Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Conte uma história, poste uma arte ou um vídeo! Confira os guias de jogos, tire suas dúvidas e compartilhe sua jogatina. Disputa batalhas online com jogadores e participe dos RPGs. Converse sobre qualquer coisa, poste memes, faça novos amigos! Só não deixe de logar ou se inscrever.
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!
Gonryu - Os Cinco Dragões. Pikalove
Pokémon Mythology
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Gonryu - Os Cinco Dragões.

Página 1 de 9 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Ir em baixo

Gonryu - Os Cinco Dragões. Empty Gonryu - Os Cinco Dragões.

Mensagem por Rush em Ter 28 Ago 2012 - 22:06

Gonryu - Os Cinco Dragões. WJQOmae






Gonryu, os cinco dragões. O nome 'cinco dragões', é dado pelo fato de serem cinco ilhas, cada uma com um dragão guardião, onde os mesmos são o símbolo de poder máximo e sagrado de cada região, os detalhes virão com as cidades.

A história, porém, não será iniciada como uma jornada para conseguir as insígnias, pois já está tudo feito. A história se passará durante a grande liga dos cinco dragões, a grande liga nacional conhecida como um dos maiores eventos do mundo. O porque? Bem, pelos simples fato de ser uma das ligas mais difíceis da história, com os melhores treinadores do mundo que lutarão com todas suas forças utilizando apenas três - Sim, esse será o limite para CADA treinador - Pokémons.

Os fatos se passarão ao redor de Akaime Ryuzaki. Um jovem adulto bipolar e problemático que tem grande sucesso na tal aclamada região dos cinco dragões. Ele passará por grandes dificuldades, não só devido a força absurda de seus oponentes, mas também pelos problemas que vêem com a fama. Drogas, corrupção, batalhas manipuladas, líbido, fama a qualquer preço e a loucura que o poder trás serão os principais motivos.

Uma importante nota, é que existirá muita violência na região, já que o importante não será derrotar o Pokémon adversário, mas sim o oponente em si.


~>x<~

Música Tema




~> Informações sobre a Obra <~


Gonryu, os cinco dragões. Essa região é dividida em cinco ilhas, onde as mesmas foram compostas por quatro senhores feudais. Cada região em si tinha uma etnia diferente, religiões, costumes e até princípios diferentes. Pela sua diferença e ambição de poder, as quatro ilhas principais travavam constantes guerras, que além de causarem milhares de mortes desnecessárias e sofrimento, eram simbolo da queda de recursos e pobreza de cada império.

Após muitas e muitas guerras e problemas financeiros em cuidar de suas terras, houve um acordo de paz entre os quatro senhores feudais, que buscavam de uma vez por todas, acabar com conflitos políticos que corrompiam o futuro saudável de suas respectivas nações. Claro que precisariam se aliar uns com os outros, criar rotas comerciais até recuperarem o prejuízo causado nas guerras, e por isso foi criado um evento sangrento, que no fim arrecadaria dinheiro o suficiente para todas as nações ficarem satisfeitas, ou seja, em paz.

O evento foi aclamado de 'A liga oficial dos cinco dragões', onde os representantes eram o senhor feudal da ilha do fogo, a primeira ilha Akai, representada pelo guardião Reshiram. A segunda, a ilha da miragem Usotsuki, onde é protegida pelo guardião Flygon. A terceira, Renkiyu, a fonte. A única ilha na qual capturou e abusou dos poderes de seu guardião, Zekrom. E quarta, Samuifuu, a ilha que é o ninho dos Kingdras, protegida por um da mesma espécie em que reza a lenda dele ser gigantesco a ponto de causar redemoinhos.

A quinta ilha não era habitada, era Genki, a proibida. A mesma é o lar de seu brutal guardião, um Hydreigon esverdeado. Pelo fato de possuir muitos Pokémons agressivos e selvagens, a mesma era inabitável. Porém, com o passar dos anos, ela representaria a união dos cinco dragões. Seria onde seria o evento sangrento e sádico ocorreria. Trinta e dois participantes deixados na ilha com intuito de encontrar seu alvo e derrotá-lo. Chegando assim ao centro, onde lutaria com os vencedores, caso sobrevivessem.

É claro que a mesma tirou a vida de muitos jovens que quiseram representar o seu país, o que fez o representante dos cinco dragões, Hizashi, mudar as regras. Evitando o máximo as mortes, mesmo que isso fosse impossível, para o participante poder sobreviver até o final das etapas, que são as seguintes:



1. - Incipios. A chamada "Introdução dos Campeões" é geralmente a mais rápida e difícil de todas as fases. Nesta, será apenas possível usar UM Pokémon por vez, com intuito de auxiliar seu mestre a nocautear o treinador rival. Sim, o treinador. Essa tão aclamada 'liga', quem lutam são os treinadores, os bichinhos só ajudam a facilitar a vitória de seus donos. Logo, a primeira etapa só poderá ser usado um por vez, com direito de substituição e trocas. Ocorre durante o gigantesco navio Carracosta 7.4, que viaja em direção de Genki,

2. - Geminos. Também conhecido como 'O Par'. Como o próprio nome e lógica dizem, serão batalhas usando dois Pokémons ao mesmo tempo. Ainda com o mesmo intuito - é o objetivo de todas as etapas derrotar apenas o adversário, não o Pokémon. O único Problema, é que apenas DOIS Pokémons poderão ser usados, logo, ao contrário da fase anterior, um ficará de fora e não serão possíveis substituições. Os treinadores serão soltos aleatoriamente com um participante, queira este ser aliado ou inimigo, para assim auxiliar em sua missão, derrotar seu alvo para poder participar da próxima etapa. Isso é, encontrar uma insignia que corresponde com a sua.

3. - Tertius. 'O Terceiro', ou 'Os Três', mesmos objetivos, leves mudanças nas regras. Luta usando todos os Pokémons em sintonia. Geralmente é o mais demorado, uso de equipamentos nos Pokémons é inadmissível. Se o treinador quebrar algum membro do corpo, ele é desclassificado. Ainda ocorre na ilha, onde o objetivo ainda é chegar no centro. No entanto, terá de despistar samurais guardiões e derrotar treinadores rivais.

4. Lótus. 'O Final' ou até 'Quatro Mentes'. Geralmente só sobram 4 treinadores nesta fase. O treinador só perde caso desista ou desmaie. Se tiver algum membro quebrado, ele continua na partida. Equipamentos são permitidos, desde que não sejam armas de fogo. Ocorre no centro da ilha, uma luta de gladiadores ao mesmo tempo.


Infelizmente, a competição desse ano contou com o sádico Dracco, já que ele tomou o trono de seu falecido pai, Hizashi. Ele é obsessivo por dinheiro e poder, e em busca de audiência fará qualquer coisa, inclusive mudar as regras. Agora a morte é uma opção quase que obrigatória, já que elas auxiliaram nos pontos ganhos a cada vitória, que poderão ser trocados por suprimentos e armas, para sobreviver na densa floresta de Genki.

Agora, só sobra ver os participantes sobreviverem.






Agradecimentos




  • Mr. Perry, por ter me ajudado muito em vários aspectos. Ele também é o criador do logo, e me ajudou a escrever a linha do tempo da estória.


  • Okiru, por ter me ajudado a organizar as ideias e a criar os personagens. Há um personagem em sua homenagem.


  • Darkzoroark, MaGmorTar, Murilo_Marcos e Pokaabu, por serem meus queridos leitores que sempre me ajudam a melhorar mais e mais. Sem eles, a fic não estaria no terceiro volume.


  • Ao artista Mark331, que desenhou a maioria dos personagens, como Ryuzaki e Hiyoku.



Muito obrigado à todos.









~>x<~
~Personagens Principais~



Spoiler:
Spoiler:
Gonryu - Os Cinco Dragões. Time_to_go_by_mark331-d39t4f1
Akaime Ryuzaki. - O personagem, vamos dizer, 'principal'. É em torno dele que a história irá se passar. Como dito, ele é problemático, irônico, grosso, egoísta, bipolar e quer a fama e o poder a qualquer custo. Como revelado, sente algo forte por Mizuni, mesmo sendo arrogante e irônico com ela. Se considera um Deus, o todo-poderoso, porém, perdeu sua perna direita durante a luta contra Rehza. Aliou-se a Dracco durante o segundo turno para assim matar competidores que lhe traziam perigo, mas começou a matar participantes ainda desacordados na ilha para eliminar a competição, fazendo com que Marcus atirasse nele. Sobreviveu aos tiros e foi salvo por Stephen. Possuí 18 anos.

Pokémon Oficial - Feraligatr.
Pokémons Revelados: Feraligatr. (Suiguetsu)
Status: Primeiro Turno completado, Geminos. 250 pontos acumulados.


~-x-~


Spoiler:
Gonryu - Os Cinco Dragões. Let__s_go_catch_some___by_mark331-d37kzbj
Akaime Hiyoku - Irmão gêmeo de Ryuzaki. É quinze minutos mais novo e por esse motivo é chamado de fraco e de moleque pelo irmão. É totalmente o oposto de seu irmão, pois é humilde, sério, educado e sábio. Ficou em Unova dos 12 até os 16 anos. Foi o único que se rebelou moralmente contra a competição. Não mata seus oponentes, e evita o máximo para não machucá-los, por isso usa a paralisia ao seu favor, não segue as ordens de Dracco, com intuito de buscar a paz na competição, usando sua influencia como campeão. Se aliou à Akari durante a ilha. Evita o máximo conflitos. Possuí 18 anos.
Pokémon Oficial - Toxicroak.
Pokémons Revelados: Galvantula. (Thera)
Status: Primeiro Turno completado, Geminos. 100 pontos acumulados.



~-x-~


Spoiler:
Gonryu - Os Cinco Dragões. Under_the_dark_sky_by_mark331-d518kqe
Oniagi Mizuni - Nervosa, insegura e extrovertida. É fácil de se enturmar, é aquela pessoa que sempre tem um assunto. Mesmo assim, é bastante insegura graças á sua paixão, Ryuzaki. São namorados no inicio, mesmo sendo ambos treinadores inscritos na liga. Com o passar do tempo fica cada vez mais insegura, não sente remorso em derrotar seu oponente, porém o peso em sua consciência em que o tempo está passando faz a garota ficar doida. É habilidosa em ginástica, usando isso ao seu favor nas lutas. Foi atacada por um grupo de Scythers Zumbidores Alados durante a ilha e quase morreu. Seu Samurott faleceu ao tentar protegê-la. Possui 20 anos.
Pokémon Oficial - Samurott. (Morto)
Pokémons Revelados: Samurott. (Hizashi)
Status: Primeiro Turno completado, Geminos. 250 pontos acumulados.



~-x-~


Spoiler:
Gonryu - Os Cinco Dragões. Going_for_a_walk_by_mark331-d3jxsdi
Ame Akari. - Tediosa, chata e arrogante. Bem pelo menos é assim com quem não conhece. Tem poucos amigos e passou a adolescência inteira estudando e treinando. Largou o estágio de medicina para conseguir as oito insígnias, e assim, participar da liga. É uma treinadora fortíssima. É mal-educada e estuda os oponentes. Aparentemente, ela não toma iniciativa nas batalhas, espera um movimento em falso para seu Espeon agir. Humilhou o lendário Marcus, o derrotando ilegalmente dentro do navio, sem testemunhas. Se aliou à Hiyoku, mas ainda não confia no mesmo. 22 anos.
Pokémon Oficial - Espeon.
Pokémons Revelados: Espeon. (Mikki)
Status: Primeiro Turno completado, Geminos. 250 pontos acumulados.



~-x-~


Spoiler:
Gonryu - Os Cinco Dragões. Rainy_day_by_mark331-d420pja
Ryuuji. - Alto, bonito e bem sucedido. Tímido com garotas, extrovertido com garotos. Inteligente e estrategista, é um dos únicos treinadores com ensino fundamental e médio completos. Largou a faculdade para tentar a sorte e por enquanto foi bem recebido pela mesma. Não se preocupa com as batalhas, muito menos com as mortes. Parece ter se preparado psicologicamente e aceitado o fato de que a morte está presente em seu destino. É infantil em certos pontos, piadista e positivo, adora comer salgadinhos, mas mantem uma refeição saudável. É esportista e já foi zagueiro nos jogos de Hugby do colégio. 21 anos.
Pokémon Oficial - Dragonite. (Seu destino até então é desconhecido)
Pokémons Revelados: Dragonite.
Status: Morto no primeiro turno, Incipios.



~-x-~


Spoiler:
Gonryu - Os Cinco Dragões. 115fd9a13755c233434d0f6b7451f416-d3a3qta
Katherine. - Anti-Social, deprimida e ex-anoréxica. Por mais que seja linda e talentosa no rumo teatral, teve uma infância difícil ao ser violentada, ficou traumatizada e se afundou nas drogas. Sua história é conhecida por toda região e ela é o simbolo de perseverança e força de vontade. Possuindo muitos fãs - ambos masculinos e femininos - ela continua fechada e ainda é deprimida. Ainda sim é educada e humilde, tratando os outros com respeito acima de tudo. Não tem amigos, a não ser seus Pokémons, porém com o passar do tempo, começa a confiar em Hiyoku por sua obsessão por paz. O admira muito, e mesmo não se entregando por completa, mantém uma amizade leve com ele. Odeia conversar e não se importa em tirar a vida de seus inimigos. Foi atacada por Ryuzaki e Marcus, mas sobreviveu. Não matou Ryuzaki, mesmo tendo oportunidade para isso. Foi manipulada pelos poderes psiquicos da Gardevoir de Hiroga, e o odeia por isso. Possuí 18 anos.
Pokémon Oficial - Gyarados. (Seu destino até então é desconhecido)
Pokémons Revelados: Gyarados. (Tomo)
Status: Primeiro Turno completado, Geminos. 250 pontos acumulados.


~-x-~



Spoiler:
Gonryu - Os Cinco Dragões. Rehza_by_zombiesmile-d4qwl3b
Rehza: Famoso guerreiro de Suna. Seu clã tem o costume de fazerem feridas em suas costas com estacas em chamas, também é conhecido como 'Pele de Dragão'. É um ritual para transformar o adolescente num homem de verdade. Não demonstra seus sentimentos e é fortíssimo. Aparentemente se inscreveu para salvar seu povo, já que o dinheiro e influencia de um campeão de Gonryu, poderia re-construir a estrutura e o governo fascista de Suna. Foi morto sem piedade por Ryuzaki e Suiguetsu.
Pokémons Revelados: Hitmonlee. (Hiro) (Seu destino até então é desconhecido)
Status: Morto no primeiro turno, Incipios.


~-x-~


Spoiler:
Gonryu - Os Cinco Dragões. Goldie_by_zombiesmile-d3yvgfp
Haruka. Uma bela e dócil menina de dezoito anos. Não deixe a aparência da linda garota lhe enganar, a mesma é uma lutadora que estuda os movimentos de seu oponente para assim finalizar a luta o mais rápido o possível. É bem fraca comparada á outros lutadores. É especialista em Pokémons selvagens, sendo que as cicatrizes em seu rosto foram ao tentar domar um. Sua história é desconhecida e mantém uma estranha relação com Okiru, mesmo sendo apenas negócios e sem apego emocional. Não está na competição nem pelo dinheiro nem pela fama. Atualmente encontrou Mizuni desabilitada.
Pokémons Revelados: Zoroark.(Hanna)
Status: Geminos.


~-x-~


Spoiler:
Gonryu - Os Cinco Dragões. _Wanderer__by_Delano_Laramie
Okiru. O primeiro treinador a vencer na competição deste ano. É calado, mas é estrategista. Especialista em venenos, usa os mesmos para auxiliar suas vitórias. Como revelado, seu primeiro Pokémon usado foi uma Arbok. É membro de um clã secreto das cinco ilhas, onde o mesmo não tem uma base oficial. Possuí a lendária Presa de Pendoraa, uma adaga que causa o envenenamento imediato com apenas uma perfuração. Seu objetivo é matar Dracco e acabar com a competição, para isso precisa de Haruka. Atualmente encontrou Mizuni desabilitada.
Pokémons Revelados: Arbok (??), Scolipede. (??)
Status: Primeiro Turno completado, Geminos. 250 pontos acumulados.



~-x-~


Spoiler:
Gonryu - Os Cinco Dragões. Sketch_for_Bjizzle85_by_Delano_Laramie
Marcus. O veterano. É o único competidor que já participou de um torneio e saiu sem ferimentos fatais ou graves a ponto de desistir. É o seu segundo torneio e está decidido em vencer. É conhecido por ter derrotado criaturas lendárias, como Zapdos e Zekrom. Mesmo com tanta força e fama, foi humilhado por Akari. Mantem o evento em segredo, mesmo podendo desqualificar a jovem. Prefere manter em silêncio por ter sua honra manchada por uma garota. Arrogante e frio, traiu Ryuzaki, dando vários tiros nele enquanto ele estava preso na dimensão 7 de Hiroga.
Pokémon Oficial: Infernape.
Pokémons Revelados: -
Status: Morto



~>x<~



Spoiler:
Gonryu - Os Cinco Dragões. Tk5kYlO
Hiroga. O sonhador. Seu passado e presente são praticamente desconhecidos, sendo que para milhares, essa é a sua primeira aparição. É estranho, não demonstra reação alguma, nenhuma emoção. Calado, sempre foca o olhar no vazio. Sua força e habilidades até agora são desconhecidas. É fascinado pelo mundo espiritual, criou sua própria dimensão com ajuda de Raigan-Sama. Manipulou Katherine com os poderes psiquicos de sua Gardevoir e teve relações sexuais com a Katherine. Parece ser obsecado pela bela. Foi atacado por Ryuzaki e Marcus, mas sobreviveu.
Pokémon Oficial: N/A
Pokémons Revelados: Druddigon (??) , Raikou (??), Gardevoir (Elizabeth)
Status: Primeiro Turno completado, Geminos. 250 pontos acumulados.






~Não participantes do torneio~




Spoiler:
Gonryu - Os Cinco Dragões. FYdtTiv
Dracco. Sádico, corrupto, psicopata. Esse é o representante dos cinco dragões, filho legitimo do já falecido Hizashi, o antigo líder. Seguindo os passos do pai, quer espalhar a paz entre as quatro nações, porém do seu jeito, deixando o evento mais sangrento o possível. Não sente remorso, tristeza nem nada pelos mortos que assiste de camarote. Ele adicionou a regra em matar o oponente para obter mais pontos, e está disposto em fazer de tudo para o dinheiro apostado em sua liga aumentar.



~>x<~


Spoiler:
Gonryu - Os Cinco Dragões. RZakp1b
Zero. Braço direito de Dracco, um 'homem' fortíssimo que apenas obedece a Dracco, seu chefe. Usa uma armadura metálica, que junta a sua personalidade de serventia a qualquer custo ao mestre, se assemelha muito a um mero robô. Não recusa uma ordem e não pensa duas vezes em executá-la. É um membro importante para que os ideais de Dracco vão além do alcance.



~>x<~



Spoiler:
Gonryu - Os Cinco Dragões. 4jxcbVk

Mellody. Filha de Dr. Stephen, o homem que salvou a vida de Ryuzaki, Katherine e Hiroga. Uma menina inocente e alegre. A profundidade de sua personalidade ainda é desconhecida.[/spoiler]






~Imagens~


    Imagem de como Raigan-Sama se apresenta:


  • Raigan-Sama. Gonryu - Os Cinco Dragões. PkGzXfg
  • Druddigon, ataque que Hiroga utilizou.:
    Gonryu - Os Cinco Dragões. NZSxoj5

    Druddigon, ataque que Hiroga utilizou para finalizar a batalha.






    ~Criaturas~






  • Bom, serão uma espécie de 'fakemons', embora que não sejam. Todas as criaturas embaixo, serão uma raça ou espécie alternativa de um animal já existente. Por exemplo um Dálmata e um Labrador. São ambos cães, mesmo sendo de raças diferentes. Alguns serão mais agressivos, terão poucas mudanças ou serão diferentes. Lembrando que serão muitas essas raças alternativas, porém eu irei postar a imagem de algumas. 












Scyther Zumbidor Alado:


    São mais comuns e velozes. Tem o dom de voar em altas latitudes. Prefere lugares quentes e úmidos, mas mesmo assim há um grande número desses espalhados pela ilha de Genki e pelo mundo afora. São carnívoros e canibais, chegando a matar parceiros após o coito e até mesmo os filhotes que não escaparem a tempo. Sua lâminas são longas e leves, e costuma perfurar suas presas.


  • Gonryu - Os Cinco Dragões. Scyther_by_lordrhino15-d3cfawc





  • Scyther Alfa de Akai:



    Uma espécie exclusiva de Gonryu, ameaçada de extinção. São predadores fortíssimos, e podem cortar até tronco de árvores com suas poderosas e pesadas lâminas. São raros por preferirem climas frios, e são pesados demais para poder voar em longas altitudes. São verdadeiros monstros, se alimentam mesmo quando estão satisfeitos, apenas pelo prazer de matar sua presa, fazendo assim serem pesados - porém, ainda velozes. São raros, porém dificílimos de matar graças a sua carapaça pesada, que chega a ser comparada a de um Scizor ou qualquer criatura de pedra. Estão no topo da cadeia alimentar, mesmo em poucos números de sua espécie.

    Gonryu - Os Cinco Dragões. Scyther_by_prolificpen-d47nl1h



    Primisect:

    Gonryu - Os Cinco Dragões. Genesect___primisect_by_hopelessparadox-d3bhhqj

    Uma raça pré-histórica que ficou no topo da cadeia alimentar há milhões de anos. Era uma criatura quase perfeita, sendo veloz, forte e tendo uma carapaça que a protegia contra a mudança de clima e até de ataques de outros predadores. Foi extinto por ser extremamente agressivo, a ponto de ser canibal e matar seus próprios familiares, e pelo fato de serem pesados demais, morrendo afogados durante muitas tsunamis que ocorreram no passado.

    Primisect
    Paleozoic Pokémon
    Type: Bug/Rock
    Ability: Huge Power or Intimidate
    Height: 5'07"
    Weight: 355.7lbs










    ~>x<~
    Mapa de Gonryu
    Gonryu - Os Cinco Dragões. Y0hqyvA



    ~>x<~
    Detalhes (Incompleto)

    Nota: Futuramente poderei até fazer uma Fan Fic mais clichê baseada nesta região, pois os ginásios e cidades serão um pouco, bem, inúteis. Logo aconselho a vocês não lerem as informações abaixo, pois além de ENORME, elas não irão fazer diferença nenhuma. Foram apenas detalhes adicionados por puro prazer. Além de tudo, está incompleta. Ha

    Spoiler:

    Gonryu - Os Cinco Dragões. JCjpozs
    Goryu (Cinco Dragões)
    Primeira ilha - Akai (Reshiram)
    Cidades:
    1. Aburi - A primeira cidade fundada na ilha, sendo a mesma uma vila baseada na ecônomia rural. Possuí um famoso caís, reconhecido por fazer a vila Aburi ser uma grande exportadora pecuária. Como uma vila rural, há vários pastos e fazendas que constituem a mesma. É famosa pelos seus deliciosos Tofus Fritos.

    2. Tsuki - A cidade litorânea. É grande e se localiza em uma enorme praia, onde há várias competições de surf. Há um grande ginásio de água chamado 'Fluxo Lunar' que é considerado impossivel ser vencido devido a ilha Akai ser baseada em Pokémons de fogo e terra. Sua maior fonte de ecônomia são os fundos do ginásio, e o comércio de Krabbys e Shellders - Que são vendidos por um preço absurdo.

    3. Osoku - A cidade quieta. Conhecida por ser calma e silênciosa, é muito raro escutar algum barulho alto e fora do comum. Se localiza em uma floresta, próxima de um grande lago, cuja a lenda diz que 'Gyananyus', um enorme Gyarados está adormecido. Por essas superstições e pelo folclóre, é inadmíssivel as regras de serem quebradas - as mesmas se focam no silêncio e na fúria, sendo uma cidade pouco movimentada e serena. Sua ecônomia se basea na exportação de laranjas e tecido. Reconhecida por vender Pokébolas especiais e ter uma floresta rica em Pokémons. (Reza a lenda que o Gyarados gigante poderá despertar de seu sono com barulhos desnecessários e a presença de fúria no local, na qual ele se alimenta.)

    4. Atsuichi - O oposto da anterior. A cidade ao redor de um vulcão que mesmo ativo nunca entrou em erupção. A tensão dos moradores misturados com o calor e o trabalho com minerais preciosos fazem ser uma cidade mal-humorada, inquieta e rude. Tendo cidadãos mal educados e egoístas é reconhecido por sua exportação de pedras preciosas e minerais como ferro.  Aqui também é localizado o ginásio 'Tocha Escaldante', líderado pelo filho do prefeito da cidade.

    5. Midori - A cidade dos campos abertos. São amigáveis e possuem um grande movimento urbano. É famoso por ter um gigantesco ginásio, 'Hibiscus', um ginário de grama que é considerado o melhor para se começar por ser um tipo que leva desvantagens à maioria dos habitantes da grande ilha Akai. Mesmo sendo urbana, possuí várias fazendas que exportam trigo e carne. Possuí um grande mercado de Eevees, que também são asburdamente caros.

    6. Himitsu - A cidade do azar. É conhecida por ser sempre noite graças ao enorme número de gigantescas árvores que tapam a luz solar. Aqui também se encontra o segundo ginásio considerado impossivel, porém sendo o mais difícil de ser encontrado e desafiado, devido à sua localização e à intimidação que é causada nos treinadores. Não possui muito movimento rural mesmo se localizando dentro de uma floresta, muito pelo ao contrário, é uma cidade urbana com grande atividade noturna, sendo famosa por seus cassinos e tráfico drogas e armas. O ginásio chamado de 'Unlucky Drawn', é conhecido por ser absurdamente díficil de ser vencido, é líderado por um líder errante, que ganhou o cargo após vencer o líder anterior.

    Segunda ilha - Usotsuki (Flygon)

    7. Uayama - A montanha celeste. A cidade se encontra num monte tão alto que não se pode ver o seu pico. Dizem que no topo há o ginásio 'Plumas Pesadas', que se concentra na vantagem e desvantagens dos pesos dos oponentes e da gravidade do ambiente. A cidade em sí é pobre e sua maior renda é baseada em um museu dentro da montanha e aos desafios do ginásio. Na mesma, possuí uma gigantesca cachoeira que cria o rio em que a Zona Safari se encontra.

    8. Tsugi - A cidade do próximo. É conhecida por se concentar em caridades e por possuir a grande Zona Safari. É bem rica. Também é conhecida como o centro das cartas, focada em Pidgeys e Pidoves correios. Exporta madeira, papel, frutas e também vegetais.

    9. Suna - A cidade miragem, localizada num desérto denso, é uma cidade pouco povoada e movimentada. Sua econômia se concentra apenas no ginásio em seu centro - que também não possuí um nome -, e pode ser bem díficil ser vencido. Uma cidade perigosa, já que muitos treinadores que não seguem a rota acabam se perdendo - e em alguns casos, até morrem desitratados.

    Terceira ilha - Renkiyu (Zekrom)
    10. Denki - A fonte. A ilha mais distante dos cinco dragões, conhecida como a fonte da eletricidade. Possui um gigantesco gerador em seu centro, onde o mesmo distribui eletricidade para as outras quatro ilhas através de enormes canos submersos no mar. Devido à grande energia e estática produzida, atraí muitos Pokémons elétricos como Chinchous, Lanturns, Emolgas, Tynamos, Eelektriks e Stunfisks.
    É a cidade mais rica e possuí uma diversidade incrível de Pokémons que se alimentam de eletricidade. Também é famosa por construir sistemas de segurança, como Voltorbs, Electrodes, Magnemites e Magnetons, exportando os mesmos. É uma cidade histórica, famosa por ter capturado os lendários Zapdos e Zekrom para obter fontes ilimitadas de energia. Quase obteram o lendário Raikou, porém falharam na tentativa. Para finalizar, é o lar do grande treinador Marcus "Shade" Sulliver, conhecido como o melhor treinador de toda região, e o herói que capturou Zapdos.

    Quarta ilha - Samuifuu (Kingdra)
    11. Gotsu - A cidade do frio. Localizada na terceira maior ilha, é onde o ginásio de gelo se encontra, o famoso 'Ultimo Súspiro do Norte'. Muitos podem achar que o mesmo é fácil, já que Pokémons de fogo, terra, lutadores e pedra levam grande vantagem, mas se enganam. A cidade é conhecida por possuir 'Kimui', uma rara substância que se assemelha à gelo em todos os aspectos, exceto por um: Ele não derrete e não é feito de água. Ele é uma rocha que por mais estranho que seja, produz uma energia própria que faz a mesma ser gelada, escorregadia e emitir frio. Por essa razão, essa cidade possuí muitos sciêntistas que tentam decifrar mais sobre a mesma. É grande exportador de Kimui, material único do local.
    Também é a ilha que possúi o maior porto, onde milhares de navios foram construídos, inclusive o 'Carracosta 7.3', o navio em que se ocorre a primeira etapa da grande liga.
    Outro fator interessante, que chama a atenção de muitos turistas ao redor do mundo, é o seu coral numa zona quase abissal submersa à ilha. O mesmo é rico em Pokémons raríssimos como Huntails, Gorebyss, Kingdras e Dragonair. Por ser uma zona muito funda, só é possível chegar à mesma por submarinos que se encontram no porto 'Gyananyus', e apenas para observação - Ainda não foi implementado um sistema de capturas para preservar as espécies que estão adaptadas aos oceanos gelados da região.

    Quinta ilha - Genki (Hydreigon)
    Mesmo não sendo a ilha mais distante, ela é a ultima listada nos mapas. Motivo? Ela não possuí nenhuma cidade. Não por questões de preservação, mas sim por possuir uma floresta monstruosamente perigosa. Aqui vários treinadores treinam ilegalmente, e raramente voltam sorridentes ou satisfeitos. Há uma lenda - que muitos confirmam ser verdadeira - que um enorme Hydreigon verde com penas roxas vive aqui. Maior que os demais, ele se alimenta de outros Hydreigons menores.
    Por ser perigosa, essa ilha possuí um enorme número de navios patrulhando a mesma - afastados em uma grande distância, por segurança - para assim impedir treinadores teimosos de se aventurarem na mesma. Caso um seja pego tentando entrar, ele é repreendido com 10 pontos negativos em seu trainer card. Se ele for pego sucessivamente em uma tentativa futura, seu cartão é confiscado, logo, seus Pokémons também.


    Áreas especiais (Númeração Amarela)
    1. Floresta de Osoku - Uma floresta quieta e pacífica, um lar para diversos Pokémons selvagens. Se você adentrar nela, serão grande as chances de encontrar frutos, Pokémons insetos e normais - como Aipons e Caterpies. Se tiver sorte, poderá encontrar Pinsirs, e em raras ocasiões, um Scyther descuidado que se perdeu do bando. Mesmo carnivoros, os Predadores que vivem na mesma são totalmente silênciosos e só matam se necessário, para se alimentar. Porém, atacarão sem hestiar tudo aquilo que fazer algum barulho que quebre a harmônia do local, o que mostra que não são só os humanos que levam a lenda de 'Gyananyus' a sério. Um lugar perigoso para se aventurar a noite e sozinho, devido ao grande número de Scythers famintos, porém é um lugar calmo se você souber respeitar as regras da natureza e não baixar a guarda.
    Possui um grande lago onde 'Gyananyus' está adormecido no fundo. Porém poucos turistas vão até lá, devido se localizar no centro da floresta - Onde Pokémons fanstasmas chamado Duskulls vagam entre as árvores, se alimentando dos seres vivos que demonstram medo ou gritam ao se assustarem. Em alguns eventos, como noites de lua nova, alguns Duskulls flutuam até as cidades para se alimentarem de gritos de crianças. Por isso que na maioria das casas está hospedado um Houndour ou um Purrloin, criaturas noturnas que sentem a presença e são temidos por Pokémons fantasmas. Mesmo com essa proteção, dias de lua nova costumam deixas os moradores trancados dentro de suas casas.

    2. A caverna dos Onix - Como o próprio nome diz, é uma caverna onde grande número de Onix vivem. É um grande atalho para ir de Osoku à Midori, porém é bem perigosa. Caso tenha algum Pokémon que produza luz, ou alguma lanterna bem forte, poderá tentar arriscar e atravessar a mesma, pois Onix tem olhos muito sensíveis e evitam o máximo a iluminação. Logo, a luz poderá afásta-los... Ou irritá-los ainda mais.

    3. A velha mina - Se você andar ao sul de Atsuichi, ao subir a enorme montanha que cruza o continente, você poderá encontrar uma velha mina abandonada. Ela é famosa por conter minérios valiosos e ser rica em quantidade de ferro e carvão. No entanto, foi abandonada por um motivo: Ela é o lar de muitos Misdreavus e Sableyes que brigam entre si constantemente. Por se alimentar de diamantes e outras pedras Misteriosas, Sableyes tem os olhos petrificados semelhantes às mesmas que podem ser encontrada sendo produziadas por seu corpo, tal motivo pode ser prestigioso para humanos que capturam ilegalmente esses fantasmas e retiram as pedras de seu corpo, porém, isso deixa o mesmo cego. Assim, eles são pouco precisos, mas ainda são perigosos, eles além de se alimentarem de diamantes, também se alimentam de Misdreavus, que são atraídos pelo brilho das pedras preciosas.
    Você pode tentar a sorte e ficar rico aqui, ou poderá simplesmente ser atacado e cavar seu próprio funeral. No entanto, um homem conseguiu atravessar essa mina e percebeu que ela é interligada com a caverna dos Onix. Ele afirma que sobreviveu apenas quando se livrou das jóias que pegara, assim escapando dos Pokémons fantasmas que o perseguiam.

    4. O coração de Akai - Assim como 'Os Pulmões de Akai', o 'Coração' é uma floresta localizada ao norte do continente. Honrando seu nome, essa floresta possuí grande diversidade de Pokémons exóticos e únicos. No primeiro dia de verão, é possivel ver a ave lendária, Moltres, cruzar essa parte da ilha, sendo um evento raro que reúne milhares de turistas. Neste período, em ocasiões muito raras é possível encontrar Pedras de fogo escondidas.

    5. A cordilheira púrpura - O enorme conjunto de montanhas que separa o continente Akai é considerada uma das grande maravilhas do mundo, não apenas por ser bela, mas pelo raro evento que ocorre uma vez por ano no dia 24 de abril que dura até maio - a época de acasalamento de Ledians, Pokémons que não são encontrados nessa região.
    Também é o camino para Midori, e há pontos comerciais como vendedores de pedras preciosas, restaurantes, e campos de batalha para lutas amistosas. Também é o local mais seguro de se obter Pokémons rochosos como Geodudes, Gravelers e Nosepass, por meio de comercialização com vendedores.
    Gravelers são muito cobiçado por seu porte forte e resistênte e por seus quatro braços, é um Pokémon perfeito para aventureiros que querem explorar lugares rochosos e montanhosos. Além de ser perfeito para segurar suprimentos e itens pesados, também se alimenta de rochas. Suas papilas gustativas não são nada sensíveis, assim se alimenta de praticamente qualquer coisa sólida. Seus orgãos são petrificados, e apenas sacia sua sede uma vez por semana, aguentando até um mês de sede.

    6. A praia de Tsuki - Um dos pontos turísticos mais acessados do continente, se não for o tal, devido seu comercio de Krabbys e Shelders, além de competições de Surf e seu Ginásio Aquático. É um paraíso tropical. Areias finas e brancas, palmeiras e coqueiros, águas limpas e claras, é um lugar lindo.
    Além de não possuir uma movimentação urbana, é bem produtiva. Com o dinheiro arrecadado do ginásio, foi construída uma reserva para Pokémons em riscos ambientais, como Exeggutors (Cobiçados por suas folhas amargas, ricas em nutrientes que curam dor de cabeça.), Slowpokes (Caçadores os capturam para arrancar suas caudas, que são deliciosas, além de possuir um efeito analgésico.) e Lapras (Pokémons conhecidos por entender a linguagem humana claramente. Quando capturados, geralmente possuem seus cascos e seus chifres arrancados para artezanato.




    Well, deu um trabalhão para fazer está Fan Fiction não-oficial e bem clichê. Mas espero alguns comentários, ainda hoje eu irei postar o primeiro capítulo dependendo dos comentários. Por favor, não joguem pedras em mim haha... É a minha primeira Fan Fiction. Tentei deixar o mais organizado, menos cansativo e mais explacativo que pude. Caso eu tenha violado alguma regra, por favor, me informem. Agradeço desde já... Um abraço forte. (:

    ~Rush.






    ~>x<~
    Volume I - Gyarados.

    Prólogo
    Primeiro
    Segundo
    Terceiro
    Quarto
    Quinto


    ~>x<~

    Volume II - Cinzas

    Sexto Capítulo
    Sétimo
    Oitavo
    Nono
    Décimo
    Décimo Primeiro

    ~>x<~

    Volume III - Memória

    Décimo Segundo
    Décimo Terceiro
    Décimo Quarto
    Décimo Quinto
    Décimo Sexto
    Décimo Sétimo
    Décimo Oitavo



    ~>x<~

    Volume IV - Melancolia

    Décimo Nono
    Vigésimo
    Vigésimo Primeiro 
    Capítulo Vigésimo Segundo
    Capítulo Vigésimo Terceiro
    Capítulo Vigésimo Quarto
    Capítulo Vigésimo Quinto[Final.]



Última edição por Rush em Qua 4 Fev 2015 - 16:43, editado 66 vez(es)
Rush
Rush
ABP Mod
ABP Mod

Masculino Idade : 25
Alerta Alerta :
Gonryu - Os Cinco Dragões. Left_bar_bleue0 / 100 / 10Gonryu - Os Cinco Dragões. Right_bar_bleue

Frase pessoal : Agora você não tem mais waifu!


Voltar ao Topo Ir em baixo

Gonryu - Os Cinco Dragões. Empty Re: Gonryu - Os Cinco Dragões.

Mensagem por BelphegorP em Ter 28 Ago 2012 - 22:24

Que coisa desorganizada... Poderia ter se esforçado, né?

1- Coloque os personagens em somente um spoiler, e tente ter uma imagem ilustrativa pequena dos personagens. Pra que aquele tamanho? Mas se quiser fazer uma grande mesmo assim, coloque um spoiler dentro do spoiler.

2- Notas do autor, se forem assim outro spoiler

3- Ah, não me atrai muito, vou ver.

4- Pergunta: você não postaria o primeiro capítulo se ninguém comentasse, é isso? Meu caro... não vou nem falar sobre isso.

Dica: veja o layout de fanfics do fórum, vai te ajudar MUITO

E outra: não é permitido a criação de tópicos para fics sem capítulo ou prólogo, leia as regras e depois venha aqui...

________________
Gonryu - Os Cinco Dragões. Scaled.php?server=89&filename=belphegorsignuj
Gonryu - Os Cinco Dragões. BDuQxFvX0DuJ6DZi0DvD1
Gonryu - Os Cinco Dragões. BDuQ4GZr1FvX6DZi0DvD1Gonryu - Os Cinco Dragões. BDuQ4GZi1Dvi6DZi0DvD1Gonryu - Os Cinco Dragões. BDuQ3DvN3Dvi6DZi0DvD1
Cliquem e ajudem meus preciosos!
Gonryu - Os Cinco Dragões. The_legend_of_zelda_fanbar_by_giaradex-d4hdtoc
BelphegorP
BelphegorP
Membro
Membro

Feminino Idade : 28
Alerta Alerta :
Gonryu - Os Cinco Dragões. Left_bar_bleue0 / 100 / 10Gonryu - Os Cinco Dragões. Right_bar_bleue

Frase pessoal : Já viu o Sem Rosto? Olhe para trás.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Gonryu - Os Cinco Dragões. Empty Re: Gonryu - Os Cinco Dragões.

Mensagem por SebLynnch em Ter 28 Ago 2012 - 23:48

Não acho que o tópico esteja desorganizado.

Bem, me pareceu uma fic interessante. Uma pena que não tenha prólogo ou primeiro capítulo para termos certeza. (E como a Belphegor citou, isso é proibido, sugiro consertar isso logo, querido :/)

Boa sorte ^-^

________________
Gonryu - Os Cinco Dragões. Pokemon_trainer_n_signature_by_galukxys-d333wsj
SebLynnch
SebLynnch
Membro
Membro

Feminino Idade : 27
Alerta Alerta :
Gonryu - Os Cinco Dragões. Left_bar_bleue0 / 100 / 10Gonryu - Os Cinco Dragões. Right_bar_bleue

Frase pessoal : You and him are as different as day and night.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Gonryu - Os Cinco Dragões. Empty Re: Gonryu - Os Cinco Dragões.

Mensagem por Luna em Qua 29 Ago 2012 - 23:00

Não tem nada de desorganizado ai, adorei as arts dos personagens e suas personalidades, porém vocÊ me deixou com água na boca pelo Prólogo ou Capítulo 1.
Luna
Luna
Membro
Membro

Feminino Idade : 23
Alerta Alerta :
Gonryu - Os Cinco Dragões. Left_bar_bleue0 / 100 / 10Gonryu - Os Cinco Dragões. Right_bar_bleue

Frase pessoal : Bring the Noize


Voltar ao Topo Ir em baixo

Gonryu - Os Cinco Dragões. Empty Re: Gonryu - Os Cinco Dragões.

Mensagem por Rush em Sab 1 Set 2012 - 15:11

Resposta aos comentários -
Spoiler:
@BephegorP: Well, agradeço as críticas mesmo sendo um pouco rude, risos. Eu realmente me esforcei bastante para criar o mapa da região e detalhar cidade por cidade - mesmo citando anteriormente que iria ser tudo inútil para esta FF - e sinto muito caso tenha lhe desapontado, irei melhorar com o tempo, por isso peço paciência e que você continue criticando-me e apontando os erros. Muito obrigado, continue lendo! (:

@SebLynnch: Haha, Sou o que chamamos de newbie, sinto muito! Eu não sabia que era obrigatório postar um prólogo/primeiro capitulo durante a criação do tópico, e também agradeço pelos elogios. Fico bem contente que tenha achado interessante, e por favor, continue lendo para poder ver como está! Haha Muito obrigado! (:

@Lisanna: Fiquei muito feliz que você tenha gostado das Art Works e das personalidades de cada personagem, isso me deixa muito satisfeito mesmo em continuar está fic! Porém, não sei se eu irei lhe agradar com cada consequência destinada pelas ações de cada treinador, mas enfim, tire suas próprias conclusões lendo os próximos capítulos, se você desejar, e claro! Hahaha, muito obrigado e continue lendo! (:




GONRYU - A CRÔNICA DOS CAMPEÕES ESQUECIDOS



Frio. Tenso. Descontrolado. Não podia pensar, muito menos respirar. Aquele momento sufocante parecia não passar. Cada segundo se transformara em minuto, e o minuto em hora. Era horrível. Não sabia o porque. Havia se preparado tanto, treinado tanto para esta ocasião em especial. Vencera oponentes considerados oniponentes. Presenciou aventuras dignas de serem cantadas por bardos. Poderia escrever um livro  relatando passo a passo de sua jornada, deslize por deslize. Desde que deu seu primeiro beijo após perder a sua primeira batalha, até quando perdeu sua virginidade quando ganhou do oitavo ginásio de Gonryu.

Nada disso parecia importar no tão esperado momento. Foi tudo em vão. Tudo passado. Agora, já era um adulto. Já teria de provar seu talento, provar seu conhecimento. Testar sua ousadia, sua persistência, confiança.


- Pff... - Suspirava, fechava seus olhos cujo possuíam a íris amarela. Mordia seus lábios com força, fazendo seu rosto tremer por pouco tempo. Sentia o vento bagunçar os fios de seu cabelo negro desarrumado. Sentia balançar a sua camisa xadrez vermelha de flanela que
o esquentava naquela fria noite de inverno. Nevava, ainda por cima. Cada suspiro podia ser visto com a fumaça do cigarro saindo de sua boca. Estava farto de tanta insegurança.


Suas calças jeans também balançavam com aquele vento, que parecia só querer atrapalhar um dos momentos mais importantes daquele mesmo jovem adulto treinador. A brisa trazia flocos de neve que atingiam o rosto do rapaz, ainda mantendo seus olhos fechados, apenas apreciando a paz que seu cigarro lhe trazia. Era a única coisa que aliviava a ansiedade do que estava por vir.

Suavemente deslizava a sua mão esquerda para dentro de seu bolso a procura dos itens de captura que todo treinador possuía. Alizava seus dedos na superficie daqueles esferas vermelhas, dando um sinal para seus Pokémons que ele ainda estava ali, mesmo eles estando dentro de suas Pokébolas. Três para ser exato. As regras da liga desta região não permitiam mais de três Pokémons por treinador, para assim preservar os mesmos.

Puxava o ar com força, enchendo seus pulmões com aquele ar gelado, juntando a coragem necessária conforme os flocos de gelo caiam sob seu ser. Chegava em seu estado Nirvana. Sua bipolaridade o assustava. Era tudo tão frágil, tão complexo. Nada era é igual, tudo se transformava em apenas segundos ao momento que os flocos gelados refrescavam sua face.

Agora, estava relaxado. Abria um sorriso lentamente enquanto abria os olhos na mesma velocidade. Observava a porta de madeira na sua frente, estendia sua mão a maçaneta fria e a pressionava girando, abrindo e entrando no local aquecido.

Balançava sua cabeça, retirando o gelo de seu cabelo molhado. Rapidamente o mesmo já tomava forma, mesmo estando bagunçado, ficando num estilo próprio conhecido pelo rapaz, que já era ícone da região. Ao entrar naquele local, desviava a atenção da maioria das pessoas do local. Aquilo era uma espécie de restaurante, um restaurante bem chique e caro pelos detalhes de seu interior. Tapetes vermelhos, mesas e cadeiras de madeira esculpidos a mão. Panos e tecidos. Garrafas de vinho de alta qualidade. Nas mesas, podia se sentir o cheiro saboroso de Farfetch'd grelhado junto de alho poró e batatas assadas. Também era notável os Corphish cozidos, uma delícia para uns e um ato doentio para outros. Isso não importava para o rapaz de olhos amarelos, ele iria comer o máximo que puder esta noite. O jantar oficial dos campeões de Gonryu - uma espécie de cerimônia feita a todos os participantes da liga oficial da região. Um evento realizado de quatro a quatro anos.

O local era realmente bem chique e trazia bem estar ao jovem. Podia escutar 'Beyound the Sea' sendo tocada por uma banda no canto do lugar. Eram excelentes ainda por cima, um cover muito bem feito.


- Não precisa se apresentar, já sei quem você é... Senhor Akaime Ryuzaki.- Dizia uma voz suave e adorável fêminina. Era da recepcionista do local, que era uma garota muito linda. Loira de olhos azuis, fios lisos, traje formal. Só contribuia para a beleza do local.

- Heh. - Dizia abrindo um sorriso maroto. Sua voz era agradável, rouca e era bem elogiada por amigos, já estava farto de escutar opiniões insinuando-lhe que o mesmo deveria ser cantor. Ele então ficava um momento apreciando a beleza da recepcionista e logo volta a realidade.

- Sua mesa já está o esperando, senhor Akaime! - Criava um sorriso simpático ao mesmo tempo em que seus olhos se fechavam. Um gesto com a mão era feito, indicando que era para o rapaz entrasse mais a dentro do mesmo para avançar em seu cômodo reservado, que era vísivel do local onde estava, uma mesa para dois. Uma jovem parecia o esperar. - É a número 23. - Terminava, dando um cartão, uma espécie de indentificação para provar que ele tinha reservado o local desejado.


Ficou surpreso com o trabalho bem feito e prestativo, havia sido tratado com respeito e com muita atenção. Fazia um sinal com a cabeça e abria mais seu sorriso, que iam de orelha a orelha. Era possível ver seus caninos que pareciam ser mais desenvolvidos que o normal. Seus dentes eram amarelados, ainda brancos, mas aquilo era um dos únicos defeitos da aparência do belo rapaz. Ele então avançava o passo, ainda segurando seu cigarro com a boca - ignorando as placas que diziam 'proíbido fumar' e não sendo repreendido por ter uma fama notável.

Olhava ao seu redor. Olhares feios, raivosos, desafiadores e invejosos eram muito comuns das pessoas que lá haviam. Todos acompanhados e treinadores como ele. Não passavam de sessenta e quatro, mas mesmo assim eram muitos. Também pareciam nervosos, ninguém sabia ao certo o que era aquele jantar. Era uma espécie de cerimônia, um jantar pago pela federação da Liga nacional de Gonryu para a apresentação dos grandes conquistadores das oito insignias da região. Uma apresentação dos participantes, dos desafiadores. Um daqueles sessenta e quatro treinadores seria o grande campeão. O treinador que iria representar o país, um herói nacional e reconhecido internacionalmente.

Aquele era apenas um dia após a abertura da Liga Oficial das ilhas unidas. Um evento que era realizado de quatro em quatro anos, uma competição que testava a força de jovens das quatro ilhas. Um importante evento, de fato o mais importante que iria durar duas semanas, terminando na virada de ano - término de Dezembro e início de Janeiro.

Ao chegar em sua respectiva mesa, ele se deparava com uma linda jovem de cabelos alaranjados e olhos claros. Usava um vestido negro que realçava sua cintura e mostrava seu corpo esbelto e lindo, o que despertava o desejo de alguns homens que estavam presentes ali. Ela sorria ao ver Ryuzaki se aproximar e sentar em sua mesa, o rapaz retribuía com outro sorriso maroto. Antes de sequer falar alguma coisa, a ruiva estendia seus braços finos e apalpava a mão esquerda do moreno com suas duas delicadas mãos.


- Fiquei feliz em ver que você aceitou o convite pra ser o meu par. - Desabafava, corada com a situação. Alisava a mão do adulto que mordia seu cigarro, o retirando e o apagando numa taça de vidro que continha vinho dentro, jogando fora depois.

- Fazer o que né. - Em tom baixo, ria. Olhando diretamente nos globos oculares da jovem, que sentia calafrios ao este ato ser realizado, pois as íris do rapaz eram lindas, claras e numa coloração rara que nunca havia visto. Amarela. - Eu sou um canalha difícil de se conquistar. - Terminava, curvando seu corpo e se aproximando do rosto daquela linda garota.


Ela virava o rosto, rindo suavemente. Tímida com a situação. Ele sabia de sua beleza acima do padrão. Era cortejada por garotos desde sempre, porém aquele homem era diferente. Ele não se sentiu atraído com a mesma a princípio, quem havia corrido atrás havia sido ela. Estava insegura em relação ao seu ficante. Estão juntos há um tempo, ambos treinadores.

Era engraçado. Mesmo sabendo o tipo de pessoa que Akaime era, não parecia se importar. Seria a fama prematura do jovem que a fazia ser atraída pelo mesmo? Sabia que ele abusava do poder. Era egoísta, egocêntrico. Realmente, era um babaca. Mas tinha alguma coisa no fundo, bem no fundo, que atraía a mesma por ele. Não era o interesse, pois sua fama e fortuna eram praticamente equalizadas, mas talvez, as atitudes do rapaz. Sua personalidade forte. Sua espontaneidade, era imprevisível. Misterioso, e nunca demonstrava medo ou nervosismo. Era incrível, mas ao mesmo tempo, assustador.

Estava perdida em seus pensamentos, ainda olhando para os lindos olhos do moreno que sorria suavemente para a garota. Se assustava quando ele a interrompia ao limpar sua garganta com uma tosse.


- Bem, já que eu me atrasei, você deve ter tido bastante tempo para se decidir o que vai comer, não? - Falava ao mesmo tempo em que retirava um maço de cigarro de seu bolso junto a um isqueiro, e o acendia. Tragando o mesmo e aliviando seus nervos.

Tal ato chama atenção das pessoas, inclusive da ruiva que não sabia o que responder por estar distraída. Não demorou muito para escutar uma voz de um homem de mais ou menos a mesma idade, um tanto familiar. Só de ouvir tal som, sua respiração ficava pesada e quente.

- Ei, babaca! É proibido fumar, não sabe ler não? - Indagava, em tom alto. Era da mesa ao lado, que era um pouco distante para o clientes terem seu devido e merecido espaço.


Respirava fundo, e fechava os olhos. De mal humor com o mal intencionado, nem olhava pro rosto do brigão. Apenas o respondia de olhos fechados.


- E eu te perguntei alguma coisa? - Essas palavras causavam alguns risos disfarçados de treinadores próximo que podiam escutar a discussão.

- Como é? Só porque é da família de meu melhor amigo você acha que pode me faltar com respeito?! - Terminava, abrindo um sorriso.


O rapaz possuía cabelos castanhos, bagunçados. Olhos verdes. Alto. Ele se levantava em direção do mesmo, de bom humor. Pelo jeito, estava apenas fazendo uma brincadeira para irritar o colega.  Porém, Ryuzaki não havia gostado nem um pouco de ter re-encontrado tal sujeito.

Mesmo alguns percebendo que aquilo não se tratava de uma brincadeira de dois conhecidos, muitos que ouviram tais argumentos continuavam olhando e cochichando sobre a cena, apenas esperando presenciar uma briga para se entreterem e aliviarem o estresse.  


- Que foi, Akaime? Não vai cumprimentar seu amigo Ryuuji? Temos as mesmas iniciais! - O alto dizia ainda em tom alto, sentado em sua cadeira. Ele estava acompanhado de uma linda loira que parecia ser uma modelo.

- Cale a boca, você sabe que eu não gosto de você, e pare de me falar isso. Me sinto um lixo quando sou comparado a você. - Respondia secamente, dando uma pausa para beber seu vinho de alta qualidade que se encontrava naquela linda taça de vidro. Disfarçava o gosto das cinzas do cigarro anteriormente apagado, era um hábito nojento de faltar com higiene por preguiça, mas ainda sim não dava atenção para o horrível gosto.


Aquele jovem que queria apenas socializar com o colega fica em silêncio. Focava seus olhos verdes com desgosto para o moreno que não havia sequer dado atenção. Rapidamente desmanchava aquele sorriso amarelo que havia feito e se virava, vendo que sua acompanhante parecia estar com vergonha do mesmo. Ela colocava a mão sob o rosto como se quisesse dizer, "Porque você teve que fazer isso?" e disfarçava dando uma garfada no Corphish cozido em seu prato.

Já a linda menina que estava com Ryuzaki sorria, tentando segurar a risada. Fazia um sinal negativo com a cabeça, como se quisesse repreender as atitudes mal educadas do  seu companheiro.

- Você não tem jeito, né? - Fraquejava e ria timidamente.

- Ah, Mizuki. O cara é um otário. Pega mal pra mim se eu for visto conversando com ele. - Respondia sem pensar duas vezes. Ao terminar de beber sua bebida alcoólica, apagava o maço novamente.


Escutando essas palavras, Ryuuji suspirava, decepcionado com a falta de educação do rapaz. Haviam se conhecido há anos, e era tratado assim de tal forma? Mesmo sendo um bom amigo e uma pessoa que não guarda mágoas, aquilo havia sido a gota d'água.


- ...Imbecil problemático. - Eram as únicas palavras que ecoaram naquele exato momento. Por uma simples coincidência, todos haviam ficado quietos naquela curta pausa de tempo. Alguns curiosos que tentavam pescar assunto ou informações dos rivais treinadores podiam ser vistos virando o rosto, apenas querendo ter noção do que aquilo se tratava. Bem, mesmo em tom baixo, aquele insulto poderia ter soado em todos os cômodos do restaurante.


Mizuki desviava seu olhar. Sabia que aquele xingamento havia sido direcionado para o seu acompanhante. Seu coração começou a bater em disparada momentaneamente. A palavra 'Problemático'... Esse era o único ponto fraco de Ryuzaki. Era uma das poucas pessoas que sabiam que o jovem foi internado diversas vezes quando jovem, seja por curiosidade no aspecto suicida, ou por varias vezes em que levava crianças de sua idade ou até mais velhas para o hospital. Passara a infância e adolescência inteira indo em psicólogos, tomando anti-depressivos, estava enjoado de tomar carbonato de lítio, carbamazepina e ácido valpróico. Foi julgado como aberração, problemático, doente e várias outros insultos que de certa forma, fizeram grande efeito negativo no jovem.

Acariciava seus dedos na mão do rapaz. Temia que o mesmo surtasse, porém... Nada. O mesmo só ficou olhando para seu prato - ainda vazio - bem cabisbaixo. Ver o companheiro triste certamente foi doloroso, mas no fundo podia agradecer aos céus pelo pior não ter acontecido. Receava que o mesmo tirasse seu enorme crocodilo azul para atacar aquele homem alto, mas não foi o que aconteceu.


- Tsc... Não escute ele, amorzinho. - Mizuki abria um sorriso triste. Apenas para tentar animar o jovem adulto.

- Relaxe. - Respondia, desviando seu olhar para os globos oculares cor-de-mel da linda garota. - Estou acostumado a ser chamado de coisas piores. - Ria forçadamente baixinho, estampando um sorriso vazio para disfarçar sua melancolia. Porém, seus olhos podiam o entregar, sempre o entregavam. Estava vazio, sentia frio. Palavras pequenas realmente faziam um grande efeito no mesmo. Apenas pegava nos talheres, e brincava com eles para passar o tempo, aguardando um garçom para atendê-lo.


A menina deslizava seus dedos para frente, assim apalpando a mão ainda gelada - devido os flocos de neve que haviam encharcado o rapaz. Suspirava, pensando em dizer alguma coisa bonita e fofa. Sempre conseguia pensar em algo, porém, justo naquela hora não vinha nada em sua mente.


- Bem... Amanhã será o primeiro 'Round' da liga... Está nervoso, amorzinho? - Perguntava, se assustando quando percebe a mão do mesmo esquentando. Além do sangue estar fervendo dentro dele, seu corpo tremia. Seu coração podia ser escutado de longe, parecia querer sair de dentro do peito do jovem. Sua respiração ficava descontrolada, ele rangia os dentes. Naquele momento, a ruiva sabia que estava perdida.

- Fique quietinha, ta? - Devagar, abria um sorriso irônico. Segurava a mão dela com força, como se quisesse passar segurança para ela, e logo em seguida se levantava, agarrando o prato de porcelana com força.


O barulho da cadeira se arrastando para trás a força chamava a atenção de todos próximos dali. Naquela hora tudo ficava mudo para Mizuki, a única coisa que podia ser ouvido pela garota era a banda que tocava 'If I Fell', de The Beatles. Sua visão ficava em câmera lenta, podia ver passo a passo que o moreno dava se aproximando de Ryuuji  que por sua vez, ia virando o rosto para ver o que estava acontecendo.

Enquanto o refrão tocava, ela podia ver Ryuzaki erguendo os braços para o lado, ainda segurando o prato de porcelana, e jogando todo o peso dos membros contra o rosto do homem. O prato quebrava ao encostar no nariz do mesmo. A menina sabia que algumas pessoas gritavam assustadas, mas ela não podia escutar, estava travada. A única coisa que estava em sua mente era a música da banda britânica.

Ryuuji não resistiu à força do rival, e caiu da cadeira com muita facilidade. Poucos cortes são feitos na maçã do rosto e no nariz. Sangrava. A modelo que o acompanhava gritava. Não sabia o que fazer, seu coração estava disparado. Alguns treinadores ainda estavam chocados com tal ação. Alguns até riam.


- Imbecil... Problemático? - Perguntava baixinho para o rapaz caído, que tentava abrir os olhos com dificuldades. - Irei matar você se você cair comigo dentro do campo, sua bicha. - Terminava, abrindo um sorriso.


Alguns seguranças corriam até o local para segurar o moreno, antes que ele fizesse outra bobagem. O mesmo faz um sinal, falando que estava tudo bem e ele mesmo iria se retirar. Enquanto isso, outros homens uniformizados auxiliavam Ryuuji a se levantar.


- Não sou atendido por nenhum garçom, mas quando sento um prato na cara desse merda os seguranças aparecem rapidinho. É tenso, ein? - Brincava enquanto olhava para Mizuki. Ela estava ainda chocada. Sem muita enrolação, Ryuzaki retirava sua carteira e colocava uma quantia de U$750,00 na mesa. - Sinto muito, o jantar fica por minha conta. Se sobrar dinheiro, compre um Band-Aid pra florzinha ali.




GONRYU - A CRÔNICA DOS CAMPEÕES ESQUECIDOS




Notas do autor:

Spoiler:
Bem, esse foi o prólogo. Nada de chocante e nem de importante, foi mais uma apresentação da personalidade das personagens. Querendo ressaltar algumas coisas... Como dito anteriormente, cara treinador só possuí TRÊS Pokémons, mas queria informar algo a mais...

Well, em todas as histórias vocês podem notar que em batalha os treinadores são inúteis. "Mas Rush, eles precisam usar estratégia", xiu, são inúteis. Quem sofre são os coitados dos bichinhos. É bem deprimente isso. A liga de Gonryu é um pouquinho diferente... Ainda serão usados Pokémons, Porém, em diversas fases. Fases? Sim, quatro fases para ser exato:

1. - Incipios. A chamada "Introdução dos Campeões" é geralmente a mais rápida e difícil de todas as fases. Nesta, será apenas possível usar UM Pokémon por vez, com intuito de auxiliar seu mestre a nocautear o treinador rival. Sim, o treinador. Essa tão aclamada 'liga', quem lutam são os treinadores, os bichinhos só ajudam a facilitar a vitória de seus donos. Logo, a primeira etapa só poderá ser usado um por vez, com direito de substituição e trocas.

2. - Geminos. Também conhecido como 'O Par'. Como o próprio nome e lógica dizem, serão batalhas usando dois Pokémons ao mesmo tempo. Ainda com o mesmo intuito - é o objetivo de todas as etapas derrotar apenas o adversário, não o Pokémon. O único Problema, é que apenas DOIS Pokémons poderão ser usados, logo, ao contrário da fase anterior, um ficará de fora e não serão possíveis substituições.

3. - Tertius. 'O Terceiro', ou 'Os Três', mesmos objetivos, leves mudanças nas regras. Luta usando todos os Pokémons em sintonia. Geralmente é o mais demorado, uso de equipamentos nos Pokémons é inadmissível. Se o treinador quebrar algum membro do corpo, ele é desclassificado.

4. Lótus. 'O Final' ou até 'Quatro Mentes'. Geralmente só sobram 4 treinadores nesta fase. O treinador só perde caso desista ou desmaie. Se tiver algum membro quebrado, ele continua na partida. Equipamentos são permitidos, desde que não sejam armas de fogo.

Lembrando que, isso é uma mistura de 'tecnologia avançada' e 'medieval'. Logo, a liga será uma espécie de coliseu. Mortes serão comuns, porém não obrigatórias. Existe um tipo de 'pontuação'. Caso perca muitos pontos, também conhecido como 'cartões', o treinador é banido. Porém, se algum Pokémon morrer, nenhum ponto é retirado. Detalhes serão revelados com o passar dos capitulos.


Última edição por Rush em Qua 21 Maio 2014 - 13:41, editado 1 vez(es)
Rush
Rush
ABP Mod
ABP Mod

Masculino Idade : 25
Alerta Alerta :
Gonryu - Os Cinco Dragões. Left_bar_bleue0 / 100 / 10Gonryu - Os Cinco Dragões. Right_bar_bleue

Frase pessoal : Agora você não tem mais waifu!


Voltar ao Topo Ir em baixo

Gonryu - Os Cinco Dragões. Empty Re: Gonryu - Os Cinco Dragões.

Mensagem por SebLynnch em Sab 1 Set 2012 - 16:31

Ora, ora, quem diria? O capítulo ficou realmente muito bom. Encontrei alguns errinhos de gramática, mas nada muito grave ou o que uma bela revisada geral não resolva. Como, por exemplo, 'fêminina' e:

Poucos cortes são feitos na maçã do rosto e no nariz.

Acredito que o mais correto seria "Poucos cortes foram feitos na maçã do rosto e no nariz [...]".

Ah, sim. Tente deixar o texto sem a formatação que você usa para comentar normalmente. Assim quem estiver lendo não vai ficar meio perdido e a leitura vai ficar mais agradável. Só uma dica Smile

Em geral, eu gostei do capítulo pela personalidade de Ryuzaki ter sido bem trabalhada, e a ideia da Liga Gonryu ser diferente me interessou bastante. Só tem uma coisinha que me incomou:

- Imbecil... Problemático? - Perguntava baixinho para o rapaz caído, que tentava abrir os olhos com dificuldades. - Irei matar você se você cair comigo dentro do campo, sua bicha. - Terminava, abrindo um sorriso.

Se alguém simplesmente parar nesse trecho, não vai entender quem deu uma pratada na cara de quem. Eu sugiro que em alguns pontos, com um certo intervalo entre os nomes, você coloque-os novamente.

- Imbecil... Problemático? - Ryuzaki perguntou baixinho para o rapaz caído, que tentava abrir os olhos com dificuldades. [...]

É só um exemplo e uma ou duas dicas que você não precisa seguir, mas parabéns, você tem uma leitora oficial que está ansiosa por novos capítulos! :3

________________
Gonryu - Os Cinco Dragões. Pokemon_trainer_n_signature_by_galukxys-d333wsj
SebLynnch
SebLynnch
Membro
Membro

Feminino Idade : 27
Alerta Alerta :
Gonryu - Os Cinco Dragões. Left_bar_bleue0 / 100 / 10Gonryu - Os Cinco Dragões. Right_bar_bleue

Frase pessoal : You and him are as different as day and night.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Gonryu - Os Cinco Dragões. Empty Re: Gonryu - Os Cinco Dragões.

Mensagem por Pokaabu em Sab 1 Set 2012 - 17:33

Toda vez que vejo o seu "WELL" penso naquela mulher da novela... Enfim, você é muito criativo mas precisa revisar seu texto pois a pequenos erros ja citados pelo nosso amiguinho aqui em cima. Fiquei com raiva deste protagonista. Que carinha prepotente. Espero que perca a liga de uma forma bem humilhante. No mais, espero muito sangue e traições desta fan fic, vai ser uma das poucas que vou acompanhar. Pois ja estou cançado de ver a mesma história do menino treinador que econtra um pokémon e blá blá blá.
Pokaabu
Pokaabu
Membro
Membro

Masculino Idade : 24
Alerta Alerta :
Gonryu - Os Cinco Dragões. Left_bar_bleue0 / 100 / 10Gonryu - Os Cinco Dragões. Right_bar_bleue


Voltar ao Topo Ir em baixo

Gonryu - Os Cinco Dragões. Empty Re: Gonryu - Os Cinco Dragões.

Mensagem por -Murilo em Sab 1 Set 2012 - 18:28

Olá! A sua fic é fantástica! Apesar de que eu não curto muito fics dark, a história é muito bem construída e rica em detalhes. Os personagens também foram muito bem pensados, e você descreveu suas atitudes de maneira que deu pra entender como cada um é. Aconteceu alguns erros de virgula, e os outros que a Seb falou, mas nada que atrapalhasse o entendimento da história. O texto está muito bom. A narração e a descrição estão perfect. Só que eu tenho que concordar com a Seb. É bom você colocar o nome do personagem na sua respectiva fala. Ou então uma característica que dê a entender quem é que fala. Veja um outro exemplo a partir do de Seb.
Imbecil... Problemático? - O moreno perguntou baixinho para o rapaz caído, que tentava abrir os olhos com dificuldades. [...]
Usei o moreno porque você descreveu o protagonista assim várias vezes na história, então eu já saberia que é ele só em citar essa característica.

Uma dica é que você não faça um texto muito grande. Esse teve nove págs. (eu colei no word). Eu li tudo porque estava adorando a história, mas tem gente que desanima com capítulos muitos longos por achar cansativo. (e foi só o prólogo!). Eu acho que no máximo 4 a 5 págs por capítulo é bom, mesmo que pareça que não é suficiente. Boa sorte na sua fic!
-Murilo
-Murilo
Membro
Membro

Masculino Idade : 26
Alerta Alerta :
Gonryu - Os Cinco Dragões. Left_bar_bleue0 / 100 / 10Gonryu - Os Cinco Dragões. Right_bar_bleue

Frase pessoal : Pq ñ podemos fugir da realidade se ela é uma droga


Voltar ao Topo Ir em baixo

Gonryu - Os Cinco Dragões. Empty Re: Gonryu - Os Cinco Dragões.

Mensagem por Rush em Ter 4 Set 2012 - 15:52

Resposta aos comentários:

@SebLynnch: Muito obrigado! Fico muito feliz em saber que tenha gostado do Prólogo, e irei usar todas as dicas que você me deu. Irei usar a formatação normal ao postar os capítulos e agradeço por ter esclarecido isso! Estou muito contente que você tenha se interessado pela ideia da liga, o inicio é tenso, mas com o passar do tempo você irá se acostumar com tal tensão. Agradeço novamente, continue acompanhando!

@Pokaabu: Haha, muito obrigado! Bem, de criativo não tenho nada, só inovei as batalhas e acelerei o processo... Mas sangue é o que mais vai ter, você vai ficar até enjoado de ler esta palavra caso deseje acompanhar até o último capitulo! hahaha

Fico feliz que tenha gostado, e no primeiro capitulo eu tentei corrigir os erros, caso encontre, por favor, cite-os para eu poder melhorar no futuro! Muito obrigado, continue acompanhando!

@Murilo_Marcos: Muito obrigado! O programa que eu uso para escrever não é o Word e nem corrige os erros de gramática, e eu tenho a impressão que as páginas são maiores, pois cada capítulo tem em torno de 5~6 páginas... Caso esteja insatisfeito com o tamanho, me avise que eu irei diminuí-los! Acho um exagero o que disse sobre minha narração e descrição, mas fico muito feliz com sua opinião! Muito obrigado e continue acompanhando!

Nossa, fiquei muito, mas MUITO feliz com os comentários. Como é minha primeira Fan Fiction, eu fiquei muito nervoso para postá-la, mas fico contente com os comentários positivos e construtivos que vocês me mandaram, me ajudaram a ter mais motivação para continuar! Haha

Sobre o protagonista... Ryuzaki é um rapaz realmente babaca. Ele só pensa nele e em seus Pokémons, e por isso a maioria pode ter raiva dele. Mas com o passar do tempo, vocês poderão ver mais sobre sua história, e enquanto alguns começarem a se apegar a ele, outros poderão ter mais raiva do mesmo, por suas decisões no passado e no presente, portanto, peço para que não deem toda atenção á ele. Prestem atenção nas outras personagens. No primeiro capitulo, é uma explicação sobre o que está prestes a acontecer, por isso pode ser um tanto monótono.

Enfim, agradeço novamente aos meus leitores, tenham uma ótima leitura!





~>x<~






Escuro. Nada podia ser visto no local em que estava. Sentia uma suave brisa balançar os fios negros de seus cabelos. A sua paz interior estava forte e crescente. Precisava disso há um tempo, ficar só com seu grande melhor amigo.

Abria os olhos. Via a paísagem da onde se encontrava. Estava sentado no topo da cabine mais alta do gigantesco navio em que embarcava. Era nada menos do que Carracosta 7.3, o maior veículo naval já construído. Sua estrutura era tão grande que ao mesmo tempo em que transportava treinadores inscritos na liga Oficial de Gonryu, era um héliporto.

A cabine na qual apreciava a vista do horizonte marítimo, que era iluminado ao refletir as duas enormes luas que enfeitavam o céu, rodeadas com um lindo brilho vermelho causado pela Aurora Boreal, comum nesta rota graças ás baixas temperaturas da região. Era uma vista linda, uma nevoa avermelhada rodeando as duas enormes luas – a maior era da coloração branca, enquanto a menor era amarelada. As milhares de estrelas faziam o moreno se sentir tão pequeno... Era uma sensação única, uma jornada de auto conhecimento.



- Urr... - Um grunhido o interrompia de tal jornada. Desviava o olhar de suas íris amareladas lentamente para o lado. Seu fiel amigo e talvez única criatura que confiasse completamente – Seu Feraligatr - parecia estar faminto. Seu olhar dourado, semelhante ao de seu treinador olhava fixamente para os satélites naturais do planeta. O brilho refletido nas escamas e nos globos oculares do réptil mostrava os detalhes de suas escamas, de sua couraça. O contorno de seus braços, de se seu corpo azulado, revestido com algumas escamas vermelhas, eram incriveis. Parecia que o mesmo foi criado para lutar, era um caçador perfeito.

- Se acalme, Suiguetsu. - O respondia sereno. Alisava o focinho alongado do crocodilo para acalmá-lo. Muitos não ousariam se aproximar de uma criatura tão agressiva e poderosa. Qualquer proximidade de alguém, se não Ryuzaki, seria atacado pela mesma sem piedade.


O vento não hestiava. Mesmo suave, persistia. Refrescava o rosto do jovem, enquanto ao mesmo tempo, incomodava o enorme Feraligatr. Seu sangue frio o fazia adorar climas quentes. Certamente aquela região era seu habitat errado.

Mas tudo bem. Preferia ficar no vento gelado do que preso dentro de sua jaula, as famosas esferas de captura – absurdamente caras – também reconhecidas como 'Pokébolas'. Ficava agitado quando percebe que será trancado dentro da mesma, mas confia em seu mestre. Sabe que será apenas por alguns instantes.



- Está nervoso, meu Suiguetsu-Chan? - Perguntava, a vontade com seu leal companheiro. Talvez um dos poucos seres vivos com quem se sentia seguro e satisfeito. No fundo, encontrava uma incerteza se estava preparado ou não. A voz de Mizuni preocupada ecoava em sua mente. 'Pessoas morrem nesta competição.' Não importava. Não tinha medo da morte. Pelo menos é o que mostrava para os outros.

- Urr... - Respondia com o mesmo grunhido de antes. Virava seu focinho no lado lateral do rosto de seu dono, começava a fungar como gesto de carinho. Respondendo tal gesto, o moreno o abraçava com seu braço direito. Sem mudar suas expressões.

- É. A gente é muito forte. Ninguém ficará de pé no campo com a gente! - Ria maliciosamente, exibia os seus caninos afiados com um sorriso.

Logo seu Feraligatr dava um rugido, olhando para o horizonte. Ficava animado, abanando sua enorme e pesada cauda. O sol parecia nascer, o mesmo era majestoso, sua luz era refletida no mar junto ás ondas. Era lindo. Seu calor era ótimo para Suiguetsu. Sintia-se aliviado ao seu sangue frio ser esquentado.


- Heh. - Ryuzaki sorria. Estava no topo da cabine mais alta do navio. Poderia ver onde seria o campo de batalha da primeira fase da liga, que iria ocorrer a algumas horas. Balançava suas pernas e olhava para cima. As luas ainda eram vísiveis rodeadas pela avermelhada aurora boreal.




G O N R Y U – OS CINCO DRAGÕES

Volume Primeiro. - Gyarados.



Primeiro Capitulo


~>x<~


Inquietos. Uma multidão tumultuosa caminhava sob a surperficie de aço daquele gigantesco Navio. Estavam animados, podia se notar pelas comemorações, fogos de artifício, flashes de câmeras fotograficas, entrevistas, e etc. Os inscritos competidores em tal sangrento e violento evento não estavam exposto ao público ainda. Estavam se preparando em uma das salas sub-mersas do navio. Luxuosa, parecia ser caríssima. Mas era exclusiva para os treinadores, que possuíam tudo pago pelo governo.

Cerca de noventa por cento dos jovens – e veteranos – estavam nervosos. Algums se arrependiam, outros apenas suavam. Iam ao banheiro, vomitavam. Estavam muito nervosos.

Não estavam todos juntos. Possuíam várias salas enormes separadas. Desde salão de jogos, SPA, refeitórios, quartos em que eram hospedados até a academias para se manterem em forma para o torneio. Podiam parecer sortudos até esse ponto, mas eram proíbidos de iram à surpeficie, senão eram desclassificados.

Ryuzaki estava na academia, junto ao seu Feraligatr. Ele estava levantando peso deitado em uma máquina para definir seu peitoral, braços e costa. Estava sem camiseta, mostrando seu definido corpo – que também possuíam muitas cicatrizes. Ele chamava atenção das poucas treinadoras que estavam inscritas. Tímidas, elas olhavam a distância, apreciando o lindo corpo do moreno.



- Ryuzaki-Kun! - Dizia brava, sem chamar atenção do moreno, que continuava se exercitando sem olhar para o rosto da ruiva. Era Mizuni. Ciumenta, vendo que seu ficante chamava atenção de todas as garotas que passavam por lá. Ela trajava roupas de ginástica de moletom. O mesmo era apertado e mostrava as curvas da garota de vinte anos. A mesma também era desejada pelos rapazes que se exercitavam na academia, todos com inveja de Ryuzaki.

-Que foi, minha linda? - Bufava, fazendo esforço para levantar aqueles enormes pesos, sequer olhava para o rosto da jovem.
Pode me dar uma explicação sobre ontem a noite?!

Suspirava, logo ajustando o peso para poder sair da máquina. Sentado, passava um pano em sua testa, peito e costas, retirando o suor. Vendo que havia sido interrompido, Suiguetsu olhava para a jovem, rosnando caso a mesma tentasse se aproximar de seu mestre.

- Suiguetsu! Senta! - Gritava, pegando um Magikarp que estava em um dos três baldes ao lado e jogando para o mesmo. O Feraligtr abria sua enorme mandíbula e mordia o peixe ainda no ar. Mastigava forte, fazendo água e sangue espirrarem para os lados e escorrerem entre seus dentes. Enquanto terminava de mastigar, ele obedecia o seu dono e deitava enquanto sua cauda fazia um círculo em sua volta.

Os olhos dourados do réptil amedrontavam os treinadores a sua volta. Alguns simplesmente saíam, com medo de serem atacados pela criatura que estraçalhava o Magikarp com os dentes.

- O que eu fiz? - O moreno perguntava, ainda limpando o suor com o pano. - Tá falando de eu ter saído da cama durante a noite? - Em tom alto, constrangia a garota ao notar que algumas pessoas haviam escutado aquilo.

- É..! - Corada, respondia em tom baixo, brava. Usando uma das mãos para cobrir seu rosto. Era ciumenta e estava preocupada. Não queria que seu amor participasse da competição, sabia que ele tinha grandes chances de se machucar ou até morrer. Ela suspirava e olhava para o rosto do moreno, fixando suas írias cor-de-mel com raiva. - Vai que algum treinador tentasse eliminar você enquanto você estava com a guarda baixa?!

Ryuzaki ficava parado, se questionando ao olhar para a linda garota.

- Você tá fumando maconha? - Dizia irônicamente, para zombar da mesma. - Porque se estiver eu quero uma ponta.

Mizuni bufava, nervosa. Seus olhos arregalados tremiam enquanto apertava seus punhos. Estava furiosa com a resposta do moreno, odiava irônia quando usada com ela.

- Seu idiota! - Gritava, chamando atenção de todos ali presentes. - Quer saber? Faz o que você quiser, não vou te proteger mais!

Sabia que estava errado, mas aquilo soou muito engraçado para o rapaz, que se segurava para não cair na gargalhada. Soluçava vermelho para o mesmo não acontecer. Percebendo isso, a garota virava o rosto e dava meia volta.

- Quer saber? Esquece mesmo! Vou tomar banho. - Terminava, mostrando o dedo do meio para Ryuzaki, que olhava aquela cena sem entender nada. Ela sorria e olhava para seu Pokémon.

- Sabe o que isso significa, Suiguetsu-Chan?! - A criatura olhava para o treinador, ainda mastigando o peixe que havia recebido como recompensa por ter obedecido o mesmo, ele sem entender começa a ficar agitado quando o moreno retira uma Pokébola de seu cinto e o retornava. Ele rugia enquanto era materealizado para dentro da mesma, assim derrubando o a espinha destruída do Magikarp. - Significa que ela quer compania! Haha! - Feliz ele sapidamente pegava sua camisa preta junto com o pano e apressava o passo para alcançar Mizuni.


~>x<~

Duas horas depois. Dois rapazes conversavam no salão de jogos. Estavam em uma poltrona, passando o tempo com um video-game de corrida. Enquanto um parecia muito focado no jogo, o outro conversava sem prestar muito atenção, bem quieto, mas ao mesmo tempo preocupado.

O que estava concentrado, sem se importar com nada além do jogo naquele momento, era alto, bonito, cabelos castanhos e olhos verdes. Trajava uma camisa negra com mangas compridas com um cachecól bege de lã por cima. Calças jeans azuis. Tenis leves e uma boa marca. Não parecia estar nervoso com a competição que iria acontecer daqui a uma hora. A maçã de seu rosto e seu supercílio estavam com um machucado, cortes. Era Ryuuji.

O outro era igualzinho a Ryuzaki. Apenas o corte do cabelo e a cor dos olhos que eram diferentes. Seus cabelos eram mais curtos e ajeitados e a coloração de suas íris eram castanho escuro. Sentia inveja do irmão por isso, enquanto o mesmo fora abençoado com olhos lindos, ele nasce com olhos mais que comuns. Estava vestido com uma jaqueta esportiva vermelha e calças jeans da cor preta. Estava preocupado, nem prestava atenção no jogo de corrida.


- Faltam quarenta minutos para sortearem a batalha dos primeiros treinadores. - Suspirava, aflito.

- E daí, Hiyoku-Kun? - Respondia sem dar atenção, mordia seus lábios, com dificuldades para alcançar a liderança. Rapidamente enfiava a mão num saco de salgadinhos e colocava tudo que podia conseguir na boca. Mastigando com dificuldades.

O jovem novamente suspirava. Fechava os olhos, trêmulo.

- Ouvi dizer que... Na ultima liga, morreram 32 treinadores. Exatamente a metade de todos que estão inscritos. - Voltava a abrir os olhos.

- Isso significa que a outra metade sobreviveu. - Ainda nem dava atenção, o que decepcionava o amigo. Logo ao falar isso, terminava a corrida, mostrando que havia chego em segundo lugar, perdendo para o rapaz de cabelos escuros. - Como assim, Hiyoku-Kun?! É a quinta vez que eu perco pra você neste jogo estúpido!

Ryuuji realmente não estava nervoso. Estava mais focado com sua derrota no jogo do que ansioso com a escolha dos primeiros treinadores que iriam se enfrentar no primeiro round do navio. Comia os salgadinhos de uma forma desleixada, erguendo o saquinho em sua boca para comer o resto dos farelos que haviam sobrado.

Hiyoku, entretanto, não estava tão relaxado assim. Havia treinando para este evento desde os doze anos de idade, deveria estar preparado. Sentia muita inveja de seu irmão, tanto na aparência como na personalidade. Tinha certeza que o mesmo não estava inseguro e provavelmente estaria com uma garota neste exato momento.


~>x<~

- Saí daqui, seu pervertido!!! - Mizuki berrava, expulsando Ryuzaki do banheiro de sua suíte.

Correndo, o moreno foge das escovas que a garota jogava. Estava insatisfeito com a reação da mesma. Decepcionado. Ao sair do cômodo e fechar a porta - segurando a maçaneta para a jovem não poder abrir a mesma - ele abaixava a cabeça. Triste e ofegante.

- Qual é... - Sua respiração estava pesada. - Só queria ajudar... - Completava, logo caindo sentado, exausto.

Cabisbaixo, se levantava. Ainda fedia por estar a manhã inteira malhando. Queria aproveitar e tomar um banho junto à sua ficante. Estava cansado, e sem ser nem um pouco vaidoso, caía na cama, ainda ensopado de suor, molhando toda a roupa de cama que grudava em suas costas bem definidas.

Ele abria seus olhos e encarava o teto. Começava a sentir frio por dentro, seu corpo tremia novamente. Seu coração começava a bater forte novamente e sua respiração perdia o controle, suas órbitas enchiam e lágrimas, sem saber ao menos o motivo. Fechava as mesmas com força, escorrendo assim as gotas lacrimais.

- Controle-se... Problemático... - Gemia para si mesmo, aos soluços. Logo engolindo o choro, e respirando fundo. Esfregava seus olhos com seu braço direito, os deixando vermelhos, e assim virava de lado, ficando em posição fetal. - 'Pessoas morrem nessa competição'. - Dizia em tom baixo, logo pensando em Mizuni.

Sabia que era um motivo bobo, e se odiava por isso. Mas no fundo, se preocupava com a linda garota. Ela despertava seu desejo e o fazia sorrir, coisa que nenhuma pessoa fizera. A única pessoa que conseguia fazê-lo rir havia sido sua falecida mãe. Odiava ela. Odiava o fato dela ter partido prematuramente assim. Não era pra ela ter o deixado, era a única que o entendia. Porém, Mizuni... Essa garota era diferente, não era só um rostinho bonito. Ela tinha paciência com ele, e o fazia sorrir, porém não o entendia. Mesmo tentando, nunca iria entender.

- ...Vadia. Porque eu tenho que sentir algo por você? - Sussurrava para sí mesmo. Estava indignado, sabia que era um erro ter sentimentos com uma participante da mesma competição. Eles eram rivais, e tinham grandes chances de se enfrentarem em campo de batalha.

Logo ele notava uma espécie de papel no criado-mudo ao lado da cama de casal em que deitava. Pegava curioso para ver o que estava escrito. Eram algumas multas que o serviço do navio cobrava do jovem, por deslizes que o mesmo havia cometido. Além de ter subido a superfície todas as noites, havia deixado baldes com Magikarps em lugares endevidos. A multa não era tão alta assim, não para uma pessoa de seu porte financeiro. Por esta razão, ele apenas ignorava, e olhava para o lado. Por estar num andar submerso do navio, as paredes eram de vidro, mostrando o mar em sua volta. Podia ver alguns peixes nadando, como Kingdras e Horseas. Também era vísivel algas e lindos corais de cores distintas. Era uma cena bonita, mas não prendia a atenção do moreno, que só possuía na cabeça pensar na possibilidade de cair com sua amada na arena.

- Eu te odeio, Ryuzaki. - Mais uma vez dizia para sí mesmo. Deslizando seu braço para o lado para se apoiar e se levantar da cama. Sentado, suspirava. Escutava grande movimento nos corredores do lado de fora, os participantes pareciam estar subindo. Isso significava que as chaves iriam ser formadas. Olhava para cima e sorria. - Que o jogo começe.


~>x<~


Notas do Autor:

Eu deixei a narração em negrito para tentar auxiliar a leitura dos leitores. Caso não tenham gostado, por favor, me avisem nos comentários. Também me informem se caso os capítulos estiverem grandes demais. Cortei algumas descrições para o encurtar o mesmo, pois no OpenOffice (Programa que uso para escrever) havia dado 10 páginas, então eu cortei partes desnecessárias e enrolações, dando 6 páginas. Hahaha, eu costumo me empolgar e ficar descrevendo coisas desnecessárias.

Apenas ressaltando que no próximo capítulo haverá grande nível de violência e tensão. Irei postar os novos capítulos pelo índice do tópico, para assim os leitores se informarem com os capítulos postados.

Mais uma vez obrigado por terem lido, um forte abraço! Até mais!



Última edição por Rush em Qua 26 Set 2012 - 20:35, editado 1 vez(es)
Rush
Rush
ABP Mod
ABP Mod

Masculino Idade : 25
Alerta Alerta :
Gonryu - Os Cinco Dragões. Left_bar_bleue0 / 100 / 10Gonryu - Os Cinco Dragões. Right_bar_bleue

Frase pessoal : Agora você não tem mais waifu!


Voltar ao Topo Ir em baixo

Gonryu - Os Cinco Dragões. Empty Re: Gonryu - Os Cinco Dragões.

Mensagem por Big T em Qui 6 Set 2012 - 1:11

Tudo bom, Rush? Vim aqui fazer uma crítica que, creio eu, vá ser construtiva. Você tem se preocupado muito em agradar e fazer uma história que todos gostem. Isso é legal, mas teve uma parte em que você disse: ''... citem o que querem que eu melhore.''. Isso me preocupou um pouco.

O roteiro de sua fanfic parece ser bem interessante, ainda irei ler o prólogo e o Capítulo 1, mas já tenho boas expectativas só pela descrição dos personagens principais.

Resumindo, o que quero dizer é: adeque-se às regras. Mas no que diz respeito à sua fanfic, seja original. Escreva a sua idéia e as pessoas irão gostar.

Agora vou indo ler tudo o que já foi escrito, pois fiquei bastante apreensivo com tudo. dxD

________________
Equipe Heart Gold (em progresso)::
Gonryu - Os Cinco Dragões. Pgda
Big T
Big T
Membro
Membro

Masculino Idade : 31
Alerta Alerta :
Gonryu - Os Cinco Dragões. Left_bar_bleue0 / 100 / 10Gonryu - Os Cinco Dragões. Right_bar_bleue

Frase pessoal : O silêncio é de ouro e muitas vezes é resposta.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Gonryu - Os Cinco Dragões. Empty Re: Gonryu - Os Cinco Dragões.

Mensagem por -Murilo em Sab 8 Set 2012 - 11:21

Olá! Hum... Agora sei do que se trata a liga gonryu. Realmente nas batalhas é só os pokémons que fazem tudo (minha prima quando assistiu uma batalha do anime pela primeira vez disse isso). Mas essa sua liga é bem hardcore ein! Uma batalha pode custar a vida. E os pokémons parecem vale bem menos já que seus danos não valem pontos. Enfim, nesse capitulo eu gostei um pouco mais de Ryuzaki. Apesar de ser um pouco problemático, acho que ele só é um pouco perturbado com coisas que lhe aconteceram ao passado. E não é totalmente fechado já que consegue sentir carinho pelo seu pokémon e ,mesmo a contra-gosto, pela menina lá. Mas pode-se ver que seu ego é quase infinito. Dependendo de como ele agirá daqui pra frente vou se vou torcer contra ou a favor dele na liga. E continuando dizendo. Sua descrição e narração são ótimas! Só não pode exagerar pra não acontecer aquilo que eu te falei do número de páginas. Aconteceu alguns erros de virgula, mas nada que atrapalhasse o entendimento. Vou continuar acompanhando e esperar as sangrentas lutas. (lembre-se do limite -14)
-Murilo
-Murilo
Membro
Membro

Masculino Idade : 26
Alerta Alerta :
Gonryu - Os Cinco Dragões. Left_bar_bleue0 / 100 / 10Gonryu - Os Cinco Dragões. Right_bar_bleue

Frase pessoal : Pq ñ podemos fugir da realidade se ela é uma droga


Voltar ao Topo Ir em baixo

Gonryu - Os Cinco Dragões. Empty Re: Gonryu - Os Cinco Dragões.

Mensagem por Rush em Qua 12 Set 2012 - 21:31

Resposta aos Comentários:
@Big T: Agradeço e entendo a dica, haha! É que por ser minha primeira FF, eu quero agradar todos os meus leitores sabe? Bem, fico muito feliz com sua crítica construtiva e agradeço de coração! Espero que tenha lido e gostado do prólogo e do primeiro capitulo e tenha paciência para ler o segundo...

Muito obrigado e continue lendo!


@Murilo_Marcos: Muito obrigado, e realmente você entendeu o aspecto de Ryuzaki e seu egocentrismo. Fico contente que tenha gostado e eu irei tentar amenizar o máximo o possível a violência para ficar abaixo dos 14 anos a faixa etária. Sinto muito por ter errado na pontuação, mas você poderia por favor me informar aonde? Pois pretendo corrigir e não cometer o mesmo erro... Haha.

Fiquei muito feliz com seu comentário, muito obrigado e continue lendo!


Agradeço muito os comentários, mesmo que sejam poucos. Isso me incentiva a continuar escrevendo e me ajuda a melhorar cada vez mais, muito obrigado!

Bem, tenham uma ótima leitura!






~>x<~



Todos vibravam. Estavam excitados. Finalmente havia começado tal esperado evento, aquele que só ocorreria uma vez a cada quatro anos. Um evento sangrento, criado durante a formação dos cinco países de Gonryu. Akai, Usotsuki, Renkiyu, Samuifuu e Genki. Era um evento que promovia a paz entre os cinco países e ao mesmo tempo rendia muito dinheiro para os mesmos.

O prêmio para o campeão desta competição era tentador. Além de dez milhões de dólares, o mesmo iria ser representante dos cinco dragões. Ser patrocinado por várias empresas, ter fama, dinheiro, poder... Era o sonho de todos. Porém nada que reluz é ouro, nada vêm fácil.

Pessoas morriam em algumas ocasiões. Usavam armas brancas para auxiliar em suas vitórias, e por fim, usavam grandes e poderosas criaturas para destruir seus oponentes.


“- E essas serão as chaves das batalhas da centésima quinta liga oficial dos Cinco Dragões!”

Aquela voz soava nas telas planas das paredes do Navio, estavam em todas as partes. O homem, conhecido como Dracco, era o juiz de tal competição. Era milionário, mesmo sendo apenas o juiz, o narrador e quem ditava as regras. Sua aparência era um ícone. Reconhecido mundialmente, trajava um terno formal roxo escuro com uma gravata verde. Cabelos longos e lisos, um topete para trás com gel. Uma cicatriz que cruzava seu rosto diagonalmente. Sempre estava de óculos escuros. Uma barba que também era símbolo de sua imagem.

Enquanto os telespectadores aguardavam as fotos dos treinadores na ordem em que iriam se enfrentar, a música “Scar Tissue” da banda funk Red Hot Chili Peppers era tocada. Banda que sempre tinha uma música tocada enquanto Dracco se pronunciava.

Eram ao todo 64 treinadores, sendo que 32 iriam ser desqualificados no primeiro turno, iria ser – como em todos eventos – um massacre. Novatos que não sabiam da gravidade das batalhas poderiam simplesmente ser derrotados em menos de um minuto de batalha.


“ - E os treinadores já foram selecionados! Segue na imagem quem e em que ordem irão se enfrentar! Hahaha, esplendido!” - Dizia animado. Seu rosto aparecia no canto inferior da tela, seu ego era enorme. Tanto que possuía várias estatuas de concreto, bronze, prata e ouro espalhadas pelo navio. - Os primeiros treinadores serão esses sortudos... Ganchi Mazuki e Ouji Okiru!” -Terminava, fazendo a foto do rosto dos dois treinadores serem focados, dando um zoom até preencherem por completo a tela.


Ao escutar isso na sala de espera, os dois se lamentavam. Estavam totalmente nervosos. Uma vontade de ir ao banheiro aparecia.

Okiru balançava a cabeça e tomava a calma. Seus cabelos eram negros, lisos e curtos. Usava roupas leves, uma camisa xadrez branca e negra por cima de uma camiseta preta. Calças jeans azul. Ele sem enrolar muito caminhava para fora da sala para se preparar. Sua luta começaria em 15 minutos.

Mazuki não conseguia se conter, estava com muito medo e injustiçado por ter que ser o primeiro a lutar no primeiro Round. Ele estava inconformado, a música 'Otherside' da mesma banda apenas o fazia ficar com o estômago virando. Sua aparência era diferente á de seu oponente. Sua pele era escura e era loiro, cabelos curtos e espetados. Usava roupas largas, como um 'gangster'.





G O N R Y U – OS CINCO DRAGÕES

Volume Primeiro. - Gyarados.



Segundo Capitulo


~>x<~




- S-Senhor Dracco... T-te-temos um problema! - Dizia aos soluços. Era um homem baixo e gordo, desajeitado e trajando roupas formais. Era calvo e carregava algumas planilhas em suas mãos.

Estavam em uma cabine. A partida ainda não havia começado, porém o campo de batalha já estava preparado, era simples, pois era apenas as preliminares. Somente um campo plano enorme com o chão de titânio. A cabine em que se encontravam era uma sala com as paredes de vidro insulfilm, sendo impossível ver o que se passava lá dentro ao seu exterior.

O alto homem de longos cabelos negros lisos nem dava atenção ao mesmo, continuava tomando seu vinho numa delicada taça de vidro. Contava em sua cabeça os segundos que faltavam para o evento começar. Exatamente 12 minutos.


- S-Senhor... Sinto lhe informar, mas.. Este ano perdemos onze pontos de audiência. Isso é uma queda colossal... Sempre tinhamos mais de vinte e cinco pontos...

Tais palavras fizeram Dracco se engasgar com a deliciosa bebida. Pegava um pano da mesa a sua frente para auxiliar a limpar a bagunça que tinha feito. Estava surpreso, de uma forma que nunca havia ficado.

- ONZE?! - Gritava, jogando a cara taça de vidro no chão, em fúria. Em consequência um assistente que estava no canto da sala, rapidamente correu para arrumar a sujeira. - Nunca tivemos uma audiência tão baixa assim!


O assistente se encolhia, com medo. Estava assustado também, tinha medo que seu superior descontasse a raiva no seu pobre ser, por uma coisa que nem havia culpa. Erguia suas planilhas, como se quisesse se proteger de uma futura agressão.


- Como perdemos tantos telespectadores? Teremos um grande prejuízo com isso. - Completava, bem mais calmo. Respirava fundo, tentando controlar sua fúria. Ajeitava seu terno e alisava seu topete com a mão direita.

- Parece que... Depois de tantos anos, a competição se tornou repetitiva e censurada demais... - Respondia o gordo.


Dracco segurava seus óculos escuros e o abaixava, expondo seus olhos da cor vermelha. Estava escurando aquilo com atenção, inconformado.


- Censurada? - O apresentador começava a rir. - Trinta e duas pessoas morreram quatro anos atrás e acham que esta competição é censurada?! - Seu bom humor se transformava em fúria novamente, pegava mais uma taça de vidro vazia de sua mesa e num movimento repetitivo a jogava no chão, partindo a mesma em milhares de pedaços.

Seu assistente não sabia o que falar. Engolia seco, procurando algo que pudesse aliviar seu chefe, só escutava o empregado juntando os pedaços com uma mini vassoura enquanto estava agaixado, também estava nervoso.


- Eu sou o décimo terceiro decendente desta competição, e nunca em nome de minha família, tivemos audiência tão baixa. O prejuízo irá desempregar varios funcionários da cabeça da federação dos cinco Dragões. A liga é o que arrecada dinheiro para os quatro continentes! - Suspirava, apertando seus punhos indignado. - A não ser que...


Não completava a frase, deixando os empregados e seu assistente muito curiosos. O clima daquela sala estava muito tenso. O suspense era grande demais, o coração de todos batiam fortemente conforme a batida dos segundos do relógio iam se avançando. Faltavam agora oito minutos para a primeira partida começar.

Dracco começava a rir de leve. Risadas baixas e soluçadas. Começava a aumentar o tom, gargalhadas saiam de sua boca. Parecia enlouquecido. Era assustador.



- Iremos mudar um pouco as regras, heh. - Dizia sorrindo maleficamente. Parava de gargalhar, porém seu sorriso era demoniaco.


Seus funcionários o olhavam assustados. As regras foram mudadas apenas duas vezes desde a criação da Liga Oficial dos Cinco Dragões.



~>x<~


Apenas três minutos. Faltava apenas isso, cento e oitenta segundos de pura tensão. O público que se encontrava no navio para ver tal evento eram todos de classe social alta. Todos milionários que haviam gastado milhões pela primeira classe, apenas para assistir as batalhas de perto.

As lutas seriam realizadas no meio do gigantesco navio. O campo de batalha seria um enorme plano de concreto com nenhum obstáculo, o mesmo seria num nível abaixo de onde as pessoas iriam assistí-lo.

Os dois lutadores já estavam preparados, ambos já estavam de pé no campo, apenas esperando o tempo para batalharem. O campo era enorme, porém não tinham como se esconder, era um plano dentro de quatro paredes de concreto. A única saída que havia era a porta de aço em que haviam acesso para entrar e sair no campo.

Okiru demonstrava calma, enquanto Mazuki estava nervoso. O público lotava as arquibancadas para assistirem de perto os treinadores. Os viam de cima, tinham total visão da arena. Era uma visão perfeita.

Dracco logo aparecia em uma arquibancada particular. Estava acompanhado de dois enormes e robustos seguranças. Ele aparecia com um microfone na mão direita enquanto sua mão esquerda ficava dentro de um dos bolsos de seu terno. Ao se pronunciar, a multidão berrava, fogos de artifícios eram estourados.

Ao aparecer em cena, todos os televisores de tela plana espalhados pelas paredes do navio eram ligados. Todos os competidores se assustavam, e focavam no mesmo atentos. A primeira partida iria começar.

Ryuzaki estava em sua suíte. Estava numa cama de casal com Mizuni, o rapaz abraçava a jovem, ambos não diziam sequer uma palavra. Estavam ansiosos para ver como iria começar a primeira eliminação. O moreno havia visto a ordem dos treinadores a batalhar, dos sessenta e quatro, ele era o trigésimo segundo. Ou seja, iria batalhar provavelmente nesta noite dependendo da demora das batalhas, ou apenas no dia seguinte. Estava um tanto tranquilo misturado de ansiedade, tremia um pouco, o que assustava sua companheira.


- Ryuzaki-Kun? - Perguntava pelo ficante, notando que no fundo, o mesmo estava nervoso. Ela sorria aliviada e abraçava com força o corpo do garoto. - Relaxe, vai ficar tudo bem!

- Não estou nervoso, sua idiota! - Respondia com mal-humor. Parava de tremer. A jovem estava dando segurança para ele? Não era possível. Nunca havia se sentido assim. Ele respirava fundo, e abria um sorriso no canto do rosto. Estava aliviado de certa forma.


~>x<~


Em uma suíta sozinha, uma mulher se encontrava apenas acompanhada de seu fiel Pokémon rosado, um Espeon que deitava no colo da mesma. Não era uma garota bela, nem mesmo uma garota agradável. Estava entediada, com cara de sono.

Alisava as costas de seu felino rosado, que ronronava com o carinho de sua dona. Ela estava deitada em uma cama de casal, assistindo a partida. Bocejava, a luta nem havia começado e já havia achado os dois treinadores tediosos.



- Miki-Chan... - Murmurava, seguido de um bocejo. - Vai ser muito fácil... Nem deveria analisar esses babacas. - Não demonstrava nenhuma emoção.


O Pokémon olhava para o rosto da dona e virava a cabeça, como se estivesse curiosa com a frase da treinadora. Miava, como se estivesse pedindo mais carinho em sua pele coberta de pelos rosas finíssimos.


~>x<~


No campo de batalha, os holofotes se acendiam. Mesmo de dia, as luzes iluminavam o campo inteiro, não restando nenhuma sombra. Os dois novatos usam seus braços para se protegerem da forte luz.

A música 'Living and let Die', cover feito pela banda Guns and Roses era tocado. Ao mesmo tempo, Dracco se pronunciava.



- Boa Tarde a todos meus queridos fãs! Haha! - Alimentava seu ego, com muito bom humor, fazendo o público delirar. - Bem vindos há mais um Campeonato Oficial dos Cinco Dragões, evento realizado de quatro em quatro anos... Estão preparados para uma épica competição em que os treinadores vão lutar por suas vidas para obter o magnífico prêmio de dez milhões de dólares?!


A multidão gritava. Era tão alto que os dois jovens tampavam seus ouvidos com as duas mãos, exceto por eles, todos ali estavam excitados e ansiosos para ver sangue. Mesmo alguns se questionando das palavras do apresentador... "Lutar por suas vidas"? A morte sempre foi sinônimo de punição ou desqualificação, porque o mesmo estava insentivando a mesma?


- Alguns podem se questionar de minhas palavras... Haha, bem... Houve pequenas mudanças nas regras, mudanças mínimas, não se preocupem. - Dizia Rindo, ainda de bom humor. Alisava seu topete enquanto ainda segurava o microfone.


"Mudança nas regras?" Todos se questionavam, inclusive os participantes que estavam assistindo.


- Agora, sobre o sistemas de pontos... Relaxem, ainda serão possíveis comprar armas brancas com os mesmos. Continuará o mesmo esquema. Começaram com 0 pontos. Abaixo disso, estão desqualificados. Cada batalha vencida serão adicionados cinquenta pontos, cada derrota será descontados duzentos pontos. Caso tenha pontos o suficiente, ainda terão uma segunda chance, mesmo isso sendo quase impossível! Hahaha!


Isso não era nenhuma novidade. Parecia que as regras não haviam mudado. O sistema de pontuação, para muitos, era um absurdo. Se um treinador usasse a força bruta, ele ganharia mais pontos do que um que usasse uma estratégia demorada e cansativa. Assim, a maioria dos lutadores não iriam parar um segundo, iriam estar em constante sede de sangue. Não iriam ceder, apenas ir para cima do inimigo.


- Mas vamos as penalidades e aos benefícios... Bem, começando com as penalidades, quero deixar óbvio que as regras mudaram apenas neste aspecto. Caso o treinador se recuse a lutar, ele será advertido com cem pontos descontados. Se o mesmo usar armas de fogo, será expulso da competição. E advininha? Apenas essas serão as penalidades! Não é ótimo? Hahahahaha!


Silêncio. Pensavam com calma. Aquelas seriam as únicas penalidades? Não havia mencionado as mortes, nem ataques constantes mesmo com a batalha finalizada. Será que isso ainda estava nas regras, ou era exatamente isso que foi adicionado no jogo? Aquilo deixava todos os treinadores nervosos, mas mesmo assim a multidão berrava, torcendo e fazendo apostas. Criando favoritos.

Dracco abria um sorriso enorme, de orelha a orelha. Ajeitava seu topete e mais uma vez começava a falar.



- Agora, os benefícios... Vitória sem armas, serão adicionados cinquenta pontos. Vitória com armas brancas, serão adicionados vinte e cinco pontos. Batalhas vencidas com menos de três minutos, adicionados cinquenta pontos. Sete minutos para baixo, vinte e cinco pontos. Dez minutos, dez pontos. E por ultimo... Executar seu oponente... Vale cento e cinquenta pontos.


Aquelas palavras finais faziam o apresentador abrir um sorriso diabólico. Em menos de segundos a notícia se espalhava pelo mundo inteiro, todos ligavam suas televisões com esse anúncio. Estavam insentivando aos competidores cometerem um homicídio? Era incrível, ninguém iria perder essa por nada. Familíares desmaiavam ao escutar essa notícia, e alguns treinadores também.

Na última competição haviam morrido trinta e dois treinadores. Agora, provavelmente, apenas um iria sobreviver. Todos que assistiam a tal competição gritava. As pessoas alienadas não tinham noção de que isso era totalmente contra os direitos humanos, só queriam ver sangue, cabeças rolando.

Okiru e Mazuki arregalam os olhos. Pontos eram extremamente importantes e matar seu oponente era a pontuação mais alta. Se matassem o inimigo em menos de três minutos sem armas brancas, poderiam conseguir duzentos e cinquenta pontos. Pontos o suficiente para comprar desde maças até armaduras.

O assistente de Dracco se aproximava, sussurrando no ouvido do mesmo. Ambos ainda se encontravam naquela arquibancada exclusiva, apenas para o apresentador.



- Parece que... Em menos de um minuto, conseguimos vinte pontos de audiência, e o número está aumentando!!! - Dizia rindo, vendo que Dracco também sorria, dando gargalhadas e abraçando o seu funcionário.

- Que começe a primeira batalha, entre Ganchi Mazuki e Ouji Okiru!!! - O apresentador egocentrico berrava, dando ínicio a mais um Campeonato Oficial dos Cinco Dragões. Fogos de artifício era o que mais se viam no céu. Era impossível se escutar alguma coisa na superfície do návio, de tanto que os torcedores berravam.



Okiru e Mazuki rapidamente retiram uma Pokébola cada em sua mão direita, e nervosos, pressionam o botão central da mesma, fazendo-as duplicar o seu tamanho.

O mulato sorria, mesmo nervoso queria botar medo no oponente.



- Olhe, Okiru-San, não é nada pessoal, mas você vai morrer hoje! Nas minhas mãos!


O Treinador rival não respondia a provcação, e logo os dois corriam em direção ao centro do campo, a batalha havia começado. O frio dentro de todos os treinadores era presente e comum. Mortes... Mortes e mais mortes. Aquilo seria uma guerra, um massacre.

Okiru jogava a esfera vermelha e branca no chão, enquanto ainda corria, materializando uma enorme naja lilás que se esgueirava atrás de seu dono. Era uma gigantesca Arbok de mais de três metros de comprimento. A mesma era veloz e acompanhava o dono com a mesma velocidade. Suas presas eram enormes e pingavam veneno. Sua crista eram majestosa, cores vivas, um Pokémon exótico.

Mazuki fez o mesmo movimento, parecia que era uma coreografia sincronizada. O Pokémondo mesmo era um Jolteon. O cão era veloz, sendo bem mais rapido que seu dono. Corria em direção do inimigo.

Os mesmos corriam sem pensar em uma estratégia. Estavam nervosos, havia chego o tão esperado momento, sabiam que um dos dois iria morrer ali. E provavelmente, seus parceiros também. Estavam prestes a colidir. Ambos gritavam e fechavam os olhos, erguiam seus punhos, prontos para dar o mais forte soco que pudessem dar. O Jolteon rosnava enquanto dava um salto, e o Arbok se esgueirava atrás de seu treinador, abria a boca exibindo suas presas enormes e afiadas, pronto para dar o bote.


Última edição por Rush em Qua 26 Set 2012 - 20:35, editado 1 vez(es)
Rush
Rush
ABP Mod
ABP Mod

Masculino Idade : 25
Alerta Alerta :
Gonryu - Os Cinco Dragões. Left_bar_bleue0 / 100 / 10Gonryu - Os Cinco Dragões. Right_bar_bleue

Frase pessoal : Agora você não tem mais waifu!


Voltar ao Topo Ir em baixo

Gonryu - Os Cinco Dragões. Empty Re: Gonryu - Os Cinco Dragões.

Mensagem por -Murilo em Sab 15 Set 2012 - 11:35

Olá! Nossa! A competição agora se mostrou um verdadeiro duelo parecido com os dos gladiadores romanos. Esse apresentador sádico fez exatamente o que o público queria: ver os competidores matarem uns aos outros. Fico aqui me perguntando como os protagonistas sairão na competição. Sinto que Ryuzaki tem grandes chances de conseguir os 250 na primeira rodada. Mas e a menina? E se Ryuzaki tiver que enfrentar a moça? Aí já tenho minhas dúvidas se ele seria capaz de matar a ficante dele. Mesmo que ele não admita, ele gosta dela. E tem também aquele outro rapaz. Se eles se enfrentarem será muito bom porque um quer matar o outro. Mas ficaria sem graça se eles se enfrentarem muito cedo. E ainda tem aquela mulher misteriosa que tem o Espeon. Ela parece ser do tipo que se interessa por treinadores fortes. Vamos ver como ela vai reagir quando ver Ryuzaki. Só falei sobre a história que foi muito boa. Mas tenho que falar do texto também. Ele continua ótimo, mas nesse capítulo percebi alguns erros:
O Treinador rival não respondia a provcação,
- Que começe a primeira batalha, entre Ganchi Mazuki e Ouji Okiru!!! - O apresentador egocentrico berrava, dando ínicio a mais um Campeonato Oficial dos Cinco Dragões. Fogos de artifício era o que mais se viam no céu. Era impossível se escutar alguma coisa na superfície do návio, de tanto que os torcedores berravam.
Estavam insentivando aos competidores cometerem um homicídio?
E advininha?
E mais alguns outros de concordância. Não gosto de ficar citando os erros, mas como você que pediu, aí estão alguns. Você disse que digita no openOffice. Então no seu PC não tem Word né? Pelo menos eu colei no meu e ele denunciou vários erros que eu não percebi só lendo. Mas apesar de tudo, o texto continua ótimo. Estou acompanhando^^
-Murilo
-Murilo
Membro
Membro

Masculino Idade : 26
Alerta Alerta :
Gonryu - Os Cinco Dragões. Left_bar_bleue0 / 100 / 10Gonryu - Os Cinco Dragões. Right_bar_bleue

Frase pessoal : Pq ñ podemos fugir da realidade se ela é uma droga


Voltar ao Topo Ir em baixo

Gonryu - Os Cinco Dragões. Empty Re: Gonryu - Os Cinco Dragões.

Mensagem por Rush em Seg 17 Set 2012 - 17:34

Resposta aos Comentários:
@Murilo_Marcos: Muito obrigado! Agradeço você estar acompanhando a Fan Fiction e dando comentários positivos e construtivos, me deixa muito grato mesmo, tirando que me inspira a continuar e melhorar os novos capítulos! Haha. Sobre os erros... Sim, meu computador não possuí Word, logo não tenho nada para poder corrigir, e o último texto saiu nas pressas, assim não pude revisar... Mas irei me esforçar mais para a qualidade do mesmo aumentar.

Também irei diminuir os capítulos, para a leitura não ser tão cansativa. Muito obrigado, um abraço! Continue lendo!


Bem, este capítulo não tem muito a ser comentado. Ele pode ser um pouco pesado, pois irá ser um 'flash back' junto da primeira luta, logo haverá sangue a um pouco de terror psicológico. Um pouco apenas. Serão introduzidos dois 'protagonistas' nesse capitulo, que serão muito importantes com o decorrer da estória. Uma coisa que poderão notar, é que o capítulo será praticamente inteiro narrado, terá pouquíssimas falas, mas isso será concertado no quarto capítulo.

Bem, muito obrigado e uma ótima leitura!





~>x<~







" Fazia tempo sim, muito tempo. Porém, esta memória em especial não se apagava como as outras em sí. Era macabra. Trazia traumas, onde medos que jamais poderia imaginar se tornaram realidade.

O desespero circulava em suas veias, a dor se espalhava por sua pele. Seus olhos doíam, mal podia abrí-los. Sua respiração estava pesada, e era a única coisa que a esquentava em tal momento que ficaria marcado em toda sua vida.

Era apenas mais uma noite fria de um longo e tenebroso inverno. Os ventos fortes faziam as árvores parecerem frágeis e indefesas. A tempestade de neve consequentemente fazia os moradores se trancarem em suas casas. Fazia dois meses em que as cinco crianças de Osoku desapareceram durante o fim de uma tarde que não parecia nada de diferente das outras.

As esperanças já haviam acabado. As lágrimas das mães que perderam seus filhos naquele trágico sequestro já haviam se secado. Os pais já haviam partido em busca das mesmas, já que a policia não havia resolvido o caso.

Tudo parecia não ter um final feliz, até que... Um policial corajoso retornara com uma das pequenas crianças em seus braços, desacordada. O mesmo que carregava uma menina de no máximo seis anos, estava com pavor em seu rosto. Seus olhos arregalados estavam assustados com tanta crueldade que havia presenciado. Mesmo que tenha sido reconhecido como um herói e ter ganho uma promoção digna de dar inveja aos seus colegas de trabalho, o mesmo não aguentou e se aposentou no dia seguinte, devido problemas mentais que foram criados em sua mente.

Não, aquilo não foi um final feliz. Das cinco crianças, aquela menina fora a única que sobrevireu ao sequestro misterioso. E mesmo que estivesse respirando, desejava todos os dias ter sido morta como os outros, ter essa dor que se acumulava em sua mente todos os dias apagada. Tinha pesadelos todas as noites com tal coisa. Já não conseguia dormir por mais de três horas desde que retornou á sua casa.


~>x<~

Um dia após o retorno da única sobrevivente.


O acontecimento havia sido noticiado por todos os países do continente. Muitos que não haviam presenciado o sumiço das crianças achavam que não passava de apenas uma pegadinha, uma lenda Urbana, até a noticia das quatro crianças que morreram comprovar a veracidade de tão doentio crime.

De acordo com a sobrevivente, a pequena e doce Katherine, de seis anos, seus sonhos, pensamentos e sentimentos, foram todos devorados. Seu corpo indefeso havia servido como brinquedo para uma horrenda criatura que se assemelhava a um humano adulto, um Hypno. Um nojento e asqueroso ser corcunda e amarelo que mora sozinho em cavernas, arrastando crianças inocentes até as mesmas, se alimentando de seus psicológico, de seu físico e até violentando as mesmas, apenas para satisfazer seu prazer doentio.

Katherine afirmou que, enquanto brincava com seus colegas – de seis, sete e dez anos – um estranho Pokémon aparecia com pequeno Pidgey nas mãos, que se rebatia para sair dos grossos e horrendos dedos do ser. Como o pequenino pássaro era fofo, atraiu as crianças para fora da vila, onde os adultos não poderiam encontrá-las. Segurando na mão de Katherine, a menina afirma ter sido a "preferida" dele, sendo a única que o mesmo não havia matado para se alimentar de sua carne igual havia feito com as outras quatro crianças. Sua infância, adolescencia, haviam sido destruídas."

Sempre lembrava disso. Sempre. Hoje, na tão famosa e esperada Liga Oficial dos Cinco Dragões, a tal treinadora fica trancada em sua suíte, sozinha, apenas aguardado sua vez para lutar no campo de batalha, e quem sabe, poder descontar toda sua tristeza, raiva, e desespero, em um infeliz que teve uma vida boa ao longo dos anos. Quem sabe isso, apenas isso, pudesse aliviar a dor que sentia.



-"Eu irei batalhar na quarta partida." - A bela garota pensava. Estava sentada em uma cadeira próxima a uma grande mesa de madeira. Ela era linda, sem mais. Mesmo que não cuidasse de sua aparência, seu capelo fosse bagunçado, suas olheiras estivessem sempre em seu rosto, e seu olhar fosse sempre vazio e distante, a jovem tinha uma beleza abundante. Odiava isso. Quem sabe se fosse uma menina feia e invisivel, aquele asqueroso do Hypno a ignorasse, e sua vida fosse bela e doce. - "Não estou nervosa nem com medo." - Completava seu pensamento.

A garota se curvava na mesa. Estava com uma nota de cem dólares enrolada em sua mão direita, e um saquinho com uma pequena quantia de pó branco na mão esquerda. Ela suavemente esparramava a substância pela mesa, fazendo uma linha, e devagar, cheirava a mesma, usando o 'canudo' improvisado.


- Na verdade... - Dizia baixinho para sí mesma. - Eu nunca mais me senti nervosa e com medo.





G O N R Y U – OS CINCO DRAGÕES

Volume Primeiro. - Gyarados.



Terceiro Capitulo


~>x<~





Os torcedores berravam nas arqubancadas. Todos de pé, fazendo gestos com os braços enquanto alguns assobiavam e soltavam fogos. Tudo isso para incentivarem os dois treinadores que lutavam entre sí no campo de batalha. O clima era de festa e animação, pois aquele evento estaria na história como o mais sangrento e violento. As regras foram mudadas durante a terceira vez num período de centenas de anos.

Quem estava no campo eram Okiru – Auxiliado de seu enorme Arbok – contra Mazuki – e seu pequeno e ágil Jolteon. Ambos estavam nervosos e em choque, e mesmo a luta estando parada, não podiam deixar de escutar os berros e os incentivos das pessoas que os assistiam de cima do estádio.


- Argh... - Okiru passava a mão por seu rosto. Estava inchado e sua boca possuía um pequeno risco de sangue. Já haviam se passado trinta e cinco segundos de batalha, e nesse meio tempo havia levado um forte soco em sua bochecha. Ele observava a sua serpente que havia treinado desde filhote mordendo sem piedade o pequeno cachorro amarelo, que latia desesperado. Mesmo com os espinhos fincando em sua boca, pele e a dor sendo horrível, a naja roxa não cedia, e continuava injetando veneno de suas presas no corpo do pequeno Jolteon.

Mazuki estava chocado. A cobra estava abocanhando o pescoço de seu fiel e querido Pokémon, e ao mesmo tempo enrolava seu pesado e longo corpo entre as costelas do mesmo, apertando com força. Em sua cabeça, aquela cena era terrível, porém estava paralisado de medo. O som do Jolteon gritando de dor fazia lágrimas escorrerem de seus olhos. Após pouco tempo, um enorme estalo se ouvia e o cachorro elétrico parava de chorar. O Arbok havia quebrado suas costelas e seu pescoço com a força de seus músculos e de sua coluna vertebral, porém, por instinto, mesmo sabendo que havia matado sua vítma, ele continuava consumindo a mesma, aproveitando o banquete que tinha ganho de graça.

O mulato gritava. Desperado. Aquele Pokémon teria sido um presente que ganhara em sua infância, era seu primeiro melhor amigo. Dominado pela fúria, ele corria em direção do Arbok, com intuito de tirar a mesma de cima do corpo de seu cão.

Okiru ainda estava chocado. Não havia realizado um simples golpe contra o oponente, mas seu coração pulsava constantemente. Ele não se mexia, só olhava a doentia batalha em que se encontrava. Sabia que seu Pokémon era um predador natural, mas ver o mesmo executando um amigo de um treinador... Aquilo foi bem forte.

Mazuki dava um murro no corpo da Naja, que com o impacto se fincava mais ainda com os pelos endurecidos do Jolteon, causando grande dor. Soltava suas presas do pescoço do Pokémon Elétrico, e trêmulo, dava um bote em Mazuki. Naturalmente, seria agora que o treinador recuava seu parceiro, ou seguranças com Snipers carregadas com tranqulizantes eram chamados. Mas com a mudança das regras, as pessoas apenas presenciavam o Arbok devorando o mulato.

Seus dentes eram enormes e afundavam por completo no ombro do treinador, porém estava sem veneno, já que o mesmo fora ultilizado no Jolteon. A boca, gengiva e pele da serpente estavam com espinhos fincados, o que causava dor na mesma, entretanto ela não cessava sua mordida fatal, que fazia o jovem se contorcer de dor enquanto gritava.

O sangue err jorrado das veias de seu pescoço, em pouco tempo já havia uma pequena poça avermelhada ao redor do mulato.

Okiru olhava para cima, nas arquibancadas. Todos estavam comemorando sua vitória. Jogavam confetes, rosas e até pedaços de pão para o treinador. Não pareciam nem um pouco preocupados com o rapaz sendo atacado pela serpente gigantesca. O dono do Pokémon Venenoso não sabia o que fazer, sabia dos riscos, mas não havia se preparado por completo para participar de um evento assim, não restava muita opção, a não ser ficar feliz por ter sobrevivido.

Aos poucos, percebia que Mazuki parava de gritar. Suas mãos que apertavam o corpo escamoso roxo do predador já relaxavam e caíam. Não se sabia se estava desacordado ou se morrera. Tendo noção da situação, Okiru assobiava, fazendo sua Arbok largar o mulato.

Enquanto rastejava para seu mestre, a cobra estava respirando com a boca aberta, ofegante. Espinhos estavam fincados em sua pele, e causavam muita dor. O jovem treinador então simplesmente alisa o rosto da mesma, puxando alguns dos pelos endurecidos por estática. Sua boca estava manchada de sangue, que pingava a cada vez que respirava ofegante.


- Você matou ele. - Dizia, olhando fixamente para as órbitas amarelas do réptil. Não demonstrava arrependimento, não faria coisa pior na natureza, mesmo que criado desde filhote por humanos.


O olhar triste de Okiru era desviado quando quatro homens com enormes escudos entram na arena, estavam armados de lanças com duas pontas, que se ligavam com uma espécie de linha elétrica. A Arbok se sente ameaçada, e logo faz o contorno entre seu treinador, como se quisesse protege-lo, exibindo suas enormes presas para os homens.

Enquanto os mesmos se aproximavam, o coração do jovem batia rapidamente. Será que iria ser punido pelo homicídio que havia cometido? Bem, a resposta para suas perguntas era respondidas por Dracco, que aplaudia sentado em sua arquibancada particular, em uma poltrona que se parecia um trono.



- Muito bem! Esplendido! Ouji Okiru é o vencedor da primeira luta! Como recompensa ele ganha, para auxiliar suas lutas futuras, duzentos e cinquenta pontos! Parabéns! - O Egocentrico apresentador e juiz dizia, com um sorriso enorme no rosto. Estava satisfeito com o resultado da mudança de regras, a audiência havia aumentado muito.


O jovem vencedor não parecia muito feliz, ao não ser aliviado. Enquanto os homens com escudo se aproximavam, eles ameaçavam atingir a serpente agressiva com as lanças eletrificadas caso ela tentasse atacá-los. Eles diziam aos berros – que mal podiam ser ouvidos com a frenética torcida – "Recue seu Pokémon! Agora!". Temendo o pior, Okiru retirava sua esfera de captura e retornava sua Arbok. Com tal ato, os brutamontes desativavam a eletricidade das pontas das lanças e corriam para retirar os corpos dos mortos.

Enquanto isso, um dos seguranças segurava o vencedor da primeira batalha pelos braços, o puxando para sair da arena. No processo de 'eliminar' os corpos da arena, o moreno pode perceber que um dos homens com o escudo retirava duas das Pokébolas que sobraram de Mazuki, colocando em um saquinho flanelado. Estranhando tal atitude, ele é obrigado a ignorar enquanto o grotesco homem o puxava a força para sair do campo.





Última edição por Rush em Qua 26 Set 2012 - 20:36, editado 1 vez(es)
Rush
Rush
ABP Mod
ABP Mod

Masculino Idade : 25
Alerta Alerta :
Gonryu - Os Cinco Dragões. Left_bar_bleue0 / 100 / 10Gonryu - Os Cinco Dragões. Right_bar_bleue

Frase pessoal : Agora você não tem mais waifu!


Voltar ao Topo Ir em baixo

Gonryu - Os Cinco Dragões. Empty Re: Gonryu - Os Cinco Dragões.

Mensagem por CalrosHenrique em Qua 19 Set 2012 - 22:21

Poxa rapaz, isso é plagio :c Pego o nome do protagonista da minha fic cara ://

AOISDOIASHDOIASD brinks. Nossa mano, eu achei clichê sim, pelo menos na introdução até o prólogo, dai tu originalizou no primeiro capitulo com esse lance de liga estilo gladiadores e tal. Eu gostei. Só achei que precisa mais de... sei la, menos cortes. OISADIOSHDOA As passagens estão muito rápidas, parece que do nada já é outra história. É um tanto confuso, mas ta relex.

Peguei bem com o sangue e le violence, mas achei a primeira luta quetinha, deveria ter mais 'WHOA' e menos 'wow', saca? É claro que na pele dos caras eles devem morrer de medo e nervoso, nao devem nem saber o que fazer, mas eu acho que porra, os caras tem uns MONSTROS FODOES com eles. Eles deveriam destruir o outro oponente OIAHDIOHASIODA Mas serio, gostei da luta, principalmente das escolhas dos pokemons e da limitação. Achei interessante. Mas voce nem revisa né? Tem erros toscos ae

Volto no proximo capitulo, até e to the infinty and beyond my friend

________________
Gonryu - Os Cinco Dragões. Nuroo
Acompanhem minha Fic: Ryuzaki Adventures!

I'm not like them
But I can pretend
The sun is gone
But I have a light
The day is done
But having fun
I think I'm dumb
Maybe just happy
Think I'm just happy...
CalrosHenrique
CalrosHenrique
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
Gonryu - Os Cinco Dragões. Left_bar_bleue0 / 100 / 10Gonryu - Os Cinco Dragões. Right_bar_bleue

Frase pessoal : Lady lady love me cause I love to lay you lazy


Voltar ao Topo Ir em baixo

Gonryu - Os Cinco Dragões. Empty Re: Gonryu - Os Cinco Dragões.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 9 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum