Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Nós teremos o maior prazer em recebê-lo no fórum e se precisar de qualquer ajuda, temos muitos membros e nossa equipe para ajudá-lo! Lembrando que você pode postar sua fanfic, seus desenhos ou edição de imagens, seu vídeo-detonado ou gameplay, participar de um RPG, postar e ler notícias do mundo Pokémon, tirar todas as suas dúvidas sobre todos os jogos de Pokémon, comentar sobre o desenho do momento ou apenas jogar um papo fora. Além de fazer amigos!
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!
Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Pikalove

Pokémon Forgotten Tears (Third Stage)

Página 1 de 4 1, 2, 3, 4  Seguinte

Ir em baixo

Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Empty Pokémon Forgotten Tears (Third Stage)

Mensagem por Pikato em Sab 18 Maio 2013 - 11:38

E ae pessoal. Voltei para o forum, postei esses prólogos divididos em 8 partes, preciso do jogo Pokémon Y, para continuá-la, por causa dos líderes , afinal essa fic é do futuro. Lembrando que esse capítulo foi apenas introdução, capricharei mais nos outros.Obrigado.

Apresento para vocês, o prólogo da minha nova fic, a Pokémon Project Omega! Com musicas remixadas ou feitas por mim (dos jogos é claro) A estória gira em torno de Red, um jovem que volta de sua jornada, após vencer a liga de Unova e a campeã. E encontra um personagem desconhecido destruindo Pallet, sua cidade natal. Após esse episódio várias coisas começam acontecer, mas vamos por partes, esse é apenas o prólogo 1 da estória verdadeira.


Pokémon Project Omega!
Prólogo Parte 1

Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) WBVJ2an

Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Ocimglqmvtqe243zszyu
O dono da equipe Aqua estava ansioso, recebera uma ligação naquela manhã, alguém que como se identificava como elemento L, queria renascer a sua organização. Em seguida, disse para o líder levar o melhor agente para a Distant Island, uma ilha conhecida por abrigar mistérios e que ficava atrás do Mt Pyre, do continente Hoenn.

- Hehe, finalmente voltarei com toda a glória que perdi ao perder para aquele moleque, o de boné. Ele me pagará por tudo o que me fez, eu possuía Kyogre, o lendário das águas, e agora só tenho meu Swampert. –Falou Archie, mordendo os lábios de tanta raiva que possuía.

Enquanto isso, Maxie, comandante da equipe Magma, também tinha recebido a estranha ligação, e já estava fazendo os preparativos para ir até o local indicado, acabou chamando Grent, seu novo agente que estava espionando todas as ações e as novas regiões sendo descobertas. Já tinha dados sobre Sinnoh e Unova, mas um novo continente acabara de entrar para a lista. Contudo, as informações desse novo lugar seriam revelados pelo estranho homem que ligara para o líder daquela organização criminosa.

- Enfim, conseguirei adquirir mais conhecimento sobre Groudon e como controlá-lo! – Disse o chefe dos agentes, olhando para aquela caverna escura e cheia de Magma.

Ao mesmo tempo, Saturn ativava uma estranha máquina que tinha conseguido fabricar com a ajuda de um misterioso homem que mandara aquele aparelho por aparelho, exigindo apenas a participação da equipe na Distant Island. Logo, o raio sai daquela estranha arma e começa a abrir o portal, fazendo com que Giratina fugisse da dimensão secreta. Cyrus apareceu depois de 5 minutos , trazendo consigo a Master Ball e seu sorriso irônico.

- Está feito, vamos embora! – Disse o chefe da equipe Galactic, indo na direção da saída da ruína.

- Temos um compromisso! – Falou Saturn, apontando para um helicóptero.

- Como quiser, mostre o caminho. – Respondeu Cyrus, entrando naquele veículo e partindo para a região de Hoenn.

Enquanto isso, Giovani, tinha chamado Jessie, Cassidy, James e Butch para irem até um lugar, comunicado por um estranho homem através do telefone, o líder da equipe Rocket, nem ligara, partiu sem discutir, ignorando as opiniões dos outros.

- Humph. – Falou o comandante daquela organização, entrando no avião, juntamente com seus agentes.

- O que será? – Perguntou Jessie, a mulher de cabelo vermelho, para o seu parceiro de batalha.

- Não sei, parece ser algum tipo de reunião. – Disse James, o jovem que tinha a coloração azul nos seus cabelos.

- Tenho um mau pressentimento. – Respondeu Meowth, o gato falante da equipe Rocket.

Logo, todos os aviões, helicópteros estavam se cruzando no céu, fazendo todos os integrantes das equipes se espantarem, o que estaria acontecendo ali? Rapidamente a neblina de Mt Pyre, surgiu, cegando a visão dos pilotos, mas eles eram habilidosos e facilmente escaparam da névoa.

Contudo, uma ilha isolada atrás daquela montanha aparecia, provocando a atitude de espanto dos comandantes, um prédio gigante se estendia por aquelas terras, e homens com armas estranhas nas mãos e vestimentas roxas pairavam sobre ali.

- Eles já estão chegando. – Falou Ghetsis, olhando para cima e percebendo a chegada das equipes.

Logo, todos desceram dos seus veículos e se olhavam de modo estranho, os chefes eram rivais, por isso já colocavam a mão no bolso, para mandarem seus Pokémons, o líder da equipe Plasma, os interrompeu indicando o caminho, que se estendia para dentro do prédio misterioso.

Archie já estava bastante nervoso, andara por alguns minutos e nada do lugar aparecer, imaginava uma sala gigante com enormes computadores tecnológicos. Mas, ao chegar ao destino, explodiu de ódio, somente um cientista de óculos estava ali, juntamente com alguém encapuzado, que não queria revelar sua identidade.

- Sejam bem vindos, líderes das equipes, sou o Imperador L, convoquei vocês aqui para nos unirmos e formarmos uma equipe invencível! Tenho a fórmula para conseguir os lendários que vocês tanto anseiam. Mostre a eles. – Falou o desconhecido, apontando para Colress que apertou um botão, fazendo cair sobre o chão, várias Masters Balls, assustando todos os comandantes.

- Não pode ser. – Gritou Archie, ficando muito espantado.

- Sim, é isso mesmo, todos vocês aqui presentes, ganharão 10 Masters Balls, poderão capturar o Pokémon que quiserem. E ainda por cima vingarão de todos aqueles que lhe atrapalharam em suas missões. Mas, meu alvo principal são os novos Pokémons que descobriram recentemente. Yveltal e Xerneas. Com eles, ninguém poderá nos deter. Vamos humilhar esses covardes, vocês topam?

Cada comandante acenou com a cabeça, fazendo o Imperador L, sorrir de alegria e soltar sua risada maléfica. Cyrus e Colress nem ligavam para aquele projeto, cada um tinha seu objetivo, até mesmo N parecia sério em relação ao plano. A Pokébola mais poderosa do mundo tinha sido multiplicada e causaria grandes desastres a humanidade.

- Perfeito, a Equipe Ômega, irá surgir! – Gritou o homem, mostrando sua risada irônica.

Quem poderia deter um projeto tão maléfico e covarde como esse? Que despertará a fúria dos lendários, e irá desiquilibrar o mundo inteiro, o planeta está a beira de uma ameaça horrível, alguém tem que detê-los. Mas, será possível isso acontecer?


Continua?


Espero que tenham gostado^^

Música do Distant Ocean



Algumas considerações:

O protagonista principal é Red, mas no total existem 7 protagonistas!
Existe uma pequena fusão com o anime, mas quase imperceptível, como notarão nos próximos prólogos, é como se existissem um Red e um Ash diferente.
A fic receberá atualizações de duas em duas semanas.
Os eventos se mesclam com o anime, no caso Ash Ketchun que se revoltou com a vida, que explicarei no próximo prólogo.
Créditos a Pokémon e a Nintendo, por fazerem uma obra tão incrível como esse anime e os jogos.


Ficha dos personagens


Spoiler:
Red
Idade: 18 anos
Roupa: Camisa e calça cinza com um boné da mesma cor, seus olhos são pretos e o cabelo, com a coloração igual ao anterior. Usa uma bela mochila com vários utensílios de jornada.
Personalidade: Corajoso, ousado e destemido, não teme nenhum inimigo. Raramente chora, somente em situações extremas que ofendem a sua honra. Este jovem conseguiu vencer as estratégias de 5 regiões, ganhando fama por todos os lugares e se tornando o alvo principal das equipes vilãs. Sua vida mudou de rumo, assim que chegou a Pallet e a viu toda destruída, mudou de atitude desafiando Ash("o destruidor") para uma batalha. Tentando fazer justiça com suas próprias mãos.
Pokémons:

Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) 025

Classe de Treinador: Avançado(5 ligas vencidas)
Sprite do treinador:

Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Anim_f0fea50a-5465-5a94-5d74-64804db56ab8


Tiago
Classe: Treinador Iniciante, amigo de Tucciano, Personagem Secundário.
Roupa: Azul claro, cabelo louro, óculos tecnológicos vermelhos e calça avermelhada.
Idade: 18 anos
Personalidade: É determinado e sente anseio pela justiça, é capaz de encarar desafios assustadores para se tornar o melhor Top Trainer do mundo Pokémon. Quando em batalha se torna um treinador orgulhoso, fingindo ser uma astro mundial. É fã de Janine e inspira sua vida no avanço que ela deu para se tornar líder.
Pokémons:

Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) 587
Sprite:
Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) 67b4f58ed0211e403e2e85c59d412065

Tucciano
Classe: Treinador Iniciante/ Protagonista.
Roupa: Jaqueta com a cor de vinho, com os detalhes roxos por baixo da camisa posterior. Calças cinzas e sapatos da mesma coloração, olhos pretos e cabelos semelhantes ao orgão da visão.
Personalidade: Calmo e determinado, planeja estratégias com cuidado, procurando descobrir o potencial máximo de seu Pokémon, para isso usa até Pokémons com desvantagem e consegue vencé-los com velocidade e inteligência.

Pokémons:
Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) 311
Sprite:
Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Anim_1fe66c60-7792-f3e4-d555-b273d9df5b59

Leitores e Comentaristas:

Spoiler:
1- xKai(comentarista)
2- ~Black(comentou em todos os capítulos)
3- Dengel(comentou bastante capítulos))
4- Mud-Hunter(leitor)
5- SnowKing(leitor)
6- The Cookie(leitor)
7- jpdialga(leitor)
8- Weird Von Gentleman(leitor e comentador)

Obs: Se o seu nome não está aqui como leitor, mande-me uma pm e eu editarei com ele aqui. Ao passar de 3 comentários você se torna comentarista.

Ficha dos Líderes:

Spoiler:



Thunder Cloud Gym

Líder: Elesa
Ficha:
Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Cff8ca5a68fbe98880073c04b583244d
Frase Pessoal: "Vença seus inimigos como um trovão luminoso e lembre-se de cantar cada verso como se fosse a sua última música!"


Glorious Sun City

Líder: Joan
Ficha
:
Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Q5uw
Frase Pessoal: "Até hoje penso e aguardo a tal batalha emocionante. Mas todas foram chatas e inúteis para minha formação. A verdade é que já vieram trinta treinadores antes de você, eles conseguiram sim derrotar meus Pokémons. Mas a estratégia foi ridícula e nenhum conseguiu perceber meu desinteresse. Será que você poderá fazer a profecia realizar? Vamos descobrir!"


Aquelire City

Líder: Desconhecido/a
Ficha:
Frase Pessoal: Desconhecida



Crysalis City

Líder: Desconhecido/a
Ficha:
Frase Pessoal: Desconhecida


???
Líder: Desconhecido/a
Ficha:
Frase Pessoal: Desconhecida

???
Líder: Desconhecido/a
Ficha:
Frase Pessoal: Desconhecida

???
Líder: Desconhecido/a
Ficha:
Frase Pessoal: Desconhecida

???
Líder: Desconhecido/a
Ficha:
Frase Pessoal: Desconhecida


Última edição por Pikato em Dom 2 Mar 2014 - 13:00, editado 55 vez(es)
Pikato
Pikato
Membro
Membro

Masculino Idade : 24
Alerta Alerta :
Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Right_bar_bleue

Data de inscrição : 18/05/2013

Frase pessoal : Voltei^^


Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Empty Re: Pokémon Forgotten Tears (Third Stage)

Mensagem por Black~ em Dom 19 Maio 2013 - 21:51

Bom, vamos lá.

A história me pareceu muito boa, todos os líderes de todas as equipes maléficas, sendo juntadas por um cara "desconhecido", para tornarem-se indestrutíveis e controlar o mundo, é boa a ideia. Sempre vemos aquela equipe que quer dominar Sinnoh, Kanto, etc, mas nunca vi algo assim, todas juntas.

Porém essa coisa de misturar anime com fic, não é muito legal, mesmo que seja no futuro, mas personagens do anime e do mangá, apenas os líderes de equipe basta. Mas personagens como Jessie, James, Red, etc não acho que seja legal colocar na fic, mas enfim.

Erros eu vi alguns, não gosto de ficar citando, mas logo no começo tava escrito "campiã", sendo que o correto é "campeã". Também vi Swampert escrito errado, pois estava "Swanpert", além de outros, mas enfim.

Sua descrição dá pra melhorar bastante ai. Ficou tudo muito rápido e confuso. Tipo, você estava narrando o Archie, ai do nada já troca pro Maxie, sem indicar nenhuma troca de lugar ou coisa do tipo. Além de que os fatos passaram muito depressa.

Bom, só tenho isso pra falar. Boa sorte com a fic.
Black~
Black~
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Right_bar_bleue

Data de inscrição : 27/02/2011

Frase pessoal : The winter has come


http://pokemonblackrpgforum.forumeiros.com./

Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Empty Re: Pokémon Forgotten Tears (Third Stage)

Mensagem por DarkZoroark em Dom 19 Maio 2013 - 23:55

Pikachu385 o/
Não sei se te lembras de mim - quando entrei no fórum sua Fanfic já estava bem avançada e eu ainda não era muito integrado a PM - mas recordo de ter comentado a Silver World uma ou duas vezes antes da mesma ser finalizada. Anyways, fico feliz pelo seu retorno!
Desculpe-me pelo que direi a seguir, mas, a princípio, pensei que fosse outra pessoa passando-se por você. O motivo disto é que algum tempo atrás em outro fórum que eu frequentava houve um caso em que um antigo membro muito respeitado saiu e meses depois um outro usuário criou uma nova conta clamando ser ele. O resultado foi que acabou desmanchando totalmente a reputação que ele havia criado. Mas, ao comparar o estilo de escrita - algo que, em minha opinião, não pode ser copiado - entre o seu prólogo e a Silver World percebi que eram iguais, e a confirmação veio. Sinto muito por ter duvidado. Vamos falar do texto em si agora:
Achei interessante a temática que irás abordar. Uma união entre todas as Equipes vilãs visando criar a entidade mais poderosa do mundo não é uma ideia 100% original, mas é pouco explorada, e por isso bem original. Ficou meio estranho o fato de misturar game (Red) com anime (Jessie, James & Cia), mas creio que eu acabe me acostumando com o tempo. Vou esperar mais um pouco para dar meu parecer em sua votação para poder ver o quão temíveis serão Ash e o líder da Dark Star.
lol 10 Master Balls para cada um?! E eu que já achava uma loucura receber 10 Pokéballs normais no começo de BW2... O plano de Capturar Yveltal e Xerneas também parece ser interessante, mas creio que deve-se ter uma ideia clara de seus poderes antes de fazer a afirmação de que só com os dois eles irão governar o mundo.
Concordo com o Black~ de que a descrição pode melhorar, pois em algumas partes ficou muito rápido. Creio que isso seja só questão de pratica e, que em pouco tempo, estará tão boa quanto era anteriormente.
Por hora é só. Fico no aguardo da segunda parte do prólogo. ninja
DarkZoroark
DarkZoroark
Membro
Membro

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Right_bar_bleue

Data de inscrição : 11/04/2011

Frase pessoal : Let's Play!


Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Empty Re: Pokémon Forgotten Tears (Third Stage)

Mensagem por -Ice em Seg 20 Maio 2013 - 0:36

Olá, Pikachu, acho que lembro de você no fórum, mas depois pesquiso, agora vamos falar sobre a fanfic.

A história é boa sim, reunir todos os vilões para formar uma equipe indestrutível é uma ideia legal, mas vamos ver se você conseguirá mante-la. Eu, pessoalmente, espero que sim ^^
Uma coisa que eu não gostei muito foi a votação que você colocou, só nela você revelou que Ash será um vilão secundário e que Style também participará, mas não incomodou tanto assim.

Misturar anime e jogos também não é uma das melhores ideias, eu acho que deixar o enredo apenas do jogo ficaria mais interessante, mas, como DZ disse, eu posso me acostumar com o tempo.

Talvez seja difícil encaixar Xerneas e Yveltal na história, mas o homem disse que eles foram recentemente descobertos, o que significa que dará uma boa história.

Espero ansiosamente o próximo capítulo, até mais.

By~Murilo: Post abaixo apagado. O autor só deve responder aos comentários quando for postar um novo capítulo.


Última edição por -Murilo em Seg 20 Maio 2013 - 18:54, editado 2 vez(es) (Razão : Edit -q)
-Ice
-Ice
Membro
Membro

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Right_bar_bleue

Data de inscrição : 03/02/2010

Frase pessoal : </∆>


Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Empty Re: Pokémon Forgotten Tears (Third Stage)

Mensagem por xKai em Qua 22 Maio 2013 - 18:35

Achei muito interessante essa ideia de juntar todos estes vilões, não me lembro de ver isso em alguma fic, bem original de sua parte.

Não vou vou fazer muitas críticas porque não sou muito bom com isso, mas aí vão:

Achei que faltou descrição em algumas partes, como era a tal máquina? Quando li esta parte eu não consegui imaginar o aparelho já que não havia uma descrição de como era.

Concordo com o comentário acima, não vejo porque misturar personagens do anime e jogos, mas gostei da história, boa sorte e que venha o próximo ^^,

________________
Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) AdmHq6x



Leia!

Fanfic: Naruto: Another Story

Fanfic: Bleach - Bound of Souls

Fanfic: Digimon - 7 Deadly Sins

Fanfic: Hunter x Hunter: The Last Hope


Conquistas:

Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Besb3nPokémon Forgotten Tears (Third Stage) FightingBadge_zpse7cb8d42
xKai
xKai
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Right_bar_bleue

Data de inscrição : 11/05/2013


Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Empty Re: Pokémon Forgotten Tears (Third Stage)

Mensagem por Pikato em Qua 22 Maio 2013 - 20:34

Bem este prólogo será maior e é de melhor qualidade, peço desculpas pelo outro que fiz^^ Styler aparecerá no próximo prólogo, que terá como base outro personagem, já que esse centralizou nos dois.

@Black~ escreveu:Bom, vamos lá.

A história me pareceu muito boa, todos os líderes de todas as equipes maléficas, sendo juntadas por um cara "desconhecido", para tornarem-se indestrutíveis e controlar o mundo, é boa a ideia. Sempre vemos aquela equipe que quer dominar Sinnoh, Kanto, etc, mas nunca vi algo assim, todas juntas.

Porém essa coisa de misturar anime com fic, não é muito legal, mesmo que seja no futuro, mas personagens do anime e do mangá, apenas os líderes de equipe basta. Mas personagens como Jessie, James, Red, etc não acho que seja legal colocar na fic, mas enfim.

Erros eu vi alguns, não gosto de ficar citando, mas logo no começo tava escrito "campiã", sendo que o correto é "campeã". Também vi Swampert escrito errado, pois estava "Swanpert", além de outros, mas enfim.

Sua descrição dá pra melhorar bastante ai. Ficou tudo muito rápido e confuso. Tipo, você estava narrando o Archie, ai do nada já troca pro Maxie, sem indicar nenhuma troca de lugar ou coisa do tipo. Além de que os fatos passaram muito depressa.

Bom, só tenho isso pra falar. Boa sorte com a fic.

O enredo da estória está apenas no seu nascimento, a junção das equipes é a parte light da estória^^ O mistério ainda paira no ar. Como você verá neste capítulo, a fusão entre anime e game é imperceptível, a personalidade mudou, e a única menção ao anime será nos personagens próximos a ele, como verá. No caso, Green revelará que seu verdadeiro nome é Gary e etc. Enfim, é uma espécie de universo alternativo, o Ash que você conhece, não existe aqui e nem Jessie e James e Meowth serão os mesmos. A descrição melhorei muito neste capítulo como verá^^ Muito obrigado pelo comentário, bastante edificante.

@DarkZoroark escreveu:Pikachu385 o/
Não sei se te lembras de mim - quando entrei no fórum sua Fanfic já estava bem avançada e eu ainda não era muito integrado a PM - mas recordo de ter comentado a Silver World uma ou duas vezes antes da mesma ser finalizada. Anyways, fico feliz pelo seu retorno!
Desculpe-me pelo que direi a seguir, mas, a princípio, pensei que fosse outra pessoa passando-se por você. O motivo disto é que algum tempo atrás em outro fórum que eu frequentava houve um caso em que um antigo membro muito respeitado saiu e meses depois um outro usuário criou uma nova conta clamando ser ele. O resultado foi que acabou desmanchando totalmente a reputação que ele havia criado. Mas, ao comparar o estilo de escrita - algo que, em minha opinião, não pode ser copiado - entre o seu prólogo e a Silver World percebi que eram iguais, e a confirmação veio. Sinto muito por ter duvidado. Vamos falar do texto em si agora:
Achei interessante a temática que irás abordar. Uma união entre todas as Equipes vilãs visando criar a entidade mais poderosa do mundo não é uma ideia 100% original, mas é pouco explorada, e por isso bem original. Ficou meio estranho o fato de misturar game (Red) com anime (Jessie, James & Cia), mas creio que eu acabe me acostumando com o tempo. Vou esperar mais um pouco para dar meu parecer em sua votação para poder ver o quão temíveis serão Ash e o líder da Dark Star.
lol 10 Master Balls para cada um?! E eu que já achava uma loucura receber 10 Pokéballs normais no começo de BW2... O plano de Capturar Yveltal e Xerneas também parece ser interessante, mas creio que deve-se ter uma ideia clara de seus poderes antes de fazer a afirmação de que só com os dois eles irão governar o mundo.
Concordo com o Black~ de que a descrição pode melhorar, pois em algumas partes ficou muito rápido. Creio que isso seja só questão de pratica e, que em pouco tempo, estará tão boa quanto era anteriormente.
Por hora é só. Fico no aguardo da segunda parte do prólogo. ninja

Claro que lembro^^ Claro que como mencionei acima, Ash e Jessie, James e Meowth, não serão os mesmos, eles mudaram totalmente, refiro-me a nova personalidade, uma nova espécie desses personagens. E como verá neste capítulo , o Ash fará sua estreia, já Styler aparecerá no próximo capítulo já^^ Desculpe pela má descrição me esforcei muito neste capítulo^^

@-Ice escreveu:Olá, Pikachu, acho que lembro de você no fórum, mas depois pesquiso, agora vamos falar sobre a fanfic.

A história é boa sim, reunir todos os vilões para formar uma equipe indestrutível é uma ideia legal, mas vamos ver se você conseguirá mante-la. Eu, pessoalmente, espero que sim ^^
Uma coisa que eu não gostei muito foi a votação que você colocou, só nela você revelou que Ash será um vilão secundário e que Style também participará, mas não incomodou tanto assim.

Misturar anime e jogos também não é uma das melhores ideias, eu acho que deixar o enredo apenas do jogo ficaria mais interessante, mas, como DZ disse, eu posso me acostumar com o tempo.

Talvez seja difícil encaixar Xerneas e Yveltal na história, mas o homem disse que eles foram recentemente descobertos, o que significa que dará uma boa história.

Espero ansiosamente o próximo capítulo, até mais.

By~Murilo: Post abaixo apagado. O autor só deve responder aos comentários quando for postar um novo capítulo.

A votação precisava ser feita, já que esses vilões já são fixos para aparecer^^ Styler e Ash são vilões horríveis como verão, mas não subestime os outros, cada um tem seu papel fundamental na equipe Omega. Acho que depois vocês falarão que ficou legal a fusão, como mostrarei mais adiante, tem muita coisa para acontecer pessoal, minha mente já formulou vários capítulos, o que peço é a paciência de vocês. Os lendários de Kalos, Xerneas e Yveltal, por que será que eu os mencionei... Hehe, em breve vocês saberão^^ Muito obrigado pelo comentário^^

@xKai escreveu:Achei muito interessante essa ideia de juntar todos estes vilões, não me lembro de ver isso em alguma fic, bem original de sua parte.

Não vou vou fazer muitas críticas porque não sou muito bom com isso, mas aí vão:

Achei que faltou descrição em algumas partes, como era a tal máquina? Quando li esta parte eu não consegui imaginar o aparelho já que não havia uma descrição de como era.

Concordo com o comentário acima, não vejo porque misturar personagens do anime e jogos, mas gostei da história, boa sorte e que venha o próximo ^^,

Agradeço pelo elogio de enredo^^ Desculpe pela descrição, ainda faltava um pouco de tempo para chegar ao ritmo, mas finalmente estou chegando lá^^ Espero que este Prólogo parte 2 o agrade^^


Obs: Este Prólogo, contem uma cena um pouco forte e incomum, espero que eu não o atrapalhe a dormir^^
Pokémon Project Ômega!
Prólogo Parte 2: The Roses are Burning


Colress
Distant Ocean 5F 06h00min


Na região mais distante da sala de reuniões no imenso prédio da Distant Ocean, um jovem de roupa branca, óculos e com seu pequeno computador nas mãos, caminhava na direção do laboratório. Este já estava construído fazia alguns dias, mas o cientista iria inaugurá-lo em breve. O adulto acabou bocejando, pois eram apenas 06h00min e os seus olhos já pesavam bastante, exigindo o descanso do mesmo.

Contudo, aquele renomado homem não se deixava abater por qualquer problema, foi na direção do banheiro que ficava ao lado do local de experimentos, e lavou o rosto, sentindo a energia voltar e a disposição acelerar o organismo. O experimentador estava pronto para começar os testes e tentar descobrir o que o Imperador L pedira. Colress se lembrava de todas as palavras do chefe.


Enter Flashback

Imperador L era o grande chefe de toda aquela organização, que estava apenas no nascimento, mas iria se ampliar de modo extraordinário. Ele possuía roupas cinza, capuz da mesma cor, este cobria todo o seu rosto. Sua identidade era algo misterioso para todos da equipe Ômega e os objetivos mais obscuros ainda, ninguém conhecia nada a respeito daquele homem. Contudo, todos concordavam na postura de chefe daquele adulto.

Logo, o grande comandante, disse para um soldado chamar Colress, o cientista que desenvolvera um projeto de usar as habilidades de Kyurem a seu favor, congelando boa parte da região de Unova, aquele jovem continha uma inteligência foram do comum, com certeza conseguiria obter o que o vilão queria. Rapidamente o agente chegou, anunciando a chegada do gênio tecnológico.

- Mestre, ele chegou. – Respondeu o rapaz indo para o outro lado daquela sala, que estava repleta com as mais diversas tecnologias, o que causou admiração no recém-chegado.

- Incrível, simplesmente magnífico. – Falou Colress, olhando para cada máquina e escultura presente naquele local, seus olhos brilhavam como se estivesse vendo uma mulher bonita, a ciência era a amada do jovem.

- Gostou? Poderei produzir muito mais, se você me ajudar, caso consiga, lhe darei três dessas estupendas tecnologias, fabricadas por vários cientistas. – Disse o Imperador L, fazendo com o que o rapaz de roupas brancas, olhasse de modo animado para o seu chefe.

- Feito, qual será meu desafio? Estou muito animado. Construir removedores, tele transportadores, o que você quer? –Exclamou Colress, ficando bastante entusiasmado com a proposta feita pelo homem.

- Nenhuma destas tolices, para isso tenho outros cientistas, quero que descubra um novo elemento, algo que possa nos ajudar a despertar Pokémons. – Falou o Imperador, estando sério, já pensando em seus prováveis usos da nova tecnologia.

- O quê? Quer mexer com os lendários? Isso não me agrada muito, mas tentarei fundir algumas pedras preciosas desta região, dizem que a Orb Ruby e a Saphira, são os mistérios de Hoenn. Adeus. – Disse Colress, mostrando um sorriso e indo na direção da porta daquela sala.

-Humph. Soldado, traga o telefone para mim, farei uma ligação com o nosso agente de Kanto. – Exclamou o Imperador, estando sério e paciente.

- Hã? Como assim? – Pensou Colress, que estava observando do lado de fora da porta.


End Flashback

Colress estava pensativo, o agente de Kanto? O que o chefe daquela organização queria com aquele continente atrasado e sem tecnologias? Unova era mais interessante, até mesmo Sinnoh é mais desenvolvida do que a região dos pássaros lendários. Logo, o cientista, abriu a porta do laboratório, e entrou no mesmo. A cena era incrível, vários frascos, com vários elementos, pedras e substâncias perigosas estavam ali, todas alinhadas de forma organizada. Os olhos do jovem pesquisador brilhavam de emoção, era como se tivesse encontrado a mulher dos seus sonhos.

Rapidamente, o rapaz abriu seu notebook, e começou a pesquisar sobre a Orb Ruby, encontrando informações diversas, relatos de pessoas vendo um lendário despertar por causa dela, antigos membros da equipe Magma, xingando o treinador que os derrotou. Sites não paravam de surgir, mas nenhum deles contentava a cabeça do gênio, somente uma página agradou ao seu cérebro, uma mulher conhecida como Joan, escrevera vários artigos, supondo a fusão das Orbs, que resultaria em algo inédito. Contudo, no final do texto, ela destacava: “Não sei até onde meu conhecimento pode chegar, mas a Orb (repetição necessária) Emerald também existe e se todos os compostos fossem fundidos, só Deus sabe o que poderia acontecer”.

- Sinto muito, cara pesquisadora, mas irei descobrir o que está por trás desta mistura! Assim talvez conheça o que o todo-poderoso também sabe. – Pensou Colress, pegando vários frascos e retirando fragmentos das “bolas brilhantes” e dissolvendo-os com o fogo de Emboar, que foi doado a ele pelo Imperador L.

Em seguida, se aproximou de uma arma a laser e mirou nos dois compostos, deixando-os no ponto certo para atirar e fundí-los, mas teria que esperar alguns minutos para que a solidificação acontecesse, pois ele pediu a ajuda de um Snorunt para resfriá-los. O Cientista tinha uma agilidade fora do comum e conseguia pensar rapidamente, ele desafiava até mesmo os seus próprios limites de conhecimento, buscando mais informações na internet. A pesquisadora Joan, tinha vários artigos falando sobre resfriamento, fusão e absorção. O último ponto acabou assustando o jovem, seria o ponto desafiador de seus experimentos, o que significaria absorver os componentes?

- Finalmente, estou próximo de descobrir a verdade, mas a Orb Emerald ainda está pendente, preciso usá-la. – Falou Colress, pensando sobre cada item que a cientista tinha mencionado. Pegando o fragmento da Saphira e da Ruby e juntando-os com seu equipamento.

Logo, o laser disparou na direção dos dois componentes e conseguiu uní-los (fiquei em dúvida perante a esta grafia), mas sem ter nenhuma reação extraordinária, apenas um pequeno brilho ocorreu, assustando o jovem. Este, estava indignado, sua descoberta estava quase concluída. No entanto, o abismo da inteligência e os labirintos da mente, confundiam o rapaz, a resposta permanecia na simplicidade, continuava clara. Contudo, o homem ignorava esse pensamento e tentava achar respostas em outros sites.

- Será possível, é impossível? Tenho que tentar. – Gritou Colress, analisando a fusão da Orb Ruby com a Saphira. Entretanto, a palavra absorção, invadia o seu cérebro. O cientista estava confuso, nada parecia contentá-lo, somente as teorias de Joan, faziam sentido. – Tem que ter algum jeito!

Neste mesmo momento de raiva e indignação, ele percebeu a Orb Emerald, e se lembrou do que a pesquisadora tinha mencionado no segundo artigo. “Irei mais a fundo deste poço, se conseguir fazer o processo do gelo, fogo e natureza, obterei a resposta para meu enigma!” A cabeça do jovem finalmente tinha descansado, ele conseguiu entender o que deveria ser feito, pegando o composto final e recortando em pequenos fragmentos, com sua lâmina. Depois, colocou a fusão das duas Orbs num recipiente e dissolveu-as novamente, com a chama esmagadora de Emboar.

- Absorção, está finalizada minha pesquisa. – Falou Colress, colocando os pedaços da bola misteriosa, juntamente com os elementos dissolvidos. Logo, o frasco começou a brilhar de modo anormal, assustando o cientista, que ficou feliz e animado para ver o resultado.

Logo, a luz intensa cessou até deixar como prova, uma espécie de pedra que emitia luzes de várias cores, mas a coloração roxa a dominava. O rapaz conseguira formar um novo elemento, desafiando seu próprio conhecimento, destruindo a sua forma de usar a ciência. Seu cérebro estava mudado, desta vez buscaria soluções mais simples, pois é nelas que está a resposta para as coisas impossíveis.

- Eu consegui, formei algo diferente. Finalmente, empreguei bem minha mente, só tenho a agradecer. – Disse Colress, olhando para cima, mesmo o teto escuro e sombrio, não conseguia tirar a felicidade do jovem cientista.


Red
Route One, 09h30min.

O jovem se chamava Red, um rapaz que vencera desafios por 5 continentes, ganhando admiração dos campeões, suas vitórias eram contadas para crianças e transformadas em desenhos animados. Este homem tinha uma personalidade inabalável, engolia a tristeza e sempre deixava transparecer suas alegrias. Cultivar amigos era outro ponto essencial dele, as pessoas se aproximavam do garoto como formigas, todas querendo conhecer o prodígio. O adolescente sempre mantinha sua roupa clássica, boné azul claro, camisa vermelha e calça da mesma coloração que o acessório para a cabeça.

O estilo do menino era esse, ninguém podia contestar, pois ele odiava que o criticassem. Apesar da personalidade forte, este era muito bondoso e atos de caridade e solidariedade não o faltavam em nenhuma cidade que passava. Todos os vilões o temiam, porque o herói vencia e eliminava os planos de cada chefe existente. Já foi expulso de várias cidades, por repreender até o prefeito da mesma, mas os líderes o defendiam de forma exemplar. O maior rival que possuía era Green, que viajava do mesmo modo e a cada liga a batalha entre eles acontecia.

O jovem arrastava multidões de fãs e prêmios. Contudo, agora ele precisava de um descanso, estava finalmente voltando a sua cidade natal, a vila das flores, principalmente das rosas, a qual o garoto sempre apanhava uma e entregava a sua orgulhosa mãe. A brisa tocava o cabelo do adolescente, e o fazia suspirar de alívio e alegria. Restava apenas a montanha inicial das jornadas de Kanto, e sua visão descansaria, o herói iria repousar em sua quente cama, tomar deliciosos cafés e comer macarrão, a comida favorita dele.

Rapidamente, começou a correr de forma veloz, sem olhar para as belas flores, queria avistar o paraíso da paz. Contudo, ao chegar ao final do morro, seu coração quase parou de bater, o seu cérebro estaria o enganando? Sua felicidade estava em ruínas e a mente queria negar a cena espantosa. Chamas envolvendo e destruindo o que avistavam, sem poupar nenhum Pokémon.

As rosas estavam queimando, as casas se desfalecendo, e as pessoas chorando de espanto, a paz fora embora, o recanto das plantas dominado pelo mal, os “demônios” tomavam conta da cidade incendiando tudo o que podiam. Os olhos de Red não conseguiam ficar parados, e lacrimejavam, suas lágrimas repousavam sobre o pequeno verde que restava. A casa do adolescente, também tinha sido dominada pelo fogo da tristeza. O rapaz queria chorar amargamente, mas o coração duro dele jamais deixaria isso acontecer.

- Impossível, quem fez isso? – Exclamou o rapaz, com toda a voz que possuía, avistando mais na colina, alguém parado, quieto, apenas observando o incêndio.

Logo, o jovem não resistiu e começou a correr de forma desesperada na direção do homem, chegando velozmente até o mesmo, mostrando claramente a sua tristeza, batendo com o olhar frio do outro indivíduo. Este foi na direção contrária a de Red, aborrecendo o rapaz lamentador.

- Pare! – Gritou o adolescente, com toda a voz que ainda restava na boca. O grito acabou atingindo os ouvidos do encapuzado, causando o reconhecimento daquele humano de coração congelado.- Quem fez isso?

- Fui eu. – Admitiu o homem, deixando Red com mais espanto e tristeza, a forma fria com o que o estranho falara, atingira o órgão da vida do pobre herói.

- Por quê? – Exclamou o jovem, ficando triste e nervoso.

-Não lhe importa, apenas cumpri minha missão. – Falou o encapuzado, provocando indignação no adolescente inconformado com a destruição da cidade. – O que está feito, jamais poderá ser mudado, essa é a realidade.

-Covarde, como se atreve a destruir meu paraíso? Quem é você afinal? – Perguntou Red, com toda a tristeza que possuía, derramando muitas lágrimas no chão queimado.

- Meu nome é Ash Ketchum! – Disse o homem, retirando o capuz e mostrando o seu cabelo espetado para os lados e sua roupa roxa, com um vortex negro no meio, assustando o herói de gerações.

- Impo...sível! Pensei que estava nas jornadas treinando seus Pokémons. Contudo, está destruindo sua própria cidade natal? Cadê a sua Mãe e o professor Carvalho? – Falou Red, estando bastante assustado.

- Venha! – Gritou Ash, fazendo sua voz ecoar por longas distâncias. Olhando de forma fria para o jovem inconformado e aguardando a chegada de algo.

Logo, a brisa começou a cessar, e um clima de escuridão surgiu, assustando Red, uma silhueta começou a aparecer, trazendo dois corpos na mão, ela se aproximava de modo lento e sombrio. Contudo, o homem misterioso permanecia parado, sem se preocupar com a mudança do tempo.

- Bom trabalho, Zoroark. – Disse Ash, vendo a criatura chegar perto do seu treinador e jogar os corpos desconhecidos nos pés do herói. Este reconheceu na mesma hora, quem fora os infortunados. Era um homem velho, com barba branca e cabelos da mesma cor. Já a mulher tinha olhos e cabeleiras castanhas.

- Delia Ketchum e Professor Carvalho, como pôde fazer isso? – Perguntou Red, com bastante raiva e tristeza, derramando várias lágrimas no chão.

- Minha missão é apenas eliminar essa cidade, não me importa os envolvidos. Se forem parentes, pouco me importa. – Falou Ash, levantando os dois corpos e percebendo a respiração deles. – Eu disse para matá-los! Faça isso agora, escravo!

- Como assim? – Gritou Red, ao ver Zoroark, empunhar sua garra e fincar no peito do Professor Carvalho, manchando as mesmas de sangue, matando o pobre homem.

- Prossiga. – Disse Ash, vendo o Pokémon com cabelos vermelho perfurar o corpo de Délia Ketchum e o sangue escorrer na frente do jovem herói. – Pronto, está concluído, já posso ir embora. – Finalizou o rapaz, indo na direção da Route One.

-Pare! – Exclamou Red, chorando sem parar, correndo até o mesmo e mostrando seu olhar desafiador e indignado. – Vamos batalhar!

- Tanto faz, para mim pouco me importa. – Falou Ash, com o coração frio, pegando sua Pokébola e olhando de modo sério para o desafiante.

Os sonhos de Red são desfeitos de forma assustadora com o incêndio de sua cidade natal, agora ele quer vingar o que aconteceu, com uma batalha Pokémon. Poderá o herói de gerações deter os Pokémons do misterioso homem, quais habilidades eles terão, estaria o jovem herói pronto para começar uma nova fase na sua vida, sem seus familiares e amigos?


Continua...



Última edição por Thepikachu385 em Seg 27 Maio 2013 - 21:51, editado 1 vez(es)
Pikato
Pikato
Membro
Membro

Masculino Idade : 24
Alerta Alerta :
Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Right_bar_bleue

Data de inscrição : 18/05/2013

Frase pessoal : Voltei^^


Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Empty Re: Pokémon Forgotten Tears (Third Stage)

Mensagem por xKai em Sex 24 Maio 2013 - 21:25

Realmente foi bem grande xD

Achei muito interessante a parte do Colress, sua paixão e obsessão pela ciência é admirável e vários aspectos, achei que você o interpretou muito bem, tanto nas falas quantos em suas ações.

Achei interessante a personalidade do Ash, foi proposital esta nova personalidade agressiva dele? Até que gostei, ninguém merece o Ash do anime... parece que a cada geração ele sofre um "restart" quem sabe como vilão ele fica menos besta xD

Realmente eu não estava esperando que a conclusão deste capítulo tivesse um final sangrento, me senti estranho ao ver tais atos serem feitos por Ash, estou começando a achar que o vilão mais cruel será ele D:

________________
Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) AdmHq6x



Leia!

Fanfic: Naruto: Another Story

Fanfic: Bleach - Bound of Souls

Fanfic: Digimon - 7 Deadly Sins

Fanfic: Hunter x Hunter: The Last Hope


Conquistas:

Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Besb3nPokémon Forgotten Tears (Third Stage) FightingBadge_zpse7cb8d42
xKai
xKai
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Right_bar_bleue

Data de inscrição : 11/05/2013


Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Empty Re: Pokémon Forgotten Tears (Third Stage)

Mensagem por DarkZoroark em Sab 25 Maio 2013 - 22:03

pika o/
Malz essa demora para conseguir comentar aqui, mas fiquei meio atrapalhados esses últimos dias com trabalhos e projetos para a escola (trimestre fechando essa semana). Enfim, cá estou para fazê-lo.
O capítulo em si foi muito legal. Conseguiste ser fiel a personalidade que o Colress apresenta tanto nos games quanto no anime. Isto de ele ser empolgado em relação a tecnologia foi muito bem explorado durante a saga BW2 e foi bom ver que não a perdeu, pois muitas vezes o escritor não consegue empregar a mesma na Fanfic e muda-a sem qualquer explicação, deixando confuso para os leitores a abrupta mudança de personalidade.
Esse Imperador L é um dos personagens mais misteriosos que já vi em Fanfics. O fato de ele não ser conhecido por ninguém da organização, nem mesmo pelos membros de posição mais elevada, é meio sinistro e me faz pensar que deve ser algum personagem que já conhecemos. Mas não vou ficar deliberando muito nesse ponto até porque é capaz que eu erre feio...
O processo que o Colress usou para fundir os Orbs e cria um novo lembrou-me de uma cena do filme Homem de Ferro 2, em que ele cria um novo elemento para substituir o paládio. Tirasse alguma inspiração daí?
A personalidade do Ash... Nossa, totalmente diferente. Acho que ficou tão dark que desvirtuou a do personagem verdadeiro. Isso de ele ter matado a própria mãe e o Professor foi bem sinistro. Fiquei pensando que ele está sendo controlado por alguém ou sendo ameaçado de alguma forma. Caso contrário, quero ver a explicação para os atos que ele vem tido. Zoroark é um Pokémon bem legal, mas transformá-lo em assassino... bom, vou ter que ler os próximos capítulos para ver o que vai dar.
Uma dúvida: Red, Green & Cia. irão usar os Pokémons que tem no Mangá ou nos jogos?
Erros eu não encontrei nenhum, mas tenho uma observação:
- O quê? Quer mexer com os lendários? Isso não me agrada muito, mas tentarei fundir algumas pedras preciosas desta região, dizem que a Orb Ruby e a Saphira, são os mistérios de Hoenn. Adeus. – Disse Colress, mostrando um sorriso e indo na direção da porta daquela sala.
Ficou meio corrida essa passagem. Acho que poderia ter dado uma estendida, mesmo que de algumas frases, para evitar isso. Também, devo dizer que é Sapphire, não Saphira.
Bom, por enquanto é só. Fico no aguardo do seu próximo capítulo.
DarkZoroark
DarkZoroark
Membro
Membro

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Right_bar_bleue

Data de inscrição : 11/04/2011

Frase pessoal : Let's Play!


Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Empty Re: Pokémon Forgotten Tears (Third Stage)

Mensagem por Andresinho157 em Seg 27 Maio 2013 - 21:32

Prologo 1: Capítulo ágil, porém pecou na descrição. História interessante, que se bem trabalhada, pode resultar em uma excelente história; como eu gosto de dizer: você tem a massa da lasanha, só falta o molho! Ideia original, mas os personagens nem tanto. Achei que foram muito caricatos, mas podem ser melhorados. Achei alguns erros, mas aconselho que tente achar sozinhos: é um ótimo exercício.
Prologo 2: Tamanho excelente, bem organizado. Melhorou muito na descrição, mas ainda há o que ser trabalhado. Achei menos erros, mas ainda vi alguns. Apesar de ter seus personagens baseados em homonimos criados pela Nintendo, você mostrou ser criativo dando a eles outras personalidades, desejos e objetivos. Gostei muito de como retratou o Red e o Ash.
Tem uma bela ideia, e uma história interessante. Basei-se em críticas - positivas ou não - para melhorar seu desempenho. Continue assim que você vai longe!
Boa Sorte com a fic!
~~André~~
Andresinho157
Andresinho157
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Right_bar_bleue

Data de inscrição : 26/07/2010

Frase pessoal : Everything that kills me makes me feel alive.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Empty Re: Pokémon Forgotten Tears (Third Stage)

Mensagem por Black~ em Ter 28 Maio 2013 - 19:06

Bom, vamos lá.

Capítulo legal esse. Eu diria que não é tão adequado mais o nome "prólogo", sendo que o princípio da história já foi mostrado, e como o prólogo é uma introdução, então acho que já dava pra considerar como capítulo, mas enfim.

Aquela parte da mistura dos elementos, sei lá, acho que ia ser uma coisa bem mais "explosiva", "perigosa", sabe? Afinal o cara tava criando um novo tipo pokémon, misturando as orbs e tudo mais, mas enfim. E o nome como já foi dito, é Sapphire, não Saphira.

O Ash, wow, nunca imaginei vê-lo tão sombrio assim. E a cena foi meio irônica né? O Red que é o mais misterioso que estava chorando e o Ash que é sempre o mais alegre e bobo, estava tão sombrio assim. Também foi tenso ele chamando o Zoroark de escravo, aposto que ele estava meio que sendo controlado, mas enfim.

Essa personalidade do Imperador L... ele é bem misterioso também, assim como toda essa maluquice dele, é bem sinistro mesmo, espero ver o que vai acontecer consequentemente, mas enfim.

Erros, acho que vi um ou outro, mas nada que seja "uau, que erro!" -q, só aquela frase que o DarkZoroark citou, também concordo que ela ficou bem rápida, tipo ele tava falando e do nada diz adeus. E até parece que um 'mísero cientista' falaria assim com um cara daqueles, mas enfim.

Creio que seja só. E boa sorte com a fic.
Black~
Black~
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Right_bar_bleue

Data de inscrição : 27/02/2011

Frase pessoal : The winter has come


http://pokemonblackrpgforum.forumeiros.com./

Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Empty Re: Pokémon Forgotten Tears (Third Stage)

Mensagem por -Ice em Sex 31 Maio 2013 - 20:20

Acabei de ler o prólogo (eu o chamaria de capítulo, pois a trama já começou a se desenvolver) e gostei bastante dele, só achei estranho ver o Ash tão sombrio, foi como se ele mudasse totalmente de personalidade. Mas enfim, assim como o Black, talvez ele esteja sendo controlado.

Isso do Colress criar um novo elemento me lembrou de uma cena de Iron Man 2, onde Tony Stark faz quase a mesma coisa, teve inspiração? -qq

Eu gostei bastante de sua narrativa quando Red estava chegando em Pallet, e até senti uma raivinha quando ela estava sendo destruída, e mais raiva ainda quando o Prof. Oak e a Delia morreram, mas se aconteceu tinha que acontecer né?

Acho que é só isso, eu achei um erro no meio mas já esqueci, então não era muito importante, aguardo o próximo capítulo.
-Ice
-Ice
Membro
Membro

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Right_bar_bleue

Data de inscrição : 03/02/2010

Frase pessoal : </∆>


Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Empty Re: Pokémon Forgotten Tears (Third Stage)

Mensagem por Dusknoir em Ter 4 Jun 2013 - 22:03

Bem, como pediu, cá estou.

Não tenho do que reclamar, você escreve bem, consegue conciliar de maneira equilibrada a narração e a descrição, fato é que a imersão por parte do leitor esta boa (ao menos a minha).

Quanto a esse capítulo... Bem, achei ele bacanildo -q, ainda não joguei o bendito BW2 então não sei muito sobre o Colress, também não o vi no anime (to atrasado nos episódios, se alguem souber o epi certinho me avisa xD) então não posso dizer nada a respeito dele.

Gostei da ideia dos líderes das organizações criminosas estarem se reunindo, pensamos juntos é? Bem, afora a rocket e a galactic você também empregou a aqua e magma... Cara, na boa, na minha humilde opinião eles foram as equipes mais ''fraquinhas'' xD, mas é mera opinião...

Agora falando da personalidade do ash, é bom vê-lo um pouco fora do modo ''infantil'' dele, mas matar a própria mãe e o professor que ajudou ele MUITO? destruir a propria cidade/vila? E usar um zoroark pra isso? Bom, ao menos não foi o pikachu... Se fosse, teria de discordar, o pequenino rato amarelado não mataria esses dois.

Mas vamos lá, poste mais, quero saber o real motivo do Ash ter virado emo e se rebelado contra a mãe, professor e vilarejo natal... Dê-nos um bom motivo, por favor!
Dusknoir
Dusknoir
Membro
Membro

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Right_bar_bleue

Data de inscrição : 23/03/2011

Frase pessoal : FOR THE HORDE!


Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Empty Re: Pokémon Forgotten Tears (Third Stage)

Mensagem por Pikato em Sab 8 Jun 2013 - 11:29

Olá pessoal, este capítulo centralizará o Colress e sua mudança. Quero ressaltar que são prólogos por causa dos 8 deles, que são correspondentes a introdução da estória verdadeira. Esta se passará num novo continente, esses inícios são os antecedentes da verdadeira jornada. Muito obrigado e boa leitura.

@xKai escreveu:Realmente foi bem grande xD

Achei muito interessante a parte do Colress, sua paixão e obsessão pela ciência é admirável e vários aspectos, achei que você o interpretou muito bem, tanto nas falas quantos em suas ações.

Achei interessante a personalidade do Ash, foi proposital esta nova personalidade agressiva dele? Até que gostei, ninguém merece o Ash do anime... parece que a cada geração ele sofre um "restart" quem sabe como vilão ele fica menos besta xD

Realmente eu não estava esperando que a conclusão deste capítulo tivesse um final sangrento, me senti estranho ao ver tais atos serem feitos por Ash, estou começando a achar que o vilão mais cruel será ele D:

Muito obrigado pelo elogio, realmente tentei manter a personalidade dele. Contudo, neste capítulo quero demonstrar o lado sentimental deste incrível cientista. E Ash não é o pior vilão, já lhe garanto isso^^ Muito obrigado pelos elogios.


@DarkZoroark escreveu:pika o/
Malz essa demora para conseguir comentar aqui, mas fiquei meio atrapalhados esses últimos dias com trabalhos e projetos para a escola (trimestre fechando essa semana). Enfim, cá estou para fazê-lo.
O capítulo em si foi muito legal. Conseguiste ser fiel a personalidade que o Colress apresenta tanto nos games quanto no anime. Isto de ele ser empolgado em relação a tecnologia foi muito bem explorado durante a saga BW2 e foi bom ver que não a perdeu, pois muitas vezes o escritor não consegue empregar a mesma na Fanfic e muda-a sem qualquer explicação, deixando confuso para os leitores a abrupta mudança de personalidade.
Esse Imperador L é um dos personagens mais misteriosos que já vi em Fanfics. O fato de ele não ser conhecido por ninguém da organização, nem mesmo pelos membros de posição mais elevada, é meio sinistro e me faz pensar que deve ser algum personagem que já conhecemos. Mas não vou ficar deliberando muito nesse ponto até porque é capaz que eu erre feio...
O processo que o Colress usou para fundir os Orbs e cria um novo lembrou-me de uma cena do filme Homem de Ferro 2, em que ele cria um novo elemento para substituir o paládio. Tirasse alguma inspiração daí?
A personalidade do Ash... Nossa, totalmente diferente. Acho que ficou tão dark que desvirtuou a do personagem verdadeiro. Isso de ele ter matado a própria mãe e o Professor foi bem sinistro. Fiquei pensando que ele está sendo controlado por alguém ou sendo ameaçado de alguma forma. Caso contrário, quero ver a explicação para os atos que ele vem tido. Zoroark é um Pokémon bem legal, mas transformá-lo em assassino... bom, vou ter que ler os próximos capítulos para ver o que vai dar.
Uma dúvida: Red, Green & Cia. irão usar os Pokémons que tem no Mangá ou nos jogos?
Erros eu não encontrei nenhum, mas tenho uma observação:
- O quê? Quer mexer com os lendários? Isso não me agrada muito, mas tentarei fundir algumas pedras preciosas desta região, dizem que a Orb Ruby e a Saphira, são os mistérios de Hoenn. Adeus. – Disse Colress, mostrando um sorriso e indo na direção da porta daquela sala.
Ficou meio corrida essa passagem. Acho que poderia ter dado uma estendida, mesmo que de algumas frases, para evitar isso. Também, devo dizer que é Sapphire, não Saphira.
Bom, por enquanto é só. Fico no aguardo do seu próximo capítulo.

Bem, Dark,neste capítulo mostrarei a investigação dos membros da equipe Ômega, perante ao Imperador L. E sim, tive um pouco de inspiração lembrando do homem de ferro^^ Sobre o Ash: Controlado não, mas em breve vocês descobrirão o que aconteceu, tem muita água para andar ainda. Malz desta parte, devia ter separado mesmo, vou ver se melhoro este erro^^ Red usará dois de sua equipe antiga e novos que capturará mais tarde^^

@Andresinho157 escreveu:Prologo 1: Capítulo ágil, porém pecou na descrição. História interessante, que se bem trabalhada, pode resultar em uma excelente história; como eu gosto de dizer: você tem a massa da lasanha, só falta o molho! Ideia original, mas os personagens nem tanto. Achei que foram muito caricatos, mas podem ser melhorados. Achei alguns erros, mas aconselho que tente achar sozinhos: é um ótimo exercício.
Prologo 2: Tamanho excelente, bem organizado. Melhorou muito na descrição, mas ainda há o que ser trabalhado. Achei menos erros, mas ainda vi alguns. Apesar de ter seus personagens baseados em homonimos criados pela Nintendo, você mostrou ser criativo dando a eles outras personalidades, desejos e objetivos. Gostei muito de como retratou o Red e o Ash.
Tem uma bela ideia, e uma história interessante. Basei-se em críticas - positivas ou não - para melhorar seu desempenho. Continue assim que você vai longe!
Boa Sorte com a fic!
~~André~~

Muito obrigado, me atentarei aos erros descritos^^ Sim, todos terão novas personalidades, farei o possível para mudar o jeito de agir deles, mas conservarei suas filosofias, se é que me entende^^

@Black~ escreveu:Bom, vamos lá.

Capítulo legal esse. Eu diria que não é tão adequado mais o nome "prólogo", sendo que o princípio da história já foi mostrado, e como o prólogo é uma introdução, então acho que já dava pra considerar como capítulo, mas enfim.

Aquela parte da mistura dos elementos, sei lá, acho que ia ser uma coisa bem mais "explosiva", "perigosa", sabe? Afinal o cara tava criando um novo tipo pokémon, misturando as orbs e tudo mais, mas enfim. E o nome como já foi dito, é Sapphire, não Saphira.

O Ash, wow, nunca imaginei vê-lo tão sombrio assim. E a cena foi meio irônica né? O Red que é o mais misterioso que estava chorando e o Ash que é sempre o mais alegre e bobo, estava tão sombrio assim. Também foi tenso ele chamando o Zoroark de escravo, aposto que ele estava meio que sendo controlado, mas enfim.

Essa personalidade do Imperador L... ele é bem misterioso também, assim como toda essa maluquice dele, é bem sinistro mesmo, espero ver o que vai acontecer consequentemente, mas enfim.

Erros, acho que vi um ou outro, mas nada que seja "uau, que erro!" -q, só aquela frase que o DarkZoroark citou, também concordo que ela ficou bem rápida, tipo ele tava falando e do nada diz adeus. E até parece que um 'mísero cientista' falaria assim com um cara daqueles, mas enfim.

Creio que seja só. E boa sorte com a fic.

Ainda falta alguns prólogos para começar a verdadeira estória^^ A propósito, você quer ganhar um personagem? Se você conseguir achar um dos 7 pecados capitais escondidos neste prólogo, você ganha ele, e será o rival principal do Red! Topa^^? Na verdade, o resultado obtido da experiência não é um novo tipo Pokémon, mas uma arma altamente perigosa e mortal, só que o Colress nem desconfia disso. nesta capítulo também expliquei o que aconteceu com o Red para ele ser tão misterioso. Muito obrigado pelo comentário^^


@-Ice escreveu:Acabei de ler o prólogo (eu o chamaria de capítulo, pois a trama já começou a se desenvolver) e gostei bastante dele, só achei estranho ver o Ash tão sombrio, foi como se ele mudasse totalmente de personalidade. Mas enfim, assim como o Black, talvez ele esteja sendo controlado.

Isso do Colress criar um novo elemento me lembrou de uma cena de Iron Man 2, onde Tony Stark faz quase a mesma coisa, teve inspiração? -qq

Eu gostei bastante de sua narrativa quando Red estava chegando em Pallet, e até senti uma raivinha quando ela estava sendo destruída, e mais raiva ainda quando o Prof. Oak e a Delia morreram, mas se aconteceu tinha que acontecer né?

Acho que é só isso, eu achei um erro no meio mas já esqueci, então não era muito importante, aguardo o próximo capítulo.

Sim ,tirei inspiração do filme^^ Muito obrigado pelo comentário, em breve vocês descobrirão a verdade^^ Lembrme que meu estilo de escrita é sempre manter o suspense^^

@Dusknoir escreveu:Bem, como pediu, cá estou.

Não tenho do que reclamar, você escreve bem, consegue conciliar de maneira equilibrada a narração e a descrição, fato é que a imersão por parte do leitor esta boa (ao menos a minha).

Quanto a esse capítulo... Bem, achei ele bacanildo -q, ainda não joguei o bendito BW2 então não sei muito sobre o Colress, também não o vi no anime (to atrasado nos episódios, se alguem souber o epi certinho me avisa xD) então não posso dizer nada a respeito dele.

Gostei da ideia dos líderes das organizações criminosas estarem se reunindo, pensamos juntos é? Bem, afora a rocket e a galactic você também empregou a aqua e magma... Cara, na boa, na minha humilde opinião eles foram as equipes mais ''fraquinhas'' xD, mas é mera opinião...

Agora falando da personalidade do ash, é bom vê-lo um pouco fora do modo ''infantil'' dele, mas matar a própria mãe e o professor que ajudou ele MUITO? destruir a propria cidade/vila? E usar um zoroark pra isso? Bom, ao menos não foi o pikachu... Se fosse, teria de discordar, o pequenino rato amarelado não mataria esses dois.

Mas vamos lá, poste mais, quero saber o real motivo do Ash ter virado emo e se rebelado contra a mãe, professor e vilarejo natal... Dê-nos um bom motivo, por favor![/b]


Meu objetivo é fazer o leitor presenciar e viver a cena^^ Por enquanto a Aqua e a Magma não mostraram o seu brilho ainda, mas acredite eles são maldosos^^ Muito obrigado pelo comentário e morri de rir ao falar que o Ash virou emo kkk

Pokémon Project Ômega
Prólogo Parte 3: My name is Styler.


Red
Route One 11h23min

Todos os Pokémons estavam silenciosos, nenhum pio dos Pidgeys ou correria desesperada dos Rattatas. O continente de Kanto parecia estar parado, somente o crepitar das chamas invadia o clima sombrio do local. Afinal, as garras encharcadas de sangue de Zoroark, assustavam o herói de gerações. Mas, aquele pequeno detalhe, jamais tiraria a determinação e coragem do jovem.

- Vamos começar! – Gritou Red, tirando um objeto vermelho do bolso, este tinha a aparência de uma bola circular, com o centro cortado pelo círculo. – Venha, meu grande amigo! – Em seguida, o gladiador das batalhas, jogou a Pokébola na direção da grama.

- Tolo! Escravo avance para a vitória. – Disse Ash, olhando para o monstro de cor cinza e cabelos vermelhos, fazendo com que o mesmo se posicionasse na frente de seu treinador.

Logo, a Pokébola começou a se abrir, revelando a silhueta de um Pokémon, que estava começando a ser formado aos poucos. Afinal, a cápsula de proteção conseguia diminuir o tamanho das criaturinhas e transportá-los para uma sala virtual, onde eles descansavam e treinavam ao mesmo tempo, melhorando suas habilidades. Rapidamente, o misterioso monstrinho apareceu, surpreendendo o adolescente de coração frio.

- Está brincando comigo? Vai enfrentar o meu poderoso Zoroark com este lixo? – Falou Ash, desprezando as habilidades do outro adversário.

- Saiba que este Pokémon vai ser sua derrota! – Exclamou Red, com animação olhando o seu monstrinho. Este era amarelo, com orelhas pontudas da cor preta e duas bolinhas na bochecha, da coloração vermelha.

A criaturinha olhava de modo estranho para o treinador, ele odiava ficar na Pokébola, mesmo tendo um paraíso virtual dentro dela. Por isso, Pikachu permanecia quieto e de olhos fechados, esperando as desculpas do grande campeão.

- Me desculpe, esqueci deste detalhe. – Argumentou o jovem, mostrando o sorriso tímido e colocando a mão na cabeça.

- Patético. – Disse Ash, cruzando os braços e esperando os movimentos do adversário.


Pokedex Enter

Zoroark


Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) 571

Definição: Guardião das ilusões.
Aparência: É um Pokémon cinza e com cabelos vermelhos, amarrados por uma corda, suas garras são afiadas podendo matar humanos e perfurá-los facilmente. Mas sua principal arma de ataque é a velocidade, que surpreende adversários. Contudo, este monstrinho também consegue se transformar em outro Pokémon, mas esta transformação é temporária e é apenas ilusória. O habitat dele são locais escuros e banhados pela lua. Sua característica é dócil. No entanto, quando treinado de forma violenta ou feroz, torna-se o verdadeiro assassino das sombras.

Habilidades (Ash)

Shadow Ball
?
?
?


Pikachu

Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) 025

Definição: Gladiador da Eletricidade
Aparência: Este Pokémon consegue acumular descargas elétricas em suas bochechas vermelhas, descarregando-as quando está em batalha. Ele também possui alta velocidade e destreza em escapar de movimentos perigosos, seu pequeno tamanho ajuda a desviar de grandes adversários. Sua arma de defesa é a potente audição, presente em suas pequenas orelhas. Se treinado de forma eficiente, transforma-se num verdadeiro gladiador da eletricidade. O habitat dele são locais com grande luminosidade, como: florestas, cidades e montanhas.

Habilidades (Red)

Thundershock
Thunder
Discharge
Electro Ball


End Pokedex

- A destruição começa agora! Shadow Ball! – Gritou Ash, ordenando para Zoroark o primeiro comando. Logo, o assassino das sombras desapareceu numa velocidade extraordinária e apareceu atrás de seu alvo, concentrando a força sombria em suas mãos e mandando na direção da vítima, que acabou sendo acertada com precisão e distanciada do seu treinador.

- Incrível, a velocidade ele é impressionante. Mas, não é páreo para as descargas elétricas de meu amigo. – Disse Red, olhando para o Pokémon e sorrindo com animação, entusiasmando a criaturinha elétrica. – É hora de ligarmos a energia da vitória! Thundershock! – Exclamou o jovem, vendo o monstrinho da eletricidade começar a correr na direção do adversário.

Logo, o gladiador do trovão avançou com grande velocidade, ficando de frente para o rival e concentrando a força nas bochechas, liberando uma forte corrente elétrica que acertou de modo eficiente o inimigo, que acabou mandado para trás. Contudo, Zoroark estava parado e sem sentir dores, o corpo dele parecia intacto, tendo apenas pequenos arranhões devido ao fortíssimo choque.

- Haha, é só isso? Esta bolinha de pelos amarelos jamais conseguirá derrotar meu Zoroark. – Falou Ash, soltando sua risada irônica e fria, caçoando do herói de gerações.

- Silêncio, nós vamos vencer você! Electro Ball! – Gritou Red, ordenando mais um ataque. O jovem queria fazer justiça pela sua vila destruída, por todos os mortos, pelos Pokémons que foram queimados de modo cruel.

Logo, o gladiador da eletricidade avançou com grande velocidade, ficando de frente para o alvo, que cruzou os braços, desprezando Pikachu. Este começou a ficar com bastante raiva e concentrou a corrente elétrica nos seus pequenos braços, lançando na direção do inimigo. Contudo, o adversário não se moveu e foi acertado de modo certeiro, causando uma explosão de choques. A luz dos raios acabou iluminando de forma espantosa a Route One, ocasionando espanto nos jovens treinadores que passavam por ali.

- Interessante... – Disse Ash, observando a cena explosiva e soltando a risada irônica, como se já soubesse do resultado.

- Droga, por que ele está tão tranquilo? – Pensou Red, olhando a expressão de desinteresse do adversário.

Logo, a luz se dissipou, revelando o assassino das sombras. Este estava no mesmo lugar e com a mesma face de desprezo. Contudo, permanecia de braços cruzados e tinha alguns arranhões, mas poucos danos, a grande força que Pikachu mandara no alvo, tivera somente efeitos pequenos. Aquela cena acabou espantando o gladiador elétrico, causando medo e baixa autoestima.

- O quê? Como isso é possível? – Gritou Red, ficando assustado e com muita raiva, ao ver o Pokémon inimigo sem receber ferimentos e estando praticamente intacto.

- Haha, não avisei? É inútil, seu nível de batalha não pode alcançar o treinamento pesado que realizei com meu escravo. – Falou Ash, olhando para o pequeno Pikachu e rindo com desprezo do mesmo. – Essa bolinha de pelos jamais conseguiria atingir o potencial avançado, por isso me livrei deste monstrinho, dando ele pra outro treinador qualquer.

- Cale-se! – Exclamou Red, ficando com raiva e derramando lágrimas de tristeza, pois se lembrou do primeiro dia que ganhou seu Pokémon e do clima tranquilo de Pallet.

- Sentimentos enfraquecem o ser humano, devem ser aniquilados. Assim consegui elevar o potencial de meus soldados! Você não tem nível suficiente para ser meu adversário, deixarei que a Chaos preocupe com suas ações infantis. – Disse Ash, andando de modo lento e olhando para o herói de gerações, desprezando o mesmo com o olhar frio que possuía. – Escravo, mostre o rank dos verdadeiros campeões! Shadow Ball.

Com velocidade extraordinária, Zoroark começou a correr com grande intensidade, parando atrás do pequeno gladiador elétrico, que ficou espantado e com bastante, impossibilitando sua fuga. Logo, o assassino das sombras concentrou a energia sombria em suas mãos e mandou a bola negra na direção da criaturinha elétrica. Este acabou sendo acertado diretamente, sentindo o forte impacto da técnica do adversário e causando arranhões de gravidade superior, chegando a escorrer sangue do seu frágil corpo.

- Droga! Resista amigão! – Gritou Red, estando assustado e preocupado com o estado de Pikachu.

- Sem misericórdia, parta para a nossa técnica fatal. Dance of The Shadows! – Exclamou Ash, olhando para Zoroark, que entendeu o comando e começou a correr em círculos, aumentando a cada volta a sua velocidade. – É o fim.

- O que é isso? – Perguntou Red, observando o seu Pokémon ficar desesperado ao ver o ciclo completo que o assassino das sombras executava.

Logo, várias faíscas de luz começaram a ser liberadas das voltas que Zoroark completava. E em menos de poucos minutos a luminosidade tornara-se ventos sombrios que pairavam no Pokémon adversário. Contudo, o monstro cinza parou e começou a mirar no alvo, localizando o ponto ideal onde iria executar o grande ataque.

De modo veloz, o assassino das sombras avançou cortando o vento e acertando Pikachu em cheio, provocando ferimentos graves e nocauteando o pequeno gladiador elétrico, que acabou desmaiando ao ver suas forças esgotarem. Seu pequeno corpo jamais conseguiria suportar aquela intensidade de corte.

Red ficou espantado e desesperado, caindo de joelho no chão, ao ver que não conseguira fazer a justiça pela sua cidade e vencer o destruidor. Sua autoestima estava baixa, nada parecia consolar aquele adolescente, nem mesmo o vento que batia em seus cabelos, o piado dos Pidgeys ou a correria dos Rattatas, que se sentiam seguros e sem perigo. Contudo, o herói continuava abalado e precisava desabafar, liberando em grandes quantidades, torrentes de lágrimas. Essas molhavam o chão de modo admirável e ate mesmo treinadores que pararam para ver a grande batalha, ficaram tristes e decepcionados.

No entanto, Ash jamais ligaria para aqueles sentimentos, e por isso, tomou aquela atitude inesperada. Aproximou-se de modo lento e desferiu um forte soco no rosto do treinador de Pokémon, jogado este para longe e provocando ferimentos no rosto deste. Em seguida, cerou os punhos e liberou a raiva contida em seu coração frio.

- Silêncio! – Gritou o vilão, assustando o herói de gerações. – Sentimentos enfraquecem o homem, destroem a capacidade de desenvolvimento do cérebro. Atrasam o raciocínio e eliminam resultados positivos em treinamentos. Por isso, me livrei desta tolice e comecei a agir por meus instintos, com essa ação, melhorei a força de Zoroark, transformando este mascotinho de criança num verdadeiro assassino.

- Cale-se, jamais perderei para covardes como você. – Exclamou Red, olhando no fundo dos olhos do rival e percebendo o olhar frio e maldoso do outro adolescente.

- Tolo! Olha o que seus sentimentos fizeram com sua bolinha de pelos! Destruiu a autoestima e a capacidade de vencer, eliminando isso, ele recusou a defender o golpe. – Esbravejou Ash, soltando sua risada irônica e assustando o herói.

- Droga! – Gritou Red, socando o chão com bastante força e pegando o seu Pikachu nas mãos, acariciando o amigo e chorando fortemente, sua mente negava a aceitar a derrota que acabara de levar. – Mas, mesmo assim, irei vencê-lo, demore o tempo que houver!

- É um idiota, jamais conseguirá a verdadeira vitória! – Falou Ash, indo à direção contrária ao do jovem herói e olhando de modo desprezível para este. – Lixos como você, nunca prosperarão! Adeus, saco de esterco!

Assim os dois olhares se cruzaram, ódio e justiça irão confrontar-se em vários momentos. A personalidade misteriosa de Red servia apenas para esconder a angústia da felicidade que perdera ao separar de sua família e viver uma vida solitária. Contudo, com o passar do tempo, aprendeu com os campeões a necessidade de ter sempre um sorriso nos lábios.

Cynthia, a grande comandante de Sinnoh fora quem mais chocou o jovem, dando grandes problemas ao herói. Em breve, essas duas almas tão diferentes voltarão a batalhar pelos seus ideais e propósitos. A hora do duelo para trazer a paz final para o mundo Pokémon estava prestes a começar. Quais serão os soldados desta última guerra?

Colress
Distant Ocean 5F 10h30min

A ilha estava parada, a grande descoberta do cientista, provocou um clima de silêncio e espera silenciosa. Os Pokémons de Hoenn ficavam calados, como se já soubesse de algo terrível que poderia vir a acontecer. A natureza parecia estar de luto, aquela fantástica experiência resultara num novo elemento. Este era fabuloso para o estudioso e as consequências do resultado passavam despercebidas pelo mesmo. Contudo, o que o jovem tecnológico seria revelado em menos de poucos minutos.

O telefone começou a vibrar e o visor do celular do jovem descobridor revelava o nome N. Este era amigo de Colress, os dois viveram infância juntos. Contudo ainda restava mais um misterioso rapaz, que ajudara nas enormes aventuras que o grupo de treinadores levou. Claro que cada homem escolheu o próprio destino e caminho. No entanto, o que acontecera com o último da turma de amizade? As respostas iram surgir lentamente com o passar do tempo.

- Alô? – Disse o cientista, atendendo o telefone, que era da cor cinza com detalhes tecnológicos na tela do mesmo. – Por que o grande salvador de Pokémons ousou ligar para mim? – Continuou o pesquisador, fazendo uma brincadeira com o outro adolescente.

- Sinto muito ter te incomodado. Mas, tenho um mau pressentimento em relação ao seu estudo com as Orbs deste continente. É correto fazer esse tipo de experiência, não irá resultar em problemas com os monstrinhos? – Perguntou N, engasgando ao mencionar as possíveis falhas do resultado. O jovem estava localizado no 4º andar do prédio central da Distant Ocean, mais especificamente no quarto que o Imperado L arrumou para ele. Por medo, o jovem treinador escondera-se atrás de uma coluna daquele local.

- Humph. Confesso que tinha eliminado esta hipótese. Contudo, os meus testes já foram finalizados, consegui resultados satisfatórios. – Falou Colress, animando ao falar do sucesso da resposta que obteve. – Eu obtive um novo elemento!

- O quê? – Disse N, engasgando-se e começando a tossir fortemente. Misteriosamente, a sua voz desaparecera por alguns segundos, por causa do espanto da notícia. – Amigo, esconda este projeto no lugar mais impossível de achar!

- Do que está falando? – Perguntou Colress, estando muito preocupado com a mudança de atitude do parceiro.

- Vocês estava sendo vigiado, todos assistimos sua descoberta, haviam telões exibindo tudo o que acontecia dentro da sala de testes! E o Imperador L já deve saber do resultado da experiência. Falo isso, porque alguns Pokémons me avisaram da consequência dessa experiência e o desastre enorme que poderia acontecer, se os vilões conseguissem a posse do elemento! – Gritou N, desligando o telefone, assim que percebeu a chegada de dois soldados da equipe Plasma. – Vamos, temos que salvar o nosso amigo! – Terminou o rapaz, correndo juntamente com os dois misteriosos homens.

Mas, a sala de testes acabou perdendo a luz, quando a porta foi fechada por algum ser misterioso. O objeto fora golpeado de forma violenta e as luzes apagadas no mesmo instante. Colress estava assustado e com bastante medo, afinal o cientista era humano e possuía seus traumas. Contudo, começou a tremer de espanto ao perceber o barulho dos passos da pessoa oculta.

- Apareça! Pare com essas brincadeiras idiotas! – Gritou o pesquisador, ficando muito nervoso ao perceber o barulho dos pés do inimigo.

- Haha, não acredito nisso. O corajoso cientista da região de Unova, está chorando e se borrando de medo? – Exclamou de modo irônico o misterioso homem, que chegou perto de uma vela localizada a poucos metros do pesquisador.

- Essa voz me é familiar! – Falou Colress, olhando na direção onde a estranha figura localiza-se e rapidamente reconheceu quem era o misterioso sujeito.

- Lembrou? Daquele que foi sua sombra durante anos, que vivia isolado e triste por não alcançar nenhuma popularidade na escola! Contudo, agora a situação se inverteu, todos assistiram a experiência, mas com uma rápida edição, eles acham que fui eu quem obtive o resultado. Todo processo que você fez foi anulado, afinal o elemento final foi formado por mim! – Gritou a voz, lembrando-se de tudo o que acontecera no passado.

- Droga, porque fez isso? – Disse Colress, estado muito assustado com a afirmação daquele homem. – Pensei que éramos amigos.

- Passado nunca será presente!(gravem essa frase, será clássica dele) Você virou minha sombra, todo o crédito de sua experiência irá ser meu. Seu esforço será apenas como um simples ajudante. Tudo isso, ocorreu devido ao meu estudo tecnológico, criei uma cena falsa, usando aquela câmara de vigilância. – Falou o desconhecido, acendendo as luzes e mostrando sua roupa da coloração roxa e chapéu da mesma cor, com o símbolo da estrela escura no meio da vestimenta.

- Como pode fazer isso? Explique-me! – Exclamou Colress, com bastante raiva olhando para o antigo amigo. – Styler, o maior criador de tecnologias virtuais, traindo aquele que sempre o ajudou! Esclareça-me o que está acontecendo.

Logo, a porta do laboratório foi aberta novamente e três homens entraram de modo violento na sala, apontando a arma e investigando o local. Contudo, o primeiro deles acabou parando o movimento assim que percebeu quem era a misteriosa figura que invadira a sala de testes. Os olhos do jovem começaram a mover-se de forma anormal, o espanto e o choque da cena penetraram no cérebro do garoto de cabelos verdes.

- Seja bem vindo, caro N. – Falou Styler aproximando-se do adolescente de roupa branca, que acabou afastando de medo.

- Como isso é possível? Você tinha desaparecido! – Disse o jovem de cabelos verdes, liberando a sua indignação e atirando na primeira câmara que encontrou, impedindo a filmagem do laboratório.

- Haha, pareço um monstro, todos ficam morrendo de medo de mim. – Satirizou Styler, olhando para o adolescente de cabelos verdes e soltando sua risada irônica. -Tinham que preocupar é com o chefão daqui, ainda não posso agir livremente.

- Desgraçado, eu devia matá-lo. Mas, de certa forma você tem razão, ninguém conhece essa identidade misteriosa deste Imperador L, por isso fiquei neste lugar estranho. – Gritou N, olhando para os dois agentes que tinham o acompanhado e ordenando a retirada dali. – Vamos embora, esse assunto já está resolvido.

Logo, o jovem de cabelos verdes despediu-se de Colress e foi em direção à porta, saindo de modo lento e abrindo a porta lentamente. Contudo, assim que conseguiu trazer à tona à luz para o laboratório, deparou-se com o chefe de toda aquela organização, com sua roupa misteriosa e o corpo todo coberto pela capa de tamanho avantajado. O adolescente acabou dando alguns passos para trás, para permitir a entrada do misterioso comandante.

- Imperador L! – Exclamou N, ficando muito espantado e passando a mão no seu boné, tentando se desculpar. – Por favor, desculpe minha intromissão aqui no laboratório.

- Detalhes bobos, vim me concentrar em algo mais interessante. – Falou o grande chefe de toda aquela organização, olhando rapidamente para o jovem de cabelos verdes.

Em seguida, o comandante se aproximou de Colress, analisando aquela estranha pedra formada, que foi formada em cima da mesa de experimentos. Logo, olhou detalhadamente as duas Orbs que estava sem um pequeno pedaço microscópico. Os três soldados com roupas escuras acompanhavam cada passo que o Imperador L executava. Alguns até davam rápidas olhadelas para o olho do cientista, investigando e prevenindo algum tipo de ataque.

- Parabéns, caro pesquisador! Estou impressionado com sua ajuda que deu ao Styler. Claro que todo crédito deve-se a ele que realizou todo o processo. – Disse o chefe da organização, elogiando o estudioso, mas levando em conta a cena falsa que assistira. – Enfim, quero que aprimore seus estudos nesse elemento. – Nesse momento, o maestro da equipe Ômega mudou o tom da voz, tornando-a mais firme e séria. - Produza armas de alto poder, de forma que possa devastar áreas!

- Entendo. – Argumentou Colress, pensando na proposta do comandante. – Contudo, jamais iria criar algo que destruísse vidas e matasse os Pokémons!

- Decepcionante. – Exclamou o Imperador L, olhando para os dois soldados e ordenando a preparação para a ação.

- É isso o que faz com os seus cientistas? Assim que eles cumprem o que você quer, os mata? - Gritou Colress, impressionando o chefe da organização.

- Está bem, o maior esforço foi do Styler mesmo. – Disse o Imperador L, andando de um lado para o outro e cancelando o ataque. – Vá embora, suma deste lugar, lhe darei dois dias para desaparecer daqui. – Continuou o comandante, olhando para cada membro presente no laboratório. – Entretanto, depois desse prazo, mandarei a equipe Dark Star eliminar a sua presença neste mundo. É melhor que esteja bem escondido, porque os agentes poderão levar suas armas mortais.

-Que seja, eu jamais continuaria num lugar tão horrível como esse! Vocês fazem o mundo chorar de tristeza, desonram a verdadeira ciência. – Esbravejou Colress, indo na direção da saída e abrindo a porta com violência.

Logo, o cientista despediu-se de N e deu de cara com o chefe da equipe Galactic, que trajava sua roupa cinza, com detalhes pretos e o símbolo G na lateral da camisa. O líder da organização parecia sério e confuso com a decisão que o jovem pesquisador estava tomando. O olhar do homem que foi preso na dimensão paralela era tranquilo e sério a mesmo tempo.

- Porquê? – Perguntou Cyrus, dizendo apenas aquela palavra, simbolizando sua confusão e arrependimento.

- Nós não somos maldosos, nem vilões, apenas homens confusos com as experiências traumáticas de nossa vida!(frase nova dele)- Disse Colress, encerrando a conversa e entrando no corredor misterioso daquele prédio.

E assim encerrava-se a tristeza e decepção do jovem cientista, que decidiu desistir de ajudar o misterioso Imperador L. Iria caminhar sozinho, abandonar o passado tecnológico e viveria. Contudo, sua decisão espontânea conseguira acertar o cérebro confuso de Cyrus. Poderia o grande comandante da equipe Galactic, tornar-se um aliado num tempo posterior? E Styler, será o rival do pesquisador ou arrependerá e tentará deter os planos perversos da Equipe Ômega. A crise para o mundo Pokémon está apenas começando.

Continua...

Pikato
Pikato
Membro
Membro

Masculino Idade : 24
Alerta Alerta :
Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Right_bar_bleue

Data de inscrição : 18/05/2013

Frase pessoal : Voltei^^


Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Empty Re: Pokémon Forgotten Tears (Third Stage)

Mensagem por Dusknoir em Sab 8 Jun 2013 - 21:38

Voltei!

Tive de ler umas duas vezes a batalha do ash-emo -q para entender realmente o que se passou, mas uma coisa ainda não entendi, a Cinthia é má também? Aquele paragrafo final me confundiu um pouco e posso, eu mesmo, ter entendido errado, mas enfim...

A parte do Colress eu achei interessante, embora tenha alguns errinhos de concordância eu não vou cita-los, deixo isso como tarefa para os demais -q

Então o cientista saiu da DS? (dark star -q) E vai fazer o que agora, se unir ao Red? Isso seria estranho, mas vindo dele nada é normal xD

Gostei do capítulo, agora aguardarei o próximo!
Dusknoir
Dusknoir
Membro
Membro

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Right_bar_bleue

Data de inscrição : 23/03/2011

Frase pessoal : FOR THE HORDE!


Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Empty Re: Pokémon Forgotten Tears (Third Stage)

Mensagem por DarkZoroark em Qui 13 Jun 2013 - 1:51

pika o/
Desculpa a demora em comentar. Estava meio ocupado essa semana com alguns trabalhos do colégio e afins, e só agora tive tempo para fazê-lo. De todo modo, o capítulo estava muito bom e repleto de mistério, intriga e obscuridade. Vamos a ele:
Creio que a batalha entre o Red e o Ash foi muito boa, mas também unilateral. Achei uma sacanagem que o Pikachu do Red saiba apenas ataques elétricos, enquanto tanto nos jogos quanto nos games sabe de vários outros elementos. E Zoroark só usando Shadow Ball e conseguir vencer também ficou bem OP, se bem que demonstrou o nível de força que ele possui. Creio que o fato de ele não ter levado dano ou foi por causa de ser ridiculamente forte ou o uso de sua habilidade, Illusion. Seja o que for, iremos descobrir mais para frente na Fanfic.
Estou ansioso para ver como será o treinamento entre o Red e a Cynthia, se bem que não entendi se será um treino ou uma batalha mesmo. De todo modo, será muito empolgante ver uma batalha entre dois treinadores que receberam o título de Campeão de seus respectivos continentes.
A parte do Corless foi bem legal e talz, mas acho que o N se submeter a um homem que quer fazer mal aos Pokémons é um tanto surreal. Em todas as mídias - anime/game/mangá - ele é descrito como alguém calmo e que preza o bem-estar das criaturinhas de bolso acima de tudo. Quero ver o que houve para tal mudança de comportamento. Quanto ao próprio cientista, devo dizer que estou com uma pulga atrás da orelha para saber o que se sucederá com ele.
Encontrei alguns poucos erros enquanto lia:
thepikachu385 escreveu:Mas, aquele pequeno detalhe, jamais tiraria a determinação e coragem do jovem. 
Não era necessário o uso de vírgulas nesta frase. 
thepikachu385 escreveu:que acabou sendo acertada com precisão e distanciada do seu treinador.
Não sei sé é um erro, mas creio que "acertada" fica um tanto mal colocado nesta frase. Em seu lugar, poderias ter optado por "atingido".
thepikachu385 escreveu:- Sentimentos enfraquecem o ser humano, devem ser aniquilados.
Ficou faltando alguma conjunção para que o uso da vírgula tornasse-se necessário. Poderia também simplesmente tê-la deixado de fora.
thepikachu385 escreveu:E em menos de poucos minutos a luminosidade tornara-se ventos sombrios que pairavam no Pokémon adversário.
Na minha concepção ficou um tanto estranho essa passagem "e em menos de poucos minutos". Acho que poderia ter sido "e em poucos minutos" ou "e em menos de X minutos".
De resto, continuo mantendo minha opinião do último comentário. Descrição e narração ótimas, dando uma visão extremamente boa do cenário em que a Fanfic se passa. Claro que, como nem tudo são rosas, precisa melhorar em alguma parte aqui e ali. Bem raramente eu acabo me perdendo em uma parte do capítulo e preciso ler mais uma vez o parágrafo.
Não há muito mais o que eu possa falar, exceto que espero pelo seu próximo cap. ninja
DarkZoroark
DarkZoroark
Membro
Membro

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Right_bar_bleue

Data de inscrição : 11/04/2011

Frase pessoal : Let's Play!


Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Empty Re: Pokémon Forgotten Tears (Third Stage)

Mensagem por Black~ em Sab 15 Jun 2013 - 11:59

Bom, vamos lá.

Capítulo legalzinho e bem misterioso e obscuro. O Ash está cada vez mais tenso e sombrio. Ele dizendo tudo aquilo, que ele largou o Pikachu por ser um lixo, que não tinha capacidade de se tornar um bom pokémon e tals, e que ele excluiu os sentimentos dele, foi bem tenso, muito diferente do Ash do anime.

O Colress foi interessante também ele ter mudado assim, achei que ele ia ser bem loucão também, mas ele resolveu se rebelar pelo cara estar fazendo mal aos pokémons, bem interessante. Também achei legal o Imperador L dizer pra ele se esconder, senão estaria morto, legal -qq.

Você teve bons elementos pra trabalhar nesse capítulo e sua narração é boa, mas teve momentos que foram bem difíceis de entender o que estava acontecendo, ai tive que reler algumas vezes pra poder compreender, além de algumas vezes que teve falta de concordância, como já foi citado, sugiro que tome cuidado quanto a isso.

Aquela parte da Cynthia não entendi muito bem, ela é do bem ou do mal? E tipo, o Red e ela vão lutar por treino, ou vão lutar porque ela é do mal, ai ele quer vencê-la? Sei lá, acho que ficou mal explicada aquela parte, dava pra ter sido melhor, mas enfim.

Também achei injusto o Pikachu só ter golpes elétricos. Imagine se ele luta contra um pokémon de terra, que golpes ele usaria? Mas enfim, também foi bem tenso o Zoroark não sentir nada, tendo apenas arranhões no corpo.

Erros eu vi alguns, além dos que já foram citados, eu vi mais alguns, porém não vou citá-los. Mas uma coisa que me incomodou um pouco foi a repetição da palavra "Imperador L", sei lá, ficou muito repetida do texto, use alguns sinônimos de vez em quando, é sempre bom -q, e uma parte que ficou meio "chata" também, foi a seguinte:

Contudo, assim que conseguiu trazer à tona à luz para o laboratório, deparou-se com o chefe de toda aquela organização, com sua roupa misteriosa e o corpo todo coberto pela capa de tamanho avantajado. O adolescente acabou dando alguns passos para trás, para permitir a entrada do misterioso comandante.

- Imperador L! – Exclamou N, ficando muito espantado e passando a mão no seu boné, tentando se desculpar. – Por favor, desculpe minha intromissão aqui no laboratório.

- Detalhes bobos, vim me concentrar em algo mais interessante. – Falou o grande chefe de toda aquela organização, olhando rapidamente para o jovem de cabelos verdes.

Sei lá, era realmente necessário repetir a mesma frase umas quatro linhas depois? Mas enfim.

Acho que é só e boa sorte com a fic.
Black~
Black~
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Right_bar_bleue

Data de inscrição : 27/02/2011

Frase pessoal : The winter has come


http://pokemonblackrpgforum.forumeiros.com./

Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Empty Re: Pokémon Forgotten Tears (Third Stage)

Mensagem por Pikato em Sab 22 Jun 2013 - 17:03

Este capítulo trará mais mistérios para vocês, como disse antes, sou expert na hora de causar suspense. Teremos a introdução da Cynthia, nossa 3ª protagonista. Ela não é vilã, mas tem uma rivalidade com o Red, como descobrirão nos episódios posteriores, tanto que farei um flashback contando o que aconteceu. Mas, já vou avisando, haverá mais enigmas neste capítulo, e somente mais na frente entenderão o significado, o que peço é paciência.

Este novo modo de edição tem bastantes erros, como verão...

@Dusknoir escreveu:Voltei!

Tive de ler umas duas vezes a batalha do ash-emo -q para entender realmente o que se passou, mas uma coisa ainda não entendi, a Cinthia é má também? Aquele paragrafo final me confundiu um pouco e posso, eu mesmo, ter entendido errado, mas enfim...

A parte do Colress eu achei interessante, embora tenha alguns errinhos de concordância eu não vou cita-los, deixo isso como tarefa para os demais -q

Então o cientista saiu da DS? (dark star -q) E vai fazer o que agora, se unir ao Red? Isso seria estranho, mas vindo dele nada é normal xD

Gostei do capítulo, agora aguardarei o próximo!

A Cynthia é uma dos 7 protagonistas, mas ela tem uma rivalidade com o Red que expliquei neste outro capítulo. Sobre erros de concordância já estou praticando neste ponto. Na verdade, a Dark Star é administrada pelo Styler, o Colress saiu foi do Project Ômega. Obrigado pelo coment^^

@DarkZoroark escreveu:pika o/
Desculpa a demora em comentar. Estava meio ocupado essa semana com alguns trabalhos do colégio e afins, e só agora tive tempo para fazê-lo. De todo modo, o capítulo estava muito bom e repleto de mistério, intriga e obscuridade. Vamos a ele:
Creio que a batalha entre o Red e o Ash foi muito boa, mas também unilateral. Achei uma sacanagem que o Pikachu do Red saiba apenas ataques elétricos, enquanto tanto nos jogos quanto nos games sabe de vários outros elementos. E Zoroark só usando Shadow Ball e conseguir vencer também ficou bem OP, se bem que demonstrou o nível de força que ele possui. Creio que o fato de ele não ter levado dano ou foi por causa de ser ridiculamente forte ou o uso de sua habilidade, Illusion. Seja o que for, iremos descobrir mais para frente na Fanfic.
Estou ansioso para ver como será o treinamento entre o Red e a Cynthia, se bem que não entendi se será um treino ou uma batalha mesmo. De todo modo, será muito empolgante ver uma batalha entre dois treinadores que receberam o título de Campeão de seus respectivos continentes.
A parte do Corless foi bem legal e talz, mas acho que o N se submeter a um homem que quer fazer mal aos Pokémons é um tanto surreal. Em todas as mídias - anime/game/mangá - ele é descrito como alguém calmo e que preza o bem-estar das criaturinhas de bolso acima de tudo. Quero ver o que houve para tal mudança de comportamento. Quanto ao próprio cientista, devo dizer que estou com uma pulga atrás da orelha para saber o que se sucederá com ele.
Encontrei alguns poucos erros enquanto lia:
thepikachu385 escreveu:Mas, aquele pequeno detalhe, jamais tiraria a determinação e coragem do jovem.
Não era necessário o uso de vírgulas nesta frase.
thepikachu385 escreveu:que acabou sendo acertada com precisão e distanciada do seu treinador.
Não sei sé é um erro, mas creio que "acertada" fica um tanto mal colocado nesta frase. Em seu lugar, poderias ter optado por "atingido".
thepikachu385 escreveu:- Sentimentos enfraquecem o ser humano, devem ser aniquilados.
Ficou faltando alguma conjunção para que o uso da vírgula tornasse-se necessário. Poderia também simplesmente tê-la deixado de fora.
thepikachu385 escreveu:E em menos de poucos minutos a luminosidade tornara-se ventos sombrios que pairavam no Pokémon adversário.
Na minha concepção ficou um tanto estranho essa passagem "e em menos de poucos minutos". Acho que poderia ter sido "e em poucos minutos" ou "e em menos de X minutos".
De resto, continuo mantendo minha opinião do último comentário. Descrição e narração ótimas, dando uma visão extremamente boa do cenário em que a Fanfic se passa. Claro que, como nem tudo são rosas, precisa melhorar em alguma parte aqui e ali. Bem raramente eu acabo me perdendo em uma parte do capítulo e preciso ler mais uma vez o parágrafo.
Não há muito mais o que eu possa falar, exceto que espero pelo seu próximo cap. ninja

Comentário grande do jeito que eu gosto^^ O mistério é meu foco na fic, como perceberá, principalmente com um personagem que é idêntico a mim^^ Lembre-se que o Pikachu está aprendendo movimentos, ele não tem level 100, na verdade, ele está no lvl 61, e no novo lugar pra onde o Red irá, existem movimentos novos e talz, como viu na batalha do Ash com o Dance Of Shadows. Já o 1º protagonista principal da estória irá lutar com a Cynthia depois sim, mas nada de treino^^ O N é outro mistério que quero guardar ele trabalhará para o Imperador L, mas não seguirá seus ideiais, ele está investigando o vilão. Sobre os erros peço desculpas por comete-los, ninguém é perfeito, hehe^^ Muito obrigado^^


@Black~ escreveu:Bom, vamos lá.

Capítulo legalzinho e bem misterioso e obscuro. O Ash está cada vez mais tenso e sombrio. Ele dizendo tudo aquilo, que ele largou o Pikachu por ser um lixo, que não tinha capacidade de se tornar um bom pokémon e tals, e que ele excluiu os sentimentos dele, foi bem tenso, muito diferente do Ash do anime.

O Colress foi interessante também ele ter mudado assim, achei que ele ia ser bem loucão também, mas ele resolveu se rebelar pelo cara estar fazendo mal aos pokémons, bem interessante. Também achei legal o Imperador L dizer pra ele se esconder, senão estaria morto, legal -qq.

Você teve bons elementos pra trabalhar nesse capítulo e sua narração é boa, mas teve momentos que foram bem difíceis de entender o que estava acontecendo, ai tive que reler algumas vezes pra poder compreender, além de algumas vezes que teve falta de concordância, como já foi citado, sugiro que tome cuidado quanto a isso.

Aquela parte da Cynthia não entendi muito bem, ela é do bem ou do mal? E tipo, o Red e ela vão lutar por treino, ou vão lutar porque ela é do mal, ai ele quer vencê-la? Sei lá, acho que ficou mal explicada aquela parte, dava pra ter sido melhor, mas enfim.

Também achei injusto o Pikachu só ter golpes elétricos. Imagine se ele luta contra um pokémon de terra, que golpes ele usaria? Mas enfim, também foi bem tenso o Zoroark não sentir nada, tendo apenas arranhões no corpo.

Erros eu vi alguns, além dos que já foram citados, eu vi mais alguns, porém não vou citá-los. Mas uma coisa que me incomodou um pouco foi a repetição da palavra "Imperador L", sei lá, ficou muito repetida do texto, use alguns sinônimos de vez em quando, é sempre bom -q, e uma parte que ficou meio "chata" também, foi a seguinte:

Contudo, assim que conseguiu trazer à tona à luz para o laboratório, deparou-se com o chefe de toda aquela organização, com sua roupa misteriosa e o corpo todo coberto pela capa de tamanho avantajado. O adolescente acabou dando alguns passos para trás, para permitir a entrada do misterioso comandante.

- Imperador L! – Exclamou N, ficando muito espantado e passando a mão no seu boné, tentando se desculpar. – Por favor, desculpe minha intromissão aqui no laboratório.

- Detalhes bobos, vim me concentrar em algo mais interessante. – Falou o grande chefe de toda aquela organização, olhando rapidamente para o jovem de cabelos verdes.

Sei lá, era realmente necessário repetir a mesma frase umas quatro linhas depois? Mas enfim.

Acho que é só e boa sorte com a fic.

Você tem boa análise e percebeu os pontos escondidos que procurei colocar na fic. Considere minas fics como mistérios que se você ler atentamente pode chegar a adivinhá-los depois, o Colress foi enganado pelo Styler, o cara assumiu o elemento obtido pelo nosso protagonista e ficou com todo o crédito. Aquela parte foi a finalização do bloco com o mistério deixado no ar, como gosto de fazer^^ Sobre o Pikachu ele aprenderá outros movimentos depois, não se preocupe, existe alguem sim do tipo terra, hehe. Muito obrigado e tente captar outros enigmas que deixei neste capítulo, vamos ver se você descobre^^


Pokémon Project Omega
Parte 4: Betrayal or Loyalty?

Colress
Distant Ocean 7F 22/06/13 às 12h54min
Os alarmes do Distant Ocean soavam e invadiam a tranquilidade do local, vários soldados das equipes vilãs, avançavam para deter o traidor. Até mesmo os chefes das organizações, pegavam suas Pokébolas e corriam na direção do andar informado. Todos os comandantes estavam preparados para o confronto contra o experimentador, que traiu a confiança dos bandidos.

Logo, o pesquisador começou a correr em alta velocidade. Ele não olhava para trás, se fizesse esse ato, provavelmente seria morto pelos tiros que ecoavam por todo lugar. Contudo, um jovem foi mais esperto que o estudioso, dando a volta pelos quartos e surpreendendo o cientista, que foi obrigado a chamar seus guardiões.

- Parado aí! – Gritou o vilão, tirando a Pokébola do bolso e mandando na direção do cão, libertando uma criatura com rabo enrolado, orelhas grandes e coloração cinza e vermelha. – Esse será o seu fim!

- Tolo! Não tenho tempo para essas baboseiras! – Exclamou Colress, jogando sua esfera guardiã de Pokémons no solo e vendo aparecer a silhueta de um monstrinho amarelo, com detalhes vermelhos no rosto e olhos da cor do sangue.

Pokedex Enter
Glameow
Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) 431
Definição: Guerreiro da velocidade.
Aparência: Suas orelhas ajudam a perceber a distância do inimigo, conseguindo desviar de grandes técnicas. Suas habilidades também possuem potencial nas garras, que conseguem acertar de forma fatal os oponentes. O impacto pode ser certeiro e efetivo, dependendo do tipo de movimento realizado. O monstrinho veloz também possui golpes elétricos e fantasmas.

Técnicas (Soldados normais):

Thunder
Shadow Claw
Attract
Substitute

Snorunt
Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) 361
Definição: Protetor Glacial
Aparência: Seu formato lembra um iglu ou montanhas glaciais. Suas habilidades estão em seus dentes e a forma como emana a energia gelada que abriga em seu corpo. Ele prefere locais congelados e frios. Se for bem treinado consegue derrotar oponentes de alto poder.

Técnicas (Colress):

Icy Wind
Blizzard
Protect
Crunch

Pokedex End

- Haha, nós somos a Super Galactic! Estamos mais fortes desta vez! – Esbravejou o soldado, mostrando sua raiva. – Thunder! – Em seguida, o Pokémon adversário concentrou energia no seu corpo e mandou rajadas elétricas de poder elevado na direção do alvo.

- O quê? – Falou Colress, ficando assustado com o movimento ordenado pelo adversário. – Desvie e use o Icy Wind! – Disse Colress, vendo o protetor glacial escapando da força estática e liberando ventos gelados.

- Droga! – Gritou o soldado, observando o guerreiro da velocidade, que foi acertado pela força fria e esmagadora. – Ainda não é o fim! Attract! – Em seguida, a criatura veloz começou a piscar para o adversário. Mas, o efeito de atração foi repelido pelo sexo dos dois Pokémons.

- Tolo! Meu Snorunt é macho e o seu guardião também, impossibilitando a ação! – Disse o cientista, mostrando o medo que possuía. Pois novos agentes poderiam atacar, aquela batalha tinha que ser encerrada. – O tempo acabou! Crunch!

Logo, o Pokémon glacial pulou e começou a correr em alta velocidade, chegando perto do inimigo e mordendo o mesmo com bastante força. Glameow estava prestes a desmaiar, as forças do guerreiro chegavam ao limite. O soldado permanecia parado, não sabia o que fazer, pensava que os golpes potentes do monstrinho felino poderiam vencer qualquer adversário.

- Que droga. – Murmurou o agente da equipe Super Galactic, mordendo seus lábios de tanta raiva que sentia.

- Uma batalha não pode ser ganhada apenas por Pokémons fortes e técnicas poderosas, a estratégia precisa ser planejada antes da ação! – Gritou Colress, olhando para o adversário e ficando desapontado. – Perdi meu tempo nessa porcaria de batalha! Mas finalizarei com chave de ouro! Congele este andar, meu fiel guardião! Blizzard!

Rapidamente o protetor do gelo começou a concentrar sua energia no seu corpo e liberou com alta potência, trazendo ventos fortes e esfriando o ambiente inteiro, acertando o adversário e derrotando o mesmo. Contudo, o cientista queria impossibilitar a passagem de outros soldados, por causa dessa prevenção, pediu para Snorunt continuar o ataque.

Logo, o agente acabou sendo congelado juntamente com boa parte do piso daquele edifício. No entanto, Colress não podia se lamentar, pois várias vozes começaram a ecoar na parte inicial daquele lugar. Por isso, o pesquisador e o guardião glacial iniciaram sua corrida em direção à saída para o MT Pyre. Eles já sentiam a luz do sol iluminando seus olhos, o calor natural arejando suas mentes e o barulho do mar invadindo os ouvidos.

- Finalmente! – Gritou o experimentador, avistando a porta de emergência e o solo rochoso da montanha.

Mas, surpreendendo o jovem, uma silhueta surgiu, impedindo a passagem do adolescente, que ficou espantado ao ver o estranho. O desconhecido tinha barba espessa, cobrindo os lábios, olhos azuis, cabelo preto e roupa da coloração azulada. Este homem parecia ter 30 anos, devido às marcas no seu rosto.

- Chega, sua trilha de fuga termina aqui! – Falou o adulto, tirando sua Pokébola e preparando-se para a batalha.

- Como assim? Quem é você? – Gritou Colress, colocando a mão no bolso, e olhando as atitudes do adversário.

- Sou um dos administradores da Dark Star, meu nome é Criver. O mestre ordenou que parasse qualquer pessoa que tentasse sair deste local! – Disse o homem, jogando o seu objeto esférico no chão e liberando algum Pokémon desconhecido.

- Como queira! – Exclamou Colress, jogando a sua Pokébola no chão e chamando o segundo guardião que possuía.

Logo, os dois combatentes estavam prontos para iniciar a batalha. O lutador de Criver era do tipo inseto, da coloração vermelha com asas cinzas, tendo duas garras parecidas com tesouras. O protetor do cientista possuía o corpo de várias cores, mas a sua cabeça parecia estar pegando fogo, e possuía dentes grandes.

- Vamos começar! – Falou o administrador, olhando para o adversário e ficando sério.

Pokedex Enter

Scizor
Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) 212
Definição: Lutador Veloz
Aparência: Suas garras são afiadas e dão uma grande vantagem ao mesmo, juntamente com as asas, esse conjunto de armas acrescentam valores preciosos a este inseto voador. Seu habitat baseia-se em florestas e penhascos, para que possa praticar suas habilidades.

Técnicas (Criver):

Agility
Bullet Punch
X-Scissor
Night Slash

Emboar
Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) 500
Definição: Monstro das chamas
Aparência: Seu corpo quente e ameaçador, dá vantagens enormes a este incrível gladiador. Já o peso pode suportar grandes golpes e usar movimentos do tipo Fight. O habitat são vulcões e lugares flamejantes, onde possa melhorar as habilidades do tipo Fire.

Técnicas (Colress):
 
Flare Blitz
Hammer Arm
Head Smash
Fire Blast

Pokedex End

- Mostre sua força! – Gritou Criver, ordenando o movimento para seu Pokémon. Este mirou no adversário e começou a voar com rapidez, ficando na frente do alvo. – Bullet Punch.

Logo, o lutador veloz conseguiu concentrar sua energia nos punhos e acertou Emboar em alta velocidade, desferindo socos rápidos e fortes, que jogaram o monstro das chamas numa parede daquele prédio, ocasionando pequenos tremores naquele lugar. Colress ficou espantado, o inimigo baseava sua estratégia na agilidade dos movimentos.

- Minha vez. – Disse o cientista, olhando para seu Pokémon e sorrindo com confiança. – Head Smash!

- Desvie. – Falou Criver, analisando o plano que o adversário estava pensando.

O Pokémon de Colress concentrou a força na cabeça e foi em direção ao inseto voador. Contudo, assim que iria acertar o movimento, o inimigo desviou-se com rapidez e conseguindo escapar do perigo. Mas o javali flamejante avançava com violência, acertando a parede e ocasionando pequenos tremores naquele lugar.

- Incrível! – Gritou Colress, analisando a estratégia do administrador da Dark Star.

- Vamos continuar! Night Slash! – Disse Criver, observando o seu Pokémon levantar as asas e ir em direção ao alvo.

- Contra ataque! – Exclamou o cientista, pensando de modo rápido. – Fire Blast!

Logo, Scizor avançou em alta velocidade, concentrando sua energia e mirando no adversário. Contudo, assim que o golpe parecia iminente, Emboar liberou sua carga de chamas. O impacto foi efetivo, acertando o inimigo e jogando-o longe, queimando até mesmo as asas do inseto voador. Criver ficou impressionado com a ação rápida e planejada do estudioso.

- Parabéns! Sua inteligência é admirável. Caso vença, eu impedirei que os outros soldados o persigam! – Falou o administrador, aplaudindo o rival. – No entanto, eu vencerei esta batalha! Chegou a hora da minha estratégia fatal. Agility!

- Veremos. – Disse Colress, observando o monstro aumentar a velocidade de seus movimentos. – Esmague-o com Head Smash!

- Desvie e use o X-Scissor! – Gritou Criver, ordenando a técnica.

Scizor desviou-se com facilidade e começou a acertar Emboar com dois cortes frontais, que juntos formavam uma espécie de X. O cientista acabou mordendo os lábios ao ver a velocidade do adversário, como venceria algo tão complicado? A estratégia deveria impedir as ações velozes do inseto e acertar com precisão.

- Já sei! Fique na defensiva! – Ordenou Colress, olhando diretamente para o Pokémon das chamas, que estranhou as coordenadas, mas ficou com os punhos preparados para proteger o corpo.

- Hehe, desistiu? – Falou Criver, rindo com animação. – Night Slash!

Logo, Scizor avançou de modo veloz, concentrando a energia e preparando para atacar. Contudo, o administrador da Dark Star esqueceu que a velocidade provocada pelo Agility, já tinha acabado. Assim que o Pokémon inseto tentou acertar suas lâminas no adversário, o cientista ordenou a estratégia fatal.

- Agora, mostre a ciência brutal! Hammer Arm.  – Gritou Colress, surpreendendo Criver, que ficou desesperado.

O monstro das chamas saltou e acumulou força nos punhos, esmagando o adversário com intensidade, ferindo as asas do mesmo. Em seguida, Emboar afastou-se, esperando a técnica final do seu mestre. Era a hora de finalizar aquela batalha.

- Termine nossa experiência com o Flare Blitz. – Exclamou o cientista, mostrando sua inteligência.

- Não pode ser! – Esbravejou Criver, sem saber como reagir, pois o seu companheiro estava sem condição de desviar.

Logo, Emboar concentrou a energia no corpo e se revestiu de chamas ardentes, indo em direção ao adversário e dando um potente abraço no alvo, queimando Scizor e deixando o mesmo inconsciente. O Pokémon vencedor cruzou os braços, demonstrando sua força.  O administrador da Dark Star pegou a Pokébola vermelha e chamou de volta o lutador.

- Foi impressionante, não esperava algo tão rápido e forte. – Falou Criver, admitindo a derrota e parabenizando o estudioso.

- A minha estratégia foi baseada na ciência brutal, eu precisava diminuir a velocidade do seu lutador, por isso esperei o momento certo e ordenei o ataque esmagador. Assim, consegui imobilizar as asas dele e ataquei com as chamas, que são efetivas contra o tipo Steel e Bug. – Disse Colress, mostrando um sorriso e explicando o plano que colocara em ação. – Este tipo de movimento consiste em usar o pensamento rápido e certeiro.

- Você merece sair desse lugar, pode ir embora. – Pronunciou Criver, andando na direção contrária a da porta, permitindo a saída do estudioso. – Espero a revanche, meu caro amigo. Adeus.

- Sim, tchau e tome cuidado com o Styler... – Falou o cientista, lembrando-se da amizade que tinha com o vilão e indo na direção do MT Pyre, que começava a surgir na medida em que ele caminhava.

Logo, Colress andava para a sua etapa final em Hoenn. Irá enfrentar a última fase do desafio, confrontar Styler, o maior rival que já obteve. Finalmente os fatos começavam a se encaixar, todos os acontecimentos se interligavam, a derrota de Red e a fuga do estudioso. Haveria mais contradições? Bem, somente o tempo dirá, pois o pesquisador conheceria algo diferente da ciência, uma coisa impalpável que a vida reservou por bastantes anos.

Cynthia
Sinnoh League 22/06/13 às 13h49min


O tempo estava fechado, as nuvens invadiam o ambiente, tornando o castelo da liga bem sombrio. Um homem observava calmamente o movimento que a natureza executava, ele conhecia cada canto do continente e sabia cada localização dos Pokémons. Era por causa dessa sabedoria que conseguiu se tornar o mais forte da Elite dos quatro.

- Interessante, os ventos sopram num ritmo lento, e o sol fica escondido. Além do mais, o desafiante pode chegar a qualquer momento. Preciso avisar a Milady. – Falou aquele rapaz de camisa vermelha, calças da mesma
coloração e cabelos roxos.


Logo, o homem caminhou em direção ao quarto da campeã daquele continente, olhando o céu, que começara a despejar os belos e elegantes flocos de neve. Mas o jovem nem ligava para aquele fato, interessava em apenas acordar a mulher que dormia tranquilamente no quarto. Contudo, para evitar a raiva de Cynthia, o homem bate duas vezes na gigante porta dos aposentos da princesa de Sinnoh.

- Milady? Acorde, já são 13h54min. – Disse o rapaz, tentando escutar o barulho de dentro daquela sala.

- Sim? – Gritou a voz de dentro do lugar, a mesma era fraca e aparentava sonolência. – Já vou, deixe-me trocar de roupa.

- Ok. Mas ande logo, o desafiante vai chegar daqui alguns minutos. – Repetiu o homem, colocando a mão na cabeça, ele conhecia a campeã, ela demorava horas para colocar a vestimenta.

- Está bem. – Exclamou a voz, começando a cantarolar uma pequena música. – “Sou uma jovem determinada, ninguém pode me parar. Sou a Rainha desse continente e a treinadora mais forte do século”.

- Oh Meu Deus... – Falou o jovem, ficando com vergonha daquela mulher.

Poucos minutos se passaram e a campeã do continente já estava preparada para a batalha, seu belo vestido preto destacava de modo admirável, mostrando o charme que ela possuía. A roupa combinava exatamente com os cabelos loiros dela. Até mesmo o homem, quando a jovem abriu a porta, ficou espantado com a beleza da moça.

- Lucian? Suspire de emoção. – Gritou Cynthia, girando graciosamente para o jovem, que ficou vermelho de constrangimento.

- Milady, você sabe que não somos... Namorados... – Disse o rapaz, colocando a mão na cabeça e se afastando.

- Você leva tudo a sério... É apenas uma brincadeira. – Respondeu a mulher, indo na direção do quarto de honras, onde a batalha aconteceria.

- Desculpe-me, às vezes lembro-me dos dias felizes... – Falou Lucian, ficando triste e melancólico.

- Vá treinar seus Pokémons, temos mais desafios hoje. – Pronunciou Cynthia, despedindo-se da elite e sentando na cadeira principal do quarto de honras. Este lugar é composto de vários detalhes: O material é ouro e prata, a cadeira é grande e os brasões, preenchem todo o ambiente. Contudo, na frente do móvel, há vários círculos, parecendo um campo de futebol, indicando o local da batalha.

A campeã estava tristonha, o dia da luta contra Red persistia na cabeça. A vitória dela foi iminente, mas ao permitir que ele ganhasse o título de campeão, ela fora contra os princípios morais da liga. Aquela atitude causou muita polêmica na mídia e todos os treinadores queriam vingar-se da jovem. Todos os desafiantes reclamavam da ação quando eram derrotados, sempre usando a mesma frase: “Você não presta, deixou um perdedor receber a coroa do torneio, eu também quero isso.”

- É por causa da minha fraqueza emocional que quero a revanche contra aquele garoto! – Gritou Cynthia, fazendo a voz ecoar por toda a sala. – Preciso repor minha dignidade, fui tola ao analisar a batalha pelas emoções.

Villain Time: Ash
Route 2(Kanto) 22/06/13 às 14h11min

O vilão parou sua caminhada, olhando o ambiente e analisando o tempo. Ash fechou os olhos calmamente e lembrou-se das palavras de Red, o garoto que queria vingar sua vila por ser destruída. “Cale-se, jamais perderei para covardes como você.” Aquela frase invadia e incomodava o cérebro frio do jovem, fazendo o mesmo morder os lábios de raiva.

- Sentimentos devem ser eliminados! – Gritou o adolescente, começando a chorar fortemente. – O que foi que eu fiz.

Logo, Ash derramou suas lágrimas no chão florido daquele lugar, ele não queria ter destruído a cidade natal. Mas, as mente achava que o caminho que escolhera devia ser percorrido até o fim da vida. Contudo, o jovem tirou seu objeto esférico do bolso e liberou um Pokémon desconhecido. Este tinha corpo amarelo e marrom, tinha grandes orelhas e possuía a colher como arma principal.

- Alakazam, sabe o que deve fazer. - Falou Ash, recolhendo as lágrimas e vendo o monstro psíquico concentrar a energia e apontar a colher para o dono.

Em seguida, o jovem acabou sendo tele portado, juntamente com o Pokémon, indo para algum lugar desconhecido. O cérebro era o obstáculo daquele garoto, que desprezava sentimentos e convivia de perto com a maldade. Haveria alguém capaz de mudá-lo?

Cynthia
Sinnoh League 22/06/13 às 14h24min

A neve invadia todo o clima pacífico daquele castelo, somente um homem permanecia parado, esperando a chegada do misterioso oponente da campeã. Poucos minutos passaram e a luz intensa surgiu, assustando aquele rapaz que estava aguardando.

Logo, o flash cessou e revelou quem estava ali, era Alakazam com seu mestre. Este parecia sério e determinado a vencer quem ousasse interromper seus objetivos. Contudo, os cristais de gelo começaram a cair de modo violento e a fortíssima chuva de granizo iniciou o flagelo dos misteriosos humanos.

- Perfeito, faça conforme combinamos. – Respondeu o misterioso homem, indo na direção do castelo e sumindo no meio dos corredores medievais.

- Muita coisa mudou aqui... – Falou Ash, olhando a decoração da Idade Média, tijolos pintados de bege, armaduras com machados, guiando o caminho para as salas. Juntamente com aquele belo cenário, bandeiras de todos os continentes reinavam por ali, até mesmo uma em forma de cruz. Esta parecia ter sido pintada recentemente, mas a interrogação tampava boa parte do mapa.

Enquanto isso, Cynthia aguardava a chegada do desafiante, o coração da jovem parecia pulsar de ansiedade, cada batalha era emocionante para ela, mesmo quando recebia xingos dos treinadores. Talvez os elites ficassem com toda a diversão, eliminando o pobre treinador que tentava a sorte na liga. A mulher treinou cada um de forma diferente, ensinando diversas estratégias, eles estavam imbatíveis.

Aaron usaria insetos voadores e as vantagens de seu salão imperial, que é composto de teias e armadilhas excepcionais. Bertha centralizaria na terra e na areia onde esconderia seus Pokémons. Flint iria incendiar o cenário inteiro e cercaria o adversário com chamas quentes e devastadoras. Lucian colocou objetos de fácil alcance para usá-los na batalha psíquica.

- Está tudo sincronizado, que venha o nosso oponente. – Falou Cynthia, ligando a televisão do quarto e observando placar que mostrava as figuras dos elites.

Logo, um dos botões no aparelho eletrônico começou a piscar, o especialista em insetos já estava lutando contra o desafiante. Contudo, depois de 10 minutos a imagem daquele jovem ficou escura, ele tinha sido derrotado. Aquele fato acabou assustando a campeã, que caiu da cadeira imperial.

- Como isso é possível? Essas batalhas sempre demoram mais de uma hora! – Gritou a adulta, analisando a figura de Bertha que começou a ficar brilhante.

Contudo, na mesma quantidade de tempo, a luz também apagou de modo rápido. A Princesa de Sinnoh não conseguia acreditar no que estava acontecendo. Quem seria o desafiante que estava humilhando os elites, os treinadores mais fortes do continente?

No entanto, a porta do salão das honras foi invadida por dois homens, que pareciam desesperados, suando de medo ao perceberem como seus companheiros foram derrotados. A hora estava chegando, em poucos minutos a campeã conheceria o misterioso oponente.

- Milady, ele derrotou o Aaron e a Bertha! – Gritou Lucian, ficando assustado e sem voz.

- Cara, nunca vi alguém tão forte igual esse moleque. Vou ver se encerro o expediente de vitórias do garoto. – Disse Flint, colocando a mão no bolso e indo na direção da porta. – Falou ae, bicho!

- Sim, boa sorte. – Exclamou Cynthia, olhando o elite ir embora.

- Sorte não trás vitória, bicho. – Pronunciou Flint, sumindo nos corredores medievais.

Logo, a figura do 3º guardião começou a brilhar e a ficar piscando num movimento rápido. Mas, depois de 10 minutos, a imagem do homem apagou, indicando a derrota. Cynthia estava tremendo, o tempo de batalha era sempre o mesmo, o oponente era bem mais forte que os outros.

- Chegou a minha hora, vou expulsar este desafiante daqui, tenho ótimas estratégias. – Disse Lucian, despedindo-se da campeã e fechando a porta do salão das honras.

- Seja o que Deus quiser... – Falou a mulher, começando a tremer de medo, nunca tinha visto alguém tão desafiador e assustador.

A figura do último elite começou a piscar de modo rápido, e falas como:” Acabou”, “ Ainda não perdi” e “ Você já causou muitos problemas, irei desfazer o que fiz!” Contudo, a mesma quantidade de tempo se passou e um forte grito ecoou para dentro do salão. “Não pode ser, isto é impossível” Neste momento a luz da imagem do guardião apagou e o silêncio invadiu todo o castelo.

- Ele perdeu...- Disse Cynthia, levando-se da cadeira e indo na direção do centro da sala, esperando o oponente chegar. – Tenho que ser corajosa e vingar meus amigos! Mostrarei o poder da campeã de Sinnoh!

A porta começou a se abrir de modo lento e misterioso, fazendo a mulher engolir a saliva, ao pensar quem seria o desafiante. Passos começaram a ecoar, e o barulho da capa do treinador assustou a jovem. Esta pensara que era algum campeão de outra região ou líderes de ginásio. Mas, sua face congelou ao ver o treinador de tamanho médio e roupas sombrias.

- Diga o seu nome! – Falou Cynthia, ficando mais calma e confiante.

- Ash Ketchun! – Pronunciou o jovem, causando espanto na campeã. – Vim acabar com o reinado da princesa de Sinnoh!

E assim duas mentes irão se confrontar, o garoto que humilhou todos os elites e colocou medo na mulher mais poderosa daquele continente. E a adulta determinada a encontrar Red e resgatar sua popularidade. Contudo, os objetivos dela foram interrompidos com a chegada do novo oponente que quer destruir a liga inteira. Poderá a bela treinadora vencer os planos obscuros do adversário? O tempo sabe a resposta.

Continua...


VS Super Galactic Member

Pikato
Pikato
Membro
Membro

Masculino Idade : 24
Alerta Alerta :
Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Right_bar_bleue

Data de inscrição : 18/05/2013

Frase pessoal : Voltei^^


Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Empty Re: Pokémon Forgotten Tears (Third Stage)

Mensagem por Black~ em Qua 26 Jun 2013 - 20:52

Bom, vamos lá.

Capítulo legal até, mas eu aconselharia você a fazer capítulos menores, o tanto de personagem que tem, o tanto de cenário que se passa a história, enfim, acho que fica muito confuso um capítulo grande, como já disse, você mistura um monte de coisas ai fica mais confuso. Eu até acho legal a história de ter protagonistas diferentes, mas acho que ficaria melhor que trabalhasse um pouco um, ai depois que terminasse esse, pulasse pro outro, mas enfim.

Eu também acho que a própria narração ficou um pouco confusa, principalmente aquele começo, eu demorei a entender que se tratava de um soldado simples, pois do jeito que você falou parecia que era um vilão específico, mas enfim.

Aquela parte da batalha do Emboar com o Scizor foi bem legal, o Corless pensando tudo aquilo tão rapidamente enquanto estava com desvantagem e fez a batalha ficar a seu favor. O outro também foi interessante, pois sabia que o Emboar é lento e apelou pros golpes rápidos de Scizor.

O Ash realmente continua bem tenso, ele vai e em dez minutos derrota os considerados treinadores mais fortes de Sinnoh, eu acreditaria que a Cynthia venceria, pois ela é protagonista e tals, mas do jeito que tá, não duvido nada que Ash vença -q.

Sua repetição está um pouco grande, principalmente dos nomes, sei que é difícil encontrar sinônimos toda hora, mas repetindo muito acaba ficando cansativo, por isso peço que tenha mais cuidado quanto a isso.

Mas enfim, é só e boa sorte com a fic.
Black~
Black~
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Right_bar_bleue

Data de inscrição : 27/02/2011

Frase pessoal : The winter has come


http://pokemonblackrpgforum.forumeiros.com./

Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Empty Re: Pokémon Forgotten Tears (Third Stage)

Mensagem por Pikato em Seg 8 Jul 2013 - 10:59

Este prólogo tratará apenas do novo protagonista, considere Red e ele os principais da fic inteira, esse personagem é como se fosse eu na fic. Como notarão ele tem um sonho incomum, assim como o escritor dessa estória também, hehe. Enfim, boa leitura, espero que gostem^^ O nosso herói tem a habilidade de falar com os Pokémons, igual o N, só que ele consegue realmente se comunicar. Já N, apenas sente os sentimentos dos Pokémons como verão depois. O comentário de Black foi respondido pela mudança que fiz neste capítulo, mas depois edito com a resposta e.e

Pokémon Project Omega
Parte 5: A Alone Soul in a Paradise.

Tucciano
Voltre City 08/07/13 12h20min

O sol já vencera a noite fria e sombria, os Pidgeys cantarolavam pequenas notas musicais e todos os Pokémons se divertiam com suas brincadeiras inocentes. Somente uma pequena criaturinha de cor amarela, bochechas vermelhas com o símbolo positivo no rosto, permanecia preocupada com o sono pesado que o seu mestre ainda mantinha. O minúsculo monstrinho estava nervoso, afinal o relógio apontava 12h23min e o jovem continuava dormindo. Contrariando os ensinamentos do mestre, a criatura soltou a forte rajada elétrica, acordando o adolescente.

- Hã? O que aconteceu? – Perguntou o garoto, sentindo o corpo paralisar por alguns segundos.

- Plus, plus (Acorda, o dia começou). – Esbravejou o coelho elétrico, mostrando sua indignação.

- Entendo, acho que dormi demais, né?  - Falou o jovem, coçando a cabeça e compreendendo o que seu Pokémon estava falando.

- Sim... (Em vez de colocar as falas entre parênteses, manterei essa forma de falar do Plusle, quando tiver outra pessoa por perto, colocarei a outra maneira) – Disse o monstrinho, ficando muito sério.

Logo, o rapaz levantou da cama, tirou seu pijama e vestiu sua camisa verde escuro, juntamente com a calça da mesma coloração. Em seguida, calçou seu tênis e colocou o seu crucifixo no pescoço, que era marrom com detalhes magníficos no meio. Posteriormente, arrumou a cama, guardou as coxas e deu uma rápida organizada no móvel do quarto. Antes de descer as escadas para ir para a cidade, fez suas orações e tomou o café, despedindo-se dos familiares e saindo da residência.

A grande vila era calma e tranquila, somente alguns prédios reinavam por ali, juntamente com as lojas de roupas e utensílios para as moradias. Havia apenas um Pokécenter, juntamente com o Mart e o Ginásio Pokémon. Mas, no fundo daquele bairro, a usina de energia elétrica mantinha tudo funcionando. Nem mesmo existia a Delegacia e a cadeia, afinal qualquer o roubo que ocorria, os cidadãos avisavam o Padre local que dava assistência para os ladrões, construindo casas e alimentando os mesmos. Aquele lugar era o paraíso, com exceção das estranhas mortes que ocorriam com os Clérigos, o que deixava os moradores preocupados.

Em alta velocidade, o adolescente começou a correr, queria encontrar-se com seu amigo, filho da líder daquele lugar, os dois tinham a amizade sadia e duradoura, nenhum deles tolerava qualquer tipo de maldade e atos ofensivos, cresceram juntos e eram como irmãos. O jovem finalmente chegou perto da casa do parceiro, tocando a campainha e notando os detalhes de cada parede.

A casa mantinha um estilo moderno de arquitetura, a coloração era vermelha e azul, o teto era diagonal de forma que a água da chuva escorresse e evitasse possíveis rupturas no lugar. Na frente da entrada havia um pequeno jardim com flores e árvores grandes. A cor das pétalas combinava de forma harmoniosa com toda a habitação.

Logo, uma bela mulher com olhos azuis, de pose elegante e com o avental na cintura abriu a porta, dando de cara com o adolescente. Em seguida, ela sorriu e entrou novamente chamando o filho e convidando o jovem a entrar na residência.
- Venha, estou terminando de fazer o almoço. O Tiago está lá em cima, pode ir lá. – Respondeu a moça, voltando para a cozinha e provando o feijão, sentindo o gosto bom e desligando o fogão.

O garoto começou a subir as escadas lentamente, de modo que observasse a decoração colorida e pacífica da casa, não havia cor forte naquele lugar, somente o azul e o vermelho reinavam por ali, mas nada que despertasse muita atenção. Contudo, o quarto onde o amigo do menino estava, era muito bagunçado, as revistas em quadrinhos permaneciam no chão, a roupa pendurada na cama.

Rapidamente, o dono da casa percebeu a entrada do jovem, cumprimentando o mesmo e convidando-o para jogar Videogame, provavelmente mais uma partida de Pokémon, jogo que o adolescente insistia em zerar, mesmo perdendo tantas vezes pela elite de Unova.

- Por que você ainda tenta vencer seus oponentes, mas na vida real fica receoso em aprender novas formas de batalha? – Disse o rapaz, entrando no cômodo e colocando a mão na cabeça.

- Oras, preciso vencer estes adversários para usar meu aprendizado nas lutas com meus Pokémons! – Gritou o jovem, fazendo sua voz ecoar pela casa.

- Está bem, sei que está ansioso pelo “Pokémon Y” que vai lançar, mas vamos treinar lá fora. – Falou o adolescente, desafiando o amigo, que olhou com confiança para o mesmo.

-Como queira. Sua derrota será eminente, caro Tucciano! – Esbravejou o garoto, olhando para as árvores e vendo seu parceiro alçar voos curtos e graciosos.

- Tiago, vamos ver se você só joga bem ou luta de verdade! – Disse o menino, descendo a escada e indo para o centro da cidade, onde havia uma grande fonte luminosa, aquela era a estratégia que a cabeça do herói já estava planejando.

-Espera aí! – Gritou o companheiro, chegando perto das raízes do objeto vivo e vendo a criatura semelhante a um esquilo plainando sobre o ar. – Bayer, é hora da batalha!

Logo, o belo monstrinho começou a descer de forma lenta e segura, aterrissando do lado do treinador que estava de frente para o amigo, que sorriu de animação, ordenando ao Plusle que entrasse no campo de duelo. Movimento que o Pokémon cumpriu sem discussões. Tucciano estava animado, seu coração parecia saltar de tanta ansiedade.

- Vamos lá! – Esbravejou Tiago, preparando para ordenar o primeiro ataque.

- Venha almoçar! – Falou a mãe do treinador, fazendo o mesmo ficar triste e desanimado.

- Mas estamos começando a nossa batalha... – Disse o rapaz, olhando para o amigo que ficou confuso e sem saber o que dizer.

- Pois decreto o empate. A comida está pronta, traga o Tucciano também. – Gritou a mulher, mostrando sua rigidez na educação do filho.

Rapidamente os dois voltaram para a casa de Tiago e os seus Pokémons vieram junto, estes estavam famintos, pois os treinadores se concentraram apenas em dormir e jogar videogame, por isso exigiam um almoço bom e saudável, nada de rações com gosto ruim. A mãe do menino aproximou-se com delicadeza, trazendo a salada e os talheres, indicando que os jovens deviam ir até o fogão e pegar os alimentos.

- Vou trocar de roupa, creio que hoje virão alguns desafiantes, preciso treinar meus pequenos guerreiros. – Falou a bela moça, subindo as escadas e indo em direção ao quarto.

- Me servirei. – Disse Tucciano, chegando perto da panela de arroz e colocando pequenas porções, repetindo o gesto com o feijão, o macarrão e a carne de porco (O criador de Pokémon falou que existem animais no mundo dos Pokémons, por isso incluírei-los aqui).

- Puxa, você educado demais cara, “tou” com muita fome. – Pronunciou Tiago, enchendo o prato de comida e comendo com voracidade.

- Está bem, mas você esqueceu-se de rezar... – Falou o rapaz, colocando as mãos juntas e fazendo um rápido gesto, orando com tranquilidade e voltando a colocar a colher na boca.

- Foi mal, hehe. – Disse o amigo, repetindo os movimentos e ficando com vergonha.

- Ainda quer a batalha? Ou deixamos para amanhã? – Perguntou Tucciano, engolindo a comida e levando o copo de refrigerante à boca.

- É melhor descansarmos, afinal teremos que partir em breve... – Pronunciou o jovem, entristecendo-se ao pensar que deixaria sua mãe e os confortos da casa.

- Existem vários líderes por este continente, temos que conhecer terras novas, fazer amizades e realizar nosso sonho, mesmo sendo eles diferentes. – Disse o garoto, imaginando cada desafio que passaria para atingir sua meta.

- Sim, eu serei um dos Tops Trainers do mundo Pokémon. – Falou Tiago, lembrando de todo treinamento que estava passando.

- Minha vida consistirá em ser o “Padre Guardião dos Pokémons lendários”. Não deixarei que incomodem o descanso deles e nem tragam a destruição para o planeta! Defenderei meus amigos com minha própria vida e descobrirei quem está assassinando os nossos párocos... – Gritou Tucciano, mordendo os lábios de raiva e indignação.

- Iremos trilhar nossa jornada juntos, somente nos separaremos quando vencermos o último líder, afinal a Liga Mundial me espera. – Esbravejou Tiago, levantando da cadeira e sorrindo de animação.

Logo, os dois amigos se despediram e foram dormir, somente a mãe do jovem bagunceiro estava no ginásio, faltavam mais duas lutas para encerrar o expediente dela. Mas, mesmo com o cansaço ela conseguia vencer seus oponentes. O intervalo de batalhas durava apenas 5 minutos e com sua estratégia infalível, venceu todos os treinadores sem perder nenhuma vez.

Tucciano chegou em sua casa e deitou na cama, pensando na tranquilidade daquela cidade e como os Padres locais foram assassinados de forma brutal. Quem seria o responsável daquela violência toda, por que matavam os pobres clérigos que ajudavam os presos e mantinham a ordem na vila. No entanto, o jovem estava com muito sono, passou o dia inteiro conversando com Tiago e jogando 3ds com o mesmo. Graças ao sistema de comunicação mundial, eles conseguiram lutar virtualmente contra vários adolescentes.

Entretanto, vários barcos aportaram no porto da vila, trazendo vários soldados da equipe Galactic, trajando os novos uniformes da organização. Rapidamente o administrador que tinha cabelo azul desceu do maior navio que havia por ali, trazendo estranhos aparelhos na mão. A paz do continente seria interrompida e os cidadãos iriam se revoltar com os vilões.

Assim, a noite passou de forma misteriosa, com os estranhos agentes invadindo a cidade e amedrontando todas as pessoas. Até mesmo a líder do ginásio estava desesperada, chamando todos os treinadores da cidade para expulsarem os invasores.

Mas, os bandidos vieram com os três comandantes da corporação vilã, que venceram os iniciantes e davam sérios problemas aos defensores mais avançados. O barulho era assustador, gritos de medo ecoavam por toda parte, qualquer habitante iria acordar com toda a agitação.

Tucciano acordou de modo rápido, desceu as escadas correndo, encontrando-se com o amigo que estava na porta de sua casa, informando que a mãe deste havia desaparecido e que a cidade inteira estava lutando contra estranhos soldados, que roubavam casas e faziam outros cidadãos de reféns.

- Temos que fazer algo, vamos ajudar nossos amigos. – Gritou o herói, chamando Plusle e indo na direção da confusão, percebendo os vilões entrando na loja de roupas.

- Não! – Exclamou Tiago, correndo de desespero, ele queria salvar a loja onde sua mãe comprava as roupas e trazia alguns jogos para o garoto.

- Cala boca. – Respondeu uma mulher, surgindo de trás da vitrine, barrando a entrada do adolescente. – Vá brincar com seus bonequinhos!

- Você me paga, eu tenho 17 anos! Vão embora desta cidade! Vamos acabar com eles, Bayer! – Falou o rapaz, vendo o Pokémon se posicionar para a batalha.

- Tolo! – Disse a mulher, jogando a Pokébola no chão e liberando uma espécie de macaco com chamas no rabo e coloração azul na parte superior do corpo.


Pokedex Enter

Emolga (Bayer)

Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) 587

Definição: Guerreiro dos Céus
Aparência: Esta pequena criaturinha consegue plainar sobre os céus, abrindo as asas e pegando as correntes de ar que passarem por ali. Suas bochechas amarelas carregam fortes correntes de eletricidade, é um fortíssimo aliado devido ao seu tipo Eletric e Flying.

Técnicas:


Agility
Volt Switch
Aerial Ace
Substitute

Monferno

Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) 391

Definição: Macaco das chamas
Aparência: Sua velocidade e agilidade é um fator essencial de sua habilidade, ele consegue se mover rapidamente pelas árvores, impressionando os adversários. A cauda flamejante serve para armazenar o fogo e liberá-lo na hora certa, causando danos graves.

Técnicas (Marte)


Mach Punch
Flame Wheel
Acrobatics
Dig

Pokedex End


Enquanto isso, Tucciano corria na direção da líder de ginásio que estava passando altas dificuldades com tantos adversários, até mesmo os idosos estavam lutando com seus Pokémons. Nenhum dos cidadãos queria ação dos vilões no continente.

Logo, o herói chegou na frente de um homem com cabelos azuis e desafiou o mesmo para uma batalha, querendo saber o que eles queriam num lugar tão pacífico como aquela região.  Mas, o adulto acabou rindo de ironia, puxando a Pokébola do bolso e jogando no campo de batalha.

- Pergunte aos meus Pokémons! – Gritou o vilão, mostrando sua roupa de administrador que acabou assustando o outro jovem. – Meu nome é Saturn, sou o responsável por essa invasão.

- Como queira, farei vocês voltarem para o inferno! – Exclamou Tucciano, pedindo a Plusle que saltasse para o meio da fonte, onde a batalha iria acontecer.

E assim, o ataque repentino da equipe Galactic interrompe a paz daquela cidade, qual seria o objetivo da organização ao invadir um lugar tão tranquilo e remoto? E por que tantos Padres foram assassinados de forma brutal, seria algum objeto de valor que eles guardam? A cada dia o tempo traz mais mistérios que aos poucos serão solucionados. Poderá a determinação de Tiago vencer a vilã Marte? E a justiça do herói conseguirá expulsar os invasores de Voltre City? Espere e verá.


Continua...


Considerações Finais.

Este capítulo foi centrado no nosso protagonista Tucciano, mas apresentou Tiago, o filho da gym Leader que vocês já devem ter descoberto quem é. Na próxima parte, haverá mais acontecimentos, tentarei fazer o de Cyrus agora, se não der, encerrarei o desfecho dessa invasão da equipe Galactic. Espero que tenham gostado, não descrevi o Tiago porque a roupa dele descreve a importância e revela quem é a mãe dele também, desculpe por eu não ter o descrito.


Última edição por Thepikachu385 em Seg 8 Jul 2013 - 14:23, editado 1 vez(es)
Pikato
Pikato
Membro
Membro

Masculino Idade : 24
Alerta Alerta :
Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Right_bar_bleue

Data de inscrição : 18/05/2013

Frase pessoal : Voltei^^


Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Empty Re: Pokémon Forgotten Tears (Third Stage)

Mensagem por Black~ em Seg 8 Jul 2013 - 13:55

Bom, vamos lá.

Capítulo interessante, mostrando o novo personagem. Parece que agora que a nova região foi revelada, com a história desses personagens e a líder também, parece ser alguém que você já falou, mas eu sinceramente não tenho a menor ideia de quem seja.

Eu achei interessante essa referências religiosas que você colocou na fic, é algo que pra falar a verdade, nunca tinha visto numa fanfic. Os personagens ficarem rezando, ter igrejas na cidade, ter referências a padres, etc, mas enfim.

Eu senti que faltou você dizer que tipo era a líder, ou citar algum pokémon dela, mas não sei se você quis deixar esse mistério pra justamente não dar pista de quem é ela e deixar esse mistério pro próximo capítulo -q, mas enfim.

Acho que o Red descobrirá que a Equipe Galactic estará nesse continente e irá até lá pra lutar contra eles, e conhecerá o Ticciano e virará amigo dele e aquela história toda -qq. Mas enfim, acredito que eles realmente vão se encontrar.

Senti que em algumas partes a narração ficou um pouco acelerada, um pouquinho mais de detalhes poderia ter sido mais interessante, mas enfim. Erros também acho que não vi nenhum, se vi foi um ou outro, mas nada muito grave.

É só e boa sorte com a fic.
Black~
Black~
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Right_bar_bleue

Data de inscrição : 27/02/2011

Frase pessoal : The winter has come


http://pokemonblackrpgforum.forumeiros.com./

Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Empty Re: Pokémon Forgotten Tears (Third Stage)

Mensagem por Pikato em Qua 10 Jul 2013 - 15:36

Olá pessoal, parece cedo para eu postar, mas vou lhes presentear com a história desta nova região, explicando oque significam os Padres Guardiões e tudo mais. Espero que gostem, quem irá contar tudo será o Tucciano, meu personagem na fic, hehe.

Bem, vocês podem adivinhar o nome desta nova região agora? Podem fazer a tentativa, lembrem que vem de Cruz, quem acertar ganhará uma participação na estória no próximo capítulo já.


Pokémon Project Ômega
Extra Chapter: The Relic.

Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Anim_9d8c6259-f51a-4f84-0106-ee73068f43a4

Olá, meu nome é Tucciano e vou contar para vocês a história de minha região. Primeiro focarei nos detalhes principais dela. Seu formato se baseia numa cruz, estranhamente formada quando a primeira guerra contra a Order of Time iniciou-se. Nesta época haviam somente vilas, cada uma reunia sua característica principal, os defensores delas eram chamados de Guardiões.

Os próprios habitantes do lugar lutavam para defender a honra e proteger o símbolo dos lendários. O emblema parecia com as insígnias que os Gym Leaders recompensam aos treinadores, mas a diferença estava em cada objeto. Os Pokémons mais fortes de Sinnoh e Hoenn continham a marca de pedras preciosas, como Pearl, Ruby, Sapphire, Emerald e Diamond. Contudo, a necessidade de guardar tais tesouros levou aos chefes dos acompanhamentos a enviarem seus guerreiros para outras ilhas.

Entretanto, o meio de navegação consistia em barcos e navios, já que as pessoas ainda não conheciam as habilidades totais dos monstrinhos. Por isso, cada viajante acabava interceptado e morto pelos membros da primeira equipe vilã existente, a que eu citei acima. Eles eram compostos de várias denominações com nomes estranhos, que envolviam as letras do alfabeto no meio do “apelido”.

O chefe deles era conhecido como Hugzio, como percebem a letra Z está dentro do codinome. Ele sempre agiu de forma cruel, torturando seus inimigos e fazendo-os falar, mesmo que fosse obrigado a cortar os membros do prisioneiro. Nesta época, alguns discípulos de Pedro, um homem que ousou desafiar o domínio desta organização maldita, reuniram-se para decidir o futuro dos seguidores do Apóstolo.

- Devemos fazer algo e urgente. Estes caras são Romancers (no contexto da estória são os romanos), se descobrirem o que planejamos fazer vamos virar mártires igual nosso mestre (Pedro). – Gritou o mais alto, com barba branca e túnica vermelha, juntamente com suas sandálias marrons.

- Entendo, mas precisamos decidir onde ficaremos, ficar fugindo não vai dar certo. Todos nós sabemos que os nossos inimigos querem a relíquia. – Disse o comandante de todas aquelas pessoas, eram 10 no total. Contudo, a vestimenta azul com a Cruz no meio destacava-o dos outros.

- Se eles conseguirem este objeto... – Falou um dos homens ali presentes.

-Eu sei, irão despertar a ira do Pokémon mais forte deste mundo... – Murmurou o líder do grupo.

O objetivo da Order Of Time era obter a relíquia que era um Crucifixo que o Apóstolo Pedro recebeu do arcanjo Miguel, ela brilhava fortemente como o sol. O general dos anjos informou que aquele tesouro jamais poderia cair nas mãos da organização maldita, senão grande parte do planeta seria destruída com a fúria dos Pokémons lendários.

Mais tarde, o comandante do grupo dos seguidores do sábio decidiu ter a conversa com o ser celestial, implorando algum tipo de facilidade que pudesse facilitar o trabalho de transportação. Com o pedido, o enviado dos céus formou vários objetos com os símbolos de cada criatura defensora de algum elemento.

Depois de algum tempo, os discípulos de Pedro espalharam-se sobre o mundo Pokémon, vindo a fixar em vários lugares diferentes e que não chamassem atenção. Eles foram separados em grupo de 2, para que conseguissem defender do ataque dos vilões.

Logo, cada vila dos continentes tinha um guardião que iria protegê-la com suas vidas. No entanto, como eles eram poucos surgiu a necessidade de ampliar o número de protetores, com o objetivo de guardar as relíquias com segurança. Contudo, a Order Of Time foi conhecida pela sua extrema inteligência, infiltraram espiões nas pequenas cidades e obtiveram cinco das relíquias.

A ação repentina dos vilões assustou o seguidor principal de Pedro, pois vários lendários começaram a ser despertados e causaram grandes destruições, parando todo o desenvolvimento tecnológico que estava começando a acontecer. Com essa crise aproximando, o líder dos heróis enviou o pedido para cada discípulo, ordenando a formação de novos defensores.

Os anos se passaram e a organização maldita atacou todas as vilas, saqueando e matando os habitantes. Mas, onde havia pelo menos um dos guerreiros sagrados, a segurança foi mantida, pois eles sabiam as várias técnicas das batalhas Pokémon.

Entretanto, num certo momento da guerra, o primeiro Guardião foi morto pelos soldados dos Romancers e estes conseguiram obter a relíquia que guardava o monstro mais forte daquele planeta. Contudo, o líder dos discípulos estava pronto para enfrentar o chefe dos inimigos, lutando bravamente contra o mesmo e o derrotando com estratégias fenomenais.

Hugzio ficou furioso e mandou seus membros espalharem-se e fazerem várias cópias falsas das relíquias dos guardiões. Mas, o que o chefe deles não contava era com as ações repentinas dos Protetores que tiveram a permissão do Arcanjo Miguel de quebrarem o tesouro principal e ficarem com cada parte.

Logo, a Order Of Time desistiu dos ataques e voltou para a sua região, guardando-se intactos por muito tempo, com exceção da vez em que foram derrotados pelo continente vizinho que guerreou com tecnologias superiores, obrigando a organização ser levada ao fim.

Com a paz instaurada nas regiões, os habitantes começaram a ter o forte desejo de serem guardiões e seguindo os ensinamentos do chefe dos discípulos espalharam-se para todos os lugares do mundo inteiro. Nesse momento, os guardiões eram chamados de Padres, pois a vila sentia como se eles fossem realmente pais do lugarejo.

Já o comandante dos protetores recebeu o nome de Papa por causa de suas ordens rápidas e certeiras que fizeram os inimigos recuarem. Ele era considerado o progenitor deles, por isso recebeu este nome carinhoso. Graças às ações dos Paladinos da Justiça, a tecnologia avançou de modo admirável, ganhando sua dimensão virtual em pouco tempo.

É por causa desse motivo que me tornarei um Padre Guardião, protegerei os lendários e paz de meu continente, afinal possuo uma parte da relíquia que o meu amigo me passou quando sentiu a morte aproximando. Contudo, os assassinatos dos clérigos iniciaram-se antes da minha época de nascimento. E assim, muitos habitantes fundaram os acampamentos por medo de serem arrastados para a morte também. Os mistérios invadem a cabeça de cada pessoa, o que aconteceu com a Order Of Time? Onde estarão as partes verdadeiras da relíquia?


Continua...?


Bem, como percebem, me retive a descrever algumas coisas, meu propósito era contar a história dessa região, desculpem-me pelos erros de repetição e talz. Obrigado pela leitura, espero que tenham entendido e se atentem a esse capítulo, os acampamentos citados no final ainda existem e entrarão na estória em breve.
Pikato
Pikato
Membro
Membro

Masculino Idade : 24
Alerta Alerta :
Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Right_bar_bleue

Data de inscrição : 18/05/2013

Frase pessoal : Voltei^^


Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Empty Re: Pokémon Forgotten Tears (Third Stage)

Mensagem por Black~ em Qua 10 Jul 2013 - 20:03

Bom, vamos lá.

Dessa vez eu não vou fazer um comentário "maior". Vou citar apenas o que eu considerei importante. Primeiramente, você me disse que a história não tem nada a ver com religião, mas sei lá, essa história do continente ser uma cruz, o objeto ser uma cruz, de Apóstolo e Arcanjo é bem "diferente". Aquela parte do Padre eu até entendo, mas os outros... Enfim. Eu achei diferente os personagens terem nomes italianos, mas ai você explicou que eram os romanos, então por isso eles têm esses nomes italianos -q, mas enfim. Eu gostei de você ter feito isso pra dar uma melhor noção do continente. Mas senti que ficou um pouco confuso de entender algumas partes como você mesmo disse. Mas enfim.

É só e boa sorte com a fic.
Black~
Black~
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Right_bar_bleue

Data de inscrição : 27/02/2011

Frase pessoal : The winter has come


http://pokemonblackrpgforum.forumeiros.com./

Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Empty Re: Pokémon Forgotten Tears (Third Stage)

Mensagem por ~Jhonn em Qui 11 Jul 2013 - 19:03

Dae ThePikachu, depois daquelas Mps e tudo mais, finalmente parei pra ler a Fic.Desculpe não ter lido antes é que ela é muito grande e eu presciso de tempo pra poder ler e tentar entender.Mais enfim, gostei da Fic pois passa no Futuro e eu adoro coisa sobre o futuro, filmes de viagem no tempo e coisas semelhantes.Achei legal essa união de Chefões trabalhando juntos para conseguirem oque quer.Vendo do meu ponto de vista o Red será o ''Goku'' da Fic, o ideal é as pessoas conhecerem mais ele ele não é só um personagem de um jogo, um personagem de mangá é um carinha com pokémons fodão.É hora de mostrar quem realmente o Red é..Cara eu confesso que me surpreendi depois daquilo tudo o que o Ash fez, eu nunca ia imaginar que um dia ele tomaria esse caminho, sempre imaginei ele um adulto rebelde e tals mais ISSO me surpreendeu, assistir o ash no anime nunca mais será a mesma coisa depois de hoje :0.Estou aguardando o próximo capítulo, NÃO DESISTA.
~Jhonn
~Jhonn
Membro
Membro

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Right_bar_bleue

Data de inscrição : 21/02/2012


Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Empty Re: Pokémon Forgotten Tears (Third Stage)

Mensagem por Pikato em Qui 18 Jul 2013 - 15:41

Bem, este capítulo centralizará em outro protagonista, vocês já conseguem adivinhar quem é? Ele vive atualmente num dos lugares mais desconhecidos do mundo Pokémon e já foi um dos vilões mais legais. Já sabem a resposta? Descubram agora^^

obs: Minha cabeça tá quente de tanto escrever o.o Por isso, depois edito com os comentários e a música.


Pokémon Project Ômega
Parte 6: A Spy in The Hell.

N
Distant Ocean 3F 18/07/13 13h31mi
n

O sol já estava nos seus últimos raios de esperança e a noite fria e solitária aproximava-se de modo lento e misterioso. A lua aguardava ansiosamente a hora em que iria assumiu a liderança e os Pokémons preparavam suas camas com pequenos gravetos. As pessoas daquele grande hotel não permitiam que os monstrinhos selvagens dormissem lá, por isso as criaturinhas tinham que fazer os leitos nos gramados espessos.

Enquanto isso, um jovem caminhava lentamente em direção ao laboratório de Styler, o novo cientista do Project Ômega. Assim que Colress fugiu do lugar, o temível estudioso acabou assumindo os estudos no elemento recém-descoberto. O Imperador L ordenou ao vilão que descobrisse novas utilidades para aquele estranho objeto.

Mas, o herói de camisa branca, calça bege e cabelo verde claro, estava determinado a descobrir os planos do chefe de toda a organização. Por causa dessa atitude, acabou infiltrando nos Ranks mais altos do Projeto, ganhando a confiança de todos os vilões. Contudo, o adolescente recebera na manhã daquele dia, uma mensagem de Ghetsis, exigindo a presença do membro na reunião.

Somente o pesquisador do grupo maléfico estava desinformado sobre o evento que aconteceria às 14h00min, pois esquecera o celular na cama. N bateu na porta do centro de experiências, esperando alguma resposta. Entretanto, o homem parecia estar ocupado fazendo os testes na esfera desconhecida. Sem se importar com a ação do experimentador, o garoto entrou dentro daquela localização, observando as fotos e os troféus que estavam na pendurados na parede.

Logo, o jovem aparentava estar com medo e gritou fortemente a informação: “Encontro de Mestres às 14h00min, não esqueça”! No entanto, o cientista queria conversar com alguém e respondeu a frase: “Sim, estou indo aí”. O rapaz estava tenso e com pressentimentos ruins, afinal ajudara Colress a escapar da equipe.

Rapidamente, Styler surgiu de trás das sombras, acendendo as luzes do local e mostrando todo o trabalho que tinha realizado. Havia várias armas espalhadas sobre as mesas, juntamente com Pokébolas, poções e antídotos. O vilão tinha aproveitado cada fragmento que retirou do elemento.

- O que é isso? – Perguntou N, ficando assustado ao ver as ferramentas que o bandido conseguira obter.

- Aprimorações, como percebe obtive o Mega Potion, que além de recuperar 300 de energia, consegue aumentar a Stamina do Pokémon. O X-Max Repel tem a função de repelir cada monstrinho selvagem e dura 12 horas. A Lendar Ball, captura qualquer lendário que conseguir imaginar, até mesmo os que possuem bloqueio, permitindo somente ao “escolhido” capturá-lo. – Falou o chefe da Dark Star, com sua roupa roxa e chapéu da mesma cor obscura.

- Incrível e quantas Pokébolas você obteve? – Indagou o jovem, permanecendo preocupado ao pensar nas consequências do invento.

- Curioso... Mas, gosto de gente assim, consigo obter a quantidade de 20 esferas de captura por hora. E ainda há minha obra-prima. A “Localizator Of Enemies” que rastreia todos os Pokémons, onde quer que eles estejam. Enfim, me ajude a levar minhas invenções para a reunião. Hoje mesmo informarei nosso próximo passo. Graças a mim, Saturn descobriu uma nova região, com características inéditas.  – Disse Styler, procurando caixas para transportar os objetos.

- Sim... – Devolveu N, mas ficou preocupado com todas as inovações que o vilão tinha conseguido inventar.

Logo, os dois homens chegaram à sala onde estavam reunidos cada chefe das equipes, todos olhavam calmamente e observavam os detalhes do armamento do pesquisador. Contudo, quem mais gostou dos inventos foi o Imperador L , que sorriu de ironia ao olhar para o estudioso. O herói de cabelos verdes se sentia como um peixe fora da água. Seria morto, caso alguém descobrisse da traição, ninguém poderia desconfiar dele.

- Meus caros amigos, nossos recursos estão prontos. Com isso, nenhum lendário poderá fugir de nós, em breve teremos o poder e a vingança que tanto desejamos. E despertaremos a fera mais temida de toda a humanidade. Archie, apresente-os ao monstro da existência. – Falou Styler, apontando para o telão que havia na sala.

Rapidamente, um vídeo de um Pokémon branco com detalhes saindo do corpo surgiu no transmissor, aterrorizando os chefes e provocando gargalhadas no “Rei” deles. Depois, cenas de destruição causadas pela criatura começaram a ser mostradas, e a frase principal ecoou no ouvido dos presentes.

- Humanos tolos, até quando me manterão preso? Chegou a hora da destruição total, libertem-me!  - Gritou o desconhecido, soltando fortes gritos, que perturbavam os ouvidos dos homens.

- Agora vocês me perguntam, como isso é possível? Por que o chefão do Mundo Pokémon iria contatar-nos e enviar estas imagens? Tudo graças à equipe Chaos, conhecida anteriormente como Order Of Time! Eles libertaram o Protetor da Vida e nós faremos o mesmo, aquele que não nos obedecer, será devorado por Arceus! O que acham? – Indagou Styler, esperando a resposta.

Logo, as palmas começaram a invadir a tranquilidade do local, os líderes das equipes mais maléficas do planeta estavam contentes com o objetivo proposto pelo cientista. Somente Cyrus ficou em silêncio pensando nas consequências dos atos maldosos daquelas pessoas. O dono da Equipe Galactic já tinha tomado sua decisão, não acataria com a maldade dos vilões, fugiria na próxima oportunidade que encontrasse.

- Bem, obrigado pela aclamação. E incumbirei ao nosso membro N de explorar o território do novo continente e obter a chave para libertarmos nosso alvo? Você irá recusar? – Perguntou o bandido, indicando que sabia da traição do adolescente.

- Sim... – Disse o rapaz, colocando a mão na cabeça e ficando assustado.

- Haha, começaremos os preparativos daqui a alguns meses, desenvolverei os “potenciais humanos” agora. – Falou Styler, olhando para cada vilão e sorrindo de ironia.

N estava curioso e confuso, o que o cientista estava querendo dizer? Qual era o próximo projeto que trabalharia? Arriscando ser descoberto, o jovem aproximou-se do Imperador L e indagou o que significava aquela meta que o pesquisador tinha mencionado.

- Imagine ter o poder dos Pokémons! Sinta a força saindo de você, mande um Fire Blast no moleque intrometido que atrapalhar seus planos. É somente isso, meu pupilo. Dar-te-ei uma parte dessa energia, assim que ele obter do elemento.  – Disse o Comandante de todos, indo na direção da saída daquela sala.

- Mas e como se chamará esta pedra que ele achou? E esta equipe, qual o nome dela? – Perguntou o jovem, olhando nos olhos do vilão e vendo o olho malvado que este possuía.

- Ômega e a nossa organização será chamada de Order Of Space! Dominaremos tudo e destruiremos qualquer um que se oponha a nosso reinado! – Falou o chefe, despedindo-se do adolescente e sumindo no escuro.

- Droga... Como irei parar isto? – Gritou N, chorando de desespero.

- Haha, eu sabia que você era o traidor! – Exclamou uma voz rude, surpreendendo o rapaz.

- Quem é você? – Perguntou o garoto, ficando preocupado e com medo.

- Archie, o dono da equipe Aqua! – Disse a voz, aproximando-se e revelando ser o homem de cabelos azuis, roupa preta e cabelos pretos, com a bandana de pirata na cabeça.

- Eu não traí ninguém! – Respondeu N, tirando a Pokébola do bolso e preparando para a batalha.

- Calma... Estou sem paciência para batalhas, deixo-lhe apenas o aviso. Caso traía-nos, eu mesmo falarei com o Imperador e limparei meus sapatos com seu sangue! – Falou Archie, sorrindo de ironia e indo na direção da porta, deixando o jovem sozinho.

- Oh Meu Deus, agora este idiota vai ficar me vigiando, tenho que sair deste lugar e o mais rápido possível. – Suspirou N, sentando numa cadeira e descansando o corpo.

Contudo, mais sombras aproximaram-se do rapaz, eram altas e esbeltas e tinham formatos diferentes. Logo, elas se revelaram de modo lento, mostrando que era Maxie e Giovanni. Os dois pareciam preocupados com o futuro da organização e acomodaram-se perto do jovem de cabelos verdes.

- Temo que esta libertação do Arceus traga a destruição para o Mundo Pokémon... – Disse o dono da equipe Magma, olhando atentamente para as atitudes do amigo.

- Sim... Mas, precisamos nos vingar e obter nossos lendários... – Respondeu o chefe da Rocket, olhando diretamente para o herói. – O que acha?

- Quero ir embora daqui, é muito arriscado o que estamos fazendo, esse Imperador L pode até nos matar... – Falou N, suspirando de tristeza e medo.

- Com certeza, mas estas duas organizações podem trazer muitos problemas para nós, temos que ficar de olho, na hora certa atacaremos. – Sussurrou Maxie, pensando na rebelião que queria provocar.

- Chega, eu não quero ajudar ninguém... Vou aproveitar minha vida e protegerei os Pokémons, estou cansado de ser espião... – Disse o adolescente, levantando da cadeira e indo na direção da saída.

- Por favor, em breve atacaremos e tomaremos o poder do Imperador, ajude-nos. – Terminou Giovanni, fechando os olhos e esperando a resposta.

- Contem comigo... – Finalizou o rapaz, sumindo na escuridão e deixando os dois chefes conversando.

- Acha que ele vai desconfiar? – Perguntou Maxie, olhando para o amigo.

- Claro que não, assim conseguiremos obter nossos objetivos e eliminaremos esse problema... – Falou Giovanni, rindo de ironia e pensando na farsa que tinha armado.

Logo, o cenário obscuro tomou conta daquele prédio, onde passos dos soldados ecoavam por toda parte, eles vigiavam cada movimento ouvido, até mesmo censuraram N por estar ouvindo música naquela hora. O jovem tentava se distrair de várias formas, mas sempre que encostava a cabeça na cama, sentia a impressão de ter algum assassino no quarto.

A noite passava de forma lenta e aquilo atormentava o pobre adolescente, que estava morrendo de medo, nunca fizera um trabalho tão perigoso na vida. O futuro era incerto, poderia dormir e acordar nos portões do céu. Mas, o garoto ficou mais assustado quando ouviu a conversa de dois agentes, eles falavam que devia localizar o traidor de toda a equipe.

O quarto onde o homem ficava não era grande, as paredes eram azuis, o piso da mesma coloração, havia um computador na parte lateral de lá. O 3ds encostado numa mesa, cartas de TCG Pokémon no chão e as roupas no armário. Logo, o herói escondeu-se debaixo da cama e observou a sombra dos pés dos vilões que começaram a arrombar a porta. Mas, os mesmos eram fracos e acabaram desistindo, obrigando o protetor dos Pokémons a dormir naquele lugar sujo.

O que aconteceria com N? Os chefes das equipes irão conseguir eliminá-lo mesmo? Como Styler descobriu a traição? Por que Maxie e Giovanni fingiam estar do lado do treinador? O jovem terá a coragem de fugir do local ou pedirá desculpas para o Imperador L e continuará sua espionagem? E Cyrus conseguirá escapar da organização e achar sua amada? Que surpresas reservam a ação dos bandidos que querem libertar Arceus? Estas perguntas serão respondidas com o tempo, basta esperar...


Continua...

Capítulo focado em N e no mistério dele, como percebem ele é um espião e foi descoberto por Styler. Mas, também revelei um dos objetivos da Order Of Space. Não sei se notaram, mas a Order of Time é a Chaos, significa que o Ash, líder da Chaos, já foi membro dela. Enfim, deixei muitos mistérios né^^ Enfim, desculpem se cometi algum erro, ortográfico ou repeticional^^
Pikato
Pikato
Membro
Membro

Masculino Idade : 24
Alerta Alerta :
Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Right_bar_bleue

Data de inscrição : 18/05/2013

Frase pessoal : Voltei^^


Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Empty Re: Pokémon Forgotten Tears (Third Stage)

Mensagem por Black~ em Qui 18 Jul 2013 - 19:32

Bom, vamos lá.

Capítulo legal e tals, focado no N. Foi bem tenso também todas essas invenções do Styler, além desse plano dos caras de capturarem todos os lendários, e depois controlarem Arceus e controlarem o mundo inteiro, bem sinistro mesmo.

Eu queria saber como o Styler descobriu que foi o N que traiu a equipe ajudando o Corless a fugir. Aposto que foi com os itens doidos que ele fica inventando -qq. Brincadeira, mas eu gostaria de saber como foi que realmente ele descobriu, mas enfim.

Dessas invenções, acho que a Mega Potion é meio "inútil", visto que tem a Max Potion que recupera todo o HP do Pokémon, ou até mesmo o Full Restore, que além de recuperar todo o HP, ainda tira o Sleep/Burn/Freeze/Paralyzing, mas enfim.

O Maxie e o Giovanni são bem filhos da mãe mesmo né? Fizeram o N praticamente se confessar, fingindo que eles estavam o apoiando. No começo eu achei que fosse realmente verdade e que eles estavam contra o Imperador, mas não.

Erros eu devo ter visto um ou outro, mas nada que eu vá citar.

Enfim, é só e boa sorte com a fic.
Black~
Black~
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Right_bar_bleue

Data de inscrição : 27/02/2011

Frase pessoal : The winter has come


http://pokemonblackrpgforum.forumeiros.com./

Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon Forgotten Tears (Third Stage) Empty Re: Pokémon Forgotten Tears (Third Stage)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 4 1, 2, 3, 4  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum