Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Conte uma história, poste uma arte ou um vídeo! Confira os guias de jogos, tire suas dúvidas e compartilhe sua jogatina. Disputa batalhas online com jogadores e participe dos RPGs. Converse sobre qualquer coisa, poste memes, faça novos amigos! Só não deixe de logar ou se inscrever.
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!
Another Day... Pikalove


Participe do fórum, é rápido e fácil

Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Conte uma história, poste uma arte ou um vídeo! Confira os guias de jogos, tire suas dúvidas e compartilhe sua jogatina. Disputa batalhas online com jogadores e participe dos RPGs. Converse sobre qualquer coisa, poste memes, faça novos amigos! Só não deixe de logar ou se inscrever.
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!
Another Day... Pikalove
Pokémon Mythology
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Another Day...

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ir em baixo

Another Day... Empty Another Day...

Mensagem por Aether Sex 26 Ago 2011 - 22:09

Well, esta é a minha primeira fic. Fico pequeninho o prologo e também ficou clichê. Com o tempo eu arrumo isso.

Sign das parceiras
Spoiler:
Another Day... Image20 para fazer parceria me contate.

Parcerias:
Spoiler:
Another Day... 1z4h9cn
Kanto World

Personagens:
Spoiler:
deixa de ser preguiçoso e vai ler para descobrir.

Dicionário novo continente:
Spoiler:
Another Day... Whale
Com o tempo eu vou adicionando mais informações sobre o continente.
Ele se chama Whale.
Pontos vermelhos: Cidades com ginásios
Pontos Azuis: Cidades sem Ginásios
Pontos Verdes: Surpresa Smile

Prólogo - A brisa da Liberdade


O Centro de Pesquisas Pokémon estava calmo naquela manhã, algumas centenas de cientistas percorriam o prédio inteiro para finalizarem suas pesquisas, de vez em quando algumas crianças e adolescentes iam lá para pegar seus iniciais. Os cientista, em sua maioria, usavam jalecos e calças brancas. O CPP era um lugar espaçoso, mesas em todas paredes, diversas máquinas, alguns pokémons e muitos pesquisadores.
De repente, a porta se abriu, a luz dos Sol entrou pelo prédio, fazendo as telas de alguns computadores brilharem. Um menino entrou, ele usava calça jeans e uma camiseta escura, ele tinha o cabelo escuro e usava um boné, que fazia seu cabelo curto desaparecer, ele aparentava ter uns quatorze anos e sua altura era mediana. Logo que ele entrou, um cientista foi em sua direção. Diferente dos outro, este pesquisador usava uma camiseta de manga curta e calça jeans, ele tinha o cabelo num tom avermelhado e usava óculos escuros. Ele tinha um Abra em sua cabeça, que se escondia do Sol.
- Você veio pegar seu inicial? – o cientista perguntava ao jovem.
- Sim – o menino respondia um pouco envergonhado.
- Me siga – o pesquisador falou dando as costas ao garoto.
Eles andaram por todo o corredor, até chegar a uma porta de ferro, o cientista pegou uma chave pequena de seu bolso e entrou pela porta, atrás dele foi o menino. Eles foram parar em uma cabana de madeira, ela tinha apenas uma cama, uma cadeira, uma escrivaninha com um computador e um recuperador de Pokémons.
- Para fazer seu Cartão de Treinador eu vou precisar saber seu nome e a data de seu nascimento – o pesquisador falava enquanto se sentava em sua cadeira e mexia no computador.
- Meu nome é Takeo Surimachi e nasci em vinte de dezembro de noventa e cinco.
- Tudo bem, – ele falava digitando cada vez mais rápido – aquelas pokébolas ali no canto, elas funcionam como Master Balls durante trinta dias, pegue o pokémon que quiser e traga-o pra mim, – ele falava tão rápido quanto digitava – eles estão no jardim.
Depois que o Pesquisador terminou de falar, Takeo percebeu que tinha uma porta do lado da cama. Assim, ele pegou duas pokébolas e saiu pela porta. Se impressionou com o tamanho do jardim, ele já tinha ouvido falar da tecnologia de pokébola, porém nunca tinha visto nada como isso. Ele começou a andar procurando por pokémons, aquele lugar era uma floresta gigante, mas muito bem sinalizada. Em poucos minutos, dezenas de pokémons estavam em volta dele, ele procurava algum pokémon que parecesse forte, pois ele queria ganhar a liga algum dia. Olhou e olhou por tudo, até que caiu de cara no chão.
Quando tentou se levantar, alguma coisa puxou suas mãos, ele olhou para frente e viu uma pequena lagarta verde, ela tinha alguns detalhes amarelos e olhos grandes e vermelhos. Ele estava fazendo as raízes saírem do chão e segurarem ele.
- *Eu ouvi falar desta cobrinha, ela é inicial nos jogos de Nintendo DS, mas como é o nome?* - Takeo pensava consigo mesmo - *Acho que é alguma coisa como Snivy, ele vai ser meu inicial* - ele pensou, se soltando das raízes.
Ele pegou a pokébola, mas no momento em que ia jogar a pokébola, um pequeno jato de fogo joga o pokémon lagarto longe, no lugar dele aparece um pokémon de fogo, um cachorro todo averemelhado, com tons de bordo, logo ele foi atacado pelo lagarto, que tornou a tirar as raízes do solo, mas o cachorro foi mais rápido, da boca dele saiu mais um jato de fogo, que fez o lagarto pegar fogo e sair correndo. Takeo, impressionado, aperta o botão da pokébola, que emite um raio vermelho e captura o cachorro de fogo.
- Eba! Um pokémon de fogo – Takeo deu um salto de algria, em seguida saiu correndo em direção da casa de madeira.
Depois de correr muito, ele avistou a pequena casa de madeira, entrou e o cientista estava lá, mexendo no computador. Entregou a pequena bola com detalhes amarelos ao cientista.
- Que pokémon você pegou? – o pesquisador perguntou.
- Eu não sei o nome, era um cachorro vermelho com olhos pretos, do tipo fogo – ele explicou.
- Deve ser um Vulpix – o cientista falava se levantando da cadeira – Terminei seu Cartão de Treinador, ele está aqui na sua mais nova pokédex, - ele falava mostrando os diversos aplicativos da pokédex – já vou botar seu pokémon numa pokébola normal, veja sua pokédex enquanto espera.
O cientista entregou a pokedex para Taeko, ele ligou o aparelho, que iluminou sua cara, viu diversos aplicativos, então começou a viajar em sua mais nova realidade, dormir em barracas, passar grande tempo sem ver sua mãe nem seu pai, era uma coisa totalmente nova. Logo começoui a se preoucupar com os temidos líderes de ginásio. Checou as informações básicas sobre alguns pokémons.
- Aqui está seu pokémon – o cientista chegou jogando a pokébola na mão de Takeo – já pode ir começar sua jornada.
- Obrigado – aquelas palavras tocaram Taeko, ele finalmente tinha conquistado a liberdade.
Deu as costas ao pesquisador, passou pelo corredor, abriu a porta e sentiu o cheiro das folhas, ele jamais esqueceria daquele dia...


Última edição por Mr. Takeo em Sex 16 Set 2011 - 21:15, editado 9 vez(es)

________________
Another Day... FlygoniconAnother Day... AggroniconAnother Day... ManectriciconAnother Day... SwellowiconAnother Day... ShiftryiconAnother Day... Swamperticon
FacebookxTwitterxTumblrxPerfilxBody StylexMonocolorxNuzlockexNuzlocke²
Aether
Aether
Membro
Membro

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
Another Day... Left_bar_bleue0 / 100 / 10Another Day... Right_bar_bleue

Frase pessoal : Dance Monkey, Dance.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Another Day... Empty Re: Another Day...

Mensagem por cfox Sab 27 Ago 2011 - 10:01

Ahoy.
Bem, gostei muito da sua Fic =D
Não vi muitos erros ortográficos, mas eu acho que vi algum errinho de digitação em algum lugar. Outra coisa, lembre-se sempre de iniciar frases com letra maiúscula, mesmo depois de travessões. A narração está boa, mas acho que você poderia ter descrito mais. O tamanho está bom para um Prólogo, mas os Capítulos devem ser maiores.
Sobre a história, está meio clichê, mas não tem problema. Gostei do visual do protagonista e também do fato dele ter escolhido um Vulpix. Na maioria das Fics os personagens escolhem os mesmos iniciais dos jogos.
Espero ansiosamente o próximo Capítulo õ/

________________
Another Day... IIwkRYaAnother Day... IIwkRYaAnother Day... IIwkRYaAnother Day... IIwkRYa
Another Day... IIwkRYaAnother Day... IIwkRYaAnother Day... IIwkRYaAnother Day... IIwkRYa
look @ this young man
Another Day... ALGS6KV
cfox
cfox
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
Another Day... Left_bar_bleue0 / 100 / 10Another Day... Right_bar_bleue

Frase pessoal : mate imo mixup have been cunts throughout the fuck


Voltar ao Topo Ir em baixo

Another Day... Empty Re: Another Day...

Mensagem por Andresinho157 Sab 27 Ago 2011 - 16:27

Gostei da sua fic, realmente muito boa!
Nem preciso citar muita coisa! (o Captain Foz, já fez isso), mas vou citar alguns errinhos bobos, que ele não citou:

Spoiler:
...mesas em todas paredes,

faltou o "as":
Spoiler:
... mesas em todas as paredes

e tem outro errinho também:
Spoiler:
Um menino entrou, ele usava calça jeans e uma camiseta escura, ele tinha o cabelo escuro e usava um boné, que fazia seu cabelo curto desaparecer, ele aparentava ter uns quatorze anos e sua altura era mediana. Logo que ele entrou, um cientista foi em sua direção. Diferente dos outro, este pesquisador usava uma camiseta de manga curta e calça jeans, ele tinha o cabelo num tom avermelhado e usava óculos escuros. Ele tinha um Abra em sua cabeça, que se escondia do Sol.

Simplesmente houve a repetição da palavra "ele", o que torna o texto cansativo.
Bem, aguardo pelo Capitulo 1!

________________
Visitem, leiam e comentem minha fanfic:
Pokémon Generations
Andresinho157
Andresinho157
Membro
Membro

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
Another Day... Left_bar_bleue0 / 100 / 10Another Day... Right_bar_bleue

Frase pessoal : Everything that kills me makes me feel alive.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Another Day... Empty Re: Another Day...

Mensagem por cbm Dom 28 Ago 2011 - 6:51

Nossa, essa sim é uma fic mais interessante. Sabe por quê? Porque o protagonista, além de ter sentimentos de verdade, não foi simplesmente até o Professor e pegou seu inicial, ele teve de lutar por eles. Eu também achei alguns errinhos bobos de gramática, mas nada que se leve muito em conta. Parabéns pela ótima fanfic e lhe desejo sucesso! Té +!

________________
Another Day... Lambo_sign_by_essenomengmtem-d77o1ou
Blog|GHP|GHP 2|Drive Thru|Pokémon Idol
nem creio que eu que fiz essa sign
VISITEM A GHP 2!
cbm
cbm
Membro
Membro

Masculino Idade : 24
Alerta Alerta :
Another Day... Left_bar_bleue0 / 100 / 10Another Day... Right_bar_bleue

Frase pessoal : cursando terceiro ano


Voltar ao Topo Ir em baixo

Another Day... Empty Re: Another Day...

Mensagem por Jiggly Dom 28 Ago 2011 - 10:34

Gostei muito da história, tá de parabéns cara, ele tem que lutar pelo inicial? Muito genial, além de tudo, um Vulpix (adoro o Vulpix), queria saber o que são aqueles pontos verdes no mapa. Tiveram erros bobos, como:

Diferente dos outro

O certo seria diferente dos outros

- Me siga – o pesquisador falou dando as costas ao garoto.

Bom seria começar siga-me, em vez de me siga.

Bom, tiveram outros erros, mas não tão graves.

Só uma perguntinha, o nome dele é Taeko ou Takeo? Cada hora você colocava um nome diferente, bom, espero o próximo capítulo.

EDIT: Tá precisando de parceiros? Se tiver, me contate via MP.

Já que comentei na sua, comenta na minha fic.


Última edição por Jiggly em Dom 28 Ago 2011 - 13:12, editado 1 vez(es)

________________
Comente em minha fic:

Another Day... 1z4h9cn

Pokémon: The Kanto World

Inscrevam-se para a minha futura fic.

Oi Very Happy

É meu fã? Usa isso aí:

Another Day... Userjiggly
Jiggly
Jiggly
Membro
Membro

Feminino Idade : 20
Alerta Alerta :
Another Day... Left_bar_bleue0 / 100 / 10Another Day... Right_bar_bleue

Frase pessoal : Tentando fazer um avatar/sign


Voltar ao Topo Ir em baixo

Another Day... Empty Re: Another Day...

Mensagem por Lady Kirlia Dom 28 Ago 2011 - 13:10

Hi! A sua fic parece ser legal, apesar do clicherismo de fics de jornada. Mas ela começou muito bem, começando da maneira diferente como Takeo (ou seja lá que nome for) teve que pegar o pokémon. O que me pareceu também é que o personagem havia ido para uma nova realidade, o mundo pokémon em si. Quanto aos erros, o mais grave que eu percebi é que você coloca muitas virgulas no lugar do pontos, deixando a leitura um pouco confusa. Espero que você se dm bem na sua fic e boa sorte^^
Lady Kirlia
Lady Kirlia
Membro
Membro

Feminino Idade : 26
Alerta Alerta :
Another Day... Left_bar_bleue0 / 100 / 10Another Day... Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Another Day... Empty Re: Another Day...

Mensagem por Aether Seg 29 Ago 2011 - 18:56

Olá gentes,
1° Obrigado por todos os coments
2° Os capítulos serão postados nas sextas
3° Ninguém vai fazer parceria?
4° Me mandem por MP uma equipe para ginásio com a seguinte ficha:

Código:

Nome:
Idade:
Descrição:
Aparência:
Pokémons: (1 a 10)
Descrição do ginásio:

Comentários:

Spoiler:
Captain Fox

Ahoy.
Bem, gostei muito da sua Fic =D
Não vi muitos erros ortográficos, mas eu acho que vi algum errinho de digitação em algum lugar. Outra coisa, lembre-se sempre de iniciar frases com letra maiúscula, mesmo depois de travessões. A narração está boa, mas acho que você poderia ter descrito mais. O tamanho está bom para um Prólogo, mas os Capítulos devem ser maiores.
Sobre a história, está meio clichê, mas não tem problema. Gostei do visual do protagonista e também do fato dele ter escolhido um Vulpix. Na maioria das Fics os personagens escolhem os mesmos iniciais dos jogos.
Espero ansiosamente o próximo Capítulo õ/

Ainda bem que gostou, obrigado pelas dicas. Eu tive essa ideia de trocar os iniciais quando entrei no fórum e tava sem nada para fazer, daí fui ler fics e percebi que todo mundo pega esses iniciais chatinhos. E prometo que os próximos capítulos não serão muito clichês.

Andresinho 157

Gostei da sua fic, realmente muito boa!
Nem preciso citar muita coisa! (o Captain Foz, já fez isso), mas vou citar alguns errinhos bobos, que ele não citou:

Spoiler:



faltou o "as":
Spoiler:



e tem outro errinho também:
Spoiler:



Simplesmente houve a repetição da palavra "ele", o que torna o texto cansativo.
Bem, aguardo pelo Capitulo 1!

Oiê, obrigado pelo seu comtário. Os erros de digitação são culpa do MSN. Espero que goste do próximo capítulo.

CBM
Nossa, essa sim é uma fic mais interessante. Sabe por quê? Porque o protagonista, além de ter sentimentos de verdade, não foi simplesmente até o Professor e pegou seu inicial, ele teve de lutar por eles. Eu também achei alguns errinhos bobos de gramática, mas nada que se leve muito em conta. Parabéns pela ótima fanfic e lhe desejo sucesso! Té +!

Obrigado, foi difícil fazer sentimentos para um .doc. Eu não diria que ele lutou, ele recebeu uma Master Ball temporário. Espero que goste do próximo cap. Vou ver se consigo tempo para comentar na sua fic.

Jiggly

Gostei muito da história, tá de parabéns cara, ele tem que lutar pelo inicial? Muito genial, além de tudo, um Vulpix (adoro o Vulpix), queria saber o que são aqueles pontos verdes no mapa. Tiveram erros bobos, como:

Citação:
Diferente dos outro


O certo seria diferente dos outros

Citação:
- Me siga – o pesquisador falou dando as costas ao garoto.


Bom seria começar siga-me, em vez de me siga.

Bom, tiveram outros erros, mas não tão graves.

Só uma perguntinha, o nome dele é Taeko ou Takeo? Cada hora você colocava um nome diferente, bom, espero o próximo capítulo.

EDIT: Tá precisando de parceiros? Se tiver, me contate via MP.

Já que comentei na sua, comenta na minha fic.

Já comentei lá, e SIM quero sua parceria, me manda a sign ou resumo de sua fic. Espero que goste do próximo capítulo

Lady Kirlia

Hi! A sua fic parece ser legal, apesar do clicherismo de fics de jornada. Mas ela começou muito bem, começando da maneira diferente como Takeo (ou seja lá que nome for) teve que pegar o pokémon. O que me pareceu também é que o personagem havia ido para uma nova realidade, o mundo pokémon em si. Quanto aos erros, o mais grave que eu percebi é que você coloca muitas virgulas no lugar do pontos, deixando a leitura um pouco confusa. Espero que você se dm bem na sua fic e boa sorte^^

Eu acho que as fics de jornada não são clichês. Mas se tronam clichês quando aparce um inicial comum, um pikachu mega forte ou um Psyduck burr0. Espero que goste do próximo cap.


Capítulo 1 - Ataque aéreo

O dia estava bonito, a brisa da primavera soltava o aroma das flores no ar. Os pokémon do tipo inseto saíam de seus casulos, os pokémons do tipo grama aumentavam seus poderes e as Cherrims se abriam para o mundo.
Na porta do CPP, um menino sentia o cheiro do ar, logo soltou de sua pokébola um cachorro vermelho, que rolava no chão de felicidade. Os dois começaram a andar na direção da saída da cidade. Conforme eles iam andando, os prédios davam lugar às casas, que eram substituídas por mato. As pessoas iam desaparecendo, e no lugar delas iam aparecendo pokémons variados.
Aos poucos, a luz foi sendo bloqueada pelas árvores. A única luz que era realmente forte eram as do Vulpix, que constantemente treinava seus golpes, enquanto seu mestre falava. Em alguns momentos, Takeo mandava seu pokémon atacar as diversas árvores da floresta. Fazendo o pequeno ser se exaltar e divertir.
Takeo tirou sua pokédex do bolso e apontou para o Vulpix, logo uma voz robótica começou a falar:

Ataques do Vulpix:
Brasas e Ataque Rápido (completamente aperfeiçoados).


- Parabéns Heat – Takeo comemorava feliz – você completou seu segundo ataque. Mais um pouco de treinamento e poderemos enfrentar nosso primeiro ginásio.
- Vuuuuuuulx – o pequeno cachorro gritava, emitindo fogo de sua boca.
- É isso aí – Takeo deu uma fruta para o pequeno cachorro.

Os dois seguiram viagem, treinando e aperfeiçoando os ataques do Vulpix, que se mostrou entusiasmado em aprender, eles estavam treinando um golpe útil, rugido. Com este golpe o Vulpix mostraria que apesar de ser pequeno, sabia lutar. Eles treinavam o golpe, mas não era muito eficaz, pois a pequena áurea branaca que saia do pokémon se perdia no ar.

- De novo Heat! – Takeo comandava seu pokémon – Eu sei que você consegue.
- Vulx – o pokémon parecia cansado de treinar.
- O quê? Cansou? Eu não acredito, eu deveria ter escolhido aquele pokémon lagarta – Takeo forçava o Vulpix, fingindo que ele era fraco.
- Vuuuuuuuuul – o pequeno cachorro soltou a áurea branca, que foi aumentando de tamanho e bateu em uma árvore.
- Parabéns, eu acho que escolhi o pokémoin certo, afinal – Takeo voltava a dizer que seu pokémon era forte – agora tente naquele Caterpie – ele falava apontando para um pokémon verde.
- Vuuuul – a áurea branca do pokémon saiu dele e foi em direção do Caterpie, que se transformou em um casulo.
- Uau – ele falou olhando para o novo pokémon que tinha surgido – Pokédex, que pokémon é esse?

Another Day... 11

Metapod, o pokémon casulo. Assim como sua família, se transforma em casulo antes do inverno, e na primavera, vira uma Butterfree. Também evoluem quando estão sendo atacados.

- Vamos, eu acho que você completou seu ataque – Takeo ordenava seu pokémon.

O Vulpix seguiu seu mestre. A luz do sol, embora ofuscada pelas árvores, ficava mais forte, isso significava uma coisa, o almoço. Takeo não quis parar, e Heat, para não ser insultado de novo, decidiu não reclamar. Ele mandou seu pokémon continuar treinando seus ataques nas árvores, e o Vulpix continuou treinando sem parar.
Eles andaram algumas horas, o Sol já estava mais fraco, e eles estavam com fome. Sentaram aos pés de uma árvore e começaram a comer, eles comeram todas as frutas que sobraram, e uma barra de chocolate para sobremesa. Logo em seguida eles dormiram ao pé da árvore.
Quando acordaram, o Sol estava quase se pondo, e logo as chamas do pokémon de fogo não seriam suficientes para iluminar a floresta. Eles caminharam até uma clareira, onde mais dois jovens montavam suas barracas. O primeiro usava uma camiseta branca e uma calça preta de moletom, que combinava com seus tênis All-Star, ele tinha o cabelo ruivo e era menor do que Takeo, em sua cabeça havia uma Clefairy. A segunda era uma menina, que usava calça jeans e uma jaqueta branca e rosa. Ela era bem alta e tinha o cabelo castanho.
- Er... Posso ficar aqui? – Takeo perguntava um pouco tímido.
- Claro, – a mulher falou rapidamente – meu nome é Helena.
- Eu me chamo Takeo, e este é meu pokémon, Heat – ele se sentia envergonhado ao falar, pois precisava olhar para cima.
- Eu sou Erick, e este é meu mais novo pokémon, Clefairy – o menino falou mostrando seu pokémon.
- Vocês, estão fazendo o que aqui? - sem assunto ele apelou.
- Eu estou voltando para Vulx, eu desisti de ser coordenadora pokémon – Helena se antecipou.
- Porquê? – Takeo perguntou.
- Ser coordenadora não é o que eu realmente quero – Helena falava triste.
- Eu estou seguindo jornada, mas primeiro tenho que ir a Vulx pegar meu inicial verdadeiro – Erick falava sorridente.
- Mas como você já tem um pokémon? – Takeo perguntava confuso.
- Alguma irmã mais velha pegou para ele, – Helena explicava – assim como os outros pokémons que ele pede para eu capturar.
- Não era segredo? – Erick perguntava ironicamente.
- Não! – Helena ria.

Eles ajudaram Takeo a arrumar sua barraca, porém passaram quase toda noite dentro da barraca de Helena, a maior. Eles passaram a noite inteira conversando, mostrando seus pokémons. Helena mostrava fotos de lugares inimagináveis pelos quais ela já tinha estado.

- Aqui eu estou capturando um Gible – Helena mostrava a foto de um pokémon, que parecia um tubarão terrestre.
- Como você tirou a foto? – Takeo perguntou.
- Assim, - Helena falou, libertando um pokémon bem pequeno, ele era amarelo com algumas partes em marrom – meu Abra sabe tirar fotos.

Alguma coisa bateu no teto da barraca. Eles saíram para ver o que era, porém a escuridão da noite atrapalhava a visão.

- Bellossom, use dia ensolarado – Helena jogou uma pokébola do chão, dela saiu um pokémon verde, suas folhas faziam parecer que estava usando uma saia e tinha flores vermelhas na cabeça. O pokémon jogou uma bola de luz ao céu, que fez o problema ser mostrado.
- Bellossom? Vai pokédex.

Another Day... 182

Bellossom, o pokémon planta solar. Muito bonito, tem ataques poderosos e costuma rodear as áreas onde existem pedras do Sol.

Alguns pokémons coruja estavam voando em cima das barracas. Eles tinham o corpo principalmente em marrom e preto, porém os maiores tinham detalhes em vermelho. Elas voavam em círculo, porém estavam desorientadas com os ataques da Bellossom.

- Vai Ampharos – Helena jogava outra pokébola, no chão, e dela saiu um ser parecido com uma girafa, mas andava em dois pés – Trovão neles.
- Ajude a com seu Rugido, Takeo tentava ajudar, mas os trovões iam jogando cada um dos pássaros longe, logo os ataques do Vulpix eram usados, mas não atingiam os pássaros - Droga, não está funcionando.
- Erick, ajude com sua Taillow – Helena berrava, pois os pokémons voltavam do chão para o ar, e alguns começaram a atacar.
- Eu não vou sair daqui! – Erick berrava.

De repente uma das aves foi na direção de Takeo, e arranhou ele. O Vulpix ficou com raiva e subiu nas costas da coruja, ele queimava o pokémon, que não conseguia se livrar da raposa. Derrubando uma coruja, Takeo abriu sua pokédex e apontou o aparelho para o pokémon imobilizado.

Another Day... 163

Hoothoot, o pokémon coruja. Andam em bandos no escuro, quando são atacados entram em estado de raiva e tentam destruir tudo que vêem.

Quando Takeo tirou os olhos da pokédex, se impressionou. Ampharos, Bellossom e Vulpix estavam derrotando as corujas. Sem comandos, o pokémon incendiou e dobrou sua velocidade. Takeo supôs que fosse um novo ataque, até a pequena raposa cair exausta no chão. O Ampharos e Bellossom juntos haviam derrubado o grupo de pokémons corujas.
Takeo foi medicar o pokémon que estava deitado no chão. Helena olhou para Takeo, e em seguida um barulho foi escutado vindo do caminho sul à clareira. Takeo se preparou pegando uma pedra para proteger o Vulpix. Aos poucos as corujas acordavam e iam embora. Bellossom e Ampharos se prepararam para mais uma briga. Helen jogou frutas para os dois pokémons, o barulho continuava, e vinha se aproximando...

Continua...

________________
Another Day... FlygoniconAnother Day... AggroniconAnother Day... ManectriciconAnother Day... SwellowiconAnother Day... ShiftryiconAnother Day... Swamperticon
FacebookxTwitterxTumblrxPerfilxBody StylexMonocolorxNuzlockexNuzlocke²
Aether
Aether
Membro
Membro

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
Another Day... Left_bar_bleue0 / 100 / 10Another Day... Right_bar_bleue

Frase pessoal : Dance Monkey, Dance.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Another Day... Empty Re: Another Day...

Mensagem por cfox Ter 30 Ago 2011 - 14:04

Ahoy, gostei do Cap õ/
Vi alguns errinhos de digitação, mas com um tempo isso deve melhorar. A narração está boa, a descrição também, mas poderia ter sido maior.
Estou curioso para saber o que vai acontecer no próximo. Até lá õ/

________________
Another Day... IIwkRYaAnother Day... IIwkRYaAnother Day... IIwkRYaAnother Day... IIwkRYa
Another Day... IIwkRYaAnother Day... IIwkRYaAnother Day... IIwkRYaAnother Day... IIwkRYa
look @ this young man
Another Day... ALGS6KV
cfox
cfox
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
Another Day... Left_bar_bleue0 / 100 / 10Another Day... Right_bar_bleue

Frase pessoal : mate imo mixup have been cunts throughout the fuck


Voltar ao Topo Ir em baixo

Another Day... Empty Re: Another Day...

Mensagem por Jiggly Ter 30 Ago 2011 - 15:35

Gostei muito do capítulo, coitado do Vulpix, foi insultado, isso é um absurdo a humanidade, parabéns capítulo excelente, tomara que minha líder apareça logo, se tiveram erros, passaram despercebidose acho que você usou muitas falas, ponha mais narração. Queria saber mais sobre as cidades.

________________
Comente em minha fic:

Another Day... 1z4h9cn

Pokémon: The Kanto World

Inscrevam-se para a minha futura fic.

Oi Very Happy

É meu fã? Usa isso aí:

Another Day... Userjiggly
Jiggly
Jiggly
Membro
Membro

Feminino Idade : 20
Alerta Alerta :
Another Day... Left_bar_bleue0 / 100 / 10Another Day... Right_bar_bleue

Frase pessoal : Tentando fazer um avatar/sign


Voltar ao Topo Ir em baixo

Another Day... Empty Re: Another Day...

Mensagem por Aether Sex 2 Set 2011 - 18:03

Antes de tudo, estou triste, só dois comments? Sad
E só duas MP's com Gym Leaders (ver 2° post)
Os Gym Leaders não Acabaram, mande que eu vejo se encaixo.
Comentários:

Spoiler:
Ahoy, gostei do Cap õ/
Vi alguns errinhos de digitação, mas com um tempo isso deve melhorar. A narração está boa, a descrição também, mas poderia ter sido maior.
Estou curioso para saber o que vai acontecer no próximo. Até lá õ/
Obrigado por comentar. Descrevi um pouquinho mais aqui também! Espero que goste.
Gostei muito do capítulo, coitado do Vulpix, foi insultado, isso é um absurdo a humanidade, parabéns capítulo excelente, tomara que minha líder apareça logo, se tiveram erros, passaram despercebidose acho que você usou muitas falas, ponha mais narração. Queria saber mais sobre as cidades.
Obrigado por comentar. Sua Gym Leader vai aparecer daqui alguns episódios, não deixe de comentar.

Chute da Vitória - Capítulo 2

A noite não estava tranquila, aos poucos alguns pokémons levavam pokémons corujas abatidos para dentro da floresta. No meio de uma clareira estavam três barracas e dois jovens. O primeiro estava segurando uma pequena raposa vermelha, que estava desmaiado. E a segunda, era extremamente alta e não estava preocupada como o menino. Ela estava falando alguns números aleatoriamente.
- Três, dois, nove, vinte e seis e cinco – a garota gritava sem se preocupar.
- Está louca? – Takeo perguntava, medicando a raposa de fogo.
- É uma combinação que somente eu e os pokémons sabemos – Helena falou com um sorriso estampado na cara – vá para dentro da barraca e recupere seu pokémon, depois volte.
- Não, eu vou ficar – Takeo gritou.
O mato voltava a fazer barulho, cada vez mais parecido com um choro e passos, o som vinha se aproximando. De repente, um rato roxo saiu do meio dos arbustos, ele corria desesperado, estava chorando. Takeo pegou sua pokédex e apontou para o pequeno animal.

Another Day... 19

Rattata, o pokémon rato. Muitas vezes considerado como o pokémon mais fraco de todos, se irrita facilmente, ataca com seus grandes dentes, que não param de crescer.

- Vai lá! – Helena soltou um grito.
Sua Belossom fez muitas folhas irem ao céu, e voltarem como lâminas na direção do Rattata, mas antes de atingir o pequeno rato, o Ampharos eletrocutou as folhas, fazendo com que o ataque fosse ainda mais forte. O pequeno pokémon caiu imobilizado. Atrás dele chegou outro pokémon, que por sua vez era apenas uma bola preta, com um gás o rodeando. Ele deu uma lambida no Rattata desmaiado, que se remexeu, até virar uma massa roxa.
Takeo se impressionou com os dois pokémons, a massa roxa tentava fugir, mas a bola preta o atormentava. Helena falou mais uma sequência de números, então o Bellossom derrubou os dois pokémons no chão, apenas com um pó finíssimo.
- Não pegue a pokédex, a meleca se chama Ditto, e só sabe um golpe, Transformar. O segundo é Gastly, o pokémon fantasma, ele atormenta as pessoas com seus golpes fantasmas e venenosos.
- Por acaso você decorou o nome de todos os pokémons? – Takeo perguntava impressionado.
- Quando comecei minha carreira como coordenadora, há seis anos, eu lia a pokédex toda a noite – Helena explicou.
Em seguida eles se retiraram do campo, arrumaram as barracas de Takeo e Erick e dormiram na barraca de Helena. Eles dormiram até tarde, tinha sido uma noite complicada.

...

Eram dez horas da manhã, três crianças arrumavam uma barraca. Logo que terminaram, um deles soltou uma raposa de sua pokébola. A outra soltou um Abra, que tentava aperfeiçoar seu Teletransporte. Depois de tudo se despediram, e cada um seguiu seu caminho.
A menina e o menino seguiram na direção de Vulx City, enquanto Takeo continuava na Rota 1. Ele entrou na floresta em direção da clareira mais próxima. Ele não queria passar nem uma noite sozinho depois do ataque dos Hoothoots.
Enquanto caminhava, percebeu que as árvores davam lugar a uma vegetação rasteira. A escuridão ficava para o lado esquerdo. O lado direito era banhado por um grande lago. Ele conseguia ver alguns treinadores em cima de seus pokémons, que tentavam nadar.
Ele começou a pensar no que havia ocorrido na noite passada, se lembrava com perfeição. O Vulpix o protegeu pulando nas costas do pokémon pássaro, e depois incendiou. Ele decidiu checar os ataques do Vulpix novamente. A Pokédex falou:

Ataques Completos do Vulpix:
Brasas, Ataque Rápido e Rugido.

Ataques em Treinamento:
Áurea de fogo, Chicote de Cauda.


Takeo clicou em Áurea de Fogo,

Áurea de Fogo, um ataque que envolve o usuário em chamas, ele pode causar danos a ambos pokémons se não for treinado corretamente.

Takeo sabia que seu pokémon parecia ser muito desenvolvido, ele aprendeu diversos golpes em apenas um dia. E o melhor de tudo, era que o pokémon tinha se curado rapidamente desde a noite passada. Ele apenas caminhava, de vez em quando jogava um pouco de fogo pelos ares, ou então se envolvia em chamas por alguns instantes, o que o deixava cansado.
Eles continuaram andando por mais algum tempo, até que Takeo decidiu parar por alguns momentos. Eles se sentaram na areia, perto do lago. Almoçaram e descansaram ali mesmo. Takeo e Heat acordaram às duas da tarde. Treinaram um pouco por ali, mas sem nem mencionar Áurea de Fogo. O que Takeo menos queria era que seu pokémon se machucasse.
Eles continuaram caminhando, as duas cidades eram muito distantes. Ele olhava para os diversos pokémons que apareciam da água e da floresta. Na opinião dele, nenhum daqueles pokémons tinha força suficiente para acompanhar ele. Não que ele não gostasse de pokémons fracos, mas ele queria um pokémon raro, um pokémon que poucas pessoas tivessem.
O Vulpix brincava com as folhas que caíam das árvores, enquanto Takeo olhava para um vulto na floresta. Ele andava entre as árvores, Takeo o observava atentamente, aquele poderia ser um pokémon bom para sua equipe. Ele se abaixou e deu um comando para o Vulpix.
Heat correu em direção ao mato, e agarrou um pokémon com os dentes. O mesmo deu um Ataque de Cauda na raposa, fazendo Heat cair no chão. O pokémon era marrom, parecido com um coelho, tinha pequenas proporções de pelo em sua cintura e em suas orelhas.
Heat tentava acertar o pokémon, mas ele era mais rápido. Quando ele usava suas Brasas, o coelho desviava, e se tentasse um golpe físico, o outro pokémon revidava com sua perna ou com sua cauda. Parecia impossível para raposa acertar o outro pokémon. Até que o coelho pulou na frente de Takeo, logo atrás veio Vulpix.
- Jogue-o na água – Takeo gritava para seu pokémon.
Então Heat pulou para cima do pokémon coelho, que revidou dando um belo chute na mandíbula do Vulpix. Neste momento Takeo pegou sua pokédex para ver que pokémon era aquele.

Another Day... 427

Buneary, o pokémon coelho. Muito rápido na excussão de seus golpes.

Heat se recuperou e olhou para cara de seu adversário pokémon, que estava rindo. Vulpix saiu correndo, mas ao invés de executar algum golpe, continuou correndo, bloqueando o Buneary, e posteriormente o jogando na água.
Buneary saiu da água com raiva, foi correndo na direção de Heat e deu-lhe um chute forte, que fez ele sair do chão e bater em uma árvore. Vulpix saiu sem muitos ferimentos do mato. Os dois pokémons estavam igualmente cansados, mas Buneary não perdia as esperanças. Ele tentou fazer o mesmo golpe que havia executado antes, mas sem êxito. Vulpix queimou-o e em seguida usou seu Rugido, que fez o pokémon ficar com medo de Heat.
Buneary subiu em uma árvore, e depois pulou dela, acertando Heat com sua pequena pata. Após cair no chão, Buneary de mais um forte golpe com sua cauda. Vulpix estava ficando cansado, então acabou com a batalha de uma vez por todas. Envolveu-se em chamas e segurou o corpo de Buneary contra uma árvore.
- Não, - Takeo falava com raiva – você não vê que está quase matando ele.
- Vul – Heat saiu de suas chamas e se desculpou com seu mestre.
Burneary caiu no chão, Takeo retornou Heat, e curou a Burneary. Quando ela estava mais saudável, Takeo explicou tudo para o pokémon que ouvia as palavras de seu mestre, enquanto saboreava uma Sirius, Takeo tornou a captura oficial com uma pokébola que sua mãe lhe dera.
- ... Então é isso, vamos continuar nossa caminhada antes que anoiteça. - Takeo ia terminando seu discurso.
Ele pegou de sua mochila um mapa, eles não tinham chegado nem na metade da Rota 1. Caminharam mais dois quilômetros, e chegaram em uma clareira, como a outra, existiam mais alguns treinadores lá. No meio de tudo uma fogueira, que apesar do calor, estava acesa.
Os treinadores estavam arrumando suas barracas. Takeo fez o mesmo, e então entrou em sua barraca para descansar um pouco. Ele saiu de sua barraca e viu alguns treinadores em um círculo. Saiu da barraca determinado a treinar seu novo pokémon. Viu mais alguns treinadores, e adentrou a floresta, Buneary seria treinado com alguns pokémons insetos.


---------------------------------------------------------------------------------------------------------
Não deixem de comentar e falar meus erros!

________________
Another Day... FlygoniconAnother Day... AggroniconAnother Day... ManectriciconAnother Day... SwellowiconAnother Day... ShiftryiconAnother Day... Swamperticon
FacebookxTwitterxTumblrxPerfilxBody StylexMonocolorxNuzlockexNuzlocke²
Aether
Aether
Membro
Membro

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
Another Day... Left_bar_bleue0 / 100 / 10Another Day... Right_bar_bleue

Frase pessoal : Dance Monkey, Dance.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Another Day... Empty Re: Another Day...

Mensagem por cfox Sex 2 Set 2011 - 18:53

Ahoy Takeo õ/
Gostei muito desse Capítulo. Achei que tudo ficou bom, mas acho que vi um errinho de digitação, não sei.
A parte que mais gostei foi a batalha e a captura. Mas tenho uma dúvida, esse golpe, "Áurea de Fogo", é o Flare Blitz?
Well, até o próximo =D

________________
Another Day... IIwkRYaAnother Day... IIwkRYaAnother Day... IIwkRYaAnother Day... IIwkRYa
Another Day... IIwkRYaAnother Day... IIwkRYaAnother Day... IIwkRYaAnother Day... IIwkRYa
look @ this young man
Another Day... ALGS6KV
cfox
cfox
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
Another Day... Left_bar_bleue0 / 100 / 10Another Day... Right_bar_bleue

Frase pessoal : mate imo mixup have been cunts throughout the fuck


Voltar ao Topo Ir em baixo

Another Day... Empty Re: Another Day...

Mensagem por Jiggly Dom 4 Set 2011 - 10:39

Gostei desse capítulo, só não sei porque eu não postei ontem, uma nova captura, sem erros de ortografia, mas acho que você deveria aumentar mais os capítulo, estão muito pequenos, devo ter visto alguns erros, mas passaram despercebidos. Espero ansiosamente pelo próximo capítulo.

________________
Comente em minha fic:

Another Day... 1z4h9cn

Pokémon: The Kanto World

Inscrevam-se para a minha futura fic.

Oi Very Happy

É meu fã? Usa isso aí:

Another Day... Userjiggly
Jiggly
Jiggly
Membro
Membro

Feminino Idade : 20
Alerta Alerta :
Another Day... Left_bar_bleue0 / 100 / 10Another Day... Right_bar_bleue

Frase pessoal : Tentando fazer um avatar/sign


Voltar ao Topo Ir em baixo

Another Day... Empty Re: Another Day...

Mensagem por Aether Sex 16 Set 2011 - 18:17

Olá,
Aqui está o novo capítulo, aproveitem. Eu não gostei muito do fim, vamos aos comentário:

@CaptainFox: Obrigado pelo comentário, que bom que gostou.
@Jiggly: Sua líder vai aparecer logo, continue comentando.

Criei um Escritório para a Fic, (Link:) Lá eu vou botar mais sobre as cidades, previews e etc. E as Inscrições vão ser lá, agora.

Capítulo 3 - Tamanho não é Documento

Já eram seis horas da tarde, o Sol começava a desaparecer. Takeo adentrava a floresta, a fim de treinar seus pokémons. Depois de meia hora de caminhada, Takeo se deparou com um novo pokémon. Ele era amarelo, sua casca tinha a mesma textura de escamas, seu formato era totalmente diferente de qualquer outra coisa que ele já tivesse visto, o pokémon parecia estar dormindo. Neste momento, ele pegou a pokédex.

Another Day... 14

Kakuna, o pokémon casulo. Um pokémon que tem uma carapaça dura, que ajuda na sua defesa, quando está em perigo, lança agulhas venenosas, que são liberadas por seu corpo. Quando nenhum ataque adianta, a carapaça se quebra, e dela sai um novo pokémon.

Takeo fez alguns sinais com a mão, indicando para Burneary atacar o casulo, mostrando que entendeu o recado, Burneary, balançou sua cabeça. Ele correu na direção do casulo e agarrou-o com força, fazendo o mesmo acordar. Em seguida, deu um grande salto, segurando Kakuna, e quando caiu, enterrou metade do pobre pokémon no chão.
Então, Burneary agarrou uma árvore com suas orelhas e escalou a mesma, sem usar as mãos foi até o topo. O pokémon pulou de cima da árvore, com sua perna brilhando, e rapidamente caiu em cima de Kakuna. O impacto foi tão forte, que uma cratera fora aberto, soltando muito pó para todos os lados.
Do nada, uma forte luz veio da direção da poeira, que logo foi arrastada por um forte vento. De lá saiu outro pokémon, que era amarelo, com listas pretas, seu corpo era consideravelmente grande, com duas asas brancas, seus braços terminavam em uma espécie de ferrão, tinha grandes olhos vermelhos e parecia zangada.
Logo que viu Burneary, o pokémon abelha tentou atacá-lo com seus ferrões. Ambos eram rápidos, mas parecia que o pokémon de Takeo estava apenas brincando com o outro. O pokémon adversário se cansou, e apenas ficou parado, flutuando, de repente ele começa a jogar diversas agulhas na direção de Burneary. Ele foi atingido gravemente, e caiu no chão, o adversário foi rapidamente até Burneary, e deu um último golpe, que acabou com as chances dele.
- Vai Heat – Takeo gritou para Vulpix, que estava apenas assistindo a cena.
- Vuuuuuuuuul – Heat soltou suas brasas no ar, e saiu correndo em direção ao seu próprio ataque, o que fez parecer que sua cabeça pegava fogo.
- Vamos chamar isso de Cabeçada de Fogo – Takeo falava para Heat.
Takeo não se preocupou muito com Vulpix, estava preocupado com Burneary. Saiu correndo na direção dele, e quando chegou lá, o pequeno pokémon só conseguia mexer as orelhas. Depois de ser medicado, ele ficou melhor, e acordou, vagarosamente se levantou, olhou em volta, e deitou de novo no chão.
Takeo deu mais uma fruta para ele, e depois o pegou no colo. Os dois foram procurar Heat, o que não foi difícil, já que suas chamas brilhavam a dois metros dali. Quando chegou, Takeo viu Heat brincando com o outro pokémon, que estava desmaiado. Takeo pegou a pokédex.

Another Day... 15

Beedrill, o pokémon abelha. Muito feroz e poderoso, muitas vezes tem de ser treinado para não perder seu autocontrole.


- Vai ser útil no nosso time? – Takeo perguntou para si mesmo – Para alguma coisa vai servir – Takeo falou, pegando uma pokébola vazia de seu bolso.

Mas quando foi jogar, um grande vulto passou voando rapidamente e “roubou” o Beedrill.

- Volta aqui com meu Beedril seu infeliz – Takeo xingava o vulto, que voava longe dali - Você consegue derrubar ele? – Takeo deu uma volta e perguntou para Heat.
- Vuuul – Vulpix deu um pulo, e em seguida soltou suas brasas, com o barulho, Burneary acordou.
- Não é o suficiente – Takeo falava decepcionado – Você consegue? – Takeo perguntou para Burneary.
- Burn – ele falou.

Ele pulou do colo de seu treinador e escalou uma árvore. Procurou o pokémon e saiu correndo sobre as árvores. Takeo e Heat o seguiram, Heat conseguiu subir na árvore, e acompanhou Burneary, Takeo continuou na terra. Depois de longos dez minutos, eles acharam o ninho do passarinho.
O ninho era gigante, era feito de palha e barro, tinham quatro ovos de pokémon lá, mais o pokémon que tinha roubado a Beedril, e o mesmo, que ainda estava desmaiado. O pássaro era grande, ele era de um tom marrom com bege, tinha um grande bico, e em sua cabeça, existia uma grande pena vermelha, que fazia o pokémon parecer mais bonito.
Os dois pokémon atacaram em conjunto, Vulpix usou suas chamas para melhorar sua Cabeçada, e o Ataque Rápido de Burneary. O pokémon ave não ligou para os ataques, ele fez um pequeno furacão, que derrubou ambos pokémons da árvore. Takeo ficou inconformado, e jogou uma pedra no pokémon, que voltou com raiva.

- Atacar, atacar, atacar – Takeo mandou seus pokémons atacarem a ave.

Burneary e Heat se levantaram e tentaram sua combinação novamente, o que acabou fazendo o pokémon ave se irritar ainda mais. Heat concentrou-se em fazer sua Áurea de Fogo, já que burneary distraia o pokémon adversário com sua velocidade. Burneary ficava correndo que nem um desesperado, de um lado para o outro, sempre se esquivando dos ataques do adversário, que se mostrou muito lerdo.
Heat concentrava sua energia, enquanto Burneary tentou um ataque. Ele deu um grande salto, escapando do pokémon ave, e caiu em cima dele. Burneary tentou segurar-se na pena principal do Pokémon, mas sem querer, acabou arrancando a mesma.

- Piiiiiiidgeooooooot – o grito do pokémon, que se revelou ser um Pidgeot, foi ouvido de longe.

Heat viu a oportunidade, e saiu correndo, seu corpo em chamas acertou certeiramente o pokémon. Burneary deu mais um grande salto, para escapar dos golpes do companheiro. Pidgeot logo se levantou, e soltou um furacão, mas dessa vez não era um pequeno, e sim, gigante.
Ambos pokémons tentavam escapar, mas o Pidgeot continuava a fazer um grande vendaval. Qualquer ataque físico era impossível, assim como os especiais, que apenas fortaleceriam o furacão. Takeo retornou seus dois pokémons e se pôs a correr. Ele estava quase chegando à clareira, faltavam apenas quinze metros.
Quando chegou à clareira, percebeu que já estava escuro. Estava sem saída, a não ser que ele entrasse no mar e esperasse amanhecer para alguém o ajudar. Mas, quando ele menos esperava, Pidgeot cai no chão, e fica lá deitado. De trás dele sai um velho conhecido, Beedrill, que estava usando Pó Sonífero no outro pokémon.

- Você quer partir jornada comigo? – Takeo perguntou para o Beedrill.
- Beeeee – aquele som pareceu ser uma negação.
- Tudo bem, pode ir – Takeo falou frustrado.
- Beeee – Beedrill mostrou um bando de Weedles na floresta.
- Devem ser seus irmãos – Takeo entendeu porque ele não se juntaria a ele.
- Beee – foram as últimas palavras dele, antes de sair voando.

Takeo liberou seus dois pokémons, e levaram o Pidgeot de volta á floresta, ele sabia que se capturasse aquele pokémon, ele não iria obedecer-lho. Voltaram e descansaram a noite inteira na barraca. Acordaram às seis horas, Takeo comeu algumas frutas que encontrou ali. Desarrumaram a barraca, e depois ele foi verificar seus pokémons na Pokédex.

Ataques do Vulpix em Uso

Áurea de Fogo, Brasas e Cabeçada.

Ataques do Burneary

Ataque Rápido, Chute com Pulo.

- Muito bem, - Takeo falou para seus pokémons – Novo dia, vamos continuar nosso treinamento.
- Vuuuul – Heat soltou suas brasas no ar.
- Burnea – Burneary deu um pequeno salto, e aterrisou na cabeça de Takeo.
- Vamos te dar um nome... er... você vai se chamar... – Takeo tentava pensar em um nome para ele – hum... Quicky.
- Burnea – Burneary parecia feliz com seu nome.

Eles andaram mais ou menos um quilometro, até chegarem a uma floresta, Quicky andava na cabeça de Takeo, e Heat ao seu lado direito. Eles estavam em uma grande floresta, um caminho tinha sido traçado com o passar dos anos, ele era totalmente diferente dos outros, este caminho era apenas duas paredes de pedra, com uma quantidade considerável de areia no meio.
Ambos os lados mostravam diversas árvores, assim como pokémons, comuns a Takeo. Eles andaram por cerca de três horas, mas o cenário continuava o mesmo. Eles adentraram em um lugar aberto daquela floresta e almoçaram. Depois de algumas horas, Takeo acordou de seu sono, e voltou à jornada. Eram quase seis horas da tarde.
Alguma coisa incomodava Takeo naquele lugar, ele não sabia se era o silêncio, ou se era a escuridão. De repente, alguma coisa derruba drasticamente Quicky da cabeça de Takeo, quando ele vai olhar o que fez isso, é surpreendido por um galho de árvore, que acerta em cheio sua testa. Ele cai com tudo no chão, e começa a gritar:

- Mate esse infeliz Heat – Takeo ordenou furioso.

Heat estava pronto para atacar, mas na verdade, não achou seu alvo. Alguma coisa faz Burneary tropeçar, Heat corre na direção do parceiro, mas é derrubado igualmente. Furiosos Heat se envolve em chamas, e começa a correr em círculos, procurando seu adversário.

Preview:
Spoiler:
No próximo epísódio começa o primeiro especial: Odeio barro, Odeio Lama...
Mais a batalha contra o pokémon misterioso.

________________
Another Day... FlygoniconAnother Day... AggroniconAnother Day... ManectriciconAnother Day... SwellowiconAnother Day... ShiftryiconAnother Day... Swamperticon
FacebookxTwitterxTumblrxPerfilxBody StylexMonocolorxNuzlockexNuzlocke²
Aether
Aether
Membro
Membro

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
Another Day... Left_bar_bleue0 / 100 / 10Another Day... Right_bar_bleue

Frase pessoal : Dance Monkey, Dance.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Another Day... Empty Re: Another Day...

Mensagem por Caio. Sex 16 Set 2011 - 18:35

Bem, li apenas o prólogo e já pude encontrar alguns erros eminentes e bobos, como "Os Cientista" (primeiro parágrafo). Você também foi redundante na maioria das vezes, você na narração falou que era um local cheio de pesquisadores, e então descreveu no fim que era um local cheio de pesquisadores. Tome mais cuidado com essas coisas, elas podem deixar a leitura chata e cansativa. Você também usou tantas vírgulas, ao invés de pontos, que, me deixou muito cansado de ler, e isso foi ficando de forma muito chata, pois fica repetitivo, e você sabe disso, não sabe?, ou sabe?

Minha dica é justamente essa. Evite o "polissíndeto". Eu coloquei entre aspas pois você não usou propriamente dito o polissíndeto, mas usou várias vírgulas que davam a impressão de movimento, deixando a estória bem acelerada ao meu ver. Ficou tipo:

"E ele tinha cabelos claros e olhos escuros e corpo manchado e usava calça jeans e era azul e tinha pintas no rosto e era legal e era feio e era bonito e correu e chorou e brincou e dançou e etc..."

Fica bem chato, não? Use também "Enters" entre os espaço, fica bem mais limpo e arejado. Vale ressaltar que falo isso pelo prólogo, pois não li ainda os outros capítulos, que pelo estilo de post me lembrou bastante as fics do Heart. Sobre a estória, agora, bem... O que tenho a dizer? É a típica estória clichê com um chã do mínimo possível; a personagem vai ao Lab, pega o pokémon inicial, sai e sente o cheiro das folhas... Faltava só as típicas batalhas de Tackel, Growl e talz.

Enfim, arrume isso caso essas coisas se repitam nos outros capítulos e passe a escrever baseado em tais dicas: sua fic poderá ser melhor. Inove um pouco, não custa nadica de nada também.

________________
Another Day... HokOmTd

Another Day... NQUBRsR
Caio.
Caio.
Membro
Membro

Masculino Idade : 24
Alerta Alerta :
Another Day... Left_bar_bleue0 / 100 / 10Another Day... Right_bar_bleue

Frase pessoal : A noir. E blanc. I rouge. U vert. O bleu.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Another Day... Empty Re: Another Day...

Mensagem por Jiggly Sex 16 Set 2011 - 18:46

Eu ri do nome do próximo capítulo. Gostei desse, mas o certo é Buneary, não Burneary, tiveram vezes que você colocou Pokémon com letra minúscula, enfim, não se pode. Não percebi nenhum erro, só algumas vírgulas fora do lugar.

________________
Comente em minha fic:

Another Day... 1z4h9cn

Pokémon: The Kanto World

Inscrevam-se para a minha futura fic.

Oi Very Happy

É meu fã? Usa isso aí:

Another Day... Userjiggly
Jiggly
Jiggly
Membro
Membro

Feminino Idade : 20
Alerta Alerta :
Another Day... Left_bar_bleue0 / 100 / 10Another Day... Right_bar_bleue

Frase pessoal : Tentando fazer um avatar/sign


Voltar ao Topo Ir em baixo

Another Day... Empty Re: Another Day...

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum