Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Conte uma história, poste uma arte ou um vídeo! Confira os guias de jogos, tire suas dúvidas e compartilhe sua jogatina. Disputa batalhas online com jogadores e participe dos RPGs. Converse sobre qualquer coisa, poste memes, faça novos amigos! Só não deixe de logar ou se inscrever.
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!
Pokémon:The Dark Avenger!! - Página 2 Pikalove


Participe do fórum, é rápido e fácil

Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Conte uma história, poste uma arte ou um vídeo! Confira os guias de jogos, tire suas dúvidas e compartilhe sua jogatina. Disputa batalhas online com jogadores e participe dos RPGs. Converse sobre qualquer coisa, poste memes, faça novos amigos! Só não deixe de logar ou se inscrever.
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!
Pokémon:The Dark Avenger!! - Página 2 Pikalove
Pokémon Mythology
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Pokémon:The Dark Avenger!!

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ir em baixo

Pokémon:The Dark Avenger!! - Página 2 Empty Re: Pokémon:The Dark Avenger!!

Mensagem por GajeelRedFox Qua 21 Set 2011 - 21:04

Pokémon: The Dark Avenger

Capitulo 15: Suiro IronPunch

- Tente! – Falou Azio se colocando em posição de batalha.
- Não Azio! – Falou Rose puxando a manga esquerda de seu casaco. – Você não tem mais forças para mais uma batalha! Nem os seus Pokémons! É melhor recuarmos!
- Como se eu fosse deixar! – Falou Suiro com um ar frio e mortal. – Seu eu eliminar Azio Hii do caminho da Soul, tudo ira ficar mais fácil e as nossas metas iram ser alcançadas!
- Eu lhe garanto que nenhum Soul irá me eliminar até o dia em que eu encontrar as respostas que eu preciso! – Falou Azio se soltando de Rose.
- Será? – Perguntou Suiro fitando Azio.
- Me responda uma coisa Suiro!
- O que?
- Onde esta o meu pai e o meu irmão?
- Como se eu fosse lhe responder! Eu não tenho intenção de discutir com você nem nada! Só estou aqui para...
- MAGMAR, Lança Chama! – Toby se apressou e seu Magmar disparou um potente lança chama que foi com tudo em direção a Suiro e a Hyedregon. O fogo se expandiu e não foi possível ver a situação de nenhum dos dois. Logo, o fogo foi despachado em pleno ar e Suiro e Hyedregon estavam intactos, na mesma posição de antes. – QUE? – Inconformou-se Toby.
- Um treinador que interrompe os outros só para poder atacar!Você é ridículo! – Falou Suiro, agora, fitando Toby. – Eu vou acabar com todos!
- Lá vem! – Falou Azio se posicionando.
- Hyedregon, Explosão de Fogo! – Hyedregon abriu a boca e disparou uma esfera de fogo que se expandiu em uma estrela de fogo e atingiu o local onde os Hearths estavam. Por sorte, todos pularam e desviaram do golpe, mas a explosão de expandiu e lascas de fogo e pedras queimadas voaram para todos os lados.
- Quanto poder! – Exclamou Toby, escondido atrás de um pilar.
- Gliscor, pegue o Hyedregon, use a Mordida de Gelo! – Gliscor saiu do meio do fogo sem dano algum e ficou a alguns metros acima de Hyedregon, parado no ar.
- Kabutops, Jato Aquático no Gliscor! – Falou Suiro soltando um Kabutops que sem hesitar, pulou de pilar em pilar, e quando chegou ao chão, correu velozmente liberando jatos de água de seus pés e quando ficou a baixo de Gliscor, pulou no ar com tudo e deu um golpe lateral de corpo em Gliscor. A força do golpe fez Gliscor voar e bater em um pilar. Instantaneamente, Gliscor se mostrou nocauteado.
- INCRÍVEL! – Exclamou Rose, escondida atrás de um pilar. – Ele derrubou Gliscor com um único golpe!
- Lucario, pegue Kabutops no ar! Use a Esfera de Aura! – As chamas se expandiram e Lucario saiu delas. Este carregou uma esfera de Aura e a arremessou em Kabutops.
- Kabutops, Ace Aéreo! – Kabutops levantou seu braço direito que quando a esfera de aura se aproximou deste, Kabutops a cortou ao meio.
- COMO? – Perguntou Toby inconformado.
- Lucario, Velocidade Extrema! – Lucario correu em disparada até Kabutops e o atingiu com um chute na barriga. Kabutops recuou para trás e ficou imóvel.
- Que amador! Usar um ataque do tipo normal contra um Pokémon do tipo pedra! – Exclamou Suiro. – Kabutops, Cavar! – Kabutops automaticamente afundou no chão e sumiu. Lucario o procurou por todos os lados e não o encontrou.
- Lucario, saia daí! – Lucario correu para longe de onde estava e subiu em um pilar fincado ao chão, e ficou no topo dele.
- Bem na mosca! – Exclamou Suiro. – Hyedregon, Explosão de Fogo! – Quando Azio percebeu, Lucario estava bem na mira de Hyedregon. Hyedregon abriu a boca e disparou uma esfera de fogo que se transformou em uma estrela e voou até Lucario. Lucario logo olhou para o lado, e viu o golpe vindo em sua direção. Porem, este apenas ficou surpreso e recebeu o golpe.
- LUCARIO! – Exclamou Azio. – A estrela explodiu em Lucario, e fragmentos de fogo voaram para todos os lados. Logo, Lucario caiu de cima do pilar, queimado e debilitado.
- Kabutops não tinha Lucario como alvo! – Exclamou Suiro. – E sim outro alguém! – Logo em seguida, Kabutops saiu do chão e apareceu atrás de Rose. Esta se virou e o viu espantada.
- QUE? – Exclamou Rose.
- Bote um fim nela Kabutops!
- Como se eu fosse deixar! – Exclamou Toby que estava a aproximadamente cinco metros de distancia de Rose, atrás de um pilar. – Magmar, Soco de Fogo! – O punho de Magmar pegou fogo e este que estava ao lado de Toby, correu em direção a Kabutops.
- Jato Aquático! – Kabutops ignorou Rose e correu em velocidade máxima liberando jatos de água de seus pés, e logo, acertou Magmar com um jogo de corpo. Magmar voou até Toby, que o agarrou e quase caiu devido à força do impacto. Quando Toby notou, Magmar estava nocauteado.
- Ele é muito forte! – Exclamou Toby aparentando estar com raiva e medo, enquanto olhava para Kabutops.
- Patético! – Exclamou Suiro. – Eu irei acabar com todos vocês logo de uma vez! Kabutops use o cavar e permaneça embaixo da terra! – Kabutops obedeceu sem hesitar e se afundou na terra. – Hyedregon, Meteoro do Dragão!! – Hyedregon abriu a boca e uma esfera de luz azul brilhou dentro a sua barriga, e outra dentro da sua boca.
- DROGA! – Exclamou Toby. – ROSE, AZIO, ESCONDAM-SE! ESSE ATAQUE IRA DESTRUIR A TODOS!
- Tarde demais! – Falou Suiro em um tom rápido e sério. – Mire no chão! – A esfera de luz na barriga de Hyedregon sumiu e a de sua boca brilhou intensamente e este a mirou no chão. – Dispare! – Hyedregon disparou a esfera azul que adquiriu um tamanho colossal e ondas de energia voavam para todos os lados.
- RECUEM! – Gritou Toby correndo até Rose e tentando arrastá-la para um lugar seguro. Mas esta ao invés de ir com Toby, se recusava e tentava se soltar para ir até Azio, que estava parado ao lado de seu Absol, bem na mira do meteoro.
- AZIOOO! – Gritou Rose.
- Não! – Exclamou Azio. – EU NUNCA DESISTO! – Azio olhou firmemente para o meteoro e o seu gorro voou de sua cabeça devido à pressão do ar. – Absol, Corte Psíquico! – O chifre de Absol brilhou rosa e este ficou parado em posição de ataque!
- É inútil! – Exclamou Suiro.
- ABSOL, ATAQUE! – Absol saltou no ar e seu chifre colidiu com o meteoro. O meteoro brilhou intensamente e logo explodiu. A explosão fez rochas e pilares voar e devastou a área. Toby e Rose ficaram protegidos atrás de um pilar que logo voou e os dois se jogaram ao chão. Gray e Blaze que estavam caídos não sofreram dano, por estarem um tanto fora do alcance do meteoro. Depois da explosão, um nevoeiro de fumaça se espalhou, revelando que agora já estava de manhã, e quando ele sumiu, Suiro viu Azio em pé, com as roupas a trapos e cheio de feridas e exausto, e a sua frente, Absol, com algumas queimaduras e ferimentos, ainda de pé. – Tenho que dizer que seu Absol me impressionou! Ele resistiu ao impacto do meteoro do dragão de Hyedregon, mas... – Logo, Absol caiu debilitado na frente dos olhos de Azio. – Ele jamais iria resistir! – Azio ficou imóvel, olhando para o céu, e um longo silencio foi prolongado no local. Rose se levantou, e ao ver Azio também ficou imóvel.
- A-Azio... – Disse ela, sem mudar a expressão de surpresa em seu rosto. Logo, um vento bateu no local, e Azio caiu de joelhos, ainda olhando para o céu, sem demonstrar expressões faciais.
-... – Suiro hesitou em comentar e ficou quieto, apenas olhando a cena. Outro silencio se passou e quando todos menos notavam, os lábios de Azio se mexeram lentamente e ele pronunciou algumas palavras em um tom bem baixinho. Toby se levantou e ficou atrás de Rose, olhando para Azio.
- Azio... – Exclamou Toby chocado. Azio pronunciou mais uma vez as palavras no mesmo tom, e Rose foi a única que ouviu. – O que ele disse? – Perguntou Toby olhando para Rose. Uma lagrima escorreu pelo rosto de Rose antes de ela falar. E lentamente, Rose disse:
- “Desculpe-me... Rose...”! – Os olhos de Rose encheram de lagrimas e Azio logo caiu de frente para o chão. – AZIOOOOOOOOOOO! – Gritou Rose em desespero e chorando correndo até o corpo de Azio.
- Kabutops, termine o serviço! – Logo, Kabutops surgiu do chão, no meio do caminho entre Rose e Azio e levantou sua lamina direita para Rose.
- ROSE! – Gritou Toby estendendo o braço para Rose. Porem, antes que Kabutops abaixa-se o braço para ferir gravemente Rose, um Mienshao desceu dos céus infringindo uma voadora em Kabutops que o fez voar para a sua esquerda e se afundar em um pilar quebrado no chão. O Mienshao se posicionou e ficou de frente para Rose, como se a estivesse protegendo.
- ROSE, VOCÊ ESTA BEM? – Rose ouviu a voz e olhou para o céu. Onde Marc estava voando sobre um Togekiss.
- MARC! – Exclamou Rose. Marc olhou pelo território e notou Azio caído no chão.
- O QUE HOUVE COM AZIO? – Perguntou. Rose ficou em silencio e colocou as mãos sobre os seios e logo começou a engolir o choro. Quando Marc olhou para frente novamente, uma bola de fogo via em sua direção. – Togekiss, Desvie! –Falou Marc rapidamente e Togekiss voou para o seu lado esquerdo desviando do ataque.
- Você é Marc Turner certo? – Perguntou Suiro, olhando para Marc no ar.
- Suiro IronPunch... – Falou Marc seriamente, e logo este olhou para Suiro com raiva. – Foi você quem fez isso com Azio!?
- Exato! E irei acabar com você também! – Porem, logo um helicóptero preto chegou ao local. Na lateral esquerda do helicóptero estava gravado um “H” laranja de Hearth.
- O helicóptero da Heart! – Exclamou Toby. Logo, um rosto familiar saiu de dentro do helicóptero com um Minun e um Plusle em sua cabeça: Era Jack.
- PESSOAL VOCÊ ESTAM BEM? – Perguntou Jack para todos lá embaixo.
- JACK! – Gritou Rose olhando para cima. – AJUDE-NOS!
- Desça o helicóptero! -Exclamou Jack se virando para o piloto.
- Ninguém irá fugir daqui! – Exclamou Suiro descruzando os braços. – Hyedregon, derrube o helicóptero! – Hyedregon voou para frente em grande velocidade, mas logo este foi atingido por uma esfera azul brilhante que explodiu em sua lateral direita e o fez cair para o lado. Hyedregon se recompôs e Suiro havia conseguido se agarrar nas costas de Hyedregon com uma mão. Ficando assim, quase agachado.
- Não irei deixar que machuque os meus amigos! – Exclamou Marc se aproximando de Hyedregon e Suiro montado em seu Togekiss.
- Você tem muita coragem em me desafiar de cara! – Exclamou Suiro ficando em pé. – Mesmo um treinador do seu nível, que foi eleito o mais forte integrante da Hearth não consegue me derrotar! Se bem que... Até hoje, eu pensava que Azio era o novo mais forte... Mas vejo que mudei de idéia!
- Togekiss, Corte de Ar! – Togekiss balançou as asas e arremessou um ar cortante em forma de onda que foi até Hyedregon. Hyedregon se esquivou rapidamente e desviou do corte de ar. Suiro encarou seriamente Marc e Marc fez o mesmo.
O helicóptero chegou bem próximo ao solo e Toby se aproximou dele. Jack ajudou Toby a subir e depois saiu correndo até Rose. Rose estava ajoelhada ao lado do corpo de Azio, e ao chegar lá Jack abraçou Rose por trás e enfiou sua cabeça nas costas de sua irmã.
- Irmã! – Jack percebeu que Rose estava chorando e logo viu o estado de Azio. – PRECISO DE TRÊS PESSOAS AQUI! – Jack gritou para o helicóptero e logo três pessoas desceram dele. Dois eram garotos com cerca de dezessete anos e o outro era Yoshi. Os dois garotos carregaram Azio para dentro do helicóptero e Jack carregou Absol. Que também não estava nada bem. Jack conduziu Rose e todos subiram no helicóptero que começou a ganhar altitude.
- E Marc? – Perguntou Toby a Jack.
- Ele vai saber que estamos indo! – Respondeu Jack, sentando ao lado do piloto. O helicóptero decolou e assim largou Marc para trás. Marc, que enfrentava Suiro, olhou para trás e viu o helicóptero indo embora! Nesse instante, Marc falou em seus pensamentos “Muito bom, pessoal”. Mas seus pensamentos logo foram interrompidos quando uma bola de fogo veio em sua direção. Togekiss desviou do golpe.
- Ei, não se distraia! Você esta me enfrentando! – Exclamou Suiro fitando Marc.
- Lamento, mas terei que acabar por aqui!
- Não irei autorizar! Você pode fugir muito bem montado nesse Togekiss! Ele tem uma boa esquiva, eu admito! Mas como será que ele se lida com ataques de curta distancia? Hyedregon, Mastigar! – Hyedregon voou até Togekiss com as mandíbulas expostas.
- Togekiss, Proteger! – Togekiss criou uma barreira circular verde que bloqueou o golpe de Hyedregon. – Acho que você se esqueceu da minha vantagem! – Falou Marc sorrindo. Suiro fez uma seria cara de quem não entendeu. – Mienshao, Oi Pulo Chute! – Sem Suiro notar, o Mienshao de Marc que estava bem abaixo deles saltou no ar para cima e desferiu uma joelhada com a força de um meteoro no estômago de Hyedregon. Hyedregon gritou de dor, e ficou imóvel após receber o golpe. Marc aproveitou a chance: - Togekiss, Esfera de Aura! – Togekiss juntou as duas asas e lançou uma esfera de aura na cabeça de Hyedregon que explodiu direto. Hyedregon caiu e se colidiu com um pilar. Logo, Hyedregon levantou vôo e a fumaça ao seu redor havia sumido. Suiro notou que não havia nenhum sinal do helicóptero e nem de Marc e seus Pokémons.
------XXXX-------
O helicóptero chegou à sede do Grupo Hearth, onde lá ele pousou em uma área própria para a aterrissagem de helicópteros. White e alguns membros da Hearth foram até o local para receber os membros resgatados. Entre eles, Yuuki, Yagura, Liz e Sakura. Primeiro os dois jovens desceram carregando Azio em uma maca. Todos se surpreenderam ao verem Azio ferido daquele jeito, e Yuuki logo percebeu:
- AZIO-KUN! – Yuuki gritou e correu até Azio, mas rapidamente foi segurada por Yagura.
- Yuuki, NÃO! – Yagura acalmou Yuuki. – Agora não! Azio não esta em condições de receber “visitas”! Se você for lá, isso só irá preocupá-lo, e irá deixar Rose em uma situação pior! – Yagura olhou para Rose descendo acompanhada de Jack, que a ajudava a andar.
- ROSE! – Exclamou White, se aproximando da filha e a abraçando. – Você esta bem? – Rose começou a chorar e não respondeu nada. – Aqueles Souls... – White rangeu os dentes. – Eles me pagam! – Yoshi desceu do helicóptero carregando Absol e seguiu os outros dois veteranos que carregavam Azio para a enfermaria. Toby logo desceu também. Seus ferimentos não eram sérios, constatavam em alguns arranhões causados pelo Ninjask de Raito. Um dos membros locais, que aparentava ser um médico, se aproximou de Toby e logo falou:
- Acho que seria melhor você vir conosco para a enfermaria!
- Não! – Respondeu Toby. – Se tem alguém que vocês devem tratar esse alguém é Azio! – Toby olhou para os veteranos levando Azio. – Ele foi o verdadeiro herói! – Toby olhou para Rose. – Ah, e tratem de Rose também!
-Certo! – Afirmou o médico correndo até Rose.
-------XXXX-------
Gray estava sentado sobre uma pedra reclamando de suas dores nas costas devido ao golpe do Skarmory. Blaze sentada no chão, encostada em um pilar caído. Raito estava de pé, encostado em uma grande pedra, apenas observando a situação de braços cruzados, e Suiro estava andando no meio dos três, com os braços cruzados também.
- Que droga! Porque você me atacou sua trairá?
- Eu não sou trairá! Você é quem é por ter entregado Rose de graça para Azio! Seu idiota! – Gray ficou irado.
- Vocês dois parem de discutir! – Exclamou Suiro. – Vocês dois foram um fracasso! Vocês falharam com o objetivo de capturar Azio e foram derrotados! São uma vergonha para Hearth.
- EI, SUIRO! CALE A BOCA! – Gray se levantou e apontou para Suiro irado. – Você também falhou em impedir com que os Hearths fugissem! – Suiro se virou para Gray.
- Meu oponente era Marc GoldEye! Ele é considerado o treinador mais forte da Hearth, e, portanto, não se deve ser subestimado!
- Mas você também falhou! É isso que importa!- Gray cruzou os braços e olhou para o lado.
- Quantas vezes você falhou em derrotar Azio Gray? – Suiro fechou os olhos.
- Q? – Exclamou Gray, se virando raivoso para Suiro.
- Você nunca conseguiu vencê-lo! Em mais de dez batalhas, Azio sempre o venceu! Você é um fracasso! – Suiro abriu os olhos e encarou Gray.
- Ora seu... – Gray rosnou para Suiro e se colocou em posição de batalha.
- Pretende me enfrentar aqui e agora, Gray? – Suiro desferiu um olhar intimidador para Gray e este ficou quieto, apenas tremendo. – Além do mais, a Explosão de Fogo de Hyedregon foi o suficiente para eliminar Azio da história! Ele tem poucas chances.
- Mas e se ele viver? – Perguntou Blaze se levantando.
- Teremos outra chance! – Respondeu Suiro, descruzando s braços, se virando e andando até seu Hyedregon que estava deitado em cima de uma rocha. – Porém, agora, todos vocês serão julgados pelo chefe! – Suiro virou a cabeça. – Até você Raito! Você falhou em impedir o inútil do amigo de Azio á ajudá-lo!
- Sinto Muito Suiro-Senpai! – Raito abaixou a cabeça em sinal de perdão. – Eu realmente subestimei o meu oponente! Mas prometo que da próxima vez será diferente!
-... Que seja! – Suiro subiu na pedra e seu Hyedregon se levantou. – Vão para a sede da Soul! Lá o chefe irá decidir no que fazer com vocês!
-------XXXX--------
Azio acordou em seu quarto. Sua mente estava um pouco fraca, ele estava tonto e sua visão embaraçada. Azio logo percebeu que estava com uma longa faixa enrolando seu tronco e outras em seus braços. Seu rosto estava com alguns curativos. Azio, ainda deitado, olhou ao redor e viu seu quarto normalmente, como se fosse um dia normal, e logo, percebeu Toby sentado em sua cadeira, dormindo. Azio então tentou se levantar, mas as dores em seu corpo eram grandes, e ele só conseguiu ficar sentado em sua cama. Os gemidos de dores de Azio acordaram Toby, que abriu os olhos lentamente e logo notou Azio acordado.
- Azio! – Exclamou Toby. Toby se levantou da cadeira e ficou em pé olhando para Azio. – F-Fique Ai!Eu vou avisar a todos! – Toby abriu a porta do quarto de Azio e falou para os outros que estavam do lado de fora. – PESSOAL! VENHAM! Azio esta acordado! –Logo, Yagura, Yuuki, Yoshi, Liz e Sakura entraram no quarto.
- Pessoal... – Exclamou Azio um pouco atordoado e tímido.
- AZIO-KUN! – Gritou Yuuki pulando em cima de Azio e o abraçando.
-AUCH! – Gritou Azio de dor após Yuuki lhe apertar os ferimentos.
- D-Desculpe Azio-kun! Eu esqueci! – Falou Yuuki se soltando de Azio e se sentando na cama do mesmo, de frente para ele.
-E então, como esta? – Perguntou Yagura cruzando os braços esboçado um leve sorriso.
- Nós todos ficamos preocupados com você Azio! – Exclamou Liz.
- Ainda bem que Marc retornou a tempo de lhe contarmos o que houve e assim ele pode ir atrás de vocês! – Exclamou Sakura colocando a mão no peito de alivio e fechando os olhos. – Ainda bem que ele chegou a tempo! Se ele não estivesse lá Rose poderia...
- E Rose? – Perguntou Azio. – Como ela esta?
- Rose esta bem! Ela foi tratada ainda ontem! – Respondeu Yagura.
- Ainda ontem? - Perguntou Azio.
- Sim! Você ficou um dia inteiro de cama! Os seus ferimentos foram graves, então os médicos lhe deram um medicamento que o fez dormir por um longo tempo! – Azio olhou para Toby.
- E enquanto a você Toby?
- Eu estou bem! Meus ferimentos não foram tão feios assim! – Toby fez um jóia e sorriu.
- A é! – Exclamou Liz como se tivesse se lembrado de algo. Liz correu até a porta e falou para o lado de fora. – Pessoal Azio já esta melhor! – Então, os Pokémons de Azio apareceram, entrando pelo quarto dele e se posicionando em frente a Azio.
- Pessoal... Vocês já estão bem?! – Os Pokémons de Azio responderam que “sim” fazendo gestos e falando seus nomes. Azio sorriu e colocou a mão na cabeça de Absol. – Que bom! – Então, logo Rose entrou no quarto carregando uma bandeja retangular de prata. Na bandeja havia alguns medicamentos e um copo de água. Rose estava com uns curativos no rosto e com o seu braço esquerdo enfaixado.
- Ei, gente, vocês... – Rose se auto interrompeu quando viu Azio acordado e meio curado. – Aaah! – Rose sorriu e suspirou. – Azio!
- E ai? – Azio acenou e sorriu. Yagura olhou para expressão como os dois se olhavam e logo comentou:
- Venha pessoal! Esses dois têm muito que conversar! – Todos se retiraram do quarto (até os Pokémons de Azio) e deixaram Azio e Rose a sós.
- E então, já esta melhor? – Perguntou Rose a Azio.
- Sim! Mas ainda sinto o meu corpo um pouco fraco.
- Você teve sorte! Não é qualquer um que sobrevive a uma explosão de fogo daquelas! – Rose colocou a bandeja em cima da mesa do quarto e se sentou na cadeira, arrastando-a para frente da cama. – Porém, estou feliz que você esteja bem! – Rose sorriu docilmente.
- É... Também estou feliz que você esteja bem! Eu me preocupei com você!
- Você realmente exagerou! Se sacrificar tanto daquele jeito! Parece uma criança! – Rose fez uma expressão séria.
- Hunf! – Azio sorriu e olhou para o pé da cama. – Você acha é? – Rose olhou para o rosto de Azio e voltou a sorrir.
- Mas agradeço pelo que fez por mim! – Azio olhou surpreso para Rose e sorriu também. – Bem... Você terá que ficar mais algum tempo de repouso! Então descanse bem e tome o seu remédio a cada cinco horas. – Rose se levantou e se retirou do quarto de Azio com um sorriso.
Um dia se passou desde que Azio acordou, e agora, este já estava curado e saudável. Azio saiu de seu quarto arrumado e sem as faixas no seu corpo. Ele trancou a porta e andou pelos corredores. Durante o seu percurso por um longo corredor, Azio encontrou no caminho, Toby e Rose. Ambos estavam conversando encostados na parede do corredor, tomando sorvete juntos. Toby notou Azio se aproximando e logo falou:
- Ah! Azio! Já esta melhor!?
- Sim! – Respondeu Azio se aproximando.
- Que bom! – Rose falou e sorriu. – Quer sorvete?
- Não valeu! Estou um tanto sem fome!
- Então você enfim acordou hein Azio? – Azio se virou e viu Yagura e Yuuki se aproximando.
- Azio-kun! Que bom que esta bem! – Yuuki pulou em Azio e o abraçou. Rose constrangida olhou para o lado para não ver a cena.
- E então? Como se sente? – Perguntou Yagura.
- Bem até! Agora só preciso pegar os meus Pokémons!
- Eles estão comigo! – Yagura estendeu a mão e entregou a Azio uma bolsa com três Pokébolas. – Eu as guardei para lhes entregar quando chegasse a hora!
- Valeu!
- E então? Vamos indo? – Yagura perguntou e todos andaram ruma ao refeitório como se soubessem a aonde ir. Yagura andava na frente. Atrás dele vinha Azio com Yuuki abraçando seu braço esquerdo. E atrás vinha Rose ao lado de Toby. Quando estavam se aproximando do corredor que levava ao refeitório, Marc apareceu no caminho os interditando. –Marc! – Exclamou Yagura.
- Sim! E vejo que Azio já esta melhor! - Azio se soltou de Yuuki e deu um passo para frente.
- Espero que seus Pokémons também estejam bem! – Exclamou Marc. Todos notaram que Marc carregava com sigo uma cara séria e meio que brava. Porém, calma.
- Por quê? Aconteceu alguma coisa? – Perguntou Azio ficando a frente de Yagura. Marc ficou mais sério e deu um passo a frente. Yuuki começou a tremer ao ver a expressão de Marc.
- M-Marc-kun... Você esta bem? – Perguntou Yuuki. Marc fitou Azio e logo falou:
- Azio! Vamos lutar! – Todos se espantaram e arregalaram os olhos ao ouvirem o que Marc havia dito.
- Marc... Isso é sério? - Perguntou Toby.
- Mas em uma hora dessas? – Perguntou Yuuki. – Azio ainda não esta em condições para enfrentar alguém como você!
- Eu concordo! – Exclamou Yagura. – O nível de vocês dois é diferente e os Pokémons de Azio talvez...
- Não importa! – Respondeu Yagura ignorando os comentários. – Quem eu estou desafiando é Azio! E não vocês! – A resposta de Marc fez a todos se calarem e engolirem a seco. – E então Azio? – Azio ficou em silencio, apenas olhando com uma expressão calma para Marc.
- Azio... – Suspirou Rose.
- Esta bem! Eu aceito! – Respondeu Azio ficando sério.
- Ótimo! – Afirmou Marc. – Eu já esperava por isso! - Marc se virou e ficou de costas para todos. – Venha comigo!
- Mas Marc! – Interrompeu Yagura. – Esta pensando em levar Azio para lutar nas arenas da área de treino? Há essa hora o lugar já deve estar cheio! E uma luta dessas iria chamar muita atenção!
- Eu não pretendo lutar com Azio na área de treinamento! Irei levá-lo a outro lugar!
- Ah! – Exclamou Yagura como se tivesse descoberto algo. – Esta falando da...
- Sim! Agora vamos! – Azio e o restante seguiram Marc que os comandou por caminhos da sede que Azio ainda nem havia visto. Eles passaram por corredores desertos e por jardins secretos. Passaram também por alguns lugares restritos, mas logo saíram deles. Azio logo percebeu que a sede da Hearth era um lugar em tanto. Marc levou Azio & Cia até um corredor totalmente deserto. O lugar estava bem sujo, e não havia ninguém ali. As salas que estavam no lugar, tinham suas portas trancadas e bloqueadas por estacas de madeiras, e tinha até alguns Spinaraks nas paredes tecendo suas teias. A entrada para o corredor estava bloqueada por algumas faixas de segurança. Marc e o restante as atravessaram e prosseguiram o caminho. Quando chegaram ao final do corredor, onde havia uma parede, Marc a empurrou e uma passagem secreta se abriu. A parede virou e todos entraram dando de cara em um corredor. Logo, a parede se fechou e os deixou do outro lado. Quando Azio viu, eles estavam em uma área totalmente diferente: A sua frente havia pequenos morros de grama, com alguns arbustos e arvores no local. Havia também um pequeno rio. A área tinha o tamanho perfeito para uma arena de batalha, e no final do caminho, havia um paredão de rocha a bloqueando. Ao redor, havia um pátio construído artificialmente que cercava o local. Marc deu alguns passos a frente e ficou em cima de um pequeno morro. Marc se virou para os cinco que o seguia e declarou: - Seja bem-vindo a Libert Zone Azio! -Azio olhou ao redor e apreciou o local. – Essa é uma arena de batalha especial e secreta, que poucos da Hearth sabem a sua localização! Esse lugar é usado como um campo de treinamentos mais “sofisticado”!
- “Campo de treinamento”? – Repetiu Azio. – Pensei que íamos fazer uma batalha!
- E vamos! Agora suba aqui! – Azio obedeceu e subiu no local. Ambos andaram um pouco e logo chegaram a um território com marcas de batalha. Marc se posicionou em cima de uma área com a grama mais escura, e Azio fez o mesmo, ficando assim de frente para Marc. O restante se aproximou e ficou a uma distancia segura, apenas vendo. – Yagura, você pode ser o juiz!
- Certo! – Yagura deu alguns passos a frente a se posicionou.
- Quantos Pokémons você tem Azio? – Perguntou Marc.
- Três!
- Então essa será uma batalha de três contra três! Esteja pronto! – Marc sacou uma Pokébola, e Azio fez o mesmo. Yagura se aproximou e orientou:
- Só para você saber Azio... – Azio olhou para Yagura. – Este lugar possui algumas regras: Não é permitido que você destrua mais de 40% do local durante uma batalha. E também é proibido o uso de técnicas extremamente poderosas, como Autodestruição, Meteoro do Dragão, Poder da Terra e outras técnicas que possam causar danos ao local.
- É só? – Perguntou Azio.
- Não! Também é proibido que se use estratégias envolvendo o ambiente local. É permitido desde que o ambiente não sofra danos. – Yagura fez uma pausa. – Agora é só! Podem começar!
- Certo! – Azio jogou sua Pokébola e liberou seu Gliscor.
- Gliscor... – Exclamou Marc bem baixinho. – Isso dificulta as minhas escolhas... Mas enfim... – Marc trocou sua Pokébola e pegou outra, sacando seu Togekiss. – Pode começar atacando!
- Gliscor, Mordida de Gelo! – Gliscor voou e mordeu Togekiss no pescoço. Togekiss soltou um choro de dor.
- Um ataque do tipo gelo! Muito bom Azio! – Exclamou Toby.
- Togekiss, livre-se de Gliscor! – Togekiss se soltou de Gliscor usando sua força física e voou para o céu.
- Gliscor, siga Togekiss e pegue-o com a Mordida de Gelo mais uma vez! – Gliscor voou e seguiu Togekiss no ar, que fazia diversas manobras.
- Togekiss, Corte de Ar! – Togekiss parou e liberou uma onde de ar cortante que acertou Gliscor em cheio. – Agora o pegue com a Atração! – Gliscor se recompoz e olhou para Togekiss, que começou a dançar no ar e logo piscou para Gliscor. Gliscor ficou apaixonado e imobilizado.
- Se a atração funcionou... – Falou Yuuki. – Isso só pode dizer que Gliscor é macho!
- Gliscor, não se deixe por levar pela a atração! Use a Mordida de Gelo! – Gliscor voou até Togekiss, mas parou no meio do caminho apaixonado. – Tsc!
- Um Pokémon fêmea na equipe sempre ajuda! – Exclamou Marc. – Togekiss, Esfera de Aura! – Togekiss carregou uma esfera azul brilhante com as suas duas asas e logo a arremessou em Gliscor. Gliscor recebeu o golpe e caiu no chão, ainda tendo forças para lutar.
- Gliscor volte! – Azio retornou Gliscor e logo o trocou por seu Absol. – Absol, Suker Punch! – Absol avançou em Togekiss e o acertou com suas patas frontais. Togekiss voou e bateu de costas em uma arvore. – Vento Cortante, agora!
- Corte de Ar! – Absol liberou suas ondas de vento e Togekiss sua navalha de ar. Ambos os golpes se colidiram criando uma onda de vento que fez muitas folhas voarem. – Seus Pokémons são fortes Azio! – Afirmou Marc. – Mas isso ainda não é o suficiente! Togekiss, Esfera de Aura! – Togekiss arremessou uma esfera de aura, e Absol desviou deste.
- Corte Psíquico! - O chifre de Absol brilhou rosa e este avançou para cima de Togekiss.
- Proteger! – Togekiss criou uma barreira verde circular que bloqueou o golpe de Absol. – Agora use a Esfera de Aura! – Togekiss disparou uma esfera de aura que acertou Absol em cheio e o mandou para o chão. – Agora use a Atração! – Togekiss dançou e piscou para Absol e este quando se levantou ficou apaixonado.
- Esse Togekiss é um problema! – Exclamou Yuuki.
- Aonde será que Azio quer chegar recuando os Pokémons desse jeito? – Perguntou Rose fazendo uma cara duvidosa.
- Gliscor, Mordida de Gelo! – Azio lançou seu Gliscor que voou direto até Togekiss pronto para mordê-lo.
- Togekiss, Proteger! – Togekiss criou mais uma vez a sua barreira verde circular que o defendeu do golpe de Gliscor. – Corte de Ar! – Togekiss então lançou seu corte de Ar que jogou Gliscor contra uma arvore. – Suba para o céu!
- Gliscor siga Togekiss!- Togekiss voou para o céu e Gliscor fez o mesmo.
- E lá vão eles novamente! – Exclamou Rose, como se estivesse entediada da luta.
- Gliscor, pegue Togekiss com a Mordida de Gelo!
- Togekiss, Corte de Ar! – Togekiss lançou seu golpe primeiro, e Gliscor desviou. Porem, quando Gliscor ia atingir Togekiss, este também desviou do golpe. – Baixou a guarda! Togekiss, Corte de Ar! – Togekiss disparou o seu golpe em Gliscor que o acertou por trás. Gliscor perdeu o controle e começou a cair do céu. – Agora use a Esfera de Aura! Chegue bem perto! – Togekiss voou para perto de Gliscor que estava quase caindo com a Esfera de Aura exposta e pronta para ser disparada, mas logo Gliscor se virou e surpreendeu Togekiss com uma mordida de gelo no pescoço.
- Acho que foi você quem baixou a guarda! – Exclamou Azio. Logo, as pernas e as asas de Togekiss se congelaram e este caiu duro no chão, apenas gemendo de frio. – Gliscor, Guilhotina! – Gliscor voou para o chão com sua garra esquerda brilhante exposta e logo acertou Togekiss causando uma explosão local. A fumaça sumiu e não havia nenhum sinal de Togekiss. Gliscor olhou para todos os lados, mas não o achou.
- Eu o recuei! – Falou Marc com a Pokébola de Togekiss na mão. Marc a guardou e sacou outra Pokébola libertando seu Hypno.
- Tsc! – Azio reclamou.
- Hypno, Hipnotizar! – Hypno lançou anéis circulares que voaram até Gliscor o cercando. Gliscor notou perigo e saiu do meio dos anéis.
- Gliscor, Mordida de Gelo! – Gliscor avançou para morder Hypno, mas este logo se esquivou perfeitamente. Gliscor voltou à sua posição inicial.
- Ele esquivou! – Exclamou Rose.
- Aquele Hypno é forte! – Falou Toby.
- Hypno, Psíquico! – Hypno balançou sua mão direita em formas circulares e Gliscor ficou envolvido por uma camada azul ao redor de seu corpo. Então Hypno logo puxou sua mão para o lado fortemente, e Gliscor foi arrastado por forças psíquicas até uma arvore. Onde lá ele bateu na arvore e a força do impacto fez um buraco raso se abrir na arvore. Gliscor caiu no chão debilitado.
- Incrível! – Exclamou Yuuki surpresa.
- Não pense que será fácil me derrotar Azio! – Falou Marc ajeitando os óculos. – Eu sou o numero um da Hearth! Se prepare! – Marc encarou Azio.
- Certo! Não pegue leve comigo! – Azio lançou seu Absol e se preparou para continuar o combate.

Continua...

________________
Pokémon:The Dark Avenger!! - Página 2 Cobrasign
Pokémon:The Dark Avenger!! - Página 2 Oracionseis
GajeelRedFox
GajeelRedFox
Membro
Membro

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
Pokémon:The Dark Avenger!! - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon:The Dark Avenger!! - Página 2 Right_bar_bleue

Frase pessoal : Fruta que Caiu hein?!


Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon:The Dark Avenger!! - Página 2 Empty Re: Pokémon:The Dark Avenger!!

Mensagem por GajeelRedFox Seg 26 Set 2011 - 20:25

Pokémon: The Dark Avenger

Capítulo 16:O Pokémon desconhecido e misterioso...

Gliscor esta fora de combate! A vitória é de Hypno. – Falou Yagura, como juiz. – A batalha continua!
- Absol, Suker Punch! – Absol avançou e golpeou Hypno com suas patas frontais. Hypno foi jogado para trás, mas este se manteve firme continuou em pé. – Vento Cortante! – Absol balançou sua calda e liberou ondas de vento cortante que atacaram Hypno e começaram a empurrá-lo para trás. Hypno se manteve firme.
- Hypno, Explosão Focalizada! – Hypno carregou uma esfera laranja com estigmas marrons e a arremessou em Absol. A esfera aumentou de tamanho e Absol se esquivou rapidamente da Esfera que atingiu o chão e explodiu.
- A explosão focalizada é o único ataque de Hypno que pode derrotar Absol em um único disparo! – Exclamou Yuuki. –Mas Absol é muito rápido, e dificilmente Hypno vai acertá-lo!
- Essa luta será difícil para ambos os lados! – Falou Rose preocupada.
- Absol, Corte Psíquico! – O chifre de Absol brilhou rosa e este avançou para cima de Hypno. Hypno foi atingido e jogado contra uma arvore. Hypno bateu contra uma arvore e permaneceu caído. – Ele ainda esta consciente! Absol Corte Psíquico mais uma vez! – Absol correu até Hypno com o chifre exposto.
- Hypno, Explosão Focalizada! – Hypno aproveitou a oportunidade e levantou a cabeça. Hypno carregou uma esfera focalizada. Porém, quando ia arremessar, Absol o atingiu e a esfera explodiu em ambos. A explosão destruiu uma arvore inteira fazendo alguns fragmentos dela voarem pelo ar. Depois que a fumaça abaixou, Absol se mostrava nocauteado caído no chão e Hypno estava apenas deitado, mas ainda consciente.
- Absol esta fora de combate! A vitória é de Hypno. – Declarou Yagura.
- O Hypno é do tipo psíquico e tem resistência contra ataques do tipo lutador! E mesmo a explosão focalizada, sendo um ataque de poder extremamente alto, Hypno possui uma ótima defesa especial! – Exclamou Toby.
- Sim! – Falou Rose. – E agora Azio só tem mais um Pokémon! Sendo que Marc ainda tem três! – Azio recuou seu Absol e em seguida sacou sua ultima Pokébola.
- Você é forte! Tenho que admitir! – Falou Marc. – Porém, nesse ultimo instante, você vacilou: Se você tivesse avisado para Absol desviar do golpe de Hypno, Absol não teria sido derrotado!
-Não me subestime Marc! A luta ainda não acabou! - Azio liberou seu Lucario.
- Lucario é o Pokémon mais forte de Azio! – Falou Rose. – Ele mesmo tendo desvantagens contra Hypno, pode vencê-lo por Hypno estar fraco!
- Hypno! Volte! – Marc recuou seu Hypno. – Seria muita ignorância da minha parte deixar um Pokémon exausto continuar lutando! – Marc sacou outra Pokébola e dela libertou seu Mienshao.
- Lucario, Velocidade Extrema!
- Mienshao, Falso Fora! – Mienshao atacou antes. Ele pulou na frente de Lucario e bateu duas mãos, uma contra a outra, criando uma onde de vento que jogou Lucario para trás.
- Ambos os golpes, Velocidade extrema e falso fora tem prioridade nível um! O Pokémon usuário sempre atacara primeiro não importa qual seja a velocidade de seu oponente! Mas se ambos os golpes tem prioridade nível um, isso só pode dizer que Mienshao é mais rápido para poder atacar em primeiro! – Exclamou Rose.
- Sim, mas o Lucario de Azio possui algo especial! – Exclamou Toby sorrindo.
- Mienshao, Força da Palma! – Mienshao correu até Lucario que estava apoiado em sua perna direita e se preparou para golpeá-lo. Mas no instante Lucario desviou do golpe rapidamente e ficou em pé.
- Lucario, Chute Flamejante! -Lucario deu um 360° e acertou as costas de Mienshao com seu pé flamejante. Mienshao caiu no chão.
- Ele esta mais rápido! – Exclamou Rose surpresa.
- O Lucario de Azio possui a habilidade coração inabalável! Toda vez que o Pokémon recua após receber um golpe que o faça recuar, este Pokémon fica mais rápido!
- Mienshao, Alto Pulo Chute! – Mienshao se levantou e tentou dar uma voadora em Lucario. Porém, Lucario desviou e Mienshao caiu no chão se machucando.
- Essa é a chance Lucario, Pegue-o com o Combate Corpo a Corpo! – Lucario correu para atingir Mienshao, mas este se virou e desviou de todos os golpes de Lucario.
-Força da Palma! – Mienshao achou uma brecha e golpeou a barriga de Lucario com a palma da sua mão. Lucario foi empurrado para trás e ficou paralisado por uma leve carda de eletricidade que circulou pelo seu corpo. – Ele esta paralisado, essa é a nossa chance Mienshao! Use o Alto Pulo Chute! – Mienshao correu e pulou no ar, desferindo uma voadora em Lucario que caiu de costas no chão debilitado.
- Lucario esta fora de combate! Mienshao vence! – Yagura estendeu sua mão direita para Marc. – A vitória é de Marc!
-Eu não acredito! – Exclamou Yuuki. – Azio não derrotou nenhum Pokémon de Marc!
- Marc é realmente... Mais forte! – Exclamou Rose. Marc e Azio voltaram seus Pokémons nas suas Pokébolas e Marc olhou para Azio.
- Azio, você me decepcionou! – Azio olhou para Marc com desprezo. – Eu esperava mais de um treinador do seu nível! – Marc deu as costas e saiu andando para fora da arena.
- Marc! – Exclamou Azio. – Qual o propósito desta luta?
-Treinar você contra os Souls! – Marc abriu a passagem secreta. Antes de entrar, Marc pronunciou suas ultimas palavras: - Espero lutarmos novamente! Se você me vencer, estará pronto para lutar com Suiro novamente! – Azio apenas ficou olhando para Marc deixar o lugar, e o restante fez o mesmo.
-------XXXX-------
Era noite em uma floresta não localizada. Dois homens da Soul dirigiam um jipe preto com o emblema da Soul em ambos os lados. No banco de trás do jipe havia um Pokémon dentro de um saco. O saco estava bem amarrado e apertado. Atrás do jipe, o seguindo, havia dois Scythers vigiando todos os lados enquanto voavam atrás do jipe. O jipe estacionou perto de uma arvore, e os dois Souls, acompanhados de seu Pokémons, carregaram o Pokémon de médio tamanho até um deposito velho e sujo. O lugar se parecia com uma pequena fabrica abandonada, com as janelas quebradas, e as paredes desbotadas. Ao redor do lugar havia uma grade cercando o lugar e impedindo a passagem de todos. Um dos Souls abriu um portão no meio das grades e assim eles entraram. Eles deram a volta no deposito e o mesmo Soul que abriu o portão de grade, abriu uma porta lacrada nos fundos que dava acesso a um porão. Todos entraram e a área externa ficou deserta. Dentro do local, os dois Souls desceram uma escada e foram parar em um corredor longo, com dois caminhos: Um para a esquerda e outro para a direita. Ambos sem fim. O local era subterrâneo, e estava iluminado por luzes vermelhas. Os dois Souls, acompanhados de seus Scythers, foram pelo caminho da direita e percorreram um grande trecho, até que chegaram a em frente a uma porta que estava fechada. O que abriu as duas portas anteriores bateu três vezes na porta e uma voz respondeu:
- Números?
- 138 e 59! – Respondeu o Soul que bateu na porta. Então a porta se abriu e os dois entraram com seus Pokémons. Dentro da sala, havia alguns papeis jogados no chão, e alguns cartazes de “procura-se” ou páginas de jornais colados na parede. Havia se encostado à parede do lado direito da entrada, uma mesa com alguns documentos e papéis em cima, e uma cadeira. No canto esquerdo frontal da sala havia algumas caixas de madeira lacradas e uma gaiola de tamanho médio. Não havia ninguém na frente dos Souls, e logo uma voz falou atrás deles:
- Trouxeram a “encomenda”? – Ambos se viraram e viram um homem de calça cinza, usando botas e uma camisa regata com listras. Ele usava um casaco branco cinzento por cima da roupa, cujo braço direito ficava no lugar, e o seu braço esquerdo ficava fora do casaco. O sujeito usava óculos escuros, era um tanto musculoso e usava um “cap “de golfe bem largo.
- Sim! – Respondeu o Soul que segurava o Pokémon amarrado. – É esta aqui!Sem duvida! Ela sabe telepatia!
- Mostre-me! – O sujeito apontou para a gaiola como se quisesse que despachassem o Pokémon lá dentro. O Soul que carregava o Pokémon abriu o saco e jogou uma Espeon dentro da gaiola. A Espeon estava muito fraca: Estava com machucados pelo corpo e estava suja também. Mas não podia fazer nada, pois estava desacordada.
- E ela! – O Soul do saco apontou para Espeon. – Ela esta desacordada no momento, mas é ela!
- Vocês foram seguidos?
- Não! – Respondeu o outro Soul.
- Ótimo!Voltem para a base nove e esperem as próximas ordens! Não se esqueçam de fechar o portão! – Os dois Souls obedeceram e saíram do quarto deixando apenas o sujeito misterioso e a Espeon lá dentro. Porém, quando o homem estava fechando a porta, Espeon abriu os olhos lentamente e logo os fechou.
-------XXXX-------
Azio andava pelos corredores da Hearth dando passos lentos, ignorando tudo ao seu redor e pensando apenas na sua derrota contra Marc. Os amigos de Azio resolveram deixá-lo sozinho por um tempo para este se acalmar... A propósito: Azio havia perdido duas lutas consecutivas. Azio andava calmamente quando Yagura surgiu correndo no meio de seu caminho, como alguém procurando outra pessoa para reportar uma mensagem.
- Azio! Espere! – Falou Yagura se aproximando de Azio.
- O que foi?
- White nos quer na sala dele! Ele tem uma missão importante para a gente! – Yagura fez uma pausa. – É sobre o caso do Porygon. – Azio arregalou os olhos ao ouvir sobre o que era.
- Certo! Vamos! -Yagura concordou com a cabeça e correu novamente pelo corredor seguido de Azio. Ao chegarem à sala de White, Yagura abriu a porta e Azio entrou seguido dele. Yagura fechou a porta e ambos se aproximaram da mesa de White, que estava sentado em sua cadeira de couro, e a frente dele estava Toby parado, que logo se virou quando os dois entraram.
- Azio, Yagura, ótimo! – White continuou. – Como Yagura já deve ter avisado para você Azio, o tema do assunto é “Porygon e o transportador cibernético”!
- Sim! Ele me disse! – Respondeu Azio se aproximando da mesa e ficando um pouco a frente de Toby.
- Ótimo! – White continuou. – Bem, parece que os meus cálculos de que o transportador cibernético iria ficar pronto em cerca de alguns meses a frente estava errado. – White cruzou os braços. – Por algum motivo o transportador cibernético já esta pronto!
-Que? – Perguntou Toby.
- Mas como? – Perguntou Azio.
- É! Como? – Perguntou Yagura. – Devido a nossa interceptação no grupo de Souls que estavam recolhendo peças em Dewford para a construção desse transportador, o prazo para ele ficar pronto não deveria ser tão cedo! Se Sebubba não pode mais lhes fornecer peças, então quem foi? E como eles terminaram um trabalho desses em tão pouco tempo? O transportador cibernético é um projeto muito sofisticado que exige peças de alta qualidade.
- Eu não sei como eles terminaram tão rápido! – Respondeu White. – Com certeza eles encontraram algum fornecedor misterioso e desconhecido! Mas isso não é tudo! – Todos abriram bem os olhos em expressão atenta. – Por sorte... A Soul não tem o ultimo “ingrediente” para completar o serviço! – White se levantou. – Para o transportador cibernético funcionar, é necessário uma grande quantidade de energia elétrica e psíquica! A Soul já tem a energia elétrica! Mas quanto à psíquica eles ainda não a possuem devido ao fato de essa energia psíquica ser muito “especial”! Eu consultei o Dr. Takuto para saber que tipo de Pokémon gera essa energia e ele mesmo falou que não conhece nenhum Pokémon assim!
-Então não há muito com o que nos preocuparmos! – Falou Toby.
- Errado! – White ficou um pouco mais sério. – A Soul já conseguiu esse Pokémon! Mas para a nossa sorte eles não sabem como usá-lo! – Nesse instante Azio pensou se esse misterioso Pokémon pudera ser aquele Pokémon que ele viu enjaulado em uma caverna da Soul na região de Unova. White se virou para a janela atrás dele e logo se voltou aos três a sua frente. – Nós já sabemos onde esse Pokémon esta!
-Onde? – Perguntou Toby apressado.
- Yoshi seguiu os “seqüestradores” desse Pokémon até um antigo depósito e ficou a espreita do lugar como um vigia sob minhas ordens! Ele irá me comunicar se os “seqüestradores” se deslocarem com o Pokémon.
- Porque “seqüestradores”? – Perguntou Azio. White ficou um pouco em silencio, mas logo respondeu:
- Isso tem haver com o fato deste Pokémon ser o único capaz de gerar a energia necessária para o transportador funcionar! De acordo com Dr. Takuto, a origem deste Pokémon é desconhecido por todos os cientistas da Hearth e da Soul! Então, os Souls que Yoshi viu carregando o Pokémon só podem ser seqüestradores pelo fato de terem ido até este certo local desconhecido e raptado o Pokémon de lá!
- Mas se nem os cientistas da Soul, e muito menos os membros dela sabem de onde veio esse Pokémon, como foi que o encontraram e o raptaram? – Perguntou Azio.
- Bem... Há uma única pessoa nesse mundo que sabe de onde veio esse Pokémon: Um misterioso treinador Pokémon que atende pelo nome de “X”! – White ficou sério. – Creio que ele deve ter feito um pacto com a Soul e deve ter dito ao líder dela onde encontrar esse Pokémon! Então assim os Souls o capturaram!
-“X”? – Perguntou Yagura para si mesmo ficando em silencio logo depois.
- Então o que espera que façamos? – Perguntou Toby.
- Vocês devem ir até o depósito abandonado na qual o misterioso Pokémon está! Ao chegaram, vocês irão invadir e irão pegar esse misterioso Pokémon e o trazer aqui para a Hearth! Não podemos deixar esse Pokémon com a Soul! Se eles descobrirem como utilizar os seus poderes... Tudo estará perdido!
- Iremos fazer isso! – Exclamou Azio.
- Sim! Pelo bem de todos! – Falou Yagura.
- É! – Toby fez um jóia e sorriu confiante.
- Certo! Vão para a floresta de Ilex na região de Jotho onde lá Yoshi os estará esperando perto do depósito abandonado! Quando chegarem lá, digam para Yoshi retornar para a sede! Quando chegaram a Jotho, sejam discretos e não chamem a atenção! A Soul certamente deve ter colocado muitos espiões para patrulhar a região como proteção ao tal Pokémon! Conto com vocês!
- Certo! – Os três disseram em coro e então saíram da sala de White rumo a Jotho.
O trio da Hearth correu pelo continente de Unova com pressa, até chegar à cidade de Milstraton e lá pegar um avião pequeno que o levou direto a Jotho. Em Jotho, o trio desembarcou na cidade de Goldenrod, e lá, discretamente prosseguiram o seu caminho até a floresta de Ilex, onde andaram em silencio dentro da mata. Azio, Toby e Yagura andaram em silencio pela escura floresta, evitando contato com os Pokémons da região e quando chegaram ao centro da floresta, avistaram um jovem agachado atrás de uma moita espionando alguma coisa. Toby se apressou um pouco e se aproximou do garoto que se revelou ser Yoshi.
- Ei Yoshi! – Toby se agachou atrás de Yoshi e colocou a mão no ombro do amigo.
- Toby! Então você veio! – Falou Yoshi se virando e reparando Azio e Yagura se aproximando. – Vocês também vieram! Ótimo!
-Qual a situação? – Perguntou Azio se agachando ao lado de Yagura atrás de Toby e Yoshi.
- Pelo que eu vi, há dois membros da Soul dentro deste depósito! Cada um deles possui um Scyther e um deles estava carregando um Pokémon dentro de um saco! Creio que este seja o Pokémon misterioso, pois eu os ouvi comentando no caminho! Por sorte eles não perceberam que eu os estava seguindo!
- Certo! Vamos assumir a partir de agora! – Falou Yagura. – Você já pode voltar para a sede da Hearth, Yoshi!
- Certo! -Yoshi se levantou. – Conto com vocês pessoal! – Yoshi saiu andando em silencio atrás do trio da Hearth.
- E então? Qual é o plano? – Perguntou Toby.
- Vamos invadir! – Respondeu Azio.
- Sim! – Concordou Yagura. – Vamos entrar nesse depósito e descobrir o que tem nele! Porém, vamos ser cautelosos! – Azio e Toby concordaram com a cabeça e os três se levantaram e correram até as grades do depósito. Yagura se aproximou delas e libertou seu Scizor que com muita calma e em silencio, rompeu as grades e abriu um buraco para os três passarem. Yagura passou primeiro e foi direto a uma porta que estava presa com estacas de madeira e correntes. Azio entrou em seguida e depois Toby. Scizor entrou por ultimo e após fechar o buraco que abriu nas grades, Yagura o recolheu na Pokébola. Yagura observou bem a porta lacrada e então comentou: - Esta porta esta bem trancada! Teremos que ser silenciosos e cuidadosos para abri-la!
- Não será necessário! – Falou Azio. Yagura e Toby se viraram para Azio que estava agachado ao lado de uma trilha de pegadas na grama. – Os Souls passaram por aqui! As pegadas estão bem visíveis! - Azio se levantou e seguiu as pegadas. Yagura e Toby o seguiram. Azio chegou a uma porta nos fundos que estava fechada. – A trilha acaba aqui! Creio que eles entraram!
- Certo! Vamos entrar então! – Yagura se aproximou da porta e tentou abri-la, mas ela estava trancada. – Tsc! E agora?
- Cuidado ai! – Yagura ouviu o aviso de Toby e se virou. Logo após se virar, Yagura pulou para o lado e Toby enfiou um chute na porta que a fez despencar. A porta caiu escada a baixo e fez um som agudo de madeira oca.
- Idiota! Porque fez isso? – Perguntou Yagura bravo com Toby.
- Era o único jeito ué! – Toby sorriu em ficou com cara de bobo.
- Sssshh! - Fez Azio. – Silencio! - Todos ficaram quietos por um tempo e um longo silencio se passou. Ninguém apareceu. – Tivemos sorte! Ninguém ouviu o som da porta caindo! Vamos! – Azio, Toby e Yagura desceram a escada e chegaram a um corredor que tinha um longo caminho para a esquerda e outro para a direita.
- Então eles vieram aqui! – Falou Toby. – É um bom lugar para esconderijo! Deserto e sujo!
- Vamos nos separar! – Falou Yagura. – Temos que ver a onde esses corredores vão dar! Eu irei com Toby pelo corredor esquerdo! Azio, você irá pelo lado direito!
- Certo! – Afirmou Azio. Assim, Yagura e Toby se separaram de Azio e perseguiram o caminho esquerdo. Azio andou silenciosamente pelo corredor da direita, tentando abrir com cuidado cada porta que encontrava. Porém, todas estavam trancadas e algumas até lacradas. Azio andou até que se deparou com uma porta a qual tentou abrir e por sua sorte, a porta estava aberta. Azio á abriu um pouco e olhou discretamente dentro da sala. O lugar estava vazio, e então Azio entrou em silencio e logo fechou a porta. Ao entrar, se deparou com uma mesa cheia de papéis e arquivos. Azio se aproximou da mesa e começou a mexer na papelada par ver se encontrava alguma pista. Foi quando Azio encontrou uma pasta com algumas folhas dentro dela. Na capa da pasta, estava carimbada a palavra “Secreto”. Azio abriu a pasta e começou a fuçar as folhas, uma por uma até que para a sua surpresa, Azio encontrou uma ficha que continha dados seus. Os dados estavam pouco atualizados e Azio ignorou a folha, mas, quando a virou, encontrou outra ficha: A ficha de seu irmão. Azio a pegou surpreso e começou a lê-la. Na ficha, havia os dados de data de nascimento, idade, altura, peso, Pokémons (este espaço estava vazio) e outras coisas. Azio olhava com atenção a cada palavra da ficha e quando menos esperava, uma voz leve e suave ecoou na sua cabeça:
- Me ajude... – Azio fechou a pasta e olhou desesperado para todos os lados da pequena e quadrada sala. Por um momento Azio pensou que estava sendo vigiado, mas logo notou que não havia ninguém. Então Azio pegou a pasta e a guardou em baixo de seu casaco. Azio continuou a mexer nas papeladas até que a voz ecoou novamente: - M-Me... Ajude... – Azio notou que a voz estava mais fraca e logo saiu de perto da mesa e ficou no centro da sala, olhando de um lado para o outro. – Aqui em... Baixo... – A voz ecoou novamente e Azio olhou para o canto esquerdo superior da sala e viu uma Espeon trancada dentro de uma pequena gaiola. A Espeon estava ferida e suja, e para a sorte de Azio, ela estava meio desacordada.
- Você esta bem? – Perguntou Azio se aproximando da gaiola e tirando a Espeon de dentro dela. Azio se ajoelhou e deitou a Espeon em seus dois braços que formaram uma espécie de berço.
- Salve-me... – A voz ecoou novamente na cabeça de Azio, e por um momento, ele havia pensado que quem estava falando com ele, era a Espeon.
- Será que... – Azio ficou mudo. – Esse é o misterioso Pokémon? – Azio perguntou para si mesmo. – Logo, Azio ouvi o som da porta se abrindo, e quando ele se virou, viu dois Souls parados em frente à porta do lado de dentro da sala. Atrás deles havia dois Scythers.
-Olha só o que temos aqui! – Falou um deles sorrindo maldosamente ao ver Azio.
- Azio! O que faz aqui? – Perguntou o outro. – Nos entregue a Espeon!
-Sem chance! – Respondeu Azio encarando os dois Souls e se levantando ainda carregando a Espeon.
- Então teremos que acabar com você primeiro! – Falou um deles. – Scythers, peguem-no! – Os dois Scythers pularam por cima dos Souls e avançaram em Azio. O espaço era pequeno, e não havia tempo para Azio sacar nenhuma de suas Pokébolas. Então quando o primeiro Scyther avançou para cima de Azio para lhe cortar bem na cabeça, Azio agachou e o Scyther acertou a parede. O segundo Scyther tentou cortar Azio ao meio, mas Azio desviou do golpe indo para a sua esquerda. Azio se jogou em cima da mesa e rolou sobre ela. E quando os dois Scythers pularam juntos para acertá-lo, Azio inclinou seu corpo sobre a mesa e a levantou utilizando-a como um escudo. Os Scythers cravaram suas garras na mesa e Azio aproveitou a chance para fugir. Os Souls que estavam na porta bloquearam a passagem de Azio e este deve que ir para o outro canto da sala. Azio se encostou à parede e os Scythers se soltaram da mesa. Os dois Souls entraram no quarto e se dirigiram para frente da mesa, ficando de frente para Azio.
-Scythers, destruam-no! – Ordenou o outro Soul. Os dois Scythers avançaram juntos para cima de Azio, e quando Azio estava sacando uma Pokébola, a Espeon abriu lentamente e um pouco s seus olhos que brilharam azul. Os Scythers ficaram envolvidos por uma luz azul e logo ficaram imóveis no ar, flutuando.
- Rápido... – Falou fracamente a Espeon.
- Certo! - Azio soltou seu Lucario. – Lucario, Chute Flamejante! – Lucario correu até os dois Scythers e deu um chute em um deles com sua perna direita flamejante que fez o primeiro Scyther voar em cima do segundo e ambos caíram em cima de seus treinadores. Os Scythers e os Souls caíram no chão e ficaram apagados. A Espeon fechou os olhos e Azio correu para fora da sala. Com uma mão, Azio puxou a cadeira de dentro da sala para fora e a colocou embaixo da maçaneta da porta para os Souls não a abrirem, e depois, Azio correu pelo corredor carregando a Espeon.
Azio correu até o lado direito do corredor e no caminho encontrou Yagura e Toby andando na direção contraria a qual eles haviam seguido anteriormente.
- Azio? – Perguntou Toby. – Já?
- Sim! Eu encontrei com alguns Souls no caminho e tive que voltar! – Respondeu Azio se aproximando dos dois e ficando de frente a eles. Os três pararam de andar. – O que descobriram?
- Nada infelizmente! -Respondeu Yagura. – As portas estavam todas trancadas e lacradas! Não conseguimos entrar em nenhuma sala! – Yagura olhou para a Espeon nos braços de Azio e se espantou um pouco. – Ei! Isso ai com você é...
- É uma Espeon!
-Onde a encontrou? – Perguntou Toby.
- Eu a encontrei em uma sala! Ela estava presa dentro de uma gaiola e apagada quando eu cheguei! Acho que foram os Souls que fizeram isso com ela! – Azio abaixou um pouco a cabeça e olhou para o corpo ferido da Espeon. – Além do mais... – Azio levantou a cabeça. – Acho que ela é o “tal misterioso” Pokémon!
- Que? – Questionou Yagura. – Ela?
- Sim! Pela atual situação dela, creio que estava sendo maltratada e forçada a usar seus poderes! E além do mais... Ela não é um Pokémon comum! Ela sabe telepatia!
- Telepatia!? – Perguntou Toby.
- Isso é muito raro! – Yagura colocou a mão ao redor do queixo. - Bem, seja como for, temos que sair daqui agora! Logo os Souls que você despistou vão vir atrás de nós! – Yagura olhou para Espeon. - E levarmos essa Espeon conosco! Ela precisa de cuidados médicos!
- Certo! Vamos! – Falou Azio tomando a liderança e correndo pelo corredor seguido de seus companheiros. O trio da Hearth saiu de dentro do depósito subterrâneo e foi direto para a floresta se esconder no meio da escuridão das arvores. Os três se distanciaram bem do depósito abandonado, e só quando Azio teve certeza de que os Souls não iriam encontrá-los, Azio escolheu uma arvore alta e larga para se esconder atrás. Azio se sentou atrás da arvore e encostou as costas no tronco dela. Yagura e Toby chegaram em seguida e se sentaram na frente de Azio que colocou com cuidado a Espeon no chão.
- E agora? – Perguntou Toby. – O que vamos fazer?
- Iremos esperar! – Respondeu Yagura. – Esta a noite, e a Soul fica mais atenta a este período do dia! Além do mais, se ficarmos perambulando pela floresta de noite, podemos ser encontrados facilmente! Se ficarmos escondidos aqui não irão nos achar! Vamos esperar amanhecer e daí, iremos voltar para Unova! – Yagura olhou para a Espeon. – Será que é ela?Uma simples Espeon?
- Pode ser! – Respondeu Azio. – Por que... Eu sinto algo diferente nela... É como se ela fosse especial!
- Bem, seja como for, é melhor esperarmos ela acordar! Já que ela sabe telepatia, talvez ela possa nos dizer de onde veio! – Falou Yagura.
- Sim! – Falou Azio que logo depois encostou as costas da cabeça na arvore e lentamente olhou por trás dela para se certificar de quem ninguém os seguiu.
- E então? – Perguntou Toby. – Alguém?
- Não! Por sorte não fomos seguidos!
- Será? – Uma voz de adulto ecoou por trás das costas de Yagura e Toby que se viraram rapidamente. Azio virou o rosto e todos viram a sua frente um homem de casaco branco e um cap de golfe. – Aqueles idiotas não serviram para nada!Tsc! – O homem colocou a mão esquerda sob os óculos escuros e tirou da manga de seu casaco o braço esquerdo.
- Quem é você? – Perguntou Toby.
- Isso não importa! – O homem abaixou a mão esquerda, levantou a cabeça e em seguida apontou para a Espeon. – Me entreguem a Espeon!

Continua...

________________
Pokémon:The Dark Avenger!! - Página 2 Cobrasign
Pokémon:The Dark Avenger!! - Página 2 Oracionseis
GajeelRedFox
GajeelRedFox
Membro
Membro

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
Pokémon:The Dark Avenger!! - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon:The Dark Avenger!! - Página 2 Right_bar_bleue

Frase pessoal : Fruta que Caiu hein?!


Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon:The Dark Avenger!! - Página 2 Empty Re: Pokémon:The Dark Avenger!!

Mensagem por GajeelRedFox Ter 27 Set 2011 - 21:15

Pokémon: The Dark Avenger

Capítulo 17: A verdade sobre Espeon!

Porque a quer? – Perguntou Azio. – O que pretende fazer com ela?
- É assunto da Soul! Não há o porquê falar para vocês!
- É sobre o transportador cibernético não é? – Azio ficou de pé e prosseguiu. – Essa Espeon é o Pokémon que irá fazê-lo funcionar não é mesmo?
- Você é esperto! – O sujeito sorriu. – Acertou! Sim, ela é o misterioso Pokémon que irá gerar a energia psíquica necessária para fazer o transportador cibernético funcionar! Agora eu peço que me entreguem-na!
- E se recusarmos? – Toby se levantou e fitou o homem.
- Terei que levá-la a força! – Nesse instante, dois disparos de teia enrolaram Azio e Toby em uma corda de teia. Imobilizando os dois.
- O que? – Perguntou Toby quando dois Ariados saíram de trás da arvore onde os Hearths estavam e cercaram os três Hearths.
- Ariados, livrem-se deles! – Os Ariados saltaram para cima de Azio e Toby e quando estavam bem perto, Yagura liberou um Infernape que segurou os Ariados com uma mão cada.
- Infernape, Submetida Incendiada! – As mãos de Infernape pegaram fogo e o corpo inteiro de Infernape pegou fogo. Os Ariados também pegaram fogo e Infernape começou a girar feito um peão até que arremessou os dois Ariados contra duas arvores. Os Ariados caíram queimados e nocauteados no chão. – Saia daqui! Se não meu Infernape irá queimá-lo! – Yagura se levantou e ficou de pé encarando o sujeito. - Seu Soul desgraçado!
- Você é forte! – Falou o sujeito desmanchando o sorriso. Infernape rasgou as teias que prendiam Azio e Toby sem Yagura dizer nada.
- Ei, você! – Falou Azio. – Por acaso você é o “X”?
- O “X”? – O sujeito começou a rir. – Hu, hu, hu, hu, hu! Quem me dera eu fosse! – O homem parou de rir e voltou a sorrir. – Eu não sou o “X”! Nem chego aos pés daquele sujeito! Mas se insiste em saber quem eu sou... Apresento-me! – O homem tirou o cap e se curvou para os Hearths. – Meu nome é Kazuya King! Sou um dos membros “Vips” da Soul! – Kazuya colocou o cap de volta na cabeça. – Agora que me apresentei... Quero que me devolvam a Espeon!
- Sem chance! – Falou Yagura se posicionando em frente à Espeon. Azio pegou a Espeon no colo.
- Então você irá se enfiar no meu caminho hein? – Perguntou Kazuya sacando uma Pokébola. – É mesmo uma pena! Mas enfim...
- Eu cuido dele! – Falou Toby se colocando a frente de Yagura e lançando uma Pokébola que dela saiu o seu Servine. – Servine, Lamina de Folha! - A cauda de Servine brilhou verde e este correu até Kazuya.
-Muito ingênuo! – Kazuya liberou um Haryama que fechou as suas duas mãos e segurou a cauda de Servine, imobilizando-o em pleno ar. – Haryama, Esmagada Pesada! – Haryama empurrou Servine para o chão com força e depois pisou em cima dele. O impacto foi tão forte que abriu um grande buraco abaixo de Servine e o chão inteiro tremeu. Servine não resistiu ao golpe de Haryama e foi nocauteado de primeira.
-SERVINE! – Gritou Toby preocupado.
- Haryama use a Força da Palma! – Haryama correu em direção a o trio Hearth com a palma da sua mão direita recuada para trás pronta para ser disparada com tudo em seus oponentes.
- Eu irei enfrentá-lo! - Falou Azio se posicionando um pouco a frente de Toby. – Absol, Corte Psíquico! – Azio liberou seu Absol que instantaneamente teve o seu chifre coberto por um brilho rosa. Absol avançou e colidiu seu chifre com o a palmada reta e direta de Haryama. A força do impacto criou uma pressão de vento tão grande que fez o mato ao redor de todos balançar e varias folhas de arvores voaram. Do ponto de impacto de ambos os golpes faíscas pulavam no chão. Absol e Haryama ficavam se encarando ferozmente e quando Haryama menos esperava Absol o empurrou e Haryama cambaleou para trás.
- Isso! - Falou Toby fechando o punho.
- Absol, Corte Psíquico! – O chifre de Absol brilhou novamente e este pulou para cima de Haryama. Haryama logo se posicionou em pé sem hesitar e rapidamente segurou o chifre de Absol com o mesmo movimento que usou em Servine. Absol ficou parado em pleno ar preso pelo chifre.
- Novamente?! – Questionou Toby.
- Força da Palma! – Haryama soltou Absol no ar e com um rápido movimento estendeu sua mão direita para trás e logo a estendeu para frente desferindo uma forte palmada em Absol que voou até os Hearths atrás dele. Azio e Toby pularam para o lado e Absol passou voando por eles e colidiu com uma arvore, depois caiu no chão. – Mais uma vez! - Haryama correu até Absol com a mão direita estendida para frente, mas antes de chegar a Absol, Infernape surgiu pelo seu lado pegando fogo e o golpeou com uma cotovelada na lateral esquerda. Haryama voou para trás e caiu no chão derrapando. O fogo ao redor de Infernape sumiu e este se apoiou de dor na perna esquerda.
- Vocês dois vão! – Falou Yagura tomando a frente de Azio que recolhia seu Absol e Toby que se levantava. – Eu irei segurá-lo!
- Então você vá! – Falou Azio se levantando e andando para frente. – Eu comecei uma luta com ele! Não irei aceitar que me interrompa no meio dela!
- He, He! – Yagura riu. – Para falar a verdade... Eu comecei a luta com ele, pois foi em quem sacou o Pokémon primeiro esqueceu? – Azio ficou quieto. – Além do mais, se ficarmos discutindo, mais Souls chegarão e nos impediram de lutar ou fugir! Vão para a cidade de Azalea e levem a Espeon a um centro Pokémon! – Azio ficou um pouco quieto e logo se virou um pouco.
- Certo! – Azio se virou e pegou a Espeon no colo e entrou no mato.
- Boa sorte Yagura! – Falou Toby, se virando seguindo Azio.
- Muito nobre da sua parte se servir de isca e deixar os seus amigos fugirem! – Falou Kazuya sorrindo. Kazuya sacou um alquitok e continuou a falar. – Mas mesmo assim isso foi besteira! Eu só preciso me contatar com os Souls da região e...
- Infernape, Soco Elétrico! – Infernape correu até Kazuya e desferiu um soco na barriga deste. Kazuya foi eletrocutado e o seu alquitok explodiu pela força da carga elétrica.
- Desgraçado! – Kazuya caiu no chão.
- Não irei deixar que se comunique com os Souls na região!
- Você agora me irritou seu moleque desgraçado! – Kazuya se levantou expressando uma cara brava e ordenou: - Haryama use Pague de Volta! – Haryama se levantou e correu até Infernape desferindo nele uma forte palmada com as duas mãos que jogou Infernape contra o chão. Infernape se levantou e não ficou nada satisfeito. – Vamos, me divirta!
-------XXXX-------
Azio e Toby chegaram em segurança a cidade de Azalea e foram direto para o centro Pokémon com a Espeon. Ao entrarem no centro Pokémon, Azio foi direto ao balcão de informações para falar com a enfermeira Joy.
-Ola! Bem vindos ao centro Pokémon! Do que precisam?
- Esse Pokémon precisa de cuidados médicos imediatamente! -Falou Azio apressado colocando a Espeon em cima do balcão.
- Certo! Irei chamar a enfermaria! – Rapidamente, um Audino empurrando um carrinho de hospital apareceu por um corredor ao lado do balcão e se posicionou ao lado de Azio fazendo um gesto para colocar Espeon em cima do carrinho. Azio concordou e colocou a Espeon em cima do carrinho. O Audino entrou correndo pelo corredor empurrando o carrinho. – Primeiro vamos examiná-lo para ver se o seu estado atual é grave! Por favor, esperem aqui por enquanto! – Azio e Toby concordaram e esperaram. Azio e Toby ficaram sentados em um sofá na sala de espera. Eles esperaram um bom tempo (cerca de meia hora) até que a enfermeira Joy apareceu do mesmo corredor pela qual levaram Espeon e se dirigiu aos dois com um ar calmo e tranqüilo.
- E então? Como ela está? – Perguntou Azio se levantando. Toby se levantou também.
- Ela esta bem! Seus ferimentos não foram tão sérios como eu pensava! Ela só esta um pouco acordada! – A enfermeira Joy sorriu docemente.
- Isso é bom... – Falou Azio se acalmando. – Em quanto tempo ela ficará boa?
- Levará algumas horas até ela se recuperar por completo e acordar! Creio que vocês terão que ficar por aqui esta noite! – Toby olhou pela a janela surpreso.
- É verdade... Eu nem percebi que já havia anoitecido! – Toby olhou para Azio. – E enquanto a Yagura? Onde ele esta?
- Eu não sei! Mas creio que deve estar bem! Yagura não seria pego por um sujeito daqueles! – Azio se voltou para Joy. – Certo! Sabe onde podemos ficar esta noite?
- Vocês podem dormir aqui mesmo no centro! Há um quarto para viajantes que têm de esperar seus Pokémons se recuperaram por um bom tempo! – Joy mudou a sua feição para um tanto duvidosa. – Não querendo ser xereta, mas... Como foi que a sua Espeon ficou daquele jeito?
- Verdade! Eu também quero saber! – Falou Toby se voltando para Azio novamente.

- Bem, para falar a verdade, ela não é meu Pokémon e eu a encontrei presa! Ela já estava assim quando eu a achei!
- Certo... Mas esta bem! Venham! Irei levá-los até o seu quarto! – Joy conduziu Azio e Toby até os seus quartos onde os dois dormiram a noite toda sem preocupações. De manhã, Azio acordou primeiro e foi até o balcão de recepção pedir a Espeon para a enfermeira. – Ah! - Joy se surpreendeu ao ver Azio. – Bom dia... Não pensei que você fosse acordar tão cedo!
- Estou um pouco sem sono... E então? Posso ver a Espeon? – Perguntou Azio se aproximando do balcão e ficando de frente para ele.
- Sim! Irei mandar trazê-la aqui! – Depois de um tempo um Audino surgiu do mesmo corredor de antes. Ele empurrava um carrinho e nele a Espeon estava sentada em cima. Espeon estava recuperada e sem ferimentos nenhum. Ela também estava limpa é claro. – Ela é forte! Recuperou-se bem até!
- Sim... – Azio se aproximou do carrinho e se agachou na frente da Espeon.. – Ei Espeon... Lembra-se de mim? – A Espeon olhou um pouco confusa para Azio e inclinou a cabeça para o lado esquerdo e depois para o direito tentando reconhecer Azio até que ela deu um doce sorriso e fechou os olhos alegremente.
- Ah sim! Eu me lembro de você! – Falou a Espeon sem mexer os lábios. – Você é aquele treinador que me salvou não é? Bem, muito obrigado!
- Que? – Perguntou Joy esboçando uma cara de duvida e de susto. – E-Ela falou?
- Como eu imaginava... – Falou Azio em um tom baixo para si mesmo e depois se levantando. – Espeon, poderia vir comigo?
- Hun? – Estranhou Espeon deitando a cabeça no ombro esquerdo e esboçando uma cara de duvida.
- Eu gostaria de lhe fazer umas perguntas e de falar um pouco com você!
- Tudo bem! Desde que não seja aqui! – Falou Espeon sorrindo e pulando do carrinho para o chão. – Eu prefiro ir andando mesmo!
- Certo! – Azio se virou e acompanhou a Espeon para a saída do centro, mas antes de sair se virou e falou para Joy: - Quando Toby acordar diga que já saímos!
- Certo! – Respondeu Joy um pouco confusa.
- E obrigado pelo seu serviço! – Azio deu meia volta e saiu do centro. Joy ficou em silencio e depois sorriu falsamente.
- Volte sempre!
Do lado de fora do centro, na cidade Azalea, Azio e Espeon andavam livremente pelas ruas de terra da cidade, evitando não pisar nos Slowpokes da cidade e tomando cuidado para não chamar atenção. Além do mais, a Soul sabia que Azio e Toby iriam estar na cidade de Azalea, e por isso enviaram tropas para vasculhar a cidade. Azio e Espeon subiram no terraço de um pequeno prédio de quatro andares por uma escada que ficava nos fundos do prédio. Quando chegaram ao terraço, Azio se aproximou da sacada e olhou para a cidade vista de cima para ver se não havia nenhum Soul na região. Azio se certificou de que não viu ninguém e depois se virou para Espeon, se sentando na frente dela e se se encostando à sacada do prédio.
- Porque aqui em cima? - Perguntou Espeon se sentando.
- A Soul esta rondando a cidade! Eles já conhecem a minha imagem, e se me virem saberão que sou eu! – Azio olhou para o céu e depois para Espeon. – E além do mais, qualquer Espeon vista na cidade será uma visão suspeita para a Soul já que eles estão atrás de uma! Então é melhor ficarmos em um lugar em que não podemos ser vistos!
- Certo... Então, sobre o que deseja falar?
-... – Azio ficou um pouco em silencio. – Porque você estava presa dentro daquela gaiola?
- Eu também não sei... Para falar a verdade... Não sei por que aqueles caras estavam atrás de mim?
- Talvez seja porque você é especial?!
- Especial?
- Sim! Repare: Você não é um Pokémon comum como os outros, você fala por telepatia!
- Vendo por esse lado é verdade... – Espeon olhou para o lado esquerdo com um olhar de quem descobriu ou acabou de notar algo.
- E além do mais... De onde você veio? – Espeon voltou seu olhar para Azio e ficou um tempo o fitando nos olhos até que fechou os olhos e voltou a ficar com a cabeça virada para a esquerda.
- Não posso falar!
- Por quê?
- É... Digamos... Importante que os humanos não saibam!
- Então faz sentido... – Azio colocou a mão no queixo. – É você!
- Sou eu o que? – Azio notou que para a Espeon contar mais detalhes da conversa deveria contar tudo sobre o assunto para ela.
- Esta bem... Eu irei lhe contar o porquê você estava naquela gaiola e o porquê eu a salvei: Eu sou Azio Hii, um membro da Equipe Hearth! Uma divisão que protege os Pokémons deste mundo de uma organização do mal chamada Equipe Soul! Foi descoberto que a Soul esta planejando construir uma espécie de transportador cibernético que irá transmitir um vírus pelo mundo cibernético. Não se sabe para que fazer isso, ou o que esse vírus irá fazer! Só se sabe que caso isso aconteça, muita coisa ruim pode vir a ocorrer. Porém, para esse transportador funcionar, é necessário dois tipos de energia como seu combustível: Energia elétrica e Energia e psíquica! A Soul já tem a elétrica e poderia muito bem ter a psíquica se ela não fosse uma energia “única”!
- “Única”?
- Sim! Foi descoberto que só um Pokémon pode gerar esse tipo de energia, e esse Pokémon é você! Não se sabe o porquê, mas só sabemos disso! E é ai que eu entro: Minha missão é encontrar você antes dos integrantes da Soul e levá-la em segurança para a Hearth onde lá você será examinada e protegida. É só isso!
- Entendo... Isso faz sentido! Faz sentido de porque aqueles caras maus me atacaram antes!
- Então você se lembra!
- Sim! Eu só não conseguia fazer lógica do “porque”!
-Porém, eu gostaria de saber de onde você veio? Foi de Hoen ou Sinnoh?
- Para falar a verdade... Não! Eu vim de um lugar muito diferente! Mas não posso contar para você onde fica este lugar! É segredo! E mesmo que você soubesse você jamais iria chegar lá!
- Espere... Está querendo dizer que você veio de outro mundo?
- Sim! Tenho certeza!
- Então como chegou aqui?
- Eu não sei! Eu só lembro-me de estar na minha casa, uma doce floresta verde bem clara e brilhante! Eu estava brincando com os meus amigos quando peguei no sono e quando acordei estava em outro lugar! Um lugar com o céu menos azul, as folhas e o mato com uma coloração mais escura... E toda a essência de “brilho” havia sumido... E quando eu sai para procurar os meus amigos e saber onde eu estava, dois Scythers apareceram e me atacaram em conjunto! Eu não pude me defender e fui derrotada! Depois dois humanos me colocaram dentro de uma espécie de saco e o resto você já sabe!
- Compreendo... – Azio se levantou e ficou de pé. – Nesse caso, irei levá-la a Hearth! Talvez lá nós possamos descobrir como você chegou aqui!
-Sério? Você faria isso mesmo? Digo... Por mim? – Espeon olhou para Azio surpresa.
- Sim! Mas peço que colabore comigo durante o caminho até Unova! Não podemos ser vistos pela Soul ou muito menos chamar a atenção! Até partirmos de Unova terá de ser assim certo?
- Sim! – Espeon esboçou um doce sorriso e subiu no ombro de Azio. – Eu gostei de você Azio! Acho que me sinto segura com você! – Azio olhou para Espeon e sorriu.
- Fico feliz em saber disso! - Azio começou a andar em direção a escada. – Mas antes, temos que encontrar os meus parceiros!
- Seus amigos? Sabe onde estão?
- Sim! Um deles esta aqui na cidade, o outro... Se tivermos sorte ele estará nos procurando! – Azio desceu a escadaria dos fundos do prédio e saiu do beco indo para a rua. Azio olhou para todos os lados da rua para ver se avistava alguém suspeito ou um membro da Soul e depois seguiu reto pela calçada. Do outro lado da rua, em frente a uma loja que vendia furtas, um sujeito com um casaco vermelho cor de vinho e um cap estava encostado em uma arvore, de cabeça abaixada e observando Azio. Quando Azio deu as costas para a loja de frutas e começou a andar pela rua, o sujeito se aproximou da loja de frutas, pegou uma maça na frente dos olhos do vendedor que estava olhando para o movimento na rua e levantou a cabeça, que pela aparência do rosto, se revelou ser Gray. Gray mordeu a maçã e disse em um tom de voz normal:
- Azio esta aqui na cidade! E ele esta com a Espeon! – O vendedor da loja ouviu o que Gray acabará de dizer e olhou para Gray.
- Entendido! – Falou o vendedor sorrindo maldosamente e colocando o seu dedo indicador direito sobre um pequeno aparelho de sem ao redor de sua orelha. O vendedor pressionou um botão no aparelho e logo falou: - Todas as unidades da Soul na floresta de Ilex, na cidade Azalea e no poço Slowpoke, digiram-se para a cidade Azalea imediatamente! Azio Hii esta aqui com a Espeon! Repito: Azio Hii esta com a Espeon na cidade Azalea! – Gray ouviu o vendedor se comunicar e esboçou um forte e maldoso sorriso.
- He, He! Bem em nossas mãos hein Azio? – Falou Gray para si mesmo dando mais uma dentada na maçã.

Continua...

________________
Pokémon:The Dark Avenger!! - Página 2 Cobrasign
Pokémon:The Dark Avenger!! - Página 2 Oracionseis
GajeelRedFox
GajeelRedFox
Membro
Membro

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
Pokémon:The Dark Avenger!! - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon:The Dark Avenger!! - Página 2 Right_bar_bleue

Frase pessoal : Fruta que Caiu hein?!


Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon:The Dark Avenger!! - Página 2 Empty Re: Pokémon:The Dark Avenger!!

Mensagem por GajeelRedFox Dom 2 Out 2011 - 1:58

Pokémon: The Dark Avenger

Capítulo 18: Confronto na cidade de Azalea!

Azio caminhou pelas ruas da cidade com Espeon em seu ombro, sem desconfiar que estivesse sendo observado ou perseguido. Azio chegou a uma avenida que a rua tinha ligação com outros quatro caminhos. Azio estava em frente a uma cafeteria e do outro lado da rua, a sua frente, havia um prédio de tamanho baixo. Ao seu lado esquerdo, em outra rua havia algumas casas e do seu lado direito, em outra, Azio pode ver Toby andando em frente a um muro de madeira. Toby logo viu Azio parado e correu pela rua para encontrá-lo.
- Hey! Azio! - Exclamou Toby levantando a mão para Azio após atravessar a rua e chegar à mesma avenida que este. – Joy me disse que estava fora! Mas eu não sabia que seria tão difícil encontrá-lo!
- Mas me achou! Bem, agora já podemos voltar a Unova! – Falou Azio.
- É! – Afirmou Toby sorrindo que logo notou a Espeon no ombro esquerdo de Azio. – Ah! Vejo que já esta melhor não é Espeon?
- Sim! Graças a vocês!
- Ei Azio... Uma pergunta! – Toby olhou de volta para Azio. – É ela mesma? Digo... Essa Espeon é mesmo o Pokémon misterioso?
- Sim! Ela me contou sobre sua vida aqui! Diz que é de outro lugar e que a Soul está atrás dela! Definitivamente é ela!
- Certo! Nesse caso, só precisamos encontrar Yagura agora! – Toby fechou um ponho, o ergueu a altura do peito e sorriu.
- É verdade... – Azio olhou para os lados. - Yagura realmente não apareceu!
- Ele não deveria estar aqui? – Perguntou Espeon.
- Sim, mas nenhum de nos encontrou ele! – Toby cruzou os braços e fez cara de emburrado.
- Que coisa! Desse jeito não vamos poder sair daqui de Jotho! Droga! – Toby olhou para o lado esquerdo e viu, encostado a um poste, um homem com um casaco preto e com um chapéu, disfarçando a sua identidade. O homem estava olhando imóvel para o movimento na rua e ignorava tudo. – Ei, Azio... Aquele cara não esta um tanto suspeito?
- Sim... E ele não está a sós... – Toby viu que Azio olhava para o outro lado da rua, em direção ao prédio de tamanho baixo. Toby se virou e viu que na frente do prédio, havia um homem igual ao que estava na mesma rua que eles, ao lado de um Slowpoke que folgava no chão. Este, porém, estava olhando para o seu lado esquerdo e o direito alternando a cada três segundos.
- Por acaso... – Toby não completou a frase.
- Sim! Eles nos descobriram! – Afirmou Azio. Logo, um mesmo homem surgiu em frente aos muros de madeira pela qual Toby andou ao lado e ao lado desta rua, outros dois saíram de dentro de uma casa e pararam no meio da calçada. Azio olhou para cima do telhado das casas e dos prédios e viu alguns homens usando roupas da Soul olhando a multidão. Azio voltou sua cabeça para a avenida e olhou para todas as ruas, e depois para Toby. – Precisamos sair daqui agora!
- Não vão! – Azio e Toby se viraram e viram um homem com casaco preto e chapéu ao lado deles. Provavelmente, era aquele que estava encostado no poste na mesma rua que Azio e Toby.
- Não irá conseguir nos segurar! – Falou Toby sacando uma Pokébola.
- Pretende lutar aqui? – Perguntou o homem. – Se agirmos aqui no meio dessa gente, iremos chamar muita atenção!
- Então simplesmente iremos embora! – Falou Azio dando as costas para o homem.
- Se vocês forem iremos usar os civis como reféns e iremos machucá-los também! Por isso peço que colaborem e não tentem escapar! - Azio não se mexeu e logo perguntou calmamente:
- O quer que façamos?
- Coloquem isto aqui! – O homem entregou para Azio e Toby duas mascaras de oxigênio. – Coloquem-nas! – Azio e Toby apanharam as mascaras e Azio antes de colocar, viu que o homem colocou uma também, e logo, uma cortina de fumaça se espalhou pela região, e só assim, Azio colocou a mascara. As pessoas que andavam pela rua começaram a tossir e não conseguirão mais respirar, assim, sendo forçadas a se retirarem das ruas. Até os Slowpokes se retiraram lentamente. Então, somente quando todos os civis foram embora e o local ficou totalmente deserto somente com os homens de casaco e os Souls nos telhados, a fumaça abaixou e sumiu. – Podem tirar! – O sujeito tirou a mascara seguido de Azio e Toby, e depois, tirou o casaco se revelando ser um Soul. Logo, os outros homens suspeitos tiraram os casacos e se revelaram serem membros da Soul também. – Não reajam! Vocês estão cercados!
- Azio e a Espeon! Dois prêmios com uma única jogada! – Azio olhou para a esquerda e viu um sujeito se aproximando. Este usava um casaco cor de vinho e um cap.
- Gray! – Falou Azio com desprezo.
- Sim! - Gray tirou o casaco e o jogou no chão. Depois fez o mesmo com o cap e sacou de dentro de sua camisa o seu cap original. – Então, já que estamos aqui, porque não conversamos um pouco?
- Não há nada em conversar com você! – Exclamou Azio. – Se não quiser sair ferido, deixe este lugar! Você e os outros Souls!
- Acho que você contou errado Azio! Nós estamos em vantagem numérica! Não adianta resistir! – Gray olhou para Espeon. – Hein... Quem diria que um Pokémon especial como você fosse depender da ajuda de um fracassado?
- Vocês são os caras maus que estão atrás de mim! – Espeon se zangou com Gray.
- Sim, sim! Isso ai! - Gray olhou para Azio. – Me entregue a Espeon e vocês poderão ir embora numa boa! – Os olhos de Espeon brilharam em uma luz azul e esta olhou para Gray com raiva. Gray então olhou para Espeon como se não tivesse entendido nada.
- Não machuque Azio! – Gray ficou envolvido por uma luz azul e logo foi arremessado para o meio da rua. Gray caiu de costas e derrapou um pouco.
- LIDER GRAY! – Exclamou o Soul que estava ao lado de Gray Azio e Toby. Logo, Espeon virou seu rosto para este, e o empurrou com suas forças psíquicas. – GWAH! – O Soul voou e bateu de costas com o poste há 6 metros atrás dele. Ele caiu sentado no chão meio inconsciente.
- Sua... – Rosnou Gray sacando uma Pokébola e se levantando. – Você vai se ver comigo! – Gray soltou seu Mightyena. – Mightyena, ATAQUE! – Mightyena avançou correndo para cima de Azio e Espeon, mas Azio rapidamente libertou seu Lucario.
- Lucario, Velocidade Extrema! – Lucario correu em alta velocidade até Mightyena e parou em um piscar de olhos em frente a seu oponente. Lucario deu uma rasteira em Mightyena e depois quando Mightyena estava em ar, Lucario o chutou na barriga. Mightyena voou para trás e caiu no chão.
- PEGUEM ELES! – Gritou Gray. Todos os Souls locais libertaram seus Pokémons que atacaram Azio e seu grupo.
- Fala sério... – Reclamou Toby libertando seu Servine que golpeou com a calda um Golbat que o atacará por cima. O Golbat caiu no chão e logo atrás dele surgiu um Linoone que veio correndo com fúria. Em um instante, Linoone ficou envolvido por uma luz azul que o arremessou para trás.
- Temos que sair daqui! – Falou Espeon se revelando ter atacado Linoone.
- Sim! – Disse Azio. – Toby, temos que ganhar tempo!
- Deixa comigo! – Falou Toby com um sorriso maldoso libertando seu Magmar. – Magmar, Cortina de Fumaça! – Magmar soltou uma rajada de fumaça de sua boca que cercou Azio, Toby e seus Pokémons, deixando-os fora do olhar dos inimigos.
- Vamos por aqui! – Exclamou Azio indo para a sua direita com Espeon no ombro. Azio escapou da fumaça seguido de seu Lucario, e quando viu estava do outro lado da rua. Porém, Toby não estava com ele: Estava do outro lado da rua, enfrentando todos os Souls no meio da fumaça.
- Ele esta se sacrificando por nós! – Falou Espeon. – Vamos respeitar o ato de coragem dele e sairmos daqui o mais rápido possível!
- Certo! – Azio se Hesitar muito, correu com Espeon e Lucario para uma rua deserta. Enquanto corria, Azio havia notado que estavam sendo seguidos. Quando se deu conta, o Mightyena de Gray os estavam seguindo. Espeon se virou e viu o oponente correndo atrás deles.
- Eu posso dar conta dele!
- Ele é do tipo noturno! Não seria adequado enfrentá-lo sendo do tipo psíquico! Eu cuido disso! – Azio estava prestes a sacar uma Pokébola quando Espeon testemunhou:
- Não! Eu sei o que faço! – Espeon pulou do ombro de Azio e ficou em posição de batalha esperando Mightyena vir. Azio parou de correr e se virou. Logo, Mightyena os alcançou e ficou a menos de 7 metros de distancia de Espeon. – Segure esta! – Espeon soltou uma esfera cinza de sua boca que liberava brilhos de diversas cores, e que logo ficaram marrons.
- Poder Oculto! – Exclamou Azio para si mesmo em um tom de surpresa. Porém, Mightyena percebeu o ataque inimigo vindo em sua direção e logo desviou para o lado enquanto corria.
- Ainda tem mais! – Espeon liberou outra esfera cinza que desta vez, atingiu Mightyena. Mightyena caiu para trás e antes mesmo de se levantar, Espeon o atacou novamente: - Aqui! – Uma esfera vermelha surgiu flutuando sobre a testa de Espeon. A esfera ficou maior e Espeon a disparou em forma de um raio vermelho coberto por uma camada branca. O raio atingiu Mightyena em cheio e este voou para longe debilitado.
- Hiper Raio! – Exclamou Azio também para si mesmo. – Essa Espeon é mesmo forte!
- Na mosca! – Azio e Espeon olharam para cima surpresos e viram Gray e seu Aggron em cima de um pequeno prédio que estava ao lado deles. – Aggron, Esmague-os! – Aggron pulou de cima do prédio prestes a cair em cima de Espeon.
-Droga! – Exclamou Espeon. – Meu corpo ainda não pode se mexer por causa do Hiper Raio!
- Lucario, salve Espeon com a Velocidade Extrema! – Lucario que estava o tempo todo ao lado de Azio obedeceu e correu em velocidade Máxima até Espeon. Lucario pulou em cima de Espeon e a agarrou, e depois deu uma cambalhota no solo ficando fora do alcance de Aggron que caiu no chão e abriu um enorme buraco.
- Obrigada! – Agradeceu Espeon a Lucario.
- QUE? –Perguntou Gray.
- Lucario, livre-se de Aggron! Esfera de Aura! – Lucario carregou uma esfera de aura e a arremessou em Aggron. A esfera explodiu e Aggron caiu no chão. Porém, logo se levantou bem fraco.
- Ele ainda está de pé? – Perguntou Espeon preocupada.
- Runrr! – Exclamou Lucario.
- Entendo... É a habilidade Robusto... – Falou Espeon como se tivesse entendido o que Lucario lhe disse.
- Aggron, Terremoto! – Aggron bateu seus pés simultaneamente no chão e tudo ao redor deles começou a tremer. Lucario perdeu o controle e se ajoelhou sentido dores no corpo como se tivesse recebido um grande dano. – Quebra Cabeça! – Aggron parou de bater os pés e correu em direção a Lucario que havia baixado a guarda.
- Lucario! Cuidado! – Falou Azio. Mas Lucario estava imóvel e de olhos fechados, sem perceber o seu inimigo vindo.
- Não se atreva! – Exclamou Espeon assumindo a frente de Lucario e liberando uma esfera cinzenta com fragmentos marrons que atingiu Aggron no corpo em cheio. Aggron caiu para trás derrotado.
- Rur! – Agradeceu Lucario levantando a cabeça e abrindo o olho esquerdo com dificuldades.
- Não foi nada! – Falou Espeon em posição de combate.
- Isso ainda não acabou! – Falou Gray pulando de cima do prédio.
-Ele pulou! – Exclamou Espeon surpresa. Antes de chegar ao solo, Gray sacou uma Pokébola e dela liberou seu Haxorus que caiu em pé no chão com Gray montando em suas costas. Gray desceu de cima de Haxorus.
- Haxorus, elimine os dói! Use a Garra do Dragão! – Haxorus avançou para cima de Espeon e Lucario, mas no momento Lucario se levantou e correu até Haxorus, e quando o alcançou, Lucario colidiu um soco de esquerda com as Garras fulminantes da mão direita de Haxorus.
- Chute Flamejante! – O pé direito de Lucario começou a pegar fogo e este levantou um chute na cara de Haxorus que o fez cambalear para trás. – Esfera de Aura! – Lucario carregou uma esfera de Aura e a disparou em Haxorus.
- Desvie! – Haxorus abriu os olhos e se esquivou do golpe. – Dança do Dragão! – Uma onda energia azul e vermelha começou a rodar ao redor de Haxorus e este rugiu ferozmente.
- Lucario, não de chance para ele! Velocidade Extrema! – Lucario correu até Haxorus em velocidade máxima, mas logo este se esquivou do golpe.
- Pique Duplo! - Haxorus que se posicionou atrás de Lucario, rapidamente o golpeou com dois golpes de Karate nas costas, Lucario caiu no chão e ficou tentando se levantar. – Termine o serviço! –Haxorus levantou a perna esquerda para pisotear Lucario mas logo este foi atingido por uma esfera cinza. Haxorus caiu de frente no chão. – QUE COISA!! – Exclamou Gray enfurecido. Gray se virou para Espeon que estava em posição de batalha alguns metros atrás de Haxorus. – VOCÊ NÃO CONSEGUE FICAR NA SUA NÃO É?
- Você é mau! E eu não deixarei que machuque os meus companheiros!
- HAXORUS, GARRA DO DRAGÃO NELA! – Haxorus avançou para cima de Espeon, mas esta se esquivou do golpe passando por debaixo das pernas de Haxorus. Espeon se posicionou a frente de Lucario.
- Eu irei ajudá-lo Azio! Permita-me! – Falou Espeon determinada para lutar.
- Certo! – Concordou Azio se aproximando de Espeon e Lucario. – Você fez bem Lucario! Volte! – Azio retornou Lucario e o substitui por Absol que foi liberado ao lado de Espeon. – Conto com a sua ajuda Espeon!
- Certo!
-------XXXX-------
A rua em que os Souls atacaram Azio e Toby estava em silencio. Nela, só se encontravam membros da Soul e seus Pokémons caídos no chão feridos e nocauteados. No meio da rua, estava Toby, cercado por seus quatro Pokémons. Toby havia derrotado sozinho, todos os Souls e seus Pokémons.
- Muito bem gente! – Falou Toby para seus Pokémons, enquanto bufava. Toby recuperou a postura e olhou ao redor do local até que parou seu rosto virado para a rua pela qual Azio havia entrado com Espeon. – Agora temos que ir atrás de Azio e Espeon! Eles devem estar precisando de ajuda!
- Não permitirei que interrompa Gray! – Toby ouviu a misteriosa voz e a reconheceu. Toby virou seu rosto para frente e viu andando em sua direção Raito.
- VOCÊ?! – Exclamou Toby surpreso enquanto apontava para Raito. – O-O que faz aqui?
- Eu estava com Gray o tempo todo a procura da Espeon! E agora que Gray esta prestes a capturá-la novamente, não deixarei que o interrompa! – Falou Raito se aproximando de Toby e parando em frente a este, a cerca de cinco metros de distancia de Toby.
- No momento não tenho tempo para mais lutas! Então suma daqui!
- Não!
- GH! – Toby se irritou com a resposta rápida e séria de Raito e então se estressou. – Servine, Chicote de Cipó nele! – Dois cipós saíram das costas de Servine e foram rapidamente em direção a Raito. Mas antes de chegarem até Raito, misteriosamente, os cipós foram cortados ao meio e não puderam continuar o ataque. – Que? – Perguntou Toby.
- X- Tesoura! – Falou Raito tirando a mão esquerda do bolso do casaco e apontando para Servine. Então, ser Toby perceber, um Ninjask Shiny apareceu em um piscar de olhos atrás de Servine e o atingiu com suas das garras que formaram um enorme X roxo. O golpe acertou Servine por trás e ele caiu no chão debilitado. – ESSE NINJASK DENOVO?! – Exclamou Toby surpreso e estressado. – Magmar, Lança Chamas nele! – Magmar lançou um lança chamas pela boca que voou em direção e Ninjask, mas este se esquivou do golpe e voou para cima.
- Muito lento! – Falou Raito colocando a mão esquerda no bolso.
- Sem essa! Eu vou tirá-lo do meu caminho agora mesmo! Magmar Lança Chamas no Ninjask mais uma vez! – Magmar levantou a cabeça para o alto e liberou pela boca um forte lança chamas. Ninjask desviou do golpe e voou para baixo em direção a Magmar enquanto Magmar tentava acertá-lo com o Lança Chamas.
- Roubo Falso! – Ninjask voou velozmente até Magmar e quando o alcançou Ninjask desferiu um forte corte na barriga de Magmar. Magmar voou até um prédio que estava atrás de Toby e bateu de costas na parede. Magmar ficou em pé, porém, meio inconsciente. – Garra de Ferro! – Quando Magmar levantou a cabeça com dificuldade, Ninjask apareceu em um piscar de olhos na frente de Magmar. Magmar se espantou e arregalou os olhos assustado.
- Magmar cuidado! – Exclamou Toby se virando para Magmar. As garras de Ninjask ficaram metalizadas e este as golpeou juntas em Magmar que afundou mais na parede e fez uma onda de poeira se levantar. Quando a poeira abaixou, Magmar se mostrou debilitado e Ninjask estava voando baixo bem a sua frente. – Droga! – Reclamou Toby.
- Um Pokémon desse nível jamais iria vencer meu Ninjask! – Toby recuou seu Magmar e seu Servine e depois se virou para Raito.
- Vejo que terei que derrotá-lo primeiro!
- Não vai conseguir! Acredite!
- Há! Não seja tão convencido! Esqueceu que eu venci a nosso ultima luta? – Toby sorriu maldosamente e confiante.
- Daquela vez eu o subestimei, tenho que admitir!Porém, desta vez será diferente! Eu irei lutar a sério! – O Ninjask de Raito surgiu do nada na frente dele. O Swellow de Toby que assistia tudo do céu desceu e ficou sobrevoando chão ao lado de seu treinador.
- Wellow! – Falou Swellow confiante como se quisesse brigar.
- Você quer brigar Swellow? – Toby olhou para Swellow surpreso e Swellow respondeu que sim fazendo um gesto com a cabeça. Toby fechou os olhos e sorriu. – Desculpe Swellow!
- Low? – Falou Swellow.
- Dessa vez pretendo usar Hitmontop! Não que eu esteja menosprezando você, mas... Eu quero testar a nova habilidade do Hitmontop! Você deve compreender não é? – Swellow fez que “sim” com a cabeça e pousou no chão. – Certo! Conto com você Hitmontop!
- Montop! – Hitmontop fechou os punhos e sorriu em um sinal de concordância.
- Mostre-me tudo o que tem... Toby Peck! – Falou Raito.
- He, He! – Toby riu e sorriu. – Vejo que você lembrou o meu nome não é? Bem, que seja! VENHA COM TUDO!
-------XXXX------
- Haxorus, Garra do Dragão! – Haxorus avançou para cima de Espeon para acertá-la com suas garras fulminantes, mas Espeon desviou do golpe e se posicionou atrás de Haxorus.
- Aqui! – Falou Espeon liberando uma esfera cinzenta com fragmentos marrons que voou em direção a Haxorus. Haxorus se esquivou pulando do golpe sem ao menos vê-lo.
- Pique Duplo! – Haxorus se virou em pleno ar e levantou seu braço direito para golpear Espeon. Mas logo um Gliscor apareceu em frente à Espeon e com os seus braços amorteceu o golpe de Haxorus. Porém, Haxorus levantou o seu outro braço (esquerdo) e golpeou a cabeça de Gliscor com um golpe de Karate. Gliscor foi atingido e caiu no chão. Logo após Haxorus acertar Gliscor, Haxorus começou a brilhar azul e logo foi jogada contra uma a rua.
- Você esta bem Gliscor? – Perguntou Espeon se posicionando ao lado de Gliscor. Gliscor se levantou, sorriu e respondeu que “sim”.
- Odeio dizer, mas estou em plena desvantagem! -Afirmou Gray. – Haxorus, Dança do Dragão! – Uma onda de energia fulminante se concentrou ao redor de Haxorus e este rugiu. Espeon lançou uma esfera cinza com fragmentos marrons em Haxorus mas este desviou do golpe com facilidade.
- Está muito mais rápido! – Afirmou Azio para si mesmo.
- Garra do Dragão! – A mão direita de Haxorus ficou envolvida por uma energia azul e vermelha e este correu com fúria e velocidade em direção a Espeon.
- Gliscor, proteja Espeon!Use a Mordida de Gelo! – Gliscor se posicionou em frente à Espeon e quando Haxorus chegou com tudo, Gliscor lhe mordeu a mão. Logo, o braço de Haxorus ficou congelado e este não conseguiu se soltar das mandíbulas de Gliscor. Espeon aproveitou a chance, e atacou Haxorus por trás usando o psíquico. Haxorus foi arremessado para o seu lado direito e caiu no chão girando. Mas logo Haxorus se levantou com fúria. – Dança das Espadas! – Gliscor balançou seus braços cirando efeitos ilusórios e se sentiu mais forte após os movimentos.
- Isso não muda nada! – Exclamou Gray. – Haxorus, Garras do Dragão! – Haxorus avançou para cima de Gliscor, mas na metade do caminho foi parado pelo psíquico de Espeon.
- Agora! – Afirmou Espeon.
- Gliscor, Terremoto! – Gliscor bateu suas garras contra o chão e tudo ao redor começou a tremer. Haxorus começou a receber dano da tremedeira e o chão ao seu redor se quebrou e Haxorus foi esmagado pelas fendas do solo quebrado. Quando tudo parou de tremer, Haxorus se mostrava preso no meio de fendas nocauteado.
- Tsc! – Reclamou Gray.
- E então Gray? – Perguntou Azio se virando para Gray. – Você foi derrotado novamente! – Gray não gostou nada do que Azio falou, e antes de testemunhar, Espeon usou o psíquico nele e Gray foi arremessado contra o portão de uma casa. Azio se aproximou de Gray, nem tanto, mas se aproximou. – A não ser que você tenha mais um Pokémon com você!
- Não... Mas o jogo ainda não acabou! – Gray maldosamente sorriu para Azio.
- Para você acabou!
- Eu acho que não! – Gray sacou uma luta que se parecia com uma bomba de fumaça e a jogou no chão bem a sua frente. A lata explodiu e uma cortina de fumaça cinza se espalhou, deixando Gray invisível. – Espeon, não o deixe escapara! – Falou Azio apressado.
- Certo! Irei puxá-lo com o psíquico! – Os olhos de Espeon brilharam azuis e esta com suas forças psíquicas puxou uma figura de dentro da fumaça. Quando a figura caiu no chão, ela se revelou ser um boneco de pano de um Totodile tamanho grande. – Substituição!? – Inconformou-se Espeon.
- Droga! – Azio tirou os olhos do boneco e depois olhou para a fumaça que sumiu. Gray não estava mais lá.
- E agora? – Perguntou Espeon relaxando. Azio se aproximou de seu Gliscor e o recolheu. Depois Azio se aproximou de Espeon.
- Você foi muito bem Espeon! Obrigado pela ajuda! - Azio estendeu seu braço para Espeon em um gesto para ela subir em seu ombro.
-Sim! - Espeon subiu no ombro esquerdo de Azio. –E agora? Creio que eles não viram atrás de mim não é mesmo?
- Acho que depois desta derrota... Gray não vai mais nos perseguir! Porém, temos que sair daqui o mais rápido possível! Reforços da Soul devem chegar a qualquer momento!
- Para onde pretende ir?
- Primeiro, tenho que voltar e ajudar Toby!
- Certo! Vamos! – Azio correu com Espeon o caminho de volta em direção a rua onde Toby havia ficado para lutar com os Souls.
-------XXXX------
Toby estava bufando e estava com um ar de surpresa e de espanto. Seu Hitmontop estava caído sobre seus pés nocauteado, e a sua frente, estava Ninjask intacto sobrevoado a rua e encarando os oponentes, e logo atrás, Raito.
-I-Incrivél! – Toby fez uma pausa. – Esta muito mais forte que antes!
- É claro! – Falou Raito. – Eu disse que desta vez iria lutar a sério! – Toby recuou seu Hitmontop e olhou para Swellow que estava ao seu lado.
- Agora só resta você Swellow! – Toby engoliu a seco. – Conto com você!

Continua...

________________
Pokémon:The Dark Avenger!! - Página 2 Cobrasign
Pokémon:The Dark Avenger!! - Página 2 Oracionseis
GajeelRedFox
GajeelRedFox
Membro
Membro

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
Pokémon:The Dark Avenger!! - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon:The Dark Avenger!! - Página 2 Right_bar_bleue

Frase pessoal : Fruta que Caiu hein?!


Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon:The Dark Avenger!! - Página 2 Empty Re: Pokémon:The Dark Avenger!!

Mensagem por GajeelRedFox Qui 6 Out 2011 - 17:43

Pokémon: The Dark Avenger

Capitulo 19: O novo Pokémon de Azio!

- Swellow, Ataque de Asa! - As asas de Swellow brilharam e este voou em direção a Ninjask. Porém, Ninjask desviou com facilidade do golpe de Swellow e Swellow teve que dar meia volta no ar e voltar para a sua posição inicial. – Ele esta muito mais rápido! – Falou Toby para si mesmo preocupado. – Swellow, Agilidade! – Swellow levantou vôo para o ceu e fez rápidas manobras de vôo. A cada movimento que fazia, Swellow ficava mais rápido.
- Grande coisa! – Falou Raito estendendo o braço direito e apontando para Ninjask. – Agilidade! – Ninjask voou para o céu também e fez manobras mais rápidas do que as de Swellow. Ninjask estava tão rápido que a cada movimento que ele fazia, ele quase sumia. Dando assim uma impressão de que estava fazendo um teleporte.
- Swellow, Ataque de Asa! – Swellow voou com suas asas brilhantes em direção a Ninjask.
- Garra de Ferro! – As garras de Ninjask brilharam e se metalizaram, e quando Swellow se aproximou Ninjask bloqueou o golpe de Swellow e o empurrou no ar fazendo-o cambalear. – Ataque! – Ninjask voou até Swellow e o atingiu na barriga com um golpe da sua garra direita metalizada. A força do golpe empurrou Swellow para baixo e este foi jogado para baixo.
- Swellow, cuidado! – Exclamou Toby. Swellow abriu os olhos e levantou vôo antes de atingir o solo. – ISSO! Agora use o Ataque Rápido! – Swellow subiu o ar em velocidade máxima e atingiu Ninjask com uma bicada. Ninjask foi jogado para trás, mas logo se re-colocou em posição de combate. – Mais uma vez!
- Roubo Falso! – Swellow voou rapidamente até Ninjask e Ninjask voou rapidamente até Swellow com sua garra direita exposta. Os dois Pokémons passaram cruzado, um ao lado do outro em pleno ar. Swellow, ao ficar em um nível acima do de Ninjask parou no ar e ficou sobrevoando-o. Ninjask ao ficar quase perto do chão parou e também ficou sobrevoando o solo. Um curto tempo de silencio se passou, e em um piscar de olhos Swellow perdeu as forças e caiu.
- Como? – Perguntou Toby olhando para Swellow caindo.
- Durante o cruzamento dos dois, Ninjask desviou do golpe e acertou Swellow!
- Mas eu nem vi! Como você...
- Um treinador deve sempre acompanhar os movimentos de seus Pokémons, não importa o quanto rápido eles sejam! – Raito levantou o braço direito novamente e apontou para Swellow caindo. – Ninjask, X-Tesoura! – Ninjask voou de baixo para cima em direção a Swellow e quando o alcançou se posicionou em cima de Swellow. Ninjask juntou suas garras e delas, saiu um enorme “X” branco que Ninjask usou para atingir Swellow por cima. O “X” branco atingiu Swellow em cheio e este caiu com tudo no chão levantando uma onda de poeira.
- SWELLOW! – Gritou Toby olhando para o resultado da coisa.
- Finalize com a Garra de Ferro! – As garras de Ninjask se metalizaram e este as juntou formando uma única garra. Antes mesmo da fumaça ao redor de Swellow sumir, Ninjask voou para baixo em direção a Swellow que estava caído no chão, e o acertou com as duas garras. Uma explosão de poeira e pequenas pedras se levantou e nada pode ser revelado.
- MAS O Q...? – Exclamou Toby quase hesitando para falar.
- Está acabado! Eu venci! – A fumaça se abaixou e Ninjask estava sobrevoando o corpo caído de Swellow nocauteado. Raito colocou sua mão direita no bolso do casaco novamente.
- C-Como... Eu perdi... – Toby se ajoelhou no chão e ficou imóvel olhando para Swellow.
- Você é um péssimo treinador! – Exclamou Raito. – Nenhum de seus quatro Pokémons conseguiu vencer o meu Ninjask! Isso é uma vergonha! – Raito andou um pouco para frente e depois parou. – Alias... Você esta me devendo certo “dano”! – Toby arregalou os olhos e viu Ninjask voando em sua direção. Ninjask o atingiu com uma cabeçada na barriga e Toby caiu para trás. Toby grunhiu de dor e colocou a mão na barriga.
-Droga...
- Tem mais! – Raito ajeitou os óculos. – Roubo Falso! – Ninjask voou até Toby e o atingiu na barriga com um golpe de sua garra direita. Toby liberou um curto berro e depois apagou. Raito andou até o corpo caído de Toby e parou em frente a ele. – Você me decepcionou Toby Peck! Eu esperava mais de sua resistência!
- Raito! – Raito ouviu a voz e se virou. Quando se virou viu Gray descendo dos céus em uma mochila a jato e pousando bem a sua frente.
- Capturou a Espeon?
- Não! Azio estava mais reforçado e a Espeon lhe ajudou!
- Tsc! E agora? Como é que fica?
- Vamos voltar para a sede da Soul! Lá, vão saber o que fazer!
- Não acha que pode pegar mal para a gente voltar lá sem a Espeon?
-Creio que não por que... O chefe me avisou sobre um plano “B” caso eu falha-se! – Azio surgiu correndo vindo pela mesma rua pela qual havia fugido.
- Toby! – Exclamou Azio vendo o amigo caído no chão.
- Bem, vamos agora! – Falou Gray sacando mais uma granada de fumaça.
- Certo! – Afirmou Raito recuando seu Ninjask. Gray jogou a granada de fumaça no chão e ela explodiu. Um nevoeiro de fumaça se estendeu no local, mas logo sumiu. Azio pode ver que Gray e Raito não estavam mais lá. Azio correu até Toby e Espeon pulou de seu ombro quando alcançou Toby.
- Ele vai ficar bem? – Perguntou Espeon se aproximando do corpo de Toby caído. Azio se ajoelhou e segurou a cabeça de Toby com uma mão e as costas com a outra.
- Toby, você está bem? – Perguntou Azio. Toby abriu os olhos e logo recuperou a consciência.
- O que houve? – Perguntou Toby se sentando lentamente e colocando a mão na cabeça. Logo, Toby arregalou os olhos como se tivesse se lembrado de algo. – AH! EU LEMBREI! – Toby se levantou em um pulo. – FOI AQUELE INFELIZ! – Toby rangeu os dentes e fez cara de mau. – Ele me derrotou e me apagou! Desgraçado!
-Ah... Toby... – Falou Azio tentando interromper o amigo.
- SWELLOW! – Toby olhou para Swellow caído e logo correu até ele. – Swellow, você esta bem? – Swellow se levantou e fez um gesto que sim e até respondeu. – Dessa vez nos perdemos, mas da próxima iremos vencer!
- LOW! – Swellow se recompoz e se mostrou cheio de energia.
- ESSE É O ESPIRITO! VAMOS TREINAR E VENCER NA PRÓXIMA!
-Ah... Toby... – Toby ouviu a voz de Azio e se virou para o amigo.
- Ah! Azio! Eu não vi você! Desculpe! He, He!
- Tudo bem!
- E então? Salvou a Espeon?
- Sim! Ela esta aqui! – Azio apontou para Espeon. – Mas creio que Gray fugiu!
- E aquele infeliz de óculos foi junto com ele! – Toby olhou com ódio para o seu redor. – Bem, que seja! – Toby retornou seu Swellow. – O que vamos fazer agora?
- Vamos voltar para Unova! A Soul pode mandar reforços para nos pegarem aqui enquanto ainda estivermos em Jotho! Só estaremos seguros quando sairmos do continente! -Respondeu Azio.
- Mas e enquanto a Yagura?
- Não podemos esperar por ele para sempre! Temos que voltar para a sede da Hearth o mais rápido possível! Creio que onde quer que esteja Yagura deveria querer isso também não é?
- Ah... – Toby fechou os punhos e fez uma cara de tristeza. – Sim... Está certo!
- Certo! Venha Espeon! – Espeon subiu no ombro esquerdo de Azio. –Vamos voltar para a sede! Lá eles saberão oque fazer com você!
- Tudo bem! Eu confio em você Azio! – Afirmou Espeon. Toby olhou para os Souls e os Pokémons caídos ao redor deles.
- E quanto a eles?
- Agora eles são problemas da polícia de Jotho! Vamos! – Azio deu as costas para a situação e começou a correr pela cidade. Toby logo ignorou os fatos e o seguiu.
Azio e Toby fizeram uma viagem de algumas horas para embarcarem em um avião, e quando chegaram a Unova, já era o dia seguinte. Chegando a Unova, Azio e Toby foram direto para a sede da Hearth. Eles andaram sem parar, e quando chegaram, ignoraram a todos e foram direto para o escritório de White. Por sorte, White estava lá. E quando eles entraram White se levantou rapidamente da cadeira e logo perguntou:
- Ah? E então? Como foi?
-General White! – Exclamou Toby se aproximando da mesa de White junto a Azio. Ambos ficaram de frente para White.
- Onde está Yagura? – Perguntou White.
- Espere! – Falou Azio. – Temos muito que contar!
- Hmm... Certo! – White olhou para Espeon no ombro esquerdo de Azio. – Esse Pokémon é...
- Sim! – Afirmou Azio. – Está Espeon é o tal misterioso Pokémons! Há muito sobre o que contar dela, então se sente e acalme-se!
- Certo! Quero ouvir todos os detalhes e acontecimentos da missão! – White se sentou na sua cadeira.
- Sim senhor! – Responderam Azio e Toby juntos.
Um longo tempo se passou para Azio e Toby contarem tudo sobre a missão. Desde quando encontraram Espeon, até o combate na cidade de Azalea. White ouviu a cada palavra deles e não testemunhou nada, somente escutou. Após Azio finalmente terminar de contar a ultima parte de toda a história, White comentou:
-Compreendo... No final das contas, vocês se deram bem!
- Sim! – Afirmou Azio.
- Nem tanto! Eu ainda vou dar o troco para aquele quatro-olhos-escuro! - Afirmou Toby fechando os punhos. White voltou o seu olhar para Azio.
- E enquanto a Yagura, eu irei tentar contatá-lo de alguma forma! Mas creio que ele não foi derrotado por Kazuya King! Ele não é páreo para Yagura de acordo com os meus conhecimentos.
- Agradeço General White! – Azio abaixou e levantou a cabeça em forma de agradecimento. – E quanto a Espeon? O que pretende exatamente fazer com ela?
- Bem... Quanto a Espeon, eu gostaria que você a leva-se para o laboratório do Dr. Takuto para fazermos alguns testes com ela e descobrimos mais sobre ela, mas, mas no momento ele está em manutenção! Então, você ficará encarregado de cuidar dela Azio!
- Entendido! – Falou Azio.
- Ok! Eu vou para o refeitório! Estou morrendo de fome! - Falou Toby indo em direção a porta. – Até mais para vocês dois então! A gente se vê por ai Azio! – Toby saiu do escritório e deixou somente Azio, White e Espeon.
- Ah... General White... – Falou Azio. – Eu gostaria de lhe fazer um pedido!
- Diga! – White se inclinou para trás em sua cadeira.
- Durante a minha ultima batalha com Gray, Espeon me ajudou bastante, e nessa luta, eu pude perceber que eu e Espeon temos um grande laço afetivo como treinador e Pokémon!
- Como? – White se inclinou para frente. – O que quer dizer?
- Eu pude perceber que ela não me vê como um inimigo! Verdade! Ela aceitou todas as minhas idéias sem hesitar! E a propósito... Ela confia em mim como um amigo! Então, eu gostaria de pedir a sua permissão para ser o treinador desta Espeon!
- S-Sério? – Gaguejou White.
- Aaah! – Espeon suspirou. – Isso é verdade Azio? Sério?
- Sim! Eu gostaria de ser o seu treinador! O que você me diz?
- Uau! Incrível! – Espeon sorriu e pulou do ombro de Azio para a mesa de White. – É claro que eu aceito! Isso porque, eu confio e gosto de você Azio! Você é um ótimo treinador e possui Pokémons fortes!
- Agradeço Espeon! – Azio sorriu e depois olhou para White. – E enquanto a você White? O que me diz?
- Bem... – White se levantou com calma e depois olhou para Azio. – Essa Espeon não é um Pokémon qualquer! Ela é especial, e veio de um mundo desconhecido! Se você acolhe-la como Pokémon, terá de protegê-la da Soul quando descobrirem que a Espeon é seu Pokémon! Certamente irão mandar inimigos atrás de vocês! Mas, caso tenhamos que devolvê-la ao seu mundo quando chegar à hora, você deverá estar pronto para isso!
- Sim! Eu estarei pronto e irei protegê-la até lá! – Afirmou Azio ficando mais sério.
- CERTO! – White sorriu para Azio. –A partir de hoje, essa Espeon é seu Pokémon! E você será seu treinador!
- SIM! Muito obrigado General White! -Azio fez uma reverencia com a cabeça para White.
- Que legal Azio! – Espeon pulou de alegria e esboçou um sorriso. – Estou tão feliz! – Azio se agachou para rosto se encontrar com o de Espeon.
- Estou contando com você Espeon! – Falou Azio sorrindo para Espeon.
- Certo! – Afirmou Espeon.
- Ótimo! Pegue aqui Azio! –Azio se virou para White e White lhe estendeu uma Pokébola. – Use-a para carregar Espeon! Isso irá chamar menos atenção quando estiverem em missões!
- Sim! – Azio estendeu a mão esquerda e pegou a Pokébola, e depois a apontou para Espeon. – Pronta?
- Sim! – A Pokébola na mão esquerda de Azio liberou um feixe de luz vermelha que sugou Espeon para dentro da Pokébola. A Pokébola, sem precisar girar, liberou uma luz e um som de “Tum”! O que significou que Espeon estava capturada.
- Ótimo! Esta dispensado Azio!
- Certo! Obrigado senhor!
Azio saiu a cerca de meia hora do escritório de White e foi direto para o refeitório almoçar. Ao chegar lá, Azio não encontrou Toby, mas em compensação, muitos de seus fãs ( treinadores menos e igualmente experientes) foram cumprimentá-lo pelo sucesso da missão e perguntar se ele “estava bem”. É claro que Azio ainda não podia dizer sobre o seu Pokémon novo ainda, então não contou nada sobre Espeon. Azio pensou que Toby havia cansado de esperar por ele (afinal, Toby é cheio de energia e é muito impaciente) e almoçou o mais rápido possível e depois deve com certeza, ter ido treinar. Já que Toby havia prometido ficar mais forte para derrotar Raito. Azio almoçou seu Ramen tranqüilo e depois deixou o refeitório e foi direto para a área de treinamento. Quando chegou ao local, notou que não havia ninguém, nem nas arquibancadas nem nas três arenas. Porém, Azio conseguiu notar Toby treinando com seu Swellow. Toby estava batalhando contra Jack que acabará de ter seu Minun derrotado por Swellow. Azio desceu as escadas a ponto de ouvir a conversa dos dois:
- Muito bom Toby! Você está forte! – Falou Jack recuando seu Minun na Pokébola e a guardando.
- Isso ainda não é o suficiente! – Toby falou sorrindo, mas logo se mostrou triste. – Eu ainda tenho muito que treinar até ficar forte que nem aquele quatro-olhos-escuro!
- Mas no caso, você deveria se concentrar em usar seus outros Pokémons além de Swellow! Depender somente e um Pokémon não irá lhe fazer um grande treinador!
- Eu sei! Mas é que como eu venci o Ninjask daquele quatro-olhos-escuro usando meu Swellow, e perdi para o mesmo Pokémon também com o meu Swellow, eu irei treiná-lo para desempatar esse conflito em nossa próxima luta! – Toby mostrou determinação ao esboçar um sorriso de Vitória e seus olhos brilharem.
- Então porque você não me enfrenta? – Toby e Jack olharam para a escada que ligava a área das arenas com a sede da Hearth e viram Azio as descendo.
- Ah! Azio, como está? Ouvi dizer que conseguiu trazer o Pokémon secreto em segurança não é? – Perguntou Jack sorrindo para Azio.
- Sim! – Respondeu Azio chegando até a arena central, na qual Toby e Jack acabaram de lutar. Jack se aproximou dos dois e Azio olhou para Toby. – Você é mesmo apressado não é?
- Malz aew Azio! – Falou Toby colocando a mão direita atrás da cabeça para coça - lá e esboçando um sorriso de vergonha. – É que como eu estava super empolgado para treinar, eu não pude esperá-lo muito sabe?
- Entendo... – Falou Azio.
- Mas, porque você demorou um pouco? – Perguntou Toby.
- Eu estava resolvendo uns assuntos com White! Mas já esta tudo bem!
- Certo... EI! Nesse caso, vamos lutar então! – Exclamou Toby.
- Eu não vejo problema! – Respondeu Azio. – Eu também preciso adquirir mais experiência em batalha e esta será uma ótima oportunidade para eu utilizar o meu novo Pokémon!
- Novo Pokémon? – Perguntou Toby estranhado a situação. – Desde quando? – Azio tirou um Pokébola de seu casaco.
- Veja! – Azio apertou o botão da Pokébola e libertou a sua Espeon. – Já conhece a Espeon não é?
- QUE? – Toby cambaleou para trás e ficou espantando ao ver Espeon.
- Uau! Uma Espeon! – Exclamou Jack impressionado. – Ela é um Pokémon bem raro e forte também! Onde a conseguiu?
- Digamos que foi...
- TA BRINCANDO NÉ? – Perguntou Toby apontando para Espeon feito um doido. – ENTÃO ERA ISSO?
- Ah? – Estranhou Jack.
- NÃO ME DIGA QUE ESSA ESPEON, O POKÉMON MISTERIOSO É SEU AGORA!?
- QUE? – Perguntou Jack.
- Bem... – Azio ficou meio sem graça e colocou a mão direita atrás da cabeça e sorriu fechando os olhos. – Sim!
- Então essa Espeon é o tal misterioso Pokémon que a Soul tanto quer?! Incrível Azio!
- Isso mesmo! – Respondeu Espeon.
- Quem falou isso? – Perguntou Jack olhando para todos os lados.
- Fui eu! – Respondeu Espeon.
- QUE?
- É que... Ela sabe telepatia! – Respondeu Azio sem graça.
- Incrível... Realmente impressionante Azio! – Falou Jack se acalmando.
- Muito prazer senhor! – Falou Espeon gentilmente debruçando a cabeça e sorrindo.
- Realmente muito bom Azio! – Falou Toby cruzando os braços e esboçando uma cara sinistra e maligna. – COMO ESPERADO DE VOCÊ! – Toby descruzou os braços. – Você é mesmo o rival mais impressionante de todos! Certo, eu irei lutar com você! Vamos com tudo Swellow! – Toby se virou para Swellow e fez um “toca aqui” com a asa de seu Pokémon.
- Está pronta para a sua primeira batalha Espeon? – Perguntou Azio se ajoelhando para falar de perto com Espeon.
- Minha primeira batalha?! – Espeon se demonstrou surpresa. – SIM! Eu irei dar o meu melhor! – Espeon sorriu.
- Ótimo! – Azio se levantou e olhou para Jack. – Jack, você poderia ser o juiz?
- Sim! – Respondeu Jack.

Continua...

________________
Pokémon:The Dark Avenger!! - Página 2 Cobrasign
Pokémon:The Dark Avenger!! - Página 2 Oracionseis
GajeelRedFox
GajeelRedFox
Membro
Membro

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
Pokémon:The Dark Avenger!! - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon:The Dark Avenger!! - Página 2 Right_bar_bleue

Frase pessoal : Fruta que Caiu hein?!


Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon:The Dark Avenger!! - Página 2 Empty Re: Pokémon:The Dark Avenger!!

Mensagem por GajeelRedFox Sab 8 Out 2011 - 13:12

Pokémon: The Dark Avenger

Capítulo 20: As primeiras batalhas de um Pokémon novato!

Azio e Toby se posicionaram na arena de batalha central, um em frente ao outro. Jack ficou no meio da arena, ao lado esquerdo de Azio e direito de Toby.
- Como será o esquema desta vez Toby? – Perguntou Azio.
- Bem, você me desafiou, então quero que me diga! – Toby sorriu confiante.
- Certo... – Azio deu um sorriso similar ao de Toby. – Será uma batalha de um contra um como na ultima vez!
- Eu aceito! – Exclamou Toby. – Azio se virou para Espeon que estava ao seu lado e lhe perguntou:
- Essa será a sua primeira batalha, porém, eu ainda não sei por completo quais são as suas habilidades! Eu conheço o poder oculto, o psíquico e o hiper raio! Qual a quarta?
- Esfera das sombras! – Respondeu Espeon.
- Decidido! – Falou Jack como juiz. – Esta será uma batalha de um Pokémon contra um Pokémon! Os participantes serão Azio e Toby! Treinadores podem lançar seus Pokémons!
- Certo! Swellow vamos! – Toby libertou seu Swellow que entrou cheio de energia na arena.
- Espeon, conto com você! – Azio olhou para Espeon que estava ao seu lado.
- Sim! – Espeon pulou para o meio da arena e ficou de frente para Swellow.
- Comecem! – Anunciou Jack.
- Swellow, Ataque Rápido! – Swellow voou em alta velocidade em direção a Espeon e a atingiu em cheio. Espeon foi jogada para trás e, mas caiu em pé firme.
- Use o Poder Oculto! – Espeon liberou uma esfera cinzenta com fragmentos laranja ao seu redor. Esta esfera voou em direção a Swellow e o atingiu em cheio. Swellow caiu no chão, mas logo se levantou.
- Swellow, não vamos perder! Corte de Ar! – Swellow bateu as asas e liberou laminas de ar que voaram em direção a Espeon.
- Bloqueias com a Esfera das Sombras! – Espeon lançou uma esfera roxa bem escura com fragmentos pretos no seu interior e uma energia arroxeada ao seu redor. A esfera das sombras voou em direção as laminas de ar e Ambos os golpes explodiram. – Poder Oculto! – Espeon lançou outra esfera de poder oculto e esta atingiu Swellow. Swellow caiu para trás no ar.
-Ataque Rápido! – Swellow se recompoz e voou em direção a Espeon em uma grande velocidade. Espeon preveniu o golpe e pulou para cima desviando de Swellow que voou para frente sem atingir nada. – Essa Espeon é rápida e forte! Mas vamos ver se ela consegue acompanhar a velocidade de Swellow! – Toby sorriu com um ar vitorioso e apontou para seu Swellow. - Swellow, use Agilidade! – Swellow deu meia volta no ar e enquanto dava essa meia volta, assim contornando toda a arena, Swellow fez rápidos movimentos no ar, dando a impressão de que estava se teleportando.
- Psíquico! – Os olhos de Espeon brilharam azuis e esta tentou focar sua visão em Swellow. Porém Swellow era rápido demais e Espeon não conseguiu capturá-lo.
- Está muito rápido! – Exclamou Espeon espantada.
- Ataque de Asa! – As asas de Swellow brilharam intensamente e este voou velozmente em direção a Espeon. Espeon foi atingida pela asa esquerda de Swellow e foi jogada para trás e depois caiu no chão.
- Tsc! – Reclamou Azio. – Está realmente muito rápido!
- Não se contenha com essa velocidade Azio! – Falou Toby meio triste. – Meu Swellow nem chegou aos pés “daquele” Ninjask! – Toby se lembrou do quanto o Ninjask de seu oponente era rápido e forte. – Mas enfim! É por isso que eu irei derrotá-lo! Irei me tornar mais forte! – Toby ficou mais determinado. - Swellow, Ataque de Asa! – Swellow deu meia volta e se posicionou em frente à Espeon. As asas de Swellow brilharam intensamente mais uma vez e este voou com tudo para cima de Espeon.
- Lá vem! – Falou Espeon par si mesma se posicionando para desviar do golpe.
- Espere Espeon! – Falou Azio.
- Ah? – Espeon virou a sua cabeça para Azio como se não tivesse entendido o que seu treinador disse.
- Espere ele vir! Eu tenho um plano! – Falou Azio em um tom forte.
- Ce...Certo! – Afirmou Espeon logo se virando para seu oponente.
- Ela não irá conseguir desviar nem contra atacar! – Falou Toby para si mesmo. - Swellow está muito rápido! É inútil! – Quando Swellow se aproximou bem de Espeon, Azio deu o comando:
- Agora, Psíquico! – Os olhos de Espeon brilharam azuis e está paralisou Swellow em pleno ar. Swellow ficou imóvel coberto por uma luz azul.
- La vai! – Espeon abaixou a cabeça com rapidez e pressão e Swellow foram jogado para baixo por forças psíquicas. Swellow bateu de frente com o chão da arena e a luz azul ao redor dos olhos de Espeon e de Swellow logo sumiram.
- SWELLOW! – Gritou Toby. – Swellow tentava se levantar usando suas asas como apoio, mas logo...
- We... Low..! – Swellow perdeu a consciência e caiu debilitado.
- Q? – Perguntou Toby.
- Swellow está fora de combate! Espeon vence! A vitória é de Azio! – Anunciou Jack estendendo o braço direito para Azio.
- Aaah... Eu venci! – Exclamou Espeon surpresa.
- Sim, você venceu! – Falou Azio se aproximando de Espeon.
- Que legal! – Espeon pulou feliz nos braços de Azio e este também sorriu.
- Foi uma boa luta Azio! -Exclamou Toby se aproximando. – Muito obrigado! Porém, vejo que velocidade não é o suficiente!
- Sim... – Falou Azio soltando Espeon. Espeon andou até Swellow que havia se levantado.
- Foi uma boa luta primeiro oponente! Obrigada pela diversão! – Espeon sorriu.
- Low! – Exclamou Swellow abrindo as asas e sorrindo em um gesto de cumprimento a Espeon.
-Uma Espeon, que fofooooo! – Azio e Toby se viraram e deram de cara com Yuuki que pulou em cima de Espeon e a agarrou como um bichinho de estimação. – Ela é muito fofaaaa!
-Só podia ser! – Falou Toby meio sem graça olhando para a situação.
- Yuuki, só tome cuidado, ela não está acostumada com humanos! – Advertiu Azio meio sem graça.
- Azio-kun, ela e o seu novo Pokémon? Ela é muito fofa! – Yuuki abraçou mais forte Espeon.
- Me largue sua maluca! – Exclamou Espeon brava.
- QUE? Ela falou? – Yuuki parou por um instante, e nesse mesmo tempo, Espeon envolveu Yuuki em um manto de luz azul e enquanto Yuuki estava parada, Espeon pulou de seus braços. Ao cair no chão, Espeon levitou Yuuki e a arremessou contra o chão. – KYAAAA! – Gritou Yuuki.
- Eu avisei! – Falou Azio meio sem graça.
- Ei, vejo que vocês realmente voltaram! – Azio se virou e viu Rose andando em sua direção.
- Rose! – Suspirou Azio.
- Irmã! – Falou Jack.
- Fico feliz em saber que voltou a salvo! – Falou Rose sorrindo.
- S-Sério? – Azio ficou vermelho e olhou timidamente para o seu lado esquerdo.
- Alias, onde está o Pokémon misterioso que vocês tiveram que resgatar?
- Bem... Ali! – Azio apontou para Espeon.
- Que? Aquela Espeon é o Pokémon misterioso? – Perguntou Yuuki se levantando.
- Sim! E agora está sob meus cuidados!
- Óóh! – Suspiraram Rose e Yuuki.
- Você é incrível Azio! – Falou Yuuki abraçando Azio.
- Realmente me surpreende isso! - Falou Rose. – Mas será que esse seu novo Pokémon pode com os meus agora?
- Ah? – Perguntou Azio.
- Eu andei treinando durante a sua ausência, e duvido que você vá conseguir me derrotar agora! – Rose fechou os olhos e cruzou os braços dando uma pose de metida.
- Isso mesmo! – Questionou Yuuki soltando Azio. – Nos não terminamos a nossa batalha naquela vez! Eu também quero lutar!
- Mas sou eu quem vai primeiro! – Questionou Rose.
- Está me desafiando? – Perguntou Yuuki encarando Rose.
- Ei, esperem! - Falou Azio meio confuso. – Porque não resolvemos isso de outra forma?
- Ah?Como? – Perguntou Rose se acalmando.
- Uma batalha de duplas! – Falou Jack se aproximando do grupo.
-De dupla?! – Yuuki colocou a mão no queixo para pensar. – Aaah! – Suspirou. – É uma ótima idéia!
- Mas... Como serão as duplas? – Perguntou Rose.
- No caso poderá ser você e a Yuuki como uma dupla, já que ambas querem enfrentar Azio! – Respondeu Jack. – E a dupla de Azio no caso pode ser...
-EU! – Todos olharam para Toby. – Eu irei ser a sua dupla Azio! Eu quero testar as suas habilidades como um membro de equipe! Está tudo bem para você?
- Sim! – Afirmou Azio.
- Certo, vamos começar! – Falou Jack. Em pouco tempo, Todos estavam em suas posições na arena central. Azio e Toby em um canto, e de frente para eles, do outro lado da arena, Rose e Yuuki. – Cada treinador só tem o direito de usar um único Pokémon! Selecionem os seus!
- Certo Lopunny, vamos lá! – Yuuki sacou uma Pokébola e a arremessou. De sua Pokébola saiu uma Lopunny.
- Furret, mostre o que tem! – Rose fez o mesmo e de sua Pokébola saiu um Furret.
- Furret... Então esse é o novo Pokémon dela?! – Falou Azio para si mesmo. – Espeon, está pronta para mais uma batalha? – Azio olhou para sua Espeon que estava ao seu lado.
- Sim! Eu vou nessa! -Espeon pulou para o centro da arena em posição de combate.
- Dois Pokémons normais... E Azio irá usar um psíquico... Nesse caso é com você Hitmontop! – Exclamou Toby lançando uma Pokébola que dela saiu um Hitmontop.
- Batalha Pokémon, COMEÇE! – Falou Jack como juiz.
- Espeon, Poder Oculto no Furret!
- Lopunny, Falsificar Fora na Espeon! – Lopunny deu um longo e veloz salto e antes que Espeon carregasse seu golpe, Lopunny se posicionou na frente de Espeon e fechou suas mãos em forma de um tapa na cara de Espeon. O tapa criou uma forte onda de vento que fez Espeon dar um mortal no ar e cair no chão.
- Foi uma boa jogada! – Exclamou Toby. – Hitmontop, aproveite a chance e use o Chute Triplo na Lopunny! – Hitmontop saltou no ar e ficou logo em cima de Lopunny, pronto para descer um chute na cabeça dela.
- Furret, Ataque Rápido! – Furret correu velozmente em direção a Lopunny, e com um ágil salto nas costas de Lopunny, Furret atingiu a barriga de Hitmontop com uma cabeçada rápida antes que este acertasse Lopunny. Hitmontop caiu no chão ao lado de Espeon. Espeon e Hitmontop se levantaram.
- Você está bem? – Perguntou Espeon a Hitmontop.
- Hitmontop! – Afirmou Hitmontop.
- Elas são boas quando juntas! – Afirmou Azio.
- Sim! Elas podem não se entender muito em, mas sabem trabalhar bem em equipe! – Falou Toby. – Certo! Hitmontop, Elevar Massa! – O corpo de Hitmontop ficou coberto por uma luz vermelha que logo sumiu. – Use o Chute Triplo no Furret! – Hitmontop se colocou de ponta cabeça e girou feito um peão em direção a Furret. – Me de cobertura Azio!
- Certo! – Afirmou Azio.
- Não irá funcionar! – Falou Rose. – Furret, Cauda de Ferro no Hitmontop! – A cauda de Furret ficou metalizada e este a colidiu com um chute giratório de Hitmontop. A força do impacto foi tão grande que Hitmontop foi obrigado a parar de girar e teve que voltar a ficar de pé.
- Agora Espeon! Use o Poder Oculto! – Espeon lançou uma esfera cinzenta com fragmentos laranja ao seu redor na direção de Furret que estava desprotegido.
- Lopunny, rebata o Poder Oculto com o Pulo Chute! – Lopunny saltou no ar em direção a esfera de poder oculto que vinha na direção de Furret e com uma voadora, Lopunny mandou a esfera de volta para Espeon. Por sorte, Espeon desviou do golpe que veio em sua direção.
- Já entendi: O pode oculto utilizado por essa Espeon é do tipo lutador! Azio planejou bem! – Falou Rose para si mesma, em um tom que Yuuki pudesse ouvir.
- Se formos considerar a atual situação, estamos em plena desvantagem! – Exclamou Yuuki.
- Não por muito tempo! Vamos acabar com esse jogo! – Rose olhou para Yuuki com uma cara de quem estava prestes a se dar bem e Yuuki respondeu com um sorrio confiante. – Vamos atacar em seqüência!
- Certo! Lopunny, Dia ensolarado! – Lopunny brilhou em uma nevoa azul e levantou o braço esquerdo para o alto. Misteriosamente, a arena ficou totalmente ensolarada.
- Mas o que? – Perguntou Toby cobrindo os olhos com os braços para não ser ofuscado pelos raios de sol que saiam do teto.
- Furret, Raio Solar no Hitmontop! - Furret ficou sob duas patas e carregou uma esfera verde bem brilhante que quase ficou branca. – Disparar! – Furret lançou a esfera em forma de um raio hiper potente branco esverdeado na direção de Hitmontop.
- CUIDADO HITMONTOP! – Não adiantou. A luz do raio solar ofuscou a visão de Hitmontop e este foi atingido em cheio. Hitmontop voou para fora da arena e foi pressionado pelo raio contra a parede atrás de Azio e Toby. Uma grande explosão foi causada pelo raio bem em cima de Hitmontop. – HITMONTOP! – Gritou Toby esperando a fumaça abaixar para ver no que ia dar. A fumaça sumiu e Hitmontop estava apagado.
- Lopunny, termine o serviço! Pulo Chute! – Lopunny correu em direção a Hitmontop para lhe infringir uma voadora.
- Espeon, pare Lopunny! Use o Poder oculto! – Espeon se posicionou na frente de Lopunny e soltou uma esfera de poder oculto em Lopunny.
- Desvie! – Lopunny pulou sobre a esfera de poder oculto e atingiu Espeon com a voadora. Espeon caiu para trás e tentou se levantar.
- Não permita Furret! Use a Calda de Ferro! – Furret correu até Espeon antes que ela levanta-se e a atingiu bem nas costas com sua calda de ferro. Espeon caiu no chão e não conseguiu levantar.
- ESPEON! – Exclamou Azio.
- Acho que vencemos essa luta! – Falou Rose dando um sorrindo de convencida. – Jack, o que acha?
- Bem... – Jack hesitou por um instante e ficou olhando para Espeon e Hitmontop que mostravam resistência. – Bem... Ah...
- E então? DIGA! – Exclamou Rose com raiva.
- A batalha ainda não terminou! – Exclamou Jack.
- Que? – Perguntou Rose.
- Isso mesmo... – Todos olharam para Espeon que havia se levantado com dificuldade, mas estava firme. – Eu ainda posso lutar!
-Hitmontop! – Toby e Azio se viraram para Hitmontop que saiu do buraco da parede ileso.
- Hitmontop! Você está bem?! – Perguntou Toby.
- Montop! – Afirmou Hitmontop dando um sorriso maligno e intimidador. Lopunny e Furret começaram a tremer e ficaram preocupados.
- Nós estávamos apenas encenando! – Falou Espeon tentando intimidar os oponentes. – Não somos tão fraquinhos assim.
- Isso mesmo! – Completou Toby. – Você subestimou o melhor atributo do meu Hitmontop Rose: A defesa Especial!
- Como? – Perguntou Rose irritada.
- Como se um raio solar vindo de um Pokémon com um péssimo ataque especial como o Furret fosse derrubar direto o meu Hitmontop! – Toby se virou para Azio. – Vamos virar o jogo Azio!
- Certo! Vamos lá, Toby! – Azio apontou para frente com seu dedo indicador direito. – Espeon, Psíquico!
- Entendido! – Os olhos de Espeon brilharam azuis e esta paralisou Lopunny e Furret que ficaram envolvidos por uma luz azul. Lopunny e Furret tentavam correr para os lados, mas não conseguiam.
- Agora Hitmontop! Combate Corpo a Corpo! – Hitmontop se colocou de ponta cabeça e girou feito um peão rapidamente em direção a Lopunny e Furret.
- Nada bom! Nada bom! – Exclamou Yuuki preocupada.
- Sem essa! – Falou Rose determinada. – Ainda não perdemos! Furret, Ataque Rápido! – Furret correu como um rojão mesmo estando envolvido pelo psíquico de Espeon em direção a Hitmontop.
- Não vai mesmo! – Falou Espeon focada em Furret. Furret parou no meio do caminho sem conseguir se mexer. – Meu psíquico ainda funciona! Não me subestime! – Hitmontop girou rapidamente até Furret e quando chegou até este lhe infringiu um chute que o fez voar até o lado de Lopunny.
- VÁ COM TUDO HITMONTOP! – Hitmontop girou até Lopunny e Furret e quando chegou até estes infringiu uma seqüência de múltiplos chutes e socos ao mesmo tempo em cada um dos oponentes. Lopunny e Furret caíram no chão um lado do outro nocauteados sem resistência.
- Agora está claro! – Falou Jack sorrindo. – Lopunny e Furret estão debilitados! A vitória é de Espeon e Hitmontop! Os vencedores da batalha são Azio e Toby! – Jack levantou a sua mão esquerda para Azio e Toby.
- Mas... Como? – Perguntou Rose.
- Isso! Nós vencemos! – Espeon pulou feliz nos braços de Hitmontop para comemorar a vitória. Hitmontop também se mostrou feliz.
- Muito bem Lopunny! – Exclamou Yuuki voltando a sua Lopunny na Pokébola.
- Você foi bem Furret! Descanse! – Rose voltou seu Furret na Pokébola.
- Foi uma boa luta! – Exclamou Azio se aproximando de Rose para cumprimentá-la.
- Obrigada! E vocês foram muito...
- AZIO-KUN! VOCÊ FOI INCRIVÉL! – Yuuki interrompeu Rose e pulou em Azio para abraçá-lo.
-... Bom! – Completou Rose meio sem graça.
- Ei Azio! – Yuuki se acalmou e soltou Azio. – Você sabe alguma coisa de Yagura? Ouvi dizer que ele não voltou com vocês? – Yuuki se mostrou meio abalada ao perguntar.
- Não... Nem mesmo White sabe sobre o paradeiro de Yagura...!- Respondeu Azio serio.
- Entendo. – Yuuki se mostrou aborrecida. Azio a olhou com tristeza e colocou suas mãos sobre seus ombros.
– Não se preocupe! Yagura é forte! Ele com certeza não foi capturado pela Soul ou derrotado pela mesma! – Falou Azio sorrindo para Yuuki para assim tentar acalmá-la.
- Sim! Verdade! – Yuuki sorriu para Azio com um tom de despreocupação, confiança e felicidade.
-------XXXX-------
Na sede da base da Soul, na sala de reuniões principal, alguns membros e lideres da Soul estavam reunidos para uma discussão. O lugar era grande: A sala tinha um formato retangular, e o acabamento da sala era de um ferro pintado de branco. No topo da sala, havia um lustre redondo de cristais que emitia uma luz branca clara que iluminava o salão inteiro. No chão, cobrindo quase a sala inteira, havia um tapete laranja com malhas pretas. Nas paredes, havia alguns quadros dos primeiros lideres da Soul e dos grandes membros. Em um dos cantos da sala, havia uma grande porta vermelha, parecida com a porta central de entrada de um palácio. No centro do salão, havia uma grande mesa retangular de madeira lixada e pintada de vermelho. No meio da mesa, havia uma longa toalha de mesa, fina em largura, mas grande em comprimento. A toalha era de um vermelho muito forte, cor de vinho, e sobre ela, no centro da mesa, havia uma bandeja enorme com diversas frutas. Ao redor da mesa, havia varias cadeiras. Em cala lado, 10 cadeiras, e nas pontas, somente uma. No lado esquerdo (o lado que ficava em frente a porta de entrada da sala)da mesa, as cadeiras estavam numeradas de 1 a 10, e, do lado oposto, as cadeiras estava numeradas de 11 a 20. A cadeira da ponta a esquerda da porta de entrada, era a numero 22, e a da direita a numero 21. Naquela reunião, era possível ver presente Gray, Blaze, Raito, Suiro, Robert, Kazuya, e alguns outros lideres e membros da Soul. Gray estava sentado na cadeira numero 4. Ele estava com as pernas estendidas sobre a mesa, e no seu colo, um Venipede. Blaze estava sentada na cadeira numero 13, de braços cruzados, apenas olhando com ódio para Gray que estava totalmente distraído. Suiro estava também sentado de braços cruzados, com os olhos fechados, mas atento a tudo que acontecia no local somente utilizando a audição. Ele estava na cadeira numero 9. Raito estava sentado normalmente na cadeira numero 19. Na cadeira numero 10, estava Robert, com os dois braços estendidos e com as mãos juntas sobre a mesa sentado. Na cadeira numero 17 estava Kazuya, com os cotovelos apoiados sobre a mesa e com as mão juntas. Formando um apoio para a cabeça. O restante das cadeiras estavam ocupadas pelos outros alguns membros e lideres da Soul. Curiosamente, nas cadeiras numero 21 e 22, estavam dois sujeitos com capuzes vermelhos cobrindo suas identidades.
- Muito bem! – Falou o sujeito da cadeira numero 22. – Esta na hora de colocarmos em ação o plano “Vírus Porygon”!

________________
Pokémon:The Dark Avenger!! - Página 2 Cobrasign
Pokémon:The Dark Avenger!! - Página 2 Oracionseis
GajeelRedFox
GajeelRedFox
Membro
Membro

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
Pokémon:The Dark Avenger!! - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon:The Dark Avenger!! - Página 2 Right_bar_bleue

Frase pessoal : Fruta que Caiu hein?!


Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokémon:The Dark Avenger!! - Página 2 Empty Re: Pokémon:The Dark Avenger!!

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum