Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Conte uma história, poste uma arte ou um vídeo! Confira os guias de jogos, tire suas dúvidas e compartilhe sua jogatina. Disputa batalhas online com jogadores e participe dos RPGs. Converse sobre qualquer coisa, poste memes, faça novos amigos! Só não deixe de logar ou se inscrever.
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Pikalove


Participe do fórum, é rápido e fácil

Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Conte uma história, poste uma arte ou um vídeo! Confira os guias de jogos, tire suas dúvidas e compartilhe sua jogatina. Disputa batalhas online com jogadores e participe dos RPGs. Converse sobre qualquer coisa, poste memes, faça novos amigos! Só não deixe de logar ou se inscrever.
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Pikalove
Pokémon Mythology
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Pokémon Black White: A aventura de Jackson.

Página 5 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ir em baixo

Qual o seu personagem favorito?

Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Barra21037%Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Barra210 37% 
[ 13 ]
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Barra21029%Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Barra210 29% 
[ 10 ]
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Barra21034%Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Barra210 34% 
[ 12 ]
 
Total dos votos : 35
 

Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Empty Re: Pokémon Black White: A aventura de Jackson.

Mensagem por cfox Sex 15 Jul 2011 - 14:16

Ahoy, Weegee.
Gostei bastante do capítulo. Não vi erros de ortografia, descrição, narração ou organização.
O tal jovem de cabelos ruivos e compridos me lembrou o Silver. Será que ele é o ladrão?
Estou curioso para saber sobre esses roubos no Museu.
Espero o próximo.

________________
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 IIwkRYaPokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 IIwkRYaPokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 IIwkRYaPokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 IIwkRYa
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 IIwkRYaPokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 IIwkRYaPokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 IIwkRYaPokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 IIwkRYa
look @ this young man
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 ALGS6KV
cfox
cfox
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Right_bar_bleue

Frase pessoal : mate imo mixup have been cunts throughout the fuck


Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Empty Re: Pokémon Black White: A aventura de Jackson.

Mensagem por Mich Sex 15 Jul 2011 - 23:48

Weegiee, novo capítulo, atrasado T.T.

Um Roubo Weegiee? Okay...

Afinal, gostei da batalha, Watchog fortenho hein? Anyway, GYM!!! Eu sabia que você não decepcionaria mermano.

Não achei erros, mas depois caçarei-os X_X.

Bem é isso, Weegiee, até mais, entregue os acps mais pontualmente menino.

________________
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 4wVyD
By Umbreon_Ice
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Microibraso


Pelos campos há flame
Em grandes proporções
Pelas ruas... Ah, dane-se essa porra.

LIFE
Mich
Mich
Membro
Membro

Masculino Idade : 24
Alerta Alerta :
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Right_bar_bleue

Frase pessoal : Why not to play along with the city?


http://micherlock.deviantart.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Empty Re: Pokémon Black White: A aventura de Jackson.

Mensagem por pikachu385 Qua 20 Jul 2011 - 11:29

Só uma palavra: Sensacional, perdi muitos capítulos hein? Enfím, hoje estou repondo meus erros, e agora é sua vez friend, como sempre descreveutudo, impressionantemente não achei nenhum erro, acredita? Gostei do começo da batalha, pobre Lenora, deu dó dela, enfím vamos ver como o garoto vai se sair na batalha, hehe. Boa sorte.

Buenas Sortes!
pikachu385
pikachu385
Membro
Membro

Masculino Idade : 25
Alerta Alerta :
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Left_bar_bleue1 / 101 / 10Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Right_bar_bleue

Frase pessoal : Pare de derramar sangue inocente Parry


Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Empty Re: Pokémon Black White: A aventura de Jackson.

Mensagem por Umbreon_NICE Qua 20 Jul 2011 - 22:55

PERAEW MOÇO! OSSOS DE GARCHOMP? Tentei imaginar um fóssil de Garchomp e nada veio na minha cabeça. Porque non escolheu um Dragonite? Ou um Stunfisk? Séria legar o fóssil de uma titica de galinha. .-.

Notei algo bem interessante, que eu acho que NINGÚEM notou ainda na sua fic. No lugar de colocar os típicos ''~X~'' você coloca um espaço grande, e isso aparece nos livros da série Crepúsculo, o que eu achei muito interesante.

No momento em que o rapaz ia comandar a fêmea, um homem de aparentemente vinte e dois, com um jaleco branco, sapatos pretos, uma calça branca, de cabelos castanhos, e de óculos redondos, desesperadamente saiu da escadaria, e correu até Lenora, que ficou confusa com a aparição repentina do moço.

- Lenora... – Falou o senhor, com muito cansaço por ter descido as escadas tão rápido. – O fóssil de Archen foi roubado!

- O que?! – Perguntou a líder, desesperada com o que o moço contou.

FORAM OS MUNNAS, EU AVISEI! Eu avisei Wee, os Munnas são traficantes de fósseis. Eu bem que avisei sobre eles, mas não... malditos Japas que inventaram os Munnas, vou exterminá-los um dia...

Tio, o nome certo de Catarina non era Catarine? Sério, pelo que eu me lembro, o nome dela é Catarine, e não Catarina. Tire essa duvida minha. Fiquei besta com isso de Catarina e blá...

Prevejo que a próxima batalha com a Leonora será MUITO MAIS quente que essa. Falta só a Leonora usar um Munna, ai acabou o mundo.

Sobre erros gramaticais não acheim muitos, estou gostando muito da sua Fic. Não está pecando em nada, continue assim.

Espero o próximo capítulo.

________________
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 SDxZ19i
Umbreon_NICE
Umbreon_NICE
Membro
Membro

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Right_bar_bleue

Frase pessoal : COMUNISMO ANTI SOCIAL


Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Empty Re: Pokémon Black White: A aventura de Jackson.

Mensagem por Gehrman Sex 22 Jul 2011 - 19:26

Yo, pessoal. Desculpem esse atraso, novamente tive problemas na quinta feira que me deixaram confuso =/ Mas, aqui está outro capítulo, hehe. Antes dele, vamos aos comentários.

Kakro: Obrigado, Manolo. O capítulo está um mistério mesmo, hehe. Non necessitamos de Sherlock Holmes –q Espero que goste desse capítulo. Boa leitura!

Fox: Que bom que gostou, hehe. Será? Espero que goste desse capítulo. Boa leitura!

Mich: Minha Net tava ruim ç.ç Enfim, que bom que gostou do capítulo, hehe. Que bom que gostou da pequena batalha de Gym. Espero que goste do novo capítulo. Boa leitura!

Pika: Pika voltou com tudo! \o/ Obrigado pelo elogio, hehe. Veremos então, hehe. Espero que goste. Boa leitura!

Umbreon: Achei que seria interessante um fóssil de outro dragão estar no museu, então coloquei o de Garchomp, hehe. Eu também não notei o que você apontou, acredita? xD Sim, o nome da Catarina é Catarina mesmo.=D Será que Lenora usará um Munna? e.e Que bom que está gostando da Fic, hehe. Boa leitura!

Gostei muito de escrever esse capítulo, manolos. :3 Espero que gostem!
_____________________________________________________________________________
Pokémon Black White: A aventura de Jackson

Capítulo 10: Crise em Nacrene [Parte 2]


- Lenora... – Falou o senhor, com muito cansaço por ter descido as escadas tão rápido. – O fóssil de Archen foi roubado!

- O que?! – Perguntou a líder, desesperada com o que o moço contou.

Em um momento desesperado, Lenora retirou a Great Ball de seu Watchog do bolso, e quando o raio de luz vermelha fez contato com o roedor, retornou o mesmo para dentro dela. Colocou a esfera no bolso, e falou para os garotos esperarem ali mesmo, pois ela tinha que resolver alguns casos.

Após dizer isso, agarrou o braço do homem que estava a seu lado, e correu com muita rapidez na direção da escadaria, e começou a subi-la, enquanto o homem que ela segurava fazia força para se soltar dela. Falou para o moço, que segundo ela é chamado Larry, andar logo, não podia deixar o museu ser roubado assim.

Os três amigos e a Patrat ficaram calados por um tempo, enquanto viram Lenora subir as escadas na velocidade de um Durant enfurecido. Na verdade, um pouco mais rápido. Jackson perguntou para seus amigos se deveriam seguir a líder para ver se o museu está bem. Ambos responderam que tanto faz. Então, Mike pegou a Pokébola de Ratty, e retornou a mesma.

Correram rapidamente na direção da escadaria escura. Entraram lá, e demoraram apenas um minuto e trinta segundos para chegarem lá, pois estavam correndo mais rápido que a última vez.

Quando chegaram naquela área, viram que o local estava quase intacto. O majestoso fóssil de Dragonite estava lá, objetos antigos também. Mas, quando se viraram para direita, viram a líder de ginásio e o homem olhando para uns pedaços de vidro. Isso mostrava que a pessoa, ou as pessoas, quebraram o vidro para pegar o fóssil. Ela estava apavorada, e suas mãos tremiam de raiva.

- Quando essa gente vai aprender que roubar é feio?! – Exclamou Lenora, batendo com força sua mão na madeira que fazia o vidro ficar de pé. O moço ficou com muito medo após ver isso.

Mike andou até a mulher, e colocou sua mão no ombro dela. Disse para se acalmar, pois isso não resolveria nada. Ela falou que tinha razão, mas não podia deixar o museu ser roubado assim em hipótese alguma. Pegou uma Pokébola que estava no seu bolso esquerdo. Apertou o pequeno botão branco da mesma, e um feixe de luz avermelhado saiu de lá.

Quando tocou no chão, o raio materializou-se em um Pokémon parecido com um cachorro. Sua face tem pelos cor de creme, formando um tipo de “bigode” em sua face. Uma pelugem azul-escura cobria a parte de cima de seu corpo, junto com sua pequena cauda. Esse Pokémon chamava-se Herdier.

Catarina retirou sua Pokédex rosada de seu bolso, e apontou na direção do cachorro. “Herdier, hã...” Pensou, enquanto a máquina se abria.


Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 507

Tipo: Normal

Herdier, o Pokémon cachorro leal. Sua pelugem azul-escura é utilizada principalmente para defender-se de ataques de seus oponentes, agindo como uma “armadura”. É um dos poucos Pokémons que não são sua forma final que aprende Giga Impact. Por anos, ele ajuda seus treinadores treinarem seus monstrinhos para batalharem.

A moça fechou a máquina, já sabendo o que deveria saber. A treinadora do cão aproximou-se dele, e ordenou, confiante:

- Herdier, ajude-nos a encontrar alguma pista! – Ordenou a moça, em um tom que deixou o cão um pouco assustado. Apontou na direção do objeto em que queria que seria identificado, e falou: – Fareje aquele vidro!

O cachorro correu rapidamente na direção do que Lenora falou, e começou a farejá-lo. Em meio minuto, ele parou de identificar o objeto, e foi até a entrada do museu. Quando chegou lá, começou a pular, enquanto apontava sua cabeça para a porta de madeira.

A líder, pronta para desvendar o mistério do roubo de seu magnífico museu, andou até o Herdier. Abriu a porta para deixá-lo passar, e falou para os três garotos seguirem-na, pois algo inesperado pode acontecer e ela precisaria de ajuda. O homem ia também, mas a mulher falou para ele ficar no museu, para ele deixar o mesmo com total segurança.

Os três acompanharam Lenora e seu Pokémon cão leal para fora do ginásio, deixando o homem um pouco frustrado, pois queria investigar o caso também. Em poucos segundos, os cinco já estavam na normal cidade de Nacrene. Catarina pediu para o cachorro se poderia mostrar o local de onde veio aquele cheiro.

O cão latiu feliz. Quando ele ia se mover na direção que originou o odor, a treinadora do cão falou para ele parar. O mesmo obedeceu, virando-se para sua treinadora. Ela andou até o amigo leal dela, e agachou-se.

- Está pronto, Herdier? – Perguntou de um modo calmo, enquanto acariciava a cabeça de seu Pokémon. – Nunca se sabe se poderíamos encontrar algum tipo de perigo.

Ele lambeu a perna da treinadora, com felicidade. Isso mostrou que sim. Então, virou-se para um lado em que uma cerca longa e branca separava a cidade de uma floresta bem conhecida por todos os cantos de Unova: A Floresta Pinwheel.

O cachorro começou a andar na direção do local, enquanto era seguido pelos três amigos e por sua treinadora. Andaram por alguns segundos, e quando chegaram perto da cerca, pularam a mesma, um por um. A origem do cheiro que o Herdier sentiu, vinha com certeza de Pinwheel. Enquanto corriam, Jackson perguntou à líder:

- Senhora, e se o Herdier errar a direção do odor? – Questionou o jovem, se sentindo um pouco preocupado.

- Sem chance. – Afirmou a líder, calmamente e com um sorriso no rosto. – Esse Herdier nunca falhou em sentir um cheiro em toda sua vida.

Afastaram-se um pouco da cidade, e naquela hora estavam em um local diferente da mesma. Uma continuação da cerca envolvia algumas árvores do local, alguns treinadores jovens andavam por aí, em busca de Pokémons para capturar. A outra parte daquela trilha passava por baixo do objeto de madeira, mostrando que ela realmente estava abandonada. Um portão praticamente igual ao que os jovens encontraram na saída da Rota 3 permanecia entre duas árvores. Era a passagem para a Floresta Pinwheel.

Herdier não ligou para nenhuma das coisas citadas. Apenas ficou correndo na direção em que achava que sentiu o odor, enquanto os outros quatro ficavam seguindo-o. A expressão corajosa do cachorro enquanto corria mostrava que ele estava pronto para desvendar aquele mistério.

Em poucos segundos, entraram no portão, e os cinco viram que a parte de dentro de lá estava toda arrumada. Mesas e cadeiras marrons estavam no chão, enquanto um homem que trajava uma camisa azulada cheia de bolsos, uma calça escura, um par de sapatos marrom, e uma gravata azul. Seus cabelos eram castanhos, e os olhos eram pretos. Sentava em um banco branco. Mike andou até ele, mas ficou um pouco afastado.
- Senhor, o que houve aqui? – Perguntou o rapaz, ficando nervoso para saber o que houve.

- Basicamente... – Começou o guarda, se levantando, calmamente. - ...Estamos investigando o caso do roubo do museu de Nacrene, que com certeza já ouviram falar, certo? – Quando notou a presença de Lenora, reconheceu a mulher. Afirmou: – Acho que sim. Enfim, estou aqui para impedir a passagem de qualquer pessoa suspeita.

A mulher falou que teria que passar lá junto com os rapazes e com o Pokémon que estava ajudando-a. “Se a líder de ginásio quer mesmo recuperar o fóssil, não tenho escolha.” Pensou o homem, se sentindo calmo. Falou que se quiserem pegar o ladrão - Ou talvez os ladrões – teriam que correr.

Após ouvir o que ele disse, Herdier latiu, e começou a correr na outra direção, e foi seguido pelos outros quatro, que estavam prontos para resolver esse caso. Em poucos segundos, já estavam no outro lado.

- Pelo menos poderiam agradecer pela informação, não é... – Disse o guarda, dando um suspiro, e sentando-se na cadeira.


Os cinco estavam pisando no interior da grande Floresta Pinwheel. Grandes árvores eram espalhadas por aí, e as mesmas eram bem grandes, fazendo um pouco da luz ser bloqueada. Pequenas montanhas poderiam ser vistas pelo local, mostrando que o lugar era maior do que pensavam. Há boatos em que um poderoso Galvantula selvagem vive no tronco de uma árvore lá.

Herdier mal saiu do portão, e começou a correr novamente, em busca do fóssil roubado. Lenora falou para ele parar, pois não necessitariam mais ficar farejando a Floresta inteira. O mesmo obedeceu, e foi correndo para o lado de sua dona. A mesma retirou a Pokébola de seu bolso

- Por que não precisaremos mais dele? – Perguntou Catarina, confusa sobre esse assunto que a líder acabou de dizer.

Lenora falou que agora eles poderão localizar os bandidos utilizando a força da natureza como ajuda. Ia dar um exemplo. Apontou na direção de um arbusto que estava em sua frente. Pediu para os jovens verem ela atentamente. Então, fizeram o que a líder pediu. Após alguns segundos, os três viraram-se para a mulher, e falaram que não viram nada.

A mulher suspirou. Disse para esperarem, que ela irá mostrar. Apontou para o arbusto novamente. Disse que viu muitas folhas que vinham da planta caíram no chão. Isso mostrava que com certeza algum Pokémon ou pessoa passou por ali.

Mike ficou realmente atento com o que a senhora disse. Essa informação com certeza será útil na busca dos ladrões. Lenora falou para irem na direção daquele arbusto, pois tinham chances de localizarem os bandidos.

Concordaram com o que a líder sugeriu, e foram juntos na direção da área que ficava após o arbusto. Em poucos passos, entraram em um local um pouco mais simples da floresta. Um laguinho poderia ser visto na parte central de lá, arbustos com folhas verde-escuras estavam por toda parte. Umas escadas cinzentas possibilitavam a passagem para alguns locais, e alguns Pokémons do tipo inseto vagavam por aí.

Após os quatro se aproximarem um pouco do lago, ouviram um grito grosso e forte, como se tivesse vindo de um homem adulto. E veio mesmo, porque do meio de um arbusto, um moço de pelo menos trinta anos surgiu de lá. Trajava uma camisa de manga comprida escura, e com um símbolo de “Z” no centro dela, calça preta com detalhes brancos. Seu cabelo era ruivo, em estilo Punk. Os seus olhos eram azuis. Segurava em sua mão direita um saco que tinha um objeto bem pesado, pois apenas olhando para a sacola, poderia se perceber. Estava correndo de alguma coisa, porque estava com uma expressão bem assustada.

- Parado!! – Ordenou Catarina, levantando sua mão esquerda rapidamente, de um modo estressado, surpreendendo todos que viram a cena. O homem parou, ainda assustado. Olhava para trás, enquanto seu corpo todo tremia de medo. – O que houve?

- T – Tem algo muito assustador lá atras! – Afirmou o homem, jogando o saco para o lado. – Dane-se a missão, eu quero viver! – Ele atirou-se em uma velocidade rápida na direção que ficava atrás da dos quatro companheiros.

“Missão...” Lenora achou estranho o cara ter mencionado essa palavra. Já tendo suas suspeitas, ordenou os treinadores seguirem-no, pois ele pode ser importante para desvendar o mistério do roubo, enquanto ela vê a causa dele ter fugido desse modo. Então, os garotos correram atrás do homem, e a líder andou até onde o homem veio.


Após algum tempo de correria, o homem que vestia uma camisa com um “Z” no centro da mesma acabou chegando em um beco sem saída. Na verdade, era um corredor envolvido por muitas árvores, mas tantas que não poderia nem passar por elas. Sabia que agora não poderia mais correr, e a única alternativa era voltar. Infelizmente para ele, Mike conseguiu segui-lo, sem nenhuma dificuldade. Jackson e Catarina estavam um pouco atrás, mas conseguiram alcançar o amigo. Após vê-los, o cara se afastou para trás, e apoiou-se em uma árvore, com medo dos rapazes prenderem-no.

- O que querem?! Não estão vendo que eu estou... – Disse o homem, parando no meio da frase, pois queria inventar uma desculpa. Estalou os dedos. - ...Indo para a aula de ginástica?

- Ninguém vai vestido desse modo para esse tipo de aula! – Afirmou Jackson, franzindo a testa e apontando para as roupas do moço, que ficou nervoso.

Sabendo que teria que se defender, o suspeito retirou uma Pokébola normal de seu bolso, e jogou-a para cima. Quando o feixe de luz que saiu de lá tocou no chão, ele materializou-se em um Patrat.

- Não impeçam minha ida à aula de ginástica! - Exclamou o moço nervoso, enquanto o roedor preparava sua posição de ataque.

Mike, enquanto sacava a Pokébola de sua Oshawott, falou para os amigos darem cobertura à ele, pois nunca se sabe, ele pode ter algum ajudante. Após dizer isso, lançou rapidamente a Pokébola de Lontra para o alto, e liberou a mesma, que estava pronta para a batalha.

- Patrat, Tackle! – Ordenou o homem, sem pensar em nenhum plano, porque estava muito nervoso.

- Defenda-se com Razor Shell! – Mandou Mike, já tendo um plano simples em sua mente.

O roedor avançou rapidamente na direção da Oshawott, pronto para atacá-la. A fêmea retirou a sua poderosa concha de seu peito, e fez a parte mais larga da mesma ser envolvido por água, eventualmente criando uma espada aquática. Então, esquivou do ataque do adversário com facilidade. Tendo as chances, atacou o oponente com a lâmina, fez o monstrinho ser lançado na direção de uma árvore. Apenas com esse golpe, ficou muito cansado, quase desmaiando.

- Finalize com Water Gun! – Mandou o treinador, sentindo-se confiante, pela expressão em seu rosto.

O Patrat se levantou do chão, sentindo muita dor. A Oshawott lançou de sua boca um forte jato d’água, que foi reto na direção do adversário. O mesmo foi acertado com extrema facilidade, e novamente colidiu com a árvore. Infelizmente para ele, acabou sendo nocauteado com facilidade.

- Eu preciso dele para a aula de ginástica!! – Mentiu o homem, ficando muito nervoso, porque aquele era seu único Pokémon. Após ele dizer isso, os amigos do rapaz de boné vermelho falaram que não tinha ninguém junto com ele.

- Checaram direito? – Perguntou o garoto, e não recebeu resposta. Apenas vendo a expressão dos amigos, viu que eles nem tinham saído do lugar, só viram a luta entre os dois. Mike deu um tapa em sua face, mas logo falou: - Catarina, pegue o Patrat enquanto eu e o Jackson levamos ele até a senhorita Lenora.

A moça andou até o roedor, e pegou ele, calmamente. Fez carinho na cabeça do mesmo, para poder ver se ele estava com algum ferimento grave naquela parte do corpo. Os dois garotos seguraram os braços do homem medroso, que nem podia se mover por ainda estar com medo do que viu da última vez.


Após alguns segundos, naquela mesma área em que viram o homem pela primeira vez, os amigos chegaram lá, com o tal bandido em suas mãos. Lenora também voltou, segurando a sacola que estava pesada, e um pedaço de melancia totalmente rachado.

- O que faz com isso, senhora? – Questionou Catarina, apontando seu braço direito para a fruta, enquanto o esquerdo segurava o Pokémon nocauteado.

- Essa é a estúpida razão desse homem ter fugido. Todos sabem que quando uma melancia cai no chão, pode-se estourar toda, mesmo não sabendo como ela surgiu... – Afirmou a líder, colocando a fruta calmamente no chão. – Enfim, já descobri o que tem dentro desse saco. O fóssil de Archen.

O homem atingiu seu nível de nervosismo. Tremeu e suou muito quando ouviu as palavras da mulher, com certeza estava perdido. Lenora falou para retornarem logo à cidade de Nacrene, e também tinham que interrogar o homem quando chegarem lá.



Então, de volta à cidade, Lenora entregou o bandido para as autoridades e o Patrat foi libertado para ser livre, mas ainda faltava entregar para o museu o fóssil. Junto com os três amigos, entrou lá. Mike estava segurando a sacola que continha o fóssil, enquanto a líder segurava a antiga Pokébola do roedor, Jackson e Catarina ficavam conversando teorias sobre aquele bandido, pois aquele “Z” em sua camisa era realmente suspeito

- Larry, venha aqui! – Ordenou Lenora, calmamente. Da área em que o fóssil de Garchomp deveria estar, o homem rapidamente notou a voz da mulher, correu até a mesma, cumprimentando-a. Mike entregou a ele a sacola, e falou para ele colocá-lo no local certo. Surpreso pela recuperação da rocha, ele perguntou se era só isso. – Não, não é. Apenas recuperamos o fóssil do Archen, mas aquele novo esqueleto ainda não foi encontrado. – Então, colocou a Pokébola na mão que estava vazia do homem. – Essa esfera fica de presente para você. Eu e Mike estaremos batalhando lá na arena. Quando a polícia terminar de interrogar o bandido, eles disseram que irão avisar. Nos chame caso algum policial vier, ok? - A mulher foi respondida com um sim do homem, e o mesmo correu novamente na direção da área em que o Garchomp deveria estar.

Então, a mulher virou-se para o rapaz, e perguntou se ele estava pronto para batalhar novamente. Obviamente, foi respondida com um sim, e ficou feliz. Aquela batalha interrompida iria finalmente ter continuidade.

Continua...


Última edição por Weegeeservog em Sex 22 Jul 2011 - 20:10, editado 1 vez(es) (Razão : Erros...)

________________
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 KQyVGme
cfox: APARECI NO MULTISHOW
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 NkJEguh
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 ALGS6KV
Gehrman
Gehrman
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Right_bar_bleue

Frase pessoal : NÃO TEM MEDCO


Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Empty Re: Pokémon Black White: A aventura de Jackson.

Mensagem por Mich Qua 27 Jul 2011 - 9:07

Weegee, me desculpe não ter vindo antes T.T

Enfim, eu li o capítulo faz tempo, mas não comentei porque... porque eu não comentei.

Capítulo legal, mas achei o outro melhor.

Eu ri com esse carinha "Z". Pobre homem perdeu a aula de ginástica, que triste...

Finalmente, Lenora vai batalhar com Mike. Vou torcer pra ela, odeio o Mike...

Erros não encontrei, tanto de concordância, como ortográficos. Está no caminho certo.

Weegee, até logo, espero o próximo capítulo o/

________________
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 4wVyD
By Umbreon_Ice
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Microibraso


Pelos campos há flame
Em grandes proporções
Pelas ruas... Ah, dane-se essa porra.

LIFE
Mich
Mich
Membro
Membro

Masculino Idade : 24
Alerta Alerta :
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Right_bar_bleue

Frase pessoal : Why not to play along with the city?


http://micherlock.deviantart.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Empty Re: Pokémon Black White: A aventura de Jackson.

Mensagem por Gehrman Qui 28 Jul 2011 - 19:07

Boa tarde a todos. Vim com outro capítulo aqui, pronto para entreter vocês. (: Demorei novamente, a quinta feira está me odiando bastante... De qualquer modo, vamos ao comentário:

Mich:Tudo bem, Manolo. (: Verdade... Pobre dele ç.ç Como será que a batalha irá sair? Espero que goste desse capítulo, hehe, Boa leitura!

Espero que gostem do capítulo, hehe. Boa leitura.
_____________________________________________________________________________
Pokémon Black White: A aventura de Jackson

Capítulo 11: Uma batalha básica entre dois Pokémons básicos.


Os três amigos acompanharam novamente a líder de ginásio até a área em que ficava aquela escadaria escura. Mike estava ansioso para continuar a batalha que foi interrompida pelo roubo do fóssil de Archen. Mas, também pensava sobre os resultados do interrogatório do homem que roubou a rocha. Mas decidiu deixar isso para depois, pois a luta tinha que continuar.

A mulher andou até aquele vidro que continha a pedra do Pokémon voador, e deu três toques no objeto. Então, como sempre deveria acontecer, a porta que levava até aquelas escadas foi aberta. Os quatro andaram até a mesma, e começaram a descê-la.


Após passarem pela grande escadaria sombria, chegaram até o campo de batalha do museu. Nada tinha mudado, apenas uma pequena marca no chão após Ratty, a Patrat, ter caído no solo após o Brick Break do Watchog ter acertado-a. Lenora pediu para Jackson e Catarina irem até as arquibancadas, pois o duelo estava prestes a começar. Então, a mulher se virou até o rapaz de boné vermelho, e disse:

- Pronto, Mike? – Perguntou, com um sorriso em seu rosto, enquanto sua testa estava franzida.

- Por que eu não estaria? – Falou o rapaz, sentindo-se confiante.

Então, os dois treinadores foram até os respectivos lugares em que estavam quando batalharam da última vez. Quando terminaram de se aproximar de lá, Lenora rapidamente sacou a Great Ball de seu Watchog, e joga a esfera para cima, libertando o poderoso roedor de olhos hipnotizantes.

O rapaz retirou a Pokébola de sua Oshawott do bolso. Então, falou de modo confiante:

- Lontra, é a sua... – Disse, antes de ser interrompido por um forte “Pare!!” da líder de ginásio. Obedeceu, e colocou a esfera da fêmea no bolso. – Por que?

- A batalha entre meu Watchog e sua Patrat ainda é a mesma, não poderemos interrompê-la, ok? – Falou a líder, calmamente. A expressão feliz de Mike foi alterada após essas palavras. Sabia que o Brick Break do adversário poderia ser muito forte para a fêmea suportar, pois ela já tinha sido atingida pelo mesmo golpe algumas horas atrás.

- Mike vai ter certos problemas... – Afirmou Jackson, olhando para o amigo, preocupado. – Se Lontra não lutar, vai ser um pouco difícil, pois Watchogs podem aprender golpes do tipo lutador bem potentes.

Não tendo mais nenhuma escolha a fazer, o garoto de boné vermelho pegou a Pokébola de Ratty, e jogou para o alto, liberando a pequena roedora, mas quando saiu da esfera, a pobrezinha caiu de cara no chão. O treinador viu que ela ainda não se curou do soco que recebeu de sua forma evoluída.

-Ratty... Você está bem? – Perguntou o rapaz, preocupado com a fêmea. A mesma se levantou com um pouco de dificuldade, e olhou para seu treinador com raiva. – Eu acho que não... – Mesmo assim, a roedora não quis parar de lutar. “Vou dar uma bela surra nesse cara!” Pensou, se posicionando para a luta com sua expressão nervosa no rosto.

- Pronto? – Perguntou Lenora, já pronta para começar a luta. Mike respondeu dizendo que sim. Então, a mulher falou, com pura calma: - Vou começar com um ataque básico. Tackle!

O grande roedor de olhos hipnotizantes colocou seu pé esquerdo para trás, e então, saiu em disparada na direção da adversária, deixando a mesma um pouco assustada. Não querendo ser machucada, rapidamente deu uma cambalhota para a esquerda desviando do golpe. Mike também deu um giro, pois a criatura corria na direção reta, não virando para nenhum lado. Felizmente, ambos escaparam, enquanto o Watchog acabou batendo a cabeça na parede, dando um pouco de dano a ele.

- Ele está preso! – Afirmou Mike, após terminar a cambalhota e apontando com força na direção do ser de braços cruzados, com a cara presa na parede. Viu que era uma bela chance para atacar. – Bite!

As presas da Patrat ficaram maiores, afiadas e fortes. Pronta para atacar o adversário, correu na direção oponente, que ainda estava com a cabeça presa. Pulou para alcançar seu braço direito, e mordeu o mesmo, fazendo o roedor de olhos hipnotizantes sentir muita dor.

Infelizmente para Ratty, a tamanha raiva do adversário fez ele sair da parede, e então, forçou-a para fora de seu braço com o membro esquerdo, e jogou a mesma para o alto, deixando-a indefesa para atacar.

O Watchog fez um brilho branco forte envolver sua mão direita, isso demonstrava que ele queria usar um Brick Break para derrotar logo a oponente. Lenora viu que seu Pokémon estava fazendo algo que não mandou, e então ordenou-o parar.

Após ouvir a ordem de sua treinadora, o roedor apertou a mão que iria executar o golpe, parando o brilho predominante do ataque. Então, a oponente do adversário caiu no chão, levantando uma quantidade média de poeira, e criando uma pequena rachadura no solo, pois o impacto foi forte.

“O Watchog tem alguns problemas de raiva... Caso ele for muito danificado pelos golpes da Patrat do Mike, ela pode acabar sofrendo coisas piores...” Pensou Lenora, sentindo muito medo enquanto olhava para seu Pokémon. O mesmo deu um pulo muito alto na direção de sua dona, e caiu na frente da mesma. Quando terminou, virou-se para Ratty, mas ainda queria esconder sua raiva dela.

A treinadora notou que pequenas marcas de dentes estavam no braço de seu Pokémon roedor. Felizmente, nada que seja tão grave para ele. A Patrat, com grande dificuldade, se levantou do chão, e dando risadinhas enquanto se levantava. Já se sentia mais feliz após morder o oponente.

Então, ficou oficial. Aquela batalha, mesmo tendo começado há pouco tempo, já estava ficando dura e difícil. De um lado, um Watchog com raiva extrema, e do outro, uma Patrat que era mais corajosa do que pensa.

- Watchog, tenha calma! – Ordenou a treinadora, em um tom violento e forte. Vendo que sua crise estava séria, o roedor acalmou-se um pouco, para não acabar fazendo algo grave. – Vamos lá... Revenge!

A cauda do roedor de olhos hipnotizantes começou a emitir um brilho azul-celeste, que raiava com força. Correu muito rápido na direção da roedora, enquanto a cauda brilhava ainda mais. Quando chegou à distância certa, começou a atacar utilizando a sua parte do corpo, atacando usando a agilidade de um mosqueteiro.

Com pura sorte, a fêmea esquivou de todos os golpes, fazendo manobras difíceis para esquivar da cauda do oponente. Quando a grande quantidade de ataques parou, Lenora ordenou para ele usar Brick Break.

Ratty, cansada, não poderia fazer nada para esquivar, pois teve muita dificuldade enquanto desviava dos ataques. O Watchog envolveu sua mão novamente pelo brilho esbranquiçado, e em um movimento bem rápido, deu um soco de força leve na adversária, mas forte o suficiente para fazê-la recuar uns metros. Mesmo assim, deu muito dano, pois o tipo do ataque era lutador.

- Acho que agora ele está pegando leve, mas nunca se sabe. Lenora e Mike tinham que ter cuidado com os golpes que pedem para seus Pokémons usarem, pois podem acabar causando problemas. – Comentou Catarina, ficando um pouco nervosa com aquela batalha.

- Não se preocupe, garota! – Afirmou Lenora, o que mostrou que ela ouviu o que a moça falou para Jackson. – Quando algum eu falo para alguém parar, ele para! Não fique preocupada!

- Eu espero... – Disse Catarina, se sentindo um pouco nervosa.

- Tackle! – Ordenou Mike, querendo logo acabar com a batalha para não provocar mais nenhuma crise.

A Patrat sentiu a mesma sensação de seu treinador de dezesseis anos, mas obedeceu o mesmo com muita lealdade. Correu em alta velocidade na direção do adversário, dando passos rápidos e leves. Quando chegou numa distância moderada do oponente, deu um pulo rápido e atingiu o estômago do mesmo, fazendo-o recuar um pouco, mas a força não foi suficiente para fazê-lo descruzar seus braços. Sua expressão não estava mais raivosa, estava calma. Mas ele não podia esconder sua dor, infelizmente...

- Acho que a Lenora tinha mesmo razão... Ele se acalmou bastante. – Afirmou Jackson, se sentindo um pouco mais aliviado pelo comportamento do Watchog, que era calmo e obediente agora. Mas, não deixou de pensar se aquele Pokémon sofria de raiva, ou algo do tipo.

- Hora de pegar um pouco mais pesado! – Afirmou Lenora, vendo que a Patrat já estava achando as coisas mais fáceis. – Crunch!

Watchog, ainda de braços cruzados, aumentou o tamanho de sua maior presa, deixando bem forte, ao invés de afiada. Mas, não deixou de ser poderosa. Correu na direção de Ratty, que após ter dado o golpe Tackle no estômago do adversário, ficou perto da parede. Bem no fim do canto esquerdo. Isso significava que ela estava cercada.

Quando o roedor ia atacá-la com muita força, ele acabou fazendo algo ruim para si mesmo. Comparando o tamanho de uma Patrat e um Watchog, é claro que o segundo é maior. Pois bem, quando ia usar o seu dente mais forte, sem querer prendeu o mesmo na parede, impedindo o golpe de funcionar.

- Só faltava essa... – Disse Mike, de modo sarcástico enquanto ria. Mas, era uma boa chance de atacar. – Bite!

Ratty viu que era o momento certo para atacar a sua forma evoluída. Deixou seus dentes um pouco mais afiados, e como o oponente estava acima dela, com o dente preso na parede, teve mais facilidade de acertá-lo. Mordeu o braço do mesmo, mas não exagerou na força, porque pode acabar fazendo algo ruim para si mesma. Quando parou de mordê-lo, posicionou seus pés no membro que mordia, e empurrou os mesmos, dando um pulo que afastou ela do adversário.

- Mike está tendo vantagem com a falta de atenção do Watchog. Acho que ele vai vencer. – Falou Catarina, um pouco feliz pelo que achou.

- Agora chega! – Exclamou a líder, ficando cada vez mais confiante para vencer a batalha contra a fêmea. – Watchog, use Giga Fang! – Essas quatro simples palavras deixaram os treinadores e a roedora realmente muito assustados. Jackson, curioso, falou para si mesmo:

- Será que, como o Chlli, o Cress, e o Cilan, Lenora está utilizando o Pokémon guardião da família dela? – Disse, colocando a mão no queixo, de modo intrigado.

- Jackson, para de falar sozinho! Estou assistindo a batalha, não está vendo?! – Exclamou a garota, irritada pelo garoto sempre ficar falando consigo mesmo nessa luta. Após ouvir as palavras da amiga, o rapaz se silenciou, calmamente. Mas, ainda queria saber os resultados dessa luta.

Watchog fez algo incomum com seu dente mais forte. Bem, eles não emitiu nenhum brilho, aumentou de tamanho, ficou afiada, nenhum desses exemplos. Ao invés de tudo isso, ele ficou dourado em vez de branco, algo praticamente estranho.

Quando terminou a mudança de cor do dente, correu em uma velocidade bem alta na direção da pequena Patrat, ficando assustada com o que poderia acontecer caso ela for acertada. Após chegar em uma distância boa para acertar Ratty, o adversário ficou parado, olhando para ela.

“O que ele está fazendo?” Pensou Jackson, ficando cada vez mais curioso pelo que vai acontecer com a pequena roedora.

Os dois Pokémons da mesma linha evolutiva se encaravam. Watchog não demonstrava medo pelo seu rosto, que estava com um sorriso estampado nele. A Patrat olhava assustada para o dente dourado de sua forma evoluída. Então, sentiu uma sensação irritante vendo-o, e começou a olhar para os olhos do oponente. Foi uma má ideia... Estava esperando ela olhar para algum olho para executar o golpe Hypnosis.

Infelizmente, o plano funcionou. Ela dormiu, deixando-a completamente livre para se atacar. Sabendo que sua tática deu certo, o roedor segurou a fêmea com sua mão, sem nenhum perigo de ser mordido novamente. Sabia que seu próximo golpe finalizaria a batalha.

Sem medo algum, abriu sua boca, e mordeu de modo bem feroz o abdômen da Patrat, fazendo-a acordar e soltar um grito agúdo de dor. Marcas fortes ficaram na parte do corpo mordida, mas nada que seja muito grave.

Infelizmente, não aguentou toda essa dor do golpe Giga Fang, e acabou desmaiando, para a infelicidade de Mike. O grande roedor de olhos hipnotizantes colocou a sua pré-evolução no solo, calmamente. Voltou para sua treinadora, todo feliz.

- Desculpe-me, Mike. Mas, você perdeu. – Afirmou Lenora, acariciando seu Pokémon, e depois colocou-o na Great Ball.

- Tudo bem, hehe. – Falou o garoto, retornando sua Patrat derrotada para a Pokébola, e depois agradeceu-a com felicidade. – Eu percebi que precisamos de mais treinamento.Vou para o centro Pokémon curar a Ratty. – O garoto colocou a esfera da fêmea em seu bolso esquerdo, fez um sinal de “V” com seus dedos da mão esquerda para os amigos, e começou a subir a escadaria escura.

- Quem é o próximo? – Falou a moça, virando-se para os dois jovens sentados na arquibancada.


Mike subia a escadaria calmamente, enquanto olhava para a Pokébola da roedora que foi derrotada de modo brutal pela sua forma evoluída. Viu que ela nunca tinha batalhado de modo tão difícil antes, mas ela realmente deu seu melhor contra o adversário. A única alternativa para vencer Lenora era treinamento. Mas, óbviamente tinha que passar no centro Pokémon para curá-la.

No momento, lembrou de algo. Aquele homem vestido com um “Z” estampado na camisa. Estava em muita dúvida, não sabia se a interrogação já tinha acabado. Queria bastante saber os resultados. Por isso, começou a subir as escadas mais rápido, em busca do assistente Larry.

Em alguns segundos, chegou lá, e encontrou o homem de jaleco branco logo de cara. Curioso, perguntou:

- Larry, o interrogatório já acabou? – Falou o rapaz, em um tom que deixava o moço um pouco assustado.

- Não senhor, está bem difícil. – Afirmou o assistente, deixando Mike um pouco deprimido. – Recebi notícias que quando perguntamos sobre o que ele estava fazendo ele sempre fala sobre uma aula de ginástica, eu acho.

- Entendo... – Disse Mike, ficando frustrado pelo homem ainda falar sobre aquela aula. – Bem, vou para o centro. Quando terminarem de interrogá-lo, avise-os, ok? – A resposta foi óbviamente um sim, pois Larry era um homem de palavra. – Obrigado.

Agora, Mike iria ir para o centro Pokémon curar seus companheiros, enquanto um dos outros jovens iria lutar contra a mulher. O objetivo dos três era conseguir a insígnia, e com certeza não queriam falhar.

Continua...


Última edição por Mr. Weegee em Sab 30 Jul 2011 - 2:18, editado 1 vez(es) (Razão : Erros...)

________________
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 KQyVGme
cfox: APARECI NO MULTISHOW
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 NkJEguh
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 ALGS6KV
Gehrman
Gehrman
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Right_bar_bleue

Frase pessoal : NÃO TEM MEDCO


Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Empty Re: Pokémon Black White: A aventura de Jackson.

Mensagem por Mich Sex 29 Jul 2011 - 23:00

Weegee, como vais, meu miguxo cujas quintas odeiam?

Eeeeu, sabia que a Lenora ia ganhar. Mike é tosco e.e, o que deu na cabeça dele pra usar o PATRAT? E ainda mais contra um WATCHOG! Enfim, gostei bastante do capítulo. VOcê é muito bom em descrição, e eu gosto disso.

Não achei erros ortográficos, mas alguém (Gus) Pode achar por mim e.e

Acho que o próximo desafiante será a Catarina...

ENfim, Weegee, espero o próximo capítulo com ansiedade o/

________________
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 4wVyD
By Umbreon_Ice
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Microibraso


Pelos campos há flame
Em grandes proporções
Pelas ruas... Ah, dane-se essa porra.

LIFE
Mich
Mich
Membro
Membro

Masculino Idade : 24
Alerta Alerta :
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Right_bar_bleue

Frase pessoal : Why not to play along with the city?


http://micherlock.deviantart.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Empty Re: Pokémon Black White: A aventura de Jackson.

Mensagem por pikachu385 Sab 30 Jul 2011 - 12:38

E aeww meu friend? Bem, vamos falar da fanfic, como sempre uma batalha incrível, até que enfím a Lernora ganhou de alguem, ela sempre perde coitada, a batalha entre evolução e pré evolução foi sensacional, erros vou deixar pro Gus mesmo, achei um pouquinho só, de repetição e vírgulas, hehe. Sobre a estória, vou repetir continua seguindo o rumo para uma ótima fanfic, só quero ver no que vai dar a batalha da revanche, enfím é isso, tudo falado e tudo comunicado.

Buenas Sortes!

________________
Leiam meus friends:


Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Ok045

Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Sieghart_banner_by_lowenthal-d4bh9x1

Spoiler:
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 2mzbfvr O novato mais experiente com quem já convivi, friend you are the best!
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Sieghartuserbar-Sieghart, o person mais sombrio e corajoso de Gc!
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 93606762 - [b]Use please, hehe.
pikachu385
pikachu385
Membro
Membro

Masculino Idade : 25
Alerta Alerta :
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Left_bar_bleue1 / 101 / 10Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Right_bar_bleue

Frase pessoal : Pare de derramar sangue inocente Parry


Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Empty Re: Pokémon Black White: A aventura de Jackson.

Mensagem por Gehrman Dom 7 Ago 2011 - 4:43

Olá novamente, amigos. :3 Bem, estou tendo altas crises nas quintas feiras, como estão vendo ç.ç E já que as aulas começaram novamente, pararei de postar nas quintas. Ç.Ç Agora, serão em data indefinida cada um. Enfim, novamente, estou aqui com um novo capítulo, que será bem interessante. :3 Antes disso, vamos aos comentários:

Mich: Mich, como vai, Manolo? :3 Mike utilizou a Ratty para basicamente ver se ela tinha potencial contra seu oponente. Que bom que gostou do capítulo e da descrição, hehe. (: Será que a Catarina lutará? u.u Boa leitura!

Pika: Que bom que gostou do capítulo, Pika. (: Que bom que gostou da Lenora ganhar de alguém, mas onde ela perdeu? ç.ç –q Que bom que está gostando da história, hehe. Boa leitura!

É isso, mais um capítulo bem legal para vocês. Na verdade, é um especial básico. :3 Boa leitura!


Pokémon Black White: A aventura de Jackson

Capítulo 12: O duro treinamento de uma Patrat.


Mike havia sido derrotado por Lenora no último capítulo, pois o Giga Fang do Watchog da líder conseguiu derrotar a pequena Patrat do rapaz, graças à seu grande poder de ataque. Aquele roedor com olhos hipnotizantes demonstrou ser realmente forte, embora tenha se atrapalhado um pouco na luta. O jovem, após conversar um pouquinho com Larry dentro do museu, saiu do mesmo para ir até o centro Pokémon para curar a fêmea. O local ficava à direita do ginásio.

Era meio diferente daquele que foi visto em Striaton. Ao invés de metal, o lugar inteiro era feito por madeira, mas mantinha a mesma forma da outra enfermaria. Uma escada metálica de dezesseis degraus levava a uma sala de compras, para as pessoas obviamente comprarem objetos para usar. Fora isso, o centro tinha um ar bem natural. Sem medo, o rapaz abriu a maçaneta da porta – que geralmente abre-se sozinha em outras enfermarias – e entrou no local.


Em apenas um segundo, Mike já estava dentro do centro. Impressionantemente, ele apenas tinha umas cadeiras de plástico de diversas cores espalhadas por aí, e uma mesa de quatro pés feito de metal. Atrás do objeto, uma mulher que trajava um vestido rosado, um avental branco com bordas onduladas, e usava chinelos rosados. Seu cabelo era cor-de-rosa, e usava um pequeno boné branco, pois o a temperatura do dia estava alta. Estava sentada numa cadeira roxa, enquanto tentava lixava suas unhas, olhando para o teto.

Ela estava à frente de uma pequena máquina oval com cores de uma Masterball. Seis pequenos buracos estavam pelos lados dela, facilmente mostrando que aquilo era o modelo 2.0 da tal máquina chamada “Cura Poké”.

Não querendo mais ficar parado na entrada, Mike andou na direção da mesa. Após chegar mais perto de lá, a moça acabou notando a presença dele. Colocou a lixa no lado esquerdo da mesa, levantou-se da cadeira, e andou até uma área do objeto em que daria para ver o rapaz um pouco melhor.

- Seja bem vindo! – Disse a moça, sorrindo diante do jovem. Queria agradá-lo, e o outro já percebia isso. – Com o que posso ajudar-lhe? - Mike apenas retirou as duas esferas de seus mais amados Pokémons: Lontra e Ratty. Deu à moça, e pediu gentilmente para curá-los para ele. – Ok! Espere alguns segundos, e eles já estarão curados! Se quiser, fique sentado em uma cadeira aguardando!

A enfermeira andou até a máquina, e colocou ambas as esferas em uma parte da ferramenta, gentilmente. O jovem pôs suas duas mãos sobre a mesa, e começou a pensar sobre a batalha que teve contra Lenora.

“Pelo que vi, o Watchog é um pouco atrapalhado... Mas, quando começa a ficar sério, fica um pouco mais difícil. Uma boa estratégia pode ser levar queijo para a batalha, e atrapalhá-lo com o cheiro dele... Não, é um pouco estranho.” Mike pensava bastante a respeito do grande roedor de olhos hipnotizantes. Estava tentando bolar uma estratégia para ambos seus Pokémons quando for lutar contra ele de novo.

Mas, estava tão distraído que a enfermeira ficou alguns segundos chamando-o. Então, parou de pensar, assustado. Voltou a olhar para mulher novamente, que estava segurando as Pokébolas dos pequenos seres com ansiedade.

- Desculpe-me, estava pensando em algo. – Disse o rapaz, rindo um pouco e sentindo-se meio envergonhado e pegando calmamente as esferas da mão da enfermeira. Agora feliz, a mesma falou para ele voltar sempre quando puder. – Obrigado. – Virou-se para trás, e começou a andar na direção da porta para sair do local. De qualquer modo, não parava de pensar.

“Preciso bolar uma nova tática para vencer a Lenora... A do queijo com certeza não vai funcionar.” Mike estava ficando irritado de tanto pensar sobre a estratégia. Então, antes de sair do centro, acabou vendo um folheto numa cadeira azulada que ficava à direita. Curioso, andou até ela, e pegou a folha. Nela tinha alguns anúncios estranhos, como um que falava sobre um Patrat que falava língua de Hydreigon. Em pouco tempo, encontrou um anúncio que aumentou suas esperanças. Dizia:

“Todos sabem que hoje, quatro de agosto, começa a primavera aqui em Unova, nossa querida região. É nessa época do ano em que na Floresta Pinwheel Pokémons insetos aparecem mais, dando mais chances de captura para treinadores.”

- Não vou perder essa! – Falou o rapaz, rapidamente guardando o papel e virando-se para trás, e começou a correr sem olhar para onde estava indo. Por causa disso, o coitado acabou batendo sua cabeça sem querer na parede de madeira no local. De qualquer modo, ignorou isso completamente, e correu novamente até a direção da saída do centro.

Saiu da porta de modo bem rápido, e nem pensou duas vezes, e saiu correndo na direção em que estava a Floresta Pinwheel. Estava determinado, e sua vontade de derrotar a líder de ginásio era muito grande. Não perderia aquela chance de jeito nenhum. Correu o mais rápido que pode pela área onde ficava aquela cerca branca, até chegar até o portão que se conectava com o bosque. Não querendo se atrasar, Mike abriu a porta, e entrou.


Após entrar lá, o rapaz viu que nada tinha mudado na parte interior do portão. As mesmas cadeiras que estavam pelos lados, o mesmo guarda que estava sentado numa cadeira branca vigiando por ali, a cor da parede... Enfim, tudo era a mesma coisa. Mike se aproximou um pouco do homem que vigiava o local, e perguntou a ele se o anúncio que acabou de retirar do seu bolso é verdade.

- Mas é claro, meu jovem! – Afirmou o moço, rindo um pouco quando notou que o jovem não sabia disso. Mas, não pode conter sua curiosidade. Perguntou, calmamente: - Irá capturar algum Pokémon lá?

- Na verdade não. – Respondeu o rapaz, fazendo o homem ficar com mais curiosidade. – Apenas irei batalhar contra alguns Pokémons de Pinwheel e treinar minha Patrat. – Vendo que aquela era a decisão de Mike, o guarda falou para ele ir logo, para poder realizar sua vontade. O jovem, feliz, correu até o lado do portão que ia até a floresta, e abriu a porta que levava a ela.

- Por que ninguém agradece quando eu deixo a pessoa passar? – Resmungou o homem, frustrado pela falta de sorte dele.


Em poucos segundos, Mike já estava naquela grande floresta. Estava com a mesma aparência da última vez que a viu. Mas, algo que ele procurava estava lá: Muitos Pokémons de diversos tipos, como Patrats, Lillipups, entre outros.

Mike rapidamente sacou a Pokébola de sua Patrat, a Pokémon que iria ser treinada para lutar contra o Pokémon mais forte da líder de ginásio. O treinamento com certeza seria duro, o grande roedor de olhos hipnotizantes é bem forte. O garoto clicou no pequeno botão branco na frente da máquina, e de lá saiu Ratty, toda curada e sem aquela marca no abdômen. O jovem treinador aproximou-se um pouco da fêmea, e agachou-se na frente dela.

- Está pronta para o treino, Ratty? – Perguntou o rapaz, acariciando a cabeça sua pequena roedora de modo gentil, e foi respondido com um pulo de alegria da roedora. – Vou considerar isso como um sim. – Então, após esse momento, o treinamento estava prestes a começar. – Vamos começar com algo básico. – O rapaz apontou para uma macieira, cheia de maçãs bem vermelhas. Já deixou a roedora com água na boca. – Use Bite no tronco da planta!

A Patrat nem ligou com o que seu treinador disse, e correu rapidamente na direção do ser clorofilado, e subiu-a em alta velocidade. Quando chegou no lado de cima, pegou uma maçã qualquer e começou a comê-la rapidamente.

- Eu falei para morder, não comer! – Afirmou o rapaz, irritado pela Ratty se interessar mais em se alimentar do que treinar. Como resposta, a roedora tirou uma maçã de um dos galhos e jogou-a na cabeça do rapaz. O mesmo deu um grito de dor meio alto, e a fêmea soltou uma gargalhada para ele. Irritado, esbravejou, apontando para a planta em que a Patrat tinha subido: - Isso não tem graça, ok?!

Aquilo certamente mostrava que o treinamento não seria fácil...


Depois, naquela pequena área onde os três amigos encurralaram o homem que roubou o fóssil, Mike e Ratty andavam por lá, em busca de um Pokémon para batalhar. Infelizmente, já que o local era bem vazio, era bem difícil ambos acharem algum adversário para batalhar.

Mike estava com raiva naquele momento, sua cabeça foi acertada por uma fruta jogada por sua própria Patrat. A mesma estava toda feliz, ficando encima da cabeça do garoto enquanto olhava para os lados, para ver se achava uma macieira.

- Nós nunca vamos conseguir treinar desse jeito... – Disse o rapaz, rindo um pouco pela falta de sorte que tem. Mas, ele com certeza não poderia desistir. Precisava treinar para fazer ele mesmo e seus Pokémon terem mais habilidades juntos, para aumentar suas amizades. Mike já tinha total conhecimento disso. – Bem... O que devemos fazer é continuar a andar, em busca de um Pokémon para batalhar.

Então, uma árvore que estava ao lado dos dois parceiros começou a sacudir muito rápido. Mike se assustou, e recuou uns dois metros. A Patrat segurava o boné dele com força para não se soltar de lá.

Após se afastarem, a planta parou de sacudir. Isso ficou muito suspeito para os dois. Mesmo confusos, continuaram a caminhar. “Que estranho... Será que foi ilusão? Não, a Ratty também ouviu...” Mike estava confuso. Mas, decidiu deixar isso para depois, pois precisava treinar a fêmea.

- Vamos voltar, Ratty. Estamos indo até um beco sem saída. – Falou o rapaz de modo sério, dando uma virada rápida para trás, assustando a Patrat. Então, começou a andar, em busca de outra área para localizar algum Pokémon para lutar.


Já se passaram trinta minutos, e apenas acharam poucos resultados. Encontraram pequenos Pokémons por aí, mas eles sempre fugiam. Então, estavam em uma área muito mais iluminada do que os outros locais da floresta. Muitas poucas árvores estavam rodeando o local, e cada uma estava inteira. O chão era bem simples, com muita grama e grande falta de arbustos. O que mais chamava atenção era um monte de árvores no centro do campo. Tinham pelo menos quinze seres clorofilados lá. Todas eram bem grandes, dando sombras para as pessoas ou Pokémons que queiram descansar um pouco em sua jornada.

- Vamos descansar um pouco Ratty, andamos muito. – Afirmou o rapaz, suando um pouco e falando em um tom cansado. Retirou a fêmea que estava segurando-se em sua cabeça. Ela estava muito cansada mesmo, pois suava bastante. – Vamos para aquela parte onde tem aquelas árvores! – O rapaz apontou sua mão esquerda para as plantas, enquanto o braço esquerdo segurava Ratty.

Em quarenta segundos, os dois chegaram até a área em que as sombras das árvores ficavam, que era bem grande, possibilitando muita gente entrar. Finalmente... Acharam um local ideal para relaxar de tudo que fizeram. Mike sentou-se primeiro, e colocou a roedora no seu lado esquerdo, deixando-a descansar. Deixou-a deitada de barriga para cima. O jovem colocou suas duas mãos na nuca, e encostou-se ao tronco de um dos seres clorofilados. Começou a falar, olhando para a fêmea:

- Ainda não acredito que não conseguimos batalhar contra nenhum Pokémon... – O garoto começou a ficar frustrado, e olhou para o céu azul que poderia ser visto se olhar para o lado certo. – É muita falta de sorte mesmo! – Mike bateu seu cotovelo esquerdo na árvore, e isso fez ele mesmo se machucar. O tronco da planta era duro.

A Patrat riu do que seu treinador acabou de fazer, enquanto o mesmo se virava para o lado, querendo ignorá-la. Após trinta segundos de pura risada, a pequena roedora parou, e olhou atentamente para árvore em que seu treinador acertou o braço.

As folhas da planta começaram a balançar de modo fraco, mas Mike nem conseguia ouvir o barulho feito pelas partes da planta. Diferente dele, Ratty conseguiu ouvir muito bem o som. Achava isso um tanto pouco estranho.

O rapaz deu uma olhada para trás, e ficou curioso com o que a Patrat estava vendo. Aproximou-se um pouco mais dela para ver o que ela estava olhando. Então, quando pensou em algo que ela poderia estar fazendo, perguntou:

- Você está tendo fazer alguma pegadinha comigo? – O rapaz olhava para a roedora com um olhar desprezível, mas ela não parecia se importar com ele.

De repente, Ratty se levanta e pula na cara de seu treinador, fazendo-o ficar muito surpreso. Enquanto a roedora estava em sua face, ele tentou tirá-la dando uma cambalhota para a direita, e ela saiu dele depois disso. Frustrado, o jovem perguntou o porquê dela ter feito isso.

Subitamente, teia branca e resistente foi lançada para onde Mike estava sentado. Ela surgiu do meio dos galhos em que Ratty estava olhando. Isso fez o garoto entender o que ela quis fazer. Olhou para cima, e viu a aparência do ser que quase o acertou.

Ele tinha uma face amarelada, e uma boca alaranjada e pequena com duas presas meio afiadas em cada lado. Uma folha um pouco “mordida” estava atrás da cabeça, como se fosse uma espécie de capuz. Seu abdômen era esverdeado e com alguns segmentos por ela, e tinha seis pequenos pés alaranjados, sem unhas. Ele atirou de sua boca mais teia, mas dessa vez na direção de outro galho que estava à sua esquerda. Quando a substância grudou na madeira, o pequeno ser deu um pulo, e desceu de modo rápido na direção do chão, até que pousou no mesmo e virou-se para os dois.

Mike estava curioso com o aparecimento repentino da criatura. Retirou a Pokédex de seu bolso, e apontou-o para o monstrinho:

Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 540

Tipo: Inseto/Grama

Sewaddle, o Pokémon costura. Essa é sua classificação, pois seu golpe String Shot é bem mais forte do que alguns outros Pokémons que aprendem esse golpe. Usa a teia principalmente para lançar em oponentes para proteção, ou tecer alguma coisa. Não gosta quando intrusos invadem seu território, pois quer manter uma vida feliz. O estilo de luta dele com o String Shot é ótimo quando luta, podendo fazer manobras ágeis.


Guardou a máquina em seu bolso novamente, e já viu a razão dele ser atacado. Achou que ele e Ratty fossem seres hostis para o Sewaddle. A expressão do mesmo estava incrivelmente raivosa, como se estivesse com vontade de prendê-los com um String Shot bem poderoso. Não tendo escolhas, teve que lutar. Felizmente para Mike, aquele inseto seria um bom treinamento, pois ele e Ratty não conseguiram enfrentar nenhum Pokémon até agora.

- Não iremos perder essa chance... – Falou o rapaz, determinado a enfrentar o pequeno adversário. – Ratty! – O garoto, se sentindo bem confiante, apontou seu dedo na direção do oponente, olhando-o com coragem. – Use Bite!

A roedora aumentou o tamanho de seus dentes, deixando-os bem afiados e poderosos. Então, correu rapidamente na direção do inseto, pronta para acertá-lo. Sewaddle deu um veloz pulo até a árvore que estava à sua direita, prendendo-se nela e esquivando do ataque da roedora.

Isso deu chances fáceis de ataque para o Pokémon costura. O adversário sorriu, e deu um veloz pulo para fora da árvore, pousando no chão. Então, correu em uma alta velocidade até a roedora, que foi acertada com força. Recuou três metros, e depois deles, caiu no chão. Mike viu que aquilo seria difícil, com certeza.

- Levante-se e corra até ele! – Ordenou Mike, começando a bolar um plano. Dava para saber apenas vendo seu grande sorriso.

A roedora se levantou de modo rápido, virou-se e correu em disparada na direção do inseto, que estava olhando para ela com calma.

- Pule! – Mandou o rapaz, sabendo que aquilo daria certo.

Ratty, após ficar um metro de distância longe do Sewaddle, pulou bem alto, esquivando por pouco do rápido String Shot que o inseto lançou naquele momento. Então, mergulhou na direção do pequeno inseto, acertando-o com sua cabeça. Infelizmente, isso machucou ambos os lutadores. Sewaddle recuou um pouco, enquanto a Patrat pisou no chão com a parte do corpo que usou para atacar dolorida. Podemos considerar os dois como cabeças-duras.
Sabendo que aquela era outra chance boa para atacar, Mike ordenou: - Acerte-o com Tackle, Ratty! – O rapaz falou, ficando mais feliz após cada momento da batalha.

A Patrat já estava bem perto do oponente, nem precisava correr muito rápido para acertá-lo. Correu em baixa velocidade, e alguns segundos antes de acertar, o Sewaddle rapidamente levantou sua cabeça para a direção da roedora, e lançou um potente String Shot até os pés dela, fazendo-a tropeçar e cair de cara no chão.

- Opa... – Mike viu que tinha feito a escolha errada. Aprendeu logo uma coisa após ver esse momento: Sempre tente descobrir o plano do adversário, pois pode levar à vitória. Após pensar nessa frase, pensou em algo útil para ajudá-lo na batalha. – Use Bite na teia em seus pés!

Achando a idéia de seu treinador brilhante, a roedora, que estava caída no chão, se virou para o lado esquerdo e começou a se esticar para alcançar seus pés. Infelizmente, esqueceu-se do Sewaddle que estava ao seu lado. O mesmo atacou-a com um forte Tackle, e fez a mesma chocar-se em uma árvore A parte ruim é que Ratty não tirou a teia do pé.

“Devo lembrar-me de nunca esquecer a existência oponente numa batalha Pokémon...” Pensou Mike, dando uma risada falsa e olhando preocupado para sua Patrat.

O pequeno inseto, feliz pelo seu plano nem tão bem planejado assim ter funcionado, começou a gargalhar de Ratty, vendo-a como uma adversária fraca. Com certeza, não deveria ter feito isso... A roedora ficou irritada com isso, e fez esforço para se levantar, pois estava com os pés amarrados. Conseguiu um pouco de ajuda da árvore em que ela se chocou, ficando em pé, mas com dificuldade.

O inseto ficou rindo com aquela tentativa de se levantar de sua adversária. Então, algo que surpreendeu Mike aconteceu. A Patrat fechou seus olhos, calmamente, deixando o treinador e o Pokémon confusos. Cinco segundos depois, soltou um olhar maligno para o Sewaddle, que deixou o mesmo com muito medo e assustado. O mais intrigante era a cor dos olhos da fêmea, que antes vermelhos, viraram roxos e escuros.

- Deve ser o Mean Look... – Falou Mike, vendo que a raiva foi um dos principais motivos da roedora ter feito aquele ataque. Então, notou que o inseto estava profundamente assustado, mas tanto que não podia se mexer. Uma grande chance de fazer Ratty se livrar da teia em seus dois pés. – Use Bite na teia, rápido!

A roedora aproveitou a chance, e agachou-se, mas com cuidado. Quando ficou em uma distância certa da substância, fez seus dentes aumentarem de tamanho e se tornarem mais afiados. Mordeu com muita força, fazendo o que a prendia ser dividido, liberando seu movimento com os pés. Agora, Ratty finalmente poderia acabar com o Sewaddle, que ainda estava com medo.

- Termine com Bite! – Ordenou o garoto, pronto para ver os resultados da luta.

A roedora nem precisou afiar os dentes, pois eles já estavam assim quando mordeu a teia. Correu em alta velocidade na direção do oponente, e quando chegou o mais perto possível, mordeu a cabeça dele, fazendo-o dar um grito bem alto. Então, a fêmea soltou seus dentes do adversário, e deu um rápido pulo para trás. Após isso, o pequeno inseto caiu no chão, derrotado.

“Se ele tem um String Shot poderoso... Ele pode nos ajudar!” Pensou o rapaz, sacando uma Pokébola vazia de seu bolso direito. Confiante, jogou-a no pequeno Pokémon nocauteado. Um feixe de luz avermelhado foi lançado até ele, e fez ele entrar na esfera. Após longos trinta segundos, um som de “Click!” foi ouvido. Significava que a captura foi completa.

Ratty fez seus olhos voltarem a cor normal de sempre. Então, virou-se para seu treinador, com uma cara de que não entendeu nada. Simplesmente não gostou do Sewaddle. O treinador andou até a Pokébola, pegou, e guardou no bolso. Olhou para a roedora e falou que ele poderia ser bem útil para a equipe, então capturou-o.

- Além do mais, ele irá ajudar em seu treinamento, ok? – Falou o rapaz, deixando a Patrat meio confusa. – Vamos voltar para a parte mal iluminada da floresta, enquanto voltamos para lá eu te explico mais.

A roedora teve que concordar com seu treinador, e pulou até a cabeça dele, ficando deitada acima do boné. Mas, o resto da história será contada depois, pois outras coisas terão que ser resolvidas no ginásio de Nacrene.

Continua...


Última edição por Mr. Weegee em Ter 9 Ago 2011 - 15:01, editado 1 vez(es)

________________
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 KQyVGme
cfox: APARECI NO MULTISHOW
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 NkJEguh
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 ALGS6KV
Gehrman
Gehrman
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Right_bar_bleue

Frase pessoal : NÃO TEM MEDCO


Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Empty Re: Pokémon Black White: A aventura de Jackson.

Mensagem por Mich Seg 8 Ago 2011 - 21:56

Weegee, como prometido estou aqui.

Não gostei do capítulo. Só mostrou o tosco do mike com seu tosco Patrat, podia ter falado sobre a batalha de ginásio, geez. Pelo menos ele capturou o Sewaddle, isso deixa a Catarina com 3, Mike com 3 e Jackson com 2. Sabe o que significa isso, certo Weegee? e.e


Já se passaram trinta minutos, e apenas acharam poucos resultados. Encontraram pequenos Pokémons por aí, mas eles sempre fugiam. Agora, estão em uma área muito mais iluminada do que os outros locais da floresta. Muitas poucas árvores estavam rodeando o local, e cada uma estava inteira. O chão era bem simples, com muita grama e grande falta de arbustos. O que mais chamava atenção era um monte de árvores no centro do campo. Tinham pelo menos quinze seres clorofilados lá. Todas eram bem grandes, dando sombras para as pessoas ou Pokémons que queiram descansar um pouco em sua jornada.

Você mudou o tempo dos verbos aí, isso é um erro fatal. Mais atenção, meu amigo.

Bem Weegee, é isso, espero o próximo capítulo, com a batalha de ginásio.

________________
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 4wVyD
By Umbreon_Ice
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Microibraso


Pelos campos há flame
Em grandes proporções
Pelas ruas... Ah, dane-se essa porra.

LIFE
Mich
Mich
Membro
Membro

Masculino Idade : 24
Alerta Alerta :
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Right_bar_bleue

Frase pessoal : Why not to play along with the city?


http://micherlock.deviantart.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Empty Re: Pokémon Black White: A aventura de Jackson.

Mensagem por cfox Ter 23 Ago 2011 - 20:59

Ahoy Weegee.
Finalmente terminei de ler os capítulos em que estava atrasado.
Enfim, gostei muito de todos, principalmente esse último. A batalha foi muito bem descrita e narrada, e a captura no final foi bastante interessante.
Até o próximo Cap õ/

________________
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 IIwkRYaPokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 IIwkRYaPokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 IIwkRYaPokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 IIwkRYa
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 IIwkRYaPokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 IIwkRYaPokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 IIwkRYaPokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 IIwkRYa
look @ this young man
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 ALGS6KV
cfox
cfox
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Right_bar_bleue

Frase pessoal : mate imo mixup have been cunts throughout the fuck


Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Empty Re: Pokémon Black White: A aventura de Jackson.

Mensagem por marcel_5 Sex 26 Ago 2011 - 0:29

Caracas, é a primeira fanfic que vejo e achei SENSACIONAL, até me inspirei para criar uma fanfic própria, a sua evolução a cada capitulo escrito é visível até mesmo para leigos como eu
Espero que a historia continue tao boa quanto esta : )

________________
Friend Code : 1950-8850-2258 / Versão X / Assim que souber meu tipo no FS eu coloco aqui : P
~
~~Caçador de tesouros~~
Troco itens raros, pedras evolutivas e mega stones por pokemons. Faça seu pedido por MP.
marcel_5
marcel_5
Membro
Membro

Masculino Idade : 24
Alerta Alerta :
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Empty Re: Pokémon Black White: A aventura de Jackson.

Mensagem por Gehrman Sab 3 Set 2011 - 15:39

Yo, pessoal. Desculpem a demora do capítulo. g.g Enfim, antes de mais nada, vamos aos comentários.

Mich: Sabia que non gostaria do capítulo, Manolo. e.ê Não se preocupe nesse novo capítulo, não terá Mike. ;D Obrigado por apontar-me o erro, já consertei, mas não sei se acertei. e.e Espero que goste desse novo capítulo. Boa leitura! o/

Fox: Olá, Fox. :3 Que bom que gostou dos capítulos, além de gostar do último capítulo também. (: Espero que goste desse novo capítulo, mano. Boa leitura! o/

Marcel: Que bom que gostou, mano. :33 Espero que goste desse capítulo também. Boa leitura!

É isso. Desculpem o atraso, e lá vai um novo capítulo. Ficou meio pequeno, masok. Espero que gostem. õ/
_____________________________________________________________________________

Pokémon Black White: A aventura de Jackson

Capítulo 13: Entre cães e dragões.

- Então, quem será o próximo? – Lenora olhava calmamente para os dois garotos sentados nas arquibancadas, e os mesmos se entreolhavam em dúvida. Teriam que fazer algo para decidir que enfrentará a poderosa líder de ginásio.

- Vamos fazer isso na sorte. – Catarina retirou uma moeda de cinqüenta centavos do bolso. Já dava pra perceber que eles iriam resolver isso no clássico “Cara ou Coroa”. Jackson exclamou o primeiro nome dito, e a moça falou o segundo termo. Então, jogou a moedinha para cima, fazendo-a girar em alta velocidade. Em poucos segundos, o pequeno objeto caiu no chão.

- Cara! – O jovem de boné vermelho-escuro saiu correndo das arquibancadas e foi até onde Mike esteve para lutar contra a líder de ginásio. A garota ficou frustrada, mas sem nenhum movimento brusco, saiu da arquibancada e foi pegar a moeda.

Lenora ficou assustada com a velocidade em que Jackson correu, mas ignorou esses fatos e foi para o seu lado do campo de batalha. Quando chegou lá, calmamente retirou uma Pokébola avermelhada de seu bolso direito e levantou-a para o alto.

Clicou no pequeno botão branco, e então, o clássico feixe de luz vermelho saiu da esfera, e tocou no chão. Após contato com o mesmo, a luz materializou-se em um cão com pelos marrons e uma pelagem azulada em suas costas. Herdier.

Jackson soube que o canino seria difícil de derrotar. Já dava para ver em sua face que estava bem ativo. Muitas pessoas sabem que quando um cão está ativo seria difícil controlá-lo. De qualquer modo, o rapaz já estava se sentindo confiante, retirando uma de suas esferas que continha um Pokémon dentro.

Jogou-a para o alto. Um brilhoso feixe de luz avermelhada saiu da Pokébola, e quando tocou no chão, materializou-se no dragão fêmea bem poderoso: Axina. A mesma estava se sentindo feliz, estava tão feliz quanto o Herdier. Virou-se rapidamente ao mesmo, e se posicionou, apontando para frente suas duas mãos com garras fortes com aparência fraca.

- Jackson, antes de começarmos, quero dizer-lhe que eu andei treinando muito o Herd... Não será uma luta fácil, ok? – A líder olhava para o jovem com um olhar calmo, mas dava para perceber que não deixaria a luta ser fácil.

- Heh! – O rapaz soltou um riso debochado. – A senhora ainda não viu a verdadeira força de minha Axew. Ela pode parecer diferente, mas nunca subestime-a! – O jovem estava realmente confiante, era hora de mostrar que Axina será um Pokémon bem forte.

- Se é assim... Vamos lá! Use Crunch! – A líder ordenou, dando início à calorosa batalha que estava prestes a acontecer.

O cachorro leal afiou fortemente seus dentes, fazendo-os ficarem bem poderosos. Começou a correr em alta velocidade até a fêmea, e a mesma, se sentindo um pouco assustada com a rapidez do cão, aguardou o comando de seu treinador.

- Dragon Claw! – Jackson rapidamente gritou o nome do golpe, e Axina logo compreendeu o comando.

A fêmea envolveu sua pata direita por uma energia arroxeada, ativando a força do golpe. O cachorro corria rapidamente na direção da oponente, mas a mesma, por pura sorte, virou-se rapidamente para ele e socou-o na cara. Isso o impediu de atacar a adversária, além de fazê-lo ser lançado até o alto, em uma direção tanto horizontal quanto vertical. Mesmo com todo aquele impacto, incluindo a caída no chão, Herdier ainda estava bem forte, e não desistiria facilmente.

- Tackle! – Lenora ordenou, impressionando o treinador com sua rapidez em dar comandos.

Herdier atirou-se na direção de Axina, e a mesma já estava preocupada. Jackson estava indeciso sobre a ordem que daria, mas acabou tendo sua Axew acertada por uma forte investida e recuar vários metros. Felizmente, ela conseguiu resistir muito bem.

“Uma parte da estratégia da Lenora é usar comandos rápidos... Tenho que tomar mais cuidado com isso.” Pensou o jovem, colocando a mão no queixo e ficando com uma expressão pensativa. Ele estava totalmente certo sobre a líder dar ordens rapidamente... Após poucos segundos dele colocar a mão no queixo, o cachorro deu outra poderosa investida na Axew, e a mesma apenas recuou alguns metros. Então, olhou séria para seu treinador. “E com minha rapidez para pensar também...” Pensou novamente, ficando emburrado. Logo deu mais um comando:

- Dragon Rage! – O rapaz falou a primeira coisa que veio em sua cabeça, mas acabou ultrapassando Lenora por pura sorte. Infelizmente, a mesma também deu um comando rápido:

- Bloqueie com Protect! – Ordenou, fazendo Jackson notar mais um problema para se lidar na batalha.

A fêmea começou a criar dentro de sua boca uma esfera arroxeada com a parte central com uma cor amarelada, e então, lançou um poderoso raio com as mesmas características da esfera formada. Herdier nem se preocupou com isso, soltou um rosnado poderoso e uma misteriosa barreira surgiu em sua frente, bloqueando o golpe.

- Viu, Jackson? O que achou do meu Herdier até agora, hã? – Lenora perguntou isso enquanto cruzava seus braços, além de olhar para o desafiante com um olhar calmo. O rapaz nem notou que a mulher tinha feito uma pergunta, e logo comandou:

- Dragon Claw!

Axina rapidamente coloriu suas garras novamente, e correu em alta velocidade na direção do cachorro. Nem Lenora e nem Herdier previam isso, e quando menos esperavam, a fêmea acertou o oponente em cheio, deixando uma marca de garras na cabeça do adversário, também fazendo-o recuar um pouco.

- Como ousa não responder a minha pergunta?! – Lenora, irritada com a ação do jovem, comandou novamente: - Crunch!

- Que pergunta?! – Jackson não entendeu a tal pergunta, mas logo ordenou sua Axew novamente: - Pule até aquela pedra na sua direita no momento certo!

O cachorro aumentou o tamanho de seus grandes dentes novamente, e correu em alta velocidade na direção da oponente. Sem nem olhar para o lado em que deveria pular, Axina deu um veloz pulo para a direita, desviando do golpe do adversário. O mesmo não parava de correr, e como não conseguia parar, acabou batendo de cara em uma rocha.

- Dragon Claw! – Jackson ordenou rapidamente, aproveitando a chance de que o oponente estava de costas e atordoado.

A fêmea novamente envolveu sua garra com energia roxa, saiu da pedra, e correu de modo bem veloz até o adversário, e tentou acertar a área em que tinha os pelos escuros. Mas, após fazer contato com eles, danificou seu próprio membro. O rapaz acabou de perceber que a Pokédex dizia sobre que a pelagem escura do Herdier serve como uma bela defesa.

- Contra ataque com Take Down! – Ordenou a mulher, tendo chances de vencer após ver o que o desafiante fez.

O cachorro deu uma virada para trás, que era a direção em que Axina olhava. Nem pensou duas vezes, e logo deu uma poderosa investida na adversária, que foi lançada pelos ares até bater na parede do ginásio.

- Essa luta está difícil... Os dois ficam usando estratégias aleatórias, e isso pode causar várias horas de puros ataques... – Catarina já estava cansada de ver os dois lutando desse modo, mas ainda veria a batalha de qualquer modo.

- Dragon Rage! – Jackson ordenou, ficando frustrado pela grande demora da luta.

- Take Down! – Lenora deu um rápido comando novamente, querendo logo acabar com essa luta.

A fêmea começou a criar novamente a esfera, enquanto Herdier se preparava para atacá-la, posicionando-se para trás. Então, Axina atirou seu raio, enquanto o cachorro começou a correr em uma velocidade incrível. Para a surpresa de todos, o golpe da Axew se chocou com o corpo do cão, fazendo ondas de choque serem lançadas para os lados.

Tendo uma força maior, Herdier eliminou o efeito do raio, e continuou a correr atrás de Axina. Ela estava com puro medo, não sabia como se defender do oponente. Mesmo assim foi acertada, mas o adversário ainda não parou de correr, fazendo-a ficar presa na cabeça dele.

Então, ambos colidiram em uma pedra qualquer que estava no campo de batalha, fazendo muita poeira ser levantada, além da pedra ser destruída. A poeira deixou todo mundo impossibilitado de ver o que tinha em sua volta. Após alguns segundo sem poder ver nada, a poeira sumiu, e viram que ambos os Pokémons estavam nocauteados, resultando num empate.

- Empatamos... E agora? – Ambos treinadores retornaram os seus Pokémons para suas respectivas Pokébolas. Agora, estavam indecisos de como ver o resultado disso.

- Ora, vamos fazer uma coisa simples. – Catarina saiu das arquibancadas, e logo andou até o centro do campo de batalha. Logo pegou uma pequena moeda de cinco centavos, e perguntou para Lenora: - Cara ou coroa? – A moça foi respondida com a segunda opção, e então, jogou o objeto para o alto.

Aquela pequena moedinha iria decidir grande parte do destino de Jackson. O tempo que a moeda levava para cair no chão parecia uma eternidade para ambos. Se desse cara, o rapaz sairia vitorioso. Se desse coroa, Lenora venceria. A dificuldade era incrível, eles estavam completamente ansiosos para ela cair e... Ok, vou parar de ser dramático.

Enfim, a moeda acabou caindo no chão, e o resultado foi...

- Cara!! – Jackson ficou muito feliz, e logo correu até a líder de ginásio, e pediu para ela a insígnia de ginásio. Frustrada, a mulher retirou de seu bolso o objeto, que tinha bordas douradas, uma forma de um retângulo, algumas linhas de cor dourada nos lados dela, e um fundo marrom. Insígnia Básica era seu nome. O desafiante pegou o objeto gentilmente, e guardou-o no bolso, com uma expressão feliz.

- Agora... Quem será o próximo à lutar? Que confuso... – Lenora debochava, enquanto ria. Jackson logo correu até as arquibancadas, e sentou-se numa cadeira aleatória. Catarina andou até onde seu amigo estava, e então, se preparou para enfrentar a líder de ginásio. Não seria fácil...

Continua...

________________
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 KQyVGme
cfox: APARECI NO MULTISHOW
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 NkJEguh
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 ALGS6KV
Gehrman
Gehrman
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Right_bar_bleue

Frase pessoal : NÃO TEM MEDCO


Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Empty Re: Pokémon Black White: A aventura de Jackson.

Mensagem por Jiggly Dom 4 Set 2011 - 9:51

Gostei muito da sua fic, muito diferente, engraçada e uma das melhores do forum, sua ortografia é perfeita, gostei muito dela.

Espero ansiosamente pelo próximo capítulo.

________________
Comente em minha fic:

Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 1z4h9cn

Pokémon: The Kanto World

Inscrevam-se para a minha futura fic.

Oi Very Happy

É meu fã? Usa isso aí:

Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Userjiggly
Jiggly
Jiggly
Membro
Membro

Feminino Idade : 20
Alerta Alerta :
Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Right_bar_bleue

Frase pessoal : Tentando fazer um avatar/sign


Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon Black White: A aventura de Jackson. - Página 5 Empty Re: Pokémon Black White: A aventura de Jackson.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 5 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum