Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Conte uma história, poste uma arte ou um vídeo! Confira os guias de jogos, tire suas dúvidas e compartilhe sua jogatina. Disputa batalhas online com jogadores e participe dos RPGs. Converse sobre qualquer coisa, poste memes, faça novos amigos! Só não deixe de logar ou se inscrever.
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!
Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Pikalove


Participe do fórum, é rápido e fácil

Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Conte uma história, poste uma arte ou um vídeo! Confira os guias de jogos, tire suas dúvidas e compartilhe sua jogatina. Disputa batalhas online com jogadores e participe dos RPGs. Converse sobre qualquer coisa, poste memes, faça novos amigos! Só não deixe de logar ou se inscrever.
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!
Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Pikalove
Pokémon Mythology
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Pokémon: The Wrong Path (Reloaded)

+14
Edu.PM
poke master heatran
Drew
LucasAngel
Tsuu
Luluss4
Blizzard knight
Riku_Devon
MatheusMTW
Brijudoca
Davi
Nathy$
Bakujirou
Lucario: TheLegend
18 participantes

Página 4 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ir para baixo

O que devo fazer agora?

Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Barra21060%Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Barra210 60% 
[ 3 ]
Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Barra2100%Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Barra210 0% 
[ 0 ]
Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Barra21020%Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Barra210 20% 
[ 1 ]
Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Barra21020%Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Barra210 20% 
[ 1 ]
 
Total de votos : 5
 

Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Empty Re: Pokémon: The Wrong Path (Reloaded)

Mensagem por Drew Ter 30 Jun 2009 - 19:47

Eu li o inicio e desconfiava que já havia lido essa Fic, e tenho razão, eu li ela na Myutsu ^_^
Bom, minha opinião:
Gostei muito da fic, sem erros de ortografia, a história muito boa e original, não tive tempo para ler os outros capitulos mais salvarei nas minhas pasta de Fan Fic '-'

Boa sorte e até mais.
avatar
Drew
Membro
Membro

Masculino Idade : 31
Alerta Alerta :
Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Empty Re: Pokémon: The Wrong Path (Reloaded)

Mensagem por Blizzard knight Dom 5 Jul 2009 - 22:18

E que venha a proxima parte..afinal, eu já tava ficando mais que ansioso pelo que iria acontecer nesta primeira grande batalha!!! Exclamação

________________
Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 MyAsx
Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Auf2x0
Obrigado pelo Avatar Royce da 5'9, pela bar Ander<3, pela sign Google.
Blizzard knight
Blizzard knight
Membro
Membro

Masculino Idade : 31
Alerta Alerta :
Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Right_bar_bleue

Frase pessoal : tentado aprender RNG em breeding no B/W pela ducen


Ir para o topo Ir para baixo

Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Empty Re: Pokémon: The Wrong Path (Reloaded)

Mensagem por Bakujirou Seg 6 Jul 2009 - 1:52

É mesmo sério a parte da divisão deste último cap. da minha novela fanfic favorita?

Poxa, tamo no fim dela... Uma das poucas a chegar com a conclusão de uma temporada... >P, Boa sorte Lucario: TL!

________________


Heir of Life

Confira:
Concurso participem! / Fic / One-Shots / indico uma fic que resgatei / indico Fic de meu amigo

Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 G0VGwQ3
set by ~elazul

Spoiler:

a target="_blank" href="??"
Um novo challenge breve

Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 2F0LZvC
CONFIRA!
Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 MXtyRkA
Veja meus outros perfis!
Bakujirou
Bakujirou
Moderador
Moderador

Masculino Idade : 33
Alerta Alerta :
Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Right_bar_bleue

Frase pessoal : ~"You are my lucky charm"


http://bit.ly/docrJs

Ir para o topo Ir para baixo

Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Empty Re: Pokémon: The Wrong Path (Reloaded)

Mensagem por Lucario: TheLegend Ter 14 Jul 2009 - 20:20

Demorei MUITO, MUITO, mas MUITO mesmo pra acabar esse capítulo, ele ficou com exatamente 10 páginas no word, então, pra não confundir quem não leu a primeira parte, postarei tudo de uma vez aqui, dividindo. Depois de uns 5 comentários postarei o concurso de capítulos especiais que estarei fazendo, pq é muito desgastante fazer tudo isso, apesar da primeira temporada estar chegando ao fim.

Capítulo 11 - Meu nome é Sean. Sean Wegils.

[/size]Como num súbito ato de alívio, Castform colocou suas pequenas mãozinhas sobre o nariz de Drew, abriu um pequeno e breve sorriso, e adormeceu.
O garoto não mexeu um músculo sequer, continuou apenas parado, ouvindo os resmungos de Nate a poucos metros dali. Foi nesse exato momento que seu celular tocou.
Drew olhou na pequena tela de seu aparelho ultra-moderno, e reconheceu aqueles oito dígitos, os mesmos que ele havia discado para falar com os ‘sequestradores’ de sua irmã.

- A-A-Alô? – disse ele, exitando.
- Você foi para Cherrygrove, não? – disse a mesma voz da última ligação, parecendo mais calma do que deveria. – Nate, já te disse, você não deveria ir, venha para cá rápido, ou sua amiguinha vai, digamos....
- Mas eu não sou o Na... – dizia Drew, quando sua razão falou mais alto. – Desculpa ai, cara, aconteceu uns rolo aqui e eu atrasei, mas fica tranquilão ai que no máximo depois de amanhã to aí! Eu parei em Newbark mesmo.
- Hã?
- Falei que estarei na sua base em no máximo dois dias, pois aconteceram alguns imprevistos aqui...
- Ah, tá, assim ficou mais claro... – disse o homem. – Não quero saber de seus imprevistos. Se você não estiver aqui amanhã, exatamente na hora do pôr-do-sol...você já sabe.
- Não se preocupe, eu estarei aí! – disse Drew, prometendo algo que era praticamente impossível de ser cumprido, e desligando logo em seguida, com o coração batendo em uma velocidade incrível, sendo sentido até pelo Castform que dormi encostado em sua outra orelha.
“Agora preciso arranjar um jeito de levar o Nate pra lá até amanhã....mas se eu intervir naquela batalha....será o meu fim! Parece que o Nate vai perder rápido agora, vou esperar....”

--------------------------------------------------------------------------------------------------------

Enquanto isso, um pouco a frente...

- Não vai parar de resmungar por ter um pokémon tão fraco e lutar? – disse Tyler, impaciente, olhando Nate revoltado logo à sua frente.
- Um pokémon não diz como é seu treinador. – disse Nate, arrogantemente.
- Mas se um treinador é burro o bastante de usar um pokémon como aquele...
- Não tinha outro para usar... – disse Nate. – Mas não devo dar satisfações a você, vamos acabar com essa droga logo para você me contar o que tem que contar.
- Lucario, volte! – disse Tyler, chamando seu pokémon de volta. – Sua vez agora, Steelix!
A pokébola que o general havia acabado de tirar de seu paletó e jogar naquela rua destruída em poucos segundos tocou o chão, liberando um pokémon de tamanho surpreendente, maior até do que aquele imenso casarão, no formato de uma serpente metálica.
- Steelix? Ok, Thrill, sua vez! – disse Nate, apontando para o Nuzleaf ao seu lado, e em seguida para a sua frente.
Seu pokémon hesitou um pouco, com medo, vendo o que havia acabado de acontecer com o ex-Castform de Nate, mas acabou obedecendo.
- Tô sentindo uma pequena diferença de tamanho entre os dois... – disse Tyler, deixando escapar uma risada ao ver o pokémon de seu adversário.
- Quanto maior a altura...maior a queda!
- Seja realista...só a ponta da cauda do meu pokémon já é maior que o seu inteiro, você acha que seu Nuzleaf pode fazer o quê? – disse Tyler, lançando um olhar irônico na direção de Nate.
- Se você tá tentando fazer pressão psicológica comigo, eu lamento, não tá funcionando. – disse Nate, retribuindo o olhar. – Thrill, corra em volta do Steelix!
- Não o siga Steelix, já vi fazerem isso em várias lutas, apenas fique parado e ataque ao meu comando.
O pokémon de Nate começou a correr em sua máxima velocidade em torno do imenso pokémon de Tyler, que se mantinha parado, sem nem olhar para o pokémon que dava voltas ao seu redor.
- Agora! – gritou Tyler. – Use o Iron Tail quando ele chegar perto de sua cauda!
- Thrill, pare, rápido!
Nuzleaf começou a diminuir sua velocidade e a parar aos poucos, mas ele estava num ritmo tão extremo que não foi possível parar totalmente, sendo atingindo em cheio pela cauda do Steelix, que havia adquirido um maravilhoso brilho metálico.
- Eu disse...
- Ainda estamos nos aquecendo. – disse Nate, calmo. – Levante-se, Thrill, vamos começar a lutar de verdade. Use o Brick Break!
Ao ouvir o comando de seu treinador, as pernas de Nuzleaf ganharam uma coloração avermelhada muito escura, enquanto ele corria na direção do imenso pokémon de Tyler.
- Use o Dig e entre embaixo da terra, Steelix! – gritou Tyler, ao ver o pokémon de Nate se aproximando.
A enorme serpente de metal deu um grande salto e enfiou sua cabeça com uma imensa força em uma das frestas daquela rua destruída, criando um enorme buraco, aonde seu corpo entrava pouco a pouco, devido a seu grande comprimento, mesmo assim, fazendo o pokémon de Nate parar, assustado com o que via.
- Thrill, não pare, lance Leech Seeds por toda a terra para sugar a energia dele. – disse Nate, devagar, como de costume.
Seu pokémon começou a correr por toda a área da rua, quando o Steelix já havia se afundado nela por completo, jogando pequenas sementes por cada canto que ele passava, que em poucos segundos começaram a se abrir, liberando galhos que entraram para o subterrâneo, de onde era possível ouvir o barulho do pokémon de Tyler se rastejando.
Poucos segundos depois, gemidos agudos foram ouvidos.
- Steelix? – disse Tyler, preocupado.
- Não se preocupe, já vai passar. – disse Nate, arrogantemente. – Mas quando passar...
- Saia daí logo! – gritou Tyler.
Ao ouvir seu treinador, o imenso pokémon metálico se jogou o mais rápido possível para a superfície. Ele estava coberto por galhos e folhas por todo o corpo, que pareciam sanguessugas sugando sua energia pouco a pouco.
- Thrill, já sabe o que fazer. – disse Nate, apontando para Steelix. – Brick Break!
As duas pernas do Nuzleaf de Nate ganharam aquela forte coloração vermelha novamente, e ele foi andando, vagarosamente, com toda a calma do mundo, e com a mesma arrogância extrema de seu treinador, em direão ao Steelix caído e se debatendo.
- Steelix, use o Iron Head! – gritou Tyler, já ficando preocupado.
- Agora, Thrill!
Ao ouvir o comando de seu treinador, Thrill deu um imenso pulo, com as pernas ainda vermelhas, apontou-as lá do alto para Steelix, e se jogou com todas as suas forças lá de cima, acertando a cabeça do imenso pokémon em cheio, e nocauteando-o.
- Como eu havia dito, a luta apenas começou.
- Enganou seu, Nate. – disse Tyler, chamando seu pokémon de volta. – Ela está mais próxima do fim do que você imagina.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------

Enquanto isso, no Centro Pokémon...

- Então, enfermeira, eu te disse para não f...
- Espere! – disse a enfermeira, interrompendo Risser. – Não estamos esquecendo de alguma coisa?
- Verdade...tá muito quieto aqui!
As duas então viraram a cabeça para o pequeno sofá aonde Drew estava sentado anteriormente.
- Você! – disse Risser, olhando com raiva para a enfermeira Joy. – Você deixou ele escapar!
- Mas eu tava aqui conversando com você...
- Sem desculpas, você tinha que ficar de olho nele! E agora? Tyler vai me matar! – disse Risser novamente, se descabelando. – Venha, vamos procurá-lo!
- Mas eu...
A enfermeira não teve tempo de tentar impedi-la, a capitã do Metalla Team puxou ela pelo braço, levando-a para o lado de fora da construção em que elas se encontravam, e se deparando com uma estranha figura, que deixou-as altamente assustada, principalmente Risser.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------

De volta à batalha...

- Magnezone, sua vez! – gritou Tyler, lançando sua pokébola ao alto, e liberando um grande pokémon prateado, com duas pequenas cabeças de Magnemite, sua primeira forma evolutiva, presas acima de seus braços, tão estranhas quanto os imãs que haviam logo abaixo delas, supostamente seus braços. – Use o Thunderbolt!
O grande pokémon que havia acabado de sair da pokébola começou a lançar faíscas por todo o seu corpo, que em poucos segundos ganhou um brilho dourado, que se transformou em uma imensa rajada elétrica, que partiu na direção de Thrill.
- Desvie pulando no buraco do Steelix e use o Brick Break, como sempre! – ordenou Nate, ao ver o golpe do adversário se aproximando.
As pernas de seu pokémon ficaram vermelhas, como havia acontecido várias vezes anteriormente, e ele deu um salto para o lado, buscando cair no buraco feito um pouco antes para desviar do Thunderbolt que havia sido lançado contra ele. Mas não conseguiu. Mesmo estando dentro do buraco, a rajada elétrica o seguiu, e eletrocutou seu corpo por completo.
- Thrill, gostou da massagem? – perguntou Nate, ironizando, enquanto seu pokémon se levantava do buraco, aparentemente nada machucado.
- Leaf, Leaf! – disse seu pokémon, sorrindo, como se nada tivesse acontecido.
- Você é arrogante até mesmo quando sabe que vai perder, né garoto? – disse Tyler, tão calmo quanto Nate. – Você tenta fazer pressão psicológica, com seus amiguinhos pode até funcionar...mas comigo....não.
- Será mesmo?
- Magnezone, use o Gyro Ball com a força máxima!
O pokémon de Tyler, percebendo o momento do dono, sentiu que era hora de dar seu máximo naquele ataque. Magnezone começou a formar uma grande esfera de cor cinza metálica com suas “mãos-de-imã”, e em poucos segundos a lançou em direção ao Nuzleaf que acabara de sair do enorme buraco no centro daquela rua destruída.
- Thrill, de novo, pule por cima dessa esfera e use o Brick Break!
As pernas do Nuzleaf se tornaram vermelhas novamente, e ele correu em direção à esfera que havia sido lançada contra ele.
- Agora, Thundershock, rápido! – gritou Tyler, quando a esfera lançada por seu pokémon estava prestes a colidir com o pokémon de Nate.
Magnezone lançou pequenas faíscas de seu corpo, que, com uma velocidade incrível, acertaram o Nuzleaf que havia acabado de desviar da Gyro Ball, deixando-o caído no chão, paralisado, soltando faíscas por todo o corpo.
- Gostou? – perguntou Tyler, olhando para Nate, sorrindo. Magnezone, acabe com o Magnet Bomb!
Tão rápido quanto antes, uma pequena bolinha de cor metálica foi lançada da cabeça do pokémon de Tyler, acertando o pokémon caído, e nocauteando-o de uma vez por todas.
- Próoooximo.... – disse Tyler, se animando com a batalha.
- Tá meio animadinho, né? – disse Nate, chamando seu pokémon de volta.
- Claro, tenho quatro pokémons e você...tem só dois!
- Isso são apenas detalhes, deixei o melhor pro final.
- Sério? Me mostre, então.
Nate arregaçou as mangas de sua habitual jaqueta preta, deu uma rápida olhada para o único pokémon que ainda restava ao seu lado, apontou o centro da rua, e disse, com um tom extremamente calmo.
- Doom, chegou a hora.
O Houndoom de Nate, determinado como seu treinador parecia estar, deu poucos passos para a frente, ficando frente à frente com Magnezone.
- Você acha que ele vai fazer alguma coisa apenas por ser de fogo?
- Eu não acho, tenho certeza!
- Tinha um amigo meu...que treinava apenas pokémons insetos, e ganhava tudo, não importa com quem lutasse! – disse Tyler, olhando para o céu. – Mas isso é uma longa história, depois eu te conto. Magnezone, aguenta continuar?
- Mag, Mag, Magnezone! – respondeu o pokémon, com olhar determinado.
- Então, vamos começar com força máxima, use o Thunderbolt!
- Doom, desvie e use o Flamethrower. – disse Nate, calmamente. – É hora de virar essa luta!
O pokémon de Tyler começou a lançar as mesmas pequenas faíscas de seu corpo metálico, que, como antes, se transformaram em um poderoso choque elétrico, lançado na direção do Houndoom de Nate, que facilmente se esquivou, e rapidamente lançou uma enorme rajada de fogo no pokémon que o havia atacado, acertando-o e jogando-o para trás, fazendo-o bater contra o portão de ferro da mansão.
- Fácil demais. – disse Nate, ajeitando uma parte de seu cabelo que estava caindo sobre seus olhos.
- Você ainda não acabou com ele. – disse Tyler, fazendo o mesmo movimento, com certa arrogância. – Magnezone, levante-se, agora!
O pokémon que antes parecia nocauteado, rapidamente se levantou, lançando faíscas de seu corpo, se mostrando verdadeiramente enérgico.
- Muito bom, Mag. – disse ele, dando tapinhas nas costas de seu pokémon. – Mostre agora toda essa energia, use o Thunder!
Inúmeras nuvens começaram a se aproximar do local, à medida que o brilho dourado que o corpo do pokémon de Tyler se intensificava, escurecendo o tempo e fazendo desaparecer o sol em seu ápice de meio-dia. Quando o brilho no corpo do Magnezone ficou tão forte que chegava a cegar os de visão menos avantajada, um grande estrondo calou todos que estavam ali por perto, e um grande número de raios começou a cair no local, visando sempre acertar Doom.
- Doom, pule de um lado para o outro, assim ele não vai te acertar! – gritou Nate, parando um minuto para pensar. – Vá se aproximando dele, e use o Fire Blast!
Seu pokémon imediatamente começou a pular de um lado para o outro, desviando de todos os raios que Magnezone lançava sobre ele, e indo em direção ao pokémon atacante, já se preparando para atacar.
- Magnezone, continue, tente prever os movimentos dele!
Os raios que tentavam cair sobre Doom se intensificaram tanto em número quanto em tamanho, e começaram a chegar cada vez mais perto do pokémon de Nate, que chegava também cada vez mais perto de Magnezone, enquanto sua boca ganhava um brilho alaranjado, parecendo estar começando a pegar fogo.
- Agora! – gritou Nate, apontando para o pokémon de Tyler.
- Não deixe, Mag!

________________
Ice GYM Leader - Pokémon Mythology

Pokémon: The Wrong Path (Reloaded)
https://pokemonmythology.forumeiros.com/fanfics-pokemon-f28/pokemon-the-wrong-path-reloaded-t4189.htm

(NOVO) Capítulo 5 - Ganhar de você e ir a Cherrygrove?
Lucario: TheLegend
Lucario: TheLegend
Membro
Membro

Masculino Idade : 26
Alerta Alerta :
Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Empty Re: Pokémon: The Wrong Path (Reloaded)

Mensagem por Lucario: TheLegend Ter 14 Jul 2009 - 20:23

Ao assimilar a ordem de seu treinador, Doom abriu sua boca devagar, enquanto se aproximava de Magnezone, e lançou uma imensa esfera de fogo contra o pokémon adversário, derrubando-o e fazendo-o bater fortemente contra o chão, parando os raios, e nocauteando-o de uma vez por todas, e fazendo Tyler desandar a rir.
- Tá rindo do que? – perguntou Nate.
- De você, aí, todo concentrado, achando que ainda pode ganhar.
- Eu não posso ganhar. – disse Nate, abaixando a cabeça. – Eu VOU ganhar!
- Você ainda tem dois pokémons. Tenho três, pretendo acabar com isso rápido. – disse ele, puxando outra pokébola de seus bolsos, e jogando-a na rua, aonde Doom estava parado, esperando. – Vai, Bronzong!
No exato momento em que a pokébola tocou o chão, ela liberou um imenso pokémon de cor azul metálica, parecendo apenas um objeto sem vida, com um sino, que girava descontroladamente, mostrando seus olhos na parte mais baixa de seu corpo de estranho formato, com um imenso buraco em sua parte inferior.
- É isso? – perguntou Nate, arrogantemente. – Nada mais?
- Só isso? Tudo isso, você deveria dizer.
- Doom, é hora do pau. Use o Flamethrower!
Como havia acontecido antes, o Houndoom de Nate deu um passo para trás, e lançou uma imensa rajada de fogo, em direção ao Bronzong de Tyler.
- Bronzong, fique parado. – disse Tyler, muito calmo.
O golpe atingiu o pokémon em cheio, mas sem causar nem ao menos um arranhão.
- Não vá me dizer que ele tem...
- Isso mesmo. – disse Tyler, dando tapinhas em seu pokémon. – A Habilidade Heatproof, que o deixa praticamente invulnerável a fogo.
- Droga....
- Agora, Bronzong, use o Rock Slide!
Bronzong deixou seu corpo de ponta cabeça, virando o imenso buraco que havia embaixo dele para cima, e lançando inúmeras rochas enormes para o alto, em direção a Doom.
- Doom, use o Nasty Plot, as pedras demorarão a cair!
Um imenso brilho negro tomou conta do Houndoom de Nate, enquanto as pedras de Bronzong eram lançadas repetidamente, acertando-o em cheio, e derrubando-o.
- Você conseguiu, certo? – perguntou Nate, olhando para seu pokémon, enquanto o mesmo era acertado pelas repetidas pedras, incapaz de se mexer. – Usou o Nasty Plot?
- H-H-Houndoom... – respondeu o pokémon, agonizando de dor.
- Então saia já daí, use o Dark Pulse! – gritou Nate, sorrindo.
- Eu não vou deixar! Bronzong, Flash Cannon!
Doom começou a se levantar lentamente, muito machucado, enquanto Bronzong apontava seu imenso buraco para ele, parecendo carregar uma espécie de raio prateado. O mesmo brilho negro que havia tomado o corpo de Doom anteriormente, agora estava sob seus pés, e com um simples olhar, o pokémon de Nate lançou-o contra o pokémon de Tyler, que simultaneamente lançou seu raio prateado contra ele, fazendo os dois golpes se chocarem no ar.
- Vamos, Bronzong, aumente o poder!
- Doom, pule e use o Shadow Ball!
O pokémon de Nate parou com o ataque anterior, e foi atingido em cheio pelo golpe de Bronzong, mesmo assim pulando, e formando uma grande esfera com a energia das poucas sombras que encontrava no lugar, lançando-a em seguida contra o pokémon adversário.
- Desvie, rápido! – gritou Tyler, enquanto a esfera se aproximava de seu lento pokémon, que ainda se encontrava de cabeça para baixo, que não teve poder de reação, e foi fortemente acertado.
- Doom, mande mais Shadow Balls! – gritou Nate, se animando, enquanto seu pokémon carregava mais esferas e as lançava contra o Bronzong adversário, acertando-o continuamente, até nocauteá-lo.
- Bom, muito bom. – disse Tyler, calmamente. – Agora estamos em uma luta dois contra dois, comum. Pena que cansei de brincar.
- Sério? Eu ainda não!
- É hora de eu te mostrar...Meta, vai! – disse o general, puxando mais uma pokébola de seu paletó e a jogando para a “arena”.
Quando o pequeno objeto redondo tocou o chão, liberou um estranho pokémon flutuante, todo recoberto por uma carapaça metálica de cor acizentada, com apenas dois braços, e um imenso X amarelado cortado o meio de seu “rosto-corpo”, tendo seus olhos bem no centro.
- Um Metagross....Shiny? – perguntou Nate, assustado com o que via.
- Exatamente. – disse Tyler, dando tapinhas nas costas de seu pokémon, como sempre fazia. – Essa belezinha aqui foi meu primeiro pokémon.
- Então você vai ter que perder justo com ele? – disse Nate, fazendo cara de Growlithe sem dono.
- Será exatamente o contrário. – disse Tyler, arrogantemente. – Meta, use o Meteor Smash!
O pokémon de Tyler deu um grande salto, e começou a girar descontroladamente, com um de seus braços estendido e brilhante, apontado para o pokémon de Nate, enquanto descia numa velocidade tão incrível que poderia ser comparada à de um verdadeiro meteoro.
- Doom, desvie e use o Flamethrower!
Mas foi tarde demais. O Metagross de Tyler acertou o Houndoom de Nate em cheio, praticamente amassando-o contra o chão, nocauteando-o de uma forma extremamente fácil.
- Foi sorte. – disse Nate, chamando seu pokémon de volta.
- Será mesmo? – disse Tyler, rindo. – Agora que seu único pokémon do tipo fogo se foi, a luta é minha.
- Não conte vitória antes do tempo...vai, Lady! – disse Nate, lançando a única pokébola que havia restado, liberando sua habitual pokémon de forma triangular: sua Snorunt, que pulava descontroladamente, extremamente alegre.
Ao ver o pokémon que Nate havia lançando, Tyler prontamente chamou seu Metagross de volta, puxando outra pokébola de seu paletó, e mandando seu Lucario novamente.
- Vai ser mais fácil do que eu pensava. – disse ele. – Vou até pegar leve. Lucario, use o Extremespeed!
O pokémon de Tyler, ao assimilar a ordem de seu treinador, começou a mover-se em uma incrível velocidade, praticamente invisível, em direção à Lady.
- Lady, desvie e use o Ice Beam!
A Snorunt de Nate bem que tentou, mas não foi rápida o suficiente. Facilmente, o Lucario de Tyler a acertou em cheio, jogando-a para trás.
- Droga... – disse Nate, sem saber o que fazer.
- Close Combat! – gritou Tyler. – Hora de acabar com isso, de uma vez por todas.
- Só tenho uma esperança...- disse Nate, para si mesmo. – Lady, use o Blizzard!

--------------------------------------------------------------------------------------------------------

Enquanto isso, em frente ao centro pokémon...

- Aonde vocês pensam que vão? – disse a estranha figura que havia parado as duas mulheres que iam atrás de Drew.
- O que você faz aqui? – perguntou Risser, assustada com a pessoa que via.
- Quem é ele?? – perguntou a enfermeira, enquanto o homem puxava uma pokébola, e a lançava próxima a ele, liberando um grande pokémon inseto voador, de cores verde e vermelho: um Yanmega.
- Yanmega, use Hypnosis! – ordenou ele.
Seu pokémon, então, olhou fixamente para as duas mulheres, lançando pequenas ondas sonoras em direção a elas, fazendo-as cair em um sono profundo.
O homem então se abaixou, foi até o ouvido da enfermeira, e disse, sussurrando:

- Capitão Noscoff, do Farfalla Team, o prazer é todo seu.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------

De volta à batalha...

O pokémon de Tyler correu de novo, em incrível velocidade, em direção à Lady, com as mãos adquirindo uma maravilhosa coloração avermelhada, pronto para atacar, enquanto o pokémon de Nate puxava todo o ar que conseguia, inflando cada vez mais.
- Agora! – gritou Nate, quando Lucario estava muito próximo, e sua pokémon parecia ter inflado o suficiente.
Ao ouvir a ordem de seu treinador, Lady assoprou tudo o que havia acumulado, um gélido sopro, que causou uma imensa rajada de neve no local, impedindo ambos de ver o que havia acontecido.
Quando a densa neblina formada pela nevasca se dissipou, a imagem que Nate viu o chocou até mais do que Tyler: Lucario estava com uma coloração azulada muito clara, coberto por uma fina camada de gelo, paralisado.

- Perfeito, Lady! – disse Nate, abrindo um verdadeiro sorriso, que foi retribuído por seu pequeno pokémon. – Agora você pode fazer o que quiser! Use o Hail!
Snorunt começou a dançar mais descontroladamente do que o normal, alegre, e, obedecendo a ordem de seu treinador, com um simples olhar para o seu, transformou aquele antigo clima quente com o céu apenas nublado em um verdadeiro dia congelante, com neve caindo por todos os lados.
- Agora mande Spikes! – ordenou Nate a seu pokémon, enquanto Tyler continuava parado, apenas com um sorriso no rosto.
Obedecendo novamente seu treinador, Lady lançou inúmeros espinhos sobre toda a arena, próximo a Tyler, impedindo-o de lançar qualquer outro pokémon sem machucá-lo fortemente.
- Agora use o Blizzard novamente, para acabar com ele!
Assim como antes, Lady lançou um poderoso sopro gelado em direção ao Lucario de Tyler, intensificando a nevasca, jogando o pokémon para trás, e nocauteando-o.
- Exatamente como eu queria que acontecesse. – disse Tyler, sorrindo para Nate, enquanto chamava seu pokémon de volta.
- Hã? Do que você tá falando?
- Olhe para sua Snorunt, e veja a mágica acontecer.
Vendo a expressão de felicidade de Tyler, Nate olhou para seu pokémon, e se assustou com o que viu: ela estava toda coberta por um brilho prateado!
- Mágica? Pra mim ela tá só evoluindo...
- Sim...A mágica da evolução!
Enquanto os dois conversavam, Lady mudava de forma: seu corpo crescia, e mudava daquele habitual formato triangular, para um fino e maior corpo de cores branco e azul muito claro, como gelo, com um laço avermelhado preso em suas costas. Sua cabeça agora era separada de seu corpo, com um formato redondo, esbranquiçada, com dois minúsculos chifres azulados em sua testa, próximos ao losango de cor roxa, como uma macha, que agora estava logo acima de seus dois grandes olhos azulados.
- Frosslass, legal.... – disse Nate, nada animado. – Finalmente você se tornou algo útil, um pokémon fantasma! Agora..você se chamará Lady Phantom, ou apenas LF.
Lady Phantom nem entendia direito o que seu treinador dizia, apenas pulava descontroladamente, extremamente alegre, como antes.
- Mas...por que você queria que ele evoluísse? – perguntou Nate, assustado.
- Nada, nada, não queria que ela evoluísse. – disse Tyler, se sentindo desconcertado. – Podemos voltar à luta agora?
- Com prazer.
- Meta, só sobrou você, vai!

--------------------------------------------------------------------------------------------------------

Enquanto isso, ao pé da Stark Mountain...

Uma imensa construção esverdeada com um design totalmente inovador, no formato da cabeça de um Heracross, se destacava naquela paisagem coberta por fuligem e lava vulcânica, um lugar enorme, de dois andares, ocupando um enorme espaço: a base do Farfalla Team em Sinnoh. Na última sala do corredor do segundo andar daquela maravilhosa construção moderna, um homem estava sentado em uma sala escura, onde não se era possível ver nada, apenas sua enorme cadeira de couro, aonde ele se encontrava, em frente a uma mesa de trabalho. A cadeira estava virado para a janela do lugar, de onde o homem, cercado por inúmeros Burmys, Wurmples, Caterpies e Weedles, que cobriam toda a sala, apreciava a beleza daquela montanha vulcânica a sua frente, uma imagem que poderia ser assustadora para muitos. Tudo estava calmo e silencioso naquela tarde, quando a porta se abriu, apenas uma frestinha, e uma estranha voz feminina alertou o homem:
- Chefe, a garota chegou.
- Samantha? – perguntou ele, com uma voz rouca e calma.
- Exatamente.
- Traga-a até mim.
Assim que a dona da estranha voz fez um sinal para o outro lado do corredor, uma gritaria pôde ser ouvida.
- Me deixe ir embora, eu não quero ficar aqui! – gritava Sam, desesperada.
- Fique quieta, ninguém vai fazer nada com você, meu pai só quer conversar! – disse o garoto que a carregava.
Ele era estranho, diferente dos outros: possuía belos fios de cabelo esverdeados, que cobriam toda a sua cabeça, e tinha um rosto de bebê, apesar de seu corpo aparentar o de alguém com idade próxima a 12 anos.
- Todos dizem isso, por favor, me deixe ir! – gritava ela, em vão. – Pera...Pai???
O garoto ficou em silêncio, e continuou arrastando-a até a sala, aonde o homem a esperava.
- Ela está aqui, chefe.
- Já percebi. – disse ele, rindo. – Mande-a entrar.
- Pai, pense bem no que vai fazer... – disse o garoto, enquanto jogava literalmente Sam na sala.
- Aaron, já te disse, só queremos seu primo. – disse o homem, percebendo a presença do garoto em frente à sala.
- Não vai nem acender a luz? – disse ele.
- Não é preciso! – disse ele, se exaltando. – Aaron, meu filho, vai jogar vídeo-game, vai.
Irritado, Aaron saiu, resmungando, e entrou na sala ao lado, que aparentava ser seu quarto.
- Não ligue para meu filho, ele anda me...
- E eu lá quero saber do seu filho? – disse Sam, irritada. – Me deixe sair daqui!
- Creio que isso não é possível. – disse ele, ainda virado de costas para a garota. – Uma grande guerra está prestes a acontecer, e você é uma peça vital nela.
- Eu não quero ser peça vital em lugar nenhum!
- Sente-se, por favor. – disse ele, empurrando uma cadeira para ela, mas sem se virar. – E tome cuidado com os insetos...
- Não to nem ai pros insetos! – disse ela, se sentando. – O que você quer de mim?
- Quero atrair Nate até aqui.
- Por quê? Pra matá-lo?
- É uma longa história...
- Bom, parece que tenho todo o tempo do mundo...
- Então prepare-se. – disse ele, virando a cadeira e acendendo as luzes, e revelando seu rosto. – Você vai saber agora a história de minha família!
Sam se assustou com o rosto do homem parado em sua frente: cabelos azuis espetados com tons de roxo em suas pontas, olhos brancos, muito brancos, o que o fazia parecer estar usando lentes de contato, que combinavam perfeitamente com seu terno acinzentado com detalhes esverdeados.- Só uma coisa...quem é você?
- Eu sou o líder do Farfalla Team, ué! – disse ele, sorrindo, como se fosse uma coisa normal.
- Mas...e qual seu nome?
- Meu nome? Meu nome é Sean. Sean Wegils.

________________
Ice GYM Leader - Pokémon Mythology

Pokémon: The Wrong Path (Reloaded)
https://pokemonmythology.forumeiros.com/fanfics-pokemon-f28/pokemon-the-wrong-path-reloaded-t4189.htm

(NOVO) Capítulo 5 - Ganhar de você e ir a Cherrygrove?
Lucario: TheLegend
Lucario: TheLegend
Membro
Membro

Masculino Idade : 26
Alerta Alerta :
Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Empty Re: Pokémon: The Wrong Path (Reloaded)

Mensagem por poke master heatran Ter 14 Jul 2009 - 21:32

otimo capitulo
quero ver o resto da batalha para ver quem vai ganhar?(espero que o nate ganhe) quem sera Sean Wegils? o que acontecera com Sam?
perguntas que so se revelarão nos proximos capitulos.

espero o proximo.

________________
Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 13373161Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 65421
Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Fmau
poke master heatran
poke master heatran
Membro
Membro

Masculino Idade : 26
Alerta Alerta :
Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Empty Re: Pokémon: The Wrong Path (Reloaded)

Mensagem por Lucario: TheLegend Ter 14 Jul 2009 - 23:26

Obrigado a todos os que comentaram, sério mesmo Very Happy Sei que muitos não tiveram tanta paciência pra ler esse capítulo ENORME ainda, então aqui vai o concurso que eu estarei promovendo até a postagem do capítulo 14:

Como vocês viram o tamanho desse capítulo, e o trabalho que eu tive pra fazer, vai ser meio difícil eu conseguir continuar com os capítulos especiais e talz, então eu quero pedir a alguém que faça-os pra mim! Very Happy

Aqui vão as regras:

Me mandem por PM ou MSN o capítulo especial 2, contando uma história qualquer que mostre algum antecedente de algum personagem, como eu fiz no capítulo especial número 1.
Os critérios de avaliação serão:

- O jeito que você explorou o personagem;
- A escrita;
- A comédia;
- A descrição;
- A gramática.

Espero que MUITAS pessoas participem, pois me pouparão um trabalhão! Very Happy

PS. O capítulo NÃO precisa ser grande, a metade de um capítulo normal meu (tirando o último, claro xD) já estaria ótimo, o que importa é o conteúdo!

Além de tudo isso, o ganhador do primeiro concurso ganhará prêmios especiais, por favor, preciso dessa ajuda ^^

________________
Ice GYM Leader - Pokémon Mythology

Pokémon: The Wrong Path (Reloaded)
https://pokemonmythology.forumeiros.com/fanfics-pokemon-f28/pokemon-the-wrong-path-reloaded-t4189.htm

(NOVO) Capítulo 5 - Ganhar de você e ir a Cherrygrove?
Lucario: TheLegend
Lucario: TheLegend
Membro
Membro

Masculino Idade : 26
Alerta Alerta :
Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Empty Re: Pokémon: The Wrong Path (Reloaded)

Mensagem por LucasAngel Qua 15 Jul 2009 - 12:46

Cara eu gostaria de me inscrever, já posso começar???
Me de uma ideia de algum acontecimento especial...
T+...Espero poder ajudar.

________________
Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 R7n6mq10

A Fan Fic Pokémon- A Caminho da Vitória está mais forte do que nunca...Dêem uma olhada lá...

Link:https://pokemonmythology.forumeiros.com/fanfics-pokmon-f28/pokmon-a-caminho-da-vitria-t1388.htm

Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Aw5csg
LucasAngel
LucasAngel
Membro
Membro

Masculino Idade : 27
Alerta Alerta :
Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Empty Re: Pokémon: The Wrong Path (Reloaded)

Mensagem por Lucario: TheLegend Qua 15 Jul 2009 - 14:04

Já pode começar a fazer sim, a idéia depende da sua imaginação Very Happy

Ex: Como a Sam pegou o primeiro pokémon dela?

E vai ajudar muito sim ^^

Mais uns comentários e já começo o cap. 12 \o

________________
Ice GYM Leader - Pokémon Mythology

Pokémon: The Wrong Path (Reloaded)
https://pokemonmythology.forumeiros.com/fanfics-pokemon-f28/pokemon-the-wrong-path-reloaded-t4189.htm

(NOVO) Capítulo 5 - Ganhar de você e ir a Cherrygrove?
Lucario: TheLegend
Lucario: TheLegend
Membro
Membro

Masculino Idade : 26
Alerta Alerta :
Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Empty Re: Pokémon: The Wrong Path (Reloaded)

Mensagem por Lucario: TheLegend Qui 16 Jul 2009 - 15:57

Fiz um banner pra primeira temporada da fic, digam o que acham também Very Happy

Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Banner22

Não zoem, não usei Photoshop Embarassed

E só pra avisar, Lucas_Angel já mandou o capítulo especial dele \o

Daqui uns dois comments a mais eu faço o cap. 12 ^^

________________
Ice GYM Leader - Pokémon Mythology

Pokémon: The Wrong Path (Reloaded)
https://pokemonmythology.forumeiros.com/fanfics-pokemon-f28/pokemon-the-wrong-path-reloaded-t4189.htm

(NOVO) Capítulo 5 - Ganhar de você e ir a Cherrygrove?
Lucario: TheLegend
Lucario: TheLegend
Membro
Membro

Masculino Idade : 26
Alerta Alerta :
Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Empty Re: Pokémon: The Wrong Path (Reloaded)

Mensagem por Brijudoca Qui 16 Jul 2009 - 17:17

Lucario The Legend...
Você é DEZ!
Suas fics arrasam!
Nam precisa ter paciência pra ler uma fic desa, porque você acha a história tão legal que acaba sempre querendo ler mais.
Quantas temporadas essa fic vai ter?
Espero que tenha 12, que nem pokémon!
Brijudoca
Brijudoca
Moderador
Moderador

Masculino Idade : 25
Alerta Alerta :
Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Right_bar_bleue

Frase pessoal : make brazil emo again


Ir para o topo Ir para baixo

Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Empty Re: Pokémon: The Wrong Path (Reloaded)

Mensagem por LucasAngel Qui 16 Jul 2009 - 19:34

Sinceramente Lucario, poderia ficar melhor, peça pra alguem que saiba mexer com essas coisas para fazer um pra voce...

Mas ta legalzinho,Bota o proximo Chapter ai!!!

________________
Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 R7n6mq10

A Fan Fic Pokémon- A Caminho da Vitória está mais forte do que nunca...Dêem uma olhada lá...

Link:https://pokemonmythology.forumeiros.com/fanfics-pokmon-f28/pokmon-a-caminho-da-vitria-t1388.htm

Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Aw5csg
LucasAngel
LucasAngel
Membro
Membro

Masculino Idade : 27
Alerta Alerta :
Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Empty Re: Pokémon: The Wrong Path (Reloaded)

Mensagem por Nathy$ Dom 19 Jul 2009 - 11:34

Hi Guy's!
Estava lendo agora Lucario.
Nossa o capitulo ficou imenso mais bem legal.
Adorei as surpresas.
Mais Caminho Das Indias ainda esta melhor, Raj vai ver o encontro de Maya e Bahuan
A luta foi bem legal, vamos ver o que Drew fará.
Espero próximos capitulos!
(Eu gostei do Banner...)

________________
Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 TogepiMetrnomo
Spoiler:
Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Asskyk
Nathy$
Nathy$
Membro
Membro

Feminino Idade : 25
Alerta Alerta :
Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Empty Re: Pokémon: The Wrong Path (Reloaded)

Mensagem por Lucario: TheLegend Seg 20 Jul 2009 - 15:31

Dessa vez a fonte tá diferente porque não copiei da Myutsu...espero que mais gente comente dessa vez, o capítulo tá menor, não tem muita ação, está cheio de diálogos e talz, mas esse é o capítulo mais importante da primeira temporada inteira Very Happy Garanto que vai colocar muitas dúvidas na cabeça de quem acompanha a fic ^^



Capítulo 12 - Uma guerra está prestes a começar.


- Você disse...Wegils? – perguntou Sam, assustada.
- Exatamente. – respondeu ele, calmamente, acariciando um Caterpie que subia em seu ombro esquerdo.
- Então...você é parente do Nate?
- Exatamente. – respondeu ele novamente, sem nem prestar muita atenção no que a garota dizia.
Vendo a desatenção do estranho homem parado a sua frente, Sam parou, e ficou apenas olhando ele acariciando todos os pokémons que lentamente subiam por todo seu corpo e pelos lados se sua grande mesa de madeira. Foi quando a garota percebeu como era a sala em que se encontravam: era maravilhosa, cercada de livros e vasos com as mais belas rosas, com uma grande mesa central retangular, de frente para a enorme porta de vidro que ia do chão até o teto, que levava a uma sacada, de onde era possível ver toda a imensa Stark Mountain.
- Ahh, entendi. - disse Sean, levantando a cabeça, e dando um susto em Sam. - Sou tio dele.
- Tio...? Então como você deixou ele no orfanato todo aquele tempo?
- Ele nem ao menos sabe que existo. - disse ele, resmugando. - É o que vou te contar agora.
- Estou esperando....
Sean retirou de si todos os pokémons que subiam por seu corpo, colocando-os no chão, levantou, virou seu olhar para a montanha, e desandou a falar:
- Era uma vez...
- Você não vai começar mesmo assim, né? - disse a garota, olhando para ele, estressada.
- Ok, ok..... - disse ele, rindo, e quebrando o clima. - Há exatos 20 anos...

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Enquanto isso, na batalha em Cherrygrove...

- Finalmente! Um contra um... – disse Nate, sorrindo. – Cadê aquela sua confiança?
- Você é idiota, né, garoto? – disse Tyler, ajeitando seus belos cabelos dourados. – Você não tá nem se perguntando como sua Snorunt evoluiu?
- Evolução...Snorunt...Frosslass... – murmurou Nate, pensativo. – Como...como ela evoluiu sem uma Dawn Stone????
- Simples...ela realmente evoluiu com uma Dawn Stone.
- Mas...quando? Onde?
- Eu preparei isso tudo, para te dar uma ajudinha... – disse ele, tão arrogante quanto Nate costuma ser. – Sabia que você chegaria a esse ponto...passei dias preparando isso. Meu Lucario estava com essa Dawn Stone...e no momento exato...
- Cala a boca! – disse Nate, se irritando. – Você acha que alguém acreditaria numa coisa dessas? Nem um bebê!
- Então me explique como sua Snorunt evoluiu...
Nate ficou calado por um instante, de cabeça baixa, com os nervos à flor da pele, enquanto seu pokémon continuava pulando alegremente, sem ter a mínima noção do que acontecia naquele momento, enquanto a neve ainda caia sobre toda a região, deixando aquele antes maravilhoso dia, cada vez mais frio.
- Shadow Ball! – disse ele, tão baixo que apenas sua Frosslass pôde ouvir.
Obedecendo à ordem de seu treinador, LP começou a formar uma grande esfera, juntando toda a energia das sombras que podia encontrar no local, e rapidamente a lançou contra o pokémon recém-saído da pokébola que estava a sua frente: o Metagross Shiny de Tyler.
- Meta, deixe-se ser derrotado. – disse Tyler, se sentando no chão.
- Mal perdedor...
A esfera lançada pelo pokémon de Nate facilmente acertou o pokémon adversário, supostamente nocauteando-o.
- Pronto, acabou, viu? – disse Tyler, chamando seu pokémon de volta, sem ao menos dar tempo para ele tentar se levantar. – Parece que você é perfeito, a batalha foi apenas um teste.
- Eu sei que eu sou perfeito... – disse Nate, também chamando seu pokémon de volta. – Mas o que isso tem a ver?
- Nate... – disse ele, se aproximando do garoto. – Chegou a hora de você saber porque te chamei aqui, e a verdadeira história de sua família.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------

De volta à base do Farfalla Team em Sinnoh...

[momento Flashback = on]

- Há 20 anos...eu e meu irmão, Matthew, pai de seu amigo Nate, fugimos de casa....Éramos loucos, saindo da adolescência, achando que podíamos cuidar de nós mesmos. Foi quando conhecemos um garoto, até mais novo do que nós. Seu nome era Petrik. Ele era uma pessoa muito estranha, devia ter uns 14 anos na época, mas conseguiu colocar inúmeras idéias em nossa cabeça. Viciado no tipo metal, Petrik nos fez juntar à uma gangue, formada pelo pai dele, que viajava pelos continentes à procura de pokémons cada vez mais fortes, sem se importar com as pessoas que entravam em seu caminho. Mas, um dia, o pai dele morreu. Não sei como, mas acho que ele matou seu próprio pai, pois o velho não deixava ele treinar os pokémons que ele queria, ele era obrigado a usar apenas os psíquicos, tipo favorito de seu pai. Como nós três éramos os mais chegados ao antigo "senhor", e não fugíamos ou fazíamos qualquer outra coisa por puro medo dele, o resto da gangue disse que um de nós deveria ser o próximo líder, decidido através de um torneio, e o nosso tipo favorito reinaria. Matt, meu irmão mais novo, era um verdadeiro prodígio, e ele facilmente venceu aquele torneio, se tornando então o líder daquela gangue, e fazendo-a crescer como nunca, sendo a força criminosa mais temida do mundo. A Polícia Internacional vivia atrás de nós, principalmente uma mulher, obcecada pela captura de Matt. Eles se encontraram tantas vezes, que se apaixonaram, e ela acabou fazendo uma proposta que ele não pôde recusar: os dois, treinadores prodígios, fugiriam juntos, se casariam, e buscariam entrar na Elite dos Quatro mundial. Sobramos apenas Petrik e eu, anteriormente ambos generais daquela equipe. Ele era viciado pelo tipo metal, e eu, pelo tipo inseto, nunca entraríamos em um acordo. Portanto, dividimos a equipe em duas, há exatos 15 anos: Farfalla Team, tendo predominantemente os tipos inseto e pedra, sob o meu comando; e Metalla Team, tendo principalmente o tipo metálico, comandado por Petrik. Eu e meu irmão não éramos maus, e não queríamos fazer tudo aquilo que éramos obrigados a fazer. Porém, Petrik era. Com medo de que seus segredos fossem revelados por Matt, ele perseguia por todos os lados, chegando até a sua família, que agora tinha um novo membro, um bebê. Petrik havia se aperfeiçoado em batalhas, e tinha uma gangue de elite, quando o assunto era batalhas. Temendo um confronto direto, Matt e sua família mudaram para onde ninguém os acharia, escondidos, sob outro nome. Mas, um dia...a exatamente 6 anos....Petrik os achou. Antes que ele pudesse fazer qualquer coisa, eu e minha equipe forjamos e encenamos a morte de Matt, sob os olhos de Nate mesmo, para que ele e sua esposa pudessem fugir, e para que seu filho ficasse a salvo. Mas, agora, 6 anos depois...Petrik quer o filho. Tentei de tudo para impedir isso e traze-lo até aqui, mas...acho que foi tarde demais.

[momento Flashback = off]

Quando Sean tirou seus olhos da porta e de uma breve olhada em Sam, a garota estava bocejando, praticamente adormecida.
- Eu passei todo esse tempo falando...e você... – disse ele, tristemente.
- Ahh, me desculpe, não sabia o que dizer. – disse ela, desconcertada. – Mas como eu posso te ajudar?
- Eu sei que Nate não vai vir aqui pra te “salvar”. – disse Sean, devagar. – E eu também sei que é seu irmão quem tem atendido ás minhas ligações.
- Meu irmão? – disse Sam, pulando da cadeira aonde estava sentada. – O que o Drew tem a ver com isso?
- Ligue para ele. Ele é o único que pode trazer Nate até aqui. Um dos meus capitães me ligou agora a pouco, ele disse que o caminho está livre para seu irmãozinho.
- E o que eu ganho com isso?
- Se Petrik conseguir recrutar Nate e cumprir todos os seus propósitos... – disse Sean, hesitando. – Ele terá o controle do mundo.
- Controle...do...mundo!? – gritou Sam, pulando da cadeira novamente e puxando seu celular. – Vou ligar pra ele agora, pode deixar!

--------------------------------------------------------------------------------------------------------

Enquanto isso, em Cherrygrove...

- Você vai...falar..quem...matou meus pais? – perguntou Nate, hesitante.
- Apenas ouça, calmamente. – disse ele, puxando o garoto para sentar ao seu lado.


Última edição por Lucario: TheLegend em Seg 20 Jul 2009 - 15:38, editado 1 vez(es)

________________
Ice GYM Leader - Pokémon Mythology

Pokémon: The Wrong Path (Reloaded)
https://pokemonmythology.forumeiros.com/fanfics-pokemon-f28/pokemon-the-wrong-path-reloaded-t4189.htm

(NOVO) Capítulo 5 - Ganhar de você e ir a Cherrygrove?
Lucario: TheLegend
Lucario: TheLegend
Membro
Membro

Masculino Idade : 26
Alerta Alerta :
Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Empty Re: Pokémon: The Wrong Path (Reloaded)

Mensagem por Lucario: TheLegend Seg 20 Jul 2009 - 15:32

[momento Flashback = on]

Seu pai e eu éramos grandes amigos, Nate. Mas, antes disso, ele e seu irmão, Sean, haviam fugido de casa. Meu pai era o líder da maior organização criminosa da época, mas eu o odiava, pois ele não deixava eu treinar meus pokémons do tipo metal, eu tinha que ter apenas psíquicos...por isso Metagross e Bronzong foram meus primeiros pokémons. Meu pai era realmente muito mal, e fez seu pai, Matt, e seu irmão, Sean, trabalharem pra ele, ao meu lado. Após sua morte, nós três fomos indicados para assumir a liderança, aonde o melhor seria escolhido a partir de um torneio. Seu pai, mestre dos pokémons água e gelo, nos derrotou facilmente. Seu pai foi o maior líder da história do Sycho Team, fazendo-nos crescer e ganhar fama mundial. Mas, após conhecer sua mãe, ele deixou a equipe, se juntando a Elite dos Quatro. Eu e seu tio Sean, como não chegávamos a acordo nenhum, resolvemos dividir o time em dois: Metalla Team, comandado por mim, e Farfalla Team, comandado por ele. Mas ele odiava seu pai por te-lo abandonado. Ele estava descontrolado, perseguia-o por todo lugar. Seu pai e sua família mudavam constantemente, até achar o lugar perfeito e seguro em Slateport. Mas, o local não era tão bom assim. Sean o achou, e facilmente matou seus pais, sob seu olhar. Agora, 6 anos depois, ele tentava te atrair até a base dele, para que eu não te contasse a verdade, mas não deu certo. Ele quer te matar, para poder dominar o mundo. Você é a única ameaça para ele.


[momento Flashback = off]

- Quero fazer um acordo com você, Nate. – disse Tyler, lentamente, se levantando. – Não sou um general, sou o líder do Metalla Team. Eu te darei o prazer da vingança, se você me ajudar a tomar o Farfalla Team para mim. Para não chamar a atenção para mim, darei a liderança da minha equipe e o comando de todas as nossas tropas para você.
- Eu...Eu...Eu lembro daquele dia. – disse Nate, se levantando, com os punhos fechados. – Sean...eu me lembro desse nome. Com certeza, eu aceito sua proposta. Eu vou acabar com ele, para sempre.
- Estou apenas esperando um de meus agentes voltar, para preparamos nosso ataque.
- Mas...aonde eles estão? – disse Nate, pensativo. – Eles não possuem inúmeras bases espalhadas pelo mundo?

--------------------------------------------------------------------------------------------------------

Enquanto isso, atrás da pedra (que virou praticamente uma casa pro Drew xD)...

Drew estava completamente petrificado com o que ouvia. O que aquele homem estaria fazendo com sua irmã? Foi quando um suave toque de celular o despertou daquele estado em que se encontrava.
- A-A-Alô? – disse ele, gaguejando, com medo de quem podia ser.
- Drew? – disse Sam, preocupada. – Sou eu, Sam! Aonde você tá?
- Eu tô em Cherrygrove, mas e você???
- Eu to na base do Farfalla Team no pé da Stark Mountain!
- Sam!? – disse Drew, assustado. - Saia daí agora, antes que você se encontre com um louco chamado Sean!
- Mas eu tô com ele agora... – disse ela, calmamente. – Por isso mesmo te liguei. Você precisa trazer Nate aqui, rápido!
- Por quê? – perguntou ele, já irritado. – Pra esse louco matar ele, como fez com os pais dele?
- Foi tudo encenação! – gritou ela, se estressando também. – Por favor, me ouça, um tal de Petrik, líder do Metalla Team, quer pegar o Nate pra dominar o mundo!
- Mas não tem nenhum Petrik aqui, e eu sei a verdadeira história! Sam, eu farei o que eu quiser, adeus.
Drew desligou o telefone em seguida, ainda com Toy no ombro, deixando sua irmã falando sozinha. O garoto então, determinado, se levantou, guardou Toy na pokébola, com medo de Nate, e se dirigiu até a rua, aonde Tyler e Nate estavam em pé, conversando. Seu ódio de Nate havia sumido completamente. Ao avistar o pequeno garotinho, os dois se assustaram:
- Onde está a Risser? – gritava Tyler, freneticamente. – O que aconteceu?
- Eu sei aonde o Farfalla Team tá. – disse ele, tentando parecer o mais seguro de si quanto podia.
- Aonde, então? – disse Nate, calmamente.
- Primeira coisa....vocês vão salvar a Sam, quando chegarmos lá?
- Vamos, eu prometo, mas me fale, por favor! – disse Tyler, ansioso. – Mas como você descobriu?
- Minha irmã tá lá...ela me ligou! Eles estão...no pé da Stark Mountain!
Ao ouvir isso, Tyler deu um súbito pulo, como quem havia acabado de levar um susto.
- Não acredito...ele vai tentar acordar.... – murmurou ele, para si mesmo, mas poucas partes do que ele disse puderam ser ouvidas.
- Tyler, Tyler, Tyler! – gritou uma voz, vinda de dentro da mansão.
- O que foi, Deen? – disse ele, pulando de susto novamente, e se virando para uma das quebradas janelas da velha construção, de onde a mulher o chamava.
- Agente Bastiodon acabou de ligar. – disse ela, devagar. – Ele falhou.
- Falhou?? – gritou Tyler, irritadíssimo, sob os olhares atentos de Drew e Nate. – Não acredito...mas precisamos daquela insígnia para montarmos o quebra-cabeça!
- O que aconteceu, Tyler? – disse Nate, olhando-o curiosamente.
- Por favor, me chame de Ty! – disse ele, forjando um sorriso. – Precisamos de uma insígnia de Hoenn, urgente!
- Pra quê?
- Você vai descobrir depois...
- Mas eu sou o líder, preciso saber!
- Por favor, isso é um segredo. – disse Tyler, preocupado. – Tive uma idéia! Por que você não vai buscá-la?
- Vencer...um líder? – perguntou Nate, não se mostrando nada animado.
- Sim... – disse Tyler, puxando um mapa de seu paletó. – Aqui! O mais perto que nossos pokémons voadores conhecem fica em Lavaridge, portanto, um líder de fogo, perfeito, não? Você só vai precisar derrotar o líder e trazer a insígnia para mim, coisa que esses incompetentes não conseguem...
- Pode ser, pode ser...
Drew escutava atentamente a conversa, até que se lembrou de um pequenino detalhe.
- Nate...antes de ir...você poderia cumprir sua promessa?
- Promessa? – perguntou Nate, assustado.
- Sim...lembra do meu Shinx?
- Seu...Shinx? – disse Nate, pensativo, até se lembrar do que havia acontecido na praia de Slateport. – Lembrei! Tyler...vocês roubaram o Shinx desse garoto, em Slateport. Para ser mais exato, foram os irmãos Tirenne. Quero ele de volta para ele, nesse exato momento!
- Um Shinx? – perguntou Tyler, pensativo. – Claro, me lembro dele! Mais um daqueles pokémons fracos que aqueles dois inúteis me trouxeram...Um momento.
Tyler abriu o velho portão da mansão, atravessou as escadas que levavam até sua imensa porta de madeira, abriu-a, e gritou:
- Vão no depósito e tragam a pokébola de um Shinx, nesse instante!
- O-O-Obrigado... – disse Drew, envergonhado.
- Agora é só esperarmos. – disse Tyler, sorrindo, enquanto ia ao encontro dos garotos. – Nate, acho bom você ir agora, precisamos ir o mais rápido possível!
- Mas como eu irei? Meus pokémons não sabem aonde fica Lavaridge. E com esse tempo....com essa neve...não tem como ir.
- Skar, Sunny Day! – disse ele, jogando uma pokébola para o alto, e liberando um grande pokémon pássaro coberto por um carapaça metálica, e em seguida jogando o pequeno objeto esférico para Nate, que o apanhou, enquanto o Skarmory de Tyler deixava o tempo ensolarado novamente, com uma bela dança, semelhante a uma dança da chuva. – Leve ele com você. Ele sabe o caminho.
Sem dizer mais uma palavra sequer, Nate subiu no pokémon que Tyler havia emprestado.
- Skar, Lavaridge! – gritou Tyler, dando dois tapinhas nas costas de seu pokémon, que obedientemente levantou vôo, e desapareceu no horizonte.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------

Enquanto isso, em um local muito próximo a esse...

Capitão Noscoff se encontrava encima de um prédio completamente destruído, olhando por uma das únicas janelas que ainda estavam inteiras tudo o que acontecia um pouco mais abaixo. No exato momento em que viu Nate partindo, o homem puxou seu celular, e rapidamente ligou para seu chefe.
- Sean, temos problemas.
- O quê aconteceu??
- O garoto...ele revelou nossa localização. – disse Noscoff, preocupado. – Agora...eles estão se preparando.
- Imagino as mentiras que aquele cara pode ter contado...Mas agora não temos mais o que fazer, a não ser nos preparar também.
- Você quer dizer....acordá-lo?
- Exatamente.
- Mas não pode ser perigoso, senhor?
- Não temos escolha. – disse Sean, mostrando muita calma. - Uma guerra está prestes a começar.

________________
Ice GYM Leader - Pokémon Mythology

Pokémon: The Wrong Path (Reloaded)
https://pokemonmythology.forumeiros.com/fanfics-pokemon-f28/pokemon-the-wrong-path-reloaded-t4189.htm

(NOVO) Capítulo 5 - Ganhar de você e ir a Cherrygrove?
Lucario: TheLegend
Lucario: TheLegend
Membro
Membro

Masculino Idade : 26
Alerta Alerta :
Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Left_bar_bleue0 / 100 / 10Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Right_bar_bleue


Ir para o topo Ir para baixo

Pokémon: The Wrong Path (Reloaded) - Página 4 Empty Re: Pokémon: The Wrong Path (Reloaded)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Ir para o topo Ir para baixo

Página 4 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ir para o topo


 
Permissões neste fórum
Você não pode responder aos tópicos