Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Conte uma história, poste uma arte ou um vídeo! Confira os guias de jogos, tire suas dúvidas e compartilhe sua jogatina. Disputa batalhas online com jogadores e participe dos RPGs. Converse sobre qualquer coisa, poste memes, faça novos amigos! Só não deixe de logar ou se inscrever.
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!
Unova's Adventures Pikalove


Participe do fórum, é rápido e fácil

Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Conte uma história, poste uma arte ou um vídeo! Confira os guias de jogos, tire suas dúvidas e compartilhe sua jogatina. Disputa batalhas online com jogadores e participe dos RPGs. Converse sobre qualquer coisa, poste memes, faça novos amigos! Só não deixe de logar ou se inscrever.
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!
Unova's Adventures Pikalove
Pokémon Mythology
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Unova's Adventures

Ir em baixo

Unova's Adventures Empty Unova's Adventures

Mensagem por Manekas Sab 3 Set 2011 - 11:53

Olá Forum! sei que estive fora um tempão, mas voltei!! comigo trago uma nova fic, a Unova's Adventures! irei usar algumas (a maioria) das personagens antes usadas, mas vai valer a pena, até porque a história é um pouco diferente. tô a brincar, nao tem nada de parecido, mais ou menos. não gasto mais tempo, aqui está o prólogo.






Na vasta região de Unova, existem enumeras cidades e aldeias, montanhas e rios, mas acima de tudo, pessoas e pokémons. Uma dessas pessoas vivia numa dessas aldeias ao pé de um desses rios. Seu nome é Manuel, e vive em Nuvema Town, assim como o seu melhor amigo Pedro. Manueltem catorze anos, é alto, bonito, cabelos castanhos escuros, olhos um pouco mais carregados e é um bom amigo. Pedro também tem catorze anos, mas é um pouco mais novo que Manuel, tem altura mediana, cabelos e olhos pretos e muito divertido e amigo. Ambos têm o sonho de ser o próximo campeão de Unova, e decidem fazer a sua jornada juntos, mas pelo caminho muitas coisas vão acontecer: vão conhecer amigos, inimigos, rivais, pokémons, desvendar enigmas, resolver problemas e muito mais, na sua super jornada! Terão de superar muitos desafios, ultrapassar muitos obstáculos, lutar contra várias pessoas e pokémons, talvez salvar o mundo, talvez lutar por amor, talvez lutar por amizade, talvez… Mas se querem saber vão ter de ler!





Sei que ficou um pouco pequeno, mas apenas não queria roubar o mistério à história e a curiosidade aos leitores. é um novo início e espero que estejam comigo, a ler e a comentar, até ao fim!


Última edição por Manekas em Ter 20 Set 2011 - 15:10, editado 1 vez(es)

________________
Arrow I'M BACK...


Exclamation Unova's Adventure Exclamation
Uma história entre dois amigos e dois surpreendentes pokémons!
Leiam, sei que vão gostar, e comentem, eu sei que vou gostar! Very Happy


lol! VIRIATO E COLA YO! Twisted Evil Evil or Very Mad Twisted Evil
Manekas
Manekas
Membro
Membro

Masculino Idade : 24
Alerta Alerta :
Unova's Adventures Left_bar_bleue0 / 100 / 10Unova's Adventures Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Unova's Adventures Empty Re: Unova's Adventures

Mensagem por Nothermoraes Dom 4 Set 2011 - 11:41

Por enquanto nao ta o máximo, pois ainda nao comessou a contar a história deles sem ser na narrativa(diálogos). Para o próximo Capítulo, em vez de enumeras é inúmeras. Vlw pela dica na minha Fic. Flw aew.

________________
Unova's Adventures K2Tfe

Unova's Adventures IMKmB

Unova's Adventures Reborn2o
- Comprei um mascote, ganhei um mascote que tem um mascote: Not Jr. e seu fiel amigo Kecly :p -
Nothermoraes
Nothermoraes
Membro
Membro

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
Unova's Adventures Left_bar_bleue0 / 100 / 10Unova's Adventures Right_bar_bleue

Frase pessoal : I like Froakie!


Voltar ao Topo Ir em baixo

Unova's Adventures Empty Re: Unova's Adventures

Mensagem por Guraena Seg 5 Set 2011 - 15:00

Bem... o prólogo está pequeno , e realmente n transmitiu nada da história em si .
Mas , eu gostei muita da sua narração e a ausência de erros de português ... sem falar , q pelo visto essa fic vai ser bem clássica , se referindo a jornada pokémon...e eu adoro isso Smile
Estarei esperando ansiosamente o próximo capítulo .
Guraena
Guraena
Membro
Membro

Feminino Idade : 25
Alerta Alerta :
Unova's Adventures Left_bar_bleue0 / 100 / 10Unova's Adventures Right_bar_bleue

Frase pessoal : Viva cada dia como se fosse o último ;*


Voltar ao Topo Ir em baixo

Unova's Adventures Empty Re: Unova's Adventures

Mensagem por Manekas Sab 10 Set 2011 - 19:08

ola pessoas! fiquei muito contente ao ver que tenho dois coments e dois possiveis fas da minha fic sem se quer colocar o primeiro capitulo!! muito agradecido a todos os que leram e aos que comentaram um agradecimento especial. coment dos coments!!!

nother:
nao tem que agradecer pela dica nao. temos de ser uns para os outros. quanto ao errinho, aconteceu. mas nao volta a contecer nao. espero que goste do capitulo.


guraena:
eu avisei que o prologo era bem pequenino, mas a razao tambem esta explicada. obrigado pelo elogio dos erros, acho que nao havia nenhum sem ser o que o nother referiu. sim vai ser um classico a antiga. sempre gostei do cliche do ash e companhia e pensei, porque nao? aqui esta o resultado. espero que goste.


mais uma vez obrigado a todos. infelizmente nao consegui colocar o textinho noutra letra sem ser esta. se souberem como é que se faz agradecia que me explicassem. e agora, aqui esta o primeiríssimo de muitos capitulos da Unova's Adventures! comentem!

01

- Manuel, acorda! – gritou uma mulher um pouco zangada. – Já devias estar no laboratório da professora Juniper!
Um rapaz alto, com catorze anos, cabelos castanhos escuros e ainda na cama acorda sobressaltado e responde:
- Calma mãe. Ainda é cedo.
- Cedo nada! O Pedro já cá veio duas vezes e agora está lá fora à espera!
- Então diz para ele entrar.
- Não percebes que já é tarde? É que já passa das dez! Se ficares aí o dia todo não consegues o teu primeiro Pokémon e não podes ser campeão de Unova!
- NÃO! ISSO NÃO!
Manuel levantou-se num salto e foi logo tomar banho. Em cinco minutos estava como o banho tomado e trazia vestido uma camisa vermelha, um casaco preto, uma jeans e sapatilhas pretas. Saiu do quarto e desceu as escadas rapidamente, parando num corredor. Daí, foi para uma cozinha moderna, onde estava uma caneca de leite e torradas à espera dele. Uma mulher estava a lavar a louça e notava-se que alguém tinha comido com ela.
- O pai já saiu? – perguntou Manuel.
- Sim, ele queria despedir-se, mas tu demoras-te muito e sabes que ele não se pode atrasar para o trabalho. Por falar nisso, eu também tenho que ir trabalhar. Come rápido a comida aí na mesa.
Manuel começou logo a comer e acabou rapidinho. O seu pai ficou em segundo lugar na primeira liga dele e depois ganhou-a três vezes seguidas e outra dois anos depois, porque no ano em que não participou era o ano em que Manuel iria nascer. Depois da quarta vitória, António, pai de Manuel decidiu trabalhar como vice-presidente na empresa de seu amigo e pai de Pedro, Afonso. Manuel encostou-se na cadeira, meteu a mão na barriga e fez uma cara de satisfeito. A mãe, que não achou muita piada a preguiça do rapaz exclamou:
- Não tens nenhum Pokémon para receber?
- Tens razão. Vou buscar a minha mochila e depois vou logo ter com o Pedro.
Manuel pegou numa mochila com roupa, um saco de cama, alguns itens e uma fotografia dele com a família que foi preparada no dia anterior, deu um beijo à mãe e saiu de casa.
- Eles crescem tão rápido. – disse a mãe de Manuel, deixando uma lágrima cair. – Só é pena ser tão perguiçoso!

Na rua, Manuel viu logo Pedro. Era um rapaz um pouco mais baixo que ele, tinha cabelos e olhos pretos. Vestia uma camisa branca, um casaco preto, umas jeans e sapatilhas pretas e também tinha uma mochila às costas. Estava sentado num banco de jardim de Nuvema Town.
- Pensava que não vinhas!
- Desculpa, adormeci...
- Deixa para lá. Vamos buscar os nossos pokémons?
- Podes querer!
Os dois amigos bateram as mãos e começaram a andar pela cidade. Não era muito grande, tinha algumas casas, árvores, arbustos, relva, pokémons do tipo pássaro voando, pokémons do tipo, principalmente, normal passeando e, claro, pessoas. Pessoas muito sorridentes, muito tranquilas, algumas com pokémons ao seu lado, outras nem por isso, mas não se importavam. Parecia que a paz reinava naquela pequena cidade. Mas há sempre alguma coisa que perturba a paz. Ouviu-se um barulho vindo de um arbusto que estava ao pé de Manuel e Pedro. Os dois amigos assustaram-se e encararam o arbusto.
- O que achas que pode ser Manuel? – perguntou Pedro.
- Deve ser apenas um Pokémon a tentar assustar-nos. – respondeu Manuel.
- Se o objetivo era assustar, resultou comigo.
Manuel avançou devagar para o arbusto. O amigo decidiu fazer o mesmo, e os dois espreitaram pelo arbusto. Estavam lá dois pokémons, que se encaravam seriamente. Um deles parecia estar bem machucado. De repente apareceram mais dois pokémons que se uniram ao que não estava machucado. Eles eram bípedes, tinham a barriga castanha clara e o resto do corpo castanho escuro e olhos vermelhos. O outro Pokémon que estava sozinho era azul tinha as orelhas, uma parte da cara, o peito e os pés pretos, uma cauda e pequenas elevações de aço na parte detrás dos braços.
- São Patrats, mas não sei que Pokémon é o outro. – sussurrou Pedro.
- Eu também não, mas acho que é melhor ajudá-lo. – sugeriu Manuel.
- Tens razão. Eu vou distrair os Patrats e tu agarras no pokémon e foges.
- Ok, parece um bom plano.
- Acredita que é. Vamos lá!
Pedro foi pelo outro lado, aparecendo atrás dos Patrats e começou a fazer barulhos esquisitos, chamando a atenção dos pokémons. Manuel aproveitou a distração por parte dos Patrats, e agarrou com cuidado no Pokémon machucado, que agora estava deitado no chão, quase sem energia. Pedro apercebeu-se que o amigo já tinha ido com o Pokémon e foi simplesmente embora. Os Patrats ficaram a olhar uns para os outros e deram de ombros, quando se viraram, o Pokémon já não estava lá e ficaram confusos, coçando a cabeça. De repente uma maçã caiu de uma árvore, mesmo à frente dos Patrats. Eles olharam para a maçã com admiração, depois uns para os outros, com alguma desconfiança, e por fim começaram a lutar para conseguir a maçã. Sem darem conta, Pedro voltou e pegou na maçã.
- Bom trabalho Manuel! Conseguimos salvar o pequenote. – disse Pedro levantando o dedão, enquanto dava uma trinca na maçã.
- Sim Pedro! Conseguimos. Diz-me lá, onde aprendeste a fazer aqueles sons? – perguntou Manuel.
- Meu caro amigo, há muitos talentos meus que tu desconheces. – disse Pedro com cara de importante.
- Pois claro, distrair é um deles certo? – perguntou Manuel a rir.
- Pelo menos não é dormir!
- Sim tens razão. Onde conseguiste a maçã?
- Meu amigo, há coisas no mundo que o melhor é os seres humanos nem sequer saberem. – Manuel olhou para Pedro com cara séria. – Ok, ok! Ela caiu à frente dos Patrats. Enquanto decidiam quem a comia à força, eu decidi com a boca!
Os dois amigos riram, mas pararam logo, porque o Pokémon começou a gemer.
- O que vamos fazer com ele? – perguntou Manuel colocando-o no seu colo.
- Não sei. Se calhar o melhor é nós o entregarmos à professora Juniper, ela deve saber o que fazer. – respondeu Pedro.
- Boa idéia. Vamos lá então.
Os dois amigos foram com o Pokémon até ao laboratório da professora Juniper. Na entrada estava uma mulher com bata branca, camisa branca, saia verde e sapatos brancos com riscas vermelhas a acenar para três treinadores que se dirigiam para a Route 1. Era a professora Juniper.
- Bom dia professora Juniper. – disse Pedro.
- Olá meninos. O que os trás aqui? – perguntou a cientista.
- Nós viemos buscar os nossos primeiros pokémons, mas pelo caminho encontrá-mos este Pokémon a ser atacado por três Patrats. – disse Manuel.
- Esse Patrats eram muito fortes. Deixaram-no num estado grave. Tragam-no para o meu laboratório, vou ver o que posso fazer.
Os dois rapazes levaram o estranho Pokémon para dentro do laboratório da professora Juniper. Lá dentro, Manuel pousou o pequeno monstrinho numa pequena cama. Um cientista veio com a professora Juniper e levaram-no para uma sala onde o iam tentar curar dos ferimentos. Manuel e Pedro sentaram-se num banco e ficaram à espera que a professora volta-se.
- Espero que ele fique bem. – disse Manuel.
- Não te preocupes. A professora Juniper é a melhor cientista de Unova! Na verdade, é a única que conheço. Tenho a certeza que ela vai conseguir curar aquele Pokémon. – disse Pedro tentando animar o amigo.
- Eu sei, mas e se algo corre mal? Já pensaste nisso?
- Nada vai correr mal. Pensamento positivo.
Manuel fez um sorriso forçado, mas depois ficou cabisbaixo de novo. Para tentar mudar de assunto, Pedro perguntou:
- Qual é o Pokémon que vais escolher? Eu vou escolher o Tepig, por isso espero que não tenhas a mesma idéia.
- Ainda não sei, mas acho graça o Snivy.
- Sim, os Snivys são engraçados, mas eu continuo a preferir o Tepig, a sua última evolução, Emboar, é das mais fortes.
- Talvez, mas quase nenhum Pokémon é mais rápido que um Serperior, a última evolução de um Snivy.
- Claro que não. Experimente colocá-lo em frente a um Deoxys.
Os dois ficaram a conversar sobre qual seria o melhor Pokémon durante cinco minutos e depois a professora Juniper apareceu.
- Meninos, eu acabei de falar com o professor Rowan, de Sinnoh. Mandei-lhe uma fotografia e ele disse que aquele Pokémon é um Riolu, um Pokémon um pouco raro de se encontrar. Só não percebo como é que ele ficou tão machucado contra aqueles Patrats, eles são do tipo normal e o Riolu é do tipo luta.
- Mas os do tipo luta não são resistentes aos ataques normais. – disse Pedro.
- Isso é verdade, mas os ataques luta causam mais danos nos pokémons normais. Apesar de que, no início, os pokémons costumam ter apenas ataques normais. – informou Juniper.
- No início? - repetiu Manuel.
- Quase me esquecia. Fizemos um estudo ao Riolu e descobrimos que ele está apenas no nível 1, mas ainda não conseguimos determinar todas as informações necessárias.
- Mas ele já está melhor? – perguntou Manuel.
- Sim, não se preocupem mais. Ele já está totalmente curado.
- Ainda bem. E quanto aos nossos pokémons? – perguntou Pedro
- Pois, quanto a isso, eu... Bem, eu não tenho mais pokémons iniciais. – disse a professora Juniper.
- O QUÊ? – perguntaram os dois amigos sem poder acreditar.
- Eu dei os últimos que tinha a três treinadores que saíram daqui à pouco tempo.
- Não posso acreditar! Vamos ter de esperar um ano? – disse Pedro zangado.
- Eu não tenho culpa. Eles chegaram primeiro e o meu dever é dar pokémons a quem mos pede. Quando eles acabam não há nada a fazer.
- Nós percebemos professora Juniper. Desculpa Pedro, se eu não tivesse adormecido tu podias ter vindo mais cedo e pegar o teu primeiro Pokémon. – disse Manuel triste.
- Deixa pra lá! Continuamos a ser amigos. Já esperamos catorze anos, podemos esperar mais um. – disse Pedro.
- A sério? Obrigado Pedro, és mesmo um bom amigo.
- Mas ficas-me a dever uma!
Os dois bateram as mãos e dirigiram-se para a saída. Quando estavam quase a chegar à porta ouviram um grito vindo da sala onde estava Riolu.
- O que se passa? – perguntou Manuel.
- Como queres que saiba? – perguntou Pedro. – Não fiques aí especado! Vamos lá ver.
Os dois deram voltaram para trás e entraram na sala onde estava o Pokémon.
- O que se passa professora Juniper? – perguntou Manuel.
- ELE FALA! AAAAAHHHHH! – gritou um cientista assustado.
- Não pode ser. Não pode ser. Não pode ser... – repetia outro cientista também assustado e escondido atrás de uma máquina.
- Crianças, vão lá para fora. Eu já vou ter convosco. – disse a professora Juniper.
Os dois saíram confusos e três minutos mais tarde a professora Juniper saiu da sala com o Riolu no colo. Pousou numa mesa e disse para Manuel e Pedro:
- Durante as pesquisas que estávamos a fazer ao Riolu, nós descobrimos uma coisa impressionante que causou o pânico dentro da sala, tal como vocês viram à pouco tempo. Nós descobrimos que este Pokémon consegue falar, mas isto não pode ser divulgado de maneira alguma.
- COMO ASSIM? FALA? – gritou Pedro surpreendido.
O gritou fez com que o cientista que estava escondido atrás da máquina saísse do laboratório a gritar e com as mãos no ar. Juniper olhou para o cientista e acompanhou-o com o olhar até à saída.
- Como estava a dizer, ele consegue falar, tal e qual como nós, humanos, conseguimos.
- Não acredito! – disse Manuel. – A única coisa que os pokémons conseguem dizer é o seu próprio nome.
- Isso não acontece a todos! – disse Riolu.
- ELE FALA MESMO! – gritou Pedro.
Outro cientista saiu do laboratório a correr com os braços no ar e a gritar.
- Pedro, tu tens de parar de fazer isso. – disse Manuel.
- MAS ELE FA...
Manuel tapou a boca de Pedro, antes que o laboratório ficasse completamente vazio.
- Mas como é que tu consegues falar Riolu? – perguntou Manuel.
- Para dizer a verdade, nem eu próprio sei. A única coisa que eu seu é consigo falar e que isso pode chatear alguns pokémons. – respondeu o Pokémon.
- Isso é verdade. Aqueles Patrats estavam mesmo furiosos contigo. – disse Pedro.
- Felizmente vocês salvaram-me. Para vos agradecer decidi que quero viajar convosco, se me permitirem, claro. – sugeriu Riolu.
- Nós agradecemos, mas somos dois e tu és apenas um. – disse Manuel.
- Não te podemos cortar ao meio. – acrescentou Pedro. – Mas a idéia de ter um Pokémon...
- Sim, tens razão. Nesse caso, Riolu, penso que o melhor é tu ires com o Pedro. – disse Manuel.
- O quê? Então e tu?
- Eu não devia ter adormecido e por isso quero que tu tenhas o teu primeiro Pokémon ainda hoje.
- Prefiro esperar mais um ano sem Pokémon do que partir numa jornada sabendo que tu estás em casa.
A professora Juniper, vendo aquilo tudo em silêncio, decidiu que tinha que fazer alguma coisa para ajudar os dois amigos.
- Meninos, não se preocupem. Eu tenho a solução.
A cientista andou até uma mesa, apenas com um botão vermelho. Carregou nele e uma abertura apareceu na mesa, dessa abertura saiu uma pokébola. Juniper pegou nela e colocou-a na mesa onde estava Riolu. Assim que a pokébola tocou na superfície a mesa um Pokémon com o corpo e a cauda cinzentos, as pontas das patas e do cabelo eram vermelhas, assim como duas pequenas bolas na testa e tinha pelo preto um pouco maior que o resto no pescoço.
- Este Pokémon chama-se Zorua, não é muito fácil de encontrar um, porque eles têm a habilidade de se transformarem em várias pokémons ou até mesmo em pessoas. Não se preocupem, este Zorua é muito obediente e apenas se transforma se vocês quiserem. Ele era um ovo à uma semana, por isso também está no nível 1, tal como o Riolu. Eu estava à espera de um treinador em quem eu confio para entregá-lo, e acho que vocês assentam bem no perfil. – disse Juniper sorrindo
- Obrigado professora Juniper. Agora já podemos partir os dois na mesma jornada. – disse Pedro
- Parece que sim. Mas quem fica com o Riolu e quem fica com o Zorua? – perguntou Manuel.
Os dois ficaram a olhar para o pokémons sem saber o que escolher.
- Se me permitem, eu gostaria de fazer esta jornada com o Manuel. – disse Riolu.
Manuel sentiu-se muito feliz e ao mesmo tempo surpreendido por ter sido escolhido em vez de escolher. Pedro concordou e pegou no Zorua.
- Então Manuel? Não dizes nada? – perguntou Juniper.
- Bem... Eu acho que... Sim! Eu aceito o Riolu.
- Muito obrigado, darei o meu melhor para tudo o que me pedires mestre. – disse Riolu ajoelhado e a olhar para os pés de Manuel.
Manuel levantou Riolu, sorriu e disse-lhe.
- Riolu, não precisas de me chamar mestre. Eu não sou teu mestre, sou teu amigo! Se tu me deres a tua amizade eu não preciso de mais nada.
O Pokémon sorriu e saltou para o colo de Manuel que lhe fez um carinho.
- Agora que já temos os nossos pokémons podemos ir! – exclamou Pedro
- SIM! - gritou Manuel.
- NÃO! – gritou ainda mais alto a professora Juniper.
Os dois amigos ficaram muito confusos e olharam um para o outro. Quando perceberam que nenhum deles tinha a resposta decidiram perguntar à professora Juniper o motivo para não poderem ir em jornada.
- É claro que podem ir, mas antes precisam de uma pokédex! – disse a cientista tirando dois aparelhos do bolso.
Os aparelhos eram pretos, com uma pokébola toda vermelha no centro e tinham dois ecrãs que podiam descer ou subir. Manuel e Pedro carregaram no centro da pokébola e um ecrã subiu, ligando o aparelho. Mostrava os dados de dois pokémons, eram Riolu e Zorua.
- Sempre que vocês virem um Pokémon novo, a pokédex guarda automaticamente os dados sobre esse Pokémon.
- Obrigado professora.
- Sim, muito obrigado.
- Não têm de que meninos. E aqui têm também cinco pokébolas cada um, e a pokébola do vosso Pokémon inicial claro, e ainda uma coisinha que eu inventei, chama-se Xtransceiver. É uma espécie de celular que permite efetuar vídeo chamado para várias pessoas ao mesmo tempo. Basta carregarem aqui e depois no nome da pessoa com que querem falar e está pronto. Não se esqueçam de comprar pokébolas se precisarem de mais e de se registarem na liga de Unova no centro Pokémon mais próximo.
- Não nos vamos esquecer. – garantiu Manuel.
- Agora sim, têm tudo para partirem na jornada!
- SIM! – gritaram os dois treinadores.
Os dois amigos saíram com os respectivos pokémons no colo e despediram-se da professora Juniper enquanto caminhavam para a Route 1. Finalmente podiam iniciar a sua jornada e participar na liga Pokémon. Agora tinham de se concentrar nos seus objetivos e treinar, treinar muito, pois agora eles vão começar uma vida nova, cheia de ação, aventura, suspense e muito mais. Mas o que em primeiro vem primeiro, e agora os dois amigos têm de definir muito bem o que vão fazer, para um deles se tornar no novo campeão de Unova.

________________
Arrow I'M BACK...


Exclamation Unova's Adventure Exclamation
Uma história entre dois amigos e dois surpreendentes pokémons!
Leiam, sei que vão gostar, e comentem, eu sei que vou gostar! Very Happy


lol! VIRIATO E COLA YO! Twisted Evil Evil or Very Mad Twisted Evil
Manekas
Manekas
Membro
Membro

Masculino Idade : 24
Alerta Alerta :
Unova's Adventures Left_bar_bleue0 / 100 / 10Unova's Adventures Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Unova's Adventures Empty Re: Unova's Adventures

Mensagem por Manekas Sab 17 Set 2011 - 11:04

oi forum. infelizmente nao teve comentario nenhum, mas nao se ganha sempre. de qualquer maneira, hoje é o dia do segundo capítulo. nao se esqueçam de comentar desta vez.


02

Pedro e Manuel levavam os seus pokémons no colo pela Route 1. Já tinham brincado ali muitas vezes quando eram miúdos, mas Pedro sentia que aquele lugar estava diferente. Pousou Zorua no chão, sentou-se na relva, cruzou os braços e perguntou:
- Então esta é a Route 1?
- Parece que sim. – respondeu Manuel.
- Eu pensava que fosse diferente.
- Mas nós já vimos aqui tantas vezes.
- Sim, é verdade, mas agora é totalmente diferente! Agora temos pokémons! Podemos fazer batalhas, capturar pokémons e quem sabe mais o que.
- Por falar em batalhas, e se nós fizéssemos a nossa primeira batalha?
- Parece-me uma boa idéia. Vamos ver que ataques é que o meu Zorua tem no pokédex.
Pedro abriu o pokédex e viu os vários ataques do Zorua. Ficou bastante contente com um ataque em especial.
- Perfeito. Vais ver que este combate vai ser mais fácil para mim do que tu pensas. – disse Pedro contente.
- Não sei. O teu Pokémon é do tipo sinistro e o meu é do tipo luta. – respondeu Manuel confiante.
- É mesmo por ele ser do tipo luta que vai ser mais fácil para mim.
Manuel ficou confuso com o comentário do amigo, mas não ligou e deu de ombros. Ligou a pokédex e viu os ataques do seu Riolu.
- Os ataques do meu Riolu são bem fortes, principalmente um que está aqui, mas tu já vais descobrir qual é, e da pior maneira. Mas antes, Riolu pronto para o combate? – perguntou Manuel muito confiante.
- Sim mestre, quer dizer, sim Manuel! – respondeu Riolu com uma voz grave e séria, mas na última parte com uma voz amigável.
- Parece que vai demorar um pouco a habituar. – disse Manuel sorrindo.
- Acho que sim! – disse Riolu a rir.
Pedro estava a uns metros de distância, já com o seu Zorua pronto para combater.
- Pronto Manuel? – perguntou Pedro.
- Sim. Vamos começar nós Riolu! Usa o Quick Attack! – ordenou Manuel.
- Desvia e usa o Scratch!
Riolu correu para Zorua numa velocidade espantosa, mas o Pokémon raposa manhosa desviou por pouco e arranhou a cara de Riolu, fazendo-o recuar um pouco.
- Outra vez Riolu, Quick Attack!
- Desvia!
Riolu desta vez correu ainda mais rápido e acertou em cheio no oponente que seu uma cambalhota para trás, mas levantou-se logo a seguir.
- Sei que ainda estamos no inicio da batalha, mas eu vou te mostrar porque disse que iria ser mais fácil para mim! Zorua usa o Extrasensory! – exclamou Pedro.
- Mas isso é um ataque psíquico! Nesse caso, Riolu Quick Attack e Endure! – disse Manuel apanhado de surpresa.
Riolu correu muito depressa e acertou em Zorua que recuou um pouco. Depois o pokémon emanação cruzou os braços e um brilho prateado correu-lhe pelo corpo. Zorua fechou os olhos e um raio psíquico foi contra Riolu, causando muitos danos, mas Riolu conseguiu resistir ao ataque.
- Agora entendo, mas vai ser preciso mais do que isso para nos deitar abaixo não é Riolu? – perguntou Manuel.
- Sim! – respondeu o Pokémon confiante.
- Vamos lá! Usa o Vacuum Wave! – ordenou Manuel.
Riolu socou o ar e uma mão de ar socou o Zorua, que recuou no ar vários metros.
- Estás bem Zorua?
O Pokémon afirmou com a cabeça, embora estivesse muito fraco.
- Vamos lá Riolu! Quick Attack!
- Usa o Scratch, Zorua!
Os dois pokémons correram um contra o outro, embora Riolu corresse mais rápido e embateram os dois, fazendo-os recuar. Ambos os pokémons ficaram muito cansados e estavam apenas com um pouco de energia.
- Manuel, queres ver qual é o mais forte? – perguntou Pedro.
- Em que estás a pensar?
- Tu já vais perceber, Zorua usa o Extrasensory!
- Ok, se queres assim! Riolu usa o Vacuum Wave!
Zorua fechou os olhos e disparou um raio contra Riolu, que socou o ar antes de o raio o acertar e uma mão de ar foi contra o raio. Os dois ataques ficaram empatados no ar.
- Zorua potência máxima!
- Riolu, continua a usar o Vacuum Wave!
Zorua fez mais força e o raio ficou maior, enquanto Riolu continuava a socar o ar e a mão de ar começou a ficar cada vez maior. Os dois ataques continuavam empatados, e os pokémons continuavam a fazer mais força, mas sem êxito. Aos poucos, os ataques diminuíram o poder, e pouco depois, se extinguiram. Os pokémons estavam demasiado cansados para continuar o ataque e apenas se encararam. Depois de um minuto, Zorua e Riolu caíram no chão, ao mesmo tempo, sem energia.
- ZORUA! – gritou Pedro
- RIOLU! – gritou Manuel
Os dois treinadores correram cada um para o seu Pokémon. Manuel pegou no seu Riolu e perguntou:
- Estás bem Riolu?
- Sim Manuel, eu estou bem. Desculpa por eu ter perdido.
- Eu é que peço desculpa, devia ter parado quando devia, mas decidi ir em frente. Além disso, tu deste o teu melhor, isso é o que basta. Agora é melhor ires para a pokébola.
Manuel retornou o seu Pokémon para a pokébola, guardou-a no bolso do casaco e foi ter com o amigo, que também tinha retornado o Pokémon.
- Isto é que foi uma batalha. – disse Manuel.
- A nossa primeira batalha acaba em empate heim? – perguntou Pedro guardando a pokébola.
- Parece que sim. O melhor é nos irmos para Accumula Town. Lá há um centro Pokémon.
- Mas e se aparece um Pokémon selvagem?
- Não tinha pensado nisso. Então vamos voltar para trás e pedimos à professora Juniper que cuide dos nossos pokémons.
- Boa idéia.
Os dois amigos regressaram a Nuvema Town e foram para o laboratório da professora Juniper.
- Meninos? O que fazem aqui? – perguntou a professora Juniper.
- Sabemos que ainda agora saímos daqui, mas estivemos a batalhar e os nossos pokémons ficaram sem energia para mais. – explicou Manuel.
- Sem problemas. Eu levo as pokébolas para dentro e trato deles.
- Obrigado professora Juniper. – disseram os dois treinadores entregando as pokébolas à cientista.
A professora Juniper levou as pokébolas para dentro duma sala e deixou-os com dois cientistas e voltou para junto de Manuel e Pedro.
- O que acharam dos pokémons? – perguntou a professora Juniper.
- Eles são mesmo fortes! – disse Pedro.
- É verdade, mas há uma coisa que me põe um pouco confuso. Como é que pokémons como eles conseguem usar ataques como Vacuum Wave e Extrasensory? – perguntou Manuel.
- Eles usaram esses ataques na vossa batalha? – perguntou Juniper surpreendida.
- Sim. Eu também fui apanhado de surpresa, mas a verdade é que eles conseguem usar os ataques. – continuou Manuel.
- Professor Juniper, há algum problema com os nossos pokémons? – perguntou Pedro preocupado.
- Não se preocupem meninos. Esses ataques são apenas Egg Moves. São ataques que apenas os pokémons de treinadores recém-nascidos conseguem usar, ou seja, um Pokémon tem de ter um treinador quando nasce. O Zorua nasceu de um ovo há uma semana, portanto é normal que ele consiga usar o Extrasensory. Se o Riolu consegue Vacuum Wave também deve ter nascido de um ovo à pouco tempo. Isso explica porque ele estava no nível um. Mas é melhor tu lhe perguntares Manuel.
- Sim, tem razão. – concordou Manuel.
- Bem, eles já devem estar recuperados. – disse Juniper olhando para o relógio de parede.
- Então vamos lá ter com eles. – disse Pedro.
Quando Pedro e Manuel se levantaram para ir ter com os seus pokémons os dois cientistas saíram a correr do laboratório, com as mãos no ar e a gritar.
- Parece que vou ter de convencê-los outra vez que ele não vem do espaço. – disse a professora Juniper batendo com a mão na testa.
- Desculpe lá isso professora. – disse Manuel a rir com Pedro.
- Deixa lá, tu não tens culpa. Vamos lá ver os vossos pokémons. Agora tenho a certeza que eles estão acordados. – disse a professora a rir.
Os três entraram na sala onde estavam os pokémons. Zorua e Riolu estavam sentados numa cama a conversar e as pokébolas estavam numa mesa.
- Estão bem? – perguntou Manuel.
Zorua afirmou com a cabeça e Riolu disse:
- Eu estou bem e o Zorua também.
- Ótimo. Tivemos medo que acontecesse o pior. – disse Pedro.
- Riolu, diz-me uma coisa, tu lembras-te de quando nasceste? – perguntou Manuel.
Riolu pensou um pouco, coçou a cabeça e depois disse:
- Não me lembro de tudo, mas lembro-me de que estava a chover, acho até que estava a trovejar. Depois, quando eu abri os olhos, vi dois seres, acho que eram pokémons, mas não tenho a certeza. Apenas sei que eles estavam a falar entre si, mas não me lembro o que era.
- E depois? O que aconteceu? – perguntou Pedro.
- Não me lembro. Aliás, eu acho que adormeci depois disso.
Pedro ficou desiludido, porque estava a gostar da história.
- Mas diz-me, nasceste de um ovo? – perguntou Manuel.
- Todos os pokémons nascem de ovos. – disse Pedro.
- Sim, mas há quanto tempo?
- Eu não sei, mas acho que foi à mais ou menos uma semana. Sim foi isso. – respondeu Riolu.
- Está explicado o mistério dos Egg Moves. – disse a professora Juniper.
- Então vamos andando. Obrigado professora Juniper. – disse Manuel voltando Riolu para a pokébola.
- Sim, obrigado. – disse Pedro voltando o Zorua.
Os dois treinadores saíram do laboratório, e mais uma vez foram para a Route 1, a caminho da Accumula Town.
- Manuel, desta vez vamos ter mais cuidado, e quando os nossos pokémons precisarem de descansar, nós paramos o que quer que estejamos a fazer. – disse Pedro decidido.
- Concordo. Mas temos de começar a pensar em apanhar pokémons novos. – disse Manuel.
- Tens razão. Se calhar Accumula Town tem lá pokémons fortes.
- Sim, se calhar. Mas só há uma maneira de descobrir isso. Irmos até lá!
- Então vamos!
- SIM! – exclamaram os dois.

________________
Arrow I'M BACK...


Exclamation Unova's Adventure Exclamation
Uma história entre dois amigos e dois surpreendentes pokémons!
Leiam, sei que vão gostar, e comentem, eu sei que vou gostar! Very Happy


lol! VIRIATO E COLA YO! Twisted Evil Evil or Very Mad Twisted Evil
Manekas
Manekas
Membro
Membro

Masculino Idade : 24
Alerta Alerta :
Unova's Adventures Left_bar_bleue0 / 100 / 10Unova's Adventures Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Unova's Adventures Empty Re: Unova's Adventures

Mensagem por Manekas Sab 24 Set 2011 - 5:19

oi forum
parece que tambem nao tive nenhum coment agora. mas o cap esta aqui. comentem desta vez ok?

03

Manuel e Pedro iam na direção de Accumula Town e queriam apanhar um Pokémon para reforçar a sua equipa, no entanto, os dois amigos decidiram fazer uma pausa para comer umas sanduíches enquanto os pokémons comiam comida de Pokémon.
- Está divinal! A tua mãe faz as melhores sanduíches do mundo! – disse Pedro.
- Podes querer que faz! – confirmou Manuel.
- O que é isto? – pergunta o rapaz muito confuso.
- Deixa ver. – disse Manuel pegando no papel e começando a ler. – “Se querem capturar pokémons fortes venham até ao concurso de Accumula Town, onde apenas os mais sortudos ganham! Consiste em procurarem pokébolas, quando encontrarem uma levem-na até ao júri e se estiver um Pokémon lá dentro é vosso, se não ela estiver vazia têm de voltar a tentar. O concurso irá decorrer na terça-feira, às quinze horas, no centro da cidade. Participem e talvez possam ganhar um Pokémon!”
- Terça-feira? Mas isso é hoje! Vamos lá rápido! – disse Pedro voltando Zorua e arrumando tudo rapidinho.
- Mas nós vamos participar? – disse Manuel voltado Riolu.
- Claro! Não queres apanhar um Pokémon forte?
- Quero.
- ENTÃO VAMOS!
Os dois amigos começaram a correr pela Route 1. Manuel queria parar um pouco para ver a paisagem bonita que a Route 1 tinha, eram muitas árvores espalhadas pela Route, pokémons a voar, outros a correr, alguns arbustos, uma boa vista da natureza, mas sabia que Pedro queria muito ter um Pokémon para além do Zorua, por isso não podia parar. Continuaram a correr e em quinze minutos já tinham atravessado a Route 1 e estavam em Accumula Town.
- Ok, já estamos em Accumula Town. Onde é que nos podemos inscrever para o concurso? – perguntou Pedro a ninguém muito entusiasmado.
- Pedro tem calma. Primeiro, estás a falar para o vazio, ninguém te vai responder. Segundo, o concurso é às quinze horas, ainda são treze horas. E terceiro, podemos aproveitar que estamos aqui e fazíamos o registro na liga pokémon.
Pedro ficou calado durante um bocado a pensar no que o amigo disse e depois acabou por concordar e foram para o centro pokémon de Accumula.
- Bom enfermeira Joy. Nós queríamos fazer o registro para a liga pokémon. – disse Manuel para uma mulher toda vestida de rosa e com o cabelo rosa.
- Ok, só preciso das vossas pokédex para poder fazer o registro. – disse a enfermeira Joy.
Manuel entregou a sua pokédex à enfermeira Joy que a introduziu numa ranhura ao pé de um PC. No ecrã apareceu a fotografia de Manuel e o seu Riolu. Depois fez o mesmo com a pokédex de Pedro, e no ecrã apareceu a fotografia de Pedro e o seu Zorua. A enfermeira Joy entregou as pokédex e também uma bolsa azul e preta, com o símbolo da liga de Unova e a foto e o nome dos treinadores na parte de cima interior e oito ranhuras na parte de
baixo interior.
- Agora estão oficialmente inscritos na liga de Unova. Isto é uma bolsa que serve de cartão de treinador e também serve para guardarem as Badges.
- Obrigado enfermeira Joy. Já agora, sabe onde nos pudemos registrar no concurso de Accumula Town? – perguntou Pedro ainda entusiasmado.
- Claro. Basta irem ao centro da cidade e registrarem-se.
- Ok. Obrigado enfermeira Joy. – disse Manuel. – Vamos lá Pedro?
As Pedro já não estava lá. Tinha ido a correr para o centro da cidade e Manuel decidiu fazer o mesmo. Quando lá chegou viu Pedro a falar com um homem. Ao ver que Manuel tinha chegado Pedro acenou-lhe e disse-lhe para ir ter com ele.
- Manuel já nos inscrevi aos dois. Agora é só esperar mais uma hora e meia e podemos apanhar o nosso pokémon. – disse Pedro contente.
- E o que estás a pensar fazer nessa hora e meia? – perguntou Manuel.
- Podemos sempre batalhar contra outros treinadores que também vão participar no concurso. A maioria está ali.
- Ok. Fazemos uma batalha dupla. Nós os dois contra quem se atrever!
- Boa idéia!
Manuel e Pedro foram ter com outros os outros treinadores que também iam participar no concurso e desafiou dois treinadores que aceitaram logo.
- Zorua sai! – disse Pedro liberando Zorua.
- Riolu vamos lá! – disse Manuel liberando Riolu.
Os outros dois treinadores liberaram um pokémon parecido com um urso, era todo laranja e tinha o focinho mais claro e uma lua na cabeça e um pokémon parecido com uma bola com um pequeno caracol amarelo na cabeça.
- Riolu usa o Quick Attack no Teddiursa!
- Zorua, usa o Scratch no Solosis!
Riolu correu bem depressa e acertou em cheio no Teddiursa, enquanto que Zorua saltou para o Solosis e arranhou-lhe a cara. Os dois pokémons recuaram um pouco e Riolu e Zorua sorriram um para o outro, como quem diz “bom trabalho”.
- Agora somos nós! Teddiursa usa o Scratch no Riolu!
- Solosis usa Psywave no Riolu!
Teddiursa correu para Riolu mas este conseguiu esquivar-se, mas Solosis disparou um raio psíquico na sua direção.
- Zorua, protege o Riolu! – ordenou Pedro.
Zorua correu para Riolu e meteu-se à frente do raio, que não causou nenhum dano em Zorua.
- Ataques psíquicos não resultam em pokémons do tipo sinistro! Agora Zorua, usa o Scratch no Solosis! – disse Pedro
- Obrigado Pedro. Riolu usa o Quick Attack! – ordenou Manuel.
Zorua correu para Solosis, mas antes de lhe acertar transformou-se numa energia escura e depois acertou em Solosis nocauteando-o. Entretanto Riolu correu a uma velocidade incrível e a sua mão ficou com uma aura amarela choque, depois desferiu um grande golpe no Teddiursa que ficou logo nocauteado.
- Os nossos pokémons aprenderam ataques novos ao mesmo tempo! – disse Pedro contente.
- Sim, e isso permitiu-nos vencer o combate! – acrescentou Manuel.
- Parabéns, os vossos pokémons são fortes. – disse um treinador que tinha lutado com Manuel e Pedro.
- Sim, deram cabo dos nossos pokémons. – disse o outro treinador
- Os vossos pokémons também estão bem treinados. – disse Manuel.
- Não o suficiente. – disse um treinador. – Se nos virmos outra vez vamos derrotar-vos.
- Ficamos à espera! – disse Pedro confiante.
Os dois treinadores foram para o centro pokémon recuperar os pokémons e Manuel e Pedro começaram a conversar sobre os novos ataques.
- Que ataque é que o Riolu aprendeu? – perguntou Pedro.
- Aprendeu o Force Palm. – disse Manuel analisando o pokémon com a pokédex. – E o teu Zorua?
- Aprendeu o Pursuit, o seu primeiro ataque do tipo sinistro.
- Então e quanto tempo falta para começar o concurso?
- Ainda falta uma hora. O que vamos fazer até lá?
- Não sei. Se calhar podemos esperar.
- É a única opção?
- Sim.
Os dois sentaram-se na relva juntamente com os pokémons que pareciam contentes. Riolu começou a falar com Zorua e depois disse a Manuel que eles queriam experimentar os novos movimentos.
- O que achas Pedro? É uma boa maneira de passarmos o tempo. – disse Manuel, sabendo que o amigo ia concordar.
- Sim tens razão. Zorua, usa o Pursuit naquele tronco! – ordenou Pedro.
- Riolu, usa o Force Palm naquela pedra!
Zorua começou a correr e transformou-se em energia escura e partiu o tronco, enquanto que Riolu ganhou uma aura rosa na sua mão e socou a pedra, desfazendo-a em pedaços.
- Parecem bem fortes. Continua Zorua!
- Tu também Riolu.
Manuel, Pedro e os pokémons continuaram a treinar os novos ataques quarenta minutos, depois decidiram que mereciam descanso e voltaram os pokémons para as pokébolas. Depois os treinadores foram para o centro de Accumula Town e preparam-se para o concurso. Um homem subiu para um palco todo decorado com flores e pokébolas de cartão e falou para um microfone:
- Boa tarde a todos! Eu sou o apresentador do concurso de Accumula Town deste ano! Como sabem, neste concurso podem ter a sorte de apanhar um dos cinco pokémons espalhados por aí, um deles é especial, pois são mesmo muito raros em Unova! As regras são as seguintes: os treinadores terão dez minutos para apanhar no máximo três pokébolas. Se tiverem sorte serão premiados. Quando a campainha soar podem ir à procura de pokébolas, e quando a ouvirem outra vez têm de voltar para ao pé deste palco. Se apanharem três pokébolas antes do tempo acabar voltem para o palco e aguardem que acabe o tempo. Muito simples não é? Atenção que o concurso vai começar!
Vários treinadores estavam à espera do sinal para começarem À procura de pokébolas. Trinta segundos depois de o apresentador ter falado soou uma campainha e os vários treinadores começaram a correr à procura em árvores, arbustos, debaixo de bancos de jardim, ao pé de algumas casas, enfim, em todos os cantos de Accumula Town. Manuel conseguiu encontrar três pokébolas dois minutos antes de acabar o tempo. Foi o quarto a acabar, e Pedro foi o oitavo, trinta segundos antes de o tempo chegar ao fim. Quando a campainha soou de novo todos os treinadores pararam de procurar e foram para o palco, menos os que não tinham encontrado nada, porque foram logo embora. O apresentador estava a abrir as pokébolas dos três primeiros treinadores, e todas as pokébolas estavam vazias. Chegou a vez de Manuel. Ele entregou as pokébolas para o apresentador que abriu a primeira pokébola, mas não estava lá nada. Depois abriu a segunda, mas também não estava lá nada. Quando abriu a terceira pokébola, para espanto de Manuel, saiu de lá um pokémon. Era uma lagarta laranja, com a barriga mais clara e dentes afiados. O apresentador pegou no microfone e disse:
- Que surpresa! O primeiro pokémon é o especial! É o Charmander! Manuel encontrou um Charmander! Muitos parabéns Manuel, aqui está a pokébola e o teu Charmander! Parabéns!
As pessoas que estavam a ver e os outros treinadores bateram palmas. Manuel nem queria acreditar. Pegou na pokébola e guardou-a no bolso. Depois pegou no Charmander e sentou-se com ele num banco. Liberou Riolu e apresentou-os.
- Charmander, eu sou o Manuel e este é o Riolu. A partir de agora fazes parte da nossa equipa e eu tenciono ser o campeão de Unova, por isso prepara-te para muita aventura! – disse Manuel contente.
- Prazer em conhecer-te Charmander. – disse Riolu estendendo a pata.
Charmander estranhou o pokémon conseguir falar, mas Manuel e Riolu foram muito simpáticos e Charmander apertou a pata a Riolu. Manuel sorriu para os pokémons e olhou para o palco. Era Pedro que estava lá. A primeira pokébola já estava aberta, mas não tinha lá nada. Quando o apresentador abriu a segunda saiu um pokémon azul, com olhos brancos, e um símbolo em espiral no peito. Mais uma vez, o apresentador pegou no microfone e disse:
-Parabéns Pedro! Conseguiste um Golett! Estes pokémons só são encontrados numa zona mais a norte de Unova, por isso considera-o como muito raro, pelo menos nesta zona! Ahahahah! Aqui está também a pokébola dele. E agora vamos ver a tua última pokébola!
O apresentador abriu a última pokébola, mas não tinha lá nada.
- Parece que a tua sorte acabou depressa. Obrigado por concorreres! – disse o apresentador.
- Obrigado eu pelo Golett. – disse Pedro contente.
Pedro foi com o Golett para junto de Manuel e liberou Zorua.
- Zorua este é o Golett, Golett este é o Zorua. Agora nós os três somos da mesma equipa e vamos ser campeões de Unova! – exclamou Pedro.
- Agora vai ser mais fácil derrotarmos o líder do ginásio de Striaton City. – disse Manuel.
- Sim, pois vai, mas o que fazemos agora?
- Aqui já não há nada para fazer, por isso acho que podemos ir para a Route 2.
- Ok. Vamos lá!
- SIIIIIIII...
Os dois treinadores foram interrompidos por um som esquisito.
- O que é isto? – perguntou Pedro.
- É o Xtransceiver. Deve ser a professora Juniper.
Manuel e Pedro atenderam o Xtransceiver e viram uma imagem da professora Juniper.
- Olá professora Juniper. O que se passa? – perguntou Manuel.
- Meninos, olá. Preciso que vocês me façam um pequeno favor.
- Claro. O que precisa? – perguntou Pedro.
O que será que a professora Juniper precisa dos dois amigos? É uma coisa que só se saberá no próximo capítulo.

________________
Arrow I'M BACK...


Exclamation Unova's Adventure Exclamation
Uma história entre dois amigos e dois surpreendentes pokémons!
Leiam, sei que vão gostar, e comentem, eu sei que vou gostar! Very Happy


lol! VIRIATO E COLA YO! Twisted Evil Evil or Very Mad Twisted Evil
Manekas
Manekas
Membro
Membro

Masculino Idade : 24
Alerta Alerta :
Unova's Adventures Left_bar_bleue0 / 100 / 10Unova's Adventures Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Unova's Adventures Empty Re: Unova's Adventures

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum