Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Conte uma história, poste uma arte ou um vídeo! Confira os guias de jogos, tire suas dúvidas e compartilhe sua jogatina. Disputa batalhas online com jogadores e participe dos RPGs. Converse sobre qualquer coisa, poste memes, faça novos amigos! Só não deixe de logar ou se inscrever.
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!
Vampire's Saga Pikalove
Pokémon Mythology
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Vampire's Saga

Ir em baixo

Vampire's Saga Empty Vampire's Saga

Mensagem por Etebooth em Sab 28 Nov 2009 - 18:56

Nome da Fic: Vampire's Saga
Tema: Ação, Terror
Faixa Etária: +14
(agressão física, derramamento de sangue e palavreado chulo)
Autor: Ambipom/Matheus
Temporada: 1ª - Vampire's School
Agradecimentos: Stephenie Meyer

Vampire's Saga 43582218



Enfim, antes de postar o prólogo venho trazer algumas considerações:

Não me venham com essa baboseira de "Ah, o Lua Nova vai estrear e ele está apenas indo na onda, daqui a pouco larga a fic e terão que trancar." Não, eu já tinha o projeto faz muito tempo.
Mais uma coisa que venho lembrar é que a Fic se trata obviamente sobre Vampiros e se der certo aqui, terá exatas cinco temporadas de em média 20 capítulos cada.
Considerações feitas, prólogo a seguir. Biografias em breve. Boa Leitura (:

Prólogo - Meras Pertubações

Algo borbulhava em minha mente naquele exato momento, eu não sabia exatamente o que era. Não consegui definir o significado daquilo, só sei que era uma ansiedade muito estranha, uma ansiedade que parou assim que a porta da sala foi aberta com a diretora entrando. Ela trajava seu tradicional conjunto de casaco e calça marrons acompanhado de um garoto com o uniforme do colégio e uma mochila preta com detalhes azul marinho. A turma toda ficou em silêncio e o garoto analisou todos até parar o olhar em mim, sorriu e voltou a olhar para os outros, estranhei o fato, mas acabei desconsiderando quando a diretora começou a falar:
- Olá alunos, quero lhes apresentar Víctor, ele veio de outro colégio e se inscreveu aqui ontem, hoje mesmo ele já estava pronto para vir então o coloquei na turma de vocês a pedido dele.
O garoto era monero e seu rosto meio que transparecia tranquilidade.
Ele mantinha a expressão serena e fitava todos ao mesmo tempo.
- Pois bem, apresentações feitas. Acho que acabo por aqui, professor, peça para alguém ajudá-lo a pegar o ritmo da matéria que está passando – meu professor se levantou da cadeira e assentiu chegando perto do garoto.
A diretora se retirou e eu olhei para o meu caderno de novo, pois meu lápis estava escorregando, assim que o peguei, vi que uma sombra estava a minha frente. O garoto olhava para mim esperando algo, não podia ficar naquilo esperando que ele tomasse a coragem de falar e perguntei:
- Oi, tudo bem? Precisa de algo? – ele me olhou satisfeito e apontou para a cadeira atrás de mim perto da porta, lembrei que a minha mochila e a de meus amigos estavam lá, catei-as logo as distribuindo para os respectivos donos e voltei a atenção para o caderno e o quadro.
Assim que ele se sentou, eu senti a ansiedade passar, havia algo de errado com ele, algo nele não me deixava muito bem. Assim que peguei o lápis de novo para começar a copiar a matéria de Português, senti que ele me cutucava. Virei-me e falei:
- Sim?
- Oi, meu nome é Víctor e o seu? – ele estendeu a mão para mim.
- Oliver, prazer – apertei a mão dele e senti que estava mais fria que a minha.
- Uma pergunta: Qual será o próximo tempo? – ele tirou um caderno preto da mochila.
- Educação Física, pode ir para o nosso esporte se quiser.
- Qual seria? Soube que aqui tem o sistema de escolha do que você quer fazer.
- Bem, nós fazemos Xadrez para exercitar a mente e o sistema de escolhas foi implantado no colégio ano passado para nossa sorte.
Ele sorriu e começou a prestar atenção no que o professor falava, eu também acabei fazendo isso e a aula transcorreu normal, o único problema foi que me deu uma sede e uma fome gigantescas, algo que quase me fez desmaiar, mas rapidamente sumiu quando eu estava descendo para beber água e comprar alguma coisa pra comer, meus olhos também estavam ardendo, eu achei que estava passando mal, mas acabei por me decidindo ir para a aula de Educação Física. Quando cheguei à sala que estava pintada em um branco meio neve e havia novas cadeiras de madeira refinada, olhei e achei meus amigos jogando e Víctor me esperando em uma mesa com o tabuleiro já montado. Em poucos passos sentei-me na cadeira e meu colega pronunciou poucas palavras:
- Seus olhos não eram pretos? Agora estão azuis.


Última edição por Etebooth em Sab 28 Nov 2009 - 23:30, editado 2 vez(es)
avatar
Etebooth
Membro
Membro

Masculino Idade : 25
Alerta Alerta :
Vampire's Saga Left_bar_bleue0 / 100 / 10Vampire's Saga Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Vampire's Saga Empty Re: Vampire's Saga

Mensagem por .Korudo Arty. em Sab 28 Nov 2009 - 19:17

A Fic é mutcho loka, amei o prológo, gostei dos personagens na imagem, todos com alguma coisa que os diferencia dos demais (faixa etária não é probelma), adorei.
avatar
.Korudo Arty.
Membro
Membro

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
Vampire's Saga Left_bar_bleue0 / 100 / 10Vampire's Saga Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Vampire's Saga Empty Re: Vampire's Saga

Mensagem por MESTRE_ITACHI em Sab 28 Nov 2009 - 20:48

SHOWWWW muito legal (apesar de eu não ter 14 anos Vampire's Saga 647465 ) mais enfin eu adorei a fic boa idei fazer uma fic sobre vampiros muito legal legal ate demais de onde vc teve a ideia de fazer essa fic
MESTRE_ITACHI
MESTRE_ITACHI
Membro
Membro

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
Vampire's Saga Left_bar_bleue0 / 100 / 10Vampire's Saga Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Vampire's Saga Empty Re: Vampire's Saga

Mensagem por Bakujirou em Sab 28 Nov 2009 - 23:20

Já comentei numa outra fic do mesmo tema, vou repetí-lo aqui também... Não sou do tipo que curti histórias vampíricas, mas se forem interessantes, eu posso até passar a curtir.

Prólogo bom, não contém erros MUITO grandes, mas eu acabei percebendo dois parágrafos, "estranhos" e um pouco difíceis de se entender....

...

Olá alunos, quero lhes apresentar Víctor, ele veio de outro colégio e se inscreveu aqui ontem, hoje mesmo ele já estava pronto para vir então o coloquei na turma de vocês a pedido dele.
O garoto era monero e seu rosto meio que transparecia tranquilidade.
*É assim pra concordar., ele mantinha a expressão serena e fitava todos ao mesmo tempo.
- Pois bem, apresentações feitas. Acho que acabo por aqui, professor, peça para alguém ajudá-lo a pegar o ritmo da matéria que está passando – meu professor se levantou da cadeira e assentiu chegando perto do garoto.


...

- Oi, tudo bem? Precisa de algo? – ele me olhou satisfeito e apontou para a cadeira atrás de mim perto da porta, lembrei que a minha mochila e a de meus amigos estavam lá, catei-as logo as distribuindo para os respectivos donos e voltei a atenção para o caderno e o quadro.
Assim que ele se sentou, eu senti a ansiedade passar, havia algo de errado com ele, algo nele não me deixava muito bem. Assim que peguei o lápis de novo para começar a copiar a matéria de Português, senti que ele me cutucava. Virei-me e falei:
- Sim?

...

O quote, tem as passagens duvidosas destacadas em vermelho. A segunda eu compreendi que seria um "havia algo de errado com ele, como se alguma coisa me incomodasse muito". Sugiro que possas revisar a fic, pois alguns erros passam desapercebidos.

________________


Heir of Life

Confira:
Concurso participem! / Fic / One-Shots / indico uma fic que resgatei / indico Fic de meu amigo

Vampire's Saga G0VGwQ3
set by ~elazul

Spoiler:

a target="_blank" href="??"
Um novo challenge breve

Vampire's Saga 2F0LZvC
CONFIRA!
Vampire's Saga MXtyRkA
Veja meus outros perfis!
Bakujirou
Bakujirou
Moderador
Moderador

Masculino Idade : 32
Alerta Alerta :
Vampire's Saga Left_bar_bleue0 / 100 / 10Vampire's Saga Right_bar_bleue

Frase pessoal : ~"You are my lucky charm"


http://bit.ly/docrJs

Voltar ao Topo Ir em baixo

Vampire's Saga Empty Re: Vampire's Saga

Mensagem por Trevor Grantz em Dom 29 Nov 2009 - 11:01

Opa, esqueci de comentar aqui... LOL"
Cara, como sempre tá impecável. Adorei a descrição, a abordagem do
tema, além do tema diferente. Gostei do Oliver e acho q já sei o que
irá acontecer. LOL. Well, nota 100 e bola pra frente! Ficou realmente
perfect, ansioso pelos próximos capítulos...

S.Y.~

________________
Vampire's Saga Byakuran
"The friends who stuck together, we wrote our names in blood," [Ignorance - Paramore]
Trevor Grantz
Trevor Grantz
Membro
Membro

Masculino Idade : 26
Alerta Alerta :
Vampire's Saga Left_bar_bleue0 / 100 / 10Vampire's Saga Right_bar_bleue

Frase pessoal : Fuck it


Voltar ao Topo Ir em baixo

Vampire's Saga Empty Re: Vampire's Saga

Mensagem por Etebooth em Dom 13 Dez 2009 - 23:05

Capítulo 1 - What The Fuck?


- Como é? – levantei-me da cadeira praticamente em choque com a notícia.
- Sim, é. Seus olhos estão azuis, que estranho – Víctor falou como se aquilo fosse uma coisa totalmente normal para ele.
- MAS NÃO É! OS OLHOS DAS PESSOAS NÃO MUDAM DE COR DE REPENTE! – quando fiz isso, todos os rostos se viraram para mim como se eu tivesse acabado de cometer um crime contra o Papa.
Meus três amigos: Earl, Lisa e Gerald me olharam com uma cara diferente dos outros. Isso me fez ir ao professor e falei coçando os olhos para que ele não visse nada:
- Com licença, posso ir ao banheiro?
- Sim, pode.
Virei-me e empurrei a porta com toda a força que eu tinha, dei 10 passos pelo corredor pequeno e aberto e quando fiz a curva para dirigir-me para a escada, minhas mãos começaram a arder também. Levantei o rosto e vi a rua do lado de fora do colégio, uma velha árvore tinha suas folhas balançadas pelo vento e uma delas se soltou, percebi seu movimento e as preocupações de minha mente sumiram. Eu a vi dando pequenas cambalhotas e ficando clara conforme o Sol da tarde a iluminava, ela deu um rodopio singelo e veio em minha direção. Eu estendi a mão direita para pegá-la e quando o fiz, a folha automaticamente começou a pegar fogo. Larguei-a e esperei que ela sumisse nas cinzas. Olhei para todos os lados e como não vi ninguém que mantinha os olhos em mim, desci as escadas correndo indo em direção ao banheiro.

Quando cheguei, um cheiro forte de desinfetante barato entrou em minhas narinas. Fiquei indignado por pagar uma fortuna de colégio e não ter um desinfetante que prestasse para limpar o banheiro. Fui até a pia afogado em meu descontentamento e abri a torneira, assim que coloquei as mãos embaixo da água uma fumaça saiu delas, isso só significava que a água virou vapor devido à temperatura muito alta em que minhas mãos se encontravam. Comecei a ficar nervoso com a questão e fechei a torneira. Saí correndo para o espelho emoldurado em madeira antiga para olhar minhas mãos. Pareciam absolutamente normais. Levantei-as na direção do rosto e relutei ao tentar tocá-lo. E se eu me queimasse? Qual explicação eu daria? Resolvi me arriscar, fechei os olhos esperando que a mão fosse inofensiva ao toque e encostei. Senti os dedos pressionando minha bochecha direita e nada mais. Esperei que meu rosto começasse a ferver. Não foi o que aconteceu. Voltei para a pia de Mármore e abri a torneira de novo e quando coloquei as mãos embaixo a fumaça de choque térmico veio de novo. Fechei a torneira e saí correndo e me sentei nas escadas do lado do banheiro. Quando coloquei minhas mãos no chão senti um alívio tremendo. Elas estavam frias e minhas mãos pararam de arder. Em menos de um minuto eu me levantei e voltei para a sala, uma rajada de vento bem reconfortante veio em meu rosto. Senti-me aliviado com aquela sensação e resolvi voltar correndo para a sala. Dei passos largos e meus tênis faziam um barulho engraçado quando batiam no chão. Virei a antiga árvore que estava no colégio há muito tempo e continuei a corrida, quando me aproximei da escada, não sei de onde surgiu uma senhora andando com uma garotinha com mochila rosa, só consegui perceber esses detalhes pois eu ia na direção das duas. Quando eu pensei que ia matá-las por me jogar em cima delas, automaticamente como um reflexo eu desviei com um salto mortal e caí atrás das duas que me olharam como se eu fosse um alienígena. Minha resposta foi rápida:
- Fazer ginástica dá nisso! – e continuei correndo espantado com o que eu havia feito.
Dei outra curva e de longe eu já vi a escada da informática. Se eu andasse 20 passos em linha reta eu estaria na escada. Resolvi tentar de novo o salto que eu havia dado da outra vez com a velhinha. Fiquei de frente para a escada e saí correndo na direção dos bancos, impulsionei meu corpo para frente e dei o mesmo salto de antes caindo em cima do banco, continuei a corrida e consegui andar na parede com uma facilidade incrível e finalizei com uma cambalhota que me deixou de frente para o corrimão verde-musgo. Quando subi as escadas alegre para retornar à aula, olhei para trás e vi a velhinha e a garota com uma cara que eu nunca conseguiria descrever em toda minha vida. Continuei a subir, mas agora fiz isso subindo de dois em dois degraus e logo senti o ar gelado em meu corpo quando abri a porta da sala de xadrez, porém, quase fui jogado pra fora, pois todos os alunos estavam saindo com suas mochilas e conversavam assuntos que considero “Uma Bela Porcaria”. Entrei na sala e meu amigo Earl estava com minha mochila preta nas mãos, Earl sempre foi o fortão de nós, lutava e tudo mais e todas as garotas iam atrás dele, o que o fazia ficar doido de felicidade. Ele era meio moreno e tinha o cabelo preto curto e espetado, assim que coloquei a mochila nas costas vi a fumaça saindo de minhas mãos. Earl olhou para mim acompanhado de Gerald. Lisa ficou pra trás falando com o professor. Como os dois não falavam nada eu resolvi explicar logo de uma vez, pois uma promessa que nós quatro tínhamos um com o outro era nunca esconder nada, ainda mais algo que com certeza precisaria de ajuda:
- Não sei o que é, mas quando eu estava indo ao banheiro segurei uma folha com as duas mãos e a folha virou cinzas – falei e olhei para os dois que ficaram pensativos.
- Foi só isso mesmo? – Gerald, um jovem meio fofinho para sua idade, outro grande amigo meu falou.
- Não, eu fui pro banheiro jogar água nas mãos para ver se a ardência que se seguia passava. Quando coloquei as mãos sobre a torneira, vapor saiu delas – comecei a descer as escadas com uma brisa suave que fazia meus curtos cabelos balançarem.
Earl e Gerald ficaram ao meu lado e Lisa também se juntou a conversa, enquanto Earl explicava pra ela o que eu falei, Gerald ficou ao meu lado e continuou a falar:
- Então foi só isso mesmo?
- Não, eu também... – não quis terminar a frase. Víctor surgiu do meu lado como um fantasma esboçando um sorriso meio estranho.
- Ahn, desculpe por ter ficado tanto tempo fora da sala de aula. Eu, - pigarreei – não estava me sentindo muito bem.
Assim que eu disse aquelas palavras percebi que eu havia ficado muito tempo fora da sala, tempo demais para o que eu achava. Pelas minhas contas, todas as minhas, digamos, “aventuras” haviam durado nada mais do que cinco minutos.
- Não está bem? O que está sentindo? – ele falou.
- Nada demais, só... Uma dor de cabeça – resolvi mentir, não sei por que raios fiz isso.
- Hum, bem. Eu vou falar com a coordenadora e encontro vocês na sala tudo bem? – ele falou e mal esperou resposta.

Caminhamos até chegarmos às escadas de mármore que levavam às salas, as mesmas das quais eu me sentei quando saí do banheiro. Virei-me para os três e falei:
- Gente, vão subindo. Eu vou jogar uma água no rosto e já encontro vocês – entrei sem nem esperar reações positivas ou adversas.
Assim que dei dois passos, as paredes brancas pareceram se embaraçar de tal jeito que eu não consegui entender. Tateei por elas até encontrar a abertura que levava para a segunda parte onde havia as pias também de mármore. Abri a torneira e joguei uma porção de água no rosto. Afoguei meus pensamentos em minha mente e fechei a torneira em uma volta só e com a mão direita no rosto secando-o saí do banheiro sem nem prestar atenção no que eu fazia. Quando saí, eu abaixei a mão do rosto e me segurei para não dar um berro de profundo espanto.

Víctor se encontrava encostado na escada com o mesmo sorriso de antes. Hesitei em sair do banheiro, mas eu não podia ficar ali o dia todo então saí na maior cara de pau sem falar com ele e subi as escadas. Obviamente ele me seguiu e ficou do meu lado e começou a falar:
- Ai, o colégio é bom a meu ver, pena que cheguei um mês atrasado – ele fez uma cara meio triste.
- Entendo, eu estudo aqui há tanto tempo que nem me preocupo mais com a qualidade – quando falei isso meus olhos voltaram a arder.
- Tá tudo bem? – ele perguntou e encostei-me à parede ladrilhada bege meio gelada.
- Sim, tá – falei sem olhar diretamente para ele.
- Tem certeza? Não quer nada mesmo? – ele falou e colocou a mão sobre meu ombro.
- Sim, tá. Vai subir antes que você tome uma bronca logo no primeiro dia aqui – saí debaixo do braço dele.
Assim que fiz isso peguei com a ponta do olho algo vindo em minha direção, quando me virei minha amiga que era um ano abaixo do meu, Andy, namorada de Earl, ela me abraçou e Víctor encostou-se à escada, sério:
- Oi, nem nos falamos de manhã! Tudo bem? – ela me abraçou de novo e trocamos dois beijinhos na bochecha.
- Ahn, não vai me apresentar? – Andy se virou para Víctor que rapidamente saiu de algum pensamento distante e voltou a atenção para nós.
- Andy, Víctor. Víctor, Andy – Andy sempre foi muito comunicativa e aberta a todos, mas o cumprimentou apenas com um aperto de mão. Resolvi mudar o clima de tensão que se formou rapidamente.
- Andy, eu queria lhe falar uma coisinha sobre o Earl que ele me falou ontem pelo MSN – desci dois degraus e Andy me seguiu e ficou do meu lado. Víctor ficou parado no meio da escada como se estivesse esperando algo.
- Víctor, faz um favor pra mim? Poderia marcar meu lugar lá na mesma cadeira onde eu estava sentado quando você entrou na sala? – estiquei a mochila pra ele que pegou com uma expressão severa no rosto e dei as costas para ele e saí correndo com Andy pelo pátio.

- E aí, tudo bem? – ela falou e riu.
- Ah, não estou muito bem agora não, estou meio que passando mal – minhas palavras demonstraram desconfiança em relação pra minha amiga.
- Sério? Quer ir à enfermaria? Eu te levo lá – ela falou já saindo me arrastando.
Eu levantei o braço e saí do aperto dela na minha mão e falei:
- Tá tudo bem, daqui a pouco eu melhoro – senti sede – vamos beber água?
- Sim, vamos – ela falou e foi andando do meu lado.
Chegamos aos bebedouros e ela bebeu no maior que estava com a pintura bege meio desgastada no canto direito, eu fui ao menor que havia acabado de ser reformado.
- Sabe Oliver, eu queria falar com você sobre o Earl sabe, ele...
Interrompi:
- Andy, vocês dois sempre tem problemas, nem parecem que estão namorando. Você é minha amiga e eu também sou amigo do Earl, mas não sou também pombo correio pra ficar ouvindo os problemas que um tem em relação ao outro.
- Eu sei, mas é que você é amigo dele e pode muito bem perguntar o que ele acha de mim, por isso que eu vim falar com você – ela fez uma cara meio triste que me comoveu.
- Nem preciso perguntar, ele ama você. Isso qualquer um sabe – e comecei a andar em direção ao arco que levava às escadas.
- Eu sei, mas às vezes parece que ele não mostra isso – ela falou meio chateada.
- Não tenho culpa se ele não gosta de ficar naquela sangria desatada de “AI, EU TE AMO” o tempo todo – falei e comecei a subir as escadas e ela veio do meu lado.
- Pois é, mas isso não faz mal pra ninguém não é? – ela empurrou a porta de sua sala e entrou rapidamente dando um pequeno “tchau” pra mim e eu continuei meu caminho.

Depois de falar com Andy, eu voltei pra sala de aula calmamente. Quando cheguei ao meu andar, o terceiro e olhei para a porta de madeira com a tela de vidro na parte de cima para tudo que estivesse lá dentro fosse visto do lado de fora e tudo estava apagado. Empurrei a porta devagar e não vi ninguém lá dentro; mochilas nas cadeiras e o ar condicionado da sala estava ligado. Larguei a minha mochila na minha cadeira de sempre e vi a de Víctor atrás da minha. Virei-me para a porta para procurar a todos e a escancarei com a mão direita. Saí dando passos curtos e rápidos e vi que a sala da frente estava apagada sendo que um filme estava sendo exibido usando um projetor que fazia a imagem aparecer no quadro branco. Coloquei a mão na maçaneta e senti de novo a ardência na mão, hesitei em abrir a porta e dei um passo pra trás, logo que fiz isso senti que bati em alguém, virei para o lado e tropecei na escada caindo em linha reta. Nesse mesmo momento eu estiquei os braços pra trás, senti um impulso e uma onda de calor e literalmente “voei” até chegar ao final da escada. Não levou mais do que dois segundos, caí com um salto reto espantado com o que fiz. Virei para trás para ver no que eu havia esbarrado, mas eu já tinha certa idéia do que era. O que não. Quem era. Víctor estava no alto da escada me olhando com uma cara normal como se eu o que eu tivesse feito fosse algo simples como descer as escadas. Levantei as mãos e vi que fumaça branca saia delas. Ele desceu dois degraus e falou:
- Qualquer dia me ensina isso, parecem poderes, sei lá – e subiu de novo entrando na sala.
Fiquei ali parado olhando para onde ele estava, assim que eu coloquei o pé na escada olhei para minha mão e dei um berro de profundo espanto com o que vi.

________________
Well, I am going to get my Nike shoes and...
Vampire's Saga Simple_Bear_by_Pumg
Oh, wait.
avatar
Etebooth
Membro
Membro

Masculino Idade : 25
Alerta Alerta :
Vampire's Saga Left_bar_bleue0 / 100 / 10Vampire's Saga Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Vampire's Saga Empty Re: Vampire's Saga

Mensagem por Bakujirou em Seg 8 Fev 2010 - 5:58

Eu tinha dito que iria fazer um post e é pra isso que eu estou aqui. Bem, o capítulo 1 da fanfic tava muito boa, eu achei muito legal a narrativa dela, me lembra um mangá / anime com um protagonista no colegial e que enfrenta uma série de acontecimentos que mudam (ou perturbam) totalmente a sua vida. Um das receitas de animes que eu mais curto são as de colegial... Razz

Aqui embaixo, temos um quote dos erros que eu encontrei:

@Etebooth escreveu:
Capítulo 1 - What The Fuck?


...

Virei-me e empurrei a porta com toda a força que eu tinha, dei 10 passos pelo corredor pequeno e aberto e quando fiz a curva para dirigir-me para a escada, minhas mãos começaram a arder também. Levantei o rosto e vi a rua do lado de fora do colégio, uma velha árvore tinha suas folhas balançadas pelo vento e uma delas se soltou, percebi seu movimento e as preocupações de minha mente sumiram. Eu a vi dando pequenas cambalhotas e ficando clara conforme o Sol da tarde a iluminava, ela deu um rodopio singelo e veio em minha direção. Eu estendi a mão direita para pegá-la e quando o fiz, a folha automaticamente começou a pegar fogo. Larguei-a e esperei que ela sumisse nas cinzas. Olhei para todos os lados e como não vi ninguém que mantinha os olhos em mim, desci as escadas correndo indo em direção ao banheiro.

...

Eles estão destacados e também riscados. O primeiro, apenas apague aquela parte e a cena permanecerá intacta. Na segunda parte riscada, substitua pelo seguinte:

...Larguei-a e esperei que ela sumisse nas cinzas. Olhei para todos os lados e como não vi a presença de ninguém, desci as escadas correndo indo em direção ao banheiro...

... Refazendo esta frase, ela fica mais concisa. Bom, também estou fechando o tópico, vendo que a fanfic não recebeu mais um capítulo, a mais de um mês...


Edit: Tópico trancado!

*Trunk*

________________


Heir of Life

Confira:
Concurso participem! / Fic / One-Shots / indico uma fic que resgatei / indico Fic de meu amigo

Vampire's Saga G0VGwQ3
set by ~elazul

Spoiler:

a target="_blank" href="??"
Um novo challenge breve

Vampire's Saga 2F0LZvC
CONFIRA!
Vampire's Saga MXtyRkA
Veja meus outros perfis!
Bakujirou
Bakujirou
Moderador
Moderador

Masculino Idade : 32
Alerta Alerta :
Vampire's Saga Left_bar_bleue0 / 100 / 10Vampire's Saga Right_bar_bleue

Frase pessoal : ~"You are my lucky charm"


http://bit.ly/docrJs

Voltar ao Topo Ir em baixo

Vampire's Saga Empty Re: Vampire's Saga

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum