liberdade, a menina teve um vislumbre de si mesma. Estava tudo cinza, exceto o balão escarlate que a desamparou.


*Ab imo corde: do latim, "Do fundo do coração; sinceramente.", segundo o site Dicionário de Latim.

Vs.


@Colt escreveu:Bem me inspirei na imagem da criança deixando voar um balão em forma de coração, pra criar um futuro onde as crianças eram obrigadas a perderem seus sentimentos e a se tornarem armas. Ficou curtinho, mas ficaria sem sentido entender demais.

Memórias de alguém sem vida.

Ano de 2045. O mundo está devastado, devido a grande guerra nuclear que havia acontecido há pouco tempo. Os recursos são escassos e as pessoas sofriam, guerras civis aconteciam por todo o mundo. Uma nova guerra mundial era iminente, desta vez não por razões tolas ou simples conquista territorial, como fora a terceira, desta vez a guerra era pela sobrevivência e pela busca de recursos.

A antiga nação mais poderosa do mundo, os Estados Unidos da América, agora nada mais era que só uma das nações em crise, a beira da extinção. Mas eles tinham um plano, um projeto, que poderia mudar o rumo da futura guerra a seu favor. O Projeto NAS-00 visava criar soldados perfeitos, que se renegariam em maior velocidade que um humano comum, teriam maior força e incrível velocidade, além de não terem sentimentos e serem totalmente manipulados. Crianças eram tomadas de suas famílias e eram usadas como cobaias, sim crianças, que guando não serviam mais eram simplesmente descartadas como se fossem lixo.

Fui uma das primeiras cobaias a mostrar bons resultados, apesar de ainda não estar perfeito. Regenerava-me em maior velocidade e minha velocidade também era superior. Boa parte de meus sentimentos foram removidos e minhas memórias seladas nas profundezas de minha mente.

Apesar de não entender o que é o amor ou a alegria, convivo com a dor de não saber quem eu sou, convivo com o vazio que me foi deixado. Tenho uma vaga memória de um momento alegre em que estava com minha família, me divertia com outras duas crianças, acredito que sejam meus irmãos, estava num lugar sujo e escuro, mas mesmo assim não ligava, parecia que enquanto estivéssemos juntos não tínhamos medo algum. Apego-me a essa memória com todas as minhas forças, a única prova que me resta de que um dia eu realmente vivi.

Ainda sou submetido a estranhas experiências. Felizmente não apagaram o resquício de humanidade que me resta em meu coração, pelo menos não ainda.

Não vem muitas noticias do mundo exterior para as cobaias, mas sei que a vida lá fora está cada vez mais difícil e que começaram os preparativos para a quarta guerra mundial. Sem dúvidas seremos usados como armas nela.

***

Ano de 2047. A União Americana, o novo nome dos Estados Unidos da América que agora engloba parte do Canadá e do México, está vencendo a guerra e conseguindo cada vez mais recursos dos países que foram vencidos. A antiga nação parece estar se reerguendo. O que começou com o Projeto NAS-00, se expandiu e agora é o NAS-01, que não apenas visa dar maiores habilidades físicas e eliminar os sentimentos daqueles que foram usados, como desenvolver habilidades psíquicas, mesmo que leves.

Como previ estamos sendo usados como armas. Sou obrigado a matar e lutar em uma guerra, que poderia ser evitada com uma simples conversa. Sinto vontade de ter tristeza e de chorar pelas vidas que fui obrigado a tirar, mas não consigo.

Lembro-me de quando me apegava a uma lembrança feliz que eu tinha, mas não consigo me lembrar dela. Simplesmente não me lembro do dela, acho que tinha haver com minha família, ou algo assim. Não importa mais isso, mas bem que eu queria que importasse, afinal só mostra que estou perdendo o resquício de humanidade que me restava.

***

Ano de 2053. Afinal, o que é ser um humano? O que é ser um ser vivo? Eu não tenho mais a reposta para nenhuma dessas pergunta. Não me importo de estar vivo ou morto, isto é indiferente, sou apenas uma arma a ser usada.

O mundo está em uma paz manipulada, numa felicidade falsa. Todo o mundo agora é parte da grande União Americana. As pessoas são obrigadas a sorrir sempre, independente de seus reais sentimentos. Mas afinal, o são sentimentos? Eu nunca senti nada, ou será que não percebo o que sinto? Como se eu fosse saber, não sei nem meu próprio nome. Não sei nem pra que existo mais.

Tudo o que resta a mim e ao mundo é só vazio.

“Quando os humanos perdem os seus sentimentos, perdem a razão de existir neste mundo.”


Podem votar a vontade até dia 6 de Março. Boa sorte aos concorrentes!
-Murilo
-Murilo
Membro
Membro

Masculino Idade : 25
Alerta Alerta :
[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Left_bar_bleue0 / 100 / 10[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Right_bar_bleue

Data de inscrição : 01/03/2011

Frase pessoal : Pq ñ podemos fugir da realidade se ela é uma droga


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Empty Re: [Cancelado]Concurso Inspired Imagens

Mensagem por Black~ em Dom 3 Mar 2013 - 18:18

Bom, eu gostei das duas, mas achei que a do Mag teve mais relação com a imagem pedida. A do Colt deixou mais pro final pra se revelar, por exemplo as pessoas não sabem o que é sentimentos, o que é representado pelo coração indo embora. A do Magmortar retratou melhor isso, a garota que não gosta de ninguém (novamente o caso do coração que foi embora) e tudo mais. Como disse, gostei das duas, mas o Magmortar escreveu melhor e teve mais relação com a imagem. Enfim, voto no Magmortar
Black~
Black~
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Left_bar_bleue0 / 100 / 10[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Right_bar_bleue

Data de inscrição : 27/02/2011

Frase pessoal : The winter has come


http://pokemonblackrpgforum.forumeiros.com./

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Empty Re: [Cancelado]Concurso Inspired Imagens

Mensagem por Caio. em Dom 3 Mar 2013 - 19:09

Mag, achei seu texto lindo, sério. Parabéns. Gostei bastante dele.
O do Colt também foi um tanto quanto interessante, mas acho que o Mag se aproximou mais da imagem, como disse o Black...

Voto no Mag.

PS: Gamay no título em Latim.
Caio.
Caio.
Membro
Membro

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Left_bar_bleue0 / 100 / 10[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Right_bar_bleue

Data de inscrição : 27/06/2010

Frase pessoal : A noir. E blanc. I rouge. U vert. O bleu.


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Empty Re: [Cancelado]Concurso Inspired Imagens

Mensagem por JulietdoTsu em Dom 3 Mar 2013 - 19:32

Bom, eu curti as duas fics e o jeito que os dois usaram a imagem, mas eu curti mais o jeito do MaG sobre estruturar a historia, o jeito que ele narrou, eu curti muito. O Colt tem uma historia interessante até, mas prefiro a do Magmortar
JulietdoTsu
JulietdoTsu
Usuário Banido
Usuário Banido

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Left_bar_bleue1 / 101 / 10[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Right_bar_bleue

Data de inscrição : 10/02/2013

Frase pessoal : JuninhoHacker me pegou


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Empty Re: [Cancelado]Concurso Inspired Imagens

Mensagem por Yoshihime em Dom 3 Mar 2013 - 21:57

O texto do Colt veio com uma onde distópica, a ideia foi interessante, mas não achei tão bem aplicada, e sei o porquê. É difícil lidar com perda de sentimentos, a personagem sofre uma perda de sentimentos, contudo ela sente durante o texto inteiro. No final, por exemplo, ele diz "O mundo está em uma paz manipulada, numa felicidade falsa" como alguém que não sente pode saber que é uma felicidade falsa? Já é difícil para pessoas que sente decifrar a sinceridade de sentimentos alheios, imagine para alguém completamente sem noção deles. A ideia foi boa, mas a tentativa de uma introspecção não deu muito certo, por causa da complexidade do assunto.

Enquanto isso o do MaG apresentou uma história mais simples, por ser algo mais simples de lidar ele conseguiu desenvolver melhor a ideia. Construindo um texto muito bem articulado e coeso. Eu adorei, ele foi reflexivo, sobre os sentimentos da garota, esperança e tudo mais.

Sobre a interpretação da imagem: A interpretação do MaG foi mais limitada, achei a do Colt bem criativa, conseguiu retirar algo maior da imagem.

No fim das contas meu voto vai pro MAgmortar
Yoshihime
Yoshihime
Membro
Membro

Feminino Idade : 24
Alerta Alerta :
[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Left_bar_bleue0 / 100 / 10[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Right_bar_bleue

Data de inscrição : 05/09/2009

Frase pessoal : Oi, sou travesti. Você sabe?


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Empty Re: [Cancelado]Concurso Inspired Imagens

Mensagem por Nivans em Seg 4 Mar 2013 - 6:07

Voto no MaGmorTar pelo mesmo motivo do Perry e do Black. Gostei da história do Colt, mas achei que o outro se aproximou mais da imagem, além de ter narrado de uma maneira que, ao meu ver, ficou melhor.
avatar
Nivans
Membro
Membro

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Left_bar_bleue0 / 100 / 10[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Right_bar_bleue

Data de inscrição : 18/11/2012


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Empty Re: [Cancelado]Concurso Inspired Imagens

Mensagem por -Murilo em Qua 6 Mar 2013 - 11:52

Terminada a primeira rodada, hora do resultado! O negócio ficou assim:


Colt 0 x 5 MaGmorTar
[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Tumblr_lzs6n7satj1r8uxc1o1_250
Parabéns ao Mag, e valeu Colt pela participação



Vamos em frente! A segunda rodada agora é:


JulietdoTsu x Pokaabu



A imagem a ser inspirada é essa:

http://blogdowallpaper.files.wordpress.com/2008/11/the-barn_blogdowallpaper.jpg (clique no link para visualizar)
Thanks a iSally pela imagem

Os dois tem até o dia 9 de Março para enviar o texto. Boa sorte aos dois e até!

-Murilo
-Murilo
Membro
Membro

Masculino Idade : 25
Alerta Alerta :
[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Left_bar_bleue0 / 100 / 10[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Right_bar_bleue

Data de inscrição : 01/03/2011

Frase pessoal : Pq ñ podemos fugir da realidade se ela é uma droga


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Empty Re: [Cancelado]Concurso Inspired Imagens

Mensagem por -Murilo em Dom 10 Mar 2013 - 18:54

Pois é pessoal. Infelizmente aconteceu um W.O. O membro JulietdoTsu teve uns problemas e não pode enviar o texto, dando a vitória ao Pokaabu. Vejam o texto dele.

Imagem:
http://blogdowallpaper.files.wordpress.com/2008/11/the-barn_blogdowallpaper.jpg (clique no link para visualizar)


@Pokaabu escreveu:
Tem um monstro no meu jardim.

- Interior da Alemanha.

Quarenta anos depois, estou de volta ao lugar onde nasci, a mesma terra, o mesmo ar, mas mesmo depois de procurar, refletir, andar, e voltar a refletir, ainda não entendo o porquê deles terem feito aquilo.


***

Papai parecia muito estranho naquela manhã, muito estranho mesmo. Ele brigava com a mamãe por que ela tinha ido à cidade, eu não sabia bem o porquê, mas a Anna, minha irmã mais velha, me levou para o celeiro, devo dizer que contra a minha vontade, tagarelado que aquilo não era coisa para criança ouvir. O sol me cegava enquanto andávamos em direção ao velho celeiro, tentei tampar os olhos com as mãos, mas mesmo assim comecei a suar, eu odiava ficar suado, sabe? Mas esse assunto não é para agora. Eu e a Anna chegamos ao velho casebre cheio de animais. Moranguinho, a galinha mais velhas das galinhas, ciscava por ali, a ave soltou um cacarejo longo e arrastado quando entramos. Minha irmã se abaixou, apoiando os joelhos no feno espalhado pelo chão. Seus cabelos negros e desgrenhados escondiam suas feições femininas, somente perceptíveis pelos longos vestidos surrados que ela sempre usava.

- Benjamin – Ela começou, eu sabia que ela ia começar a brigar comigo, e eu odiava quando ela brigava comigo. – Papai e mamãe estão muito nervosos, Benjamin, preste atenção por favor, eu não posso te contar o motivo ainda, mas tem outra coisa que eu quero te contar, um novo esconderijo secreto, você quer ver?

Ela não brigou comigo e eu adorava esconderijos secretos, fiquei tentado, fiz uma cara de pensativo e aceitei.

– Ta bem, vem aqui Benjamin. – Nós saímos do celeiro, o sol novamente me fazendo suar, arg. Andamos até para traz de nossa casa, pude ouvir papai chorando e ele nunca chorava, devia ser um problema muito sério, esse do papai e da mamãe.

– Aqui, Benjamim, vem aqui. – Anna apontava para um bando de blocos de feno empilhados. – Olha aqui. – Minha irmã retirou um dos fardos e ele se abriu como uma portinha, uma casinha de fardos de fenos surgiu a minha frente, tentei não parecer muito impressionado. – Benjamim, jura pra mim, jura, que quando eu mandar, a qualquer hora, você virá pra cá e se esconderá. Você jura? Benjamim?

Crispei os olhos, por que eu faria isso? O olhar de Anna parecia muito temeroso e eu não gostava de vê-la assim, resolvi aceitar, só para ela parar com aquela maluquice toda.

Voltamos para casa e aquele dia percorreu estranhamente silencioso. Todos pareciam tristes, papai tinha olhos vermelhos, mamãe ficava calada e Anna me lançava olhares a todo o momento, acabei ficando triste por que todos estavam tristes também. Papai e eu cuidamos da lavoura como sempre fazíamos, as batatas estavam bem bonitas, percebi. Logo depois papai disse que precisaríamos ir a cidade vender e trocar algumas verduras. Fomos ao depósito, uma casinha que ficava perto da nossa, atrás do celeiro. Ajudei papai a colocar um saco bem grande de milho e laranjas na nossa carroça, o saco estava bem pesado, quase deixei-o cair, papai me deu uma olhada muito severa.

Estranhamente, meu pai usou uma capa para irmos à cidade e, para minha surpresa, pediu para que eu ficasse escondido embaixo de um lençol. A carroça balançava muito e eu estava odiando aquela situação, por que eu deveria ficar escondido? Por que papai usava aquela capa feia? Mas mesmo com muita vontade, não sai, não queria chatear o meu pai mais ainda. Chegamos à cidade que estava, como sempre, infestada de pessoas, meninos brancos de olhos verdes corriam pelos cantos e senhoras de vestidos andavam para lá e para cá, pomposas, era engraçado, por que eu sempre me pergunto o por quê de eu ser negro e eles serem brancos, papai nunca conseguia me explicar a diferença. Pela fresta do lençol vi papai entregar as laranjas e o milho e receber o dinheiro, se esforçando o máximo para esconder o rosto.

À tardinha caia quando Anna e eu estávamos no meu quarto, ela me contava histórias de contos de fadas, falava agora sobre Rumpelstilskin, um duendezinho muito arteiro. Mas, de repente, Anna parou ao ouvir um barulho bem grande que reboou no jardim da nossa casa. Minha irmã correu e abriu a janela, se demorou um pouco mais que o necessário, quando voltou a olhar para mim vi que ela chorava, chorava muito. Ela abaixou mais uma vez de joelhos, come fizera no celeiro, as lágrimas correndo no seu rosto negro.

- Você deve ir agora, Benjamin. Lembra? Fique lá, eu, papai e mamãe vamos fazer uma brincadeira só de gente grande agora.

Ela abriu a janela e pediu para eu pular, quando corri para os blocos de feno eu vi, rodando pelo jardim estava um enorme carro, bem grande, cheios de pessoas, era como um monstro enorme vindo para destruir tudo; homens com roupas engraçados e bigodes engraçados comandavam o monstro de quatro rodas, voltei a correr para os campos de feno, não iria quebrar a minha promessa. Entrei na casinha, que, ao meu ver, mal me cabia e abri uma fresta com as mãos entre o feno. Ao longe, vi mamãe e papai saindo de casa, os homens de roupas engraçados e bonezinhos berravam com eles, mas papai revidava e avançava na direção deles, mamãe correu e um dos homens a agarraram, Anna saiu de casa, chorando e gritando e se atirou no homem que segurava mamãe, o homem a jogou de lado com um empurrão, tirou alguma coisa da cintura, não pude ver bem o que era e com um barulho oco, Anna parou de gritar e de chorar.

É só um jogo, pensei, mas não era o que parecia e, mesmo não querendo, eu estava com muito medo. Os homens não pareciam tão engraçados agora e as pessoas do monstro gritavam e balançavam, enquanto um deles levava mamãe e papai para dentro do monstro, um outro, não muito longe, tacava fogo no nosso celeiro. Eu tive vontade de correr, gritar com eles para que eles parassem aquele jogo ruim, que eles fossem embora, eles poderiam ganhar, não tinha importância.

Sentei no chão e chorei, para onde eles tinham levado papai e mamãe? Quando o jogo iria acabar e eles iriam voltar? Abracei meus joelhos e chorei ainda mais, chorei por muito tempo que nem me dei conta que o fogo poderia começar chegar até mim. Arrastei a portinha de feno, mas não havia mais chamas, uma chuva fraca e fina caia das nuvens, corri até o lugar onde Anna havia caído e parei, estático. Ela tinha um furo no peito e em volta do seu corpo um liquido gosmento e vermelho ensopava seu vestido. Abaixei e deitei no seu abdômen, o sangue grudando no meu rosto, queria que Anna voltasse a me contar histórias, mas ela tinha ido paras as nuvens, e iria cair como chuva a partir de agora, eu sabia, papai me contava a história das pessoas que iam para as nuvens. Abracei-a e fechei os olhos, a água que caia do céu batendo no meu rosto, esperando que papai e mamãe voltassem, que o jogo acabasse.

***

O lugar parecia bem diferente do que era antes, notei, com muito desgosto, que as ervas daninha haviam invadido as plantações do meu pai. Uma caminhonete vermelha estava estacionada no meio da grama, que crescia bem alto, permeada por florzinhas brancas, me perguntava se o dono do veículo imaginava o que haveria um dia acontecido ali. As histórias de como fugi dos soldados nazistas eram muitas, mas isso não vinha ao caso, voltei ali hoje, na esperança de encontrar a resposta para a dúvida que me perseguia desde daquele dia, mas mesmo depois de procurar, refletir, andar, e voltar a refletir, ainda não entendo o porquê deles terem feito aquilo.


Bem, vamos tocar pra frente. Próxima rodada:

Guillerjo x RRDemétrio


A imagem a ser inspirada é essa:

http://www.photochart.com/data/media/5/Lost_in_time.jpg (clique no link para visualizar)

Os dois têm até o dia 13 de Março para enviar os textos. Boa sorte aos dois e até!
-Murilo
-Murilo
Membro
Membro

Masculino Idade : 25
Alerta Alerta :
[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Left_bar_bleue0 / 100 / 10[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Right_bar_bleue

Data de inscrição : 01/03/2011

Frase pessoal : Pq ñ podemos fugir da realidade se ela é uma droga


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Cancelado]Concurso Inspired Imagens Empty Re: [Cancelado]Concurso Inspired Imagens

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum