Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Nós teremos o maior prazer em recebê-lo no fórum e se precisar de qualquer ajuda, temos muitos membros e nossa equipe para ajudá-lo! Lembrando que você pode postar sua fanfic, seus desenhos ou edição de imagens, seu vídeo-detonado ou gameplay, participar de um RPG, postar e ler notícias do mundo Pokémon, tirar todas as suas dúvidas sobre todos os jogos de Pokémon, comentar sobre o desenho do momento ou apenas jogar um papo fora. Além de fazer amigos!
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!
Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Pikalove

Indique um jogo de qualquer plataforma.

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ir em baixo

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Empty Re: Indique um jogo de qualquer plataforma.

Mensagem por Jlvl em Qui 9 Dez 2010 - 10:49

Bom... Aqui vai o jogo que recomendo:


Sengoku Basara 2

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Sengoku%20basara%202

Plataforma: Playstation 2
Genero: Hack and Slash, ação - aventura.
Multiplayer: Sim
Online: Acho que não

Sengoku Basara 2 que se baseia na história do Japão, no período Sengoku, onde houve a queda do xogun do país, e a ilha começa a entrar em guerra civil, com vários clãs disputando um golpe militar para dominar o país. Sengoku Basara 2 é uma remodelagem feita pela a CAPCOM de um jogo similar da Koei, Samurai Warriors, que trata do mesmo assunto e utiliza dos mesmos personagens. Em Sengoku Basara 2, notamos uma qualidade maior na série, além do absurdo que foi acrescentado (os personagens têm poderes especiais elementares, carregam armas enormes, e derrubam vários soldados de uma vez).

A história gira em torno de Date Masumune(Azure Dragon), líder do país de Oshu, ao Norte do Japão, e de Sanada Yukimura(Scorpio), general de Takeda Shingen(Red Minotaur) da nação de Kai. Ambos possuem uma rivalidade pela a disputa de terra, assim como os outros generais que querem governar a ilha. Mas em especial, Sanada Yukimura e Date Masamune, pois ambos possuem uma rivalidade pessoal de sempre quererem lutar contra algum adversário mais forte, mas um nunca conseguiu derrotar o outro. Há outros generais que possuem rivalidades no jogo.

Na história, temos um general que vem conquistando terras por meio da brutalidade, que se chama Oda Nabunaga(Devil King). Acompanhado por sua mulher Nouhime(Lady Butterfly), o seu general Akechi Mistuhide, e Ranmaru(Hornet) uma criança que é um general de Oda. Oda é um damyo que vem espalhando o terror pela a ilha, afinal ele usa armas de fogo no campo de batalha (algo que não era comum para a época, afinal os japoneses sempre lutaram usando apenas armas brancas), e causa muitos massacres durante seus ataques. Oda também se auto-proclama o demônio vindo do sexto inferno, que vai espalhar o militarismo pelo o mundo.

Também temos destaques para outros generais e guerreiros no jogo, como Maeda Keiji, Tokugawa Ieyasu(Irdene), Hōjō Ujimasa(Orwik), Uesugi Kenshin(Frost), Maeda Toshiie(Lark) e etc.

Jogabilidade

O jogo é um game de ação, que é estilo "exército de um homem só". Você deverá invadir os territórios dos seus rivais, dominar o campo de batalha rival e derrotar o comandante do local. Claro que você pode escolher logo abater o capitão do exercito rival, mas em algumas fases do jogo você terá que cumprir uma condição que a fase exige para poder chegar ao comandante.

Além disso, temos os controles, que são um botão para o ataque normal, um botão para o ataque mais forte (que você pode escolher dois e troca com o primeiro gatilho do controle, ou trocar por outros no menu do seu personagem antes de iniciar a fase, e ainda adquire golpes novos conforme avança), um botão para o ataque especial, o Basara Atack que só pode ser ativado quando a barra do especial estiver totalmente carregada. Você carrega essa barra derrotando os inimigos ou pegando itens especiais que recarregam instantaneamente essa barra, um botão para o pulo e você mexe o personagem nos direcionais e no analógico. E no segundo gatilho, você pode ativar o modo Basara Drive do seu personagem. Na barra de status do seu personagem, ao lado da barra de energia está uma espécie de globo, que acende quando você derrota certa quantidade de inimigos, ou vai fazendo de 100 em 100 hits nos inimigos. Depois que ela estiver acesa você pode apertar o botão para ativar esse modo de seu personagem: onde ele atacara mais rapidamente, e os ataques do botão quadrado saíram mais fortes ainda. Enquanto estiver nesse modo, se pressionar o botão do Basara Atack, você ativara o Ultimate Basara Atack, em que aparecerá o símbolo do Clã do seu personagem enquanto ele faz o ataque especial.

Resumão do Jlvl:
É um jogo bem fods, que é voce e o multiplayer contra milhões (sim, é milhões mesmo) de carinhas. É um corre negada pra cá e pra lá. Quando voce ativa seu especial, voce consegue acertar praticamente uns 100 ou mais carinhas com ele (por aí). Tem 30 personagens onde todos vão passando de lv e ficando mais fortes, o lv máximo dos personagens é lv99 e cada personagem tem a possibilidade de ter 8 armas diferentes que voce ganha no decorrer do jogo. A oitava espada é a mais forte de todos os personagens e com ela voce mata mil.

Imagens:

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Foto+Sengoku+Basara+2+Heroes

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Foto+Sengoku+Basara+2+Heroes
Jlvl
Jlvl
Membro
Membro

Masculino Idade : 24
Alerta Alerta :
Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Right_bar_bleue

Data de inscrição : 23/03/2010


Voltar ao Topo Ir em baixo

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Empty Re: Indique um jogo de qualquer plataforma.

Mensagem por CrossX em Qui 9 Dez 2010 - 11:37

My Chance:

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Yugioh_duelist_of_the_roses_cover

Plataforma: Playstation 2
Genero: RPG/Estratégia
Multiplayer: Sim
Online: Acho que não

Mini-Sinopse:

Yu-Gi-Oh! Duelists of the Roses é o primeiro título baseado no anime e mangá Yu-Gi-Oh!, para o console PlayStation 2.

Yami Yugi e Seto Kaiba voltam a se enfrentar e Você deve escolher de que lado irá ficar na final da Guerra da Rosa. Duele e colecione as cartas dos seus inimigos. O sistema de movimento de cartas permite controle total de cerca de 600 monstros e introduz estratégias avançadas nunca vistas antes no mundo de Yu-Gi-Oh!.

Fãs do anime vão apreciar a reprodução fiel das cartas e a participação, no jogo, de outros personagens da série.

Jogabilidade:

No jogo as partidas, são organizadas em turnos como em um jogo de xadrez. Em cada turno o jogador tem a possibilidade de jogar cartas em campo, fazer elas atacarem monstros inimigos ou simplismente andarem, também pode andar com seu líder. Lembrando que é dele que você tira as cartas para joga-las em campo.
CARTAS
Monstro:são as cartas dos monstros usadas para atacar outros monstros e até os leaders.
Armadilha:Esse tipo de carta é acionado quando um monstro faz determinado tipo de ação.Existem cartas desse tipo que são utilizadas para matar o primeiro monstro que atacar e assim por diante...
Power Up:Estas cartas aumentam a pontuação dos monstros, cada monstro possui um power up especifico. Com elas você pode aumentar o ataque de um montro e também a defesa.
Rituais:As cartas rituais servem para invocar um monstro mais forte, você precisa ter os monstros especificos em campo para serem sacrificados com a carta ritual e assim poder invocar um monstro mais forte.

Para aqueles que jogaram a versão Forbideen Memories do PS1, podem esquecer a jogabilidade, pois nessa versão as coisas ficaram bem diferentes.
Antes de encarar um disputa com algum rival, existem alguns pré-requisitos que devem ser levados em conta. O primeiro é que você precisa ter 40 cartas em seu baralho, não se preocupe pois você ja começa com essas 40 cartas. O segundo é que seu DC deve ser igual ou menor que o de seu adversário, cada carta possui um número de DC, algumas possuem mais, outras possuem menos, então você deve montar seu baralho conforme o DC do seu oponente, se ele tem um DC de 1000, para lutar com ele você precisará ter de 1000 para baixo.

Comentário:

O Jogo em si não é muito grande, é bastante facil de se zerar, mas a Graça mesmo está na parte de coleta de cartas raras para completar seu Deck, por exemplo, eu duelei 15 vezes com o Yugi pra conseguir o Ritual do Black Luster, mas nessas 15 batalhas eu consegui 5 Magos Negros, 2 Gaias e umas cartas armadilhas muito boas.
Quem joga Xadrez vai gostar desse jogo pois o sistema de Duelos é bem parecido, recomendadissimo...

Video:



See Ya!!!


Última edição por CrossX em Qui 9 Dez 2010 - 13:36, editado 2 vez(es)
CrossX
CrossX
Membro
Membro

Masculino Idade : 25
Alerta Alerta :
Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Right_bar_bleue

Data de inscrição : 31/08/2010

Frase pessoal : Screw you guys, i'm going home!


Voltar ao Topo Ir em baixo

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Empty Re: Indique um jogo de qualquer plataforma.

Mensagem por Davi em Qui 9 Dez 2010 - 13:11

@Microondah: Oh shit melhor Sonic 3D ever (não joguei o Colors ainda)
@Lawliet~ Tem o 2 também que é Kickass

Minha vez denovo:

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 20090414175721!Guitar_hero_smash_hits

Nome: Guitar Hero Smash Hits (Ou Guitar Hero Greatests Hits)
Plataforma: Play 2/3, Xbox 360, Wii
Gênero: Músical
Multiplayer: Sim
Online: Sim

Resumo: Quando fui convidado para testar o novo Guitar Hero, só pude sorrir e abraçar a oportunidade. Este sendo o terceiro jogo da franquia lançado desde seu concorrente “Rock Band”, tudo que eu poderia desejar eram muitas melhorias. Com uma coletânea das melhores músicas desde o seu lançamento, Guitar Hero: Smash Hits traz os clássicos de toda franquia, agora com suporte a microfone e bateria, além de utilizar das novas funções como a batida sem notas do baixo.

Visualmente o jogo perde para seu irmão Guitar Hero Metallica e empolga bem menos. Mas o que importa é que tudo esteja nítido e prático, e assim está. Com um visual mais sujo e muito mais brega que os antecessores, Guitar Hero Smash Hits não se importa visualmente com o que faz, pois o negócio é a música. E até nesse quesito quase tudo funciona bem.

Para os entusiastas, testamos tudo que era possível e imaginável nesta versão do jogo, e o resultado foi 70% satisfatório. Todas as baterias funcionaram, a do Rock Band e a do Guitar Hero World Tour, e as guitarras de todas as versões. Mas e os outros 30% não satisfatórios? Aqui que tudo desce ladeira abaixo.

A voz, o motivo pelo qual fui chamado para o teste, foi a maior decepção de todo o jogo. Testamos todos os microfones imagináveis, e o que tivemos? Vergonha. Utilizamos o microfone do Rock Band, do Guitar Hero, o Headset, e o microfone do Lips, e tudo que conseguimos foi uma voz sobreposta e mais baixa a voz da música original. Então não se canta, se ouve a música, e se escuta a sua voz como o Backing Vocal e não como o cantor da música. Na tela de configurações tentamos todas as opções. Testamos com 2 XBOX 360 diferentes, com dois jogos diferentes, e nada. E nesse aspecto, de cantar, o jogo perdeu feio para o concorrente, isso incluí o próprio Guitar Hero Metallica.

Conclusão
Se você não se importa com a cantoria, e quer jogar músicas da época do primeiro Guitar Hero, essa é a melhor opção. Como um jogo de guitarra e bateria, ele beira a perfeição, mas como conjunto da obra, não há nada de especial além de saudosismo.

Fonte: Now Loading
Davi
Davi
Membro
Membro

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Right_bar_bleue

Data de inscrição : 28/04/2008

Frase pessoal : <<<<<<<----------


Voltar ao Topo Ir em baixo

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Empty Re: Indique um jogo de qualquer plataforma.

Mensagem por Lolzer em Qui 9 Dez 2010 - 14:40

Fiz uma lista de jogos já recomendados, quem recomendou e em que página se encontra, amores. Está no main post, btw.
Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 340x_BIOSHOCK_PS3_BOX_ART

Nome: Bioshock
Plataformas: PS3, X360, PC, Mac
Gênero: FPS, Survivor
Multiplayer: Não
Online: Não

O jogo conta com armas normais, como Shotgun, handgun, submachine, Wrench, etc. Mas também, com plasmids. Esses plasmids são "injeções" que você injeta em você mesmo para obter os poderes daquele "líquido" injetado. A partir daí, pode esperar diversas coisas diferentes, como lançar raios, fogo, telecinese, nuvem de insetos etc.

Existem as vitas-chambers, que quando tocadas funcionam como uma espécie de checkpoint (mas caso você gaste Health packs ou aquele troço de EVE que esquecí o nome, já foi, gastou).

Existem também os tônicos, os quais são dividos em sub-classes, como os físicos (ex: um tônico que faz seu corpo soltar uma onda de choque toda vez que for atacado fisicamente).

Está vendo esse robôzão e a garota na capa de PS3? Pois bem, caso queira mais plasmids, tônicos simplesmente para ser mais forte, você terá que sugar uma "certa substância" (não me lembro se isso spoileia algo derp) para comprá-los. O problema é que dependendo das suas armas e plasmids (e até tamanho do health/ eve - que pode ser aumentado nas máquinas depois de sugar essas substâncias das garotas, chamadas de Little Sisters), será meio que difícil derrotá-los. Isso será mais no começo, e talvez um pouco no meio do jogo, já que os tipos de Big Daddie variam etc.

O jogo também te permite hackear máquinas através de uma espécie de minigames. Se você não tiver uma "coleção" adequada de tônicos equipados, alguns serão bem complicados de serem resolvidos. Você pode hackear máquinas de munição/ health packs para diminuir o preço dos mesmos, o que é muito útil, de fato. Além disso, também se pode hackear máquinas inimigas para fazê-las te defenderem, ao invés de te atacarem. E não, não dá pra fazer com os Big Daddies (na verdade existe um plasmid deixa-o ao seu controle temporário, mas ele vai mó tantão da barrinha de EVE... pale).


E o dinheiro se acha simplesmente revirando as coisas, coisas como bolsas caídas, escondidos em algum canto do cenário, acessível apenas com telekinesis, etc.

Acho que é isso que eu posso comentar sobre Bioshock. É um dos meus jogos preferidos de todos os tempos, tem gráficos lindos, e tudo no jogo é interessante. É um jogo útil no meio de um mar de gênéricos, e que fez o sucesso que fez merecidamente. Tenho certeza que não irá se arrepender se comprá-lo. (:

Com suas armas e os plasmids, sobreviva em Rapture em 1960 uma cidade submersa que foi construída pelo o empresário Andrew Ryan. Boa sorte!

Comecinho pra quem ficou curioso:



Última edição por Lolzer em Sex 10 Dez 2010 - 9:16, editado 2 vez(es)
Lolzer
Lolzer
Membro
Membro

Masculino Idade : 25
Alerta Alerta :
Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Right_bar_bleue

Data de inscrição : 16/07/2009

Frase pessoal : Mods are asleep, let's post ponies!


Voltar ao Topo Ir em baixo

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Empty Re: Indique um jogo de qualquer plataforma.

Mensagem por lugia007 em Qui 9 Dez 2010 - 20:41

bom, colocando denovo:

Nome: Final fantasy VII
Plataformas: eu prefiro o PS1, mas tem de outras plataformas.
Genero: aventura.
Multiplayer: não que eu saiba.
Online: não.

Final Fantasy VII é um role-playing game (jogo de interpretação de papéis) produzido pela Square (actual Square Enix) e distribuído pela Sony Computer Entertainment como o sétimo título da série Final Fantasy. O seu lançamento original ocorreu em Janeiro de 1997 no Japão na plataforma da Sony, a consola PlayStation. Em 1998, o jogo foi re-lançado para o Windows da Microsoft e em 2009 na PlayStation Network.
O jogo foi o primeiro da sua série a utilizar gráficos 3D, apresentando personagens totalmente renderizadas em paisagens pré-renderizadas.

Resumo:
Em Final Fantasy VII, o jogador entra no papel de Cloud Strife, um mercenário a serviço do grupo de ecoterrorismo chamado AVALANCHE, sob a liderança do explosivo Barret Wallace. A primeira missão é explodir um dos reatores de Mako (energia gerada a partir do Lifestream, a "vida" do planeta) da empresa Shinra, que controla boa parte do mundo. Essa exploração do Lifestream está degradando o planeta, mas poucos fazem algo a respeito, pois têm a vida facilitada pela nova energia, fora o forte controle militar exercido pela companhia Shinra.
Cloud já foi um soldado da própria Shinra, mas, por razões desconhecidas de início, deixou a empresa e passou a trabalhar como um mercenário disposto a qualquer coisa, se o pagamento for satisfatório. Ele passa a trabalhar para o grupo AVALANCHE após encontrar sua amiga de infância, Tifa Lockhart, dona de um bar chamado Seventh Heaven em Midgar que serve como esconderijo do grupo.
Com o progresso da história, Cloud, embora sem demonstrar um particular interesse pela causa de Barret, acaba sendo arrastado pelos acontecimentos até tomar conhecimento do retorno de Sephiroth, um grande herói de guerra que havia sido dado por morto no incidente de Nibelheim, há cinco anos. Sephiroth já fora um ídolo para Cloud, mas enlouqueceu por motivos misteriosos, e Cloud sabe o risco que ele representa.
Ao longo do jogo, Cloud conhece uma jovem florista chamada Aerith Gainsborough, uma Cetra, onde nasce um relacionamento entre os dois. Ela entra pra AVALANCHE, e mais tarde novos personagens tambem participam do grupo.
Muito do que Cloud julgava conhecer revela-se como mentira, com grandes revelações e reviravoltas envolvendo seu passado e outros personagens.
Varios problemas acontecem na vida de Cloud, tanto que um deles é... Não posso conta né só jogando mesmo.
Esse final fantasy foi o melhor que eu ja joguei e muitas pessoas e meus amigos dizem isso tambem. é como se fosse um jogo historico. Ele é muito grande, muito grande mesmo, tanto que só para o primeiro CD demoro, pra mim, umas 35 horas e sõa 3 CDs! Mas o ultimo não é tão grande assim.
Enfim, vale a pena joga-lo.
lugia007
lugia007
Membro
Membro

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Right_bar_bleue

Data de inscrição : 25/07/2010

Frase pessoal : A vida é um jogo que só tem new game.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Empty Re: Indique um jogo de qualquer plataforma.

Mensagem por Folk José R. em Sex 10 Dez 2010 - 15:55

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 200px-Super_Mario_Bros._box

Super Mario Bros. é um jogo eletrônico de videogame lançado pela Nintendo em 1985. Considerado um clássico dos jogos eletrônicos, Super Mario Bros. foi um dos primeiros jogos de plataforma com rolagem lateral, recurso conhecido em inlgês como side-scrolling. O jogo é o mais vendido de toda a história dos videogames (contando – se aí os jogos vendidos junto com os consoles) e foi o principal responsável pelo sucesso inicial do console NES (Famicom, no Japão). O jogo inspirou incontáveis imitações que ajudaram a fixar o estilo de jogos de plataforma. Foi o primeiro sucesso do designer de jogos japonês Shigeru Miyamoto.


Jogabilidade

O jogador controla o principal protagonista da série, Mario. O objetivo do jogo é percorrer o Reino do Cogumelo (Mushroom Kingdom), sobreviver às forças do principal antagonista, Bowser, e salvar a Princesa Peach (na época conhecida por seu nome americano, Princess Toadstool) e seu reino do domínio dos Koopas. Há moedas espalhadas durante as fases, dispostas à coleção do Mario, e blocos especiais de itens (geralmente indicados por um sinal de interrogação quando não são escondidos) que liberam power-ups e moedas em sequência. Se o jogador obtiver um Super Cogumelo, caracterizado pelas cores vermelho e amarelo na época (antes da formalização gráfica oficial da série), Mario crescerá, tornando-se Super Mario (ou o Mario regular, como é visto nos jogos contemporâneos). Nesta forma, Mario pode ser atingido por inimigos sem perder uma vida instantaneamente; ao invés disso, ele retorna ao padrão menor de tamanho. O ataque primário de Mario é o pulo, no entanto, nem todos os inimigos reagem da mesma forma. Por exemplo, um Goomba será comicamente amassado e derrotado, enquanto um Koopa Troopa temporariamente se esconderá em seu casco, permitindo que o herói o utilize como um projétil. Estes cascos possuem uma mecânica única, baseada em um sistema de ricochetes que tornam fácil ao jogador experiente derrotar outros inimigos ou estourar uma série de tijolos. Um casco de Koopa em movimento, no entanto, pode ser perigoso para o personagem principal, causando-lhe bastante dano. Um modo alternativo de derrotar os antagonistas é a utilização da Flor de Fogo, que, quando adquirida pelo personagem, mudará o esquema de sua paleta de cores e permitirá com que Mario atira bolas de fogo. No entanto, se o encanador estiver em seu estado primordial diminuto e tomar posse de uma Flor de Fogo, ele somente crescerá, sem adquirir nenhum outro tipo de poder especial. Também pode ser adicionado ao seu arsenal Estrelas secretas, encontradas em blocos, tijolos regulares e tijolos invisíveis (que são espalhados em pontos estratégicos das fases). A Estrela, conhecida como Starman ou Star, confere à Mario invencibilidade temporária e a capacidade de causar danos apenas ao tocar nos inimigos.

Aos jogadores, são oferecidos, na parte superior da tela, os seguintes contadores: o que define o personagem na tela (que pode variar entre Mario e Luigi, sendo que o segundo só aparece no modo 2-Player); um contador da pontuação do jogador conforme o jogo se estende; a exibição do número descritivo da fase em que ocorre a ação atual (como World 1-1, por exemplo) e, finalmente, um contador de tempo (timer), que adiciona um nível de desafio ao jogo envolvendo a compleção de determinada fase dentro do limite de tempo. O personagem possui um certo número de vidas extras (Extra Lives) que definem quantas chances o herói do jogo tem de fracassar até ser derrotado permanentemente. As vidas extras, também chamadas de "Mario Extra", pode ser obtida após a coleção de 100 moedas ou adquirindo um Cogumelo 1-Up secreto. Mario perde vidas quando é muito atingido, cai num precipício ou estoura o limite de tempo estabelecido para a fase no timer, supracitado.

Super Mario Bros. é dividido em oito mundos, e cada um dos quais possui quatro fases. No fim de cada fase, há um castelo com um mastro. Quanto mais alto for o ponto do mastro o qual Mario poderá alcançar, mais pontos ele receberá. A quarta fase de cada mundo acontece, por padrão, dentro de um castelo. Os castelos do jogo geralmente trazem como características Barras de Fogo (Firebars) e Podoboos, inimigos flamejantes que saltam da lava. No fim de cada fase de castelo, Mario confronta um Bowser Falso (Fake Bowser) dos mundos 1 ao 7, e finalmente, o Bowser verdadeiro, no Mundo 8. Para derrotar Bowser, o herói deve alcançar um machado localizado atrás do tirano, que derrubará a ponte na qual acontece a batalha, dizimando Bowser num poço de lava derretida.

Também somam-se aos elementos de jogabilidade as diferentes plataformas, trampolins e canos, que servem como um sistema de locomoção entre as fases e suas áreas subterrâneas.
Folk José R.
Folk José R.
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Right_bar_bleue

Data de inscrição : 26/04/2010

Frase pessoal : Estou cansado de non-sense, sérião.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Empty Re: Indique um jogo de qualquer plataforma.

Mensagem por Mega_Regis em Seg 13 Dez 2010 - 1:32

Eu vou indicar um jogo que eu acho ótimo:


Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 No_more_heroes-cover-thumb


Nome: No More Heroes
Plataforma: Wii
Gênero: Ação e Aventura
Online: Não. =/




Resumo :


Há uma linha tênue que separa a loucura da genialidade, e esse jogo se equilibra nela de ponta-cabeça segurando um guarda-chuva. Ou uma beam katana.

No More Heroes é uma obra-prima que reúne doses certas de ação e doideiras cômicas, com muito estilo, carisma e criatividade. Por tudo isso, é o meu jogo preferido e eu vou dizer o porquê nesse post, então me acompanhe em um tour por Santa Destroy e seu divertido mundo de bizarrices.


IT'S KILLING TIME!

Travis Touchdown é o personagem principal, e resume bem o espírito do jogo. Gamer, otaku, estiloso e desbocado, Travis é a encarnação da atitude punk/indie. Uma das grandes atrações de No More Heroes é justamente poder controlar Travis e observar suas reações durante as cutscenes.

Tudo no jogo esbanja personalidade e atitude, a começar pelos gráficos. Indo na contramão de tudo que representa o mercado de games atual, No More Heroes apareceu como jogo exclusivo do console menos potente dessa geração, apresentando gráficos estilizados que mais parecem vindos de um jogo de Dreamcast. Há quem diga que o visual é feio, mas a impressão que passa é de se estar jogando uma HQ em movimento.


IF CHALLENGE HAD A TASTE, YOU'D QUITE DELICIOUS!

A jogabilidade é outro ponto forte. As lutas são rápidas, intensas e, sobretudo, extremamente violentas, sem deixar o bom humor de lado. A grande sacada não foi o que o time de produção resolveu fazer com o Wiimote, mas sim o que eles decidiram NÃO fazer. Golpes com a beam katana não são realizados sacudindo o controle, o sensor de movimentos é guardado somente para movimentos finalizadores com a arma ou em golpes de luta livre.

Desferir o golpe final através de um movimento do braço e ver uma fonte de sangue e moedas jorrar dos inimigos derrotados é extremamente divertido e não cansa nunca.

Mas o melhor ainda está por vir. No More Heroes tem o melhor uso do Wiimote até hoje, e a mecânica não tem nada a ver com sensores de movimento. O controle é o único dessa geração que possui caixas de som, e esse jogo não deixou nem mesmo esse pequeno detalhe passar em branco. Antes de cada luta contra os chefes, você recebe uma ligação em seu celular, e a voz sai pelo controle. Genial! A primeira vez que isso acontece, é inevitável levar o Wiimote até a orelha como se fosse um celular, e sorrir pelo momento genial proporcionado por Travis.


HE ONLY LOOKS TOUGH BECAUSE HIS MOTHER WAS AN UGLY BITCH!

Falando nisso, quem faz essa ligação é Sylvia Christel, agente que organiza as lutas rankeadas. A química entre ela e Travis é perfeita, e a dupla é responsável pelos diálogos mais engraçados dos últimos tempos.

Os personagens secundários mantêm o nível de carisma lá no alto, principalmente os assassinos rankeados. É um tipo mais esquisito que o outro, cada um com seu estilo, sua personalidade e seu método de combate. As cutscenes antes e depois das lutas são curtas, mas inspiradas e na dose certa pra você conhecer e se importar por quem vai lutar/acabou de matar. A dublagem contribui bastante nesse aspecto, já que os atores conseguiram imprimir uma quantidade absurda de personalidade a seus respectivos personagens.


HEAD TO THE GARDEN OF MADNESS!

No More Heroes não é unanimidade. Há quem ame, há quem odeie, há quem nem se importe. Está longe de ser um jogo perfeito, e muito da diversão depende do quanto você se identifica com os personagens e com o mundo louco do jogo.

Mas se você procura por atitude e personalidade, No More Heroes é o seu jogo. Esse jogo não tenta ser realista em momento algum. Ao contrário dos jogos hardcore em alta definição, No More Heroes não tenta fazer com que você esqueça que está jogando videogame. A arte pixelada é intencional e o clima gamer é forte durante toda a aventura de Travis Touchdown rumo ao topo. A diversão de No More Heroes não vem apenas da sólida jogabilidade, mas de toda a experiência cômica, visual e sonora proporcionada. Em termos de carisma, atitude e personalidade, vai ser difícil superar esse jogo num futuro próximo.

Trailer oficial:


Detalhes a favor do jogo:

“Monstropédia”
Outro traço interessante de Monster Racers é a variedade de criaturas e a forma como estas variam de acordo com o cenário visitado. Os monstros de cada continente possuem características específicas daquela locação, com direito a poderes e habilidades distintas — nenhuma novidade para os “pokéfãs”.

“Eu escolho você!”
A dinâmica de jogo é muito parecida com a de Pokémon, basicamente você viaja a cada continente para competir no campeonato local. Enquanto isso explora o cenário em busca de novas criaturas — que perambulam livremente pelo cenário.
A ideia funciona, haja vista a popularidade de Pokémon, e em Monster Racers não é diferente. Capturar novos monstrinhos evoluí-los, aprimorar suas habilidades e levá-los para competir é envolvente e divertido — especialmente para o público mais jovem.

Pokémon Racers
Monster Racers é extremamente genérico em sua concepção, porém o título conta com todos os elementos que fizeram — e ainda fazem — Pokémon e Dragon Quest Monsters franquias tão populares.
Portanto, os fãs deste gênero tão peculiar (adestramento de monstros?) certamente se deliciarão com a jogabilidade simplificada, progressão de personagens e vasta biblioteca de criaturas estranhas.
Além disso, o jogo não se resume a exploração do cenário e adestramento de monstros. O título também conta com alguma variedade de objetivos secundários, como missões de coleta de itens e algumas modalidades de jogo multiplayer.

Spoiler:
Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Img_original

Adequado
Os visuais são bem trabalhados, dentro dos limites do Nintendo DS, e contam com um design amigável. Os monstros são criativos — e como não poderia ser diferente, a referência mais próxima são os bons e velhos Pokémons. O estilo side-scroller das corridas e o visual isométrico das seções free-roaming são escolhas inteligentes que conferem mais dinamismo a jogabilidade.




Detalhes contra o Jogo

Não é um Pokémon
São tantas as semelhanças que você pode até se confundir. O grande problema de Monster Racers é que ele não leva o nome da franquia Pokémon. A grande diferença entre os dois está no nome e na dinâmica de combate — ao invés de lutas, Monster Racers utiliza corridas.
Fica difícil impressionar o jogador quando todos os elementos já foram extensivamente utilizados em outras produções. A KOEI peca por não inovar, enrijecendo-se em um estilo bem sucedido, mas que já foi demasiadamente explorado.

Spoiler:
Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Img_original

Eu já vi essa pista
Os desenvolvedores de Monster Racers pareciam estar com muita preguiça. Além de “emprestar” todo o sistema de jogo da série Pokémon, eles também não empregaram muito tempo construindo uma grande variedade de pistas. Na realidade cada continente possui apenas duas ou três pistas diferentes — o que torna toda a experiência repetitiva e enfadonha.

Eu já tenho esse bicho
O jogo até possui uma grande variedade de criaturas, todavia, parece que os encontros aleatórios exploram apenas três ou quatro seres locais que aparecem em todos os lugares de um determinado continente. Você só confere a variedade de monstros quando começa a viajar até locações mais exóticas, ou quando começa a criar suas próprias combinações — através do cruzamento de monstros.

“Fácil, extremamente fácil...”
Monster Racers não exige muito do jogador, os campeonatos representam a porção mais desafiadora e são facilmente conquistados após uma rápida exploração da “masmorra” local — cujos confrontos servirão para evoluir a sua criatura favorita.

Vale a pena?

Monster Racers é tão divertido quanto qualquer outro título da linha Pokémon, na verdade o que prejudica a imagem do título é o fato de ter sido lançado tanto tempo depois do “Grande P”. Caso a KOEI tivesse lançado seu jogo antes da Nintendo talvez as coisas fossem bem diferentes e Leefee aparecia pintado em aviões no lugar de Pikachu.
No final das contas todo jogo cujo objetivo seja capturar, escravizar, adestrar e colocar monstrinhos bonitinhos de nome estranho em competições dignas de uma tarde no Coliseu será imediatamente comparado série Pokémon, mas parece que Monster Racers não está muito preocupado com isso.
O jogo aposta em um estilo de sucesso e até entrega alguns elementos interessantes, se você procura uma alternativa para os Pokéjogos, Monster Racers é uma boa pedida, todavia a grande pergunta é, será que alguém precisa de uma versão “alternativa” dos Pokémons?

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Img_original Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 MonsterRacer


Como viram, esse jogo se parece Muito com Pokemon, por isso postei aqui, já que curtem pokemon, pode gostar desse... bom, eu gosto.

Fonte: Baixaki Jogos

Última edição por André3 em Seg 13 Dez 2010 - 12:06, editado 1 vez(es)
A3
A3
Membro
Membro

Alerta Alerta :
Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Right_bar_bleue

Data de inscrição : 15/10/2009

Frase pessoal : Playing pokemon w2 and enjoying. :3


http://honestlyjustit.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Empty Re: Indique um jogo de qualquer plataforma.

Mensagem por Lolzer em Seg 13 Dez 2010 - 9:41

Ah, só pra avisar que o Danilo fixou o tópico, e que agora eu vou atualizar o índice sempre. =P

(E André, eu recomendei dois jogos de DS aqui lol - e o Microondah um, se não me engano)

O No More heroes também tem uma versão pra PS360 se não me engano, mas é gameplay no controle (tanto é, que vai sair outro adaptado para o move).

Thx.
Lolzer
Lolzer
Membro
Membro

Masculino Idade : 25
Alerta Alerta :
Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Right_bar_bleue

Data de inscrição : 16/07/2009

Frase pessoal : Mods are asleep, let's post ponies!


Voltar ao Topo Ir em baixo

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Empty Re: Indique um jogo de qualquer plataforma.

Mensagem por pietrosaggioro em Seg 13 Dez 2010 - 10:54

Nome: Resident Evil 4
Plataforma: Wii
Genero: Terror (acho x_x)
Online: Não

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Resident_Evil_4_10

Resident Evil 4 é um jogo de ação em terceira pessoa com elementos de tiro e um enredo de arrepiar, elementos que constituem um gênero conhecido com "horror survival". Este título, inclusive, foi consolidado pela sua tradicional franquia, que traz novos elementos sem perder os bons aspectos que fizeram dela um sucesso.
O jogador está na pele de Leon, o mesmo protagonista de Resident Evil 2, que agora é um renomado agente da CIA e vai a um bizarro vilarejo situado na Espanha a fim de resgatar a filha do presidente dos Estados Unidos. No entanto, ao chegar lá, ele se depara com criaturas nada amigáveis, os chamados Ganados, homens infectados por um vírus que os torna bastante semelhantes a zumbis, mas com capacidade de correr e usar armas, por exemplo.
Devido às suas habilidades, os novos inimigos exigem maior dinamismo do jogador, coisa que os comandos novos permitem bem. Em RE4 há um novo sistema de mira, que fazem com que o jogador tenha maior controle e precisão ao atirar. A câmera agora tem uma nova perspectiva, situando-se sempre sobre o ombro do protagonista.
Fãs da série e do gênero devem obrigatoriamente ter este título, e mesmo àqueles que não estão familiarizados com a franquia, Resident Evil 4 é recomendado.

Comentário: É um jogo muito loko e arrepiante. muito maneiro, apesar de eu preferir jogos em primeira pessoa esse eu gosto x3 Os combates com os zumbies são muito reais e sae muito sangue, também é bem difícil o jogo com vários puzzles e desafios.E tem um inventário limitado de armas, tem achar as ervinhas de maconha xD para recuper vida, tem que vender e comprar armas para vc sobreviver no game.Aconselho a vcs jogarem é muito bom esse jogo ;D

Até mais.
pietrosaggioro
pietrosaggioro
Membro
Membro

Masculino Idade : 24
Alerta Alerta :
Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Right_bar_bleue

Data de inscrição : 15/10/2009


Voltar ao Topo Ir em baixo

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Empty Re: Indique um jogo de qualquer plataforma.

Mensagem por Kirehana Yurika - Nanda em Seg 13 Dez 2010 - 11:41

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 AAIMEcover


xmc
xmc
Membro
Membro

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Right_bar_bleue

Data de inscrição : 15/06/2009


Voltar ao Topo Ir em baixo

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Empty Re: Indique um jogo de qualquer plataforma.

Mensagem por Patrick26 em Qui 16 Dez 2010 - 22:07

O melhor jogo q existe:

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Transformers%20Revenge%20Of%20The%20Fallen.pc

Nome:Transformers: Revenge of the Fallen
Plataforma:PC
Gênero:Ação, Aventura e Plataforma
Multiplayer:Sim
Online:Sim

Transformers: Revenge of the Fallen é um jogo de ação em terceira pessoa que mistura elementos de corrida e de aviões em sua fórmula. O título é inspirado na segunda adaptação cinematográfica dos brinquedos Transformers, da Hasbro.

O enredo acompanha a luta entre os Autobots e Decpticons (robôs do planeta Cybertron). Entretanto dessa vez as duas facções devem encarar uma nova ameaça, os Derrotados (Fallen).

O título permite que o jogador escolha entre duas campanhas; uma o coloca na pele dos robôs bons, enquanto a outra conta a história do lado do mau. Ambas as facções possuem robôs com diferentes dimensões, forças e pesos, o que influi diretamente na batalha. Além disso, cada transformer possui armas e habilidades específicas.

Além das batalhas, que imperam no título, o jogador também deve utilizar suas habilidades para pilotar os mais rápidos carros e aviões. Em boa parte do game, há perseguições nas quais alta velocidade e reflexos rápidos são critérios para a vitória.

Também tem a possibilidade de se jogar online:
Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Transformers-revenge-of-the-fallen-20090526023750488_640w

Video:

Imagens:
Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Transformers-revenge-of-the-fallen-20090623093033717-000

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Transformers-revenge-of-the-fallen-20090526023804972_640w

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Transformers-revenge-of-the-fallen-20090623093041560_640w

Eu recomendo, esse eh o melhor jogo q eu ja joguei na vida!!!
Patrick26
Patrick26
Membro
Membro

Masculino Idade : 24
Alerta Alerta :
Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Right_bar_bleue

Data de inscrição : 17/08/2010


Voltar ao Topo Ir em baixo

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Empty Re: Indique um jogo de qualquer plataforma.

Mensagem por Ness_64 em Sex 17 Dez 2010 - 18:14

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 180px-Fire-emblem-gba.244106
Nome: Fire Emblem / Fire Emblem: Rekka no Ken (Fire Emblem: Blazing Sword, no Japão)
Plataforma: Game Boy Advance
Gênero: RPG / Estratégia
Multiplayer: Sim
Online: Não

Resumo:
Fire Emblem é uma série que existe desde os tempos do Nintendinho/NES, mas que infelizmente boa parte dos seus jogos não chegou a sair do Japão. Acho isso uma pena, já que os jogos até que são bons. Muitos poucos jogos chegaram para o Ocidente, e esse seria um deles.

Blazing Sword, assim como todos os outros FE e como já dito, é um RPG estratégico.
Explicando um pouco sobre a série, apesar de ser um RPG, o comum status Speed não existe nos jogos. Ao invés disso, você faz todos os seus movimentos na sua vez, e após mover ou realizar alguma ação com todas as unidades ou encerrar sua rodada através de alguma das opções, é a vez do inimigo, que faz a mesma coisa.
Combinado com o fato de ser um jogo estratégico, em que você avança no território inimigo retirando suas unidades adversárias de combate pelo caminho, o jogo faz alguns jogadores lembrarem vagamente jogos de tabuleiro como xadrez.

Ao longo do jogo, você controla 3 Lords (a classe do personagem principal do jogo): Lyn, Eliwood e Hector. O jogo tenta garantir uma imersão tão grande com sua história que nele você, após "registrar" alguns dados, é o estrategista do seu grupo, com algumas unidades falando algumas coisas e/ou dando dicas de suas habilidades à você.
A história de Lyn é mais um "tutorial" do jogo. Mas isso não significa que seja muito fácil, pois você sempre vai precisar pensar em algo, já que cada Capítulo introduz uma mecânica diferente, como o tempo (névoa e chuva), o que certas unidades fazem e no que serão necessárias, etc.

Após passar por isso, virá a história de Eliwood, consideravelmente mais difícil em minha opinião. Você terá que repensar suas estratégias se quiser sair com todo mundo vivo.
Aliás, alguns podem considerar isso um contra, mas eu considero como motivação para formular uma boa estratégia e (por que não?) realismo: Se sua unidade morre, você não poderá mais usá-la nem revivê-la pelo resto do jogo. Mas caso você perca alguém, sempre dá para reiniciar o Capítulo e pensar melhor no que você irá fazer.

Não falarei mais, pois já expliquei o básico. No geral, eu acho o jogo ótimo, mas sei que minha opinião não irá formar a de ninguém. Jogue o jogo se quiser e se gostar, pode me procurar para trocarmos umas informações (a.k.a se quiser ajuda)... lol!
Ness_64
Ness_64
Membro
Membro

Masculino Idade : 24
Alerta Alerta :
Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Right_bar_bleue

Data de inscrição : 19/07/2009


Voltar ao Topo Ir em baixo

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Empty Re: Indique um jogo de qualquer plataforma.

Mensagem por xmc em Ter 21 Dez 2010 - 9:05

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Half-life-box
Nome: Half-Life
Plataforma: PC, Playstation 2
Gênero: FPS, Ficção-Científica
Multiplayer: Jogo à parte chamado Half-Life: Deathmatch
Online: Jogo à parte chamado Half-Life: Deathmatch
Resumo: (gamevicio)Um cientista, um pé-de-cabra... uma conspiração. Saiba tudo sobre Half-Life.

“Prepare-se para consquências inesperadas”. Esta frase citada no jogo consegue
abordar todo o contexto de Half-Life, o jogo que fez a produtora Valve Software
se tornar, há 10 anos atrás, reconhecida mundialmente pelo seu excelente
trabalho no mundo do FPS (First Person Shooter/ Tiro em Primeira Pessoa). Apesar
de muitas pessoas conhecerem e jogarem desde os anos 90, leiam o artigo com
atenção, e entenda porquê a série Half-Life tornou-se um dos maiores fenômenos
na história dos jogos.

Um físico teórico chamado Gordon Freeman, com 27 anos de trabalhava em Black
Mesa Research Facility, um laboratório secreto de pesquisas nucleares,
localizada em Novo México, EUA. Em Dezembro do ano de 1998 (veja o calendário
com o mês de Dezembro no capítulo ‘Office Complex’, em Half-Life: Source), Dr.
Freeman se preparava para fazer um experimento com um cristal vindo do planeta
Xen, um mundo desconhecido pelos humanos.

Gordon está entrando na câmara do experimento, quando um misterioso homem de
terno azul chega por trás de um dos colegas cientistas de Freeman, o Dr. Eli
Vance, e sussurra em seu ouvido: “Prepare-se para consequências inesperadas”.
Após isso, o homem misterioso desaparece. Eli fica estático. Transtornado, pensa
em tentar retroceder o processo do experimento, mas nada pode fazer. Freeman já
iniciou o experimento com o cristal. Após algum tempo, o físico teórico precisa
completar o teste, inserindo o cristal na câmara principal da sala de testes,
mas algo dá errado: O cristal de Xen - o objeto utilizado para o experimento –
cria uma tempestade de portais entre Xen e a Terra, fazendo com que grande parte
de Black Mesa Research Facility sofresse grandes destruições por explosões
causadas pelo experimento mal realizado.

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Screenshottk



Gordon Freeman sobrevive, no entanto, muitos cientistas que trabalhavam por lá
morreram brutalmente pela tragédia. Agora, Gordon tem que lutar com todas as
forças para a sua própria sobrevivência, tendo que chegar até a superfície.
Todavia, o experimento mal realizado fez com que se abrisse um portal do planeta
Xen para a Terra, trazendo as criaturas de lá para o nosso planeta, dificultando
muito mais as coisas para os sobreviventes de Black Mesa.

E para piorar os problemas, o governo americano envia suas tropas especiais
(H.E.C.U.) para eliminar todas as provas do incidente em Black Mesa, e Gordon
Freeman é uma das testemunhas da tragédia, por isso o Exército Americano tem a
missão de matá-lo a qualquer custo.

Esta é a sinopse de Half-Life 1, jogo cujo algumas partes da história tiveram
influências do livro “O Nevoeiro” (The Mist), de Stephen King. O jogo inteiro de
Half-Life baseia-se na luta para a sobrevivência de uma vítima de uma grande
conspiração que o envolve. Um cientista, um homem de terno azul, um cristal, uma
catástrofe... Gordon Freeman passa boa parte do tempo tentando chegar até a
superfície de Black Mesa. Todavia, esses não são suas piores dificuldades.

O ano de 1998 foi revolucionário no mundo dos jogos para PC. Estamos em 2010 (2011 quase) e
Half-Life é até hoje o produto da Valve de mais sucesso no mercado da produtora,
com mais de 8 milhões de cópias vendidas pelo mundo (esse número não conta as
vendas do Steam). Acreditem, pois desde 1999 para frente, os campeonatos de
Half-Life: Deathmatch e Adrenaline Gamer (MOD do HL) ainda são feitos com muita
frequência em países Europeus. Tragédias, conspiração, criaturas extra-
terrestres e exército do governo lutando para a censura. Tudo isso e muito,
você, jogador, enfrentará em Half-Life.
xmc
xmc
Membro
Membro

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Right_bar_bleue

Data de inscrição : 15/06/2009


Voltar ao Topo Ir em baixo

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Empty Re: Indique um jogo de qualquer plataforma.

Mensagem por Lolzer em Qua 22 Dez 2010 - 10:01

xmc, eu joguei o JC1 por... 15 minutos, quebrei o DVD no meio, pirata mesmo. Era um lixo, quero ver esse, todo mundo fala tão bem.


Vou atualizar o índice com o jogo do xmc daqui a pouco...

Bem,

WRITE ANYTHING, SOLVE EVERYTHING (ao menos, era o "slogan" do primeiro, risos)

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Scribblenauts_boxart
Nome: Super ScribbleNauts
Plataforma: Nintendo DS
Gênero: COMO É QUE EU VOU SABER. QUEM JOGOU VAI ME ENTENDER
Multiplayer: Não que eu saiba (PREGUIÇA DO CAPETA DE PEGAR O DS E VER, DEPOIS EDITO)
Online: Não que eu saiba (PREGUIÇA DO CAPETA DE PEGAR O DS E VER, DEPOIS EDITO)
Resumo:
Super Scribblenauts é uma sequência de um jogo já existente, ScribbleNauts (orly).
Para quem não sabe, assim como no primeiro jogo você tem uma caderneta. E em tal caderneta, você simplesmente escreve o que você quiser para passar o nível. Basicamente, esse é o fundamento do jogo.

Agora, podemos dar adjetivos as coisas... como, se você escrever homem diabólico bondoso (risos) e um monte de outras coisas, aparecerá um homem com aquelas "descrições" físicas que alí você escreveu, e é claro que sentimental também.

Para falar a verdade, assim como no primeiro, eu fico mais brincando com as palavras, já que do nada você tem alguma ideia wtf e resolve ir para a main screen ficar testando isso.

O jogo conta com suporte ao nosso pt-br (acho que para quem mora em Portugal, existe a versão européia, só não sei se tem pt-pt), e ainda, agora é puramente português, nada de ver trechos em espanhol em uma frase, como no primeiro (risos).

Mas voltando, serão dados problemas para você resolver de alguma forma, dos mais variados, de um show de mágica, até provocar a extinção dos dinossauros.

Alguns níveis após concluídos, terão uma corôa em cima dos mesmos, o que significa que além de jogar denovo e ganhar mais ólares (dinheiro do jogo), você terá que completá-lo 3 vezes seguidas sem repetir nenhuma palavra (acredite, tem uns que dá vontade de tacar o DS no chão - e essa dificuldade, te leva a interagir com as pessoas mais próximas de você, o que na minha opinião deixa o jogo mais legal ainda).

E finalmente agora os controles estão com precisão. Era um diabo controlar um helicóptero no primeiro, agora, você escolhe se é pela touch (mas agora é preciso!!), ou pelo d-pad/ abxy (aleluia né).

Basicamente, esse é o conceito de Super Scribblenauts. Se você se apaixonar por esse, não deixe de conferir o primeiro.

Desculpe se esquecí algum detalhe, recomendo fortemente.

(E SIM, ELE EXPLICA QUE VOCÊ NÃO PODE ESCREVER ALGUMAS COISAS NO COMEÇO DO JOGO, HAHAHA)
Lolzer
Lolzer
Membro
Membro

Masculino Idade : 25
Alerta Alerta :
Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Right_bar_bleue

Data de inscrição : 16/07/2009

Frase pessoal : Mods are asleep, let's post ponies!


Voltar ao Topo Ir em baixo

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Empty Re: Indique um jogo de qualquer plataforma.

Mensagem por Joalsses em Qua 19 Jan 2011 - 12:53

Ois!
Eu ia indicar Ökami e Red Dead Redemption,mas ja foram Ç-Ç

Corrigindo o Micro,Amaterasu aparese em forma de Lobo, não raposa, lobo ^^

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Okamiden_box

Nome:Ōkamiden: Chiisaki Taiyō
Plataforma:Nintendo DS
Gênero:Ação/Aventura/Fantasia
Multiplayer: N/A
Online: N/A

Resumo:Okamiden é uma espécie de continuação de Okami(PS2/Wii).O nome traduzido seria Okami Chronicles: Tiny Sun, isso porque,o personagem principal é Chibiterasu, filho da Deusa do Sol Amaterasu,com quem jogamos no primeiro jogo.A história se passa alguns meses após os eventos de Okami,onde os demônios resurgem misteriosamente.Sakuya tenta convocar Amaterasu,mas no seu lugar surge Chibiterasu.
A história é muito semelhante a Okami,mas conta com muitos aspectos novos,um deles, é que como CHibi ainda é um filhote e não tem poder total, precisa de ajuda de outros, como Kuni,Nanami,Kagura e Kurow,que o ajudam durante o jogo.Como em Okami,Chibi vai adiquirindo poderes com o Celestial Brush,que é usado com a touch screen.

Site Oficial:http://www.capcom.co.jp/o-kamiden/index.html

Imagens:
Spoiler:

Mais imagens:http://www.gamespot.com/ds/action/okamidenchisakitaiyou/images.html?om_act=convert&om_clk=gsimage&tag=images%3Bheader%3Bmore
Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Chibiterasu
Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Okamiden
Joalsses
Joalsses
Membro
Membro

Masculino Idade : 24
Alerta Alerta :
Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Right_bar_bleue

Data de inscrição : 15/08/2009


Voltar ao Topo Ir em baixo

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Empty Re: Indique um jogo de qualquer plataforma.

Mensagem por Davi em Qua 19 Jan 2011 - 15:04

Spoiler:
Lolzer, seria legal se colocassemos a nossa própria nota no jogo, Cons e Pros, etc. Irei fazer isso agora:

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Sonic-Colours-Wii-US-box-art-425x600

Nome: Sonic Colors
Plataforma: Wii/Ds
Gênero: Plataforma
Multiplayer: 2 Players
Online: Sim, não sei pra que
Resumo: Dr. Eggman agrupou corpos celestiais para criar o Eggman’s Amazing Interstellar Park, mas os planetas não estavam desabitados. Os Wisps acabaram sendo expulsos de seus lares, e cabe a Sonic resgatá-los e dar fim aos planos maléficos do cientista. Detalhe: o ouriço, ao ajudar as criaturas cativantes, consegue absorver as cores delas e, consequentemente, recebe poderes especiais.

A jogabilidade de Sonic Colors tem semelhanças com o que se encontra no game Sonic Unleashed, mas o surgimento de habilidades baseadas em cores diferencia a experiência. É importante ressaltar que cada um dos poderes pode ser utilizado de várias maneiras diversificadas. Uma das habilidades é o Laser Power, crucial para transpassar inimigos com facilidade (balançando o Wii Remote na versão para Wii).

Os cenários formam um atrativo interessante, pois apresentam visuais vibrantes e agradáveis através da presença de pirulitos, bolinhos e fábricas de doces. E tudo fica ainda mais colorido em alta velocidade, não é mesmo?

Fonte: Baixaki Jogos

Pros/Cons
Sem Werehog; ultiliza muito bem os gráficos precarios do Wii; fator Replay incrível ( a cada Wisp liberado um novo caminho em cada Act é aberto); tem multiplayer.
Uma tela para dois jogadores não dá certo; alguns Acts tem 10 segundos de gameplay e outros, 8 minutos.
Nota: 9.5
Davi
Davi
Membro
Membro

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Right_bar_bleue

Data de inscrição : 28/04/2008

Frase pessoal : <<<<<<<----------


Voltar ao Topo Ir em baixo

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Empty Re: Indique um jogo de qualquer plataforma.

Mensagem por Milmil em Sex 16 Dez 2011 - 15:37

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 DragonQuestIXBoxArtJP
Nome: Dragon Quest IX - Sentinels of the Starry Skies
Plataforma: Nintendo DS
Gênero: RPG
Multiplayer: Sim (e um bom Multiplayer por sinal!)
Online: Não

Resumo: Na verdade nem sei porque deveria resumir uma série tão popular quanto Dragon Quest, mas ok...

Tudo começa em um local chamado "O observatório" onde o herói (que é você) está treinando com seu tutor chamado Aquila a se tornar o novo Celestrian (anjo guardião) de uma cidade chamada Angel Falls onde vivem alguns humanos. Ele lhe explica que todas as vezes que você ajuda um aldeão, eles lhe oferecem graças ao seu serviço como "anjo da guarda" e você receberá um tipo de tributo chamado "benevolesce" que deixa a árvore que sustenta o mundo chamada Yggdrasil (Uma árvore mítica nórdica que simbolizava o eixo do mundo) mais forte e provocava o florescimento de poderosos figos que serão usados como oferenda para que os Celestrians pudessem se comunicar com o poderoso deus Zenus.

A história muda de figura quando após você ter conseguido benevolências o suficiente para que os figos florescessem, o trem conhecido como "Starflight Express" aparece e é atacado por uma força misteriosa e faz com que você caia na cascata de Angel Falls como uma pessoa normal. Entretanto, mesmo com o tombo gigantesco, você se lembra das pessoas que moram naquela cidade e seus feitos como Celestrian, mas de agora em diante terá de tentar voltar para casa sem seus poderes místicos ajudando a todos para conseguir mais benevolências de todos os humanos desprotegidos.

A história é cheia de reviravoltas e vários contos separados com histórias de cada cidade (na maioria das vezes) e fazem você querer saber mais sobre o que aconteceu com cada cidadão existente. Além da história, os desenhos de Akira Toriyama (Sim, o cara que criou o Dragon Ball Z) e o modo multiplayer para jogar com seus amigos próximos a você fazem com que você não pare de jogar um minuto se quer! E se você tiver Wi-Fi, poderá concluir quests exclusivas que podem dar itens raros a até mapas para os Legacy Bosses dos jogos anteriores de Dragon Quest! Além de objetivos simples como criar todos os itens de alchemy (alquimia), lista de monstros derrotados, etc... além da parte de customização do personagem que poderá ficar idêntico a você ou outros personagens famosos de Akira (já pensou você ter na sua equipe um cara idêntico ao Vegeta? Pois é, você pode tê-lo na equipe!). Sem dúivida um jogo fenomenal e que todos preciosam ter!

Só pra vocês terem uma ideia da qualidade do Game, vejam esse trailer oficial:



https://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=dA2-x8LDNEU

E aqui a introdução do game (mas é uma pena que a qualidade do som eseja péssima):



https://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=g7fWOv3Qjw0

Quem gosta de RPG, deve jogar esse jogo de qualquer forma!
Milmil
Milmil
Membro
Membro

Masculino Idade : 28
Alerta Alerta :
Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Right_bar_bleue

Data de inscrição : 29/08/2010

Frase pessoal : Pokémon OR/AS? E lá vamos nós...


Voltar ao Topo Ir em baixo

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Empty Re: Indique um jogo de qualquer plataforma.

Mensagem por brunoadds em Dom 18 Dez 2011 - 15:09

Indico grand chase olha não sei explicar como é o jogo mais se clicar em grand chase(q esta na minha assinatura)vai ir direto para o site official do jogo e la bom vc tira suas duvidas

Plataforma:Pc
Nome:GrandChase
Genero:Um rpg meio diferente
Online:sim(se é jogo de pc né)
Multiplayer:sim(existe varios personagems diferentes para jogar isso serve como multiplayer
brunoadds
brunoadds
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Left_bar_bleue3 / 103 / 10Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Right_bar_bleue

Data de inscrição : 15/12/2011

Frase pessoal : Kingdom Hearts Birt by Sleep quero joga


Voltar ao Topo Ir em baixo

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Empty Re: Indique um jogo de qualquer plataforma.

Mensagem por Roberto323 em Ter 14 Fev 2012 - 16:50

Eu indico Sonic Generations por ser um otimo jogo do nosso ouriço favorito e azul o Sonic o Mascote da Sega Ele agora Volta Mais rapido q Nunca mais agora tem um novo Parceiro ele mesmo só q do passado da Primeira Geração de Sonic the Hedhog Vocês devem estar se perguntando como assim? bem a nintendo quiz q aparecece um novo do jogo da primeira geração \o/

Plataforma:3DS,Xbox,Nintendo Wiii(acho),e talvez pra Pc
Nome:Sonic Generations
Genero: Ação, Corrida (acho)
Online: nao tenho mais acho q da sim porque 3ds tem wifi nintendo wii e xbox tb
Multyplayer:Acho q sim =/
Roberto323
Roberto323
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Right_bar_bleue

Data de inscrição : 03/02/2011

Frase pessoal : Triangulo '-'


https://www.youtube.com/user/TheSupersora?feature=mhee

Voltar ao Topo Ir em baixo

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Empty Sonic the Hedgehog-2

Mensagem por Ytallu em Sex 17 Fev 2012 - 12:46

Nome:Sonic the Hedgehog-2
Plataforma: Mega-Drive
Gênero: Plataforma ( o mesmo do Mário, não sei direito)
Multiplayer: Sim, Sonic (P1) e Tails (P2)
Online:Não

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Sonic2_md

Resumo:
Após ter aprontado todas e ter sido derrotado por Sonic, o Dr. Robotnik não aprendeu a lição. O vilão havia feito um plano de robotizar os animais da floresta, enquanto procurava as Esmeraldas do Caos. Mas Sonic atrapalhou o seu plano. Robotnik agora resolveu refazer seu plano, buscando evitar os erros cometidos. Ele novamente capturou os animais para colocá-los dentro dos robôs e os espalhou por toda a parte. E não é só isso: ele ainda construiu uma enorme Fortaleza Voadora. No Espaço, ele ainda colocou em funcionamento um laboratório secreto, que ele chamou de Death Egg (Ovo da Morte). Lá ele desenvolveu uma cópia metálica do Sonic, que possui as mesmas habilidades do ouriço. Construiu também um poderoso robô à prova de Sonic.

Contudo, para esse plano dar certo, será necessário que Eggman precise da energia das Esmeraldas do Caos. E o vilão sabe que agora elas são em número de 7, e que precisa localizá-las antes de Sonic ou o final será o mesmo. O ouriço, ao saber dos seus planos, sabe que chegou a hora de detê-lo novamente e é supreendido quando um fã seu - Tails - pede para ajudá-lo. Sonic não aceita de início, mas de tanto insistir, Tails consegue convencer o ouriço. Agora, essa dupla vai estar unida para deter Robotnik. Tails precisará correr muito para alcançar o Sonic, mas sua participação é fundamental: ele constrói um avião que será necessário para que Sonic chegue até a Fortaleza Voadora de Robotnik. Dentro da Fortaleza, Sonic vai ter que sobreviver e dar um jeito de chegar até a Death Egg para pôr fim de vez nos planos de Robotnik. Conseguirá superar mais esse desafio?

[Resumo tirado do site: http://www.powersonic.com.br/games/classicos/sonic2_md.htm]

[Detonado: http://www.powersonic.com.br/games/detonados/sonic2md/index.htm]
Ytallu
Ytallu
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Right_bar_bleue

Data de inscrição : 28/05/2011


Voltar ao Topo Ir em baixo

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Empty Re: Indique um jogo de qualquer plataforma.

Mensagem por Sibby em Qui 12 Jul 2012 - 21:31

Você já jogou Maestro, Jump in Music! ? Se não, PARE O QUE ESTIVER FAZENDO AGORA.

E prepare-se para jogar um dos jogos musicais mais divertidos de todos os tempos!

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Screen_presto

Plataforma: Nintendo DS

Maestro, Jump in Music! é um jogo que apresenta várias qualidades, e que me impressionou bastante:

- Trilha musical absurdamente incrível,
- Jogabilidade muito boa,
- Dificuldade variável,
- Uso do microfone (você pode exercitar o gogó e mandar ver na cantoria!)
- VICIANTE!

Basicamente, o jogo consiste em tocar as notas no tempo correto. São 6 mundos, e 25 músicas incríveis!

Vejam o trailer



ALTAMENTE RECOMENDADO!

cat
Sibby
Sibby
Membro
Membro

Feminino Idade : 29
Alerta Alerta :
Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Right_bar_bleue

Data de inscrição : 05/02/2012


Voltar ao Topo Ir em baixo

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Empty Re: Indique um jogo de qualquer plataforma.

Mensagem por sr.chrono trigger em Qua 29 Ago 2012 - 6:10

ds:
phoenix whirgt
snes:
tales of fantasia
chrono trigger (meu jogo favorito)
ps1:
chrono cross
legacy of kain soul river
pc, android e java:
age of heroes online (aoho)
bem, eu sei que são mais de 1 + vale apena jogar pq sao jogos mt bons! geek
sr.chrono trigger
sr.chrono trigger
Membro
Membro

Masculino Idade : 28
Alerta Alerta :
Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Right_bar_bleue

Data de inscrição : 29/08/2012


Voltar ao Topo Ir em baixo

Indique um jogo de qualquer plataforma. - Página 2 Empty Re: Indique um jogo de qualquer plataforma.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum