Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Conte uma história, poste uma arte ou um vídeo! Confira os guias de jogos, tire suas dúvidas e compartilhe sua jogatina. Disputa batalhas online com jogadores e participe dos RPGs. Converse sobre qualquer coisa, poste memes, faça novos amigos! Só não deixe de logar ou se inscrever.
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!
Quase Modernista: Poemas e só. Pikalove


Participe do fórum, é rápido e fácil

Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Conte uma história, poste uma arte ou um vídeo! Confira os guias de jogos, tire suas dúvidas e compartilhe sua jogatina. Disputa batalhas online com jogadores e participe dos RPGs. Converse sobre qualquer coisa, poste memes, faça novos amigos! Só não deixe de logar ou se inscrever.
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!
Quase Modernista: Poemas e só. Pikalove
Pokémon Mythology
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Quase Modernista: Poemas e só.

+18
Happy
Jp.
Nivans
-Toshi☺
Food
Sally
Yoshihime
pietrosaggioro
Micro
Kurosaki Mud
Caio.
Mag
andergiehl
ana
Black~
Mikh
Pokaabu
Diamandis
22 participantes

Página 1 de 7 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Ir para baixo

Quase Modernista: Poemas e só. Empty Quase Modernista: Poemas e só.

Mensagem por Diamandis Sab 29 Set 2012 - 23:57

Quase Modernista: Poemas e só. K7iAt

Morte(se)
Prelúdio, sinos tocam
E se isso morresse
morre-se
vive-se
E se isso vivesse
Seria a vida viva ou morta em vida?
[afinal
O que é a vida além de prenúncio de morte.


Ria

Ria do pessimismo e da utopia
Do comunismo e a utopia
Ria do fascismo na face
[da propaganda
Ria dos montes cinzentos
Que formam a esfera azul
[cinzenta
Da cor da massa que existe
Os seres que riam
Disso ele ria
Sem existir.


O circo beligerante dos intrépidos bêbados

Diziam-se certos
Inverossímeis, estrelas douradas
Travando batalha
Armada e injusta
Diante a Lona
Usando farda, homens fardados
Realmente, a coragem nauseada naufragou
Avança a virada do "cale-se".


PEÇO QUE SÓ LEIAM O SPOILER DEPOIS DE TENTAREM ENTENDER OS POEMAS
Spoiler:

1- No primeiro poema, tentei demonstrar a dualidade vida-morte, e apresentar o fato, de que, inegavelmente, só existe vida se houver morte e vice-versa.
2- Neste aí, tratei dos regimes mundias e mundanos usando o riso, a forma de expressão mais enigmática, o riso cria vida através dos seres cinzentos( no caso, nós), o riso vive, mas não existe. Por ser só uma forma de se expressar.
3- Usei de base a ditadura no brasil, a inical de cade verso lida transversalmente forma a palavra ditadura.

Diamandis
Diamandis
Membro
Membro

Masculino Idade : 25
Alerta Alerta :
Quase Modernista: Poemas e só. Left_bar_bleue0 / 100 / 10Quase Modernista: Poemas e só. Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Quase Modernista: Poemas e só. Empty Re: Quase Modernista: Poemas e só.

Mensagem por Pokaabu Qua 3 Out 2012 - 19:10

Muito bom mesmo, no segundo vc repetiu um pouco as palavras mais fora isso está maravilhos. Quando vai ter mais?
Pokaabu
Pokaabu
Membro
Membro

Masculino Idade : 25
Alerta Alerta :
Quase Modernista: Poemas e só. Left_bar_bleue0 / 100 / 10Quase Modernista: Poemas e só. Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Quase Modernista: Poemas e só. Empty Re: Quase Modernista: Poemas e só.

Mensagem por Diamandis Qua 3 Out 2012 - 19:44

Não te Amarei Domingo só Intensamente Amanhã

Nunca soube o que era o amor
Até você aparecer
Nunca soube o que era loucura
Até a paixão aparecer por perto
Você inaugurou meu corpo
minha paixão e língua
Partiu e me deixou partido
Mas completo e complexo
De que Nada de você se perderá.


Alíquota do reino

Dinheiro, grana, cascalho, verdinhas, notas, troco, moedas, vintém..
E a humanidade sentada
[austera
No trono de instabilidade e insegurança
Mas não parem
Precisamos de dinheiro
De dinheiro, grana, cascalho, verdinhas, notas, troco, moedas, vintém..


Obrigado pelo comentário, Pokabu.

Spoiler:
Texto 1 precisa de explicação? Não.... Não questionem o título, só tentem entender.
Poema 2, dinheiro em cima de dinheiro e a humanidade alheia a isso, let's change this!
Diamandis
Diamandis
Membro
Membro

Masculino Idade : 25
Alerta Alerta :
Quase Modernista: Poemas e só. Left_bar_bleue0 / 100 / 10Quase Modernista: Poemas e só. Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Quase Modernista: Poemas e só. Empty Re: Quase Modernista: Poemas e só.

Mensagem por Mikh Qua 3 Out 2012 - 20:07

Adorando todos seus poemas, como lhe disse no MSN. Nunca fui crítico para avaliar cada detalhe, mas mesmo assim, adoro-os. Continue assim e tal, acompanharei com muito prazer.

________________
Quase Modernista: Poemas e só. Tumblr_mulgpqyzse1s31mq6o1_400
Quase Modernista: Poemas e só. 672MSQuase Modernista: Poemas e só. 657MSQuase Modernista: Poemas e só. 017MS
Mikh
Mikh
Membro
Membro

Masculino Idade : 26
Alerta Alerta :
Quase Modernista: Poemas e só. Left_bar_bleue0 / 100 / 10Quase Modernista: Poemas e só. Right_bar_bleue

Frase pessoal : You stopped being you.


Ir para o topo Ir para baixo

Quase Modernista: Poemas e só. Empty Re: Quase Modernista: Poemas e só.

Mensagem por Black~ Qua 3 Out 2012 - 20:08

Bom, seus poemas são bem, digamos, enigmáticos, se o cara não conseguir sacar, vai ficar com muitos pontos de interrogação na cabeça. Parabéns, seus poemas são ótimos. Esse do dinheiro creio que foi uma crítica ao capitalismo, que por sinal foi bem feita. Parabéns² cara, continue com seus poemas.

________________
The Adventures of a Gym Leader - Capítulo 48
Dreams come true

Quase Modernista: Poemas e só. Hcmv7Xt
Bar daora do clã dos Yu-Gi-Oh -q
Black~
Black~
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
Quase Modernista: Poemas e só. Left_bar_bleue0 / 100 / 10Quase Modernista: Poemas e só. Right_bar_bleue

Frase pessoal : The winter has come


http://pokemonblackrpgforum.forumeiros.com./

Ir para o topo Ir para baixo

Quase Modernista: Poemas e só. Empty Re: Quase Modernista: Poemas e só.

Mensagem por Pokaabu Qua 3 Out 2012 - 23:53

Nice!, quero mais, sede de poemas!

________________
Quase Modernista: Poemas e só. J9zt  
Em breve.
Pokaabu
Pokaabu
Membro
Membro

Masculino Idade : 25
Alerta Alerta :
Quase Modernista: Poemas e só. Left_bar_bleue0 / 100 / 10Quase Modernista: Poemas e só. Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Quase Modernista: Poemas e só. Empty Re: Quase Modernista: Poemas e só.

Mensagem por Diamandis Sab 6 Out 2012 - 17:09

Partis Homines

O mundo danou-se
Não existe mais alegria no trabalho
Existem movimentos mecânicos e perfeitos
E dinhero no final do mês
Essencial? Sim, até quando?

Mas hoje declaro
Que parem as máquinas e carros
Que desliguem os rádios e televisores
Que fechem as revistas e jornais
[e Saiam pela rua
Aproveitando o dia
E quando amanhã retornarem às suas mecanizações
Não falem sobre hoje
Apenas guardem a lembrança
E quando forem velhos o suficiente para serem esquecidos
Contem para seus discípulos sobre esse dia
O tal dia em que foram humanos.




Hipocrisia

Há quem diga que não existe beleza no cinza fabril
Ou nas faces arroxeadas do inverno
Há quem diga que a simplicide é ocultar vontades
E esses, não veem beleza nas coisas
não veem amor nas coisas

Hoje acordei e senti um vento quente
Não desses da natureza
Mas um diferente vento sensitivo
Sensacional

Agora preparo-me para sair
Mas antes de ocultar-me no cachecol
vejo a fotografia de menino, pé descalço
e agradeço a mim mesmo
por saber o quanto são complexas as coisas simples



Obrigado pelos comentários, caras. Aprecio muito quem curte meu trabalho ^^

Spoiler:
Críticas a sociedade estupidamente mecanizada e segregacionista em que vivemos
Diamandis
Diamandis
Membro
Membro

Masculino Idade : 25
Alerta Alerta :
Quase Modernista: Poemas e só. Left_bar_bleue0 / 100 / 10Quase Modernista: Poemas e só. Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Quase Modernista: Poemas e só. Empty Re: Quase Modernista: Poemas e só.

Mensagem por ana Dom 7 Out 2012 - 1:00

esse cara escreve bem
ana
ana
Moderador
Moderador

Feminino Idade : 23
Alerta Alerta :
Quase Modernista: Poemas e só. Left_bar_bleue0 / 100 / 10Quase Modernista: Poemas e só. Right_bar_bleue

Frase pessoal : ta dentro dos limites


Ir para o topo Ir para baixo

Quase Modernista: Poemas e só. Empty Re: Quase Modernista: Poemas e só.

Mensagem por Diamandis Dom 7 Out 2012 - 1:27

Vlw pelo anti-dp Miss.




Ideologia

Eu me sinto tão doente que poderia melhorar
Tão revoltado que poderia ser normal
Tão seco de vida e encharcado de ideias
Todas vazias, não fundamentadas
O que era amor ainda é Amor
Mas não o mesmo doentio
É sublime e supercial
É paixão
Agora sim, sou humano
De carne, ossos e angústia
Dose diária de sofrimento incontido
Tal que fez amores virarem paixões
Ideias tornaram-se sonhs
e A Utopia tornou-se utópica
Agora o que sou?
Algum demente escritor enraivecido de atonicidade
Sem métrica nem faculdade
Algum desses que vive no próprio mundo
E vivo sozinho, por opção
Opção dos outros
Sinto-me incompreendido, repreendido
Uma ave de asas cortadas
Por isso escrevo essa ode ao ódio
Sem fundamento
Só pra mostrar-lhes
Que é o poeta que veste roupas às palavras.




Tudo o que amei

Amo intensamente, como amo
Te amo intensamente, como amo
Não ligo o que lhe cabe
És linda e quente
Me aqueça e não deixe-me ir nos dias de loucura
Viva sempre com teu fervor
E quando eu disser que o amor é cego
Feche os olhos
Não a nada para ser visto
Apenas para ser sentido.




Anti-Reich


Queria me revoltar
Mas o velho sábio, disse-me
- Não há nada para se revoltar.
Sempre há, bom senhor.
Me faltam armas, - palavras?
Não, bom senhor, elas não matam
Afinal, quem és tu, bom senhor?
- Um anarquista de 1914, quase cem anos de inutilidade.
Viveste no ócio todo esse tempo?
- Dizem que não, lutei uma guerra mundial.




Spoiler:

1- Esse não explicarei, quero que cade um interprete diferente do outro.
2- Poema de amor clássico.
3- Ah sim, o poema que mais gostei de escrever. Nada mais do que o diálogo de um jovem anarquista com um veterano de guerra desiludido. O título faz clara referência a Alemanha. O tal soldado julga inútil as revoltas e armas, tanto que não incentiva o jovem a usá-las. E julga inútil lutar em uma guerra. A "moral" é que guerra armada não resolve conflito

Diamandis
Diamandis
Membro
Membro

Masculino Idade : 25
Alerta Alerta :
Quase Modernista: Poemas e só. Left_bar_bleue0 / 100 / 10Quase Modernista: Poemas e só. Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Quase Modernista: Poemas e só. Empty Re: Quase Modernista: Poemas e só.

Mensagem por Pokaabu Ter 9 Out 2012 - 22:01

Gostei bastante do Partis... Você me desperta, não sei dizer, um sentimento novo. Sempre voltarei aqui enquanto ouver poemas novos pra ler e quem sabe ou por que não para reler os antigos.

________________
Quase Modernista: Poemas e só. J9zt  
Em breve.
Pokaabu
Pokaabu
Membro
Membro

Masculino Idade : 25
Alerta Alerta :
Quase Modernista: Poemas e só. Left_bar_bleue0 / 100 / 10Quase Modernista: Poemas e só. Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Quase Modernista: Poemas e só. Empty Re: Quase Modernista: Poemas e só.

Mensagem por Diamandis Sab 13 Out 2012 - 1:56

Emprego

Trabalho na fábrica
Fundido no aço
O sangue de brasileiro
Brasileiro forte e teimoso
Enfiado até a cintura em aço
Aço no sangue e nas carteiras
Levanto e saio
O espelho de aço me espera
Na eterna luta
- Olá, meu nome é Brasil-
- Sou forte,negro e teimoso-
[enfiado até a cintura em aço]




Aeróbica

Diga-me, menina
Quais pensamentos insólitos te atingiram hoje?
Diga-me, menina
Por quem seus olhos derramam-se?
Diga-me, menina
Qual a nova tendência diária?
Diga-me o porque sinto me tão absorto ao seu redor.
Te encho de mil perguntas para ouvir sua voz
Canto frequente que me preenche
Não pare de falar, não.
Preciso respirar seus suspiros
Respirar suas tendências, lágrimas, pensamentos e saliva.
Te respirar.




A Noite toda Acordado

Não durmo essa noite
Meus segredos vão me matar
A Angústia que me devora
E o que não me deixa só

Deito-me e fechos os olhos
Em vão
A Angústia que me devora
E o que não me deixa só.




Obrigado mais uma vez, Pokabu.
Spoiler:

1- Yep, fala da luta diária da classe operária no Brasil.
2- Yep, outro poema de amor.
3- Acho que todos ja passaram por essas noites de angústia. >:
Diamandis
Diamandis
Membro
Membro

Masculino Idade : 25
Alerta Alerta :
Quase Modernista: Poemas e só. Left_bar_bleue0 / 100 / 10Quase Modernista: Poemas e só. Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Quase Modernista: Poemas e só. Empty Re: Quase Modernista: Poemas e só.

Mensagem por Diamandis Seg 22 Out 2012 - 20:17

Espelho

Olhei para o chão
Brotou uma flor
Brotou morta
Então senti que a solidão não havia ido em bora.

Revoltei-me contra minha família
Briguei com os amigos
Parei de beber
De fumar

Tudo que me restou foi um rosto no Espelho.




Conte até três

Um, dois, três..
Solte!
Inspire ar cinza
Solte ar claro
Pulmões de aço
Ranhuras no aço
[como é bom viver na cidade!




Loop eterno, loop

Voltas e voltas
já dei pelo mundo
80 dias?
Não, 80 segundos
O mundo circulando ao meu redor
Força de Hades é Peso da morte
Terra, o Aquário dos homens.

Eu queria
Como queria
Correr por esse mundo afora
e não ver o mundo correndo por mim.




Untiteled 1

Qual o Sentido do que é Insensato?
Isso é Antítese
Qual o Sentido Insensato?
Isso é Paradoxo
Mas afinal
Qual é o sentido?

________________
Quase Modernista: Poemas e só. ZosEJJr
Diamandis
Diamandis
Membro
Membro

Masculino Idade : 25
Alerta Alerta :
Quase Modernista: Poemas e só. Left_bar_bleue0 / 100 / 10Quase Modernista: Poemas e só. Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Quase Modernista: Poemas e só. Empty Re: Quase Modernista: Poemas e só.

Mensagem por Diamandis Qua 24 Out 2012 - 17:05



S.F.C.

Adoravelmente desgostável
A melancolia é sua arma
A amistosidade é infinita
Nunca eis de esquecer as 174 músicas
Entendo que esteve preso neste corpo
Numa concha vazia
Mas não vais morrer, não
Porque as pessoas só morrem
Quando são esquecidas
E nunca iremos te esquecer.


________________
Quase Modernista: Poemas e só. ZosEJJr
Diamandis
Diamandis
Membro
Membro

Masculino Idade : 25
Alerta Alerta :
Quase Modernista: Poemas e só. Left_bar_bleue0 / 100 / 10Quase Modernista: Poemas e só. Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Quase Modernista: Poemas e só. Empty Re: Quase Modernista: Poemas e só.

Mensagem por Diamandis Sex 2 Nov 2012 - 4:00

Resolvi escrever curtas.




Janela

Sentada numa janela à beira da estrada, o tempo já não parece preocupá-la, mirando o deserto de concreto que se estende por toda praia urbana, estivera ali o dia inteiro. É, de fato, uma moça muito bela, cabelos bem negros jogados ao vento, pele morena com cheiro de mar. Se passam algumas horas ainda até que ela desce, o escuro galante já rumou ao céu, o brilho fosco perplexo da tarde não existe mais. Não há mais o que contemplar. A morena desceu no ímpeto. Finalmente posso perguntar qual a razão dessa reclusão toda, no alto da janela. Ela me responde que queria ficar sozinha, sentir o vento, valorizar o nada, por horas e horas. E o fez.
Esse gesto tão simples e insignificante hoje mudou minha vida. Perguntei a morena, se ela buscava a felicidade e ela como boa baiana, respondeu "é a felicidade que te procura, meu rei, você só precisa estar onde ela te veja".
- E você a viu lá em cima, na janela?
- Mas é claro, oxente, esse lugar é pura felicidade.
Sentei-me a janela pela manhã e ainda aqui estou, contemplando o Rio de Janeiro. De perto, em seu interior, respira: Caos, Medo, Calor, Metrópole e Cimento. Daqui de cima, respira felicidade, respira Brasil.
A felicidade está onde é pra estar, nas coisas pequenas, como a janela colonial na zona sul, que me faz tão feliz agora.




Separação

De certa forma ele sabia que nada estava bem, mas o simples arrepio de movimento irritava a comodidade em que estiveram vivendo em dias. Enquanto a casa ruía em mentiras e omissões, tudo parecia bem. Apenas se falavam, sem contato visual, sem estímulo táctil. Tudo mecânico e frio, porque assim as coisas estavam bem ou pareciam estar.

Aquele velho casal perfeito, amigos, os chamaram para a velha casa perfeita, na praia perfeita.

Praia quente, casa quente, os beijos voltaram, mas voltaram à rotina, não ao amor. As pequenas vitórias do casal eram máscara para a separação. "Tudo certo, vou morar na casa dos meus pais". Ela se foi, da praia mesmo, levando areia no carro e lembranças na mente.

O casal perfeito nada entendia. "Eles eram perfeeeeitos." O homem anda afetado de whisky e separação, filosofou mais que grego. "Perfeição é cortina para idiotas desesperados, sua esposa não é sua imaculada. Já deixei o que era meu nela."

Três balas, Três mortos, duas vítimas, um homicida-suicida. Não aguentou a traição da mulher, não aguentou a traição do amigo, portanto traiu-lhes com a morte.

A 100 km dali também há um flerte com a morte ou um flerte com o acaso, uma massa de metal e sangue retorcidos, enfiados numa pedra. Talvez fosse areia demais, ou lembranças demais.

E agora tudo está bem, tudo está bem..

________________
Quase Modernista: Poemas e só. ZosEJJr
Diamandis
Diamandis
Membro
Membro

Masculino Idade : 25
Alerta Alerta :
Quase Modernista: Poemas e só. Left_bar_bleue0 / 100 / 10Quase Modernista: Poemas e só. Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Quase Modernista: Poemas e só. Empty Re: Quase Modernista: Poemas e só.

Mensagem por Mikh Sex 2 Nov 2012 - 21:49

COMENTANDO PARA SALVAR VIDAS LIGUE 1-111 PARA SALVAR VIDAS

Então, tipo. Curti os curtas (?) que estão bem bons e tals. Achei vários erros de português, porém, mas não vou citá-los por que não atrapalhou a leitura pra mim. Nem nada. Enfim, sobre o tema, eu curti muito dos dois...

Continue bem. Força sempre!
Até.

________________
Quase Modernista: Poemas e só. Tumblr_mulgpqyzse1s31mq6o1_400
Quase Modernista: Poemas e só. 672MSQuase Modernista: Poemas e só. 657MSQuase Modernista: Poemas e só. 017MS
Mikh
Mikh
Membro
Membro

Masculino Idade : 26
Alerta Alerta :
Quase Modernista: Poemas e só. Left_bar_bleue0 / 100 / 10Quase Modernista: Poemas e só. Right_bar_bleue

Frase pessoal : You stopped being you.


Ir para o topo Ir para baixo

Quase Modernista: Poemas e só. Empty Re: Quase Modernista: Poemas e só.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Ir para o topo Ir para baixo

Página 1 de 7 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Ir para o topo

- Tópicos similares

 
Permissões neste fórum
Você não pode responder aos tópicos